APOSTILA PROFESSOR PDI I - PEB I - PEB II - CONHECIMENTOS BÁSICOS - SME/OSASCO 2014

1.086 visualizações

Publicada em

Simulado digital com 120 QUESTÕES de provas realizadas em concursos públicos sobre os cargos de PDI I, PEB I e PEB II – CONHECIMENTOS BÁSICOS - SME/OSASCO/SP 2014. Testes atualizados e com gabarito. Arquivo digital em formato pdf (e-book).

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.086
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
142
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
68
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

APOSTILA PROFESSOR PDI I - PEB I - PEB II - CONHECIMENTOS BÁSICOS - SME/OSASCO 2014

  1. 1. VMSIMULADOS PDI ─ PEB I ─ PEB II - CONHECIMENTOS BÁSICOS – SME/OSASCO contato@vmsimulados.com.br :www.vmsimulados.com.br 1
  2. 2. VMSIMULADOS PDI ─ PEB I ─ PEB II - CONHECIMENTOS BÁSICOS – SME/OSASCO contato@vmsimulados.com.br :www.vmsimulados.com.br 2 PDI – PEB I – PEB II Prefeitura do Município de Osasco/SP CONHECIMENTOS BÁSICOS LÍNGUA PORTUGUESA Texto Por que é tão difícil entender? A crise que o país atravessa desde a eclosão dos primeiros protestos contra o aumento das passagens de ônibus têm três componentes articulados: 1 – A sociedade quer transporte, saúde e educação de qualidade, pois ela paga caro por isso, por meio de impostos, e não recebe em troca serviços públicos à altura. Simples assim. A sociedade não pediu nas ruas reforma política, nem plebiscito para eliminar suplente de senador. 2 – A sociedade quer o fim da impunidade, pois está cansada de ver corruptos soltos debochando de quem é honesto, mesmo depois de condenados. Acrescentar o adjetivo hediondo à corrupção de pouco adianta se deputados e ministros continuam usando aviões da FAB para passear e se criminosos estão soltos, alguns até ocupando cargos de liderança ou participando de comissões no Congresso. 3 – A sociedade quer estabilidade econômica: para a percepção do cidadão comum, os 20 centavos pesaram como mais um sinal de que a economia está saindo do controle. A percepção do aumento da inflação é crescente em todas as classes sociais; em última análise, este será o fator determinante dos rumos da crise a médio prazo, já que não há discurso ou propaganda que camufle a corrosão do poder de compra das pessoas, sobretudo daquelas recentemente incorporadas à economia formal. Esses problemas não são de agora, nem responsabilidade exclusiva dos últimos governos. Mas o que se espera de quem está no poder é que compreenda que a melhor maneira de reconquistar o apoio perdido é dar respostas concretas e rápidas às demandas feitas nas ruas (e não às questões que ninguém fez). (Adaptado. Luciano Trigo, O Globo, 11‐7‐2013) 01. Ao dizer que a crise que o país atravessa tem três componentes “articulados”, o autor do texto quer dizer que tais componentes (A) estão interligados. (B) são fruto de articulação política. (C) se originaram de um plano subversivo. (D) foram criados pelas autoridades. (E) se formaram lenta e progressivamente.
  3. 3. VMSIMULADOS PDI ─ PEB I ─ PEB II - CONHECIMENTOS BÁSICOS – SME/OSASCO contato@vmsimulados.com.br :www.vmsimulados.com.br 3 02. “A sociedade quer transporte, saúde e educação de qualidade, pois ela paga caro por isso, por meio de impostos, e não recebe em troca serviços públicos à altura. Simples assim. A sociedade não pediu nas ruas reforma política, nem plebiscito para eliminar suplente de senador”. Com esse segmento do texto, o autor defende a ideia de que (A) as passeatas sofreram desvios por conta de grupos políticos que se sentiram ameaçados. (B) os motivos que geraram os protestos de rua vão muito além da simples solicitação de melhoria nos transportes públicos. (C) a sociedade deseja simplesmente a realização do óbvio, ou seja, serviços públicos à altura dos impostos pagos. (D) a reforma política e o plebiscito para eliminar suplente de senador são solicitações eternas da classe política, mas não da população. (E) a não satisfação com os serviços públicos é que levou a população a outras solicitações de caráter político. 03. As alternativas a seguir apresentam temas que são alvo das críticas presentes no texto, à exceção de uma. Assinale-a. (A) Corrupção política. (B) Altos impostos. (C) Retorno da inflação. (D) Impunidade penal. (E) Inconsciência civil. 04. “Por que é tão difícil entender?” O título do texto é uma pergunta dirigida (A) ao governo federal. (B) às autoridades em geral. (C) aos políticos corruptos. (D) aos participantes dos protestos. (E) à classe dos intelectuais.
  4. 4. VMSIMULADOS PDI ─ PEB I ─ PEB II - CONHECIMENTOS BÁSICOS – SME/OSASCO contato@vmsimulados.com.br :www.vmsimulados.com.br 4 05. Os três componentes da crise citados no artigo pertencem, respectivamente, às esferas (A) serviços públicos – justiça – economia. (B) justiça social – ordem política – transporte. (C) transporte público – economia – justiça social. (D) justiça social – corrupção – ascensão social. (E) ordem política – justiça social – inflação. 06. Analise a charge a seguir: Sobre a charge foram feitas as afirmativas a seguir. I. A charge crítica vários setores da sociedade, inclusive o cidadão comum. II. A presença de um extintor indica perigo de incêndio no local de parada. III. A vestimenta do personagem colabora para a sua identificação como operário. IV. A leitura da charge se insere na atual situação de protestos públicos. Assinale: (A) se todas as afirmativas estiverem corretas. (B) se apenas as afirmativas I e IV estiverem corretas. (C) se apenas as afirmativas I, II e IV estiverem corretas. (D) se apenas a afirmativa IV estiver correta. (E) se apenas a afirmativa III estiver correta.
  5. 5. VMSIMULADOS PDI ─ PEB I ─ PEB II - CONHECIMENTOS BÁSICOS – SME/OSASCO contato@vmsimulados.com.br :www.vmsimulados.com.br 5 07. Assinale a alternativa que apresenta o segmento que pode ser considerado, implicitamente, como um elogio ao governo atual. (A) “A sociedade quer o fim da impunidade, pois está cansada de ver corruptos soltos debochando de quem é honesto, mesmo depois de condenados”. (B) “Acrescentar o adjetivo hediondo à corrupção de pouco adianta se deputados e ministros continuam usando aviões da FAB para passear e se criminosos estão soltos, alguns até ocupando cargos de liderança ou participando de comissões no congresso”. (C) “A sociedade quer estabilidade econômica: para a percepção do cidadão comum, os 20 centavos pesaram como mais um sinal de que a economia está saindo do controle”. (D) “A percepção do aumento da inflação é crescente em todas as classes sociais”. (E) “...já que não há discurso ou propaganda que camufle a corrosão do poder de compra das pessoas, sobretudo daquelas recentemente incorporadas à economia formal”. 08. “A sociedade não pediu nas ruas reforma política”. Assinale a alternativa que apresenta a forma de reescrever‐se esse segmento do texto que gera problemas de sentido. (A) A reforma política não foi pedida nas ruas pela sociedade. (B) A sociedade não pediu, nas ruas, reforma política. (C) Nas ruas, a sociedade não pediu reforma política. (D) A sociedade não pediu reforma política nas ruas. (E) Nas ruas, a reforma política não foi pedida pela sociedade. 09. “A sociedade quer transporte, saúde e educação de qualidade” Assinale a alternativa que indica o comentário correto sobre os componentes dessa frase. (A) Para que o adjunto se referisse claramente a todos os três substantivos, era indispensável que “qualidade” estivesse no plural. (B) Para que o adjunto “de qualidade” se referisse a todos os três substantivos, era necessário que ele fosse escrito antes de todos eles. (C) Na forma em que a frase está escrita, o adjunto “de qualidade” se refere não só à educação, mas também à saúde e ao transporte. (D) Na forma em que está grafada, o adjunto “de qualidade” se refere exclusivamente ao último dos três substantivos. (E) A transposição da frase para a voz passiva acabaria com todos os seus problemas de expressão.
  6. 6. VMSIMULADOS PDI ─ PEB I ─ PEB II - CONHECIMENTOS BÁSICOS – SME/OSASCO contato@vmsimulados.com.br :www.vmsimulados.com.br 6 10. “A crise que o país atravessa...”. Nesse segmento temos uma oração adjetiva não precedida de preposição porque o verbo “atravessar” não a exige. Assinale a alternativa em que a frase apresenta erro quanto à regência. (A) A crise a que o país assiste, é muito grave. (B) As soluções com que sugerimos, não foram aceitas. (C) Os problemas com que nos deparamos, são os de sempre. (D) Os argumentos a que nos opomos, são falsos. (E) Os remédios de que o Brasil necessita, são de conhecimento público. 11. Assinale a alternativa em que a identificação do valor semântico do conectivo sublinhado está incorreta: (A) “A crise que o país atravessa desde a eclosão dos primeiros protestos...” / tempo. (B) “A sociedade quer transporte, saúde e educação de qualidade, pois ela paga cara por isso...” / conclusão. (C) “...continuam usando aviões da FAB para passear...” / finalidade. (D) “...ocupando cargos de liderança ou participando de comissões no Congresso”. / alternância. (E) “...já que não há discurso ou propaganda que camufle a corrosão do poder de compra...” / causa. 12. “A sociedade quer transporte, saúde e educação de qualidade, pois ela paga caro por isso...”; “em última análise, este será o fator determinante dos rumos da crise a médio prazo...”. Observando o emprego dos demonstrativos sublinhados, podemos constatar, segundo o emprego no texto, que (A) isso é empregado em referência a termos anteriores e este em referência a termos seguintes. (B) isso e este são empregados em relação a termos anteriormente citados. (C) isso tem valor depreciativo. (D) este se refere a um entre dois termos citados anteriormente, de preferência o mais próximo. (E) isso se prende a um tempo distante, enquanto este se liga ao tempo presente.
  7. 7. VMSIMULADOS PDI ─ PEB I ─ PEB II - CONHECIMENTOS BÁSICOS – SME/OSASCO contato@vmsimulados.com.br :www.vmsimulados.com.br 7 13. “...em última análise, este será o fator determinante dos rumos da crise a médio prazo”; a expressão “em última análise” indica (A) resumo. (B) retificação. (C) restrição. (D) explicação. (E) conclusão. 14. As alternativas a seguir apresentam palavras do texto acentuadas pela mesma regra de acentuação, à exceção de uma. Assinale-a (A) será / está. (B) ônibus / últimos. (C) três / há. (D) política / econômica. (E) médio / saúde. 15. Assinale a alternativa em que o emprego do acento grave indicativo da crase ocorre por razão distinta da dos demais. (A) “...e não recebe em troca serviços públicos à altura. (B) “Acrescentar o adjetivo hediondo à corrupção de pouco adianta...”. (C) “...recentemente incorporadas à economia formal”. (D) “...dar respostas concretas e rápidas às demandas feitas nas ruas...”. (E) “...e não às questões que ninguém fez”. 16. Grafam-se como “solução” e “discussão” – com Ç e SS, respectivamente – as palavras relacionadas em: (A) exce___ão / conce___ão. (B) ascen___ão / admi___ão. (C) distor___ão / preten___ão. (D) rece___ão / retra___ão. (E) discrimina___ão / impul___ão.
  8. 8. VMSIMULADOS PDI ─ PEB I ─ PEB II - CONHECIMENTOS BÁSICOS – SME/OSASCO contato@vmsimulados.com.br :www.vmsimulados.com.br 8 Texto O real poder da ciência Desde que se conhece por gente, a espécie humana busca explicações para o mundo ao seu redor. Durante boa parte dessa história, elas foram simplistas – bastava atribuir ao incompreendido a mão invisível de um criador supremo, e tudo estava resolvido. O advento da ciência mudou esse cenário. Os fenômenos naturais passaram a ser tratados como tais, e os mistérios do cosmo começaram a ser revelados por meio da razão e da linguagem universal da matemática. Como seria de se esperar, as respostas que a ciência traz sobre a vida, o Universo e tudo mais são bem mais intrincadas que as dadas outrora pelos caminhos da fé. Para serem compreendidas, elas dependem da alfabetização científica, e por essa razão até hoje há muitos que preferem repudiá‐las, em favor de uma visão puramente mística do mundo. Convenhamos: não é mais possível hoje a qualquer pessoa educada repudiar a evolução das espécies pela seleção natural ou as transformações do Universo desde um estado muito quente, denso e compactado, quase 14 bilhões de anos atrás. Para alguns, até hoje, aceitar esses fatos equivale a uma agressão ao pensamento religioso. Nada poderia estar mais longe da verdade. A ciência é, indisputavelmente, o melhor instrumento para a compreensão do Universo. É a única forma de conhecimento que fornece o poder da previsibilidade e da intervenção sobre as forças da natureza. Apesar disso, ela não é onipotente. Ao usar a ciência para estudar a natureza, o ser humano acaba chegando a mistérios de outra ordem, cuja explicação com toda probabilidade está fora do alcance do método científico. Ou seja: ao explorar cientificamente o mundo, nós aprofundamos nossa relação com o desconhecido, em vez de destruí‐la. (SUPERINTERESSANTE, edição 324‐A) 17. Ao dar o título – O real poder da ciência – ao texto lido, o autor pretende destacar (A) a supremacia da visão científica do mundo. (B) que a realidade mostra limitações no alcance do saber pela ciência. (C) o domínio da ciência sobre todos os outros campos do conhecimento. (D) que a ciência tem como ponto de partida a observação da realidade. (E) que o poder da ciência se localiza no plano da razão e não na região.
