Marketing Direto - Aula 7 - Email Marketing

622 visualizações

Publicada em

Marketing Direto - Aula 7 - Mala Direta e Email Marketing

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
622
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
30
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Marketing Direto - Aula 7 - Email Marketing

  1. 1. Marketing Direto Aula 7 – Email Marketing Ueliton da Costa Leonidio
  2. 2. O que é Email Marketing? • E-mail marketing é a utilização do e-mail para oferecer produtos ou serviços. As mensagens de e-mail marketing são agrupadas em campanhas, que agrupam o conteúdo a ser divulgado e um conjunto de destinatários (MIRANDA e SASSI, 2012) • Podemos adicionar a isto como pratica de envio de emails de maneira ética para atingir objetivos de marketing (GABRIEL, 2010)
  3. 3. Algumas vantagens Dez benefícios que alcançará ao criar Email Marketing: 1 . Retorno rápido, ao receber um email o cliente costuma vê-lo em até três dias; 2. Antecipação as necessidades do cliente, oferta de serviços ou produtos que geram interesse ao consumidor, antes mesmo dele procurá-lo; 3. Personalização, com o Email Marketing você consegue enviar mensagens totalmente personalizadas, segmentando por publico, geolocalização ou até mesmo com um email nominal, o que traz exclusividade, aproximação e assertividade; 4. Mensuração, com softwares de envio de Email Marketing é possível medir em tempo real o retorno gerado, além da identificação correta dos campos mais clicados, o que ajuda a identificar o interesse do publico, melhorando até a interação; 5. Interatividade, através de links dentro do Email você gera relacionamento com o cliente, levando-o à sites, promoções ou cadastramento; O envio do Email Marketing: Uso e Benefícios | AM3 Marketing Integrado
  4. 4. Algumas vantagens Dez benefícios que alcançará ao criar Email Marketing: 6. Possibilidades, uma campanha de Email Marketing pode ter diferentes direcionamentos, como: promoções, varejo, branding, relacionamento, satisfação, fidelização, endomarketing; 7 . Frequência, como o investimento não é alto, é possível manter uma periodicidade de mensagens enviadas, gerando impacto e presença; 8. Não é invasivo, na maioria dos casos o cliente só recebe os emails que aceita previamente em algum cadastro, caso seja um mailling comprado ou de parcerias, ele pode cancelar seu recebimento com muita facilidade; 9. Traz movimentação ao site, com a possibilidade de inserção de links, o Email Marketing leva o consumidor ao site com maior frequência; 10. Noticiais, é muito bem usado como Newsletter, você mantém contato levando conteúdo de qualidade com temas que realmente interessem aos clientes. O envio do Email Marketing: Uso e Benefícios | AM3 Marketing Integrado
  5. 5. O “P’s” do Email Marketing Síntese do que é oferecido. Produto, condições, preços, promoções. Tenha uma proposta persuasiva e instigante Material completo em : http://dinamize.com/blog2011/wp-content/uploads/4-Ps.pdf Seja relevante! Qual é a percepção que você deseja deixar para o cliente? Contato agradável? O sogra que vista nas horas mais desagradáveis? Use Opt-in e Opt-out. Sempre peça o email do cliente com permissão para contato... Opt- out: Já perguntou por telefone ou pessoalmente porque fez descadastramento? Repetição e frequência não quer dizer sempre a mesma mensagem. Renove a proposta! Avalie sempre os resultados e alterne as mensagens
  6. 6. Etapas de um Planejamento de Email Marketing 1. Objetivo 2. Tipos de E-mail Marketing 3. Decidir o público-alvo 4. Selecionar os destinatários 5. Compor a mensagem 6. Testar e aprovar 7. Enviar 8. Medir http://www.locaweb.com.br/produtos/email-marketing.html
  7. 7. Etapas de um Planejamento de Email Marketing • Objetivo: • Podem ser diversos, abaixo alguns: • Informar os clientes de uma promoção • Lançar um produto • Captar novos clientes • Vender produtos • Esclarecer dúvidas • Avaliar produtos, serviços • Saber o nível de satisfação do cliente • Estreitar relacionamento • Divulgar a empresa. • O que espero que meus clientes façam ao receber a mensagem? Somente com esta resposta em mente, você conseguirá criar uma peça concisa e coerente com o objetivo que se pretende alcançar. • Lembrete: Defina muito bem o seu objetivo (Veja aula sobre Planejamento de Marketing Direto - http://slidesha.re/18asE2B ) É durante esta etapa que definimos algumas das questões vitais da boa execução da ação: O quê? Quando? Para quem? O que desejamos? Este planejamento deve estar alinhado também com a estratégia da própria empresa.
