VMSIMULADOS.COM.BR

PEB II – EDUCAÇÃO ESPECIAL – DEFICIÊNCIA VISUAL - SEE/SP – CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

Acesse: WWW.VMSI...
VMSIMULADOS.COM.BR
PEB II – EDUCAÇÃO ESPECIAL - DEFICIÊNCIA VISUAL
Secretaria da Educação do Estado de São Paulo

FORMAÇÃO...
VMSIMULADOS.COM.BR
12. Segundo o documento “Política Nacional de Educação Especial na perspectiva da
Educação Inclusiva” d...
VMSIMULADOS.COM.BR
20. A Convenção sobre os Direitos da Pessoa com Deficiência, promulgada pela
Organização das Nações Uni...
VMSIMULADOS.COM.BR

(...)
30. A Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional − LDB nº. 9.394/96, no capítulo
destinado à...
VMSIMULADOS.COM.BR
42. Maria Tereza E. Mantoan (2006) aborda a exclusão escolar no contexto da crise
do paradigma do conhe...
VMSIMULADOS.COM.BR
55. De acordo com Rosita Edler Carvalho, o diagnóstico, como prática que ainda é
exercida com a finalid...
VMSIMULADOS.COM.BR
64. Segundo documento da SEESP/MEC, o atendimento educacional especializado
de alunos com baixa visão b...
VMSIMULADOS.COM.BR
(D) os currículos devem ser padronizados de modo geral, a partir de um
processo gradual de inclusão esc...
VMSIMULADOS.COM.BR

(...)
108. A Orientação e a Mobilidade estão presentes na vida de todas as pessoas. Um
dos recursos pa...
VMSIMULADOS.COM.BR
Confira suas respostas no gabarito!
PROFESSOR DE EDUCAÇÃO ESPECIAL - DEFICIÊNCIA VISUAL

Secretaria da ...
VMSIMULADOS.COM.BR

VMSIMULADOS.COM.BR
VEJA OS VÍDEOS NO YOUTUBE!

50 QUESTÕES

50 QUESTÕES

50 QUESTÕES

50 QUESTÕES

R$:...
VMSIMULADOS.COM.BR

VMSIMULADOS.COM.BR

50 QUESTÕES

50 QUESTÕES

50 QUESTÕES

50 QUESTÕES

R$: 7,99

R$: 6,99

R$: 6,99

...
VMSIMULADOS.COM.BR

VMSIMULADOS.COM.BR
VEJA OS VÍDEOS NO YOUTUBE!

50 QUESTÕES

50 QUESTÕES

50 QUESTÕES

50 QUESTÕES

R$:...
VMSIMULADOS.COM.BR

VMSIMULADOS.COM.BR
VEJA OS VÍDEOS NO YOUTUBE!

50 QUESTÕES
R$: 7,99

100 QUESTÕES
R$: 12,99

50 QUESTÕ...
VMSIMULADOS.COM.BR

VMSIMULADOS.COM.BR
VEJA OS VÍDEOS NO YOUTUBE!

100 QUESTÕES

100 QUESTÕES

100 QUESTÕES

120 QUESTÕES
...
VMSIMULADOS.COM.BR

VMSIMULADOS.COM.BR
VEJA OS VÍDEOS NO YOUTUBE!

120 QUESTÕES

100 QUESTÕES

120 QUESTÕES

120 QUESTÕES
...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

PROFESSOR EDUCAÇÃO ESPECIAL - DEFICIÊNCIA VISUAL - SEE/SP 2013 - APOSTILA/SIMULADO PARA CONCURSO PÚBLICO

894 visualizações

Publicada em


Simulado digital com 120 QUESTÕES de provas realizadas em diversos concursos públicos de todo país, sobre o cargo de PROFESSOR DE EDUCAÇÃO BÁSICA II – PEB II – SEE/SP - EDUCAÇÃO ESPECIAL – DEFICIÊNCIA VISUAL. Testes atualizados e com gabarito, em formato pdf. Arquivo digital (e-book).

