Cadeira de
HISTÓRIA DO PORTO
Coleção de Manuais da Universidade
Sénior Contemporânea
Professor Doutor
Artur Filipe dos San...
AS PONTES DA CIDADE DO PORTO
PONTE DA ARRÁBIDA
Artur Filipe dos Santos
2
Coleção de Manuais da Universidade
Sénior Contemp...
AUTOR
Artur Filipe dos Santos
artursantosdocente@gmail.com
www.artursantos.no.sapo.pt
www.politicsandflags.wordpress.com
•...
A Universidade Sénior
Contemporânea
Web: www.usc.no.sapo.pt
Email: usc@sapo.pt
Edições online: www.edicoesuscontemporanea....
Artur Filipe dos Santos – www.artursantos.no.sapo.pt
Coleção de Manuais da Universidade
Sénior Contemporânea
5
As Pontes d...
• Desde a década de
1930 que era
necessário criar ligações
alternativas às antigas
pontes (pontes Maria
Pia e D.Luís) de m...
• No tempo da sua
construção em 1963, a
ponte tinha o maior
arco em betão armado
de qualquer ponte no
mundo.
Coleção de Ma...
Artur Filipe dos Santos – www.artursantos.no.sapo.pt
Coleção de Manuais da Universidade
Sénior Contemporânea
8
As Pontes d...
• Tinha duas faixas de
rodagem e duas faixas
laterais para peões e
ciclistas. Na década de
90 foi alterado o
número de fai...
Coleção de Manuais da Universidade
Sénior Contemporânea
10
As Pontes do Porto – Ponte da Arrábida
• O engenheiro
responsáv...
Artur Filipe dos Santos – www.artursantos.no.sapo.pt
Coleção de Manuais da Universidade
Sénior Contemporânea
11
As Pontes ...
• Formou-se em
engenharia civil na
Faculdade de
Engenharia da
Universidade do Porto
em 1937.
Universidade Sénior Contempor...
• Foi professor
universitário e autor de
algumas das mais belas
pontes portuguesas,
tendo sido agraciado
com um doutoramen...
Artur Filipe dos Santos – www.artursantos.no.sapo.pt
Coleção de Manuais da Universidade
Sénior Contemporânea
14
As Pontes ...
• Obras
Ponte de Mértola em Mértola
Ponte de Santa Clara em
Coimbra
Ponte da Arrábida no Porto
(na época o maior arco de
b...
Coleção de Manuais da Universidade
Sénior Contemporânea
16
As Pontes do Porto – Ponte da Arrábida
• Ponte Edgar Cardoso na...
Artur Filipe dos Santos – www.artursantos.no.sapo.pt
Coleção de Manuais da Universidade
Sénior Contemporânea
17
As Pontes ...
Coleção de Manuais da Universidade
Sénior Contemporânea
18
As Pontes do Porto – Ponte da Arrábida
• A Ponte da Arrábida fo...
Artur Filipe dos Santos – www.artursantos.no.sapo.pt
Coleção de Manuais da Universidade
Sénior Contemporânea
19
As Pontes ...
Artur Filipe dos Santos – www.artursantos.no.sapo.pt
Coleção de Manuais da Universidade
Sénior Contemporânea
20
As Pontes ...
Artur Filipe dos Santos – www.artursantos.no.sapo.pt
Coleção de Manuais da Universidade
Sénior Contemporânea
21
As Pontes ...
Artur Filipe dos Santos – www.artursantos.no.sapo.pt
Coleção de Manuais da Universidade
Sénior Contemporânea
22
As Pontes ...
Artur Filipe dos Santos – www.artursantos.no.sapo.pt
Coleção de Manuais da Universidade
Sénior Contemporânea
23
As Pontes ...
Artur Filipe dos Santos – www.artursantos.no.sapo.pt
Coleção de Manuais da Universidade
Sénior Contemporânea
24
As Pontes ...
• Duas do lado do Porto, do
escultor Barata Feyo
conjuntamente com o escultor
Gustavo Bastos, simbolizando
"O Génio Acolhe...
• Já em relação ao
tabuleiro era composto
por duas vias de
trânsito com 8 m cada,
separadas por uma via
sobrelevada de 2 m...
• Em 23 de maio de 2013
foi classificada como
monumento nacional.
Coleção de Manuais da Universidade
Sénior Contemporânea
...
• HISTÓRIA A Ponte da Arrábida
constitui uma obra-prima
da Engenharia de Pontes,
sendo como tal
reconhecida
internacionalm...
Artur Filipe dos Santos – www.artursantos.no.sapo.pt
Coleção de Manuais da Universidade
Sénior Contemporânea
29
As Pontes ...
• A Ponte da Arrábida é a
primeira grande ponte
sobre o rio Douro
integralmente
concebida, projectada e
construída pela
En...
