Lean Construction
Eliminando desperdícios e
Belo Horizonte, maio de 2014.
Eliminando desperdícios e
gerando valor para o c...
Apresentação da Empresa
• UMA DAS 12 EMPRESAS DO
• ÁREA DE ATUAÇÃO
•• 77 TORRESTORRES COM MAIS DE 400 UNIDADES DE ALTO PAD...
de experiência no mercado, tendo
tanto em segmento industrial, como
al e residencial (único foco
nte).
Reconhecida no PSQT...
tores que levaram a adoção do Sistema
Definição de uma filosofia gerencial
Postura de vanguarda da empresa em
Busca consta...
LIFE
Modelo de Gestão
LEAN
BIM
sca pela inovação e
nologia aplicada ao
ocesso de construção,
mbolizado
ncipalmente pela
oç...
GeraçãoGeração dede valor paravalor para oo cclienteliente
CadeiaCadeia dede valorvalor
O que é Lean Construction
FluxoFlu...
Geração de
Valor para os
Clientes
Externo e
Interno
Desenvolvimento
do Produto
Produção
Pós-Entrega
Desenvolvimento
do Pro...
Geração de Valor para o Cliente ExternoCliente Externo
1. Projeto do Stand de Vendas
2. Projeto de contenção;
3. Projeto de fundação com consultorias
nacionais (Luciano Décourt/...
PROJETO DE CANTEIRO DE
OBRAS
Desenvolvimento do Produto
PROJETO DE CANTEIRO DE
OBRAS
Desenvolvimento do Produto
PLANEJAMENTO E CONTROLE DA PRO
Produção
S T Q Q S S T Q Q S S T Q Q S S T Q Q S S T Q Q S S T Q
Semana 7 Semana 8 Semana 9...
Produção Puxada – KANBAN e HEIJUNKA
Produção
Fichas de Kanban utilizadas na
solicitação e controle de traços
Gerenciamento...
PROTOTIPIA
Produção
Visitas à obra com todo
Visitas GEMBA
Produção
todo o corpo técnico
GEMBA
PESQUISA DE SATISFAÇÃO DO CLIENTE
RETROALIMENTAÇÃO DOS CLIENTES
Pós-Entrega
8 Construtora
7 Condições Naturais de Conforto...
Saída da era das ferramentas lean
Lean de Gestão (Lean Office);
Acompanhamento das operações
atitude “gemba”, perguntando ...
Próximos Passos
Padronização nos canteiros;
TPM – Total Productive Maintenance;
Planejamento de áreas
comuns;
Treinamento ...
Considerações Finais
Agradecimentos EspeciaisAgradecimentos Especiais
Caroline Valente
Coordenadora Lean & Green
caroline@...
V Convenção Brasileira de Lean - Caso Construtora Rolim - Eliminando Desperdícios e gerando valor para o cliente
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

V Convenção Brasileira de Lean - Caso Construtora Rolim - Eliminando Desperdícios e gerando valor para o cliente

690 visualizações

Publicada em

V Convenção Brasileira de Lean - Caso Construtora Rolim - Eliminando Desperdícios e gerando valor para o cliente
Apresentadora: Caroline Porto Valente | Coordenadora Lean & Green

Publicada em: Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
690
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
26
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

V Convenção Brasileira de Lean - Caso Construtora Rolim - Eliminando Desperdícios e gerando valor para o cliente

