Redação com
Atualidades
Profs. Carlos Zambeli e
Cássio Albernaz
www.acasadoconcurseiro.com.br
Redação
Professor: Carlos Zambeli
www.acasadoconcurseiro.com.br 5
Redação
10 dicas sobre o concurso! (edital)
1.	 Serão aceitas como corretas, até 31 de dez...
www.acasadoconcurseiro.com.br6
10 dicas para começar!
1.	 A redação não é um texto construído por um monte de frases, é, s...
Redação com Atualidades CEF – Profs. Carlos Zambeli e Cássio Albernaz
www.acasadoconcurseiro.com.br 7
4.	 Como estruturar ...
www.acasadoconcurseiro.com.br8
10.	O que são frases siamesas?
São duas frase completas, escritas como se fossem uma apenas...
Redação com Atualidades CEF – Profs. Carlos Zambeli e Cássio Albernaz
www.acasadoconcurseiro.com.br 9
Qual o problema dess...
www.acasadoconcurseiro.com.br10
7.	 Como desenvolver?
a)	 Hipóteses:
Você apresenta hipóteses para dar as soluções! Aprese...
Redação com Atualidades CEF – Profs. Carlos Zambeli e Cássio Albernaz
www.acasadoconcurseiro.com.br 11
e os outros tipos d...
www.acasadoconcurseiro.com.br12
Em um certo lugar muito
bonito e bastante verde, vive
uma moça que gosta muito da
natureza...
Redação com Atualidades CEF – Profs. Carlos Zambeli e Cássio Albernaz
www.acasadoconcurseiro.com.br 13
o sistema escolha o...
www.acasadoconcurseiro.com.br14
Na primeira fase foram contratadas mais de 1 milhão de moradias. Após esse sucesso, o
Prog...
Redação com Atualidades CEF – Profs. Carlos Zambeli e Cássio Albernaz
www.acasadoconcurseiro.com.br 15
4.	 Expressões comu...
www.acasadoconcurseiro.com.br16
10.	Ortografia nova ou antiga?
CESPE manda “poderão os candidatos valerem-se das normas or...
Redação com Atualidades CEF – Profs. Carlos Zambeli e Cássio Albernaz
www.acasadoconcurseiro.com.br 17
Analisando tudo, tu...
www.acasadoconcurseiro.com.br18
Milhares de jovens peruanos foram às ruas do centro de Lima em um protesto contra a
corrup...
Redação com Atualidades CEF – Profs. Carlos Zambeli e Cássio Albernaz
www.acasadoconcurseiro.com.br 19
Redação exemplar da...
www.acasadoconcurseiro.com.br20
A nota de Sadi Flores Machado, 1 lugar do concurso do MP.
Vejamos uma redação considerada ...
Redação com Atualidades CEF – Profs. Carlos Zambeli e Cássio Albernaz
www.acasadoconcurseiro.com.br 21
A grande maioria do...
www.acasadoconcurseiro.com.br22
comunicação, serão, certamente , o melhor meio para alertar os usuários a respeito dos ris...
Redação com Atualidades CEF – Profs. Carlos Zambeli e Cássio Albernaz
www.acasadoconcurseiro.com.br 23
“Nesse momento é qu...
www.acasadoconcurseiro.com.br24
sociais a impactos no cotidiano das pessoas. Apresenta-se a tese a ser desenvolvida, de qu...
Redação com Atualidades CEF – Profs. Carlos Zambeli e Cássio Albernaz
www.acasadoconcurseiro.com.br 25
Para se divertir um...
www.acasadoconcurseiro.com.br26
16.	Frases com apenas uma palavra? Jamais!
17.	A voz passiva deve ser evitada.
18.	Use a p...
Redação com Atualidades CEF – Profs. Carlos Zambeli e Cássio Albernaz
www.acasadoconcurseiro.com.br 27
Fonte facebook
www.acasadoconcurseiro.com.br28
Temas de redação
Tema 1
A nova classe média brasileira
Na última década, o perfil socioeco...
Redação com Atualidades CEF – Profs. Carlos Zambeli e Cássio Albernaz
www.acasadoconcurseiro.com.br 29
Ao elaborar seu tex...
www.acasadoconcurseiro.com.br30
Tema 4
Os protestos e manifestações realizados em diversos países pelo que ficou conhecido...
Redação com Atualidades CEF – Profs. Carlos Zambeli e Cássio Albernaz
www.acasadoconcurseiro.com.br 31
•• Como a sociedade...
www.acasadoconcurseiro.com.br32
Quais são os pré-requisitos?
•• Maior de 14 anos;
•• Estar regularmente matriculado em ins...
www.acasadoconcurseiro.com.br
http://saberatualidades.blogspot.com.br
http://www.facebook.com/cassioalbernaz
Atualidades
P...
www.acasadoconcurseiro.com.br
Introdução
Esse material é constituído possíveis assuntos de atualidades previamente selecio...
www.acasadoconcurseiro.com.br 37
Atualidades
Temas de Atualidades para Redação
Tema
Copa do Mundo no Brasil
Principais Arg...
www.acasadoconcurseiro.com.br38
Tema
Lei da Ficha Limpa
Válida desde as eleições de 2012, não poderão se candidatar políti...
Redação com Atualidades CEF – Profs. Carlos Zambeli e Cássio Albernaz
www.acasadoconcurseiro.com.br 39
mesmo que virtuais,...
www.acasadoconcurseiro.com.br40
Inserção do grupo ocorreu principalmente no comércio, prestação de serviços e pequenas
ind...
Redação com Atualidades CEF – Profs. Carlos Zambeli e Cássio Albernaz
www.acasadoconcurseiro.com.br 41
renovação de indúst...
www.acasadoconcurseiro.com.br42
9.	 Com a subida dos juros, as dívidas ficaram mais caras (e também as prestações das
hipo...
Redação com Atualidades CEF – Profs. Carlos Zambeli e Cássio Albernaz
www.acasadoconcurseiro.com.br 43
Crise Europeia
Cris...
www.acasadoconcurseiro.com.br44
Alguns Argumentos:
1.	 Interligação dos mercados financeiros;
2.	 Formação de Blocos Econô...
Redação com Atualidades CEF – Profs. Carlos Zambeli e Cássio Albernaz
www.acasadoconcurseiro.com.br 45
Tema
O “boom” imobi...
www.acasadoconcurseiro.com.br46
Tema
As crises econômicas e os movimentos sociais
1.	 Movimentos de contestação das políti...
Redação com Atualidades CEF – Profs. Carlos Zambeli e Cássio Albernaz
www.acasadoconcurseiro.com.br 47
Tema
Os benefícios ...
www.acasadoconcurseiro.com.br48
Controvérsias:
a)	 custos;
b)	 riscos e impactos ambientais (poluição, desmatamento, etc)
...
Apostila cef redacao_atualidades_zambeli_cassio-1
Apostila cef redacao_atualidades_zambeli_cassio-1
Apostila cef redacao_atualidades_zambeli_cassio-1
Apostila cef redacao_atualidades_zambeli_cassio-1
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Apostila cef redacao_atualidades_zambeli_cassio-1

853 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
853
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
39
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apostila cef redacao_atualidades_zambeli_cassio-1

  1. 1. Redação com Atualidades Profs. Carlos Zambeli e Cássio Albernaz
  2. 2. www.acasadoconcurseiro.com.br Redação Professor: Carlos Zambeli
  3. 3. www.acasadoconcurseiro.com.br 5 Redação 10 dicas sobre o concurso! (edital) 1. Serão aceitas como corretas, até 31 de dezembro de 2015, ambas as ortografias, isto é, a forma de grafar e de acentuar as palavras vigente. 2. Nos casos de fuga ao tema, de inexistência de texto ou de identificação indevida na folha de texto definitivo, o candidato receberá nota ZERO. 3. A apresentação textual, a estrutura textual e o desenvolvimento do tema totalizarão a nota relativa ao domínio do conteúdo (NC), limitada a 20,00 pontos; 4. Redação de até 30 linhas! 5. A prova discursiva, de caráter eliminatório e classificatório, e consistirá de uma redação em língua portuguesa (PRLP) com o objetivo de avaliar a habilidade de expressão na modalidade escrita e de aplicação do registro formal culto da língua portuguesa na produção textual. 6. O critério de avaliação mais abrangente refere-se à apreensão e ao desenvolvimento do tema. 7. Serão avaliados também o domínio da expressão escrita! 8. A apresentação adequada da redação também avaliada! 9. Muito cuidado com a estrutura textual solicitada (texto descritivo, narrativo, expositivo- argumentativo ou instrucional). 10. Avaliação – Será calculada a nota na prova de redação (NPR) do seguinte modo: a) a avaliação do domínio da modalidade escrita totalizará o número de erros (NE) do candidato, considerando-se aspectos tais como ortografia, morfossintaxe e propriedade vocabular; b) será computado o número total de linhas (TL) efetivamente escritas pelo candidato, em que TL ≤ 30; c) será calculada, então, para cada candidato(a), a nota na redação (NPR) como sendo igual a NC menos duas vezes o resultado do quociente NE/TL; d) a NPR será calculada utilizando-se duas casas decimais e arredondando-se para cima quando o algarismo da terceira casa decimal for maior ou igual a cinco; e) será atribuída nota igual a 0,00 ao candidato que obtiver NPR < 0,00. f) será eliminado(a) do concurso público o(a) candidato(a) que obtiver NPR < 10,00 pontos
  4. 4. www.acasadoconcurseiro.com.br6 10 dicas para começar! 1. A redação não é um texto construído por um monte de frases, é, sim, um enredo semântico a que dados o nome de textualidade (coesão). Por exemplo: Escreva a redação. Coloque-a sobre a mesa depois de pronta. Essas frases possuem coesão? Sim, pois tratam do mesmo assunto! Além disso temos o pronome “a” recuperando a palavra “redação”. Pedi um refrigerante. O refrigerante, porém, não estava gelado. (com coesão) Pedi um refrigerante. Um refrigerante, porém, não estava gelado. (sem coesão) 2. Quais os tipos de erro de coesão? a) Uso inadequado do conectivo: •• Preposição: “Este governo diminuiu o salário dos professores e eliminou conteúdos importantes no desenvolvimento de todos os estudantes.” •• Pronome Relativo: “As crianças que as mães são presentes se caracterizam pela disciplina.” •• Conjunção: “Aumentar a passagem, para muitas pessoas, é fundamental para qualificar o serviço. Portanto, se as pessoas não aceitam essa verdade, devem protestar sem violência.” b) Redundância: Entende-se por redundância a repetição desnecessária ou exagerada da palavra, ideia ou expressão. Quanto mais redundante for o texto mais fica provado que o candidato não tem repertório suficiente para escrever uma boa redação. Exemplos: “Nesta semana, eu ganhei um brinde grátis da Casa do Concurseiro.” “O projeto não foi aprovado, porque não houve consenso geral.” c) Ambiguidade: Esse problema ocorre quando algo que está sendo dito admite mais de um sentido, comprometendo a compreensão do conteúdo. Isso pode provocar dúvidas no leitor e levá-lo a conclusões equivocadas na interpretação do texto. Exemplo: “A mãe discutia com a filha sentada no sofá!” Como resolver? Opção 1 _____________________________________________________________________ Opção 2 _____________________________________________________________________ 3. O título é importante? É importante sim! Pois ganhamos qualidade para o texto. Se tiver verbo, devemos pontuá-lo. Se não tiver, sem pontuação.
