Sistema urinário

6.761 visualizações

Publicada em

doenças que acometem o sist. urinario

1 comentário
5 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
6.761
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
115
Comentários
1
Gostaram
5
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Sistema urinário

  1. 1. SISTEMA URINÁRIODoenças que acometem osórgãos desse sistema eexames radiológicos.
  2. 2. Os exames radiológicos do sistema urinário estão entre os procedimentos contrastados mais comumente realizados em departamentos de radiologia. O sistema urinário consiste em dois rins, dois ureteres, uma bexiga e uma uretra.
  3. 3.  Urografia Excretora Freqüentemente é o exame radiológico inicial em casos de dores nas vias urinárias, hematúria, infecção do trato urinário, obstrução aguda, massas renais, urolitíase, nefrocalcinose e anormalidades congênitas. Este exame proporciona informações anatômicas essenciais e demonstra a função de todo o trato urinário. A urografia excretora é completada pela US, TC, RM que fornecem informações anatômicas adicionais e podem mostrar as características de uma massa tumoral. Em geral o trato urinário tubular é mais bem avaliado por exames contrastados, porque estes revelam a aparência da luz e as características do fluxo líquido.
  4. 4.  A Urografia Excretora possibilita a avaliação do tamanho, eixo, contorno e simetria funcional dos rins, o objetivo de uma Urografia Excretora é visualizar a porção coletora do sistema urinário e avaliar a capacidade funcional dos rins. Indicações clínicas: As principais indicações clínicas da urografia excretora incluem: 1- massa abdominal ou pélvica 2- cálculos renais ou ureterais 3- traumatismo renal 4- dor no flanco 5- hematúria ou sangue na urina 6- hipertensão 7- insuficiência renal 8- infecções do trato urinário
  5. 5. Urografia Retrógrada (Pielografia) A Urografia Retrógrada é um exame não funcional do sistema urinário, durante o qual o meio de contraste é introduzido diretamente no sistema pielocalicial através de cateterização, por um urologista. A Urografia Retrógrada é não funcional, pois os processos fisiológicos normais do paciente não estão envolvidos no procedimento. É feita após introdução cistoscópica retrógrada de cateteres ureterais e a injeção de material de contraste.
  6. 6. Este procedimento é indicado empacientes com obstrução ou disfunçãorenal, nos quais o sistema coletor da pelverenal e os ureteres têm de ser examinados.Proporciona melhor visualização depequenas falhas de enchimento pelomaterial de contraste da pelve renal e dosureteres. É possível visualizar diretamenteas estruturas internas de um ou ambos osrins e ureteres.
  7. 7.  Uretrocistografia Retrograda e Miccional O objetivo de uma Uretrocistografia Retrógrada e Miccional é estudar a uretra, avaliar a bexiga e a micção do paciente e observar possíveis refluxos ureterais. É o único método de demonstração da uretra prostática. A fase miccional do exame é mais bem realizada utilizando controle fluoroscópico. Indicações clínicas: - traumatismo - perda involuntária de urina - estenose de uretra - refluxo ureteral
  8. 8. FONTES DE PESQUISA: www.tecnologiaradiologica.comhttp://www.manualmerck.nethttp://radiologia-para-estudantes.blogspot.com.br
  9. 9. FONTES DE PESQUISA: www.tecnologiaradiologica.comhttp://www.manualmerck.nethttp://radiologia-para-estudantes.blogspot.com.br

×