Trabalho de Sociologia

2.045 visualizações

Publicada em

Trabalho de Sociologia sobre Tribos Urbanas

Publicada em: Educação
1 comentário
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.045
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
88
Comentários
1
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Trabalho de Sociologia

  1. 1. • As tribos urbanas, também chamadas de subculturas ou subsociedades (ou metropolitanas ou regionais) são constituídas de micro grupos que têm como objetivo principal estabelecer redes de amigos com base em interesses comuns. Essas agregações apresentam uma conformidade de pensamentos, hábitos e maneiras de se vestir. A expressão "tribo urbana" foi criada pelo sociólogo francês Michel Maffesoli, que começou usá-la nos seus artigos a partir de 1985. A expressão ganha força três anos depois com a publicação do seu livro O Tempo das Tribos: O declínio do individualismo nas sociedades de massa. Segundo Michel Maffesoli, o fenômeno das tribos urbanas se constitui nas "diversas redes, grupos de afinidades e de interesse, laços de vizinhança que estruturam nossas megalópoles. Seja ele qual for, o que está em jogo é a potência contra o poder, mesmo que aquela não possa avançar senão mascarada para não ser esmagada por este”.
  2. 2. • O primeiro movimento Punk surgiu em meados da década de 70 quando o mundo se encontrava no auge da guerra-fria e numa Europa de pós-guerra, com constantes transformações sociais. Jovens marginalizados pela sociedade, pobres e desempregados, fartos da vida que tinham, começam a chocar a sociedade pelo modo agressivo de ser, de vestir e de agir. Esses jovens defendiam o anarquismo e a liberdade individual, manifestam a sua rebeldia contra a hipocrisia, os privilégios, a sociedade conformista, as desigualdades sociais. • Este movimento Punk também é caracterizado por um estilo baseado na música, moda e comportamento. A primeira manifestação surgiu nos Estados Unidos com a banda The Ramones, por volta de 1974 e é caracterizada por um revivalismo da cultura rock and roll (músicas curtas, simples e dançantes) e do estilo rocker greaser (casacos de couro estilo motociclista, camisa branca, calças de ganga, tênis e o culto a juventude, diversão e rebeldia). O Punk rock acabou por trazer o princípio da música simplificada, fazendo com que os jovens criassem as suas próprias bandas.
  3. 3. • A cultura gótica (chamada de Dark no início dos anos oitenta apenas no Brasil) é uma cultura que teve início no Reino Unido durante o final da década de 1970 e início da década de 1980, derivado também do gênero pós-punk. A subcultura gótica abrange um estilo de vida, estando ela associada diretamente a musica Darkwave/Gothic Rock, Pós Punk, Ethereal Wave, a estética (visual, moda e vestuário) com maquiagem e penteados alternativos (cabelos desfiados, desarrumados e desgrenhados) e uma certa bagagem filosófica e literária. A música se volta para temas que glamorizam a decadência, o niilismo, o hedonismo e o lado sombrio. A estética sombria se traduz na combinação de vestuário, desde death rock, punk, renascentista e moda vitoriana essencialmente baseados no preto, em algumas vezes com adições lilás, roxo, carmesim.
  4. 4. • O movimento surgiu na Jamaica entre a classe trabalhadora e camponeses negros em meados dos anos 20, iniciado por uma interpretação da profecia bíblica em parte baseada pelo status de Selassiê como o único monarca africano de um país totalmente independente e seus títulos de Rei dos Reis, Senhor dos Senhores e Leão Conquistador da Tribo de Judah, que foram dados pela Igreja Ortodoxa Etíope. espalhou muito pelo mundo, principalmente por causa da imigração e do interesse gerado pelo ritmo do reggae; mais notavelmente pelo cantor e compositor de reggae jamaicano Bob Marley.
  5. 5. • O termo hippie derivou da palavra “HIPSTER” em inglês, que nos Estados Unidos designava pessoas que se envolviam com a cultura negra. Este termo foi utilizado pela primeira vez em 1965, num artigo de um jornal de São Francisco nos EUA. Os hippies eram parte do que se convencionou chamar de movimento de contracultura dos anos 60, nascido nos EUA, esse movimento surge como a própria negação da sociedade de consumo e da educação tradicional que denunciava as contradições da sociedade capitalista em seus diversos níveis de relações. No início era um movimento estudantil que contestava as injustiças sociais tais como o racismo, a pobreza, a inferioridade dos direitos das mulheres, ou seja, estavam em desacordo com os valores tradicionais das classes sociais americanas.
  6. 6. • O Grunge na verdade é um subgênero do Rock Alternativo inspirado pelo Hardcore, Punk e Heavy Metal, criado na década de 80, na cidade de Seattle, Mark Arm, vocalista da banda Green River de Seattle, é creditado como o primeiro a usar o termo “Grunge”, que em inglês significa “Sujo”, apesar de o termo ser usado de forma pejorativa inicialmente, ele acabou se tornando uns dos gêneros musicais mais populares da década de 1990. A vestimenta é um contra-ataque à moda yuppie - engomadinha e elegante - dos jovens dos anos 80 e a abundância de couro e itens caros usados pelas glam rock bands, o grunge provocou uma verdadeira rebelião. Priorizando a simplicidade e a não ostentação, os artistas usavam calças rasgadas, camisas de flanela ou de bandas, sapatos gastos, suéteres velhos e botas. O auge do movimento ocorreu no final da década de 80, quando os jovens da época queriam algo inovador, sem roupas descoladas e sem ostentações, assim crescia o movimento Grunge.
  7. 7. • Skinhead (traduzido do inglês, "cabeça raspada") é uma subcultura originária dos jovens da classe operária no Reino Unido no final dos anos 1960 e, mais tarde, espalhada para o resto do mundo. São chamados desta forma devido ao corte de cabelo. • A subcultura skinhead era originalmente baseada nestes elementos, e não na política nem em questões raciais. No final dos anos 1970, entretanto, a raça e a política viraram fatores determinantes, gerando divergências e divisões entre os skinheads. O espectro político dentro da cena skinhead abrange da extrema-direita à extrema- esquerda, apesar de muitos skinheads serem apolíticos. • A moda skinhead apresenta um estilo particular de se vestir (que costuma incluir botas e/ou suspensórios), o culto à virilidade, ao futebol e ao hábito de beber cerveja. A cultura skinhead é também ligada à música, especialmente, skinhead reggae e streetpunk, mas também punk rock e hardcore punk.
  8. 8. Alunos: Ana Carolina Larissa Caio Wallace Karollyne João Vitor

×