  5. 5. Redação com Atualidades CEF – Profs. Carlos Zambeli e Cássio Albernaz www.acasadoconcurseiro.com.br 7 4. Como estruturar a minha redação, Zambeli? Existem vários modelos de redação. No texto expositivo-argumentativo, vamos trabalhar com introdução, 2 ou 3 desenvolvimentos e conclusão. A chave para começar essas 3 estruturas é caprichar no tópico frasal. No texto descritivo, a análise do ser ou do produto pode ser objetiva ou subjetiva. No texto narrativo, a organização na sequência de fatos é o grande segredo. Já no texto instrucional (prescritivo), a base se faz como se estivéssemos orientando algo a fazer, construir, vender algo. 5. O que é o trópico frasal? Esse item resume o conteúdo do parágrafo. Ele enuncia a ideia a ser desenvolvida. Esse trópico frasal deve ser claro, detalhado e específico. Erro de clareza: “Para passar em um concurso, devemos saber como fazer isso.” “Estudar é importante.” “Ver Big Brother é prejudicial.” Como consertar? O sonho de ser concursado exige muito estudo por parte dos candidatos. O estudo desenvolve no aluno o domínio do assunto e permite a reflexão crítica. Programas considerados fúteis podem entreter as pessoas e fazê-las perder o foco de seus reais objetivos. 6. Essa divisão do texto em três parte faz o que exatamente? A introdução estabelece o objetivo e a ideia central do texto, ela é a promessa do debate. O desenvolvimento explana a ideia central, é onde ficam os argumentos para sustentar sua opinião. A conclusão sintetiza seu conteúdo. 7. O que é a falta de unidade de um texto? A falta de unidade decorre da “emoção” na analise de um argumento em detrimento do outro. Assim o texto não fica uniforme e o corretor pode interpretar como uma bela manha para completar as linhas! 8. Como fugir da ausência de coerência? Não seja repetitivo, aborde o tópico no mesmo parágrafo de desenvolvimento, não aborde um assunto sem um encadeamento progressivo, não comece a conclusão por nexos adversativos. 9. Como manter a coesão no texto? Use sinônimos, capriche na escolha dos nexos, seja simples no vocabulário, etc.
  6. 6. www.acasadoconcurseiro.com.br8 10. O que são frases siamesas? São duas frase completas, escritas como se fossem uma apenas. Essas frase unem o que não deveria estar junto. Exemplo: Errado: “Quis fazer o curso de redação do Zambeli e do Cássio acho sempre importante estudar mais.” Certo: “Quis fazer o curso de redação do Zambeli e do Cássio, pois acho sempre importante estudar mais.” 10 detalhes da estrutura para um texto argumentativo! 1. A dica da introdução Uma boa introdução é aquela que informa o que será trabalhado. Sabe o que é necessário para ficar legal? Informar o tema e as partes em que este tema foi dividido (exatamente na ordem como vão aparecer no decorrer do texto.) 2. Tipos de introduções problemáticas a) Introduções vagas: Esse tipo de introdução apresenta de forma vaga ou indiretamente o assunto do texto. “Esse tema realmente é complicado.” “Esse produto do Banco do Brasil é tão incrível quanto o da Caixa.” b) Introduções prolixas: Vá direto ao que interessa! Exagerar nas explicações pode gerar dúvidas no leitor! c) introduções abruptas: calmaaaaaaaaaaa! Não precisa ir tão direto ao ponto! Seu leitor precisa conhecer o assunto com uma boa explanação. Seu leitor precisa ter o roteiro adequado para começar a ler seu texto. 3. Resumo da introdução! Não exagere no tamanho e não comece a argumentar ainda! Busque apresentar o tema, delimitar o assunto e deixe claro o seu posicionamento. 4. Modelos de Introdução a) Declaratória: Você expõe o sugerido pela banca, usando as suas palavras! Não se esqueça de que você deve delimitar a abordagem do assunto.
  7. 7. Redação com Atualidades CEF – Profs. Carlos Zambeli e Cássio Albernaz www.acasadoconcurseiro.com.br 9 Qual o problema dessa? ________________________________________________________ b) Perguntas: Só pergunte se você tiver a resposta para desenvolver depois! Não pense em fazer a introdução toda com pergunta, mas é um bom recurso para iniciar. Qual o problema dessa? ________________________________________________________ c) Hipóteses: Você supõe algumas formas de abordar e as fará no desenvolvimento do texto. Qual o problema dessa? ________________________________________________________ d) Histórica: Você compara algo do passado com a problemática do tema de redação. Apresenta uma trajetória histórica para reforçar sua tese. Qual o problema dessa? ________________________________________________________ e) Comparação Você compara fatos, países, casos, problemas, enfim, apresenta sua ideia deixando claro que nada é tão novidade assim. Qual o problema dessa? ________________________________________________________ f) Citação Você abre o texto com as palavras de uma autoridade no tema em questão. Qual o problema dessa? ________________________________________________________ 5. Zambeli, posso começar como esse texto? •• Ao contrário do que muitos pensam... •• Muito se discute a importância de... •• Apesar de muitos acreditarem que... •• Pode-se afirmar que, em razão de/ devido a ... •• É indiscutível que... 6. E o desenvolvimento? É a base do seu texto! Aqui ficam suas ideias principais. Vamos trabalhar com dois desenvolvimentos (D1 e D2). No D1, pode-se desdobrar o tema, detalhar, analisar, demonstrar! No D2, apresentaremos nossos argumentos a favor ou contra. De que maneira? Demonstrando, confrontando a validade dos nossos argumentos. Apresentando ordenada, clara e convictamente. Neles, devemos usar todo nosso poder de convencimento!
  8. 8. www.acasadoconcurseiro.com.br10 7. Como desenvolver? a) Hipóteses: Você apresenta hipóteses para dar as soluções! Apresenta prováveis resultados. Assim, demonstra dominar o assunto e ter interesse por ele. b) Causa e Consequência: Você analisa o que leva ao problema e apresenta suas consequências! c) Exemplificação: Você mostra, na prática, como seus argumentos são bons! Mas cuidado!!!! Exemplificar demais pode transformar sua dissertação em narração! Os exemplos deve ser concretos, importantes para a sociedade. 8. Como argumentar? •• O que escrever? Para que escrever? Como escrever? Para que lado puxar? Essas perguntas podem ajudá-lo a argumentar com mais precisão, sem se perder em detalhes desnecessários. •• Observe: palavras- frases; frases-parágrafos; parágrafos-texto! Simples? Então fique fiel ao tema, evidencie sentido e associe à realidade! •• Argumente com algo de valor universal, ou com dados estatísticos, ou com a opinião de uma autoridade, ou com uma breve narrativa! 9. Como ligar um desenvolvimento no outro? •• D1 É preciso frisar também... É necessário, primeiramente, considerar/lembrar/ater-se... •• D2 Nota-se, por outro lado, que... Não se pode esquecer... Além disso... Outro fator importante é... 10. Concluindo então? Ufa! A conclusão não é apenas uma recapitulação do que foi trabalhado. Deixe claro o caminho que você seguiu para chegar até ali. Nesse momento tão fundamental, admite-se um fato novo, uma ideia, um argumento, mas não se esqueça da estrutura: tema – tese – solução. Essa parte deve ser breve, no entanto, não use apenas um período. Para concluir use: portanto, logo, dessa forma, definitivamente...
  9. 9. Redação com Atualidades CEF – Profs. Carlos Zambeli e Cássio Albernaz www.acasadoconcurseiro.com.br 11 e os outros tipos de textos que estão no edital? DESCRITIVO NARRATIVO INSTRUCIONAL O objetivo desse texto é relatar as impressões, os sentidos; é detalhar; é enumerar características; demarcar aspectos da realidade de forma simultânea. O que é um texto narrativo? A narrativapodeserdefinidacomo relato de acontecimentos que remetem para o conhecimento do Homem e das suas realizações no mundo. A nível de texto, pode ser entendida como um encadeamento discursivo, nas suas relações com os acontecimentos que relata e o ato que o produz. Predominando a função referencial ou informativa da linguagem. O texto narrativo, que permite uma comunicação através do discurso do narrador e da história recriada, apresenta um discurso múltiplo e complexo. Indica como fazer uma ação. Utilizado também para predizer acontecimentos, e comportamentos; organizar algo. A descrição objetiva é quando se tem um texto impessoal, sem marcas da opinião do autor. A descrição subjetiva evidencia os juízos de valores do autor. Linguagem: 1. retrato verbal; 2. valorização de adjetivos; 3. verbos de ligação; 4. ausência de ação 5. Verbos flexionados no presente ou no pretérito. Características do texto narrativo: 1 – relato de fatos retratados por uma sequência de ações, relacionadas a um determinado acontecimento, podendo ser estes fatos reais ou fictícios. 2 – apresenta elementos que desempenham funções primordiais. São eles: os personagens, peças fundamentais para a composição da história, narrador, espaço, tempo e enredo propriamente dito, ou seja, o assunto sobre o qual se trata. 3 É dinâmico – Tem relações de anterioridade e de posterioridade. 4. Segue ordem cronológica – Ordem do relógio. Narrando os fatos desde o início até o final. 5. Pode ser narrado em primeira ou terceira pessoa. Em primeira pessoa o narrador participa dos fatos. Em terceira pessoa o narrador não participa dos fatos. 6. Os tempos verbais mais utilizados são: Presente, Imperfeito e Futuro. Linguagem: Utiliza linguagem objetiva e simples. Os verbos são, na sua maioria, empregados no imperativo. Nota-se também o uso do infinitivo e o uso do futuro do presente do modo indicativo. Onde encontrar? Previsões do tempo, receitas culinárias, manuais, leis, bula de remédio, convenções, regras e eventos.