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
894
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
56
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

PROFESSOR EDUCAÇÃO ESPECIAL - DEFICIÊNCIA VISUAL - SEE/SP 2013 - APOSTILA/SIMULADO PARA CONCURSO PÚBLICO

  1. 1. VMSIMULADOS.COM.BR PEB II – EDUCAÇÃO ESPECIAL – DEFICIÊNCIA VISUAL - SEE/SP – CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS Acesse: WWW.VMSIMULADOS.COM.BR 1
  2. 2. VMSIMULADOS.COM.BR PEB II – EDUCAÇÃO ESPECIAL - DEFICIÊNCIA VISUAL Secretaria da Educação do Estado de São Paulo FORMAÇÃO ESPECÍFICA 01. A Deliberação n.º 9/97 institui, no Sistema de Ensino do Estado de São Paulo, o regime de progressão continuada no ensino fundamental. A respeito desse tema, é correto afirmar: (A) Esse regime de progressão terá a duração média de 10 (dez) anos. (B) O regime deve ser organizado obrigatoriamente em 4 (quatro) ciclos. (C) O regime de progressão continuada deve garantir encaminhamento para escola especial. (D) A avaliação de competências poderá indicar a necessidade de educação especial. (E) O projeto educacional de estabelecimentos particulares será apreciado pela Secretaria Municipal. 02. A Deliberação nº. 68/2007, da Secretaria de Educação de São Paulo, ao fixar normas para a educação de alunos com necessidades educacionais especiais, configura a modalidade especial, no contexto da educação inclusiva, como um processo definido por (A) um currículo especializado elaborado por professores especializados nas diferentes áreas da deficiência que assegure recursos e serviços educacionais especiais, organizados para apoiar, complementar e substituir, quando necessário, o ensino comum. (B) uma proposta pedagógica elaborada conjuntamente com profissionais da área da saúde que assegure recursos e serviços educacionais especiais para apoiar, complementar e suplementar o ensino regular. (C) um currículo especializado, que deve prever recursos materiais, didáticos e pedagógicos e serviços de apoio para complementar o ensino regular. (D) uma proposta pedagógica que assegure recursos e serviços educacionais especiais, organizados institucionalmente para apoiar, complementar e suplementar o ensino regular. (E) uma proposta psicopedagógica que assegure um currículo especializado, elaborado conjuntamente pelo professor da sala comum e o professor especializado. (...) PEB II – EDUCAÇÃO ESPECIAL – DEFICIÊNCIA VISUAL - SEE/SP – CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS Acesse: WWW.VMSIMULADOS.COM.BR 2
  3. 3. VMSIMULADOS.COM.BR 12. Segundo o documento “Política Nacional de Educação Especial na perspectiva da Educação Inclusiva” do MEC: ...a educação especial é uma modalidade de ensino que perpassa todos os níveis, etapas e modalidades, realiza o atendimento especializado, disponibiliza os serviços e recursos próprios desse atendimento e orienta os alunos e seus professores quanto a sua utilização nas turmas comuns do ensino regular. E ainda: ...Em todas as etapas e modalidades da educação básica, o atendimento educacional especializado é organizado para apoiar o desenvolvimento dos alunos, constituindo oferta obrigatória dos sistemas de ensino e deve ser realizado no turno inverso ao da classe comum, na própria escola ou centro especializado que realize esse serviço educacional. Neste sentido, (A) o atendimento educacional especializado na educação infantil se expressa por meio de serviços de intervenção precoce que objetivam o processo de desenvolvimento e aprendizagem em interface com os serviços de saúde e assistência social, visando o preparo para o possível ingresso