• O seu autor, Engenheiro
Edgar Cardoso,
notabilizou-se como
projectista de pontes,
combinando
sabiamente nas suas
obras, ...
Artur Filipe dos Santos – www.artursantos.no.sapo.pt
Coleção de Manuais da Universidade
Sénior Contemporânea
32
As Pontes ...
• O estuário do rio Douro junto ao Porto contém um
notável conjunto de pontes de diversos tipos, materiais e
épocas.
Unive...
Coleção de Manuais da Universidade
Sénior Contemporânea
34
As Pontes do Porto – Ponte da Arrábida
• O facto de a Ponte da
...
Artur Filipe dos Santos – www.artursantos.no.sapo.pt
Coleção de Manuais da Universidade
Sénior Contemporânea
35
As Pontes ...
• Ao longo das últimas
décadas a Ponte da
Arrábida tornou-se um
dos mais poderosos
símbolos da Cidade,
provavelmente aquel...
• A Ponte da Arrábida
completou 50 anos no
dia 22 de Junho de
2013, ano em que se
completou o centenário
do nascimento na
...
A Ponte da Arrábida
sobre o rio Douro no
Porto foi inaugurada no
dia 22 de Junho de 1963
segundo projecto do
Engenheiro Ed...
• A metodologia usada
para a sua construção,
por um lado, e a
solução construída, por
outro, constituíram na
época avanços...
• A publicação “Obras
Públicas Concluídas em
1963”, do Ministério
das Obras Públicas,
Lisboa, 1964, descreve a
obra como s...
41
“A ponte é o tipo arco de tabuleiro superior, de
tímpanos aligeirados, com a rasante à cota de 68 m,
tem 25 m de largura, ...
• Com a nova ponte o vão
sobre o rio Douro é
vencido por um só arco
de flecha igual a 52 m e
com uma corda de 270 m,
o que...
Coleção de Manuais da Universidade
Sénior Contemporânea
44
As Pontes do Porto – Ponte da Arrábida
• O arco é formado por
d...
Artur Filipe dos Santos – www.artursantos.no.sapo.pt
Coleção de Manuais da Universidade
Sénior Contemporânea
45
As Pontes ...
• Os primeiros estudos
para uma nova travessia
datam de 1930. A ideia
de uma ponte ligando o
Candal à Arrábida
surgiu em 1...
• Decidiu-se avançar com
uma ponte mista
(rodoviária e ferroviária)
na zona da Arrábida, mas
estudos posteriores
levaram à...
Edgar Cardoso foi então
incumbido, em 1952, de
proceder à elaboração
de anteprojectos para a
ponte rodoviária. Foram
cinco...
• Ponte em betão
armado,
• Ponte de alvenaria
regular,
• Ponte suspensa,
• Ponte metálica do
tipo arco,
• Ponte de betão p...
Coleção de Manuais da Universidade
Sénior Contemporânea
50
As Pontes do Porto – Ponte da Arrábida
• A escolha recaiu na
so...
Artur Filipe dos Santos – www.artursantos.no.sapo.pt
Coleção de Manuais da Universidade
Sénior Contemporânea
51
As Pontes ...
• Elevadores instalados
nas pilastras permitem
a circulação de peões
entre as duas margens.
O arco em questão tem
um funci...
• A PONTE DA ARRÁBIDA
TINHA UM ARCO QUE
METIA MEDO MAS NÃO
AO POVO
• O arco em betão servia de
travessia para a obra, a
qu...
O arco em betão servia
de travessia aos
trabalhadores que
dormiam no estaleiro
de Gaia, ia ver-se a obra
como se fosse cin...
• Cinquenta anos depois
da inauguração de
umas das obras-primas
de Edgar Cardoso, a 22
de Junho de 1963,
sobram memórias d...
Coleção de Manuais da Universidade
Sénior Contemporânea
56
As Pontes do Porto – Ponte da Arrábida
• O momento da
inauguraç...
Artur Filipe dos Santos – www.artursantos.no.sapo.pt
Coleção de Manuais da Universidade
Sénior Contemporânea
57
As Pontes ...
Bibliografia
• http://pt.wikipedia.org/wiki/Ponte_da_Arr%C3%A1bid
a
• http://www.infopedia.pt/$ponte-da-arrabida,3
• http:...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

História do Porto - As pontes da cidade do Porto - Ponte da Arrábida- Artur filipe dos Santos - universidade sénior contemporânea

541 visualizações

Publicada em

A Ponte de Arrábida é uma ponte em arco sobre o Rio Douro que liga o Porto (pela zona da Arrábida) a Vila Nova de Gaia (pelo nó do Candal), em Portugal. Desde a década de 1930 que era necessário criar ligações alternativas às antigas pontes (pontes Maria Pia e D.Luís) de modo a responder ao crescente fluxo da circulação viária.