  9. 9. VMSIMULADOS PDI ─ PEB I ─ PEB II - CONHECIMENTOS BÁSICOS – SME/OSASCO contato@vmsimulados.com.br :www.vmsimulados.com.br 9 18. “Durante boa parte dessa história, elas foram simplistas – bastava atribuir ao incompreendido a mão invisível de um criador supremo, e tudo estava resolvido”. Nesse segmento, vê‐se que a religião só não pode ser vista como (A) a razão mais lógica para a existência do mundo. (B) a explicação mais fácil para o mundo. (C) a única resposta possível para o desconhecido. (D) a explicação possível do mundo para a época. (E) a resposta daquele momento histórico ao que era incógnito. 19. “Nada poderia estar mais longe da verdade”. Com essa frase, o autor do texto quer dizer aos leitores que (A) a verdade religiosa foi superada pelos fatos científicos. (B) o misticismo perdeu terreno diante de descobertas científicas. (C) a religião e a ciência não se opõem. (D) a ciência é, logicamente, a maior adversária da fé. (E) a religião é uma impossibilidade diante da verdade científica. 20. O segundo parágrafo, em relação ao primeiro, constrói uma ideia de (A) oposição (B) explicação (C) comparação (D) sequência cronológica (E) proporcionalidade 21. O terceiro parágrafo do texto diz que as explicações místicas do mundo são originárias (A) da dificuldade maior de compreensão dos fatos científicos. (B) do espírito religioso da maioria das pessoas. (C) da difusão evangélica de explicações bíblicas para o mundo. (D) da falta de educação e de cultura do povo em geral. (E) do comodismo diante de problemas de fácil solução.
  10. 10. VMSIMULADOS PDI ─ PEB I ─ PEB II - CONHECIMENTOS BÁSICOS – SME/OSASCO contato@vmsimulados.com.br :www.vmsimulados.com.br 10 22. No último parágrafo, o emprego da expressão “ou seja” indica que vai estar presente na progressão do texto, (A) uma retificação. (B) uma enumeração. (C) uma explicação. (D) um resumo. (E) uma exemplificação. 23. O texto serve de base para esta prova deve ser classificado como (A) narrativo, pois apresenta uma sequência cronológica de fatos. (B) descritivo, pois apresenta qualidades e características de realidades distintas. (C) informativo, pois seu objetivo maior é informar o leitor sobre discussões de caráter intelectual. (D) argumentativo, pois apresenta uma ideia e argumentos que a defendem. (E) publicitário, pois apresenta temas que vão ser abordados na revista. 24. “Durante boa parte dessa história, elas foram simplistas – bastava atribuir ao incompreendido a mão invisível de um criador supremo, e tudo estava resolvido”. Nesse segmento do texto, os primeiros dois elementos que fazem coesão referencial com os anteriores são (A) dessa história – elas (B) elas – tudo (C) dessa história – tudo (D) elas – incompreendido (E) dessa história – incompreendido 25. “nós aprofundamos nossa relação com o desconhecido, em vez de destruí‐la”. A maneira de reescrever essa frase do texto que é incorreta ou altera o seu sentido original é: (A) em vez de destruir nossa relação com o desconhecido, nós a aprofundamos. (B) em vez de destruir, nós aprofundamos nossa relação com o desconhecido. (C) nós, em lugar de destruir, aprofundamos nossa relação com o desconhecido. (D) nós aprofundamos, em lugar de destruir, nossa relação com o desconhecido. (E) nossa relação com o desconhecido foi aprofundada, em vez de ter sido destruída.
  11. 11. VMSIMULADOS PDI ─ PEB I ─ PEB II - CONHECIMENTOS BÁSICOS – SME/OSASCO contato@vmsimulados.com.br :www.vmsimulados.com.br 11 26. “Ao usar a ciência para estudar a natureza, o ser humano acaba chegando a mistérios de outra ordem, cuja explicação com toda probabilidade está fora do alcance do método científico”. Sobre a estruturação sintática desse período do texto, é correto afirmar que (A) o período é composto por três orações. (B) a primeira oração do período é classificada como principal. (C) o período é composto por coordenação e subordinação. (D) o período tem duas orações reduzidas de infinitivo. (E) a última oração do período é subordinada substantiva. 27. “Ao usar a ciência para estudar a natureza,...”. Assinale a alternativa que indica a forma correta de substituir as formas verbais sublinhados por formas desenvolvidas. (A) Quando usa a ciência para o estudo da natureza. (B) Quando usa a ciência para que estude a natureza. (C) Quando usou a ciência para que estudasse a natureza. (D) No uso da ciência para o estudo da natureza. (E) Quando do uso da ciência para que se estude a natureza. 28. Assinale a frase que apresenta forma verbal na voz passiva. (A) “Para serem compreendidos, elas dependem da alfabetização...”. (B) “Nada poderia estar mais longe da verdade”. (C) “Ao usar a ciência para estudar a natureza...” (D) “...bastava atribuir ao incompreendido a mão invisível de um criador supremo, e tudo estava resolvido”. (E) “...ao explorar cientificamente o mundo, nós aprofundamos nossa relação com o desconhecido”. 29. A palavra abaixo que é escrita obrigatoriamente com acento por não existir uma palavra correspondente sem acento é: (A) história (B) nós (C) científico (D) até (E) única
  12. 12. VMSIMULADOS PDI ─ PEB I ─ PEB II - CONHECIMENTOS BÁSICOS – SME/OSASCO contato@vmsimulados.com.br :www.vmsimulados.com.br 12 30. A alternativa em que as palavras indicadas são formadas por processos de formação diferente é: (A) simplista – invisível (B) humana – explicação (C) criador – compreensão (D) conhecimento – previsibilidade (E) intervenção – científico 31. Acerca da concordância verbal, assinale a alternativa incorreta: (A) Uma manada de elefantes correu em direção aos tigres. (B) Ribeirão Pires qualifica, cada vez mais, os professores da rede municipal de ensino. (C) A maior parte dos hóspedes daquele hotel é estrangeira. (D) Vossa Excelência queres uma ajuda para carregar as malas? (E) Fui eu que preparei o almoço. 32. Em relação à concordância nominal, analise as sentenças abaixo: I. A viagem foi sensacional, pois nadamos em rios e lagoas calmos e fizemos caminhadas na mata. II. Elas próprias resolveram as equações matemáticas. III. Precisamos correr para o refeitório, pois já é meio-dia e meio. IV. Durante a excursão, conheci pessoas o mais interessantes possível. (A) Apenas II e IV estão corretas. (B) Apenas I, III e IV estão corretas. (C) Apenas I, II e IV estão corretas. (D) Apenas II e III estão corretas. (E) Todas estão corretas.
  13. 13. VMSIMULADOS PDI ─ PEB I ─ PEB II - CONHECIMENTOS BÁSICOS – SME/OSASCO contato@vmsimulados.com.br :www.vmsimulados.com.br 13 33. Analise, acerca da regência dos termos, as afirmativas abaixo: I. Agradeci-lhes, com os olhos marejados, a surpresa. II. Como é exagerada, nós aspiramos todas as manhãs ao perfume dela. III. Vou ao dentista. (A) I e III estão corretas. (B) Apenas II está correta. (C) I e II estão corretas. (D) I e II estão incorretas. (E) Todas estão incorretas. 34. Indique a alternativa que completa, de acordo com a devida regência, as lacunas abaixo: Eu sou residente ___ rua das Laranjeiras. É preferível comer vegetais e legumes ___ frituras. (A) à – a. (B) a – à. (C) na – a. (D) na – à. (E) à – do que. 35. Analise as sentenças abaixo: I. Nada me preocupa tanto quanto a sua felicidade. II. Quero-lhe muito bem! III. Não fosse os meus compromissos, acompanhar-te-ia nessa viagem. (A) Apenas em I o pronome foi empregado corretamente. (B) Apenas em II o pronome foi empregado corretamente. (C) Apenas em III o pronome foi empregado corretamente. (D) Em I, II e em III os pronomes foram empregados corretamente. (E) Em I, II e em III os pronomes foram empregados incorretamente.
  14. 14. VMSIMULADOS PDI ─ PEB I ─ PEB II - CONHECIMENTOS BÁSICOS – SME/OSASCO contato@vmsimulados.com.br :www.vmsimulados.com.br 14 36. Assinale a alternativa em que haja impropriedade no uso da expressão destacada. (A) Estamos a fim de conversar com eles. (B) Estamos a cerca de quinze dias do Natal. (C) Em princípio, todos são iguais perante a lei. (D) As ideias do candidato em quem votei vêm ao encontro das minhas expectativas. (E) Os alunos iam saindo à medida em que os professores os liberavam. 37. Supondo que o capacho à porta da casa estivesse falando com a visita na forma “vós”, que texto o Cascão gostaria de ter lido? (A) Não limpais os pés. (B) Não limpeis os pés. (C) Não limpem os pés. (D) Não limpai os pés. (E) Não limpei os pés. 38. Quanto à acentuação gráfica, a relação de palavras em que todas estão conformes ao atual Acordo Ortográfico é (A) família – arcaico – espermatozóide – pólo. (B) epopeia – voo – tranquilo – constrói. (C) troféu – bilíngue – feiúra – entrevêem. (D) decompor – agüentar – apóio – colmeia. (E) linguística – joia – refém – assembléia.
  15. 15. VMSIMULADOS PDI ─ PEB I ─ PEB II - CONHECIMENTOS BÁSICOS – SME/OSASCO contato@vmsimulados.com.br :www.vmsimulados.com.br 15 39. Observando as palavras “nua”, “sou” e “suicida” tem-se, respectivamente: (A) Hiato, ditongo e ditongo; (B) Ditongo, hiato, ditongo; (C) Hiato, hiato, hiato; (D) Ditongo, hiato, hiato; (E) Hiato, ditongo, hiato. 40. Fazem o plural como o substantivo destacado em “QUESTÃO simulada” todos os substantivos relacionados em: (A) confissão – decisão – cidadão. (B) paixão – pagão – charlatão. (C) expressão – escrivão – cristão. (D) capitão – irmão – corrimão. (E) opinião – limão – fração. CONHECIMENTOS PEDAGÓGICOS 41. A tendência pedagógica adotada pela escola traduz muito de seus objetivos, ou seja, da sua finalidade social. A consciência da tendência pedagógica assumida pela escola é fundamental para o docente analisar e direcionar sua prática em sala de aula. A escola que norteia sua prática tendo como objetivo preparar os indivíduos para desempenhar papéis sociais de acordo com as suas aptidões pessoais; que objetiva ensinar o indivíduo a se adaptar aos valores e normas sociais, está de acordo com a tendência pedagógica: (A) libertária. (B) liberal. (C) transformadora. (D) progressista. (E) crítico social dos conteúdos.
