EXPERIMENTAÇÃO EM AGROSSILVICULTURA E PARTICIPAÇÃO SOCIAL ESTUDO DE CASO EM JOANÓPOLIS – SP Pesquisadores Convidados Eng. ...
Joanópolis Caracterização Geral <ul><li>Área: 37.500ha </li></ul><ul><li>Propriedades rurais: 637  </li></ul><ul><li>Propr...
<ul><li>Sistema Cantareira: nascentes do Rio Piracicaba </li></ul><ul><li>33 mil litros de água por segundo </li></ul><ul>...
12,4 % Remanescentes Florestais Fonte: SMA, 2006 4.689,00 ha    12,4% da área do Município
<ul><li>Conservação Ambiental </li></ul><ul><li>Turismo </li></ul><ul><li>Estrutura fundiária (81,6% <50ha) </li></ul><ul>...
<ul><li>Diversidade de Projetos e Instâncias </li></ul><ul><li>Secretaria Estadual do Meio Ambiente </li></ul><ul><li>Secr...
<ul><li>Ocupação territorial desordenada </li></ul><ul><li>Desestruturação fundiária </li></ul><ul><li>Avanço do Eucalipto...
EXPERIMENTAÇÃO EM AGROSSILVICULTURA E PARTICIPAÇÃO SOCIAL ESTUDO DE CASO EM JOANÓPOLIS – SP Pesquisadores Convidados Eng. ...
Objetivo geral do projeto <ul><li>Construir conhecimento técnico/científico para a construção de  modelos viáveis  do pont...
<ul><li>METODOLOGIA </li></ul>
<ul><li>Reconhecimento: </li></ul><ul><ul><li>do município e região, </li></ul></ul><ul><ul><li>das pessoas e instituições...
Fase de Diagnóstico
FASE 2:  DELIMITAÇÃO DO PROJETO E DO GRUPO DE AGRICULTORES
Tipologias Elaborada= realidade e potencialidades <ul><li>Eucalipto (crescente) </li></ul><ul><li>Pasto (predominante) </l...
FASE 3: FORMAÇÃO
Princípios <ul><li>Construção participativa </li></ul><ul><li>Replicabilidade </li></ul><ul><li>Sistemas de base ecológica...
Atividades do processo de formação <ul><li>Oficinas  </li></ul><ul><li>Viagens </li></ul><ul><li>Visitas técnicas </li></u...
FASE 4: IMPLANTAÇÃO  E MONITORAMENTO DE ÁREAS EXPERIMENTAIS
ÁREA EXPERIMENTAL DE CAFÉ
ÁREA EXPERIMENTAL DE SISTEMA SILVIPASTORIL
ÁREA EXPERIMENTAL DE SISTEMA SILVIPASTORIL Diversificação no pastejo rotacionado Sistema Silvopastoril: pasto + gado + árv...
ÁREA EXPERIMENTAL DE FRUTICULTURA
ÁREA EXPERIMENTAL DE Teste de Uso Múltiplo de Eucalipto (TUME)
ÁREA EXPERIMENTAL DE Teste de Uso Múltiplo de Eucalipto (TUME) Curvas de Nível Eucalipto com Geração de Renda, Conservação...
Parcerias <ul><li>Associações dos Bairros do Cancã e Pretos </li></ul><ul><li>Votoratim Celulose & Papel </li></ul><ul><li...
Perspectivas <ul><li>Áreas demonstrativas </li></ul><ul><li>Políticas públicas </li></ul><ul><li>Organização social local ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Encuentro Periodistas 2008: Experimentacao em agrossilvicultura e participacao social

673 visualizações

Publicada em

Presentación realizada en Sao Paulo- Brasil, en junio de 2008.

Publicada em: Educação, Turismo, Tecnologia
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
673
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
22
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
11
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Encuentro Periodistas 2008: Experimentacao em agrossilvicultura e participacao social