  8. 8. Etapas de um Planejamento de Email Marketing • Tipos: • Para cada objetivo traçado, você poderá utilizar algumas opções: • Newsletter (boletim informativo periódico); • Informativo sazonal/ou não; • Confirmações de pedidos, compras e inscrições; • Agradecimento de compras, inscrições, presença, cadastro etc; • Lembretes e congratulações; • Convites; • Questionários; • Releases para imprensa; • Respostas à dúvidas e solicitações ao SAC e Suporte Técnico; • Promocionais e/ou comemorativos e sazonais. • (Veja aula sobre Planejamento de Marketing Direto - http://slidesha.re/18asE2B )
  9. 9. Etapas de um Planejamento de Email Marketing • Decidir o público-alvo • Antes de começar a compor a mensagem, você deve identificar seu público-alvo. • Veja bem, não são os endereços de e-mail que receberão a mensagem, mas os perfis que você deseja atingir com a sua comunicação. • Jovens, mulheres de 25 a 30 anos economicamente ativas, Empresários, clientes de determinado serviço que sua empresa oferece, Inativos, são exemplos de público-alvo definidos. • Lembre-se que a definição do seu público-alvo também está ligada ao seu objetivo e ao tipo de e-mail marketing utilizado e o conteúdo que será enviado. A pertinência do seu e-mail marketing com o perfil do publico que irá recebê-lo é extremamente importante. Afinal, é muito desagradável receber uma mensagem que não tenha a ver com os interesses. Memorize: Público-alvo x Objetivo x Tipo x Conteúdo • (Veja aula sobre Planejamento de Marketing Direto - http://slidesha.re/18asE2B )
  10. 10. Etapas de um Planejamento de Email Marketing • Selecionar os destinatários • Agora sim, estamos falando dos endereços de e-mail em si. • Cuidado para não enviar uma mensagem que exibe, no cabeçalho, todos os endereços que a receberam. Além de antiestético, é antiético. • Use uma plataforma profissional. Muitos sistemas de e-mail marketing conseguem disparar campanhas diretamente para o contato como se fosse uma única ação, onde é exibido apenas o e-mail do cliente no destinatário e o seu endereço no remetente. • Ao escolher uma ferramenta de gerenciamento de e-mail marketing, verifique se ela oferece o recurso de envio, de gerenciamento de listas de destinatário para melhor segmentação de seu público-alvo, de agendamento de tarefas e, claro, de acompanhamento e análise de retorno: quantos abriram o e-mail, quantos clicaram, quantos tiveram falha de envio, quais endereços falharam etc. Geralmente, esta análise é feita através de relatórios em tabelas e gráficos.