  1. 1. Lean Construction Eliminando desperdícios e Belo Horizonte, maio de 2014. Eliminando desperdícios e gerando valor para o cliente Construction Eliminando desperdícios e Belo Horizonte, maio de 2014. Eliminando desperdícios e gerando valor para o cliente
  2. 2. Apresentação da Empresa • UMA DAS 12 EMPRESAS DO • ÁREA DE ATUAÇÃO •• 77 TORRESTORRES COM MAIS DE 400 UNIDADES DE ALTO PADR•• 77 TORRESTORRES COM MAIS DE 400 UNIDADES DE ALTO PADR •• 563.308,69 m²563.308,69 m² CONSTRUÍDOS E •• 800800 COLABORADORES NA PRODUÇÃO Empresa UMA DAS 12 EMPRESAS DO GRUPO C. ROLIMGRUPO C. ROLIM ÁREA DE ATUAÇÃO - CLASSE A e BA e B UNIDADES DE ALTO PADRÃO EM CONSTRUÇÃOUNIDADES DE ALTO PADRÃO EM CONSTRUÇÃO CONSTRUÍDOS E 99.698,2699.698,26 m²m² EM CONSTRUÇÃO COLABORADORES NA PRODUÇÃO
  3. 3. de experiência no mercado, tendo tanto em segmento industrial, como al e residencial (único foco nte). Reconhecida no PSQT (Prêmio Qualidade no Trabalho) 2012 – Prêmio FIEC por Desempenho Ambiental – 1º lugar; Prêmio CBIC de Inovação Sustentabilidade 2012 – 3º lugar; CBIC de Responsabilidade Social lugar.. eendimento residencial do Brasil (Paço as) a possuir uma Etiqueta Nacional de ação de Energia Nível A para a o Construída das Áreas Comuns, da pelo INMETRO, e também a ção ambiental mais reconhecida no Certificados e Prêmios ção ambiental mais reconhecida no (LEED – Leadership in Energy and mental Design). 1º empreendimento residencial do Brasil (Lumni) a receber o Selo de Acessibilidade do Instituto Falcão Bauer de Qualidade, em conformidade com a ABNT NBR 9050:2004. (Prêmio SESI de – 2º lugar; Ambiental 2012 Inovação e lugar; e Prêmio 2014 – 1º Ganhadora do 23º Troféu Internacional da Construção – New Millennium Award -, prêmio reconhecido internacional- mente e recebido em Paris (2011) pelo destaque na qualificação técnica de seus serviços e pelas contribuições a níveis acadêmico, socioeconômico, de sustentabilidade ambiental e desenvolvimento do setor. Artigos publicados (2006-2014) por profissionais da empresa no maior congresso de construção 2006 2007 2008 2009 2010 2012 2013 da empresa no maior congresso de construção enxuta do mundo: IGLC – International Group for Lean Construction. Visita técnica realizada a um canteiro de obras da empresa na ocasião do evento em Fortaleza.
  4. 4. tores que levaram a adoção do Sistema Definição de uma filosofia gerencial Postura de vanguarda da empresa em Busca constante de melhorias dos processos Lean quer dizer simplificar e, na Indústria o que for simples. Lean Construction Filosofia Sistem a Ferrament a o que for simples. Sistema Lean: gerencial para a empresa; em relação a inovações; processos desenvolvidos; Indústria da Construção Civil, só funcion COMPLICOU?? Não funciona!!
  5. 5. LIFE Modelo de Gestão LEAN BIM sca pela inovação e nologia aplicada ao ocesso de construção, mbolizado ncipalmente pela oção da plataforma M (Building Information deling). LIFE Conjunto de ações da empresa que obje estabilizar, fidelizar e valorizar o cliente int ao passo que também promovem segurança no trabalho e uma melhor qual de vida dentro e fora da empresa. LEAN GREEN Aplicação prática conceitos da constr sustentável na conce de projetos, construçã obras, operação escritórios e redução impactos ambientais atividades da constr civil.
  6. 6. GeraçãoGeração dede valor paravalor para oo cclienteliente CadeiaCadeia dede valorvalor O que é Lean Construction FluxoFluxo contínuocontínuo ProduçãoProdução ppuxadauxada PerfeiçãoPerfeição onstruction?
  7. 7. Geração de Valor para os Clientes Externo e Interno Desenvolvimento do Produto Produção Pós-Entrega Desenvolvimento do Produto
  8. 8. Geração de Valor para o Cliente ExternoCliente Externo
  9. 9. 1. Projeto do Stand de Vendas 2. Projeto de contenção; 3. Projeto de fundação com consultorias nacionais (Luciano Décourt/Damasco Penna/Alexandre Gusmão); 4. Projeto de arquitetura; 5. Cálculo Estrutural Desenvolvimento do Produto 5. Cálculo Estrutural 6. Projetos de instalações prediais / ar condicionado; 7. Formas e cimbramentos 8. Projeto de canteiro de obras; 9. Projeto de fachada; 10. Projeto de alvenarias; 11. Projeto de paisagismo e irrigação; 12. Projeto de ambientação Projeto de fundação com consultorias /Damasco 13. Projeto luminotécnico; 14. Projeto de automação; 15. Projeto de esquadrias; 16. Projeto de impermeabilização; 17. Projeto de estrutura metálica; 18. Projeto de drenagem superficial; Desenvolvimento do Produto Projetos de instalações prediais / ar- Projeto de paisagismo e irrigação; 19. Projetos especiais (obras de arte, esculturas, pinturas artísticas, etc); 20. Projeto de Gerenciamento de Resíd 21. Projeto de Segurança 22. Projeto de Piscina (Borda Infinita) 23. Projeto de campo de golf 24. Projeto de lagos 25. Programação Visual