  16. 16. VMSIMULADOS PDI ─ PEB I ─ PEB II - CONHECIMENTOS BÁSICOS – SME/OSASCO contato@vmsimulados.com.br :www.vmsimulados.com.br 16 42. Leia o fragmento a seguir: “A pedagogia renovada ou _____, está centrada nos _____, na espontaneidade da produção do conhecimento e no educando com suas _____ individuais.” Assinale a alternativa que completa corretamente as lacunas do fragmento acima. (A) Tecnicista – sentimentos – desigualdades (B) Escolanovista – sentimentos – diferenças (C) Tecnicista – conteúdos – desigualdades (D) Tradicional – sentimentos – diferenças (E) Escolanovista – conteúdos – identidades 43. Para Telma Weisz, o trabalho de um professor que partilha da concepção construtivista da aprendizagem, orienta-se por (A) planejar situações de ensino tendo em vista que os conhecimentos prévios dos alunos costumam ser equivocados e que suas hipóteses levam a erros de difícil correção. (B) organizar as atividades de ensino que promovam a superação dos erros cometidos com maior frequência pelos alunos e a assimilar as concepções adequadas sobre o conhecimento. (C) reconhecer que o estímulo para que os alunos participem da cultura é fortemente comprometido pela ausência, neles, das lógicas necessárias à aprendizagem significativa. (D) reconhecer o esforço dos alunos na realização de uma tarefa escolar e se empenhar para observar com cuidado o que o aluno diz ou faz em relação ao que está sendo ensinado. (E) reconhecer que os saberes das crianças mais pobres conflitam com a aprendizagem dos conteúdos escolares, uma vez que neles estão ausentes aspectos importantes da cultura letrada. 44. Assinale a alternativa que indica uma ação do Governo Federal, implantada em 2007, voltada para a qualidade da Educação Pública. (A) IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica). (B) PISA (Programa Internacional de Avaliação dos Estudantes). (C) LLECE (Laboratório Latino americano de Avaliação da Qualidade da Educação). (D) ANA (Avaliação Nacional da Alfabetização). (E) ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio).
  17. 17. VMSIMULADOS PDI ─ PEB I ─ PEB II - CONHECIMENTOS BÁSICOS – SME/OSASCO contato@vmsimulados.com.br :www.vmsimulados.com.br 17 45. Analise os itens seguintes sobre a História da Educação Infantil no Brasil. I. É ministrada normalmente no período compreendido entre os zero e os seis anos de idade de uma criança. II. No Brasil, por volta da década de 1970, com o aumento do número de fábricas, iniciaram-se os movimentos de mulheres e os de luta por creche, resultando na necessidade de criar um lugar para os filhos da massa operária, surgindo então as creches, com um foco totalmente assistencialista, visando apenas o “cuidar”. III. Só em 1988 a educação infantil teve início ao seu reconhecimento, quando pela primeira vez, foi colocada como parte integrante da Constituição, depois em 1990, com o Estatuto da Criança e do adolescente (ECA, Lei federal 8069/90), entre os direitos estava o de atendimento em creches e pré- escolas para as crianças até os 6 anos de idade. IV. Em 1994, aconteceu a Conferência Nacional de Educação para Todos, e um dos eventos preparatórios à conferência foi o I Simpósio Nacional de Educação Infantil, que aprovou a Política Nacional de educação Infantil, com o apoio da CNEI. A quantidade de itens corretos é : (A) 0 (B) 1 (C) 2 (D) 3 (E) 4 46. Em1931, durante a “IV Conferência Nacional de Educação”, foi solicitado aos conferencistas que formulassem um plano com princípios orientadores da política educacional. Assinale a alternativa que indica o nome do documento que representa o desejo de um novo modelo educacional para o Brasil. (A) Plano Nacional de Educação. (B) Parâmetros Curriculares Nacionais. (C) Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e Valorização dos Profissionais de Educação. (D) Manifesto dos Pioneiros da Educação Nova. (E) Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional.
  18. 18. VMSIMULADOS PDI ─ PEB I ─ PEB II - CONHECIMENTOS BÁSICOS – SME/OSASCO contato@vmsimulados.com.br :www.vmsimulados.com.br 18 47. Um estudo realizado por Moysés Kessel (1954) mostrou a dramaticidade da situação na década de quarenta: do total de crianças que se matricularam pela primeira vez no primeiro ano, em 1945, apenas 4% concluíram o primário em 1948, sem reprovações; dos 96% restantes, metade não concluiu sequer o primeiro ano. Trinta anos depois, Barreto (1984) não nos autoriza qualquer otimismo: os dados oficiais, aparentemente indicativos de uma melhoria da prestação de serviços escolares à população, são relativizados quando repassados pelos olhos atentos de quem se propõe a procurar nos números sua face mais óbvia. (PATTO, 1996) O texto acima trata de um dos maiores problemas da educação brasileira: altos índices de repetência. A História mostra-nos uma cronificação desse estado de coisas bem como inúmeras tentativas de reverter esse quadro a partir de: I. sucessivas reformas educacionais; II. subvenção de pesquisas sobre suas causas; III. medidas técnico-administrativas; IV. programas de formação continuada de professores. Analise os itens acima e assinale: (A) se apenas os itens I, II e III estiverem corretos. (B) se apenas os itens I e II estiverem corretos. (C) se apenas os itens III e IV estiverem corretos. (D) se todos os itens estiverem corretos. (E) se apenas os itens II, III e IV estiverem corretos. 48. Segundo Macedo, o professor de “ontem” é muito diferente do professor de “hoje” quanto às exigências que lhe eram e são feitas. Atualmente, espera-se que o professor ensine segundo a lógica da inclusão, o que implica (A) que as competências de ensinar devem ser dissociadas das competências do aprender. (B) a necessidade de aprimorar as técnicas de ensino. (C) a necessidade de fortalecer a leitura e a escrita. (D) garantir que cada professor desenvolva integralmente o conteúdo estabelecido. (E) que ensinar e aprender são indissociáveis.
  19. 19. VMSIMULADOS PDI ─ PEB I ─ PEB II - CONHECIMENTOS BÁSICOS – SME/OSASCO contato@vmsimulados.com.br :www.vmsimulados.com.br 19 49. Para que o docente possa ter uma prática intercultural, é necessário conhecer, na teoria, as características que permeiam a cultura escolar e a cultura da escola. Relacione os conceitos listados a seguir aos seus respectivos atributos. 1. Cultura escolar 2. Cultura da escola ( ) Apresenta parâmetros de homogeneização, normatização, rotinização e didatização. ( ) Apresenta múltiplas vertentes de cultura vivida, intercambiada, na qual atuam as culturas sociais de referência dos atores de espaço escolar. ( ) Está associada ao currículo formal, aos conteúdos-objeto a serem trabalhados no processo ensino-aprendizagem, ao que é proposto pela escola como finalidade de aprendizagem. ( ) Está associada ao currículo vivido, constituído pelo intercâmbio e pelas interações presentes na dinâmica escolar de transmissão assimilação, em que estão presentes crenças, aptidões, valores, atitudes e comportamentos dos sujeitos envolvidos nesse processo. Assinale a alternativa que mostra a relação correta, na ordem de cima para baixo. (A) 1 – 2 – 1 – 2 (B) 1 – 1 – 2 – 2 (C) 2 – 1 – 2 – 1 (D) 2 – 2 – 1 – 1 (E) 2 – 2 – 1 – 2 50. Luckesi (2011) afirma que o exercício pedagógico escolar está estruturado em uma pedagogia do exame mais do que em uma pedagogia de ensino/aprendizagem. Assinale a alternativa que apresenta uma prática voltada para a pedagogia do ensino/aprendizagem. (A) Os alunos estão com a atenção centrada na promoção e, por isso, procuram saber as normas e os modos pelos quais as notas são obtidas. (B) Os professores utilizam as provas como instrumentos de ameaça, alegando ser um elemento motivador da aprendizagem. (C) Os pais, em geral, ficam na expectativa das notas de seus filhos, isto é, o importante é que tenham nota para serem aprovados. (D) A avaliação é vista como um diagnóstico da qualidade dos resultados implicando, caso não tenha sido satisfatório, a retomada do curso da ação. (E) O ensino centra se no treinamento para resolver questões, tendo em vista a preparação para a prova.
  20. 20. VMSIMULADOS PDI ─ PEB I ─ PEB II - CONHECIMENTOS BÁSICOS – SME/OSASCO contato@vmsimulados.com.br :www.vmsimulados.com.br 20 51. Planejar é uma atividade cotidiana que abrange desde os afazeres mais simples, como ir ao mercado e fazer compras, até aqueles mais complexos e elaborados, como o planejamento de grandes empresas e instituições. Planejamento pode ser entendido como um processo, mas também como uma ferramenta de trabalho. Assinale a afirmativa que apresenta a definição de planejamento. (A) É um procedimento importante para a estrutura escolar, ainda que não apresente uma finalidade específica. (B) É um processo que se restringe, no campo educacional, aos planos de aula do professor e ao calendário de atividades. (C) É um processo estático que envolve tomadas de decisões imediatas. (D) É um processo que se realiza em etapas que não podem ser modificadas nem substituídas. (E) É um processo contínuo que envolve elaboração, execução e avaliação. 52. Os projetos integrados são uma via metodológica que se propõe a superar o processo de ensinar e aprender fragmentado, disciplinar, descontextualizado e unilateral. Partindo dessa afirmativa, analise as afirmativas a seguir: I. O aluno aprende participando, vivenciando sentimentos – ensina-se não só pelas respostas dadas, mas principalmente pelas experiências proporcionadas, pelos problemas criados, pela ação desencadeada. II. Ao participar de um projeto, o aluno está envolvido em uma experiência educativa em que o processo de construção de conhecimento não pode enveredar-se por caminhos não previstos no planejamento. III. O aluno deixa de ser apenas um “aprendiz” do conteúdo de uma área de conhecimento qualquer. É um ser humano que está desenvolvendo uma atividade complexa. IV. Nesse processo, o aluno está se apropriando, ao mesmo tempo, de um determinado objeto de conhecimento cultural e se formando como sujeito cultural. As afirmativas corretas são: (A) I, II e III, somente. (B) I, III e IV, somente. (C) I, II e IV, somente. (D) II, III, IV, somente. (E) II e IV, somente.
  21. 21. VMSIMULADOS PDI ─ PEB I ─ PEB II - CONHECIMENTOS BÁSICOS – SME/OSASCO contato@vmsimulados.com.br :www.vmsimulados.com.br 21 53. As alternativas a seguir apresentam procedimentos que devem ser adotados para operacionalizar a avaliação, à exceção de uma. Assinale-a. (A) Articular o instrumento com os conteúdos planejados, ensinados e aprendidos pelos educandos. (B) Cobrir uma pequena amostra de todos os conteúdos ensinados e aprendidos. (C) Compatibilizar os níveis de dificuldade do que está sendo avaliado com os níveis de dificuldade do que foi ensinado. (D) Compatibilizar as habilidades do instrumento de avaliação com as habilidades trabalhadas na prática. (E) Usar uma linguagem clara e compreensível, para salientar o que se deseja pedir. 54. A concepção de avaliação contemplada na Introdução aos Parâmetros Curriculares Nacionais nos orienta a reconhecer os resultados obtidos por meio da avaliação como indicadores: (A) do recorte definitivo de uma realidade. (B) da estigmatização do aluno. (C) para a reorientação da prática educacional. (D) do caráter de terminalidade do processo. (E) da função social da escola. 55. Na compreensão da avaliação, enquanto relação de diálogo entre professor e aluno, o conhecimento deve ser entendido, de acordo com Hoffman (Ideias, n.º 22), como (A) o domínio pelo professor do saber a ser transmitido. (B) a aquisição pelo aluno do saber transmitido pelo professor. (C) a apropriação do saber pelo aluno e também pelo professor. (D) a ampliação do saber do aluno, a partir da transmissão do professor. (E) os acertos do aluno frente às questões que lhe são propostas pelo professor.
  22. 22. VMSIMULADOS PDI ─ PEB I ─ PEB II - CONHECIMENTOS BÁSICOS – SME/OSASCO contato@vmsimulados.com.br :www.vmsimulados.com.br 22 56. Muitas vezes, no cotidiano das avaliações escolares, o que é ensinado importa mais que o que é aprendido. De acordo com Luckesi (2011), avaliar vem do latim, “a valere”, ou seja, “dar valor a...”, de modo que a “avaliação” refere se à capacidade de se atribuir uma qualidade ou valor a um determinado objeto ou a algo. As alternativas a seguir estão de acordo com a perspectiva defendida por esse autor, à exceção de uma. Assinale-a. (A) A avaliação deve se constituir em uma prática seletiva, permitindo separar os alunos em bem e malsucedidos, para valorizar apenas os alunos bem posicionados. (B) A avaliação da aprendizagem deve ser vista como um ato acolhedor, integrativo, inclusivo, uma vez que fornece suporte para mudanças. (C) A avaliação da aprendizagem tem dois objetivos: auxiliar o aluno no seu desenvolvimento pessoal, a partir do processo de ensino aprendizagem, e responder à sociedade pela qualidade do trabalho realizado. (D) A avaliação deve reconhecer as tradições culturais e valorizar os conhecimentos prévios trazidos pelos alunos. (E) O educando não deve ser castigado pelos outros ou por si mesmo em função de uma avaliação “malsucedida”. Deve se utilizá-la positivamente para avançar na busca da solução pretendida. 57. “Podemos dizer que a atual prática da avaliação escolar (...) possibilita um processo cada vez menos democrático no que se refere tanto à expansão do ensino quanto à sua qualidade.” (Luckesi, 2011) Segundo esse autor, deve haver uma maior articulação entre a avaliação e o planejamento porque (A) enquanto o planejamento é o ato pelo qual se decide o que construir, a avaliação é o ato crítico que subsidia a verificação de como está sendo construído o projeto. (B) enquanto o planejamento permite rever o projeto pedagógico, a avaliação possibilita mudar os processos de ensino. (C) enquanto a avaliação dimensiona o que se vai construir, o planejamento subsidia essa construção porque fundamenta novas decisões. (D) enquanto a atividade de avaliar dimensiona política e tecnicamente a atividade escolar, o planejamento deve ser construído por todos que compõem o corpo profissional da escola. (E) enquanto o planejamento identifica impasses e encontra caminhos para superá-los, a avaliação subsidia soluções alternativas para um determinado percurso de ação.