no ensino fundamental. (B) as atividades desenvolvidas no atendimento educacional especializado diferenciam-se daquelas realizadas na sala de aula comum, não sendo substitutivas à escolarização. (C) o atendimento educacional especializado não tem como objetivo disponibilizar programas e enriquecimento curricular, o ensino de linguagens e códigos específicos de comunicação e sinalização, ajudas técnicas e tecnologia assistiva, dentre outros. (D) as atividades do atendimento educacional especializado estarão articuladas ao longo de todo o processo de escolarização com as propostas pedagógicas do ensino comum, de acordo com a situação pedagógica do aluno e não da turma em que está inserido. (E) o atendimento educacional especializado por ser diferenciado terá objetivos próprios desvinculados da complementação e/ou suplementação da formação dos alunos com vistas à autonomia e independência na escola e fora dela. (...) PEB II – EDUCAÇÃO ESPECIAL – DEFICIÊNCIA VISUAL - SEE/SP – CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS Acesse: WWW.VMSIMULADOS.COM.BR 3
  4. 4. VMSIMULADOS.COM.BR 20. A Convenção sobre os Direitos da Pessoa com Deficiência, promulgada pela Organização das Nações Unidas (ONU), fundamentada nos Direitos Humanos, no campo dos Direitos Econômicos, Sociais e Culturais, tem em seu Artigo 24 a confirmação de uma série de princípios sobre a educação inclusiva que agora estão garantidos no Brasil. Essa situação é possível porque a Convenção promulgada em 2006, pela ONU I. foi ratificada pelo Governo Federal Brasileiro em 2008 e tornou-se um Decreto Legislativo, após sua aprovação no Senado e na Câmara Federal. II. poderá ser incluída como Emenda Constitucional na atual Constituição Federal de 1988; no entanto, será facultado aos Estados e Municípios o seu cumprimento. III. foi ratificada no Brasil pelo Decreto Legislativo no 186 de 2008, que deverá ser aplicado como legislação vigente e válida para todo território nacional. IV. ainda não foi ratificada, pois o Brasil não concordou, em 2007, com seu Protocolo Facultativo, assim como com a exigência de inclusão escolar desde o ensino fundamental até o nível universitário, de pessoas com deficiências múltiplas. V. está em vigor no Brasil, assim como seu Protocolo Facultativo, e reafirma a necessidade deste Estado Parte de cumprimento da não exclusão de pessoas com deficiência do sistema geral de educação. Estão corretas APENAS as afirmativas (A) I, II e III. (B) I, III e IV. (C) I, III e V. (D) II, III e IV. (E) II, IV e V. (...) 28. A Declaração de Salamanca (1994) enfatiza a necessidade de aprimoramento dos sistemas de ensino, no sentido de se tornarem aptos a incluir todas as crianças, sem que se faça qualquer distinção entre elas. Para tanto, propõe uma pedagogia centrada (A) na criança. (B) no conteúdo acadêmico. (C) no currículo. (D) no diagnóstico terapêutico. (E) nos recursos didáticos especializados. PEB II – EDUCAÇÃO ESPECIAL – DEFICIÊNCIA VISUAL - SEE/SP – CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS Acesse: WWW.VMSIMULADOS.COM.BR 4
  5. 5. VMSIMULADOS.COM.BR (...) 30. A Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional − LDB nº. 9.394/96, no capítulo destinado à Educação Especial, determina que (A) o atendimento educacional será feito em classes, escolas ou serviços especializados aos alunos que apresentam graves deficiências, a partir de diagnóstico clínico. (B) as condições específicas dos alunos, oriundas de suas deficiências, não devem interferir na tomada de decisão para o encaminhamento dos mesmos à classe especial. (C) o atendimento especializado será feito em classes e escolas especiais para os alunos que apresentam deficiências. (D) o atendimento educacional será feito em classes, escolas ou serviços especializados, sempre que, em função das condições específicas dos alunos, não for possível a sua integração nas classes comuns de ensino. (E) as condições específicas dos alunos, oriundas ou não de uma deficiência, deverão ser consideradas na tomada de decisão quanto ao encaminhamento dos mesmos para escolas especiais. (...) 