LEIS DINAMICAS DA CURA - RESUMO

489 visualizações

Publicada em

O PODER DO PENSAMENTO, DA MENTE SOBRE O CORPO
CATHERINE PONDER

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
489
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
17
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

LEIS DINAMICAS DA CURA - RESUMO

  1. 1. 13 1. Segredos da cura de todos os tempos – revelados agora Um desenho animado retrata um homem de negócios deixando um quarto de hospital com suas malas, seguido da esposa e da enfermeira. Na saída, ele exclama: “Esses remédios são milagrosos. Estava de cama até agora e, no entanto, já estou saindo do hospital!”. O que esse homem não percebe é que, a menos que ele descubra o motivo mental de seu mal, que jaz em seus sen- timentos interiores, provavelmente terá de retornar ao hospital para receber mais um pouco “dos remédios milagrosos”. Mas se ele realmente entendesse alguma coisa sobre os poderes de cura da mente, que estão exatamente dentro dele, e como ativá-los, suas recaídas poderiam ser evitadas. Os segredos eternos da cura revelam que você tem doze poderes dinâmicos da mente, localizados em doze centros nervosos dominantes em seu organismo. É uma surpresa, para a maioria das pessoas, descobrir que esses doze poderes da mente não estão todos localizados no cérebro, na região da cabeça, como poderia supor. Em vez disso, estão localizados por todo o corpo. As células do pensamento no cérebro se distribuem por
  2. 2. 14 15 todo o corpo físico. Essa inteligência aguarda ser reconhecida e liberada para a sua missão de cura. Portanto, todo o seu corpo é verdadeiramente mental e pensa! Os antigos usavam esses poderes Não se trata de uma descoberta recente. As referências aos doze poderes da mente do homem são encontradas nos documentos mais antigos que lidam com as crenças e práticas humanas. Os antigos gregos, persas, egípcios e hindus sentiam que todas as partes do corpo tinham um significado secreto, e seus sacerdotes usavam estátuas do corpo humano em seus templos para estudá-lo. Os videntes antigos, muito antes da época de Cristo, acreditavam que havia doze “centros cósmicos” no homem que, se entendidos e controlados, poderiam liberar um po- der imenso para a sua mente, seu organismo e suas ações. Os místicos do Oriente, tanto em símbolos quanto em fórmulas secretas, revelaram a seus discípulos alguma coisa sobre esses ensinamentos. O filósofo judeu Filo e o grego Aristóteles pres- sentiram esses poderes do homem, assim como o médico suíço Paracelso, no século 16, quando falou em “centros de energia”. Edwin John Dingle, fundador da ciência da Metafísica, relata em seu livro, My Life in Tibet,2 como ele aprendeu há muitos anos, com seu mestre tibetano, a liberar energia abun- dante localizada em várias partes do corpo. Edgar Cayce, em suas famosas sessões em transe, referiu-se aos poderes da mente localizados nas glândulas como um antigo ensinamento. A também antiga ciência da astrologia já ensina há muito tempo que, se houver um pensamento equilibrado, sempre haverá uma atividade glandular equilibrada e vice-versa. 2 Edwin John Dingle, My Life in Tibet, Los Angeles, Econolith Press. May Rowland, ex-diretora da Silent Unity, mostrou em seu famoso livro, A Drill in the Silence3 , como fazer aflorar esses poderes dentro das pessoas para melhorar a saúde e a paz de espírito. Sua própria vitalidade juvenil em meio a uma vida completa e atribulada foi um testemunho válido disso. O renomado cientista e médico Alexis Carrel explicou como o corpo é envolvido pelo poder da mente, que pode ser dirigido e controlado: A mente está escondida dentro da matéria viva [...] completamente negligenciada pelos fisiatras e economistas, quase despercebida pelos médicos. No entanto, é o maior poder deste mundo. Em relação à forma como esse poder inato da mente afeta o organismo, doutor Carrel escreveu: Cada estado de consciência provavelmente exibe uma expressão orgânica correspondente [...]. O pensamento pode gerar lesões orgânicas [...]. Ele escreveu, ainda, sobre como podemos direcionar e controlar o pensamento e seus efeitos sobre o organismo: Quando nossas atividades são direcionadas a um fim preciso, nossas funções mentais e orgânicas se tornam totalmente harmoniosas [...]. A fim de manter esse equilíbrio mental e orgânico, o homem deve impor a ele mesmo uma regra interna.4 3 May Rowland, A Drill in the Silence, Unity Village, Missouri, Unity School of Christianity. 4 Alexis Carrel, Man, the Unknown, Nova York, Harper & Ro., Publishers Inc.