  23. 23. VMSIMULADOS PDI ─ PEB I ─ PEB II - CONHECIMENTOS BÁSICOS – SME/OSASCO contato@vmsimulados.com.br :www.vmsimulados.com.br 23 58. Ao longo do processo de avaliação três questões se impõem:  Para que se avalia?  O que se avalia?  Quem avalia? Considerando que a avaliação tradicional deve ser substituída por uma dinâmica de avaliação capaz de trazer para a escola elementos de crítica e transformação ativa, é possível considerar que: I. o projeto pedagógico da escola interfere no desempenho dos alunos, uma vez que eles são influenciados pelo próprio contexto escolar; II. toda a equipe da instituição escolar é objeto e sujeito da avaliação: devem- se analisar os fatores internos da escola, reconhecendo as práticas que levam à evasão dos alunos; III. nos anos iniciais, a avaliação é prescindível, uma vez que o currículo se organiza em torno dos interesses dos alunos; IV. a avaliação classificatória tem importância social e política no fazer educativo, porque contribui para a permanência do aluno na escola. Analise os itens acima e assinale: (A) se somente os itens I e II estiverem corretos. (B) se somente os itens I, II e III estiverem corretos. (C) se somente os itens I, II e IV estiverem corretos. (D) se somente os itens I e IV estiverem corretos. (E) se todos os itens estiverem corretos. 59 Silva (2004) afirma que os textos de Paulo Freire têm implicações importantes para a teorização sobre o currículo. A crítica de Paulo Freire ao currículo existente está sintetizada (A) no conceito de educação libertária. (B) no conceito de educação problematizadora. (C) no conceito de mídiaeducação. (D) no conceito de educação bancária. (E) no conceito de educação multicultural.
  24. 24. VMSIMULADOS PDI ─ PEB I ─ PEB II - CONHECIMENTOS BÁSICOS – SME/OSASCO contato@vmsimulados.com.br :www.vmsimulados.com.br 24 60. Relacione os conceitos listados a seguir com sua respectiva definição. 1. Multiculturalismo 2. Interculturalismo 3. Pluriculturalismo ( ) Enfatiza a manutenção da identidade de cada cultura. ( ) Enfatiza a relação entre culturas. ( ) Reconhece que, em um mesmo território, existem diferentes culturas. Assinale a alternativa que mostra a relação correta, na ordem de cima para baixo. (A) 1 – 2 – 3 (B) 1 – 3 – 2 (C) 2 – 3 – 1 (D) 3 – 2 – 1 (E) 3 – 1 – 2 61. A pedagogia do dominante é baseada numa concepção “bancária”, centrada predominantemente na narração. Afirma Paulo Freire: “A narração, de que o educador é sujeito, conduz os educandos à memorização mecânica do conteúdo narrado. Mais ainda, os transforma em 'vasilhas', em recipientes a serem 'enchidos' pelo educador”. Em relação à pedagogia do dominante, do pedagogo Paulo Freire, é correto afirmar que: I. Na concepção “bancária” da educação, a única margem de ação que se oferece aos educandos é a de receberem os depósitos, guardá-los e arquivá-los. II. Estabelece uma relação de horizontalidade e de democracia em relação ao ensino. III. O professor “deposita” o saber e o “saca” através do exame. Está(ão) correta(s): (A) Apenas I e II. (B) Apenas I e III. (C) Apenas a I. (D) Apenas a II. (E) I, II e III.
  25. 25. VMSIMULADOS PDI ─ PEB I ─ PEB II - CONHECIMENTOS BÁSICOS – SME/OSASCO contato@vmsimulados.com.br :www.vmsimulados.com.br 25 62. Considerando as análises de Vygotsky a respeito do desenvolvimento infantil, é correto afirmar que: (A) é pelo uso dos signos que há um crescente desenvolvimento nas crianças. A fala internalizada se torna constante e profunda dos processos psicológicos superiores. (B) uma criança resolve sob seus próprios conhecimentos, um problema, independente do nível real de desenvolvimento. (C) o desenvolvimento histórico da humanidade se identifica com os estágios de desenvolvimento individual. (D) a criança em desenvolvimento internaliza a linguagem social tornando-a pessoal, impossibilitando a unidade entre pensamento verbal e fala racional. (E) o desenvolvimento infantil se constrói por etapas sucessivas que se justapõem à proporção que as estruturas mentais amadurecem. 63 As alternativas a seguir apresentam princípios norteadores do projeto político pedagógico, à exceção de uma. Assinale-a. (A) A qualidade educacional não pode ser privilégio de minorias econômicas e sociais. O desafio para o projeto político-pedagógico da escola é o de propiciar qualidade para todos. (B) O projeto político-pedagógico exige dos educadores, funcionários, alunos e pais a definição clara do tipo de escola que intentam, contudo, sem limitar a demarcação de fins. (C) A gestão democrática no interior da escola não é um princípio fácil de ser consolidado, pois se trata da participação crítica na construção do projeto político-pedagógico e da sua gestão. (D) A formação continuada deve estar centrada na escola e fazer parte do projeto político-pedagógico. (E) A preocupação com a igualdade de condições para acesso e permanência na escola é um fator relevante na formulação do projeto político pedagógico. 64. O indivíduo é um sujeito histórico que, em constante relação com o mundo, constrói conhecimento a partir de alguma “bagagem” que traz consigo. Esse processo se dá pela interação social mediada pela linguagem. Assinale a alternativa que apresenta essa concepção de conhecimento. (A) Efeito pigmaleão. (B) Aprendizagem memorística. (C) Conhecimento prévio. (D) Educação bancária. (E) Educação espontaneísta.
  26. 26. VMSIMULADOS PDI ─ PEB I ─ PEB II - CONHECIMENTOS BÁSICOS – SME/OSASCO contato@vmsimulados.com.br :www.vmsimulados.com.br 26 65. Na escola da professora Alice, as frequentes reuniões desse semestre visam à construção do Projeto Político-Pedagógico. É do conhecimento de todos da equipe que o Projeto contribuirá para mudanças significativas na escola, se considerar que: (A) alunos e professores ficarão responsáveis pela tarefa de construir o Projeto, de acordo com um calendário previamente distribuído pela direção da escola. (B) a comunidade deve participar da construção desse Projeto, votando nas eleições para diretor da escola e comparecendo às reuniões para entrega de boletins. (C) a escola pode abrir mão das decisões inerentes a ela, pois, com isso, conquista sua autonomia e especificidade. (D) a comunidade deverá ser convidada a participar mais ativamente somente em caso de necessidade, principalmente para montar mutirões. (E) a elaboração do Projeto só se dá por meio de um processo de construção coletiva, envolvendo alunos, pais, professores, funcionários e representantes da comunidade. 66. “Trabalhar com a educação envolve também o desenvolvimento de um olhar atento aos modos como as mídias mobilizam as audiências e aos usos que diferentes grupos sociais fazem das tecnologias de informação e comunicação”. (OROFINO, Maria Isabel, Educação Intercultural, Fleuri, 2003) Assinale a alternativa que retrata a postura defendida pela autora. (A) A escola, na condição de instituição social, não deve desempenhar um papel estratégico como espaço de crítica ao consumo social das mídias porque essa é uma função das famílias. (B) É inviável a construção de uma pedagogia dos meios (recepção e produção crítica) no desenvolvimento do consumo cultural reflexivo. (C) A escola atua em nível local e, por isso não consegue intervir em processos de consumo crítico e de ressignificação das mensagens difundidas pelos meios de comunicação. (D) A escola solicita que crianças e adolescentes tenham acesso igualitário a essas novas mídias acompanhadas de mediações, ou seja, de um consumo reflexivo. (E) O papel da escola é reproduzir a ideologia dominante porque não se configura como um espaço cultural para o desenvolvimento crítico.
  27. 27. VMSIMULADOS PDI ─ PEB I ─ PEB II - CONHECIMENTOS BÁSICOS – SME/OSASCO contato@vmsimulados.com.br :www.vmsimulados.com.br 27 67. Tardif e Lessard (2005) afirmam que a questão da preparação das aulas constitui uma tarefa importante e regular dos professores. Com relação aos elementos que devem ser considerados para o planejamento do ensino, assinale V para a afirmativa verdadeira e F para a falsa. ( ) A organização do conteúdo, o tempo e o espaço disponíveis e o material pedagógico são fundamentais para que a aula transcorra de modo proveitoso. ( ) A natureza da matéria a ser ensinada e seu grau de dificuldade são levados em conta, além da lógica necessária para relacioná-la com outras matérias. ( ) O conhecimento do professor sobre os alunos, suas diferenças, habilidades e interesses não devem ser considerados para a adoção de medidas especiais. As afirmativas são, respectivamente, (A) F, V e F. (B) V, F e F. (C) V, V e F. (D) F, V e V. (E) F, F e V. 68. Tardif e Lessard (2005) destacam que a noção de experiência designa a vivência prática (docência in locu). Com relação à necessidade da experiência oriunda do trabalho, assinale V para a afirmativa verdadeira e F para a falsa. ( ) A experiência cumpre uma função acrítica, levando o docente à aceitação incondicional das diretivas oficiais, das orientações curriculares, dos conhecimentos formais, etc. ( ) A formação inicial não realiza suas promessas, forçando os professores a inventarem seu próprio conhecimento concreto de trabalho a partir da sua realização. ( ) A experiência se cristaliza no saber fazer, realizando se nas rotinas de trabalho. As afirmativas são, respectivamente, (A) F, V e V. (B) F, V e F. (C) F, F e V. (D) V, V e F. (E) V, V e V.
  28. 28. VMSIMULADOS PDI ─ PEB I ─ PEB II - CONHECIMENTOS BÁSICOS – SME/OSASCO contato@vmsimulados.com.br :www.vmsimulados.com.br 28 69. Há práticas pedagógicas que estimulam a construção da autonomia. Outras, ao contrário, contribuem para a heteronomia. A esse respeito, analise os itens a seguir: I. encorajar as crianças a estimar quantidades, antes da contagem; II. solicitar a colaboração das crianças na arrumação da sala de aula; III. trazer livros para a sala e solicitar que os alunos selecionem aqueles que desejam ler; IV. oferecer diferentes materiais para que os alunos ilustrem suas histórias. Professores que acreditam que a autonomia está na base da aprendizagem desenvolvem práticas como as dos itens: (A) I, II e IV, somente. (B) II e III, somente. (C) I, II, III e IV. (D) I, III e IV, somente. (E) II e IV, somente. 70. Delia Lerner, ao narrar o percurso de processos de capacitação de professores para o ensino da leitura e da escrita, conclui que duas condições parecem ser necessárias para torná-los fecundos: (A) Que o capacitor se esforce para entender os problemas apresentados pelos professores, as razões de pensarem como pensam e decidir o que decidem, assim como para fazer com que os professores se sintam autorizados a atuar de forma autônoma, tendo razões próprias para tomar e assumir decisões. (B) Pôr em primeiro plano os conteúdos psicológicos e linguísticos por serem estes os fundamentos do ensino da escrita e da leitura e, aplicar tais conhecimentos na produção de respostas aos problemas que os professores devem enfrentar na tarefa cotidiana em sala de aula. (C) Investigar rigorosamente as situações didáticas narradas pelos professores e, explicar, detalhadamente, a aplicação em sala de aula, das atividades apresentadas como exemplo, para que as aprendizagens dos alunos se realizem nos conteúdos específicos da leitura e da escrita. (D) Priorizar a tomada de consciência, pelos professores, do ato de escrita e da leitura e apresentar-lhes os critérios a partir dos quais devem analisar as atividades de ensino que realizam em sala de aula. (E) Definir previamente quais são os problemas desafiantes para os professores, fazendo destes o objeto de tratamento no contexto da capacitação e, reconhecer, como ponto de partida, que capacitores e professores têm preocupações distintas em relação ao ensino e à aprendizagem da leitura e da escrita.