34. Bianchetti (in Bianchetti e Freire) afirma que, na Idade Média, o indivíduo que não se enquadra no padrão considerado normal ganha o direito à vida, porém, passa a ser estigmatizado, pois, para o moralismo cristão/católico, a diferença passa a ser um(a) (A) sinônimo de deficiência. (B) disfuncionalidade. (C) forma de santidade. (D) supremacia da alma. (E) sinônimo de pecado. (...) PEB II – EDUCAÇÃO ESPECIAL – DEFICIÊNCIA VISUAL - SEE/SP – CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS Acesse: WWW.VMSIMULADOS.COM.BR 5
  6. 6. VMSIMULADOS.COM.BR 42. Maria Tereza E. Mantoan (2006) aborda a exclusão escolar no contexto da crise do paradigma do conhecimento e afirma que a escola deve (A) compartimentar os saberes curriculares e articulá-los com os saberes cotidianos do aluno, contemplando, assim, as demandas sociais, culturais e subjetivas do alunado. (B) valorizar o modelo da cientificidade dos saberes escolares propostos pela modernidade, ignorando os saberes do senso comum. (C) estabelecer conexões entre os saberes isolados, rompendo as fronteiras disciplinares por meio da reinterpretação da matéria-prima da educação escolar, qual seja, o conhecimento. (D) valorizar a hiperespecialização dos saberes curriculares da Educação Básica, favorecendo a compreensão, pelo aluno, do caráter multidimensional dos problemas. (E) compartimentar os saberes curriculares do ensino fundamental, integrandoos com os saberes do cotidiano do alunado. (...) 48. Para Mittler (2003), os professores devem adotar ações específicas para responder às necessidades diversas dos alunos por meio da criação de ambientes de aprendizagem (A) restritivos e de uma metodologia de ensino e de avaliação específica e individualizada. (B) exclusivos e de uma metodologia de ensino e de avaliação geral que garantam a igualdade de oportunidade para todos. (C) exclusivos, e estabelecimento de metas gerais, compatíveis com o nível de cada aluno, e de uma metodologia de ensino e de avaliação que garantam o aprendizado de todos. (D) restritivos, estabelecimento de metas de aprendizagem para cada aluno e uso de abordagens de ensino e de avaliação específicas que garantam a igualdade de oportunidades para todos. (E) efetivos, estabelecimento de metas de aprendizagem, uso de abordagens de ensino e de avaliação apropriadas, e garantia de igualdade de oportunidades para todos. (...) PEB II – EDUCAÇÃO ESPECIAL – DEFICIÊNCIA VISUAL - SEE/SP – CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS Acesse: WWW.VMSIMULADOS.COM.BR 6
  7. 7. VMSIMULADOS.COM.BR 55. De acordo com Rosita Edler Carvalho, o diagnóstico, como prática que ainda é exercida com a finalidade de triagem do alunado, (A) é uma das alternativas mais evidentes para facilitar a implementação da educação inclusiva. (B) mostra a conveniência de patologizar as deficiências e as dificuldades de aprendizagem. (C) serve para os procedimentos de aferição da aprendizagem dos alunos com deficiência e transtornos globais do desenvolvimento. (D) é o instrumento de identificação que permite remover as barreiras atitudinais e pedagógicas. (E) tem sido uma das mais sérias barreiras que temos enfrentado para a implementação da educação inclusiva. (...) 