  11. 11. Etapas de um Planejamento de Email Marketing • Compor a mensagem • Nesta etapa, você decide se vai trabalhar com texto ou com HTML. • A opção de texto pode não chamar a atenção do usuário à primeira vista e também não permite diferentes formatações em determinadas informações. • Porém mensagens de texto são mais leves (em tamanho), facilita a leitura das mensagens em dispositivos móveis (celulares) e, se bem escritas, são menos prováveis de serem bloqueadas nos leitores de e-mail, aumentando a quantidade de pessoas que receberão sua comunicação. • Mensagens somente com imagens e em HTML podem atrair mais a atenção, mas tendem a ser mais pesadas, são bloqueadas na maioria dos leitores de e-mail (é necessário que o usuário permita a exibição de imagens previamente) e podem ser bloqueadas por mecanismos anti-spam. Atente-se, também, ao tamanho final do arquivo, para não sobrecarregar a caixa de entrada do usuário e não criar um e-mail muito pesado de ser lido. • O ideal é ter uma composição utilizando tanto imagens e textos, contribuindo também para um e-mail mais agradável. Para compor a mensagem você também deverá levar em consideração seu objetivo e o tipo de público definido anteriormente, já que cada perfil pode ser explorado de maneiras diferentes: textos formais, linguagem mais jovial, ilustrações divertidas ou sóbrias etc.
  12. 12. Conteúdo de um email
  13. 13. Etapas de um Planejamento de Email Marketing • Após as definições de público alvo, oferta e/ou conteúdo a ser enviado e o objetivo da ação é o momento de criar o e-mail marketing. • O Email Marketing pode ser feito em Texto, HTML e Texto/HTML. • Características de cada formato: • Texto: é o mais aceito por todos os leitores de e-mail do mercado, pois não há restrição para exibir este formato. A desvantagem é que não possibilita personalização de campos (como nome, data de aniversário, etc) e a utilização de recursos de layout (imagens, fontes, cores, entre outros). • HTML: possibilita a utilização de imagens, cores, tabelas, anexos, som, entre outros. A desvantagem é que a visualização pode ser prejudicada – diversos leitores de e-mail bloqueiam automaticamente a abertura dos elementos que não são texto. • Texto + HTML: inclui ambos os formatos na mensagem, sendo assim o cliente consegue visualizar o e-mail de uma forma ou de outra. A desvantagem principal é a complexidade de montagem da peça. • O formato texto não exige conhecimento técnico, já para a criação de HTML é indicado o auxílio de um profissional da área, para assegurar que o e-mail esteja com formatos e tamanhos de arquivo que ofereçam boa performance de envio e recebimento. • O e-mail marketing deve manter a identidade da empresa, adequando a campanha que será explorada. É essencial que o layout seja atrativo e complementar ao conteúdo, a linguagem que vai ser utilizada deve ser escolhida de acordo com o público alvo.
  14. 14. Etapas de um Planejamento de Email Marketing • Compor a mensagem • Assunto do Email Marketing (subject) • O assunto do e-mail é essencial para o sucesso de sua campanha, pois é ele quem vai gerar o interesse do cliente em dar o primeiro passo, o de abrir o e-mail e ser impactado com o conteúdo. • O assunto deve mostrar uma prévia do que pode ser encontrado no interior do e-mail, para criar expectativa para o que o leitor irá ver. Também recomendamos que você utilize um call to action (chamado à ação), reforçando a interação que você espera dele. • Use no máximo 50 caracteres • Opt-out • Como citamos anteriormente, para que seu e-mail não seja considerado spam, uma das regras oferecer a opção para o destinatário se descadastrar de sua lista de contatos ou interromper os recebimentos desse tipo de ação. Enquanto não efetivar tal procedimento, o destinatário continuará a receber seus e-mails. • Por isso, não se esqueça: sempre insira um link do tipo "Não desejo receber e-mails deste remetente" ao final de suas mensagens. Qualquer ferramenta idônea de E-mail Marketing disponível no mercado oferece a opção de opt-out em seu sistema.