  29. 29. VMSIMULADOS PDI ─ PEB I ─ PEB II - CONHECIMENTOS BÁSICOS – SME/OSASCO contato@vmsimulados.com.br :www.vmsimulados.com.br 29 71. (Charge retirada do livro Aprender pensando. Terezinha Nunes (org.). Petrópolis/RJ, Vozes, 1986, p. 13.) Aulas como a da professora dessa charge ainda são comuns nas escolas do nosso país. É possível afirmar, então, que, por trás da prática de cada professor, existe um conjunto de ideias que a orienta. A postura dessa professora expressa uma concepção de aprendizagem em que: I. o conhecimento não é gerado do nada, é uma permanente transformação a partir do conhecimento que já existe; II. o aprendiz é aquele que vai juntando informações e, consequentemente, aprende exatamente o que lhe é ensinado; III. o conhecimento é incorporado de forma compartimentalizada diretamente pelo sujeito que integra novos conhecimentos aos já existentes; IV. o conhecimento pedagógico é construído coletivamente por alunos e professores, numa relação dialógica. Estão corretas as seguintes afirmativas: (A) I e II, somente. (B) III e IV, somente. (C) II e III, somente. (D) I e IV, somente. (E) II e IV, somente.
  30. 30. VMSIMULADOS PDI ─ PEB I ─ PEB II - CONHECIMENTOS BÁSICOS – SME/OSASCO contato@vmsimulados.com.br :www.vmsimulados.com.br 30 72. Sabe-se que o aluno não é apenas alguém que sabe ou não sabe o que foi ensinado. Todos nós temos um potencial cognitivo e emocional que nos permite avançar na aprendizagem e que se torna real assim que é atingido. Esse processo dinâmico, em que o desenvolvimento real e potencial se alternam constantemente, aponta para uma avaliação contínua e diagnóstica. Considerando o trecho acima, vejamos, então, o caso de um aluno chamado Rui, que produziu um texto com algumas inadequações observadas pela professora. Aponte o encaminhamento necessário para fazer esse aluno avançar na sua produção textual. (A) O texto é apresentado ao aluno, as inadequações são apontadas e a professora faz algumas recomendações. Não é proposta uma segunda versão. (B) O texto produzido é avaliado pela professora, junto com o aluno, e, após essa avaliação, uma segunda versão é proposta. (C) O texto não é apresentado ao aluno pelo professor. Ele será arquivado em uma pasta que, ao final do ano letivo, será levada para casa. (D) O texto não é apresentado ao aluno para que ele não seja desestimulado e continue a escrever. O erro, na opinião dessa professora, não é matéria- prima de trabalho. (E) O texto, antes de ser devolvido ao aluno, deve ser mostrado aos pais a fim de que eles reforcem na criança a necessidade de acertar. 73. Os Temas Transversais dos Parâmetros Curriculares Nacionais (PCNs) devem estar presentes no projeto educativo da escola através de três patamares: (I) o convívio escolar; (II) o educador como cidadão e (III) a interação entre escola, comunidade e outras instituições. Com relação ao convívio escolar, assinale a afirmativa correta. (A) A criação de condições necessárias para a aplicação dos temas transversais é de exclusiva responsabilidade da gestão escolar. (B) Os responsáveis pela criação do clima escolar favorável para o convívio e para a aprendizagem são os professores da equipe de gestão, sem a participação dos alunos. (C) Os temas transversais devem ser cobrados apenas nas avaliações. (D) As práticas e ações cotidianas nos diferentes âmbitos e esferas da escola devem valorizar os temas transversais. (E) As propostas de trabalho com temas transversais devem ser criadas pelos professores, pois só eles são capazes de articulá-las com os conteúdos curriculares.
  31. 31. VMSIMULADOS PDI ─ PEB I ─ PEB II - CONHECIMENTOS BÁSICOS – SME/OSASCO contato@vmsimulados.com.br :www.vmsimulados.com.br 31 74. A evolução da tecnologia tornou possível a criação da "educomunicação", que sugere a incorporação de recursos tecnológicos e técnicas da comunicação na aprendizagem. Desta maneira, constitui se como um conjunto de práticas que propiciam a introdução dos recursos da informação no ensino, não apenas como instrumentos didáticos (tecnologias educativas) ou objeto de análise (leitura crítica dos meios), mas, principalmente, como meio de expressão e de produção cultural. Assinale a alternativa que representa uma atividade nesta perspectiva. (A) Criar um vídeo a partir de um tema debatido em sala. (B) Editar textos para a realização de tarefas. (C) Utilizar slides para a apresentação de trabalhos. (D) Empregar softwares que os alunos tenham curiosidade em conhecer. (E) Aplicar ferramentas de edição de imagens. 75. Zabala e Arnau (2010), em "Como aprender e ensinar competências", discutem como as competências devem ser trabalhadas no mundo escolar. As alternativas a seguir apresentam os diferentes campos em que as competências devem ser trabalhadas, à exceção de uma. Assinale-a. (A) Campo Social. (B) Campo Pessoal. (C) Campo Religioso. (D) Campo Profissional. (E) Campo Interpessoal. 76. Se o professor tem clareza de que os novos conhecimentos se apoiam em experiências anteriores, ele acredita que: (A) ao avaliar, existem apenas duas alternativas: o aluno aprendeu ou não aprendeu. (B) no processo de avaliação, o momento da prova escrita é o mais importante. (C) só é possível aprender um novo conteúdo a partir de determinados pré- requisitos. (D) a correção é fundamental, pois é a única intervenção possível para substituir respostas erradas por respostas certas. (E) para aprender, o aluno precisa reconstruir seus esquemas interpretativos.
  32. 32. VMSIMULADOS PDI ─ PEB I ─ PEB II - CONHECIMENTOS BÁSICOS – SME/OSASCO contato@vmsimulados.com.br :www.vmsimulados.com.br 32 77. Descrição de uma atividade: Um professor propôs que cada grupo de quatro alunos, um de cada vez, jogasse um dado. A cada jogada, as crianças deveriam separar, individualmente, chapinhas, de acordo com a quantidade que aparecia no dado. Após duas rodadas do jogo, os alunos deveriam comparar as quantidades obtidas por cada um. Ao planejar essa atividade, o professor considerou que: (A) a interação do grupo na resolução de situações-problema não facilita a construção individual do conceito de número. (B) o desenvolvimento da construção do número se dá pelo encaminhamento de propostas que evitem o confronto de ideias entre os participantes do jogo. (C) os alunos necessitam de um ensino frontal do professor, para estabelecer relações entre as diferentes quantidades. (D) no domínio lógico-matemático, a confrontação de pontos de vista propicia o desenvolvimento da capacidade de raciocinar das crianças. (E) como a noção de números está ligada ao futuro mundo profissional, é importante desenvolver a competitividade entre os alunos. 78. São estratégias utilizadas pelo professor que investe, desde os anos iniciais, na formação de leitores proficientes: (A) acreditar que o leitor já nasce pronto – o gosto pela leitura é uma espécie de dom. (B) ler em voz alta, para os alunos, textos cuidadosamente selecionados com diferentes objetivos. (C) ler apenas os textos relacionados aos conteúdos de aprendizagem. (D) ler de improviso, sem se preparar com antecedência, para ser natural. (E) apresentar a leitura como um momento íntimo e individual, que deve ser realizado sempre pelo aluno em casa. 79. De acordo com Emília Ferreiro (Reflexões sobre alfabetização, 2010, pág. 42), a escrita deve ser entendida como (A) um produto de natureza escolar. (B) uma construção de normas linguísticas. (C) um instrumento escolar de comunicação. (D) uma representação fidedigna da oralidade. (E) um objeto coletivo e cultural.
  33. 33. VMSIMULADOS PDI ─ PEB I ─ PEB II - CONHECIMENTOS BÁSICOS – SME/OSASCO contato@vmsimulados.com.br :www.vmsimulados.com.br 33 80. A Modernidade trouxe significativas mudanças para as concepções sobre a infância e a criança, uma vez que: (A) relatou a criança como um problema a ser superado e solucionado pela integração de diferentes campos de pesquisa. (B) definiu a criança como um ser da natureza, dependente do adulto e vítima de uma microestrutura social. (C) dignificou a infância em sua diversidade e monoculturalidade, numa abordagem crítica da cultura hegemonicamente dominante. (D) propiciou uma perspectiva social da infância cuja ênfase está nas dimensões cognitiva e natural. (E) apresentou a infância na sua dimensão histórica e social, em contraposição à sua dimensão naturalizada. 81. A professora de uma escola pública municipal afirmou, na reunião de planejamento, que estimula o desenvolvimento da linguagem oral dos seus alunos, uma vez que, com frequência, pergunta a opinião das crianças sobre os textos lidos em sala de aula. O equívoco presente na afirmação apresentada pela professora diz respeito à concepção de que: (A) a atividade proposta permite o uso da linguagem oral apenas em situações em que os alunos deverão expressar o que pensam. (B) as atividades lúdicas com a oralidade promovem a interação e o desenvolvimento da habilidade de expressão. (C) a atividade proposta propicia a exploração das diferenças e semelhanças entre o oral e o escrito. (D) a atividade proposta inclui oportunidades para que os alunos possam elaborar diferentes gêneros de textos orais. (E) as oportunidades para planejar, criteriosamente, diferentes gêneros próprios da linguagem oral estão presentes na atividade proposta pela professora. 82. Para Andy Hargreaves, ensinar para além da sociedade do conhecimento significa a exigência de professores que trabalhem (A) em grupos cooperativos de longo prazo, seguros para enfrentar o dissenso. (B) em equipes, em processos permanentes de reformas. (C) para construir novos e melhores conhecimentos entre as gerações. (D) de forma competitiva, preparados para as adversidades do mercado. (E) com o comportamento emocional dos alunos, assegurando seu desenvolvimento.
  34. 34. VMSIMULADOS PDI ─ PEB I ─ PEB II - CONHECIMENTOS BÁSICOS – SME/OSASCO contato@vmsimulados.com.br :www.vmsimulados.com.br 34 83. Um dia, Antônio, observando o número do canal de televisão, comentou com a avó: “Vovó, esse canal é o dezenove, e como será o dezequatro?” O fato foi relatado à professora do menino, que, por sua vez, relatou para suas colegas, que comentaram: – Mesmo antes de entender as quantidades, as crianças já refletem sobre a escrita dos números. – Eu simplesmente diria a forma correta de se falar o número 14. – Esse tipo de conteúdo não é apropriado para ser trabalhado no momento. – Como podemos considerar a pergunta de Antônio se ele ainda nem sabe o que é um grupo de dez? Os comentários feitos pelas professoras demonstram que: (A) nem todas perceberam que há um raciocínio inteligente por trás da pergunta do Antônio. (B) todas perceberam que há um raciocínio inteligente por trás da pergunta do Antônio. (C) todas acreditam que a aprendizagem se fundamenta em pré-requisitos. (D) todas perceberam que Antônio tinha um problema que precisava ser resolvido imediatamente na escola. (E) nem todas observaram que Antônio estava brincando com a sua avó. 84. “O pensamento não é simplesmente expresso em palavras; é por meio delas que ele passa a existir.” (Vygotsky, 1987) Na prática pedagógica, é fundamental a seleção de alguns conteúdos visando ao desenvolvimento da linguagem oral. São eles: I. os gêneros discursivos e suas características constitutivas; II. o estudo do contexto de produção dos discursos; III. as estratégias e procedimentos utilizados na produção e na escuta dos discursos; IV. o trabalho com a linguagem oral, que dispensa planejamento – o importante é a criança expressar-se livremente. São consideradas corretos os itens: (A) I, II, III e IV. (B) I, III e IV, somente. (C) I e II, somente. (D) I, II, III, somente. (E) II, III e IV, somente.