  3. 3. 16 17 A ciência confirma o efeito da mente sobre o corpo O misterioso efeito da mente humana sobre o orga- nismo parecia muito mais relevante para os nossos ancestrais que suas dores e seus males físicos. Durante muitos séculos, o estudo da metafísica atraiu muito mais os homens mais ilustres que o estudo da medicina. Os médicos antigos atribuíam enorme importância ao temperamento e às idiossincrasias do homem em relação à sua saúde. Foi apenas após o Renascimento, no século 16, que os efeitos da ausência de saúde passaram a ser mais enfatizados do que suas causas emocionais e mentais. Felizmente, nos últimos anos, o pêndulo começou a oscilar para o outro lado novamente. Hoje em dia, nossos cientistas e médicos percebem que o homem tem poderes internos maravilhosos, mas deixa de utilizá-los. Alguns médicos alegam que 75% de nós usamos apenas 25% de seus poderes físicos. Não estamos nem 50% vivos! O pai da psicologia norte-americana, William James, disse há muitos anos que 90% de nós usa apenas 10% do nosso poder mental: Comparado ao que devemos ser, estamos despertos apenas pela metade. Fazemos uso de apenas uma pequena parcela de nossos recursos mentais e físicos. Colocando a coisa de forma mais ampla, o ser humano vive, portanto, muito aquém de seus limites. Ele tem poderes de vários tipos que habitualmente deixa de usar. Em termos de energia, os cientistas nos dizem que esta- mos repletos de poder superatômico, que a energia armazenada nas células de nosso organismo é suficiente para destruir uma cidade se liberada de alguma forma. A maioria das pessoas não tem consciência desse poder, pois está impregnado nos níveis mais profundos da mente. Os psicólogos modernos vão além de William James nas suas alegações, estimando que o homem usa apenas um décimo de 1% de sua energia e poder. O resto de suas forças é perdido, pois é expresso para fora, e não para dentro. Talvez seja um problema de longa data, pois os antigos sentiam que todos os males resultavam de “subnutrição” — principalmen- te mental e espiritual — e que toda a transmissão de energia emanava de dentro. Os cientistas médicos confirmam isso. Eles avaliam que o homem é um organismo em autorrenovação; que cada um de nós tem energia interna suficiente para controlar o universo, só é preciso saber como liberá-la e controlá-la. Edison foi muito além ao declarar que suas investigações o convenceram de que o corpo humano é formado por trilhões de átomos, cada qual um centro de inteligência, e, se o homem pudesse ganhar o controle de sua inteligência inata por meio de sua vontade, poderia viver para sempre! Vinte séculos atrás, Jesus, o Grande Médico, tentou enfatizar a fonte dos poderes ilimitados inatos do homem quando disse aos fariseus: “O Reino de Deus não vem com aparência exterior” (Lucas 17:20). E agora, os nossos psicólogos modernos estão apenas começando a descobrir a sabedoria do conselho de Paulo para os romanos: “[...] Sede transformados pela renovação da sua mente” (Romanos 12:2). Como foi a cura da tuberculose de Myrtle Fillmore Myrtle Fillmore, mãe de três meninos e esposa de um corretor de imóveis da cidade do Kansas, foi diagnosticada com tuberculose, uma doença incurável na época. Recebeu o prognóstico de apenas seis meses de vida.