  10. 10. www.acasadoconcurseiro.com.br12 Em um certo lugar muito bonito e bastante verde, vive uma moça que gosta muito da natureza. Ela convive com seus sonhos e mostra sentimentos com a magia de realizá-los. Em certos momentos, ela conversa com as plantas e com os animais e fica muito feliz com isso. Como uma moça sonhadora, fica imaginando encontrar um príncipe que seria o homem ideal, bastante bonito com olhos verdes, cabelos claros, montando no seu belo cavalo marrom claro ou, quem sabe até, em um belo carro Ferrari vermelho. Na realidade, entre sonhos e magia, ela vive em um mundo real cheio de emoções de hoje em dia, fazendo com que a transporte para uma vida de lutas, trabalho e perseverança para atingir seu objetivo de viver toda realidade de seus sonhos com felicidade. A moça http://amandacolorida.blogspot.com. br/2010/11/texto-descritivo-subjetivo. html “O primeiro beijo Os dois mais murmuravam que conversavam: havia pouco iniciara-se o namoro e ambos andavam tontos, era o amor: Amor com o que vem junto: ciúme. – Está bem, acredito que sou a sua primeira namorada, fico feliz com isso. Mas me diga a verdade, só a verdade: você nunca beijou uma mulher antes de me beijar? – Ele foi simples: – Sim, já beijei antes uma mulher: – Quem era ela? perguntou com dor: Ele tentou contar toscamente, não sabia como dizer: O ônibus da excursão subia lentamente a serra. Ele, um dos garotos no meio da garotada em algazarra, deixava a brisa fresca bater-lhe no rosto e entrar-lhe pelos cabelos com dedos longos, finos e sem peso como os de uma mãe. Ficar às vezes quieto, sem quase pensar, e apenas sentir- era tão bom. A concentração no sentir era difícil no meio da balbúrdia dos companheiros. E mesmo a sede começara: brincar com a turma, falar bem alto, mais alto que o barulho do motor; rir, gritar; pensar, sentir, puxa vida! como deixava a garganta seca. (segue) Clarice Lispedor - in Felicidade Clandestina Você precisa desbloquear o seu cartão de crédito. Veja o que é preciso fazer: a) Confira se o seu nome está correto no cartão. b) Assine no verso do cartão, no local indicado. c) Ligue para 30852202 d) Indique o seu código de segurança. e) Retire a tarja de segurança. Exemplo de proposta com texto DESCRITIVO Como jogar A Mega-Sena é a loteria que paga milhões para o acertador dos 6 números sorteados. Mas quem acerta 4 ou 5 números também ganha. Para realizar o sonho de ser o próximo milionário, você deve marcar de 6 a 15 números, entre os 60 disponíveis no volante. Você pode deixar que
  11. 11. Redação com Atualidades CEF – Profs. Carlos Zambeli e Cássio Albernaz www.acasadoconcurseiro.com.br 13 o sistema escolha os números para você (Surpresinha) e/ou concorrer com a mesma aposta por 2, 4 ou 8 concursos consecutivos (Teimosinha). O Bolão CAIXA é a possibilidade que o apostador tem de realizar apostas e dividir com seus amigos ou familiares em várias cotas/frações, bastando preencher o campo próprio no volante ou solicitar diretamente ao atendente da lotérica. Tudo com muita segurança e garantia de recebimento do prêmio, no caso de aposta premiada. http://www1.caixa.gov.br/loterias/loterias/megasena/como_jogar.asp Considerando que a Mega-Sena é o sonho de grande parte dos brasileiros, para não se dizer de todos, escreva um texto descritivo sobre o seguinte tema. O que você faria , caso ganhasse 30 milhões na Mega-Sena? Ganhar na Mega- Sena é o sonho de toda a minha família. Acredito que o primeiro passo seria contratar um especialista em finanças, pois a emoção estaria tomando conta de mim. A segunda atitude seria realizar uma viagem pelo mundo, a qual contemplasse os países asiáticos, visto que é um passeio caro e interessante. Ajudar os amigos também não estaria descartado... Exemplo de proposta com texto NARRATIVO O professor Edgar Abreu, após conseguir um financiamento habitacional da Caixa, não tinha mais recursos financeiros para mobiliar sua residência. Ao chegar na sua agência bancária, descobriu um novo produto chamado “Minha casa melhor”. Disse o gerente, ao talentoso professor: “Com o cartão Minha Casa Melhor, você tem até R$ 5 mil de crédito para comprar móveis e eletrodomésticos e pagar em até 48 meses. É simples! Você escolhe os produtos na loja, compra pelo preço à vista com direito a, no mínimo, 5% de desconto e depois vai pagando à CAIXA. Tudo isso com uma prestação bem baixinha.” A partir do texto de apoio, produza um texto narrativo, que relate como Edgar Abreu conseguiu mudar a aparência de sua casa. Conseguiria ele com este valor fazer boas compras? Conseguiria ele pagar mais adiante as prestações sem necessitar de mais crédito, visto que não sabe muitas regras de banco? O destemido Edgar Abreu, após muitos anos ensinando incansáveis concurseiros, conseguiu comprar uma casa de pequenos cômodos, entretanto seu dinheiro não era suficiente para mobiliá-la de maneira que seu esposo queria. As brigas entre o casal aumentavam com o passar do tempo. Aquele intenso amor durou até os juros começarem a bater à sua porta. A única saída era a Caixa! Depois de uma longa conversa com o prestativo gerente, adquiriram um crédito de R$5 mil para mobiliar a tão sonhada casa. Direcionaram-se até uma loja do varejo, e notaram que com esse crédito seria possível apenas comprar móveis para a cozinha! As lágrimas desciam nos olhos do casal... Exemplo de proposta com texto INSTRUCIONAL Dois milhões de casas para os brasileiros O Minha Casa Minha Vida é um programa do governo federal que tem transformado o sonho da casa própria em realidade para muitas famílias brasileiras. Em geral, o Programa acontece em parceria com estados, municípios, empresas e entidades sem fins lucrativos.
  12. 12. www.acasadoconcurseiro.com.br14 Na primeira fase foram contratadas mais de 1 milhão de moradias. Após esse sucesso, o Programa Minha Casa Minha Vida pretende construir na segunda fase, 2 milhões de casas e apartamentos até 2014. Se você tem renda bruta de até R$ 5.000,00, o Programa oferece algumas facilidades, como, por exemplo, descontos, subsídios e redução do valor de seguros habitacionais. Mais renda para os trabalhadores e desenvolvimento para o Brasil. Onde tem habitação, tem CAIXA. http://www.caixa.gov.br/habitacao/mcmv/ Sabendo que o sonho de todo brasileiro é a casa própria, você – futuro funcionário da Caixa – deve ter a habilidade de organização e orientação. Por isso redija uma cartilha de conselhos para quem aspira a esse sonho. Não se esqueça de sugerir produtos do banco e de informar procedimentos práticos. Você que está em busca da casa própria agora tem uma boa oportunidade de adquirir seu imóvel. Venha até a minha agência, não precisa marcar hora, pois estarei à sua espera o dia todo. Mas antes, para agilizar o processo, faça a sua parte: retire uma negativa de dívidas fiscais, faça xerox de todos os seus documentos e antecipe suas férias para ter mais tempo para esse momento tão singular na sua vida! Agora, não se preocupe com mais nada! Tenho um seguro de residência contra fogo e furto que você pode garantir mais tranquilidade ainda! Para isso, ligue antes para a central de seguros e informe seu CPF... 10 detalhes tão pequenos! Mas... 1. Registro equivocado! •• Só que – prefira mas, porém... •• Ter – cuide se for o sentido de “haver”. •• A gente – prefira “nós” •• Fazer com que – Essas injustiças fazem com que as pessoas desacreditem no sistema./ Essas injustiças fazem as pessoas desacreditarem no sistema. 2. Problemas de Semântica! •• Redundância e obviedade: Há dois meses atrás./ Eu penso.../ No mundo em que vivemos... •• Sentido amplo demais: A crise da educação é uma coisa enorme! •• Uso de gírias: Após resolver esse detalhe, a vida ficou um barato! 3. Lugar-comum •• de mão beijada, depois de um longo e tenebroso inverno, desbaratada a quadrilha, de vento em popa... •• agradável surpresa, amarga decepção, calor escaldante, calorosa recepção, carreira meteórica, cartada decisiva, chuvas torrenciais, corpo escultural, crítica construtiva •• “se cada um fizer a sua parte...”, “é preciso lembrar que dinheiro não traz felicidade...”, “as pessoas saem de casa sem saber se voltarão...”
  13. 13. Redação com Atualidades CEF – Profs. Carlos Zambeli e Cássio Albernaz www.acasadoconcurseiro.com.br 15 4. Expressões comuns! •• Em princípio – antes de mais nada, em tese. •• A princípio – no início, no começo. •• Possuir – só no sentido de posse, propriedade. “Edgar possui um carro velho.”/ “Edgar desfruta de uma boa condição de vida.” •• Na medida em que – = porque •• À medida que – = proporção •• A meu ver – não use “ao meu ver”. •• Em frente de/ diante de – não use “frente a” 5. Gerúndio (-ndo) – ação continua •• Suas atitudes acabam provocando intrigas. (errado) •• Suas atitudes provocam intrigas. (certo) 6. Pontuação •• Dois-pontos: usa-se para explicações, consequências. •• Aspas: servem para indicar estes casos: palavras estrangeiras, ironia, transcrições textuais, neologismos, títulos. 7. Paralelismo •• Engano no paralelismo nas comparações: “Falar com pessoas é mais fácil do que a conversa do dia a dia.” (errado) “Falar com pessoas é mais fácil do que conversar no dia a dia.” (certo) •• Falso paralelismo de sentido: “Marcela amou-me durante quinze meses e onze contos de réis.” •• Falso paralelismo morfológico: “Essas crises se devem a mágoas, humilhações, ressentimentos e a agressores que insistentemente o humilhavam na empresa.” •• Falso paralelismo sintático: “A preservação dessa consciência representa não só um dever de cidadania e é para que a ordem seja mantida.” 8. Emprego dos nexos •• Este, esta, isto = vai ser dito / esse, essa, isso = já foi dito •• Onde = lugar parado! Na redação, use “em que” •• Mesmo(a) = não retoma palavras ou expressões. Use ele(a) •• Prefira entretanto, contudo, todavia, não obstante no lugar de mas e porém. 9. Dúvidas comuns! •• Letra: utilize tamanho regular. Não importa a letras, apenas diferencie maiúscula de minúscula. •• Retificações: ( excessões) exceções •• Linhas: máximo de 30 (trinta) linhas, mas não há ressalva ao número mínimo.
  14. 14. www.acasadoconcurseiro.com.br16 10. Ortografia nova ou antiga? CESPE manda “poderão os candidatos valerem-se das normas ortográficas em vigor antes ou depois daquelas implementadas pelo Decreto Presidencial...” 10 erros mais comuns de Português (fonte: manual de redação/ jornal O Estado de S. Paulo) 1. “Houveram” muitos acidentes. Haver, como existir, também é invariável: Houve muitos acidentes. / Havia muitas pessoas. / Deve haver muitos casos iguais. 2. Que “seje” feliz. O subjuntivo de ser e estar é seja e esteja: Que seja feliz. / Que esteja (e nunca “esteje”) alerta. 3. Ele é “de menor”. O de não existe: Ele é menor. 4. A gente “fomos” embora. Concordância normal: A gente foi embora. E também: O pessoal chegou (e nunca “chegaram”). / A turma falou. 5. De “formas” que. Locuções desse tipo não têm s: De forma que, de maneira que, de modo que, etc. 6. Fiquei fora de “si”. Os pronomes combinam entre si: Fiquei fora de mim. / Ele ficou fora de si. / Ficamos fora de nós. / Ficaram fora de si. 7. Acredito “de” que. Não use o de antes de qualquer que: Acredito que, penso que, julgo que, disse que, revelou que, creio que, espero que, etc. 8. Fale alto porque ele “houve” mal. A confusão está-se tornando muito comum. O certo é: Fale alto porque ele ouve mal. Houve é forma de haver:Houve muita chuva esta semana. 9. Ela veio, “mais” você, não. É mas, conjunção, que indica ressalva, restrição: Ela veio, mas você, não. 10. Fale sem “exitar”. Escreva certo: hesitar. Veja outros erros de grafia e entre parênteses a forma correta: “areoporto” (aeroporto), “metereologia” (meteorologia) , “deiche” (deixe), enchergar (enxergar), “exiga” (exija). E nunca troque menos por “menas”, verdadeiro absurdo lingüístico.