No tempo da sua construção em 1963, a ponte tinha o maior arco em betão armado de qualquer ponte no mundo.

AUTOR
Artur Filipe dos Santos
artursantosdocente@gmail.com
www.artursantos.no.sapo.pt
www.politicsandflags.wordpress.com
 
Artur Filipe dos Santos, Doutorado em Comunicação, Publicidade Relações Públicas e Protocolo, pela Universidade de Vigo, Galiza, Espanha, Professor Universitário, consultor e investigador em Comunicação Institucional e Património, Protocolista, Sociólogo.
Director Académico e Professor Titular na Universidade Sénior Contemporânea, membro da Direção do OIDECOM-Observatório Iberoamericano de Investigação e Desenvolvimento em Comunicação, membro da APEP-Associacao Portuguesa de Estudos de Protocolo. Membro do ICOMOS (International Counsil on Monuments and Sites), consultor da UNESCO para o Património Mundial, membro do Grupo de Investigação em Comunicação (ICOM-X1) da Faculdade de Ciências Sociais e da Comunicação da Universidade de Vigo, membro do Grupo de Investigação em Turismo e Comunicação da Universidade de Westminster. Professor convidado das Escola Superior de Saúde do Insttuto Piaget (Portugal). Orador e palestrante convidado em várias instituições de ensino superior. Formador em Networking e Sales Communication no Network Group +Negócio Portugal.
Web: www.usc.no.sapo.pt
Email: usc@sapo.pt
Edições online: www.edicoesuscontemporanea.webnode.com

A Universidade Sénior Contemporânea é uma instituição vocacionada para a ocupação de tempos livres dos indivíduos que se sintam motivados para a aprendizagem constante de diversas matérias teóricas e práticas,adquirindo conhecimentos em múltiplas áreas, como línguas, ciências sociais, saúde, informática, internet, dança, teatro, entre outras, tendo ainda a oportunidade de participação em actividades como o Grupo de Teatro, Coro da USC, USC Web TV, conferências, colóquios, visitas de estudo. Desenvolve manuais didáticos das próprias cadeiras lecionadas(23), acessivéis a séniores, estudantes e profissionais através de livraria online.

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
541
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

História do Porto - As pontes da cidade do Porto - Ponte da Arrábida- Artur filipe dos Santos - universidade sénior contemporânea

  1. 1. Cadeira de HISTÓRIA DO PORTO Coleção de Manuais da Universidade Sénior Contemporânea Professor Doutor Artur Filipe dos Santos
  2. 2. AS PONTES DA CIDADE DO PORTO PONTE DA ARRÁBIDA Artur Filipe dos Santos 2 Coleção de Manuais da Universidade Sénior Contemporânea
  3. 3. AUTOR Artur Filipe dos Santos artursantosdocente@gmail.com www.artursantos.no.sapo.pt www.politicsandflags.wordpress.com • Artur Filipe dos Santos, Doutorado em Comunicação, Publicidade Relações Públicas e Protocolo, pela Universidade de Vigo, Galiza, Espanha, Professor Universitário, consultor e investigador em Comunicação Institucional e Património, Protocolista, Sociólogo. • Director Académico e Professor Titular na Universidade Sénior Contemporânea, membro da Direção do OIDECOM-Observatório Iberoamericano de Investigação e Desenvolvimento em Comunicação, membro da APEP-Associacao Portuguesa de Estudos de Protocolo. Membro do ICOMOS (International Counsil on Monuments and Sites), consultor da UNESCO para o Património Mundial, membro do Grupo de Investigação em Comunicação (ICOM-X1) da Faculdade de Ciências Sociais e da Comunicação da Universidade de Vigo, membro do Grupo de Investigação em Turismo e Comunicação da Universidade de Westminster. Professor convidado das Escola Superior de Saúde do Insttuto Piaget (Portugal). Orador e palestrante convidado em várias instituições de ensino superior. Formador em Networking e Sales Communication no Network Group +Negócio Portugal. 3 Artur Filipe dos Santos
  4. 4. A Universidade Sénior Contemporânea Web: www.usc.no.sapo.pt Email: usc@sapo.pt Edições online: www.edicoesuscontemporanea.webnode.com • A Universidade Sénior Contemporânea é uma instituição vocacionada para a ocupação de tempos livres dos indivíduos que se sintam motivados para a aprendizagem constante de diversas matérias teóricas e práticas,adquirindo conhecimentos em múltiplas áreas, como línguas, ciências sociais, saúde, informática, internet, dança, teatro, entre outras, tendo ainda a oportunidade de participação em actividades como o Grupo de Teatro, Coro da USC, USC Web TV, conferências, colóquios, visitas de estudo. Desenvolve manuais didáticos das próprias cadeiras lecionadas(23), acessivéis a séniores, estudantes e profissionais através de livraria online. 4 Universidade Sénior Contemporânea – www.usc.no.sapo.pt
  5. 5. Artur Filipe dos Santos – www.artursantos.no.sapo.pt Coleção de Manuais da Universidade Sénior Contemporânea 5 As Pontes do Porto – Ponte da Arrábida • A Ponte de Arrábida é uma ponte em arco sobre o Rio Douro que liga o Porto (pela zona da Arrábida) a Vila Nova de Gaia (pelo nó do Candal), em Portugal.
