Apresentacao faixa reverivel v04

1.847 visualizações

Publicada em

Apresentação de Silvio Rogerio Tores - SPTrans

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.847
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
586
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
28
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentacao faixa reverivel v04

  1. 1. Microssimulação de Faixa Reversível para Ônibus Corredor de Ônibus Jardim Ângela / Guarapiranga / Sto. Amaro
  2. 2. <ul><li>Verificar previamente a eficácia da implantação de faixa reversível para ônibus no corredor Jardim Ângela / Guarapiranga / Santo Amaro, ao longo da Estrada do M’Boi Mirim, com base em: </li></ul><ul><li>Construção e calibração do cenário inicial (sem projeto); </li></ul><ul><li>Construção do cenário com a medida proposta (projeto); </li></ul><ul><li>Avaliação dos resultados gerados. </li></ul><ul><li>A implantação da faixa reversível, em abril de 2010, resultou em ganhos significativos nas velocidades dos ônibus. </li></ul>Objetivo
  3. 3. A rede considerada nesta simulação abrange a região da Estrada do M’Boi Mirim, no trecho crítico entre o Terminal Guarapiranga e a Av. Guido Caloi. O período de análise considerado foi o do pico da manhã. A coleta de dados e o detalhamento das informações necessárias para “alimentar” o software de simulação são importantes e demandam tempo e mão-de-obra. As variáveis consideradas representam a situação inicial (cenário sem projeto) antes da implantação da faixa reversível. Construção do Cenário Inicial
  4. 4. <ul><li>DADO FONTE </li></ul><ul><li>volumes de tráfego CET </li></ul><ul><li>velocidades do tráfego CET </li></ul><ul><li>programação semafórica CET </li></ul><ul><li>itinerários dos ônibus SPTrans </li></ul><ul><li>programação das linhas SPTrans </li></ul><ul><li>velocidades dos ônibus SPTrans </li></ul><ul><li>localização dos pontos SPTrans </li></ul><ul><li>tempos nas paradas SPTrans </li></ul><ul><li>operacional proposto SPTrans </li></ul>Construção do Cenário Inicial
  5. 5. Rede de simulação Construção do Cenário Inicial CENTRO BAIRRO
  6. 6. Situação em março de 2010, anterior à implantação da faixa reversível. Volumes de ônibus na hora-pico da manhã (on/h). Diagnóstico do Problema e Cenário Proposto BAIRRO CENTRO
  7. 7. As velocidades dos ônibus atingiram valores muito baixos, principalmente após o período das férias escolares, em março de 2010 no sentido bairro-centro, no pico da manhã. Fonte: SPTrans Fonte: Olho Vivo (SPTrans) Diagnóstico do Problema e Cenário Proposto
  8. 8. A crescente demanda da região do M’Boi Mirim, aliada à falta de um sistema viário insuficiente em uma região com topografia desfavorável, ao longo dos anos resultou em congestionamentos diários e baixo desempenho para o corredor de ônibus. Cenário Inicial (sem projeto) Cenário Proposto (faixa reversível para ônibus) Diagnóstico do Problema e Cenário Proposto
  9. 9. Foi possível dividir o fluxo total de ônibus que trafegavam no corredor em duas canaletas ou vias: a existente (BC) e a do sentido reverso (CB) do corredor. Com isso duplicou-se também os locais de embarque e desembarque. Trecho 1 - Antes do Terminal Guarapiranga (M’Boi Mirim). Trecho 2 - Entre Term. Guarapiranga e Av. Guarapiranga. Trecho 3 - Após encontro com Av. Guarapiranga (trecho crítico). Diagnóstico do Problema e Cenário Proposto
  10. 10. O constrangimento de um elevado volume de ônibus em um único canal de escoamento (sem ultrapassagem) gera filas. Fonte: www.silvio-torres.com/files/Filas%20-%20S3.pdf Diagnóstico do Problema e Cenário Proposto
  11. 11. Diagnóstico do Problema e Cenário Proposto Term. Guarapiranga Av. Guarapiranga Estr. M’Boi-Mirim 185 60 250 100 45 40 ANTES 205 60 Term. Guarapiranga Av. Guarapiranga Estr. M’Boi-Mirim DEPOIS 55 60 100 100 45 40 110 150 55 60 150
  12. 12. Diagnóstico do Problema e Cenário Proposto Pte. Socorro Av. Guido Caloi Av. Guarapiranga Estr. M’Boi-Mirim CENTRO BAIRRO
  13. 13. Os veículos em azul representam o tráfego geral e os veículos na cor vermelha representam os ônibus. Cenário Inicial: filas e morosidade no corredor Cenário Proposto: maior fluidez para os ônibus Avaliação de Resultados
  14. 14. Os vídeos abaixo ilustram o problema e a solução adotada. Cenário Inicial: sem faixa reversível Cenário Proposto: com faixa reversível Avaliação de Resultados
  15. 15. Os primeiros 18 minutos da simulação devem ser descartados, pois a rede inicialmente encontra-se vazia e somente com a ocupação de suas vias é que se atinge o “equlíbrio”. Velocidades no cenário base Velocidades no cenário proposto Avaliação de Resultados
  16. 16. <ul><li>Os programas de simulação aplicados a problemas de transporte são uma importante ferramenta para o desenvolvimento de atividades de planejamento. </li></ul><ul><li>Permitem análises complexas e detalhadas de uma situação real ou hipotética, com a criação de cenários para as várias alternativas na busca por soluções viáveis. No entanto, cada modelo é capaz de atender demandas específicas e apresenta limitações de aplicação e precisão. </li></ul><ul><li>O planejador deve levar em conta o tempo necessário para a resposta e decisão, o detalhamento e a precisão das informações desejadas, a disponibilidade dos dados e o custo. </li></ul>Considerações Finais
  17. 17. Sílvio Rogério Tôrres Especialista em Transporte E-mail: silvio.torres@sptrans.com.br São Paulo Transporte S/A - SPTrans www.sptrans.com.br Superintendência de Planejamento de Transporte - DT/SPT Telefone: (11) 3396-7825 Disponível para download em: www.silvio-torres.com/files/fx-reversivel-v04.pdf

×