58. Romeu Sassaki, no capítulo 7 de seu livro Inclusão: construindo uma sociedade para todos, diz que tanto as leis gerais quanto as especificamente pertinentes à pessoa deficiente podem ser integracionistas ou inclusivas. Assinale a alternativa que contém uma característica de lei específica inclusiva. (A) Ela traz a ideia de que a pessoa com deficiência terá direitos assegurados desde que tenha a capacidade de exercê-los. (B) Ela contém dispositivos separados sobre a pessoa com deficiência para lhe garantir algum direito, benefício ou serviço. (C) É a que traz a ideia de que a pessoa com deficiência terá direitos assegurados mediante modificações no ambiente físico e humano que facilitem o exercício desses direitos. (D) Ela dá garantia de direito, benefício ou serviço, sem distinção de cor, gênero ou deficiência, sem mencionar este ou aquele segmento da população. (E) É aquela que se constitui no único meio para acabar com a discriminação e a especificidade decorrente das deficiências. (...) PEB II – EDUCAÇÃO ESPECIAL – DEFICIÊNCIA VISUAL - SEE/SP – CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS Acesse: WWW.VMSIMULADOS.COM.BR 7
  8. 8. VMSIMULADOS.COM.BR 64. Segundo documento da SEESP/MEC, o atendimento educacional especializado de alunos com baixa visão baseia-se no princípio de estimulação plena dos potenciais de visão e dos sentidos remanescentes deste sujeito, assim como na superação e compreensão das dificuldades e conflitos emocionais gerados por esta condição. As observações contínuas que um professor deverá utilizar em sala de aula para o diagnóstico precoce dos sintomas e sinais físicos característicos e/ou condutas de seus alunos para casos de baixa visão são: (A) tendência de levantar para ler o que está escrito no quadro negro, franzindo a testa e esfregando os olhos excessivamente. (B) distração constante e falta de atenção ao que está sendo ditado pelo professor. (C) irritação constante com a execução das tarefas solicitadas ou ausência de choro frequente, apesar das dificuldades encontradas na sala. (D) atenção nas ações do professor, o que faz com que o aluno não apresente dificuldade de leitura ou de realizar qualquer outro trabalho que exija uso concentrado os olhos. (E) firmeza ao caminhar, sem cambalear ou tropeçar em pequenos objetos, pois o aluno aprendeu a desviar deles. (...) 74. Para Stainback & Stainback, o currículo desenvolvido nas salas de aula baseiase na suposição de que há áreas de conhecimento e informação pré-definidas, e, quando aprendidas em sequência, resultam em sucesso na vida após a escola. Este currículo sequenciado padronizado segue uma ordem didática da transmissão pelo professor, recepção pelos alunos e atividades que exercitam os termos, conceitos e as habilidades essenciais à matéria. Segundo estes autores, tal visão de currículo NÃO é progressista porque (A) a tendência que se apresenta no movimento de inclusão escolar é de partir da criança e construir o currículo em torno de suas experiências, percepções e conhecimentos, com respeito a uma ênfase na criança e não no currículo pré-definido. (B) um currículo para a inclusão deve ser definido por indivíduos, tais como consultores de Secretarias de Educação e especialistas em currículo que compilam, por exemplo, leituras básicas e livros didáticos, devido à falta de capacitação dos indivíduos diretamente envolvidos no processo de aprendizagem. (C) um currículo para a inclusão deve se pautar principalmente nas atividades pedagógicas entre alunos que têm sido rotulados como de risco, como por exemplo, as altas habilidades e os alunos com deficiência mental. PEB II – EDUCAÇÃO ESPECIAL – DEFICIÊNCIA VISUAL - SEE/SP – CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS Acesse: WWW.VMSIMULADOS.COM.BR 8