  6. 6. • Desde a década de 1930 que era necessário criar ligações alternativas às antigas pontes (pontes Maria Pia e D.Luís) de modo a responder ao crescente fluxo da circulação viária. Universidade Sénior Contemporânea – www.usc.no.sapo.pt Coleção de Manuais da Universidade Sénior Contemporânea 6 As Pontes do Porto – Ponte da Arrábida
  7. 7. • No tempo da sua construção em 1963, a ponte tinha o maior arco em betão armado de qualquer ponte no mundo. Coleção de Manuais da Universidade Sénior Contemporânea 7 As Pontes do Porto – Ponte da Arrábida Edições Uscontemporanea - http://edicoes-uscontemporanea.webnode.pt/
  8. 8. Artur Filipe dos Santos – www.artursantos.no.sapo.pt Coleção de Manuais da Universidade Sénior Contemporânea 8 As Pontes do Porto – Ponte da Arrábida • O comprimento total da plataforma é de 614,6m , tendo uma largura de 26,5m. O seu vão de 270 m, e 52 m de flecha, arco esse constituído por duas costelas ocas paralelas, de 8m de largura ligadas entre si por contraventamento longitudinal e transversal
  9. 9. • Tinha duas faixas de rodagem e duas faixas laterais para peões e ciclistas. Na década de 90 foi alterado o número de faixas rodoviárias. Universidade Sénior Contemporânea – www.usc.no.sapo.pt Coleção de Manuais da Universidade Sénior Contemporânea 9 As Pontes do Porto – Ponte da Arrábida
  10. 10. Coleção de Manuais da Universidade Sénior Contemporânea 10 As Pontes do Porto – Ponte da Arrábida • O engenheiro responsável pelo seu projecto e construção foi Edgar António de Mesquita Cardoso que teve a colaboração do arquitecto Inácio Peres Fernandes e do engenheiro José Francisco de Azevedo e Silva. Edições Uscontemporanea - http://edicoes-uscontemporanea.webnode.pt/
  11. 11. Artur Filipe dos Santos – www.artursantos.no.sapo.pt Coleção de Manuais da Universidade Sénior Contemporânea 11 As Pontes do Porto – Ponte da Arrábida • Edgar António de Mesquita Cardoso OC GOSE GCSE (Resende, Resende, 11 de Maio de 1913 — 5 de Julho de 2000) foi um engenheiro de pontes português do século XX.
  12. 12. • Formou-se em engenharia civil na Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto em 1937. Universidade Sénior Contemporânea – www.usc.no.sapo.pt Coleção de Manuais da Universidade Sénior Contemporânea 12 As Pontes do Porto – Ponte da Arrábida
  13. 13. • Foi professor universitário e autor de algumas das mais belas pontes portuguesas, tendo sido agraciado com um doutoramento Honoris Causa pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Coleção de Manuais da Universidade Sénior Contemporânea 13 As Pontes do Porto – Ponte da Arrábida Edições Uscontemporanea - http://edicoes-uscontemporanea.webnode.pt/
  14. 14. Artur Filipe dos Santos – www.artursantos.no.sapo.pt Coleção de Manuais da Universidade Sénior Contemporânea 14 As Pontes do Porto – Ponte da Arrábida • A 5 de Agosto de 1944 foi feito Oficial da Ordem Militar de Cristo e a 12 de Junho de 1963 Grande-Oficial da Ordem Militar de Sant'Iago da Espada, tendo sido elevado a Grã-Cruz da mesma Ordem a título póstumo a 4 de Outubro de 2004
  15. 15. • Obras Ponte de Mértola em Mértola Ponte de Santa Clara em Coimbra Ponte da Arrábida no Porto (na época o maior arco de betão armado do mundo) Ponte Governador Nobre de Carvalho em Macau Ponte ferroviária de São João no Porto Ponte do Vale da Ursa sobre o rio Zêzere Universidade Sénior Contemporânea – www.usc.no.sapo.pt Coleção de Manuais da Universidade Sénior Contemporânea 15 As Pontes do Porto – Ponte da Arrábida
  16. 16. Coleção de Manuais da Universidade Sénior Contemporânea 16 As Pontes do Porto – Ponte da Arrábida • Ponte Edgar Cardoso na Figueira da Foz. • Extensão da pista de pouso do aeroporto da Madeira, executada em vigas de betão prefabricadas, assentes sobre pilares de betão armado. • Ponte de Mosteirô, localizada no Douro entre Baião e Cinfães. Foi considerada por Edgar Cardoso como a sua melhor e mais bela obra. Edições Uscontemporanea - http://edicoes-uscontemporanea.webnode.pt/
  17. 17. Artur Filipe dos Santos – www.artursantos.no.sapo.pt Coleção de Manuais da Universidade Sénior Contemporânea 17 As Pontes do Porto – Ponte da Arrábida • Ponte de Xai-Xai em Moçambique. • Ponte de Tete em Moçambique. • Ponte Sarmento Rodrigues em Barca d'Alva. • Viaduto de Vila Franca de Xira na A1.