  15. 15. Como aumentar a performance da sua ação • Assunto (subject) • O assunto é a porta de entrada do e-mail, é a partir dele que seu cliente vai tomar a decisão de encaminhá-lo para o lixo ou abrir, por isso é um ponto que não pode ser subestimado. • O maior desafio no momento de criar o assunto é fazer com que gere curiosidade sobre o assunto abordado. Usar call to action também é sempre uma boa dica. • Layout • Um bom layout ajuda muito no bom desempenho da campanha, por isso deve ser realizado com muita dedicação e atenção. • O layout pode ser trabalhado de diversas formas, com algumas regras básicas: • Seguir a identidade visual da empresa para criar uma identificação; • Aproveitar sazonalidades e promoções especiais para criar layout’s específicos por campanha; • Deve ter coerência com o conteúdo/promoção/oferta; • Uma dica é usar call to action... http://www.emailcenteruk.com/blog/2013/01/5-best-email-call-to- action-examples/ http://resultadosdigitais.com.br/blog/11-dicas-para-fazer-suas- chamadas-call-to-action-serem-notadas-e-clicadas/
  16. 16. Etapas de um Planejamento de Email Marketing • Testar e aprovar • Antes de enviar a todos os destinatários, envie para um endereço a que você tem acesso e faça todas as verificações possíveis: • O assunto (subject) é atraente à primeira vista? • Há erros de digitação, gramática e/ou concordância? • Todas as URLs foram inseridas corretamente e os links estão funcionando? • Verifique, ainda, se existe um endereço disponível para o usuário enviar uma resposta. • No caso de utilizar um e-mail que não recebe respostas (no-reply), certifique-se de que há outra forma de contato com sua empresa, seja um site, e-mail, endereço ou telefone. E não esqueça: insira um link do tipo "Não desejo receber e-mails deste remetente".
  17. 17. Etapas de um Planejamento de Email Marketing • Enviar • Se você utiliza uma ferramenta de gerenciamento de e-mail marketing, pode agendar uma data e horário para envio da comunicação e uma data limite para verificação dos resultados. • Cada uma destas etapas pode ter suas sub-etapas, e o planejamento pode tornar-se um grande check-list. • Analise suas necessidades e sua realidade e organize o melhor check-list possível para que nada seja esquecido. Quanto mais detalhes, mais chances de sucesso terá sua campanha!
  18. 18. Etapas de um Planejamento de Email Marketing • Medir • Você precisa saber se sua campanha de e-mail marketing teve sucesso. • Para isso, é fundamental que você resgate seus objetivos, para identificar quais indicadores são determinantes para medir este sucesso: • Se você enviou um e-mail que demandava interação do usuário, é importante medir quantos cliques a mensagem obteve; • Se você pretendia divulgar seu produto, quanto mais visualizações, melhor. • (Veja aula sobre Planejamento de Marketing Direto - http://slidesha.re/18asE2B )
  19. 19. Etapas de um Planejamento de Email Marketing • Medir • Só assim você consegue medir o retorno da campanha, analisar o que precisa ser melhorado e corrigido. Se você utiliza uma ferramenta específica para o envio de email marketing, muito provavelmente já tem como analisar as métricas de sua campanha: • Quantos abriram, quantos envios falharam, quais os links mais clicados etc. • Também é possível utilizar o Google Analytics (que é gratuito) para medir o desempenho de sua campanha. Se sua intenção é fazer com que o usuário clique num link de seu e-mail e visite uma página de seu site, é importante cadastrá-la como meta no Google Analytics, assim, você pode consultar quantas visitas esta página obteve no período de tempo que durou sua campanha, o tempo médio de duração das visitas, emitir relatórios e outros recursos oferecidos pela ferramenta. • (Veja aula sobre Planejamento de Marketing Direto - http://slidesha.re/18asE2B )
  20. 20. Etapas de um Planejamento de Email Marketing • Medir
  21. 21. Bases de e-mail marketing (mailing) • Inicialmente, a base será formada pelos clientes que a empresa já possui, por isso é imprescindível que o cadastro dos clientes seja realizado e atualizado com frequência. Quanto mais informações dos contatos estiverem disponíveis e maior for o conhecimento sobre o perfil de seus clientes, mais fácil será definir a segmentação deste mailing e elaborar o modelo de campanha, adequando o conteúdo e/ou oferta a ser trabalhado. • As ações praticadas com este mailing inicial visam estreitar relacionamento, fidelizar e rentabilizar sua base de clientes. • Para gerar novos negócios, conquistar novos clientes e expandir as possibilidades de atuação de seus negócios, é necessário planejar ações com o objetivo de ampliar sua comunicação para “não clientes”. • Seguem algumas sugestões: • Concurso cultural: prática muito comum realizada no varejo, o concurso cultural é usado como incentivo para o cadastro do e-mail. As redes sociais são um ótimo meio para divulgar este tipo de ação e atrair a atenção para sua empresa. • Cadastro no site: você pode oferecer um formulário de contato no seu site, para que os interessados em seus produtos e serviços sejam avisados sobre suas últimas novidades. Você também pode oferecer algo em troca deste cadastro, como acesso à uma área específica do site, conteúdos que sejam de interesse do seu público alvo, download de algum material que você tenha produzido, entre outras coisas.
