Trabalho  de Arte
 
<ul><li>Americano do Brasil </li></ul><ul><li>Colégio Estadual Benedito Brás </li></ul><ul><li>Professora: Sirení Maria </...
DEDICATÓRIA Dedicamos este trabalho primeiramente a Deus. A professora Sirení e a todos  os nossos colegas.
Introdução <ul><li>O surgimento e o desenvolvimento da catira que mais tarde deu-se também o nome de cateretê, vem se torn...
Catira ou cateretê <ul><li>Catira  ou  Cateretê  é uma dança do folclore brasileiro, em que o ritmo musical é marcado pela...
<ul><li>O catira representa um segmento da arte popular brasileira em que seus componentes, quase sempre do sexo masculino...
<ul><li>A catira tem sua origem muito discutida. Alguns dizem que ela veio da África juntos com os negros, outros acham qu...
Certas danças como o jongo e outra, com os seus improvisadores versos de “ demandas” ás vezes degeneram em desavenças. O c...
A coreografia da catira é quase sempre fixa, havendo poucas variações de uma região para outra. Normalmente é apresentada ...
Diferença entre Catira e Cateretê
<ul><li>VÍDEO RELACIONADO AO TEMA: CATIRA </li></ul><ul><li>GRUPO: OS CONSIDERADOS </li></ul><ul><li>DURAÇÃO: 1.22 MINUTOS...
Conclusão <ul><li>Em resumo a catira despertou e ainda desperta muitas curiosidades, sua evolução e o seu crescimento extr...
Bibliografia <ul><li>www.cade.com.br </li></ul><ul><li>www.google.com.br </li></ul><ul><li>www.yahoo.com.br </li></ul>
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Catira

10.375 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
10.375
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
36
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
70
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Catira

  1. 1. Trabalho de Arte
  2. 3. <ul><li>Americano do Brasil </li></ul><ul><li>Colégio Estadual Benedito Brás </li></ul><ul><li>Professora: Sirení Maria </li></ul><ul><li>Série: 1ª “B” Turno: Matutino </li></ul><ul><li>Alunos: Carlos Eduardo Soares Bezerra </li></ul><ul><li> Dyermerson de M. Camargo </li></ul><ul><li>Naamã Galdino da Silva Neris </li></ul><ul><li>Poliane Cristina de Amaral Pires </li></ul><ul><li>wellisson Thaigor S. Pádua </li></ul><ul><li>Nº. 06, 09, 23, 27 e 31 </li></ul>
  3. 4. DEDICATÓRIA Dedicamos este trabalho primeiramente a Deus. A professora Sirení e a todos os nossos colegas.
  4. 5. Introdução <ul><li>O surgimento e o desenvolvimento da catira que mais tarde deu-se também o nome de cateretê, vem se tornando ao longo do tempo se transformando em algo mais complexo e determinado. A catira no entanto é uma dança que faz parte do folclore brasileiro. Ela consiste em um ritmo de música marcada por batidas de pés e mãos dos chamados dançarinos. </li></ul>
  5. 6. Catira ou cateretê <ul><li>Catira ou Cateretê é uma dança do folclore brasileiro, em que o ritmo musical é marcado pela batida dos pés e mãos dos dançarinos. </li></ul>
  6. 7. <ul><li>O catira representa um segmento da arte popular brasileira em que seus componentes, quase sempre do sexo masculino, dançam ao som das modas de viola ou recortados, com passos simétricos ritmados pelas palmas e pelos sapateados de suas botas num sincronismo quase perfeito. </li></ul>
  7. 8. <ul><li>A catira tem sua origem muito discutida. Alguns dizem que ela veio da África juntos com os negros, outros acham que é de origem espanhola, enquanto estudiosos afirmam que ela é uma mistura com origens africanas, espanhola e também portuguesa - já que a viola se originou em Portugal, de onde nos foi trazida pelos jesuítas. </li></ul>
  8. 9. Certas danças como o jongo e outra, com os seus improvisadores versos de “ demandas” ás vezes degeneram em desavenças. O cateretê, ao contrário, além de irrepreensivelmente respeitoso decorre num clima cordial de alegria comunicativa.O caráter amistoso do Catira é, sem dúvida, a principal razão pela qual, essa diversão persiste em nosso meio caboclo.
  9. 10. A coreografia da catira é quase sempre fixa, havendo poucas variações de uma região para outra. Normalmente é apresentada com dois violeiros e dez dançadores.
  10. 11. Diferença entre Catira e Cateretê
  11. 12. <ul><li>VÍDEO RELACIONADO AO TEMA: CATIRA </li></ul><ul><li>GRUPO: OS CONSIDERADOS </li></ul><ul><li>DURAÇÃO: 1.22 MINUTOS </li></ul>
  12. 13. Conclusão <ul><li>Em resumo a catira despertou e ainda desperta muitas curiosidades, sua evolução e o seu crescimento extraordinário vem deixando marcas na história da humanidade. Sabe-se que ela tem várias história a ser contadas, umas delas é a sua origem, ou seja, tudo é sua grande transformação ao longo de vários e vários tempos. </li></ul>
  13. 14. Bibliografia <ul><li>www.cade.com.br </li></ul><ul><li>www.google.com.br </li></ul><ul><li>www.yahoo.com.br </li></ul>

×