  18. 18. Coleção de Manuais da Universidade Sénior Contemporânea 18 As Pontes do Porto – Ponte da Arrábida • A Ponte da Arrábida foi a segunda ponte entre o Porto e V. N. Gaia a ser construída para a circulação rodoviária, sendo uma das seis pontes ainda existentes na cidade do Porto, sendo estas por ordem de construção a Ponte de D. Maria Pia, a Ponte Luiz I, a própria Ponte da Arrábida, a Ponte de São João, a Ponte do Freixo e a Ponte do Infante. Edições Uscontemporanea - http://edicoes-uscontemporanea.webnode.pt/
  19. 19. Artur Filipe dos Santos – www.artursantos.no.sapo.pt Coleção de Manuais da Universidade Sénior Contemporânea 19 As Pontes do Porto – Ponte da Arrábida • Por volta da década de quarenta constatou-se que a circulação na Ponte D. Luiz I, entre o Porto e V.N. de Gaia, se fazia com muita dificuldade, motivado sobretudo pela expansão demográfica do distrito do Porto e do Concelho de Vila Nova de Gaia, e reconheceu-se a necessidade de uma travessia alternativa.
  20. 20. Artur Filipe dos Santos – www.artursantos.no.sapo.pt Coleção de Manuais da Universidade Sénior Contemporânea 20 As Pontes do Porto – Ponte da Arrábida • Em Março de 1952 a J.A.E.(Junta Autónoma das Estradas), adjudicou a elaboração dos anteprojectos a um Engenheiro de Pontes de renome mundial - o Professor Edgar António de Mesquita Cardoso.
  21. 21. Artur Filipe dos Santos – www.artursantos.no.sapo.pt Coleção de Manuais da Universidade Sénior Contemporânea 21 As Pontes do Porto – Ponte da Arrábida • O projecto viria a ser aprovado em 1955.
  22. 22. Artur Filipe dos Santos – www.artursantos.no.sapo.pt Coleção de Manuais da Universidade Sénior Contemporânea 22 As Pontes do Porto – Ponte da Arrábida • Com um custo de cerca de 240 mil contos, cerca de 1.200.000€, em Março de 1957 foram iniciadas as obras. Na sua construção foram gastos 20 mil toneladas de cimento, 58.700 m³ de betão armado, 2.250 toneladas de aço nos varões e 2.200 toneladas de aço laminado, no cimbre utilizado.
  23. 23. Artur Filipe dos Santos – www.artursantos.no.sapo.pt Coleção de Manuais da Universidade Sénior Contemporânea 23 As Pontes do Porto – Ponte da Arrábida • A 22 de Junho de 1963 é finalmente inaugurada a Ponte da Arrábida,no mandato de Nuno Pinheiro Torres, dispondo de quatro elevadores para que os peões pudessem vencer a distância de setenta metros do rio ao tabuleiro, facilitando em muito a travessia pedonal.
  24. 24. Artur Filipe dos Santos – www.artursantos.no.sapo.pt Coleção de Manuais da Universidade Sénior Contemporânea 24 As Pontes do Porto – Ponte da Arrábida • Nas torres dos elevadores, parte integrante da estrutura daquela obra de arte, podem observar-se quatro esculturas ornamentais com cinco metros de altura, fundidas em bronze.