  22. 22. Bases de e-mail marketing (mailing) – Algumas Iscas • A construção da base de e-mail requer tempo e dedicação, para que seja realizada de forma correta e eficaz. Lembre- Lembre-se de que um mailing completo e detalhado será um dos bens mais preciosos da empresa. • E-books – Servem como isca para geração de Leads e para promover sua empresa como referência e tem uma ótima viralização nas mídias sociais. • Whitepapers - Uma boa dica é construir conteúdo na linha do “as 10 coisas que você precisa saber sobre …..”. • Webinars - Seja usando slides ou a filmagem de uma palest. Pelo uso da voz (e ocasionalmente até da imagem), os webinars acabam tendo um toque mais pessoal que aproxima mais o potencial cliente da empresa. • Templates - Se sua empresa tem algum modelo de documento – apresentação, planilha, etc. – que esteja relacionado ao seu negócio e pode auxiliar no dia-a-dia do seu cliente, fornecê-lo para download também é uma boa oportunidade para geração de Leads. • Ferramentas - Essa isca é mais útil (ou viável) para empresas de tecnologia, que podem criar alguma ferramenta específica e oferecê-la de forma gratuita para seus potenciais clientes. Essa ferramenta pode ser algo novo ou então uma sub-parte do produto pago da empresa. Isso pode servir não só para geração de Leads, mas também para ajudar no processo de conversão e venda para a ferramenta paga, já que ajuda o usuário a ter um “gostinho” de como será a experiência com o produto completo.
  23. 23. Como aumentar a performance da sua ação • Uma das principais vantagens do e-mail marketing é a capacidade que temos de avaliar seu desempenho e analisar todas as variáveis da mensagem. Isso possibilita a realização de melhorias até que o modelo ideal seja atingido. • Veja alguns cenários que podem ser analisados: • Variação da taxa de abertura de acordo com o dia da semana e horário do disparo; • Variação do texto do “Assunto”; • Variação da taxa de conversão de acordo com o layout, conteúdo ou oferta; • Quantidade de destinatários que fez o opt-out. • Horário do disparo • Para esta tomada de decisão, não existe forma melhor do que realizar testes. Faça disparos em dias diferentes da semana e alterne também os horários para analisar como seu cliente se comporta, essa análise pode ser feita pelo número de visualizações e cliques das campanhas. • Neste item, a observação do comportamento da concorrência também é muito importante, pois a sua campanha deve chegar sempre antes ao cliente, para que não perca interesse.
  24. 24. Anti- Spam – Algumas Dicas • Palavras usadas no corpo do texto e nos assuntos que podem “estragar” sua estratégia de comunicação com os clientes...: Se precisar utilizar as palavras, use imagens ao invés de texto
  25. 25. Algumas Plataformas
  26. 26. Créditos e Sugestões

×