  1. 1. EXPERIMENTAÇÃO EM AGROSSILVICULTURA E PARTICIPAÇÃO SOCIAL ESTUDO DE CASO EM JOANÓPOLIS – SP Pesquisadores Convidados Eng. Agr. Msc. André Toshio V. Iamamoto Eng. Eng. Agr. Marina Souza Dias Guyot Ftal. Msc.João Dagoberto dos Santos Coordenação Científica Prof. Dr. Dalcio Caron – Dep. de Economia, Administração e Sociologia (ESALQ-USP) Prof. Flávio Bertin Gandara – Depto Ciências Biológicas (ESALQ/USP)
  2. 2. Joanópolis Caracterização Geral <ul><li>Área: 37.500ha </li></ul><ul><li>Propriedades rurais: 637 </li></ul><ul><li>Propriedades até 50 ha: 81,6% </li></ul><ul><li>População Total: 10.671 </li></ul><ul><li>- Rural: 22,8 % </li></ul><ul><li>- Urbana: 71,2 % </li></ul>Fontes: INCRA, IBGE, LUPA
  3. 3. <ul><li>Sistema Cantareira: nascentes do Rio Piracicaba </li></ul><ul><li>33 mil litros de água por segundo </li></ul><ul><li>48 km de túneis </li></ul><ul><li>55% da Região Metropolitana </li></ul><ul><li>de São Paulo </li></ul><ul><li>8,8 milhões de pessoas </li></ul>
  4. 4. 12,4 % Remanescentes Florestais Fonte: SMA, 2006 4.689,00 ha  12,4% da área do Município
  5. 5. <ul><li>Conservação Ambiental </li></ul><ul><li>Turismo </li></ul><ul><li>Estrutura fundiária (81,6% <50ha) </li></ul><ul><li>Clima  Agricultura e Turismo </li></ul><ul><li>Água ! </li></ul>Potencialidades
  6. 6. <ul><li>Diversidade de Projetos e Instâncias </li></ul><ul><li>Secretaria Estadual do Meio Ambiente </li></ul><ul><li>Secretaria de Agricultura do Meio Ambiente </li></ul><ul><li>ONG´s </li></ul><ul><li>Associação de Agricultores </li></ul><ul><li>Cooperativas </li></ul>Potencialidades Possibilidade de Diálogo
  7. 7. <ul><li>Ocupação territorial desordenada </li></ul><ul><li>Desestruturação fundiária </li></ul><ul><li>Avanço do Eucalipto </li></ul><ul><li>Dependência em poucos produtos: Leite, eucalipto </li></ul><ul><li>Pouco apoio à Agricultura Familiar </li></ul><ul><li>Poucas oportunidades para os jovens </li></ul>RISCOS
  8. 8. EXPERIMENTAÇÃO EM AGROSSILVICULTURA E PARTICIPAÇÃO SOCIAL ESTUDO DE CASO EM JOANÓPOLIS – SP Pesquisadores Convidados Eng. Agr. Msc. André Toshio V. Iamamoto Eng. Eng. Agr. Marina Souza Dias Guyot Ftal. Msc.João Dagoberto dos Santos Mariana Grimaldi Coordenação Científica Prof. Dr. Dalcio Caron – Dep. de Economia, Administração e Sociologia (ESALQ-USP) Prof. Flávio Bertin Gandara – Depto Ciências Biológicas (ESALQ/USP)
  9. 9. Objetivo geral do projeto <ul><li>Construir conhecimento técnico/científico para a construção de modelos viáveis do ponto de vista agrossilvicultural, econômico, ecológico e social que tenham como foco a integração de sistemas de produção florestal e agroflorestal em pequenas propriedades rurais . </li></ul>Principal Ferramenta: Áreas Experimentais
  10. 10. <ul><li>METODOLOGIA </li></ul>
  11. 11. <ul><li>Reconhecimento: </li></ul><ul><ul><li>do município e região, </li></ul></ul><ul><ul><li>das pessoas e instituições e </li></ul></ul><ul><ul><li>dos sistemas de produção </li></ul></ul><ul><li>Definição da tipologia de sistemas de produção representativos da realidade local </li></ul>FASE 1: DIAGNÓSTICO
  12. 12. Fase de Diagnóstico
  13. 13. FASE 2: DELIMITAÇÃO DO PROJETO E DO GRUPO DE AGRICULTORES
  14. 14. Tipologias Elaborada= realidade e potencialidades <ul><li>Eucalipto (crescente) </li></ul><ul><li>Pasto (predominante) </li></ul><ul><li>Café (presente e potencial) </li></ul><ul><li>Fruticultura (presente e potencial) </li></ul>Potencial de Replicação/”Scalling”
  15. 15. FASE 3: FORMAÇÃO
  16. 16. Princípios <ul><li>Construção participativa </li></ul><ul><li>Replicabilidade </li></ul><ul><li>Sistemas de base ecológica </li></ul><ul><li>Diversificação da produção </li></ul><ul><li>Biodiversidade </li></ul><ul><li>Emancipação </li></ul>
  17. 17. Atividades do processo de formação <ul><li>Oficinas </li></ul><ul><li>Viagens </li></ul><ul><li>Visitas técnicas </li></ul><ul><li>Implantações </li></ul><ul><li>Monitoramento </li></ul>Trocas de Experiências Diagnóstico e Desenho
  18. 18. FASE 4: IMPLANTAÇÃO E MONITORAMENTO DE ÁREAS EXPERIMENTAIS
  19. 19. ÁREA EXPERIMENTAL DE CAFÉ
  20. 20. ÁREA EXPERIMENTAL DE SISTEMA SILVIPASTORIL
  21. 21. ÁREA EXPERIMENTAL DE SISTEMA SILVIPASTORIL Diversificação no pastejo rotacionado Sistema Silvopastoril: pasto + gado + árvores (nativas e exóticas) Orlando e Rose Silveira
  22. 22. ÁREA EXPERIMENTAL DE FRUTICULTURA
  23. 23. ÁREA EXPERIMENTAL DE Teste de Uso Múltiplo de Eucalipto (TUME)
  24. 24. ÁREA EXPERIMENTAL DE Teste de Uso Múltiplo de Eucalipto (TUME) Curvas de Nível Eucalipto com Geração de Renda, Conservação do Solo e com Biodiversidade Orlando Silveira
  25. 25. Parcerias <ul><li>Associações dos Bairros do Cancã e Pretos </li></ul><ul><li>Votoratim Celulose & Papel </li></ul><ul><li>CATI – Coordenadoria de Assistência Técnica Integral </li></ul><ul><li>Prefeitura municipal de Joanópolis (Casa Agricultura) </li></ul><ul><li>Teca Consultoria Florestal </li></ul><ul><li>Terceira via </li></ul><ul><li>Grupo Florestal Monte Olimpo </li></ul><ul><li>Projeto Mata ciliares SMA –GEF </li></ul>
  26. 26. Perspectivas <ul><li>Áreas demonstrativas </li></ul><ul><li>Políticas públicas </li></ul><ul><li>Organização social local </li></ul>

×