  25. 25. • Duas do lado do Porto, do escultor Barata Feyo conjuntamente com o escultor Gustavo Bastos, simbolizando "O Génio Acolhedor da Cidade do Porto" e "O Génio da Faina Fluvial e do Aproveitamento Hidroeléctrico"; e duas do lado de Gaia, do escultor Gustavo Bastos, representando "O Domínio das Águas pelo Homem" e "O Homem na sua Possibilidade de Transpor os Cursos de Água". 25 Coleção de Manuais da Universidade Sénior ContemporâneaAs Pontes do Porto – Ponte da Arrábida
  26. 26. • Já em relação ao tabuleiro era composto por duas vias de trânsito com 8 m cada, separadas por uma via sobrelevada de 2 m de largura, duas pistas para ciclistas com 1,70 m cada, dois passeios sobrelevados de 1,50 m de largura. Universidade Sénior Contemporânea – www.usc.no.sapo.pt Coleção de Manuais da Universidade Sénior Contemporânea 26 As Pontes do Porto – Ponte da Arrábida
  27. 27. • Em 23 de maio de 2013 foi classificada como monumento nacional. Coleção de Manuais da Universidade Sénior Contemporânea 27 As Pontes do Porto – Ponte da Arrábida Edições Uscontemporanea - http://edicoes-uscontemporanea.webnode.pt/
  28. 28. • HISTÓRIA A Ponte da Arrábida constitui uma obra-prima da Engenharia de Pontes, sendo como tal reconhecida internacionalmente. Aquando da sua conclusão, em 1963, constituía a ponte em arco de betão armado com maior vão em todo o mundo. Universidade Sénior Contemporânea – www.usc.no.sapo.pt Coleção de Manuais da Universidade Sénior Contemporânea 28 As Pontes do Porto – Ponte da Arrábida
  29. 29. Artur Filipe dos Santos – www.artursantos.no.sapo.pt Coleção de Manuais da Universidade Sénior Contemporânea 29 As Pontes do Porto – Ponte da Arrábida • O seu processo construtivo, ao abrigo de um cimbre metálico em arco apoiado nas duas margens, com peso de 2200 toneladas, e colocado sucessivamente em três posições distintas, constituiu uma operação de extraordinário rigor e engenho, nunca antes realizada.
  30. 30. • A Ponte da Arrábida é a primeira grande ponte sobre o rio Douro integralmente concebida, projectada e construída pela Engenharia Portuguesa. Universidade Sénior Contemporânea – www.usc.no.sapo.pt Coleção de Manuais da Universidade Sénior Contemporânea 30 As Pontes do Porto – Ponte da Arrábida
  31. 31. • O seu autor, Engenheiro Edgar Cardoso, notabilizou-se como projectista de pontes, combinando sabiamente nas suas obras, espalhadas por quatro continentes, engenho, ousadia, inovação, sensibilidade e apuro estético. Coleção de Manuais da Universidade Sénior Contemporânea 31 As Pontes do Porto – Ponte da Arrábida Edições Uscontemporanea - http://edicoes-uscontemporanea.webnode.pt/
  32. 32. Artur Filipe dos Santos – www.artursantos.no.sapo.pt Coleção de Manuais da Universidade Sénior Contemporânea 32 As Pontes do Porto – Ponte da Arrábida • No contexto do acervo de obras que deixou, a Ponte da Arrábida é, para muitos especialistas, a sua maior obra-prima.
  33. 33. • O estuário do rio Douro junto ao Porto contém um notável conjunto de pontes de diversos tipos, materiais e épocas. Universidade Sénior Contemporânea – www.usc.no.sapo.pt Coleção de Manuais da Universidade Sénior Contemporânea 33 As Pontes do Porto – Ponte da Arrábida
  34. 34. Coleção de Manuais da Universidade Sénior Contemporânea 34 As Pontes do Porto – Ponte da Arrábida • O facto de a Ponte da Arrábida se inserir em tão singular conjunto, confrontando-se na concepção, na forma, no material e na inserção nas margens com as restantes pontes, não só acrescenta valor ao conjunto como é também por este altamente valorizada. Edições Uscontemporanea - http://edicoes-uscontemporanea.webnode.pt/
  35. 35. Artur Filipe dos Santos – www.artursantos.no.sapo.pt Coleção de Manuais da Universidade Sénior Contemporânea 35 As Pontes do Porto – Ponte da Arrábida • Desta forma, o conjunto das pontes no estuário do Douro tem valor bastante superior ao do simples somatório de cada uma.