  35. 35. VMSIMULADOS PDI ─ PEB I ─ PEB II - CONHECIMENTOS BÁSICOS – SME/OSASCO contato@vmsimulados.com.br :www.vmsimulados.com.br 35 85. Assinale a alternativa que indique o paradoxo que não corresponda à realidade da infância, da educação infantil e da criança na sociedade brasileira. (A) A Constituição Federal de 1988 coloca a educação infantil como dever do Estado, direito da criança e opção da família; entretanto, convive-se hoje no país com alto índice de crianças sem acesso à educação infantil por falta de oferta. (B) O Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) estabelece a criança como protagonista, sujeito de direitos, mas ainda assim as crianças no Brasil sofrem maus-tratos, abuso e violência. (C) Na LDB 9394/96, a educação infantil é incorporada à educação básica; entretanto, parte das creches, em especial aquelas que servem às classes populares, ainda trabalham numa perspectiva assistencial. (D) As Diretrizes Curriculares Nacionais instituem os princípios éticos, estéticos e cognitivos e orientam as propostas pedagógicas das instituições exigindo que estas se reformulem em cumprimento à lei, mas que mantenham práticas de educação assistencialista. (E) A educação infantil, com a LDB 9394/96, passa a constituir a educação básica; entretanto, nas escolas, ainda vemos uma separação nítida, tanto em relação aos currículos, quanto em relação ao tratamento de seus profissionais. 86. Uma instituição de educação infantil diz trabalhar com as múltiplas linguagens da criança. Isso quer dizer que: (A) as professoras priorizam duas formas de linguagem em projetos didáticos orientadas pelos interesses das crianças. (B) foram criados espaços criativos para brincadeiras, interações e projetos voltados para expressão musical, corporal, artes plásticas e teatro. (C) a instituição considera que as crianças se comunicam e se expressam com dificuldade; assim, precisam ser estimuladas. (D) as professoras, pautadas nas manifestações, interesses e necessidades das crianças, orientaram os pais a alfabetizá-las. (E) as crianças são respeitadas em suas múltiplas vozes, ou seja, necessidades e anseios.
  36. 36. VMSIMULADOS PDI ─ PEB I ─ PEB II - CONHECIMENTOS BÁSICOS – SME/OSASCO contato@vmsimulados.com.br :www.vmsimulados.com.br 36 87. A articulação entre a formação inicial, a formação continuada e a prática pedagógica das professoras de educação infantil torna-se um tripé fundamental. Assinale a alternativa que apresente a relação citada acima: (A) a formação inicial e a formação continuada não estabelecem uma relação associada com a prática pedagógica presente na educação infantil. (B) as teorias e as práticas docentes se entrecruzam e se transformam em diferentes espaços de formação de professores. (C) as professoras que participam de formações continuadas têm maior flexibilidade ao lidarem com as situações-problema do cotidiano. (D) a escola de educação infantil não é o espaço mais importante de formação continuada para construção de novos conhecimentos. (E) a formação inicial contribui mais para a prática do profissional da educação infantil do ponto de vista da análise de suas atribuições. 88. Nas reuniões que antecedem o ano letivo, a coordenadora pedagógica da Escola Clarice Lispector propôs que cada professor preparasse a sala de aula com um rico ambiente alfabetizador, uma vez que todas elas receberiam alunos ainda não- alfabetizados. Foram diversas as atitudes do corpo docente diante da sugestão da coordenadora. Analise-as e assinale a que corresponda à expectativa da coordenadora pedagógica. (A) Bernadeth e Célia pensaram em juntar vários folhetos de propagandas e rótulos para afixar nos diversos pontos da sala, acreditando que fosse o suficiente para que os alunos se alfabetizassem. (B) Andréa comentou que teve a ideia de colocar personagens da Disney bem coloridos, que conseguira da festa de aniversário do filho de uma amiga. (C) Adriana pensou bem e resolveu preparar a sala com poucos elementos para depois ir discutindo com os alunos o que seria importante colocar nos murais. (D) Natália, que fazia curso de Artes, ficou animada com a perspectiva de preparar um mural com um tema representado apenas por seus desenhos, uma vez que receberia alunos não-alfabetizados. (E) Margareth ia levar no primeiro dia de aula um livro de histórias para sortear entre os alunos alfabetizados.
  37. 37. VMSIMULADOS PDI ─ PEB I ─ PEB II - CONHECIMENTOS BÁSICOS – SME/OSASCO contato@vmsimulados.com.br :www.vmsimulados.com.br 37 89. Diante da perspectiva da educação inclusiva, o currículo escolar passou a ser um dos principais aspectos de atenção na reformulação das propostas pedagógicas das escolas regulares. Diante da revisão das propostas pedagógicas, os Parâmetros Curriculares Nacionais – Adaptações Curriculares: estratégias para a educação de alunos com necessidades especiais (1998) apresentam o conceito de “adaptações curriculares”, que são: (A) atividades que têm por finalidade facilitar o aprendizado do aluno; para isso, podem ser excluídos os conteúdos complexos e o grau de exigência da avaliação pode ser menor. (B) atividades elaboradas à parte do projeto político-pedagógico da escola, organizadas a partir do que o aluno consegue realizar sem ajuda ou apoio do professor. (C) experiências concretas e planejadas no âmbito de cada ano de escolaridade, com o objetivo de propiciar o desenvolvimento acessível dos educandos no processo de alfabetização. (D) estratégias realizadas em três níveis diferentes e independentes no projeto pedagógico da escola, no âmbito familiar e social da comunidade do aluno e no contexto individual. (E) estratégias e critérios de atuação docente, decisões que oportunizam adequar a ação educativa escolar às maneiras peculiares de aprendizagem dos alunos com especificidades para aprender. 90. A inclusão só é possível na medida em que se respeite a identidade sociocultural dos sujeitos, suas particularidades socioeducativas e linguísticas. Diante deste enfoque, as adaptações curriculares para educação especial devem oferecer aos alunos (A) escolas especiais integrais com profissionais qualificados que atendam às necessidades individuais. (B) atividades assistemáticas e abertas, que trabalhem aspectos da vida diária e conduzam à socialização. (C) alterações estruturais, de conteúdo, estratégias, metodologias e recursos como mobiliário, equipamentos e sistemas de comunicação alternativos. (D) propostas homogeneizadoras que atendam às diferenças individuais. (E) equipe de apoio composta de psicólogos, médicos, psicopedagogos e assistentes sociais.
  38. 38. VMSIMULADOS PDI ─ PEB I ─ PEB II - CONHECIMENTOS BÁSICOS – SME/OSASCO contato@vmsimulados.com.br :www.vmsimulados.com.br 38 LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA 91. Segundo a Lei nº 4300/09 que aprova o plano municipal de educação de Osasco, são diretrizes da orientação normativa da ação educativa, I. estabelecer como foco a aprendizagem, apontando resultados concretos a atingir. II. acompanhar cada aluno da rede individualmente, mediante registro da sua frequência e do seu desempenho em avaliações, que devem ser realizadas periodicamente. III. ampliar as possibilidades de permanência do educando sob responsabilidade da unidade educacional para além da jornada regular. IV. fixar regras claras, considerados mérito e desempenho, para nomeação e exoneração de diretor de escola. (A) Apenas II e IV estão corretas. (B) Apenas I, III e IV estão corretas. (C) Apenas I, II e IV estão corretas. (D) Apenas II e III estão corretas. (E) Todas estão corretas. 92. Em consonância com as diretrizes do "Compromisso Todos pela Educação" o município privilegia, como diretrizes gerais para a gestão do Sistema Municipal de Educação de Osasco: I. garantir a participação da Comunidade Educativa que envolve o cotidiano escolar na construção do Projeto Eco-Político-Pedagógico. II. consolidar o Programa de Educação Inclusiva em todas as Unidades educacionais Municipais. III. promover a formação continuada dos servidores e funcionários que atuam na Rede Municipal de Ensino. IV. estabelecer, nas unidades escolares de ensino fundamental, o regime de progressão continuada, de acordo com o Art. 32º, parágrafo 2º, da LDB. Analise os itens acima e assinale: (A) se apenas os itens I, II e III estiverem corretos. (B) se apenas os itens I e II estiverem corretos. (C) se apenas os itens III e IV estiverem corretos. (D) se todos os itens estiverem corretos. (E) se apenas os itens II, III e IV estiverem corretos.
  39. 39. VMSIMULADOS PDI ─ PEB I ─ PEB II - CONHECIMENTOS BÁSICOS – SME/OSASCO contato@vmsimulados.com.br :www.vmsimulados.com.br 39 93. Os artigos 23, 24 e 30 da Constituição Federal Brasileira tratam das competências dos poderes para proporcionar, legislar e manter programas em relação a diversos aspectos, incluindo a educação. Nesse sentido, foram destacadas, a seguir, três ações cujas responsabilidades recaem de forma diferenciada sobre os entes federativos: I. proporcionar os meios de acesso à cultura, à educação e à ciência; II. legislar sobre educação, cultura, ensino e desporto; III. manter programas de educação infantil e de ensino fundamental. A relação de responsabilidade adequada entre os entes federativos está bem definida se considerarmos que: (A) o item I é de competência de todos os entes federativos. (B) o item II é de competência apenas dos Municípios. (C) o item III é de competência da União, dos Estados e do Distrito Federal. (D) todos os itens são de competência somente da União. (E) os itens I e III são de competência exclusiva dos Municípios. 94. De acordo com o artigo 5º da Lei Complementar nº. 168/08 o Magistério Público Municipal de Osasco reger-se-á pelos seguintes princípios, diretrizes e valores, conforme a Constituição da República Federativa do Brasil e, a Lei das Diretrizes e Bases da Educação Nacional: I. igualdade de condições para o acesso e permanência na escola; II. coexistência de instituições públicas e privadas de ensino; III. valorização da experiência extra-escolar; IV. a igualdade de tratamento, vedada qualquer forma de discriminação. Analise os itens acima e assinale: (A) se apenas os itens I, II e III estiverem corretos. (B) se apenas os itens II e IV estiverem incorretos. (C) se apenas os itens III e IV estiverem corretos. (D) se apenas os itens II, III e IV estiverem incorretos. (E) se todos os itens estiverem corretos.
  40. 40. VMSIMULADOS PDI ─ PEB I ─ PEB II - CONHECIMENTOS BÁSICOS – SME/OSASCO contato@vmsimulados.com.br :www.vmsimulados.com.br 40 95. Segundo o artigo 8º da Lei Complementar nº. 168/08 que dispõe sobre o estatuto e o plano de carreira e remuneração do magistério público municipal de Osasco são atribuições do Professor de Desenvolvimento Infantil I – PDI I: (A) reger turmas, planejar e ministrar aulas para crianças de 04 (quatro) meses até 03 (três) anos, 11 (onze) meses e 29 (vinte e nove) dias, com habilitação em nível médio; (B) planejar e ministrar aulas para crianças de 04 (quatro) meses até 06 (seis) anos, 11 (onze) meses e 29 (vinte e nove) dias, com habilitação em nível superior; (C) ministrar aulas para crianças de 03 (três) meses até 07 (sete) anos, 10 (dez) meses e 29 (vinte e nove) dias, com habilitação em nível fundamental; (D) reger turmas, planejar e ministrar aulas para crianças de 06 (seis) meses até 03 (três) anos, 11 (onze) meses e 29 (vinte e nove) dias, com habilitação em nível médio; (E) elaborar e acompanhar projetos eco-politico-pedagógicos, reger turmas, planejar e ministrar aulas para crianças de 04 (quatro) meses até 03 (três) anos, 11 (onze) meses e 29 (vinte e nove) dias, com habilitação em nível normal superior, Pedagogia ou em curso de graduação com Complementação Pedagógica; 96. Conforme a Lei Complementar nº. 168/08, artigo 42, a jornada de trabalho semanal do servidor do Quadro do Magistério Público de Osasco será de acordo com seu cargo e desempenho de funções, a saber: I. 21 (vinte e uma) horas para Professor de Educação Básica I - com desempenho de funções na Educação Infantil. II. 31 (trinta e uma) horas para Professor de Desenvolvimento Infantil I. III. 27 (vinte e sete) horas para Professor de Educação Básica II, com atividades exclusivas de Educação Especial e com desempenho de funções no Ensino Fundamental. IV. 27 (vinte e sete) horas Professor de Educação Básica I - com desempenho de funções no Ensino Fundamental, anos iniciais. Analise os itens acima e assinale: (A) se apenas os itens I, II e III estiverem corretos. (B) se apenas os itens I e II estiverem corretos. (C) se apenas os itens III e IV estiverem corretos. (D) se todos os itens estiverem corretos. (E) se apenas os itens II, III e IV estiverem corretos.