  15. 15. Redação com Atualidades CEF – Profs. Carlos Zambeli e Cássio Albernaz www.acasadoconcurseiro.com.br 17 Analisando tudo, tudo, tuuuuuuuuudooo! Proposta: As relações pessoais são mediadas por impulsos de natureza diversa, num embate contínuo de emoções que nos oprimem e angustiam, tornando suscetível nossa disposição psicológica para enfrentá-las. Nosso curso existencial é pontuado de sentimentos que modificam, profundamente, nosso comportamento. Uma dessas emoções é o ciúme. O ciumento, com um certo romantismo, receia que tomem o que é seu. Pois bem, sua redação abordará o seguinte tema: ciúme – aspecto positivo ou negativo das relações afetivas? Alunos zambelianos, pensaremos 3 formas de começar essa redação! Introdução 1 (declaratória) O ciúme é, sem dúvida, uma sensação forte, geralmente irracional, que pontua a existência de qualquer indivíduo. Via de regra, ataca os apaixonados – por alguém, por uma causa, por um ideal ou mesmo por um objeto -, os quais temem que lhes roubem o que lhes parece seu por direito. Sendo assim, é marca de qualquer relação afetiva. Introdução 2 (interrogativa) Como conceituar o ciúme? Qual o seu papel nas relações amorosas? O que o provoca? Ele é, sem dúvida, uma sensação forte, geralmente irracional, que pontua a existência de qualquer indivíduo. Limítrofe da obsessão, tal sentimento nada acrescenta de positivo Às relações. Introdução 3 (por citação) Em Dom Casmurro, Machado de Assis reproduz a citação bíblica: “Não tenhas ciúmes de tua mulher para que ela não se meta a enganar-te com a malícia que aprender de ti.” Assim, busca refletir sobre esse sentimento forte, geralmente irracional, que pontua a existência de muitos e que, como no romance em questão, nada de positivo acrescenta Às relações. Redação exemplar da aluna da Casa do Concurseiro Cíntia Faria (nota 19,93 do concurso TCE/ 2013) Nesta prova, faça o que se pede, usando, caso deseje, o espaço para rascunho indicado no presente caderno. Em seguida, transcreva o texto para a FOLHA DE TEXTO DEFINITIVO DA PROVA DISCURSIVA, no local apropriado, pois não será avaliado fragmento de texto escrito em local indevido. •• Qualquer fragmento de texto além da extensão máxima de linhas disponibilizadas será desconsiderado. •• Na folha de texto definitivo, identifique-se apenas no cabeçalho da primeira página, pois não será avaliado texto que tenha qualquer assinatura ou marca identificadora fora do local apropriado. •• Ao domínio do conteúdo serão atribuídos até 20,00 pontos, dos quais até 1,00 ponto será atribuído ao quesito apresentação e estrutura textual (legibilidade, respeito às margens e indicação de parágrafos).
  16. 16. www.acasadoconcurseiro.com.br18 Milhares de jovens peruanos foram às ruas do centro de Lima em um protesto contra a corrupção. O ato reuniu cerca de 4.000 jovens que chegaram a 300 metros do Congresso. Depois de duas horas de marcha pacífica, a manifestação foi duramente reprimida pela polícia, que deteve pelo menos 11 estudantes. Foi a segunda vez em uma semana que os peruanos protestaram contra o Parlamento para pedir uma nova eleição de magistrados do Tribunal Constitucional e da Defensoria Pública. Eles consideram que a ocupação dos cargos foi feita de maneira ilegal, o que deflagrou uma crise política no país. O Globo. 24/7/2013, p. 25 (com adaptações). Considerando que o fragmento de texto acima tem caráter unicamente motivador e que manifestações populares tomaram as ruas de centenas de cidades brasileiras durante o mês de junho de 2013, redija texto dissertativo acerca do seguinte tema. A JUVENTUDE NAS RUAS: UMA NOVA CONCEPÇÃO DE POLÍTICA? Ao elaborar seu texto, aborde, necessariamente, os seguintes aspectos: •• a crise da representação política no mundo contemporâneo; [valor: 6,50 pontos] •• a juventude e o sonho de um mundo melhor; [valor: 6,00 pontos] •• as grandes manifestações de massas e o estado democrático de direito. [valor: 6,50 pontos] O mês de junho de 2013 foi marcado por uma série de manifestações que tomaram conta das ruas de muitas cidades brasileiras. A juventude se uniu por um interesse em comum: protestar contra a corrupção, o descaso do governo para com a população, a péssima qualidade dos serviços públicos, dentre outros problemas que assolam nosso país. A indignação era possível de ser vista nos olhos das pessoas. Muitas pintaram o rosto, confeccionaram faixas e cartazes, foram à frente das prefeituras, das assembléias legislativas, do Congresso Nacional, gritando palavras de ordem contra ocupantes de cargos públicos que não representam os interesses e necessidades da população. Percebe-se que nossos políticos estão, cada vez mais, perdendo a credibilidade e o respeito dos cidadãos, por priorizarem os benefícios individuais em detrimento do interesse coletivo. Esses jovens têm muitos sonhos, são idealistas e querem um mundo mais justo para seus filhos e netos. Perceberam que ficar à frente da televisão reclamando da situação atual do Brasil não surtirá nenhum efeito. O que eles querem são mudanças, e saíram da sua zona de conforto, da sua condição de passivos, para atuar nas ruas exigindo melhores condições de vida. Vivemos em um país democrático e votamos diretamente para escolher nossos governantes. As manifestações de massa são uma forma de exercermos essa democracia, o que não é visto somente no Brasil, mas também em outros países que também atravessam crises políticas. Elas são uma maneira de gritar nossos problemas e exigir soluções, funcionando como uma forte pressão ao governo, pela ampla repercussão que causa, tanto interna quanto externamente. Enfim, chegou a hora da mudança e muito já se conquistou depois das grandes manifestações ocorridas. Esses jovens sonhadores trouxeram a idéia de que é possível um país mais justo e de que devemos atuar politicamente pelos nossos ideais. Ao que parece, essa prática vai continuar e, no futuro, as novas gerações sentirão as mudanças causadas por essa nossa postura ativa. Que assim seja.
  17. 17. Redação com Atualidades CEF – Profs. Carlos Zambeli e Cássio Albernaz www.acasadoconcurseiro.com.br 19 Redação exemplar da aluna da Casa do Concurseiro Mônica Cappellari (nota 19,93 do concurso TCE/ 2013)
  18. 18. www.acasadoconcurseiro.com.br20 A nota de Sadi Flores Machado, 1 lugar do concurso do MP. Vejamos uma redação considerada exemplar do ENEM 2011 Na proposta de redação da prova de vestibular ENEM 2011, a banca pediu aos alunos que fosse redigida uma redação de até 30 linhas dissertando sobre o tema: “Viver em rede no século XXI: Os limites entre o público e o privado”. Veja a seguir a coletânea de textos e as instruções para a redação: Com base na leitura dos textos motivadores seguintes e nos conhecimentos construídos ao longo de sua formação, redija texto dissertativo-argumentativo em norma padrão da língua portuguesa sobre o tema VIVER EM REDE NO SÉCULO XXI: OS LIMITES ENTRE O PÚBLICO E O PRIVADO, apresentando proposta de conscientização social que respeite os direitos humanos. Selecione, organize e relacione, de forma coerente e coesa, argumentos e fatos para defesa de seu ponto de vista. Liberdade sem fio A ONU acaba de declarar o acesso à rede um direito fundamental do ser humano – assim como saúde, moradia e educação. No mundo todo, pessoas começam a abrir seus sinais privados de organizações e governos se mobilizam para expandir a rede para espaços públicos e regiões onde ela ainda não chega, com acesso livre e gratuito. ROSA, G.; SANTOS, P. Galileu. Nº 240, jul. 2011 (fragmento). A internet tem ouvidos e memória Uma pesquisa da consultoria Forrester Research revela que, nos Estados Unidos, a população já passoumais tempo conectada à internet do que em frente à televisão. Os hábitos estão mudando. No Brasil, as pessoas já gastam cerca de 20% de seu tempo on-line em redes sociais.
  19. 19. Redação com Atualidades CEF – Profs. Carlos Zambeli e Cássio Albernaz www.acasadoconcurseiro.com.br 21 A grande maioria dos internautas (72%, de acordo com o Ibope Mídia) pretende criar, acessar e manter o perfil em rede. “Faz parte da própria socialização do indivíduo do século XXI estar numa rede social. Não estar equivale a não ter uma identidade ou um número de telefone no passado”, acredita Alessandro Barbosa Lima, CEO da e.Life, empresa de monitoração e análise de mídias. As redes sociais são ótimas para disseminar ideias, tornar alguém popular e também arruinar reputações. Um dos maiores desafios do usuários de internet é saber ponderar o que se publica nela. Especialistas recomendam que não se deve publicar o que não se fala em público, pois a internet é um ambiente social e, ao contrário do que se pensa, a rede não acoberta anonimato, uma vez que mesmo quem se esconde atrás de um pseudônimo pode ser rastreado e identificado. Aquele que, por impulso, se exaltam e cometem gafes podem pagar caro. Disponível em: http://www.terra.com.br. Acesso em: 30 jun. 2011 (adaptado). 1ª redação Redação de Camila Pereira Zuconi, Viçosa (MG). Considerada exemplar no ENEM Redes sociais: o uso exige cautela Uma característica inerente às sociedades humanas é sempre buscar novas maneiras de se comunicar: cartas, telegramas e telefonemas são apenas alguns dos vários exemplos de meios comunicativos que o homem desenvolveu com base nessa perspectiva. E, atualmente , o mais recente e talvez o mais fascinante desses meios, são as redes virtuais, consagradas pelo uso, que se tornam cada vez mais comuns. Orkut, Twiter e Facebook são alguns exemplos das redes sociais (virtuais) mais acessadas do mundo e , convenhamos, a popularidade das mesmas se tornou tamanha que não ter uma página nessas redes é praticamente como não estar integrado ao atual mundo globalizado. Através desse novo meio as pessoas fazem amizades pelo mundo inteiro, compartilham ideias e opiniões, organizam movimentos, como os que derrubaram governos autoritários no mundo árabe e , literalmente , se mostram para a sociedade. Nesse momento é que nos convém cautela e reflexão para saber até que ponto se expor nas redes sociais representa uma vantagem. Não saber os limites da nossa exposição nas redes virtuais pode nos custar caro e colocar em risco a integridade da nossa imagem perante a sociedade. Afinal , a partir do momento em que colocamos informações na rede , foge do nosso controle a consciência das dimensões de até onde elas podem chegar. Sendo assim, apresentar informações pessoais em tais redes pode nos tornar um tanto quanto vulneráveis moralmente. Percebemos, portanto, que o novo fenômeno das redes sociais se revela como uma eficiente e inovadora ferramenta de comunicação da sociedade , mas que traz seus riscos e revela sua faceta perversa àqueles que não bem distinguem os limites entre as esferas públicas e privadas “jogando” na rede informações que podem prejudicar sua própria reputação e se tornar objeto para denegrir a imagem de outros, o que , sem dúvidas, é um grande problema. Dado isso, é essencial que nessa nova era do mundo virtual , os usuários da rede tenham plena consciência de que tornar pública determinadas informações requer cuidado e , acima de tudo, bom senso, para que nem a própria imagem, nem a do próximo possa ser prejudicada. Isso poderia ser feito pelos próprios governos de cada país, e pelas próprias comunidades virtuais através das redes sociais, afinal , se essas revelaram sua eficiência e sucesso como objeto da