  36. 36. • Ao longo das últimas décadas a Ponte da Arrábida tornou-se um dos mais poderosos símbolos da Cidade, provavelmente aquele que no futuro melhor simbolizará o Porto do século XX. Universidade Sénior Contemporânea – www.usc.no.sapo.pt Coleção de Manuais da Universidade Sénior Contemporânea 36 As Pontes do Porto – Ponte da Arrábida
  37. 37. • A Ponte da Arrábida completou 50 anos no dia 22 de Junho de 2013, ano em que se completou o centenário do nascimento na cidade do Porto do seu autor, o Engenheiro Edgar Cardoso. Coleção de Manuais da Universidade Sénior Contemporânea 37 As Pontes do Porto – Ponte da Arrábida Edições Uscontemporanea - http://edicoes-uscontemporanea.webnode.pt/
  38. 38. A Ponte da Arrábida sobre o rio Douro no Porto foi inaugurada no dia 22 de Junho de 1963 segundo projecto do Engenheiro Edgar Cardoso. Era, naquela data, a ponte em arco construída em betão armado com maior vão em todo o mundo: 270 metros. Artur Filipe dos Santos – www.artursantos.no.sapo.pt Coleção de Manuais da Universidade Sénior Contemporânea 38 As Pontes do Porto – Ponte da Arrábida
  39. 39. • A metodologia usada para a sua construção, por um lado, e a solução construída, por outro, constituíram na época avanços notáveis a nível internacional. Universidade Sénior Contemporânea – www.usc.no.sapo.pt Coleção de Manuais da Universidade Sénior Contemporânea 39 As Pontes do Porto – Ponte da Arrábida
  40. 40. • A publicação “Obras Públicas Concluídas em 1963”, do Ministério das Obras Públicas, Lisboa, 1964, descreve a obra como se indica seguidamente. Coleção de Manuais da Universidade Sénior Contemporânea 40 As Pontes do Porto – Ponte da Arrábida Edições Uscontemporanea - http://edicoes-uscontemporanea.webnode.pt/
  41. 41. 41
  42. 42. “A ponte é o tipo arco de tabuleiro superior, de tímpanos aligeirados, com a rasante à cota de 68 m, tem 25 m de largura, comportando o seu perfil transversal duas faixas de circulação de 8 m cada, duas pistas de 1,70 m para ciclistas, dois passeios de 1,50 m e um separador central de 2 m. Artur Filipe dos Santos – www.artursantos.no.sapo.pt Coleção de Manuais da Universidade Sénior Contemporânea 42 As Pontes do Porto – Ponte da Arrábida
  43. 43. • Com a nova ponte o vão sobre o rio Douro é vencido por um só arco de flecha igual a 52 m e com uma corda de 270 m, o que o torna o maior vão do mundo de betão armado, entre os executados até então, pois aquela dimensão excede em 6 m o actual “record” do arco da ponte sueca de Sando. Universidade Sénior Contemporânea – www.usc.no.sapo.pt Coleção de Manuais da Universidade Sénior Contemporânea 43 As Pontes do Porto – Ponte da Arrábida Ponte sueca de Sando.
  44. 44. Coleção de Manuais da Universidade Sénior Contemporânea 44 As Pontes do Porto – Ponte da Arrábida • O arco é formado por duas costelas, cada uma com a largura constante de 8 m, nas quais se apoia uma série de colunas rectangulares que sustentam o tabuleiro. Este tem o comprimento de 493 m, e a ponte, entre encontros, tem uma extensão total de cerca de 615 m”. Edições Uscontemporanea - http://edicoes-uscontemporanea.webnode.pt/
  45. 45. Artur Filipe dos Santos – www.artursantos.no.sapo.pt Coleção de Manuais da Universidade Sénior Contemporânea 45 As Pontes do Porto – Ponte da Arrábida • De facto, a Ponte da Arrábida foi a primeira grande ponte sobre o rio Douro em Portugal projectada e construída pela Engenharia Portuguesa. Seguiu-se a outras pontes notáveis, projectadas no século XIX por engenheiros de outras nacionalidades, nomeadamente a Ponte Pênsil (Stanislas Bigot), já demolida, a Ponte Maria Pia (Gustav Eiffel e Théophile Seyryg) e a Ponte Luiz I (Théophile Seyryg).