  4. 4. 18 19 Em uma noite quente de primavera, seu marido a levou para assistir a uma palestra metafísica. Como tinham formação religiosa, os Fillmore não conheciam nada sobre o poder de cura do pensamento, mas estavam desesperados e dispostos a considerar qualquer técnica construtiva que pudesse restaurar sua saúde. Na palestra, o orador disse: “Vocês são filhos de Deus; portanto, não herdam a doença”. Isso foi uma ideia emocionante para a senhora Fillmore, que tinha sido levada a acreditar que ela provavelmente tinha herdado a sua tuberculose supostamente incurável, mais um motivo para os médicos considerarem que nada mais poderia ser feito para ela. No folheto How I Found Health [Como encontrei a saúde], a senhora Fillmore relata como retirou a energia de seu interior para externar e como impôs sobre o seu pensamento a “regra interna” sobre a qual o doutor Carrel tinha escrito, e por meio da qual realizou a sua cura: Eu tinha feito o que, para mim, parecia ser uma descoberta. Eu estava muito doente. Tinha todos os males da mente e do corpo que poderia suportar. Os remédios e os médicos não me aliviavam mais, e eu estava desesperada quando encontrei o Cristianismo Pragmático. Eu o segui e fui curada. Fiz a maior parte da cura sozinha, porque queria o entendimento para uso futuro. Foi assim que fiz o que chamo de “minha descoberta”. Eu refletia sobre a vida. A vida está em toda a parte — nos vermes e no homem. “Então, por que a vida em um verme não produz um corpo como o de um homem?”, eu indaguei. Depois pensei: “O verme não tem muito do senso de um homem”. Ah! A inteligência, além da vida, é necessária para fazer um corpo. Eis a chave da minha descoberta. A vida deve ser guiada pela inteligência ao criar todas as formas. A mesma lei opera no meu corpo. A vida é simplesmente uma forma de energia que deve ser guiada e dirigida no corpo do homem pela sua inteligência. Como nos comunicamos com inteligência? Pensando e falando, claro. Então, ocorreu-me subitamente que eu poderia conversar com a vida existente em cada parte de meu corpo e fazê-lo seguir apenas o que eu queria. Comecei a ensinar o meu corpo e obtive resultados maravilhosos. Disse à vida em meu fígado que eu não estava torpe ou inerte, mas repleta de vigor e energia. Falei à vida em meu estômago que ele não era fraco ou ineficiente, mas cheio de energia, força e inteligência. Disse à vida em meu abdômen que ele não estava mais infestado de pensamentos ignorantes sobre a doença, e sim totalmente entusiasmado com a doce, pura e global energia de Deus. Contei aos meus membros que eles eram ativos e fortes. Fui a todos os centros vitais do meu corpo e lhes falei palavras da Verdade — palavras de força e poder. Pedi perdão pelas atitudes idiotas e ignorantes que busquei no passado quando eu os tinha condenado e chamado de fracos, ineficientes e doentes. Não me senti desmotivada por eles serem lentos quando eu acordava, mas prossegui dizendo, tanto em silêncio como em alto e bom tom, as palavras da Verdade, até que os órgãos responderam. Imediatamente, a saúde dela melhorou. No decorrer de dois anos, Myrtle Fillmore estava totalmente recuperada e viveu mais quarenta anos felizes e ativos.
  5. 5. 20 21 Como ocorreu a cura dos abscessos de tuberculose osteoarticular em Charles Fillmore Charles Fillmore, marido de Myrtle, enquanto aceita- va lentamente a possibilidade de cura, escreveu: “Embora eu fosse um inválido crônico e raramente me livrasse da dor, a doutrina inicialmente não me atraiu”. No entanto, como ele era pragmático e pôde testemunhar a cura de sua própria esposa e de outros que a procuraram mais tarde pedindo ajuda, não conseguiu ignorar o fato de que um grande poder estava sendo emanado e finalmente se interessou. Sobre sua própria cura gradual, ele escreve em seu livro Atom Smashing Power of Mind: Posso testemunhar a minha própria cura. Quando era menino e tinha meus dez anos, inicialmente fui diagnosticado com reumatismo, mas, na verdade, tinha adquirido uma doença muito séria no quadril. Fiquei de cama mais de um ano e, desde então, fiquei inválido, sentindo uma dor constante por 25 anos, até que comecei a aplicação da lei divina. Dois abscessos se desenvolveram no osso do meu quadril, e os médicos disseram que isso colocaria um fim em minha vida. Mas eu conseguia me virar com muletas e com uma extensão de cortiça e aço na minha perna direita, já que ela era ligeiramente mais curta do que a outra. O osso do quadril não estava bem encaixado e se mostrava rijo. A perna ficou paralisada e parou de se desenvolver. Todo o meu lado direito foi afetado: não escutava com meu ouvido direito e o meu olho direito era deficiente. Do quadril ao joelho, minha perna era quase sem vida, quase não tinha nenhuma sensação. Quando comecei a aplicar o tratamento espiritual, por um longo tempo, houve apenas uma pequena reação na perna, mas passei a me sentir melhor e descobri que conseguia ouvir com o ouvido direito. Depois, aos poucos, comecei a perceber