  20. 20. www.acasadoconcurseiro.com.br22 comunicação, serão, certamente , o melhor meio para alertar os usuários a respeito dos riscos de seu uso e os cuidados necessários para tal. Análise do texto: A participante demonstra ter compreendido a proposta da redação, desenvolvendo o tema dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo. A redação organiza-se em cinco parágrafos. Na introdução (primeiro parágrafo), arrolam-se os meios de comunicação anteriores à internet e apresentam- se as redes sociais (virtuais) como o mais fascinante meio de comunicação da época atual. Nos três parágrafos seguintes, expõe-se o plano argumentativo: no segundo, apresenta-se o ponto de vista – não ter hoje uma página nessas redes sociais é não estar integrado no mundo globalizado –, entretanto, alerta-se que se deve ter cautela para saber até que ponto é uma vantagem se expor nas redes sociais; no terceiro parágrafo, reafirma-se o ponto de vista de que não saber os limites da exposição nas redes sociais pode colocar em risco a própria imagem perante a sociedade, pois, a partir do momento em que as informações pessoais forem disponibilizadas na rede, não mais poderão ser controladas; no quarto, ressalta-se que as redes sociais se revelaram como eficiente e inovadora ferramenta de comunicação da sociedade, mas, ao mesmo tempo, lembra-se que é preciso distinguir a esfera pública da privada. Na conclusão (quinto parágrafo), retomam-se as ideias desenvolvidas nos parágrafos anteriores, alertando os usuários das redes de que devem ter bom senso para não tornar pública informação que possa prejudicar a sua imagem e a do próximo. A tese apresentada é a de que não ter hoje uma página nas redes sociais é não estar integrado no mundo globalizado. Argumenta-se que, se são eficientes ferramentas de comunicação da sociedade, as redes sociais necessitam delimitar as esferas pública e privada. Logo, para usufruir dessa vantagem, o usuário precisa evitar a excessiva exposição na rede, sob o risco de comprometer moralmente sua imagem. No último parágrafo, identifica-se a proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos: propõe uma parceria dos governos de diferentes países e das comunidades virtuais, para que as redes sociais não sejam utilizadas para denegrir a vida pessoal de quem as utiliza nem a do próximo. A redação apresenta encadeamento lógico das ideias e demonstra que a participante soube selecionar, relacionar, organizar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista: o tema é desenvolvido de forma coerente, os argumentos selecionados são consistentes e justificam a tese defendida, a conclusão retoma o que foi exposto nos parágrafos anteriores, a proposta de intervenção está relacionada ao ponto de vista defendido e o título antecipa o enfoque que será dado ao tema. Do ponto de vista da estrutura textual, percebe-se que a redação apresenta inúmeros recursos coesivos que garantem continuidade das ideias expostas no texto, revelando que a participante conhece os mecanismos linguísticos necessários à construção de uma dissertação- argumentativa. Identifica-se a utilização de pronomes e de termos ou expressões de base nominal para retomar referentes do contexto anterior: “alguns dos vários exemplos de meios comunicativos que o homem desenvolveu”; “o mais fascinante desses meios”; “a popularidade das mesmas se tornou tamanha”; “não ter uma página nessas redes”; “Através desse novo meio”; “como os que derrubaram”;
  21. 21. Redação com Atualidades CEF – Profs. Carlos Zambeli e Cássio Albernaz www.acasadoconcurseiro.com.br 23 “Nesse momento é que nos convém cautela”; “os limites da nossa exposição”; “da nossa imagem”; “do nosso controle”; “apresentar informações pessoais em tais redes”; “revela sua faceta perversa àqueles que”; “nessa nova era do mundo virtual”. Constata-se ainda o emprego adequado dos conectores para ligar orações, frases ou palavras e promover o encadeamento textual. Por exemplo, no segundo parágrafo, o conector “como” estabelece relação com a palavra “movimentos”; a preposição “para” introduz finalidade; e a locução “até que”, em “cautela e reflexão para saber até que ponto”, indica um limite nas ações. No terceiro parágrafo, em “Afinal, a partir do momento”, o advérbio “afinal” introduz a conclusão. No quarto parágrafo, a conjunção “portanto” tem caráter conclusivo; e a conjunção adversativa “mas” aponta os riscos em contraste com as vantagens expostas anteriormente. No último parágrafo, a expressão “Isso poderia ser feito” introduz a proposta de intervenção. 2ª redação Redação de Mary Clea Ziu Lem Gun, Barueri (SP). Cidadania virtual Assistimos hoje ao fenômeno da expansão das redes sociais no mundo virtual , um crescimento que ganha atenção por sua alta velocidade de propagação, trazendo como consequência , diferentes impactos para o nosso cotidiano. Assim, faz-se necessário um cuidado, uma cautelosa discussão a fim de encarar essa nova realidade com uma postura crítica e cidadã para então desfrutarmos dos benefícios que a globalização dos meios de comunicação pode nos oferecer. A internet nos abre uma ampla porta de acesso aos mais variados fatos, verbetes, imagens, sons, gráficos etc. Um universo de informações de forma veloz e prática permitindo que cada vez mais pessoas, de diferentes partes do mundo, diversas idades e das mais variadas classes sociais, possam se conectar e fazer parte da grande rede virtual que integra nossa sociedade globalizada. Dentro desse contexto as redes sociais simbolizam de forma eficiente e sintética como é o conviver no século XXI, como se estabelecem as relações sociais dentro da nossa sociedade pós-industrial , fortemente integrada ao mundo virtual. Toda a comodidade que a rede virtual nos oferece é, no entanto, acompanhada pelo desafio de ponderar aquilo que se publica na internet, ficando evidente a instabilidade que existe na tênue linha entre o público e o privado. Afinal , a internet se constitui também como um ambiente social que à primeira vista pode trazer a falsa ideia de assegurar o anonimato. A fragilidade dessa suposição se dá na medida em que causas originadas no meio virtual podem sim trazer consequências para o mundo real . Crimes virtuais, processos jurídicos, disseminação de ideias, organização de manifestações são apenas alguns exemplos da integração que se faz entre o real e o virtual. Para um bom uso da internet sem cair nas armadilhas que esse meio pode eventualmente nos apresentar, é necessária a construção da criticidade, o bom senso entre os usuários da rede , uma verdadeira educação capaz de estabelecer um equilíbrio entre os dois mundos, o real e o virtual . É papel de educar tanto das famílias, dos professores como da sociedade como um todo, só assim estaremos exercendo de forma plena nossa cidadania. Análise do texto A participante demonstra ter compreendido a proposta da redação e desenvolvido o tema dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo. A redação organiza-se em quatro parágrafos. Na introdução (primeiro parágrafo), relaciona-se a expansão das redes
  22. 22. www.acasadoconcurseiro.com.br24 sociais a impactos no cotidiano das pessoas. Apresenta-se a tese a ser desenvolvida, de que é preciso uma postura crítica e cidadã para que as pessoas possam desfrutar dos benefícios da globalização oferecida pelos meios de comunicação. No desenvolvimento (segundo e terceiro parágrafos), apresentam-se os argumentos para analisar as redes sociais virtuais: os aspectos positivos são abordados no segundo parágrafo e os aspectos negativos, no terceiro. Na conclusão (quarto parágrafo), retomam-se as ideias explicitadas na introdução e apresenta- se a proposta de que é preciso, por meio da educação, desenvolver uma visão crítica sobre esse mundo virtual como uma das condições para o exercício pleno da cidadania. A tese de que é preciso uma postura crítica e cidadã para que as pessoas possam desfrutar dos benefíciosdaglobalizaçãooferecidapelosmeiosdecomunicaçãoéjustificada,pelaparticipante, com base em argumentos positivos e negativos. Os positivos referem-se à constatação de que as redes sociais são uma porta de acesso a vários instrumentos de informação, permitem que pessoas de diferentes lugares se conectem e simbolizam o que é a convivência no século XXI – pautada pelo mundo virtual. Os argumentos negativos dizem respeito à existência de uma instabilidade na linha tênue que separa o público e o privado na internet, à falsa ideia de que a internet favorece o anonimato e à interferência do mundo real provocada pelo que ocorre no mundo virtual. Alguns exemplos dessa interferência são citados para fortalecer a argumentação. No último parágrafo, identifica-se a proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos: pais, professores e sociedade devem investir no processo educacional para garantir visão crítica e bom senso dos usuários na relação entre o mundo real e o virtual, com o objetivo de atingir o exercício pleno da cidadania. Embora tenha sido pouco desenvolvida, a proposta é coerente com a tese apresentada no texto. A redação apresenta encadeamento lógico das ideias e demonstra que a participante soube selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista: o tema é desenvolvido de forma coerente, os argumentos selecionados são consistentes e justificam a tese de que é preciso uma atitude reflexiva e crítica para diferenciar os aspectos positivos e os negativos. A conclusão retoma o que foi exposto nos primeiros parágrafos, e a proposta de intervenção é relacionada à tese apresentada na introdução do texto. Do ponto de vista de sua estruturação, observa-se que a redação apresenta inúmeros recursos coesivosparadarcontinuidadeaotexto,revelandoqueaparticipantedemonstraconhecimento dos mecanismos linguísticos necessários à construção da argumentação. O texto recorre a vários conectores responsáveis por expressar relações lógicas e promover o encadeamento textual. Por exemplo, no primeiro parágrafo, o A redação no advérbio “assim” introduz uma conclusão em relação à ideia apresentada na frase anterior. No terceiro parágrafo, a conjunção adversativa “no entanto” introduz uma oposição entre a ideia de “comodidade” e afirmação de que existe o “desafio de ponderar o que se publica na internet”. A seguir, o advérbio “afinal” funciona como operador argumentativo ao introduzir uma conclusão. Identifica-se a utilização de pronomes e de termos ou expressões de base nominal para retomar referentes do contexto anterior (exemplos: “A fragilidade dessa suposição”, “ponderar aquilo que se publica na internet”, em que o pronome demonstrativo “aquilo” refere-se ao conteúdo da publicação na internet, expresso no primeiro parágrafo).
  23. 23. Redação com Atualidades CEF – Profs. Carlos Zambeli e Cássio Albernaz www.acasadoconcurseiro.com.br 25 Para se divertir um pouco e pensar, claro! 28 DICAS PARA ESCREVER BEM (texto da internet) 1. Vc. Deve evitar abrev., etc. 2. Desnecessário faz-se empregar estilo de escrita demasiadamente rebuscado, segundo deve ser do conhecimento inexorável dos copidesques. Tal prática advém de esmero excessivo que beira o exibicionismo narcisístico. 3. Anule aliterações altamente abusivas. 4. “não esqueça das maiúsculas”, como já dizia dona loreta, professora lá no colégio alexandre de gusmão, no ipiranga. 5. Evite lugares-comuns assim como o diabo foge da cruz. 6. Uso de parênteses (mesmo quando for relevante) é desnecessário. 7. Estrangeirismo estão out; palavras de origem portuguesa estão in. 8. Chute o balde no emprego de gíria, mesmo que sejam maneiras, tá ligado? 9. Palavras de baixo calão podem transformar seu texto numa m?r?d?. 10. Nunca generalize: generalizar, em todas as situações, sempre é um erro. 11. Evite repetir a mesma palavra, pois essa palavra vai ficar uma palavra repetitiva. A repetição da palavra vai fazer com que a palavra repetida desqualifique o texto onde a palavra se encontra repetida. 12. Não abuse das citações. Como costuma dizer meu amigo: “Quem cita os outros não tem ideias próprias”. 13. Frases incompletas podem causar 14. Não seja redundante, não é preciso dizer a mesma coisa de formas diferentes; isto é, basta mencionar cada argumento uma só vez. Em outras palavras, não fique repetindo a mesma ideia. 15. Seja mais ou menos específico.
  24. 24. www.acasadoconcurseiro.com.br26 16. Frases com apenas uma palavra? Jamais! 17. A voz passiva deve ser evitada. 18. Use a pontuação corretamente o ponto e a vírgula especialmente será que ninguém sabe usar o sinal de interrogação 19. Quem precisa de perguntas retóricas? 20. Conforme recomenda a A. G. O. P., nunca use siglas desconhecidas. 21. Exagerar é cem bilhões de vezes pior do que a moderação. 22. Evite mesóclises. Repita comigo: “mesóclises: evitá-las-ei!” 23. Analogias na escrita são úteis quanto chifres numa galinha. 24. Não abuse das exclamações! Nunca! Seu texto fica horrível! 25. Evite frases exageradamente longas, pois estas dificultam a compreensão de ideia contida nelas, e, concomitantemente, por conterem mais de uma ideia central, o que nem sempre torna o seu conteúdo acessível, forçando, desta forma, o pobre leitor a separá-la em seus componentes diversos, de forma a torná-las compreensíveis, o que não deveria ser, afinal de contas, parte do processo da leitura, hábito que devemos estimular através do uso de frases mais curtas. 26. Coidado com há hortografia, para não estrupar a língüa portugêza. 27. ESCREVER SEMPRE COM LETRAS MAÍSCULAS DEIXA SEU TEXTO COM UMA APARÊNCIA TERRÍVEL. 28. Seja incisivo e coerente, ou não.