  10. 10. PROJETO DE CANTEIRO DE OBRAS Desenvolvimento do Produto PROJETO DE CANTEIRO DE OBRAS Desenvolvimento do Produto
  11. 11. PLANEJAMENTO E CONTROLE DA PRO Produção S T Q Q S S T Q Q S S T Q Q S S T Q Q S S T Q Q S S T Q Semana 7 Semana 8 Semana 9 Semana 10 Semana 11 Semana 12 LE DA PRODUÇÃO (PCP) HIERARQUIZADO Q S S T Q Q S S T Q Q S S T Q Q S Semana 13 Semana 14 Semana 15Semana 12
  12. 12. Produção Puxada – KANBAN e HEIJUNKA Produção Fichas de Kanban utilizadas na solicitação e controle de traços Gerenciamento de traços com horário de subidas para os pavimentos KANBAN e HEIJUNKA Jerica identificada com oJerica identificada com o traço e o nº do pavimen qual de destino Utilização do Kanban para controle de estoq materiais (tijolos, cimento, areias, etc.)
  13. 13. PROTOTIPIA Produção
  14. 14. Visitas à obra com todo Visitas GEMBA Produção todo o corpo técnico GEMBA
  15. 15. PESQUISA DE SATISFAÇÃO DO CLIENTE RETROALIMENTAÇÃO DOS CLIENTES Pós-Entrega 8 Construtora 7 Condições Naturais de Conforto 6 Instalações Prediais 5 Qualidade dos Acabamentos 4 Quanto à Distribuição e Tamanho dos Ambientes (Utilização) 3 Segurança do Condomínio 2 Aparencia Estrutural do Condomínio (Fachada / Perspectiva) - 1 Dos itens do Condomínio e sua Qualidade / Adequação ao Uso Item Descrição e Notas de Satisfação (S) e Importância (I) Item Descrição e Notas de Satisfação (S) e Importância (I) 1 Dos itens do Condomínio e sua Qualidade / Adequação ao Uso 3 Segurança do Condomínio 2 Aparencia Estrutural do Condomínio (Fachada / Perspectiva) 4 Quanto à Distribuição e Tamanho dos Ambientes (Utilização) 5 Qualidade dos Acabamentos 6 Instalações Prediais 7 Condições Naturais de Conforto 8 Construtora RETROALIMENTAÇÃO DOS CLIENTES TABULAÇÃO DE DADOS - C. ROLIM ENGENHARIA/EDIFÍCIO LEME Média 9,0 Construtora 9,7 Condições Naturais de Conforto 9,0 Instalações Prediais 9,5 Qualidade dos Acabamentos 8,5 Quanto à Distribuição e Tamanho dos Ambientes (Utilização) 8,8 Segurança do Condomínio 8,5 Aparencia Estrutural do Condomínio (Fachada / Perspectiva) 8,8 Área Coletiva - Condomínio 8,7 Dos itens do Condomínio e sua Qualidade / Adequação ao Uso 8,8 Descrição e Notas de Satisfação (S) e Importância (I) S 9,0 TABULAÇÃO DE DADOS - C. ROLIM ENGENHARIA/EDIFÍCIO TRAGALUZ Média Descrição e Notas de Satisfação (S) e Importância (I) S 9,2 Dos itens do Condomínio e sua Qualidade / Adequação ao Uso 9,3 Segurança do Condomínio 8,7 Aparencia Estrutural do Condomínio (Fachada / Perspectiva) 10,0 Quanto à Distribuição e Tamanho dos Ambientes (Utilização) 8,6 Qualidade dos Acabamentos 8,7 Instalações Prediais 9,3 Condições Naturais de Conforto 9,3 Construtora 9,8
  16. 16. Saída da era das ferramentas lean Lean de Gestão (Lean Office); Acompanhamento das operações atitude “gemba”, perguntando o porquê, pessoas a entenderem as causas pensarem por si mesmas, não esperando “cima” e respeitando as pessoas em Principais Resultados “cima” e respeitando as pessoas em Aumento da transparência dos processos Publicação das Coletânea Lean Green – C.Rolim Engenharia; Evolução tecnológica através de intercâmbio crescente com a Academia / Instituições Ensino;; Case de sucesso na implementação enxuta e sustentável; Entregas antecipadas de obra. para a era do Sistema de perto, através da porquê, estimulando as causas dos problemas e a esperando as soluções de em todos os níveis;em todos os níveis; processos; e Coletânea Lean & intercâmbio contínuo e Instituições de Pesquisa e implementação da construção
  17. 17. Próximos Passos Padronização nos canteiros; TPM – Total Productive Maintenance; Planejamento de áreas comuns; Treinamento lean com parceirosparceiros; Just-in-time com fornecedores.
  18. 18. Considerações Finais Agradecimentos EspeciaisAgradecimentos Especiais Caroline Valente Coordenadora Lean & Green caroline@crolim.com.br

×