  41. 41. VMSIMULADOS PDI ─ PEB I ─ PEB II - CONHECIMENTOS BÁSICOS – SME/OSASCO contato@vmsimulados.com.br :www.vmsimulados.com.br 41 97. De acordo com o § 2º do artigo 1º. da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, a educação escolar deverá vincular-se: (A) ao mundo do trabalho e às práticas religiosas. (B) ao mundo do trabalho e à prática social. (C) à iniciação científica e às amostras culturais. (D) ao contexto social e às manifestações artísticas. (E) ao mundo globalizado e às manifestações religiosas. 98. O artigo 2º, da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (9394/96), estabelece que a educação brasileira tem por finalidade “o pleno desenvolvimento do educando, seu preparo para o exercício da cidadania e sua qualificação para o trabalho”. A tríplice natureza da finalidade da educação implica um processo educacional de caráter social que se realiza por meio de políticas públicas, a serem concretizadas pelas instituições escolares. De acordo com essa perspectiva, o trabalho desenvolvido pela escola não se restringe à sua prática específica, ele possui uma finalidade social determinada pela concepção que o fundamenta. Considerando a questão apresentada, cabe à escola, prioritariamente: (A) planejar e destinar recursos financeiros à criação de condições de acesso ao ensino e permanência nele, além de ampliação das possibilidades já existentes. (B) preconizar um ensino ativo e de qualidade, garantido pelos conceitos de eficácia e eficiência administrativas. (C) implementar políticas públicas necessárias à concretização desse direito. (D) promover a concretização do direito de preparo da pessoa para o trabalho, bem como para o exercício da cidadania, em uma sociedade que estabelece clara sintonia entre a questão econômica e os fins educacionais. (E) desenvolver proposta pedagógica que contemple a realidade local, utilizar metodologias que possibilitem a atribuição de sentido aos conteúdos trabalhados, promover avaliações contínuas e acompanhamento aos grupos que apresentem baixo rendimento escolar.
  42. 42. VMSIMULADOS PDI ─ PEB I ─ PEB II - CONHECIMENTOS BÁSICOS – SME/OSASCO contato@vmsimulados.com.br :www.vmsimulados.com.br 42 99. A educação, dever da família e do Estado, inspirada nos princípios de liberdade e nos ideais de solidariedade humana, tem por finalidade o pleno desenvolvimento do educando, seu preparo para o exercício da cidadania e sua qualificação para o trabalho. (LDB – Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional) De acordo com Art. 3º da LDB, O ensino será ministrado com base nos seguintes princípios, EXCETO: (A) Igualdade de condições para o acesso e permanência na escola. (B) Intolerância ao pluralismo de ideias e de concepções pedagógicas. (C) Respeito à liberdade e apreço à tolerância. (D) Valorização do profissional da educação escolar. (E) Gestão democrática do ensino público, na forma desta lei e da legislação dos sistemas de ensino. 100. Art. 5º. O acesso ao ensino fundamental é direito público subjetivo, podendo qualquer cidadão, grupo de cidadãos, associação comunitária, organização sindical, entidade de classe ou outra legalmente constituída, e, ainda, o Ministério Público, acionar o poder público para exigi-lo. (LDB – Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional). A respeito das competências dos estados e dos municípios, em regime de colaboração, e com a assistência da União, julgue os itens a seguir: I. Recensear a população em idade escolar para o ensino fundamental, e os jovens e adultos que a ele não tiveram acesso. II. Fazer-lhes a chamada pública. III. Zelar, junto aos pais ou responsáveis, pela frequência à escola. Está(ão) CORRETO(s): (A) Apenas I. (B) Apenas II. (C) Apenas III. (D) Apenas I e II. (E) I, II e III.
  43. 43. VMSIMULADOS PDI ─ PEB I ─ PEB II - CONHECIMENTOS BÁSICOS – SME/OSASCO contato@vmsimulados.com.br :www.vmsimulados.com.br 43 101. Assinale a opção que NÃO indica uma responsabilidade dos docentes, segundo o Art. 13, da LDB. (A) Assegurar o cumprimento dos dias letivos e horas-aula. (B) Participar da elaboração da proposta pedagógica do estabelecimento de ensino. (C) Elaborar e cumprir plano de trabalho, segundo a proposta pedagógica do estabelecimento de ensino. (D) Estabelecer estratégias de recuperação para os alunos de menor rendimento. (E) Participar integralmente dos períodos dedicados ao planejamento, à avaliação e ao desenvolvimento profissional. 102. A LDB nº 9394/96 dedica os capítulos 29, 30 e 31 à Educação Infantil, primeira etapa da educação básica, definindo sua área de alcance: o desenvolvimento integral da criança nos aspectos físico, psicológico, intelectual e social, em complementação à ação da família. Com relação ao currículo da Educação Infantil, a lei estabelece os aspectos que devem orientar a concepção e o desenvolvimento do currículo na escola. Considere os aspectos apresentados abaixo. I. a diversidade social e cultural das crianças atendidas. II. o grau de desenvolvimento da criança. III. os conhecimentos que se deseja universalizar. IV. a ampliação da convivência em sociedade. V. o processo de avaliação dos conteúdos de ensino tendo em vista o acesso ao Ensino Fundamental. Indicam aspectos importantes na elaboração e na execução do currículo de Educação Infantil, apenas os seguintes aspectos: (A) I – II – IV – V (B) I – II – III – IV (C) II – III – IV – V (D) I – III – IV – V (E) I – II – III – V
  44. 44. VMSIMULADOS PDI ─ PEB I ─ PEB II - CONHECIMENTOS BÁSICOS – SME/OSASCO contato@vmsimulados.com.br :www.vmsimulados.com.br 44 103. De acordo com o artigo 32 da Lei n.º 9.394/96 (Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional), com relação ao ensino fundamental obrigatório, gratuito na escola pública, é correto afirmar que (A) terá duração de 9 (nove) anos, iniciando-se aos 6 (seis) anos de idade, e terá por objetivo a preparação para o mercado de trabalho. (B) organizar-se-á, obrigatoriamente, em ciclos, tendo em vista a aquisição de conhecimentos e habilidades que não seriam adquiridos por meio da organização por série. (C) será ministrado em língua portuguesa e terá os mesmos processos de aprendizagem, inclusive em comunidades indígenas. (D) utilizará, obrigatoriamente, progressão regular por série e adotará o regime de progressão continuada para os ensinos fundamental e médio. (E) será presencial, sendo o ensino a distância utilizado como complementação da aprendizagem ou em situações emergenciais. 104. Tendo como base a LDB, Art. 67, os sistemas de ensino promoverão a valorização dos profissionais da educação, assegurando-lhes, inclusive nos termos dos estatutos e dos planos de carreira do magistério público, EXCETO: (A) Ingresso exclusivamente por concurso público de provas e títulos. (B) Aperfeiçoamento profissional continuado, inclusive com licenciamento periódico remunerado para esse fim. (C) Piso salarial profissional. (D) Progressão funcional baseada exclusivamente na titulação ou habilitação. (E) Período reservado a estudos, planejamento e avaliação, incluído na carga de trabalho. 105. Na Declaração de Salamanca, o termo “necessidades educacionais especiais” refere-se a (A) todos os alunos que foram diagnosticados como deficientes físicos, mentais ou sensoriais. (B) todas aquelas crianças ou jovens cujas necessidades educacionais especiais se originam em função de deficiências ou dificuldades de aprendizagem. (C) todos os adultos cujas necessidades educacionais especiais se originam de transtornos globais do desenvolvimento. (D) alunos que frequentam centros ou escolas especiais, classes especiais e salas de recursos multifuncionais. (E) crianças, jovens e adultos que apresentam severas deficiências físicas, mentais, visuais ou auditivas.
  45. 45. VMSIMULADOS PDI ─ PEB I ─ PEB II - CONHECIMENTOS BÁSICOS – SME/OSASCO contato@vmsimulados.com.br :www.vmsimulados.com.br 45 106. A Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional − LDB nº. 9.394/96 configura a Educação Especial como (A) sistema de ensino paralelo ao sistema regular, em função das Características do seu alunado, quer se trate de deficiência ou de superdotação. (B) sistema de ensino paralelo ao ensino regular, por requerer serviços de apoio especializados e professores especialistas nas diferentes áreas da deficiência. (C) modalidade de educação escolar oferecida preferencialmente na rede regular de ensino, para alunos com significativas dificuldades de aprendizagem. (D) modalidade de educação escolar, oferecida obrigatoriamente na rede regular de ensino, para alunos com necessidades educacionais especiais e com deficiência. (E) modalidade de educação escolar, oferecida preferencialmente na rede regular de ensino, para alunos com necessidades especiais. 107. De acordo com o Parecer CNE/CEB n.º 17/01, os princípios que fundamentam o direito à Educação das pessoas que apresentam necessidades especiais são: (A) preservação da dignidade humana, busca de identidade e exercício da cidadania. (B) universalização dos direitos, igualdade de oportunidades e prática da inclusão. (C) prática da inclusão, interdependência social e aceitação das diferenças. (D) espírito democrático, construção da identidade e prática da inclusão. (E) solidariedade, exercício da cidadania e universalização dos direitos humanos. 108. Para Carvalho (2005), a inclusão escolar do aluno com deficiência deve ser criticada sempre que (A) for implementada de forma responsável. (B) for compreendida para além da mera inserção física do aluno na classe comum. (C) os apoios previstos pela Educação Especial forem valorizados. (D) os serviços de apoio a professores, alunos e seus familiares forem extintos ou banalizados. (E) as especificidades dos grupos de pessoas com deficiência forem consideradas e atendidas.
  46. 46. VMSIMULADOS PDI ─ PEB I ─ PEB II - CONHECIMENTOS BÁSICOS – SME/OSASCO contato@vmsimulados.com.br :www.vmsimulados.com.br 46 109. De acordo com as Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Fundamental, as escolas deverão estabelecer como um dos norteadores de suas ações pedagógicas os princípios éticos da autonomia, da responsabilidade, da solidariedade e do respeito ao bem comum. Assinale a alternativa que se oponha ao que determina a Lei. (A) A escola reconhece que é preciso educar não somente para exercer determinados papéis produtivos na sociedade, mas também para a tolerância, a convivência pacífica e democrática. (B) A escola pretende formar sujeitos que mantenham relações interpessoais calcadas no respeito mútuo, na aceitação das diferenças e na cooperação. (C) A escola pretende formar sujeitos responsáveis pelas suas escolhas, integrando o seu desejo à realidade, na construção de seu projeto de vida. (D) A escola pretende que o currículo elaborado pela coordenação seja de responsabilidade dos professores, que devem segui-lo, para que sejam cumpridos todos os objetivos propostos para o ano letivo. (E) A construção do conteúdo deve permear a constituição da vida cidadã, por meio da promoção de um comportamento de respeito às diferenças. 110. O Parecer CNE/CEB n°. 7/2010, que fundamenta as Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Fundamental, afirma que “[...] os currículos e seus conteúdos mínimos (art. 210 da CF/88), propostos pelo MEC (art. 9.º da LDB), terão seu norte estabelecido através de diretrizes.” Assim, as Diretrizes Curriculares Nacionais são (A) o conjunto de reflexões de cunho educacional sobre objetivos, conteúdos e orientações didáticas para o desenvolvimento da prática escolar pelos educadores. (B) o conjunto de definições doutrinárias sobre princípios, fundamentos e procedimentos que orientarão as escolas brasileiras, na organização, na articulação, no desenvolvimento e na avaliação de suas propostas pedagógicas. (C) documentos de subsídios adicionais, que oferecem informações e indicações além daqueles para a elaboração de propostas curriculares, elaborados para áreas que necessitem de informações adicionais. (D) o conjunto de textos, cada um sobre uma área de ensino, que serve para nortear a elaboração dos currículos escolares em todo o país.
  47. 47. VMSIMULADOS PDI ─ PEB I ─ PEB II - CONHECIMENTOS BÁSICOS – SME/OSASCO contato@vmsimulados.com.br :www.vmsimulados.com.br 47 111. O trecho abaixo foi retirado dos Referenciais Curriculares Nacionais para a Educação Infantil: “Assumir um trabalho de acolhimento às diferentes expressões e manifestações das crianças e suas famílias significa valorizar e respeitar a diversidade, não implicando a adesão incondicional aos valores do outro. Cada família e suas crianças são portadoras de um vasto repertório que se constitui em material rico e farto para o exercício do diálogo, aprendizagem com a diferença, a não- discriminação e as atitudes não preconceituosas. Essas capacidades são necessárias para o desenvolvimento de uma postura ética nas relações humanas. Nesse sentido, as instituições de educação infantil, por intermédio de seus profissionais, devem desenvolver a capacidade de ouvir, observar e aprender com as famílias. Acolher as diferentes culturas não pode se limitar às comemorações festivas, a eventuais apresentações de danças típicas ou à experimentação de pratos regionais. Essas iniciativas são interessantes e desejáveis, mas não são suficientes para lidar com a diversidade de valores e crenças.” (Referenciais Curriculares Nacionais para a Educação Infantil, vol. 1 p. 77) A partir dos RCNEI, assinale a alternativa que se refere à capacidade presente nas instituições e nos profissionais de educação infantil quanto ao relacionamento com as famílias. (A) As famílias e as comunidades devem ser respeitadas como co- responsáveis pelo trabalho pedagógico nas instituições da educação infantil. (B) A diversidade cultural que as crianças trazem deve ser assumida pelas instituições de educação infantil de maneira incondicional, em adesão ao outro. (C) A educação das crianças e das famílias precisa de atitudes não- preconceituosas, que garantam aprendizagens e escuta. (D) Instituições e famílias são co-responsáveis pela educação das crianças; portanto, faz-se necessário diálogo, escuta, ética e respeito à diversidade. (E) As famílias e as crianças devem ter preservadas suas identidades culturais sem que a escola provoque mudanças em suas práticas culturais.