  25. 25. Redação com Atualidades CEF – Profs. Carlos Zambeli e Cássio Albernaz www.acasadoconcurseiro.com.br 27 Fonte facebook
  26. 26. www.acasadoconcurseiro.com.br28 Temas de redação Tema 1 A nova classe média brasileira Na última década, o perfil socioeconômico do país mudou – e muito. A principal novidade foi o fortalecimento da classe C, composta por famílias que têm uma renda mensal domiciliar total (somando todas as fontes) entre R$ 1.064,00 e R$ 4.561,00. Não se pode dizer que o país tenha mudado da noite para o dia. A modificação resulta de múltiplos fatores, da estabilização de preços às mudanças demográficas, da educação ao mercado de trabalho. De acordo com dados do instituto de pesquisa Data Popular, a classe C é responsável por 78% do que é comprado em supermercados, 60% das mulheres que vão a salões de beleza, 70% dos cartões de crédito no Brasil e 80% das pessoas que acessam a internet. “A nova classe média movimenta R$ 273 bilhões na internet por ano somente com seu salário, se considerarmos o crédito disponível a ela, esse montante dobra”. Segundo o governo, o crescimento da classe média é o estímulo para o país manter os esforços para o crescimento econômico frente à crise econômica mundial. Nas palavras da Presidenta Dilma “[A classe média] é a chave para a força e a capacidade de crescimento da economia em nosso país”. http://saberatualidades.blogspot.com.br/2012/04/classe-media-brasileira-chegara-60-da.html Considerando o que está escrito acima, redija um texto dissertativo-argumentativo sobre o seguinte tema: A importância da nova classe média brasileira para a economia Ao elaborar seu texto, aborde, necessariamente, os seguintes aspectos: •• a importância dessa nova classe média para os novos hábitos de consumo; [valor: 6,00 pontos] •• as mudanças que mais se destacam ao seu ver nessa nova classe média; [valor: 6,00 pontos] •• aborde a tese do ciclo do desenvolvimento. [valor: 6,00 pontos] Apresentação e estrutura textual (legibilidade, respeito às margens, paragrafação) e capacidade de interpretação e exposição valem 2,0 Tema 2 O Brasil tem uma legião de pobres invisíveis. Em 2011, o governo federal começou a mapear os brasileiros miseráveis que não estão sob o abrigo de programas sociais. Esperava encontrar 800 mil famílias até 2013. Só no primeiro ano de busca já achou 700 mil. Considerando o que está escrito acima, redija um texto dissertativo-argumentativo sobre o seguinte tema: As políticas públicas de distribuição de renda e o assistencialismo econômico e social
  27. 27. Redação com Atualidades CEF – Profs. Carlos Zambeli e Cássio Albernaz www.acasadoconcurseiro.com.br 29 Ao elaborar seu texto, aborde, necessariamente, os seguintes aspectos: •• O assistencialismo na sua opinião é válido? [valor: 6,00 pontos] •• As políticas públicas contemplam as necessidades básicas do cidadão? [valor: 6,00 pontos] •• Você sugeriria outra necessidade para ser contemplada em algum programa do governo? [valor: 6,00 pontos] Apresentação e estrutura textual (legibilidade, respeito às margens, paragrafação) e capacidade de interpretação e exposição valem 2,0. Tema 3 O Departamento de Educação da cidade de Nova York, nos Estados Unidos, publicou nesta semana um guia de orientação a professores nas redes sociais, chamado Social Media Guidelines. Pelo documento, os docentes não podem se comunicar com os alunos em blogs e sites como Facebook, Twitter, YouTube, Google+ e Flickr. Caso queiram utilizar sites de relacionamento para fins pedagógicos, devem criar um perfil profissional. A conta deve ser desvinculada do perfil pessoal, inclusive com uso de e-mail alternativo. Qualquer pedido de amizade por parte de alunos na conta pessoal deve ser rejeitado. Para interagir on-line com estudantes é preciso ainda obter autorização da escola - que deve manter uma lista com as contas de todos os profissionais. O Social Media Guidelines estabelece que as escolas orientem os pais sobre quais atividades os estudantes serão convidados a participar e por que, além de instruí-los a procurar a instituição de ensino caso tenham dúvidas ou reclamações. O Departamento de Educação diz que o objetivo do guia é assegurar que as redes sociais sejam utilizadas por professores de forma “segura e responsável”. “As redes devem ser como uma sala de aula. Os mesmos padrões esperados no ambiente profissional devem ser também adotados nos sites”, diz o guia. Outro ponto ressaltado é que os educadores não devem esperar qualquer tipo de privacidade em suas contas profissionais. Isso porque o Departamento de Educação irá monitorá-las para “para proteger a comunidade escolar”. Agora imagine isso aplicado na relação cliente X funcionário do Banco. Sendo assim, redija um texto dissertativo para responder à seguinte pergunta: é possível manter e conquistar clientes sem estabelecer relacionamento que envolva afeto e proximidade? Ao elaborar seu texto, aborde, necessariamente, os seguintes aspectos: •• A proximidade é uma característica do povo brasileiro?; [valor: 6,00 pontos] •• Qual o limite entre a simpatia e o afeto?; [valor: 6,00 pontos] •• A necessidade de conquista de clientes a partir de um bom relacionamento. [valor: 6,00 pontos] Apresentação e estrutura textual (legibilidade, respeito às margens, paragrafação) e capacidade de interpretação e exposição valem 2,0
  28. 28. www.acasadoconcurseiro.com.br30 Tema 4 Os protestos e manifestações realizados em diversos países pelo que ficou conhecido como The Occupy movement (Movimento de ocupação), trazendo como principal slogan “Nós somos os 99%”, têm se voltado contra as crescentes desigualdades econômicas e sociais. O principal executivo de um dos maiores bancos do mundo, com sede na Grã-Bretanha, pode ilustrar à perfeição o 1% restante e os gritantes contrastes entre os ganhos dos dois grupos. Segundo o jornal The Guardian, o salário para essa função aumentou quase 5.000% em trinta anos, ao passo que a média salarial no país cresceu apenas três vezes no mesmo período. Considerando o que se afirma acima, redija um texto dissertativo-argumentativo sobre o seguinte tema: As desigualdades econômicas e os movimentos sociais. Ao elaborar seu texto, aborde, necessariamente, os seguintes aspectos: •• A crise econômica que o mundo vive. [valor: 6,00 pontos] •• As revoltas populares em todo o planeta. [valor: 6,00 pontos] •• Quais as possíveis mudanças econômicas podem ser geradas a partir dos movimentos. [valor: 6,00 pontos] Apresentação e estrutura textual (legibilidade, respeito às margens, paragrafação) e capacidade de interpretação e exposição valem 2,0. Tema 5 No Brasil, como em praticamente todo o mundo, o envelhecimento gradativo da população parece um processo sem volta. Se não há como não saudar essa conquista da humanidade e enaltecer os seus frutos, é preciso reconhecer que o aumento da expectativa de vida traz enormes desafios a todas as gerações. A qualidade de vida na velhice e o equilíbrio entre trabalho e aposentadoria são apenas dois dos temas mais polêmicos no centro de um debate que deve se estender ainda por muitos e muitos anos. Atualmente, muitos bancos oferecem planos de previdência privada, mas esta prática ainda não é comum para os brasileiros que não têm o hábito de planejar suas vidas para um futuro que lhes parece tão distante. Esta falta de planejamento talvez tenha sido causada pela alta inflação presente na vida dos brasileiros, o que, durante muitos anos, provocou um sentimento de consumo imediato e de viver mais a realidade do aqui e agora. Além disto, muitos trabalhadores não possuíam condições de economizar já que sua renda sequer garantia a sobrevivência. Apesar de a economia estar mais estabilizada, para alguns o futuro ainda parece ser algo improvável. Considerando o que se afirma acima, redija um texto dissertativo-argumentativo sobre o seguinte tema: Os benefícios e os desafios que o aumento da longevidade traz aos indivíduos e à sociedade. Ao elaborar seu texto, aborde, necessariamente, os seguintes aspectos: •• A necessidade de novos paradigmas no setor previdenciário. [valor: 6,00 pontos]
  29. 29. Redação com Atualidades CEF – Profs. Carlos Zambeli e Cássio Albernaz www.acasadoconcurseiro.com.br 31 •• Como a sociedade pode se valer dessa experiência da longevidade das pessoas. [valor: 6,00 pontos] •• Quais os cuidados financeiros a sociedade deve ter com os aposentados. [valor: 6,00 pontos] Apresentação e estrutura textual (legibilidade, respeito às margens, paragrafação) e capacidade de interpretação e exposição valem 2,0. Tema 6 Proposta texto narrativo Há 153 anos, no dia 12 de janeiro de 1861, Dom Pedro II assinou o Decreto nº 2.723, que fundou a Caixa Econômica da Corte. Desde então, a CAIXA caminha lado a lado com a trajetória do país, acompanhando seu crescimento e o de sua população. Nas principais transformações da história do país, como mudanças de regimes políticos, processos de urbanização e industrialização, a CAIXA estava lá, apoiando e ajudando o Brasil. Ao longo de sua trajetória, a CAIXA vem estabelecendo estreitas relações com a população ao atender às suas necessidades imediatas, como poupança, empréstimos, FGTS, Programa de Integração Social (PIS), Seguro-Desemprego, crédito educativo, financiamento habitacional e transferência de benefícios sociais. Hoje, a CAIXA tem uma posição consolidada no mercado como um banco de grande porte, sólido e moderno. Como principal agente das políticas públicas do governo federal, está presente em todo o país, sem perder sua principal finalidade: a de acreditar nas pessoas. http://www14.caixa.gov.br/portal/acaixa/home/a_vida_pede_mais_que_um_banco/historia A história da Caixa faz parte da vida de todos os brasileiros. Relate a sua experiência positiva com algum produto do banco, com alguma atividade proporcionada ou com alguma atitude que tenha surpreendido você. Aborde também •• Qual o grande diferencial do item escolhido para a vida das pessoas. •• Que sentimento isso provocou em você. Tema 7 Proposta texto Injuntivo O Bolsa-Atleta é um programa do Governo Federal, gerido pelo Ministério do Esporte, que visa garantir a manutenção pessoal aos atletas de alto rendimento que não possuem patrocínio. Com isso, busca-se dar as condições necessárias para que se dediquem ao treinamento esportivo e possam participar de competições que permitam o desenvolvimento de suas carreiras. O valor do benefício mensal varia de R$ 370,00, para atletas estudantes, a R$ 3.100,00, para esportistas olímpicos e paraolímpicos.
