06 Gestão em Design - Profissionais

2.277 visualizações

Publicada em

Material de apoio didático para Gestão em Design / Design Management (6/10)

Publicada em: Design, Negócios
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.277
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
45
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
445
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

06 Gestão em Design - Profissionais

  1. 1. Design Management Prof. Valdir Soares / Designer / Dr.Eng Gestão em Design . 06 Profissionais & Organizações
  2. 2. <ul><li>Apresentação: Introdução & Conceitos </li></ul><ul><li>Design e o Ambiente Organizacional </li></ul><ul><li>Design: Diferenciação e Valor </li></ul><ul><li>Design & Estratégia Coorporativa </li></ul><ul><li>Seminário de Gestão em Design </li></ul><ul><li>Design: Profissionais & Organizações </li></ul><ul><li>Design e Identidade Corporativa </li></ul><ul><li>Design: Demanda e Consultoria </li></ul><ul><li>Design como Processo </li></ul><ul><li>Design Management - Futuro </li></ul>Design Management Gestão em Design Prof. Valdir Soares / Designer – Dsc.Eng.Produção 06
  3. 3. Design: o Profissional e as Organizações <ul><li>A Escolha de um profissional em Design </li></ul><ul><li>Para alguém, não iniciado, pode parecer um quadro assustador. </li></ul><ul><li>A oferta é enorme e não há nenhum manual específico. </li></ul><ul><li>Os Designers devem demonstrar que são capazes de dar respostas às necessidades do cliente, </li></ul><ul><li>Que podem oferecer soluções viáveis e, </li></ul><ul><li>...que podem trazer mais contribuições ao trabalho do que aqueles que foram previamente solicitados. </li></ul><ul><li>...mas, o tramite não é tão fluido assim ! </li></ul>
  4. 4. Design: o Profissional e as Organizações TEIXEIRA , Florianópolis , 2005
  5. 5. Design: o Profissional e as Organizações Como acontece a formação dos quadros profissionais na Gestão em Design ? TEIXEIRA , Florianópolis , 2005
  6. 6. Design: o Profissional e as Organizações Quais as funções percebidas para profissionais em Design ? TEIXEIRA , Florianópolis , 2005
  7. 7. <ul><li>O método de projeto evidencia o registro do caminho na solução de problemas, alcançando objetivos prescritos; </li></ul><ul><li>O sucesso comercial mensurável, de um produto ou promoção de marca, atingindo posições melhores do que o previsto, chancelam as qualidades do designer . </li></ul>Design: o Profissional e as Organizações Como acontece a contratação de profissionais em Design ?
  8. 8. <ul><li>A escolha do designer certo pressupõem que se venha desfrutar de uma relação longa, próspera e que leve o negócio aos patamares sonhados. </li></ul><ul><li>Mas, ...tomando uma má escolha poderá ocorrer uma experiência cara e frustrante. </li></ul><ul><li>Assim, ...como encurtar as probabilidades a seu favor ? </li></ul>Design: o Profissional e as Organizações Como acontece a contratação de profissionais em Design ?
  9. 9. <ul><li>O processo,...como escolher, é semelhante para qualquer escolha de um prestador de serviço profissional importante... </li></ul><ul><li>Pedir recomendações às pessoas conhecidas; </li></ul><ul><li>Visitar web-sites, observar o portfólio; </li></ul><ul><li>Pedir a visita de alguns prestadores de serviço ou escritórios, avaliando trabalhos anteriores; </li></ul><ul><li>Tentar construir uma lista em torno de, no mínimo, quatro designers atuantes no setor pertinente; </li></ul><ul><li>Convidar o grupo selecionado de profissionais para expor seus conceitos e avaliar a adequação ao que se está procurando. </li></ul>Design: o Profissional e as Organizações Como acontece a contratação de profissionais em Design ?
  10. 10. <ul><li>Mas...o que se está procurando ? </li></ul><ul><li>...como comunicar aos designers, o que se quer que eles alcancem ? </li></ul><ul><li>Abandone os preconceitos; </li></ul><ul><li>O brief que se prepara é vital; </li></ul><ul><li>Tenha certeza dos objetivos de seu projeto; </li></ul><ul><li>Coloque as metas empresariais de forma mais ampla; </li></ul><ul><li>Passe a idéia do que o produto deveria ser. </li></ul>Design: o Profissional e as Organizações Como acontece a contratação de profissionais em Design ?
