<ul><li>Pirâmide etária crescente  (países em desenvolvimento) </li></ul><ul><li>Base larga, devido à elevada taxa de nata...
<ul><li>Pirâmide etária decrescente  (países desenvolvidos) </li></ul><ul><li>Base estreita, porque a percentagem de joven...
<ul><li>Classes  etárias ocas     classes com menos população do que a classe etária superior (guerras, doenças, fomes, m...
<ul><li>Diminuição da população activa; </li></ul><ul><li>Diminuição do espírito critico e de iniciativa; </li></ul><ul><l...
<ul><li>Difícil acesso à educação, devido à falta de escolas e professores suficientes; </li></ul><ul><li>Falta de habitaç...
 
<ul><li>As políticas demográficas são um conjunto de medidas adoptadas pelo Governo quanto às questões demográficas. </li>...
<ul><li>Os países desenvolvidos foram os primeiros a sentir necessidade de adoptar medidas de incentivo à natalidade, pois...
<ul><li>Prolongamento das licenças de parto; </li></ul><ul><li>Desenvolvimento de sistemas de protecção social dos mais jo...
<ul><li>Nos países em desenvolvimento os esforços concentram-se no cumprimento de medidas que visam, acima de tudo, diminu...
<ul><li>A legalização  do aborto e das práticas de esterilização; </li></ul><ul><li>O incentivo ao aumento da idade de cas...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Constrates na estrutura etária

3.699 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação, Tecnologia
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.699
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
30
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
98
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Constrates na estrutura etária

  1. 2. <ul><li>Pirâmide etária crescente (países em desenvolvimento) </li></ul><ul><li>Base larga, devido à elevada taxa de natalidade; </li></ul><ul><li>Topo estreito, porque a percentagem de idosos é baixa em resultado de uma reduzida esperança média de vida. </li></ul><ul><li>População muito jovem </li></ul><ul><li>Forte crescimento demográfico </li></ul>
  2. 3. <ul><li>Pirâmide etária decrescente (países desenvolvidos) </li></ul><ul><li>Base estreita, porque a percentagem de jovens é baixa, devido à baixa taxa de natalidade; </li></ul><ul><li>Topo largo, porque a percentagem de idosos e significativa, devido à maior esperança média de vida; </li></ul><ul><li>Há classes etárias ocas. </li></ul><ul><li>População envelhecida </li></ul><ul><li>Reduzido crescimento demográfico </li></ul>
  3. 4. <ul><li>Classes etárias ocas  classes com menos população do que a classe etária superior (guerras, doenças, fomes, migrações (emigração e imigração)). </li></ul>
  4. 5. <ul><li>Diminuição da população activa; </li></ul><ul><li>Diminuição do espírito critico e de iniciativa; </li></ul><ul><li>Aumento das despesas da Segurança Social (pagamento das reformas); </li></ul><ul><li>Aumento da despesas com a Saúde e os Serviços Sociais para idosos, como os lares, centros de apoio domiciliário. </li></ul>
  5. 6. <ul><li>Difícil acesso à educação, devido à falta de escolas e professores suficientes; </li></ul><ul><li>Falta de habitação e de emprego que origina o crescimento dos bairros de lata e a expansão de actividades ilícitas (drogas…); </li></ul><ul><li>Difícil acesso aos cuidados de saúde; </li></ul><ul><li>Aumento da subnutrição e da fome, devido à necessidade de alimentos ser cada vez maior. </li></ul>
  6. 8. <ul><li>As políticas demográficas são um conjunto de medidas adoptadas pelo Governo quanto às questões demográficas. </li></ul>Políticas Natalistas Conjunto de medidas utilizadas pelos governos para incentivarem os casais a terem mais filhos. Políticas Anti-natalistas Conjunto de medidas utilizadas pelos governos para incentivarem os casais a terem menos filhos.
  7. 9. <ul><li>Os países desenvolvidos foram os primeiros a sentir necessidade de adoptar medidas de incentivo à natalidade, pois em quase todos o envelhecimento da população é uma realidade preocupante. A emancipação da mulher, o reconhecimento do direito à concentração e a legalização do aborto vão acentuar a diminuição verificada no índice sintético de fecundidade e reforçar a necessidade de adoptar medidas mais eficazes, tais como: </li></ul><ul><li>Abono de família mais elevado a partir do 2º filho (como na Alemanha) ou do 3º (como em França) ou no caso de famílias numerosos ou de baixos rendimentos. </li></ul>
  8. 10. <ul><li>Prolongamento das licenças de parto; </li></ul><ul><li>Desenvolvimento de sistemas de protecção social dos mais jovens (creches e jardins-de-infância comparticipadas pelo Estado); </li></ul><ul><li>Remuneração complementar dos períodos de licença de maternidade e paternidade; </li></ul><ul><li>Horários de trabalho reduzidos e flexíveis, como na Hungria, República Checa e Eslováquia. </li></ul><ul><li>Atribuição de crédito á aquisição de habitação com mais de 2 filhos. </li></ul><ul><li>Assistência médica gratuita durante a gravidez e nos 1ºs anos de vida das crianças. </li></ul>
  9. 11. <ul><li>Nos países em desenvolvimento os esforços concentram-se no cumprimento de medidas que visam, acima de tudo, diminuir a elevada natalidade responsável pelo ritmo acelerado do crescimento populacional. </li></ul><ul><li>Os países onde a pressão demográfica é mais forte , casos da China e da Índia, foram os primeiro a adoptar medidas antinatalistas , tais como: </li></ul>
  10. 12. <ul><li>A legalização do aborto e das práticas de esterilização; </li></ul><ul><li>O incentivo ao aumento da idade de casamento; </li></ul><ul><li>A distribuição gratuita de contraceptivos; </li></ul><ul><li>O incentivo à “política do filho único”; </li></ul><ul><li>A adopção de programas de planeamento familiar com recurso à ajuda internacional; </li></ul><ul><li>A promoção social da mulher, através da sua instrução e formação profissional. </li></ul>

×