  30. 30. www.acasadoconcurseiro.com.br32 Quais são os pré-requisitos? •• Maior de 14 anos; •• Estar regularmente matriculado em instituição de ensino público ou privado; •• Apresentar declaração sobre valores recebidos a título de patrocínio de pessoas jurídicas; públicas ou privadas, assim como qualquer tipo de apoio em troca de vinculação de marca; •• Estar vinculado a alguma entidade de prática desportiva; •• Ter participado de competição no ano imediatamente anterior àquele em que está pleiteando a Bolsa, tendo obtido a seguinte classificação. Pois bem, faça um texto orientando possíveis candidatos ao benefício da CAIXA a requererem uma bolsa dessas. Utilize os pré-requisitos como dicas objetivas e crie dicas subjetivas ao atleta! Tema 8 Texto descritivo O De Volta para Casa é um programa do Ministério da Saúde voltado à reintegração social de pessoas com história de longa internação hospitalar por razões psiquiátricas. O benefí¬cio concedido é de R$ 320,00 mensais, pago por um ano. Ele pode ser renovado, caso o beneficiário não apresente, depois desse período, condições de uma completa reinserção à sociedade. A necessidade de renovação é avaliada pela equipe médica que acompanha o paciente. O pagamento do auxílio financeiro é feito pela CAIXA, por meio de crédito na conta do favorecido ou de seu representante legal. Faça um texto descrevendo um casal que procurou esse serviço do banco, sua casa, seus problemas, enfim, crie uma descrição de um futuro beneficiário desse serviço.
  31. 31. www.acasadoconcurseiro.com.br http://saberatualidades.blogspot.com.br http://www.facebook.com/cassioalbernaz Atualidades Professor: Cássio Albernaz
  32. 32. www.acasadoconcurseiro.com.br Introdução Esse material é constituído possíveis assuntos de atualidades previamente selecionados que podem vir a compor o tema de redação para o concurso da Caixa Econômica Federal/2014. O seu objetivo é propiciar elementos argumentativos e interpretativos para a confecção da dissertação. Nesse sentido, dentro da medida do possível, disponibilizam-se argumentos (críticos “prós” e “contras”) com diferenciadas abordagens e teses sobre cada temática. Esse esforço além de orientar o estudo para a prova de redação também reforça o conhecimento que versa sobre o conteúdo de atualidades. Ao final, também apresentam-se propostas de temas para redação como exercício. Bons Estudos!! Cássio Albernaz
  33. 33. www.acasadoconcurseiro.com.br 37 Atualidades Temas de Atualidades para Redação Tema Copa do Mundo no Brasil Principais Argumentos •• Prós: a) Benefícios econômicos: geração de emprego, incremento de renda, atração de turistas; elevação dos investimentos infraestruturais (aeroportos, estradas, etc); atração de investimentos estrangeiros; b) Divulgação da Cultura Brasileira para o Exterior; afirmação da curltura nacional e da “brasilidade”; c) Afirmação da capacidade de organização nacional de grandes eventos; d) Ligação entre o futebol e o nacionalismo (ufanismo – “pátria de chuteiras”); •• Contras: a) Altos investimentos em estádios e na copa X baixos investimentos ou investimentos insuficientes em educação e saúde; b) Pouca infraestrutura para atender os turistas; c) Exacerbação da Inflação; d) Qual o legado que deixará para o país? Elefantes brancos? e) Endividamento para execução das obras; f) A Ancop (Articulação Nacional dos Comitês Populares da Copa) estimou que 250 mil pessoas foram ou serão removidas de suas casas no Brasil, em razão de obras justificadas pela realização da Copa do Mundo e das Olimpíadas; g) Mercado da exploração sexual; h) Elitização, pois a população não terá acesso a ingressos i) Aumento da repressão policial (crime de terrorismo; bloqueio de vias públicas; participação das forças armadas; manual de protestos, etc..)
  34. 34. www.acasadoconcurseiro.com.br38 Tema Lei da Ficha Limpa Válida desde as eleições de 2012, não poderão se candidatar políticos condenados por órgãos judiciais colegiados por crimes como lavagem de dinheiro, formação de quadrilha e contra o patrimônio público, improbidade administrativa, corrupção eleitoral ou compra de voto, entre outros, mesmo que ainda possam recorrer da condenação. Também estarão impedidos de disputar as eleições aqueles que renunciaram aos mandatos para fugir de processos de cassação por quebra de decoro. Detentores de cargos na administração pública condenados por órgão colegiado em processos de abuso de poder político ou econômico, ou que tiverem suas contas rejeitadas, também serão barrados. Tema Redes Sociais O uso das Redes Sociais desperta debate polêmico envolvendo várias questões, dentre elas: a questão educacional, do uso das informações, da propriedade e do direito autoral, dos diversos tipos de bullying, dos ataques e difamações aos usuários, etc. Mas também movem uma importante cadeia de disseminação midiática se apresentando com um importante vetor de conhecimento e de negócios no mundo globalizado. O certo é que as atuais Redes Sociais (facebook, Twitter, Orkut, etc) num futuro breve farão parte do passado •• Prós: a) Aproxima pessoas reduzindo distancias; b) Estabelece relações sociais (virtuais, ou não); c) Serve como instrumento de informação e de educação; d) É espaço de opiniões, denúncias, protestos, manifestações, petições; e) Importante espaço de negócios, divulgação, publicidade, massificação. •• Contras: a) Influencia demasiada sobre a população comparada a vida “real”; b) Falta de foco no uso, perda de tempo; c) Armadilhas para o consumidor; d) Uso de propriedade autoral de forma indevida; e) Acusações, difamações, bullying; f) Falta de referência das fontes de informação. No mundo atual, com todo o desenvolvimento tecnológico e o uso frequente da internet no cotidiano das pessoas, as redes sociais se tornaram meios de manter vínculos, relações,
  35. 35. Redação com Atualidades CEF – Profs. Carlos Zambeli e Cássio Albernaz www.acasadoconcurseiro.com.br 39 mesmo que virtuais, com pessoas reais, apesar dessas pessoas se encontrarem a milhares de quilômetros de distância, ou na rua seguinte. Essas redes facilitam a comunicação não só entre pessoas, mas entre empresas e clientes, professores e alunos, facilitando com isso o contato, a negociação e o aprendizado. Vale ressaltar que existem diferentes tipos de redes sociais, cada uma com seu propósito e indicada pra diferentes perfis de usuários. Cabe a cada um escolher aquela em que se identifica mais. Porém, ao mesmo tempo em que aproxima, as redes sociais podem afastar as pessoas. O usuário se dedica tanto ao seu “mundo virtual” aos amigos virtuais, que se esquece de se comunicar com pessoas reais, que estão ali, próximo a ele, na sua realidade. As redes sociais, quando utilizadas de forma sensata, conciliando mundo real e mundo virtual e atentando-se aos riscos da internet, trazem muitos benefícios aos usuários, de forma a melhorar a vida e quebrar fronteiras, antes impossíveis. Tema Importância da Nova Classe Média para a Economia A maior da parte da população (54%) fazia parte da classe C desde 2011, uma mudança em relação ao verificado em 2005, quando a maioria (51%) estava na classe D/E. Principais Argumentos: a) Aumento da Possibilidade de Consumo e Estímulo a Produção: Tese do Ciclo do Desenvolvimento A capacidade de consumo do brasileiro aumentou. A renda disponível, ou o montante de sobra dos ganhos, descontando-se as despesas, subiu de R$ 368, em 2010, para R$ 449, em 2011, uma alta de pouco mais de 20%. Na classe C, houve um aumento de 50% (de R$ 243 para R$ 363). Enquanto a renda média familiar das classes A/B e D/E ficaram estáveis, na classe C cresceu quase 8% Há um crescimento da renda real com geração de empregos em todo o país. No atual cenário, os ricos também compram, mas com certeza, a entrada de um novo contingente é a grande novidade e a que mais tem afetado a economia. Esta alta salarial é que é injetada na economia pela nova classe média. b) Tese da Redução da Desigualdade Distributiva “Buscamos um mercado de consumo de massa que é uma forma de justiça social” (frase da Presidenta Dilma) c) Tese do Combate a Crise Financeira Internacional Fundamental para que a economia nacional continue crescendo em meio à crise internacional d) Qual classe média? Tese da nova classe trabalhadora precarizada Nova classe média’ tem trabalho precário, pouca instrução e moradia inadequada
  36. 36. www.acasadoconcurseiro.com.br40 Inserção do grupo ocorreu principalmente no comércio, prestação de serviços e pequenas indústrias. É mais explorada, aceita trabalhar 12, 14 horas por dia. A ascensão dessa classe ao consumo é real. E isso é extremamente positivo, porque antes nem essa possibilidade existia. A sociedade moderna têm dois capitais importantes, o econômico e cultural. Essa visão empobrecida (de classe média) considera apenas a renda. 9% dos pais de família do grupo são analfabetos, 71% das famílias não têm planos de saúde e 1,2% das casas (cerca de 400 mil) sequer têm banheiros. Eram consideradas como classe média famílias com renda mensal entre R$ 1.200 R$ 5.174 Agora, as faixas foram atualizadas para entre R$ 1.750 e R$ 7.450 Tema Economia, Desenvolvimento Sustentável Principais Conceitos 1. O conceito de desenvolvimento sustentável: mundialmente conhecido é “O desenvolvimento que satisfaz as necessidade da geração presente sem comprometer a capacidade de as gerações futuras satisfazerem as suas próprias necessidades” (RELATÓRIO BRUNDTLAND, 1991:46). Não existe um só conceito de desenvolvimento sustentável no relatório. Enfatizou-se que “o desenvolvimento sustentável é mais que crescimento. Ele exige uma mudança no teor de crescimento, a fim de torná-lo menos intensivo em matérias-primas e energia e mais eqüitativo em seu impacto. Tais medidas precisam ocorrer em todos os países, como parte de um pacote de medidas para manter a reserva de capital ecológico, melhorar a distribuição de renda e reduzir o grau de vulnerabilidade às crises econômicas (idem, ibidem, p.56) 2. Conceito de Economia Verde: Economia verde é um conjunto de processos produtivos (industriais, comerciais, agrícolas e de serviços) que ao serem aplicados possam gerar um desenvolvimento sustentável nos aspectos ambiental e social. O principal objetivo da Economia Verde é possibilitar o desenvolvimento econômico compatibilizando-o com igualdade social, erradicação da pobreza e melhoria do bem-estar dos seres humanos, reduzindo os impactos ambientais negativos e a escassez ecológica. Principais Divergências entre Países Ricos e Emergentes: a) A divergência entre priorizar crescimento econômico ou proteção ambiental; b) Os países desenvolvidos estão muito centrados no princípio de “economia verde”, que consideram um dos meios para alcançar desenvolvimento sustentável, econômico, comercial e ambiental. Só que o social fica um pouco a reboque e não tem a mesma ênfase; c) Para os países ricos o comércio e investimento não devem ser barreiras ao crescimento verde ou desenvolvimento sustentável; d) Para os emergentes, os ricos querem atrelar demais a expansão econômica à proteção ambiental, o que exige priorizar investimentos enormes em equipamentos, pesquisas,
  37. 37. Redação com Atualidades CEF – Profs. Carlos Zambeli e Cássio Albernaz www.acasadoconcurseiro.com.br 41 renovação de indústrias, filtrar tudo, fechar usinas sujas e substitui-las por novas. “Não é o ambiental que puxa o desenvolvimento, é o desenvolvimento que puxa o ambiental”, diz um negociador emergente. e) A avaliação dos emergentes é que a receita dos desenvolvidos, que já tem capacidade instalada, regras ambientais e crescimento limitado, provocaria crescimento menor e a um custo muito maior para os países em desenvolvimento. f) Os emergentes concordam com o conceito de “Economia Verde”, entretanto insistem que a prioridade no contexto atual é continuar crescendo para aumentar a inclusão social, criar mais empregos, entre outras ações. “Isso passa à frente, não adianta falar de tecnologia sofisticada se for nos custar demais ou desacelerar o processo de inclusão social, distribuição de renda”, diz uma fonte dos emergentes. Tema Fundamentos e desdobramentos da crise econômica mundial Desequilíbrio na Economia EUA Fundamentos da Crise em 15 etapas: 1. A partir de 2001, o mercado imobiliário dos Estados Unidos passou por uma fase de expansão acelerada. 2. Com a ajuda do Federal Reserve (o Banco Central norte-americano), que passou a reduzir a taxa de juros, a demanda por imóveis cresceu, atraindo compradores. 3. Ao mesmo tempo, com os juros baixos, cresceu o número de pessoas que hipotecavam seus imóveis, a fim de usar o dinheiro da hipoteca para pagar dívidas ou consumir. 4. Em meio à febre de comprar imóveis ou hipotecá-los, as companhias hipotecárias passaram a atender clientes do segmento subprime (de baixa renda, às vezes com histórico de inadimplência). Contudo, como o risco de inadimplência desse setor é maior, os juros cobrados também eram maiores. 5. Diante da promessa de retornos altos aos empréstimos, os bancos compravam esses títulos subprime das companhias hipotecárias e liberavam novas quantias de dinheiro, antes de o primeiro empréstimo ser pago. 6. Ao mesmo tempo, esses títulos lastreados em hipotecas eram vendidos a outros investidores, que, por sua vez, também emitiam seus próprios títulos, igualmente lastreados nos subprime, passando-os, a seguir, para frente. 7. Todos se esqueceram, no entanto, de que se o primeiro tomador do empréstimo não consegue pagar sua dívida inicial, ele dá início a um ciclo de não-recebimento, de tal maneira que todo o mercado passa a ter medo de continuar emprestando dinheiro ou comprando novos títulos subprime. 8. A partir de 2006, os juros, que vinham subindo desde 2004, encareceram o crédito e afastaram os compradores de imóveis. Como a oferta começou a superar a demanda, o valor dos imóveis passou a cair.