  9. 9. VMSIMULADOS.COM.BR (D) os currículos devem ser padronizados de modo geral, a partir de um processo gradual de inclusão escolar, pois se desenvolvem a partir da vida e do mundo que cerca os alunos e sua comunidade escolar, evitando, assim, se tornarem tediosos, desinteressantes e sem propósito. (E) a sociedade em que vivemos, complexa, dinâmica e que se modifica rapidamente exige, em um primeiro momento, manter um corpo de informações único, distinto e estático que vá resultar no sucesso dos alunos. (...) Com base no conhecimento das técnicas de soroban e da foto a seguir, responda às questões de números 91 e 92. 91 De acordo com a foto ilustrativa do Soroban, é possível afirmar que a operação que está sendo realizada é a (A) subtração. (B) adição. (C) potenciação. (D) divisão. (E) multiplicação. 92. De acordo com a operação realizada, (A) o subtraendo é 30. (B) o quociente é 15. (C) o resultado é 10. (D) uma das parcelas é 26. (E) o resto é uma dízima periódica. PEB II – EDUCAÇÃO ESPECIAL – DEFICIÊNCIA VISUAL - SEE/SP – CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS Acesse: WWW.VMSIMULADOS.COM.BR 9
  10. 10. VMSIMULADOS.COM.BR (...) 108. A Orientação e a Mobilidade estão presentes na vida de todas as pessoas. Um dos recursos para a mobilidade de uma pessoa com deficiência visual é com a ajuda de outra pessoa (guia vidente). NÃO é uma maneira que o deficiente visual pode ter para se movimentar o uso de: (A) uma bengala. (B) um intérprete. (C) seu próprio corpo. (D) um animal. (E) a tecnologia. (...) 120. Os pontos utilizados para representar o traço horizontal da fração , no Sistema Braille, são: (A) (26) ou (5 56). (B) (256) ou (4 256). (C) (25) ou (5 25). (D) (56) ou (456). (E) (256) ou (5 256). PEB II – EDUCAÇÃO ESPECIAL – DEFICIÊNCIA VISUAL - SEE/SP – CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS Acesse: WWW.VMSIMULADOS.COM.BR 10
  11. 11. VMSIMULADOS.COM.BR Confira suas respostas no gabarito! PROFESSOR DE EDUCAÇÃO ESPECIAL - DEFICIÊNCIA VISUAL Secretaria da Educação do Estado de São Paulo PROFESSOR DE EDUCAÇÃO ESPECIAL - DEFICIÊNCIA VISUAL 01 D 25 D 49 E 73 B 97 E 02 D 26 C 50 B 74 A 98 A 03 C 27 E 51 C 75 B 99 B 04 A 28 A 52 A 76 D 100 E 05 B 29 A 53 D 77 C 101 C 06 E 30 D 54 B 78 E 102 C 07 C 31 E 55 E 79 E 103 D 08 A 32 D 56 E 80 E 104 A 09 E 33 B 57 E 81 D 105 A 10 B 34 E 58 C 82 B 106 C 11 B 35 C 59 A 83 C 107 E Compre a versão completa! 12 B 36 A 60 D 84 A 108 B São 120 questões em formato pdf. 13 D 37 D 61 C 85 D 109 D Simulados digitais62 partir86 D a B de R$: 6,99B 14 E 38 A 110 Acesse o 39 B www.63 E site: .com.br 15 A 87 B 111 A 16 D 40 E 64 A 88 D 112 A 17 A 41 C 65 C 89 A 113 C 18 E 42 C 66 D 90 B 114 C 19 C 43 D 67 B 91 B 115 E 20 C 44 D 68 A 92 D 116 B 21 B 45 D 69 E 93 C 117 B 22 E 46 B 70 D 94 C 118 D 23 C 47 A 71 A 95 E 119 D 24 B 48 E 72 C 96 B 120 E ACESSE: WWW.VMSIMULADOS.COM.BR PEB II – EDUCAÇÃO ESPECIAL – DEFICIÊNCIA VISUAL - SEE/SP – CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS Acesse: WWW.VMSIMULADOS.COM.BR 11
  12. 12. VMSIMULADOS.COM.BR VMSIMULADOS.COM.BR VEJA OS VÍDEOS NO YOUTUBE! 50 QUESTÕES 50 QUESTÕES 50 QUESTÕES 50 QUESTÕES R$: 6,99 R$: 7,99 R$: 6,99 R$: 6,99 50 QUESTÕES 50 QUESTÕES 50 QUESTÕES 50 QUESTÕES R$: 7,99 R$: 7,99 R$: 6,99 R$: 6,99 50 QUESTÕES 50 QUESTÕES 50 QUESTÕES 10 QUESTÕES R$: 7,99 R$: 6,99 R$: 6,99 R$: 6,00 Compre no site: WWW.VMSIMULADOS.COM.BR ATENÇÃO: IMAGENS MERAMENTE ILUSTRATIVAS. OS SIMULADOS SÃO DIGITAIS. NÃO COMERCIALIZAMOS MATERIAL IMPRESSO. PORÉM OS MESMOS PODEM SER IMPRESSOS PELO CLIENTE. PEB II – EDUCAÇÃO ESPECIAL – DEFICIÊNCIA VISUAL - SEE/SP – CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS Acesse: WWW.VMSIMULADOS.COM.BR 12