que tinha mais sensibilidade na perna. Conforme os anos se passaram, a minha articulação começou a se fortalecer e o músculo se recuperou até que a perna direita ficasse quase igual à outra. Então, livrei-me daquela extensão de perna, e comecei a usar um sapato comum com salto duplo, de 2,5 cm de altura. Agora a perna está quase do mesmo tamanho da outra, os músculos foram restaurados e, embora o osso do quadril ainda não esteja encaixado, tenho certeza de que isso logo se resolverá e ficarei novo em folha. Contarei detalhes minuciosos da minha cura, pois ela seria considerada impossível em termos médicos e um milagre sob o ponto de vista religioso. No entanto, observei a restauração ano após ano conforme aplicava o poder do pensamento e sei que ela está sob a lei divina. Então, estou satisfeito por existir aqui uma prova da lei de que a mente constrói o corpo e pode restaurá-lo. Charles Fillmore foi curado enquanto experimentava, requisitava e finalmente escrevia sobre os poderes fantásticos da mente localizados em seu interior, no cerne do corpo, que mais tarde descreveu como os “doze poderes do homem”. Ele provou pessoalmente que qualquer um pode desenvolver e liberar esses poderes dinâmicos da mente e superar problemas de saúde quase inacreditáveis. Mais tarde, aos 84 anos, ele es- creveu: “Sinto como se estivesse liberando forças eletrônicas vedadas nos nervos do meu corpo. Meu organismo físico vem sendo transformado célula a célula”. O senhor Fillmore ainda viveu mais uma década, sempre ativo e feliz.
  6. 6. 22 23 A prova científica do poder do pensamento sobre o corpo Parece extraordinário para você que o homem tenha esses poderes ilimitados de renovação física que ele pode liberar propositadamente, como os Fillmore fizeram? Essa ideia não é nova. Um professor da Universidade de Yale, nos Estados Unidos, encarregou-se de demonstrar, na virada do século, o poder que o pensamento exerce sobre o corpo da forma mais científica possível. Ele fez um jovem ser suspenso em seu laboratório sobre um disco perfeitamente equi- librado. Ele disse ao homem, que era matemático, para pensar em algum problema difícil de matemática e tentar resolvê-lo mentalmente. Conforme o homem se concentrava, o disco perfeita- mente equilibrado pendeu para o lado em que estava a cabeça do homem e o sangue fluiu para o cérebro em grande quantida- de, o que fez a balança oscilar. Ele disse para o homem pensar em correr, pois tinha sido jogador de futebol americano e se interessava por competições de corrida. Conforme o homem começou a pensar em correr cem metros, ou em disparar pelo campo com uma bola debaixo do braço, o disco pendeu para seus pés e suas pernas. O sangue passou a fluir mais livremente para essas regiões. Ao pedir ao homem para repetir a tabuada do nove, o deslocamento foi ainda maior do que quando ele repetia a tabuada do cinco, que é mais fácil. O professor descobriu que o centro de gravidade no corpo daquele homem mudava em até dez centímetros apenas com a mudança de pensa- mento, sem nenhum movimento muscular. Esse professor provou que pensamentos são coisas palpáveis, e que o seu poder para o bem ou para o mal pode ser medido e pesado de forma exata. Então, eis um poder para ser usado propositadamente! Se o sangue pode ser levado a circular livremente aqui e ali devido a uma mudança de pensamento; se todos os processos digestivos, a assimilação, a circulação e a eliminação podem ser influenciados para o bem ou para o mal em razão das condi- ções mentais; se todas essas funções, que estão em constante comunicação com o sistema nervoso, podem ser auxiliadas ou bloqueadas pelos pensamentos da mente, então é possível perceber como os segredos da cura de todos os tempos são poderosos. Na verdade, as funções mais importantes que temos (a digestão, a assimilação, a circulação e a eliminação), embora ocorram por ação inconsciente, são constantes e profundamente influenciadas pelo poder de nossos pensamentos conscientes. Em outras palavras, você não está à mercê dos seus proble- mas de saúde. Você pode “virar a mesa”, apenas melhorando propositadamente e depois dirigindo os seus pensamentos aperfeiçoados. O que são e onde estão esses poderes Os segredos da cura de todos os tempos revelam que você tem dentro de si os doze poderes da mente, localizados no interior de centros nervosos vitais e glândulas do organismo, conforme mostrado na Figura 1-1.5 1. O poder da mente pela FÉ está localizado no centro do cérebro, na glândula pineal. 2. O poder da mente pela FORÇA está situado entre as glândulas adrenais e os quadris, na parte inferior das costas. 5 Embora eu deva a Charles Fillmore esse esquema, conforme está em seu livro The Twelve Powers of Man, publicado pela Unity, por conta das pesquisas tanto sobre ensinamentos antigos quanto pela fisiologia moderna, foi necessário rearranjar o local de certos poderes da mente, em contraste com o esquema original, a fim de que corres- pondam exatamente aos locais de suas glândulas.