  11. 11. <ul><li>Muitas empresas escolhem designers que projetam exatamente o que que eles têm em mente, </li></ul><ul><li>Ou...simplesmente, rearranjam seus conceitos num processo de redesenho. </li></ul><ul><li>Ao invés,...deveria-se estar procurando o designer que os conectaria melhor com seus clientes, </li></ul><ul><li>E isso, ...pode significar uma direção completamente diferente do que, até então, haveria-se enfrentado. </li></ul>Design: o Profissional e as Organizações Como acontece a contratação de profissionais em Design ?
  12. 12. <ul><li>O demandante, o cliente, está pronto para um desafio? </li></ul><ul><li>Os Designers precisam encontrar o equilíbrio entre: </li></ul><ul><ul><li>entender as necessidades e falar o idioma e do cliente, por um lado </li></ul></ul><ul><ul><li>e, por outro,desafiar as pré-concepções, excedendo às suas expectativas no outro, </li></ul></ul><ul><li>Os Designers também devem demonstrar que: </li></ul><ul><ul><li>são suscetíveis às necessidades do cliente e que </li></ul></ul><ul><ul><li>que podem oferecer soluções mais viáveis, do que as pretendidas </li></ul></ul><ul><li>Os Designers devem mostrar: </li></ul><ul><ul><li>que eles puderam trazer mais contribuições ao trabalho do que os clientes haviam previamente solicitados. </li></ul></ul>Design: o Profissional e as Organizações Como acontece a contratação de profissionais em Design ?
  13. 13. <ul><li>Supostas relações confortáveis para um empreendimento, pode levar a considerar: </li></ul><ul><ul><li>um designer que conheça engenharia, ou </li></ul></ul><ul><ul><li>um engenheiro com alguma iniciação em design ; </li></ul></ul><ul><ul><li>um designer que atue em publicidade, ou </li></ul></ul><ul><ul><li>um publicitário ou um profissional de marketing que se vê como designer . </li></ul></ul><ul><li>Mas se..., uma empresa ou empreendimento, está procurando uma contribuição para exceder a situação atual de mercado. </li></ul><ul><ul><li>...o caminho é a diferenciação...novo produto...DESIGN </li></ul></ul><ul><li>“ ...o design envolve a aparência das coisas e... sistemas dizem respeito a como as coisas funcionam... pensar no projeto e pensar no sistema ...são a mesma coisa...têm que ser, se quisermos utilizá-los no negócio de soluções – experiências – sucesso dos clientes .” (PETERS, T. Reimagine ! , 2004, p.149.) </li></ul>Design: o Profissional e as Organizações Como acontece a contratação de profissionais em Design ?
  14. 14. <ul><li>Assim, a solução em Design deve ser executável, tanto nas questões da viabilidade tecnológica quanto na adequação às estratégias do cliente...mas: </li></ul><ul><ul><li>a missão, em Design, está em como trazer vantagem competitiva; </li></ul></ul><ul><ul><li>trazer significado aos Produtos , à Marca , induzir novos modos de trabalhar esses conceitos, tangíveis e não tangíveis. </li></ul></ul>Design: o Profissional e as Organizações Como acontece a contratação de profissionais em Design ?
  15. 15. Design: o Profissional e as Organizações Como acontece a participação de profissionais de Design nas organizações?
  16. 16. Design: o Profissional e as Organizações Como acontece a participação de profissionais de Design nas organizações? TEIXEIRA , Florianópolis , 2005
  17. 17. Design: o Profissional e as Organizações Como acontece a participação de profissionais de Design nas organizações?
  18. 18. Design: o Profissional e as Organizações Como acontece a participação de profissionais de Design nas organizações? O DESIGN ESTRATÉGICO NA MELHORIA DA COMPETITIVIDADE DAS EMPRESAS Joselena de almeida TEIXEIRA , Florianópolis , 2005
  19. 19. Design: o Profissional e as Organizações Como acontece a participação de profissionais de Design nas organizações?
  20. 20. <ul><li>O processo de integração do Design como margem competitiva </li></ul><ul><li>...revela como o Design penetra no processo de inovação de uma empresa: </li></ul><ul><li>a. Principais razões </li></ul><ul><ul><li>De marketing (diferenciar produtos ou lançar uma marca). </li></ul></ul><ul><ul><li>Tecnológicas (estratégia pró-ativa de design para ganhar liderança de mercado ou entrar em uma empresa, como o aparecimento de uma nova tecnologia no mercado). </li></ul></ul><ul><li>b. Especialidades de Design mais procuradas pelos gerentes </li></ul><ul><ul><li>- Projeto de design. </li></ul></ul><ul><ul><li>- Ecodesign. </li></ul></ul><ul><ul><li>- Design gráfico. </li></ul></ul><ul><ul><li>- Design de embalagem. </li></ul></ul><ul><li>c. Outros tipos de problemas que iniciam a entrada do Design em uma empresa </li></ul><ul><ul><li>- A deterioração da imagem. </li></ul></ul><ul><ul><li>- Quedas nas vendas ou na margem de lucro. </li></ul></ul><ul><ul><li>- Mudanças na direção. </li></ul></ul><ul><ul><li>- Design usado pelo competidor. </li></ul></ul>Design: o Profissional e as Organizações Como acontece a participação de profissionais de Design nas organizações?