  48. 48. VMSIMULADOS PDI ─ PEB I ─ PEB II - CONHECIMENTOS BÁSICOS – SME/OSASCO contato@vmsimulados.com.br :www.vmsimulados.com.br 48 112. O Ensino Fundamental com duração de 9 anos, (Diretrizes Curriculares Nacionais), abrange a população na faixa etária dos (A) 5 aos 13 anos de idade. (B) 6 aos 14 anos de idade. (C) 6 aos 15 anos de idade. (D) 7 aos 14 anos de idade. (E) 7 aos 15 anos de idade. 113. Segundo a ECA (Estatuto da Criança e Adolescente) a creche e a pré-escola será gratuita para: (A) Crianças até 3 anos. (B) Crianças de 0 a 6 anos de idade. (C) Crianças de 1 a 5 anos de idade. (D) Crianças de 1 a 6 anos de idade. (E) Crianças de 3 a 6 anos de idade. 114. O artigo 16 do Estatuto da Criança e do Adolescente afirma que “O direito à liberdade compreende os seguintes aspectos, EXCETO: (A) crença obrigatória à cultos religiosos impostos por outrem. (B) ir, vir e estar nos logradouros públicos e espaços comunitários, ressalvadas as restrições legais; (C) opinião e expressão. (D) brincar, praticar esportes e divertir-se. (E) participar da vida familiar e comunitária, sem discriminação. 115. Art. 53. A criança e o adolescente têm direito à educação, visando ao pleno desenvolvimento de sua pessoa, preparo para o exercício da cidadania e qualificação para o trabalho. (Estatuto da Criança e do Adolescente – ECA) Ainda de acordo com o Art. 53, do ECA, é INCORRETO afirmar que deve ser assegurado à criança e ao adolescente: (A) Igualdade de condições para o acesso e permanência na escola. (B) Direito de ser respeitado por seus educadores. (C) Direito de aceitar os critérios avaliativos sem contestação, ficando impedido de recorrer às instâncias escolares superiores. (D) Direito de organização e participação em entidades estudantis. (E) Acesso à escola pública e gratuita próxima de sua residência.
  49. 49. VMSIMULADOS PDI ─ PEB I ─ PEB II - CONHECIMENTOS BÁSICOS – SME/OSASCO contato@vmsimulados.com.br :www.vmsimulados.com.br 49 116. Em relação ao Estatuto da Criança e do Adolescente, analise os casos abaixo e, depois, assinale a alternativa correta: 1. João, 4 (quatro) anos de idade, tem constantemente chegado à escola com hematomas nos braços. 2. Mário, 6 (seis) anos de idade, tem faltado às aulas injustificadamente, sendo que a escola já esgotou os seus recursos para sanar o problema. (A) Apenas no caso 1 o dirigente de estabelecimento de ensino fundamental deve comunicar o fato ao Conselho Tutelar. (B) Apenas no caso 2 o dirigente de estabelecimento de ensino fundamental deve comunicar o fato ao Conselho Tutelar. (C) No caso 1, o dirigente de estabelecimento de ensino fundamental deve comunicar o fato à autoridade policial e jamais ao Conselho Tutelar. (D) Tanto no caso 1 quanto no caso 2 o dirigente de estabelecimento de ensino fundamental deve comunicar o fato ao Conselho Tutelar. (E) Tanto no caso 1 quanto no caso 2 o dirigente de estabelecimento de ensino fundamental deve, apenas, comunicar o fato aos pais de João e Mário. 117. O Ensino Fundamental, de acordo com as Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Fundamental de 9 (nove) anos, deve comprometer-se com uma educação com qualidade social, entendida como direito humano. Essa educação, antes de tudo, deve ser relevante, pertinente e equitativa. A equidade refere-se (A) à promoção de aprendizagens significativas do ponto de vista das exigências sociais e do desenvolvimento pessoal. (B) à possibilidade de atender às necessidades e às características dos estudantes de diversos contextos sociais e culturais. (C) à importância de tratar de forma diferenciada o que se apresenta como desigual no ponto de partida. (D) à promoção de aprendizagens valiosas para estudantes de diversos contextos sociais e culturais, de forma igual para todos. (E) à possibilidade de atender a estudantes de iguais contextos sociais e culturais, de forma diferenciada.
  50. 50. VMSIMULADOS PDI ─ PEB I ─ PEB II - CONHECIMENTOS BÁSICOS – SME/OSASCO contato@vmsimulados.com.br :www.vmsimulados.com.br 50 118. O Plano Nacional de Educação, Lei 10172/2001, ao considerar a valorização do magistério propõe uma política global pautada nas condições de: I. Formação continuada. II. Condições de trabalho salário e carreira. III. Formação inicial. IV. Carga horária integral. V. Recrutamento de docentes. Estão corretas apenas: (A) I, III, V. (B) I, II, III. (C) I, IV, V. (D) II, III, V. (E) II, III, IV. 119. O PNE estabelece prioridades, segundo o dever constitucional e as necessidades sociais, tais como: garantia de ensino fundamental obrigatório, garantia de ensino fundamental a todos os que a ele não tiveram acesso na idade própria ou que não o concluíram, ampliação do atendimento nos demais níveis de ensino, valorização dos profissionais da educação, desenvolvimento de sistemas de informação e de avaliação em todos os níveis e modalidades de ensino. Segundo a Lei 11.274, de 06 de fevereiro de 2006, que alterou artigos da lei que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional, a garantia de ensino fundamental obrigatório a todas as crianças tem duração de: (A) 6 anos; (B) 7 anos; (C) 8 anos; (D) 9 anos; (E) 10 anos.
  51. 51. VMSIMULADOS PDI ─ PEB I ─ PEB II - CONHECIMENTOS BÁSICOS – SME/OSASCO contato@vmsimulados.com.br :www.vmsimulados.com.br 51 120. O Plano Nacional de Educação, aprovado pela Lei 10.172, de 9 de janeiro de 2001, indica entre os objetivos e metas da gestão o estabelecimento, nos Estados, em cinco anos, com a colaboração técnica e financeira da União, um programa de avaliação de desempenho que atinja, pelo menos, todas as escolas de mais de 50 alunos do ensino fundamental e médio e, nos Municípios, em cinco anos, programas de acompanhamento e avaliação dos estabelecimentos de educação infantil. Isso consolida o princípio de que a escola de educação básica tem necessidade de se auto-avaliar e de ser avaliada externamente devido ao caráter público de suas ações. Como seu custeio e resultados afetam toda a sociedade, ela deve ser avaliada em termos de sua eficácia social e da eficiência de seu funcionamento. Trata-se, assim, do desenvolvimento da cultura da avaliação institucional. Assinale a alternativa correta a respeito da Avaliação Institucional. (A) Os órgãos centrais de administração educacional no Brasil empregam a avaliação como instrumento de controle do ensino, da aprendizagem, da capacitação dos profissionais da educação e das condições físicas dos prédios escolares e como critério para financiamento e custeio das unidades escolares. (B) A avaliação institucional, interna e externa, é também uma maneira de estimular a melhoria do desempenho, de evitar a rotina autoritária, de definir os objetivos fundamentais para o bom funcionamento da escola, tanto em relação aos aspectos físicos quanto aos aspectos administrativo- financeiros. (C) A avaliação institucional preocupa-se essencialmente com os resultados das ações educativas da escola, em particular os relativos a ensinar e aprender, realizando processos auto-avaliadores geradores da crítica institucional e fiadores da construção coletiva. (D) A avaliação institucional deve levar em consideração o contexto histórico, socioeconômico, político, cultural e científico-tecnológico em que a instituição educacional está inserida, e as decisões a serem tomadas durante o processo avaliativo devem considerar a racionalidade técnica baseada em critérios objetivos e em parâmetros legais preexistentes. (E) A avaliação institucional deve ser um processo contínuo e aberto, elaborado e coordenado pelos gestores, no qual os setores da escola – pedagógicos e administrativos – refletem sobre seus modos de atuação e os resultados de suas atividades em busca da melhoria da escola como um todo.
  52. 52. VMSIMULADOS PDI ─ PEB I ─ PEB II - CONHECIMENTOS BÁSICOS – SME/OSASCO contato@vmsimulados.com.br :www.vmsimulados.com.br 52 Confira suas respostas no gabarito! PDI – PEB I – PEB II - CONHECIMENTOS BÁSICOS Prefeitura do Município de Osasco/SP PDI – PEB I – PEB II – SME/OSASCO 01 A 25 E 49 A 73 D 97 B 02 C 26 C 50 D 74 A 98 E 03 E 27 C 51 E 75 C 99 B 04 B 28 D 52 B 76 E 100 E 05 A 29 D 53 B 77 D 101 A 06 D 30 B 54 C 78 B 102 B 07 E 31 D 55 C 79 E 103 E 08 D 32 C 56 A 80 E 104 D 09 C 33 A 57 A 81 A 105 B 10 B 34 C 58 A 82 A 106 E 11 B 35 D 59 D 83 A 107 A 12 B 36 E 60 D 84 D 108 D 13 C 37 B 61 B 85 D 109 D 14 E 38 B 62 A 86 B 110 B 15 A 39 E 63 B 87 B 111 D 16 A 40 E 64 C 88 C 112 B 17 C 41 B 65 E 89 E 113 B 18 C 42 B 66 D 90 C 114 A 19 D 43 D 67 C 91 E 115 C 20 B 44 A 68 A 92 D 116 D 21 B 45 E 69 C 93 A 117 C 22 E 46 D 70 A 94 E 118 B 23 A 47 D 71 C 95 A 119 D 24 A 48 E 72 B 96 D 120 C ACESSE: WWW.VMSIMULADOS.COM.BR COMPRE A VERSÃO SEM RESTRIÇÕES! R$:6,99
  53. 53. VMSIMULADOS PDI ─ PEB I ─ PEB II - CONHECIMENTOS BÁSICOS – SME/OSASCO contato@vmsimulados.com.br :www.vmsimulados.com.br 53 VMSIMULADOS.COM.BR VEJA OS VÍDEOS NO YOUTUBE! 50 QUESTÕES 50 QUESTÕES 50 QUESTÕES 50 QUESTÕES R$: 6,99 R$: 7,99 R$: 6,99 R$: 6,99 VÍDEO AMOSTRA GRÁTIS VÍDEO AMOSTRA GRÁTIS VÍDEO AMOSTRA GRÁTIS VÍDEO AMOSTRA GRÁTIS COMPRAR COMPRAR COMPRAR COMPRAR 50 QUESTÕES 50 QUESTÕES 50 QUESTÕES 50 QUESTÕES R$: 7,99 R$: 7,99 R$: 6,99 R$: 6,99 VÍDEO AMOSTRA GRÁTIS VÍDEO AMOSTRA GRÁTIS VÍDEO AMOSTRA GRÁTIS VÍDEO AMOSTRA GRÁTIS COMPRAR COMPRAR COMPRAR COMPRAR 50 QUESTÕES 50 QUESTÕES 50 QUESTÕES 10 QUESTÕES R$: 7,99 R$: 6,99 R$: 6,99 R$: 6,00 VÍDEO AMOSTRA GRÁTIS VÍDEO AMOSTRA GRÁTIS VÍDEO AMOSTRA GRÁTIS VÍDEO AMOSTRA GRÁTIS COMPRAR COMPRAR COMPRAR COMPRAR Compre no site: WWW.VMSIMULADOS.COM.BR ATENÇÃO: IMAGENS MERAMENTE ILUSTRATIVAS. OS SIMULADOS SÃO DIGITAIS. NÃO COMERCIALIZAMOS MATERIAL IMPRESSO. PORÉM OS MESMOS PODEM SER IMPRESSOS PELO CLIENTE.

×