Desporto e velhice

6.226 visualizações

Publicada em

Publicada em: Turismo, Negócios
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
6.226
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
183
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
95
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Desporto e velhice

  1. 1. DESPORTO E VELHICE Escola Superior de Educação de Viseu
  2. 2. Esses aspectos irão influenciar na melhoria da qualidade de vida e poderá atenuar os efeitos da diminuição do nível de aptidão física na realização de actividades diárias e na manutenção de um maior grau de independência.   O programa de exercícios para idosos deve proporcionar benefícios em relação às capacidades motoras que apoiam a realização das actividades da vida diária, melhorando a capacidade de trabalho e lazer e alterando a taxa de declínio do estado funcional.
  3. 3. Benefícios da actividade física no idoso: <ul><li>melhoramento da flexibilidade, força, coordenação e velocidade; </li></ul><ul><li>elevação dos níveis de resistência, com vistas a redução das restrições no rendimento pessoal para realização de actividades quotidianas; </li></ul><ul><li>manutenção da gordura corporal em proporções aceitáveis. </li></ul>
  4. 4. Que exercícios deveriam ser proporcionados aos idosos: <ul><li>Promover actividades recreativas (para a produção de endorfina e andrógeno responsável pela sensação de bem-estar e recuperação da auto-estima); </li></ul><ul><li>Actividades de sociabilização (em grupo, com carácter lúdico); </li></ul><ul><li>Actividades moderadas e progressivas (preparando gradativamente o organismo para suportar estímulos cada vez mais fortes); </li></ul><ul><li>Actividade de força, com carga (principalmente para os músculos responsáveis por sustentação/postura, evitando cargas muito fortes e contrações isométricas); </li></ul><ul><li>Actividades de resistência (com vista a redução das restrições no rendimento pessoal); </li></ul><ul><li>Exercícios de alongamento (ganho de flexibilidade e de mobilidade); </li></ul><ul><li>Atividades de relaxamento (diminuindo tensões musculares e mentais). </li></ul>
  5. 5. HIDROGINÁSTICA NA TERCEIRA IDADE Hidroginástica é a ginástica na água, a qual se diferencia das outras actividades, realçando alguns benefícios, devido às propriedades físicas que o meio oferece. As propriedades físicas da água irão auxiliar, ainda mais os idosos, na movimentação das articulações, na flexibilidade, na diminuição da tensão articular (baixo impacto), na força, na resistência, nos sistemas cardiovascular e respiratório, no relaxamento, na eliminação das tensões mentais, entre outros.   È importante considerarmos que, antes de incluirmos o idoso nas aulas de hidroginástica, é necessário que o técnico desportivo, tenha em mãos uma avaliação médica, para uma maior segurança do programa da actividade e do idoso, a fim de verificar a real capacidade funcional do aluno e de possível existência de problemas físicos.
  6. 6. Cuidados e restrições na actividade física com idosos: <ul><li>Restrições </li></ul><ul><li>Altas intensidades de exercícios; </li></ul><ul><li>Solicitação do sistema anaeróbico deve ser evitada; </li></ul><ul><li>Exercícios isométricos; </li></ul><ul><li>Movimentos rápidos e bruscos. </li></ul><ul><li>Cuidados </li></ul><ul><li>Não ultrapassar a amplitude máxima dos movimentos ; </li></ul><ul><li>Não prolongar exercício na presença de dor; </li></ul><ul><li>Uso de medicamentos; </li></ul><ul><li>Não levar a exaustão. </li></ul>

×