  21. 21. <ul><li>1 cria uma vantagem competitiva; </li></ul><ul><li>2 é uma competência central; </li></ul><ul><li>3 contribui para os benefícios percebidos pelo consumidor; </li></ul><ul><li>4 muda o espírito da firma, que se torna mais inovadora; </li></ul><ul><li>5 desenvolve exportações; </li></ul><ul><li>6 aumenta a divisão de mercado; </li></ul><ul><li>7 permite que uma companhia venda num preço mais alto; </li></ul><ul><li>8 melhora a coordenação entre as funções de marketing e P&D; </li></ul><ul><li>9 é um conhecimento que transforma as atividades de processo; </li></ul><ul><li>10 preocupa-se com o consumidor na política de inovação; </li></ul><ul><li>11 gera transferência de tecnologia; </li></ul>12 dá acesso a uma grande variedade de mercados; 13 acelera o lançamento de novos produtos; 14 incrementa a coordenação entre produção e marketing; 15 desenvolve projeto de gerenciamento de inovação; 16 cria um novo mercado; 17 melhora a circulação de informações de inovação; 18 significa alta margem e redução de custos; 19 é difícil de imitar pelos competidores; 20 muda as relações com os fornecedores; 21 melhora a cooperação entre os agentes. Design: o Profissional e as Organizações Variáveis da Gestão em Design, Design Management, nas organizações?
  22. 22. Design: o Profissional e as Organizações A participação de profissionais de Design nas organizações...algumas metas ! TEIXEIRA , Florianópolis , 2005
  23. 23. Design: o Profissional e as Organizações Trajetória de estímulos às organizações para o desenvolvimento de produtos.
  24. 24. Design: o Profissional e as Organizações Como acontece a participação de profissionais de Design nas organizações? ? DESIGN
  25. 25. Design: o Profissional e as Organizações A participação de profissionais de Design na PHILIPS...exemplo histórico! HESKETT, J. Philips – A Study of the Corporate Management of Design. N.York.Rizzoli, 1989.
  26. 26. Design: o Profissional e as Organizações A participação de profissionais de Design na PHILIPS...exemplo histórico! HESKETT, J. Philips – A Study of the Corporate Management of Design. N.York.Rizzoli, 1989.
  27. 27. Bibliografia HESKETT, J. Philips – A Study of the Corporate Management of Design. N.York.Rizzoli, 1989 BAXTER M. ; Projeto de Produto , São Paulo. 1998, HANKS, K. e outros; Design Yourself , Los Altos-EUA, 1992. GRUENWALD. G. New Product Development , Illinois, NTC, 1992. URBAN, G.L. & HAUSER, J.R. Design and Marketing of New Products , N.York, Prentice Hall, 1980. ASIMOW, M. ; Introdução ao Projeto de Engenharia , São Paulo, M.Jou, 1968 BONSIEPE, G. Teoria y Práctica del Diseño Industrial, Barcelona, G.Gilli, 1978. HALKES, B. e ABINETT, R. The Engineering Design Process . London, Pitman, 1984. TJALVE, E. A Schort Course in Industrial Design . London, Newnes,1979. POWELL, D. ; Presentation Techniques , Londres, Mcdonald&Co, 1990. UNGAR, J. ; Rendering in mixed Media , Singapure, Phaidon Press, 1985. SHIMIZU, Y. e outros; Models & Prototypes , Tokyo, Graphic-sha, 1991. LUCCI, R. e ORLANDINI, P.; Product Design Models , N.Yoork, Van Nostarnd Reinhold, 1990. PORTER, T. e GREENSTREET, B.; Handbuch der Graphischen Techniken , Koln, R.Muller, 1983. KRISZTIAN, G.; Handbuch Layout-Schule , Koln, DuMont, 1986. VERZUH, E.; MBA compacto - Gestão de Projetos , Rio de Janeiro, Campus, 2000. KELLEY, T.; A Arte da Inovação , São Paulo, Futura, 2001. MUKAROVSKY, J. ; Kapitel aus der Ästhetik , Frankfurt a.m.,Suhrkamp, 1982 LŐBACH, Bernd. Design Industrial - Bases para a configuração dos produtos industriais . São Paulo, E.Blucher, 2001. CLEALAND, D.I. e IRELAND, L.R.; Gerência de Projetos , Rio de Janeiro, Reichmann & Affonso Ed., 2002. SCHMITTEL, W. Design, Concept, Realisation . Zurich, ABC, 1975. www.ideo.com www.affinnova.com http://www.jnd.org/dn.pubs.html

×