  38. 38. www.acasadoconcurseiro.com.br42 9. Com a subida dos juros, as dívidas ficaram mais caras (e também as prestações das hipotecas), o que aumentou a inadimplência, fazendo com que a oferta de crédito também diminuísse. 10. Sem oferta de crédito, a economia dos EUA se desaqueceu, pois, se há menos dinheiro disponível, compra-se menos, o lucro das empresas diminui e empregos não são gerados. 11. Preocupado com os pagamentos de créditos subprime nos EUA, o banco BNP Paribas congelou cerca de 2 bilhões de euros de alguns fundos. 12. O mercado imobiliário, então, entrou em pânico, pois o ciclo de empréstimos sobre empréstimos havia sido congelado. Começaram a surgir os pedidos de concordata. 13. A crise passou a afetar todo o sistema bancário, afinal, as instituições financeiras apostavam nos títulos subprime. Várias instituições se viram à beira da falência. E se descobriu que, com a globalização, o sistema financeiro internacional estava contaminado e sofreria graves consequências. 14. Instalou-se, assim, uma crise de confiança e os bancos pararam de emprestar, congelando a economia, reduzindo o lucro das empresas e provocando desemprego. 15. Muitos países entraram em recessão, e seus respectivos governos têm, desde então, tomado diferentes medidas para aquecer a economia e, ao mesmo tempo, garantir que o sistema financeiro volte a emprestar. Desdobramentos da Crise nos EUA •• Diminuição das exportações; Importações mais caras; •• Juros elevados; Crédito parado; Recessão Econômica; Desemprego; •• Crise do Neoliberalismo? Um Desdobramento da crise é o abalo da crença dogmática na autoregulação dos mercados, ou seja, de que os mercados se corrigem por si próprios, o que se revelou ser falso, quando houve intervenção das autoridades nos mercados financeiros. Desdobramentos da Crise para a Europa •• Impactos da crise americana sobre a zona do Euro Principais afetados: PIGS (Portugal, Itália, Irlanda, Grécia e Espanha) •• Crise Grega: Dificuldades de sanear as finanças •• evasão fiscal + endividamento externo •• desconfiança do mercado = elevado risco país •• Medidas de austeridade (aumento de imposto + contenção de gastos públicos) = recessão •• Greves e manifestações públicas •• Queda dos premiês •• Expõe a vulnerabilidade do EURO •• Fundo de Resgate/Aumento da liquidez bancária Em resumo: Crise Financeira dos EUA de 2008 Crise de Crédito ligada perda de liquidez do sistema bancário tendo sua origem na construção civil (bolha da economia americana)
  39. 39. Redação com Atualidades CEF – Profs. Carlos Zambeli e Cássio Albernaz www.acasadoconcurseiro.com.br 43 Crise Europeia Crise de Crédito liga a perda de liquidez do sistema bancário e o enfraquecimento do EURO tendo como origem o descompasso das contas públicas dos PIIGS (Portugal, Irlanda, Itália, Grécia, e Espanha)! Crise do Euro= medidas de austeridade/conservadoras Tema Perspectivas do Mercado Financeiro para a economia brasileira 1. Redução da estimativa para o crescimento da economia brasileira ; 2. Onda Inflacionária; Aumento da taxa SELIC (10,50%); 3. Mais inflação e menos crescimento econômico; 4. Desindustrialização; 5. Estímulo a poupança; 6. Retração do PIB; 7. aumento da entrada de investimentos extrangeiros Tema Impactos econômicos, culturais e sociais da globalização Conceito: A explicação mais didática está no teorema do economista Eduardo Gianetti da Fonseca: “ O fenômeno da globalização resulta da conjunção de três forças poderosas: 1) a terceira revolução tecnológica (tecnologia ligada à busca, processamento, difusão e transmissão de informações; inteligência artificial; engenharia genética); 2) a formação de áreas de livre comércio e blocos econômicos integrados (como o Mercosul, a União Européia e o Nafta); 3) a crescente interligação e interdependência dos mercados físicos e financeiros, em escala planetária
  40. 40. www.acasadoconcurseiro.com.br44 Alguns Argumentos: 1. Interligação dos mercados financeiros; 2. Formação de Blocos Econômicos Regionais; 3. Redução das taxas alfandegárias; 4. Massificação da Cultura e processos de aculturação; 5. Intensificação das identidades regionais; 6. Massificação do Consumo; 7. Desemprego; 8. Acirramentos das questões étnico-culturais-religiosas Tema As políticas públicas de distribuição de renda e o assistencialismo Conceito: Entende-se por programas assistenciais de distribuição de renda as transferências de renda em que o beneficiário recebe um valor monetário sem ter contribuído diretamente para financiá-lo ou sem alguma forma de contrapartida Argumentos Prós 1. o Bolsa Família foi responsável por 19% da queda da desigualdade no Brasil, desde que foi implantado, em 2003; 2. O programa não faz somente a transferência de renda para as famílias em situação de extrema pobreza, mas associa à transferência do benefício financeiro o acesso a saúde, alimentação, educação e assistência social. ; 3. A transferência de renda gera impactos na economia pela elevação do consumo; 4. Melhora dos indicadores de renda elevaram o IDH o que ajuda a atrair mais investimentos; Argumentos Contra: 1. Assistencialismo gera pessoas improdutivas (“ensinar a pescar ao invés de dar o peixe”); 2. Tática eleitoral para a manutenção do governo; 3. Populismo; 4. Custo através de impostos pagos pelos não benificiários
  41. 41. Redação com Atualidades CEF – Profs. Carlos Zambeli e Cássio Albernaz www.acasadoconcurseiro.com.br 45 Tema O “boom” imobiliário no Brasil: seus limites e possibilidades 1. Impactos do estímulo a construção civil (PAC) – Tese do Ciclo do Desenvolvimento 2. o PIB da construção civil tem crescido acima da média de alta do PIB. Em 2011, por exemplo, o setor representou cerca de 15% da economia brasileira e cresceu 3,6% frente a 2,7% do PIB total; 3. Efeito do aumento de renda da classe média aqueceu o mercado imobiliário (oferta e procura); 4. Incentivos governamentais ao consumo de imóveis (Minha Casa, Minha vida); o PIB da construção civil tem crescido acima da média de alta do PIB. Em 2011, por exemplo, o setor representou cerca de 15% da economia brasileira e cresceu 3,6% frente a 2,7% do PIB total; 6. traz desafios no que se refere à regulamentação do mercado de terras e no uso disciplinado das áreas de grande especulação imobiliária; 7. Aquecimento, especulação, e elevação dos preços dos imóveis; 8. Possibilidade de uma bolha imobiliária no Brasil Tema Os contrastes da urbanização brasileira Conceito: Urbanização é o aumento proporcional da população urbana em relação à população rural. 1. Urbanização desordenada; 2. Favelização; 3. Problemas Ambientais; 4. Problemas infraestruturais; 5. Aumento da criminalidade; 6. Diferenças regionais no Brasil; 7. Desemprego 8. Fenômenos Recentes (desmetropolização)
  42. 42. www.acasadoconcurseiro.com.br46 Tema As crises econômicas e os movimentos sociais 1. Movimentos de contestação das políticas neoliberais (Occupy Wall Street) 2. Movimentos de contestação a austeridade imposta pelos governos (Indignados) 3. Elevação das cargas tributárias 4. Desemprego 5. Perda de Benefícios Sociais 6. Redução da Massa Salarial 7. Indisciplina dos Estados 8. Indisciplina dos Mercados Tema A integração econômica entre os países Blocos Econômicos Fenômeno da Globalização 1. Facilitação das trocas comerciais 2. Formação de parcerias econômicas regionais 3. Mtelhor inserção frente ao mercado internacional 4. Diminuição da barreiras alfandegárias 5. Livre circulação de produtos, capitais, serviços e pessoas 6. Laços de dependência entre os países 7. Disparidades econômicos 8. Hegemonias regionais
  43. 43. Redação com Atualidades CEF – Profs. Carlos Zambeli e Cássio Albernaz www.acasadoconcurseiro.com.br 47 Tema Os benefícios e os desafios que o aumento da longevidade traz aos indivíduos e à sociedade •• Aumento da longevidade significa: a) Melhores condições médicas e sanitárias; b) Melhores investimentos em infraestrutura; c) Urbanização; d) Melhores condições de vida (renda, serviços, consumo,..etc); e) Aumento da Expectativa de Vida (Impacto do IDH (Índice de Desenvolvimento Humano); •• Desafios: a) Questão Previdenciária; b) Insenção de idosos no mercado de trabalho c) Educação de Idosos (Inclusão Digital, alfabetização, etc) d) Aumentos dos gastos de saúde pública Tema Turismo internacional hoje: transformação pessoal ou consumo desenfreado? 1. Transformação Pessoal a) Ganhos culturais; b) Desprovincialização; c) Ampliação de Horizontes Pessoais e Culturais; d) Contatos com outras realidades culturais; e) Reafirmação da identidade cultural; 2. Relação de Consumo a) “Coisificação” das experiênciais culturais; b) Relação materialista e de consumo; Tema Recursos Energéticos e suas controvérsias Diferentes fontes de energia: solar; eólica; hidrelétrica; nuclear; combustíveis fósseis (petróleo, carvão, etc).
  44. 44. www.acasadoconcurseiro.com.br48 Controvérsias: a) custos; b) riscos e impactos ambientais (poluição, desmatamento, etc) c) degradação do meio ambiente; d) sustentabilidade; e) Finitude do recurso energético; f) disputas comerciais.

×