  46. 46. • Os primeiros estudos para uma nova travessia datam de 1930. A ideia de uma ponte ligando o Candal à Arrábida surgiu em 1945, e foi submetida ao Conselho Superior das Obras Públicas em 1950. Universidade Sénior Contemporânea – www.usc.no.sapo.pt Coleção de Manuais da Universidade Sénior Contemporânea 46 As Pontes do Porto – Ponte da Arrábida
  47. 47. • Decidiu-se avançar com uma ponte mista (rodoviária e ferroviária) na zona da Arrábida, mas estudos posteriores levaram à opção de manter o caminho de ferro independente da estrada, em face das dificuldades com as ligações às redes de um e de outro lado. Coleção de Manuais da Universidade Sénior Contemporânea 47 As Pontes do Porto – Ponte da Arrábida Edições Uscontemporanea - http://edicoes-uscontemporanea.webnode.pt/
  48. 48. Edgar Cardoso foi então incumbido, em 1952, de proceder à elaboração de anteprojectos para a ponte rodoviária. Foram cinco os anteprojectos, correspondentes a outras tantas soluções: Artur Filipe dos Santos – www.artursantos.no.sapo.pt Coleção de Manuais da Universidade Sénior Contemporânea 48 As Pontes do Porto – Ponte da Arrábida
  49. 49. • Ponte em betão armado, • Ponte de alvenaria regular, • Ponte suspensa, • Ponte metálica do tipo arco, • Ponte de betão pré- esforçado. Universidade Sénior Contemporânea – www.usc.no.sapo.pt Coleção de Manuais da Universidade Sénior Contemporânea 49 As Pontes do Porto – Ponte da Arrábida
  50. 50. Coleção de Manuais da Universidade Sénior Contemporânea 50 As Pontes do Porto – Ponte da Arrábida • A escolha recaiu na solução da ponte de betão armado, em arco, após parecer do Conselho Superior das Obras Públicas. Edições Uscontemporanea - http://edicoes-uscontemporanea.webnode.pt/
  51. 51. Artur Filipe dos Santos – www.artursantos.no.sapo.pt Coleção de Manuais da Universidade Sénior Contemporânea 51 As Pontes do Porto – Ponte da Arrábida • O projecto de execução da Ponte da Arrábida consistia, pois, numa ponte de arco com tabuleiro superior, de tímpanos aligeirados, faixa de rodagem de 18 rn, dois passeios com 3,50 m cada um. O comprimento da ponte, no seu conjunto, é de 483,20 m. Acrescentando os muros de avenida, tal dimensão sobe para 614,60 m.
  52. 52. • Elevadores instalados nas pilastras permitem a circulação de peões entre as duas margens. O arco em questão tem um funcionamento de compressão excêntrica, sob a acção do peso próprio e do tabuleiro Universidade Sénior Contemporânea – www.usc.no.sapo.pt Coleção de Manuais da Universidade Sénior Contemporânea 52 As Pontes do Porto – Ponte da Arrábida
  53. 53. • A PONTE DA ARRÁBIDA TINHA UM ARCO QUE METIA MEDO MAS NÃO AO POVO • O arco em betão servia de travessia para a obra, a que o povo assistia como num cinema. Queriam ver se a ponte caía. Mas quem morava ali não tinha medo. Coleção de Manuais da Universidade Sénior Contemporânea 53 As Pontes do Porto – Ponte da Arrábida Edições Uscontemporanea - http://edicoes-uscontemporanea.webnode.pt/
  54. 54. O arco em betão servia de travessia aos trabalhadores que dormiam no estaleiro de Gaia, ia ver-se a obra como se fosse cinema, muitos quiseram observar se caía a ponte, mas quem morava ali não tinha desses receios. Artur Filipe dos Santos – www.artursantos.no.sapo.pt Coleção de Manuais da Universidade Sénior Contemporânea 54 As Pontes do Porto – Ponte da Arrábida
  55. 55. • Cinquenta anos depois da inauguração de umas das obras-primas de Edgar Cardoso, a 22 de Junho de 1963, sobram memórias da construção da travessia que fez vista por ter à data o maior arco em vão do mundo. Universidade Sénior Contemporânea – www.usc.no.sapo.pt Coleção de Manuais da Universidade Sénior Contemporânea 55 As Pontes do Porto – Ponte da Arrábida
  56. 56. Coleção de Manuais da Universidade Sénior Contemporânea 56 As Pontes do Porto – Ponte da Arrábida • O momento da inauguraçãofoi “muito crítico” porque “tinha havido um acidente há pouco tempo na Europa” e isso chamou ao Porto “jornalismo todo para ver o desastre anunciado” para “o maior arco de betão do mundo e o mais abatido”, uma “estrutura enorme, descomunal, com 270 metros entre os apoios” Edições Uscontemporanea - http://edicoes-uscontemporanea.webnode.pt/
  57. 57. Artur Filipe dos Santos – www.artursantos.no.sapo.pt Coleção de Manuais da Universidade Sénior Contemporânea 57 As Pontes do Porto – Ponte da Arrábida • Em 2011 passaram pela ponte, em média, 136 mil carros por dia.
  58. 58. Bibliografia • http://pt.wikipedia.org/wiki/Ponte_da_Arr%C3%A1bid a • http://www.infopedia.pt/$ponte-da-arrabida,3 • http://www.porto24.pt/cidade/a-ponte-da-arrabida- tinha-um-arco-que-metia-medo-mas-nao-ao-povo/ • http://paginas.fe.up.pt/~arrabida50/site/documentos/ Documento%20Ponte%20Arrabida.pdf • http://www.jn.pt/multimedia/galeria.aspx?content_id= 3236004 – galeria de fotos da construção da ponte da Arrábida • http://pt.wikipedia.org/wiki/Edgar_Cardoso 58

×