  13. 13. VMSIMULADOS.COM.BR VMSIMULADOS.COM.BR 50 QUESTÕES 50 QUESTÕES 50 QUESTÕES 50 QUESTÕES R$: 7,99 R$: 6,99 R$: 6,99 R$: 7,99 50 QUESTÕES 50 QUESTÕES 150 QUESTÕES 50 QUESTÕES R$: 7,99 R$: 7,99 R$: 14,99 R$: 7,99 50 QUESTÕES 100 QUESTÕES 50 QUESTÕES 50 QUESTÕES R$: 7,99 R$: 12,99 R$: 7,99 R$: 7,99 Compre no site: WWW.VMSIMULADOS.COM.BR ATENÇÃO: IMAGENS MERAMENTE ILUSTRATIVAS. OS SIMULADOS SÃO DIGITAIS. NÃO COMERCIALIZAMOS MATERIAL IMPRESSO. PORÉM OS MESMOS PODEM SER IMPRESSOS PELO CLIENTE. PEB II – EDUCAÇÃO ESPECIAL – DEFICIÊNCIA VISUAL - SEE/SP – CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS Acesse: WWW.VMSIMULADOS.COM.BR 13
  14. 14. VMSIMULADOS.COM.BR VMSIMULADOS.COM.BR VEJA OS VÍDEOS NO YOUTUBE! 50 QUESTÕES 50 QUESTÕES 50 QUESTÕES 50 QUESTÕES R$: 7,99 R$: 7,99 R$: 6,99 R$: 6,99 50 QUESTÕES 50 QUESTÕES 50 QUESTÕES 50 QUESTÕES R$: 6,99 R$: 6,99 R$: 6,99 R$: 6,99 100 QUESTÕES 100 QUESTÕES 100 QUESTÕES 50 QUESTÕES R$: 10,99 R$: 10,99 R$: 11,99 R$: 6,99 Compre no site: WWW.VMSIMULADOS.COM.BR ATENÇÃO: IMAGENS MERAMENTE ILUSTRATIVAS. OS SIMULADOS SÃO DIGITAIS. NÃO COMERCIALIZAMOS MATERIAL IMPRESSO. PORÉM OS MESMOS PODEM SER IMPRESSOS PELO CLIENTE. PEB II – EDUCAÇÃO ESPECIAL – DEFICIÊNCIA VISUAL - SEE/SP – CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS Acesse: WWW.VMSIMULADOS.COM.BR 14
  15. 15. VMSIMULADOS.COM.BR VMSIMULADOS.COM.BR VEJA OS VÍDEOS NO YOUTUBE! 50 QUESTÕES R$: 7,99 100 QUESTÕES R$: 12,99 50 QUESTÕES R$: 6,99 60 QUESTÕES R$: 7,99 100 QUESTÕES R$: 12,99 50 QUESTÕES R$: 6,99 50 QUESTÕES R$: 6,99 50 QUESTÕES R$: 6,99 50 QUESTÕES R$: 6,99 50 QUESTÕES 50 QUESTÕES 50 QUESTÕES R$: 6,99 R$: 7,99 R$: 6,99 Compre no site: WWW.VMSIMULADOS.COM.BR ATENÇÃO: IMAGENS MERAMENTE ILUSTRATIVAS. OS SIMULADOS SÃO DIGITAIS, EM FORMATO PDF. NÃO COMERCIALIZAMOS MATERIAL IMPRESSO. PORÉM OS MESMOS PODEM SER IMPRESSOS PELO CLIENTE. PEB II – EDUCAÇÃO ESPECIAL – DEFICIÊNCIA VISUAL - SEE/SP – CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS Acesse: WWW.VMSIMULADOS.COM.BR 15
  16. 16. VMSIMULADOS.COM.BR VMSIMULADOS.COM.BR VEJA OS VÍDEOS NO YOUTUBE! 100 QUESTÕES 100 QUESTÕES 100 QUESTÕES 120 QUESTÕES R$: 10,99 R$: 10,99 R$: 10,99 R$: 12,99 120 QUESTÕES 120 QUESTÕES 100 QUESTÕES 100 QUESTÕES R$: 12,99 R$: 12,99 R$: 10,99 R$: 10,99 100 QUESTÕES 120 QUESTÕES 300 QUESTÕES 100 QUESTÕES R$: 10,99 R$: 12,99 R$: 14,99 R$: 10,99 Compre no site: WWW.VMSIMULADOS.COM.BR ATENÇÃO: IMAGENS MERAMENTE ILUSTRATIVAS. OS SIMULADOS SÃO DIGITAIS, EM FORMATO PDF. NÃO COMERCIALIZAMOS MATERIAL IMPRESSO. PORÉM OS MESMOS PODEM SER IMPRESSOS PELO CLIENTE. PEB II – EDUCAÇÃO ESPECIAL – DEFICIÊNCIA VISUAL - SEE/SP – CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS Acesse: WWW.VMSIMULADOS.COM.BR 16
  17. 17. VMSIMULADOS.COM.BR VMSIMULADOS.COM.BR VEJA OS VÍDEOS NO YOUTUBE! 120 QUESTÕES 100 QUESTÕES 120 QUESTÕES 120 QUESTÕES R$: 12,99 R$: 12,99 R$: 12,99 R$: 12,99 150 QUESTÕES EM BREVE R$: 14,99 Compre no site: WWW.VMSIMULADOS.COM.BR ATENÇÃO: IMAGENS MERAMENTE ILUSTRATIVAS. OS SIMULADOS SÃO DIGITAIS, EM FORMATO PDF. NÃO COMERCIALIZAMOS MATERIAL IMPRESSO. PORÉM OS MESMOS PODEM SER IMPRESSOS PELO CLIENTE. PEB II – EDUCAÇÃO ESPECIAL – DEFICIÊNCIA VISUAL - SEE/SP – CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS Acesse: WWW.VMSIMULADOS.COM.BR 17

×