  7. 7. 24 25 3. O poder da mente pelo JULGAMENTO está na boca do estômago, no plexo solar, perto do pâncreas. 4. O poder da mente pelo AMOR está situado no peito, atrás do coração, próximo ao timo. 5. A faculdade do PODER está na raiz da língua, na garganta, perto da glândula tireoide. 6. O poder da mente pela IMAGINAÇÃO fica entre os olhos, perto da glândula pituitária. 7. O poder da mente pela COMPREENSÃO está localizado na testa, na parte frontal do cérebro, pouco acima dos olhos. 8. O poder da mente pela VONTADE fica na testa, no centro da parte frontal do cérebro. 9. O poder da mente pela ORDEM está em um grande centro nervoso, pouco atrás do umbigo, na região abdominal conhecida nos tempos antigos como a “glândula de Lyden” ou células de Leydig. 10. O poder da mente pelo ENTUSIASMO está situado na base do cérebro, na parte de trás do pescoço e na medula. 11. O poder da mente pela ELIMINAÇÃO reside nos órgãos de eliminação, na parte inferior das costas. 12. O poder da mente pela VIDA está situado nos órgãos reprodutivos. 13. Observe que, juntamente com esses doze poderes da mente, existe o “Eu sou” ou a Mente de Cristo, que está localizado em um centro ganglionar no ápice do cérebro, no topo da cabeça. Quando ativado, ele libera a superinteligência em todos os doze poderes da mente (Figura 1-1). Eu sou Cristo Fé Imaginação Entusiasmo Poder Força Vida Vontade Compreensão Amor Julgamento Ordem Eliminação Figura 1.1. Localização dos doze poderes da mente nas glândulas e centros nervosos do corpo. Onde está a sua doença Agora que você sabe onde esses doze poderes estão situados, é fácil ver como o mau uso deles pode provocar males físicos definitivos em várias áreas do organismo, além de afetar o corpo como um todo. Portanto, o uso construti- vo e deliberado desses poderes poderá melhorar a saúde e a vitalidade em diferentes áreas, além de espalhá-las por todo o corpo. Embora esses poderes dinâmicos da mente tenham sido usados esporadicamente pela humanidade em diferentes épocas, já não precisam ser mantidos em segredo, como se fosse algo adequado apenas para os “cultos”. Esses poderes devem ser
  8. 8. 26 27 conhecidos e usados por toda a humanidade nesta era ilumi- nada. Está na hora de todo mundo saber que a doença não está presente somente no corpo, mas também na mente que o con- trola; que nos nervos e glândulas está presente não só a doença, mas também os poderes da mente. Você não vive em seu corpo tanto quanto vive em seus pensamentos e sentimentos. É aqui que a doença ou a preocupação começam! Na verdade, a saúde não vem e vai. Ela está sempre presente! É a nossa consciência disso que vem e vai, de acordo com o nosso humor e os sentimentos profundos que cons- tantemente afetam o nosso corpo. Geralmente os médicos concordam que o objetivo desses remédios é acelerar as fun- ções naturais do organismo, mas eles não atingem o princípio inteligente que dirige as funções naturais do corpo; assim, ele não propicia a cura permanente, que só surgirá quando esse princípio inteligente for liberado. No entanto, o remédio pode ser um alívio ao desconforto enquanto o homem aprende a usar os seus poderes mentais corretamente. Como liberar o poder da cura inteligente Há uma corrente divina dentro de você que carrega o poder da cura. Conforme os Fillmore e muitos outros antes e depois deles provaram, a sua energia flui para onde a sua atenção é direcionada. É assim que você libera o princípio inteligente nas várias partes do corpo. Quando você dirige a sua atenção e libera o fluxo de energia intencionalmente, o princípio inte- ligente localizado naquela área do organismo entra em ação e estimula a energia em toda a parte. A melhora na saúde é o resultado natural. Novamente, esse não é um conceito novo, mas um método comprovado de cura. Tanto os egípcios antigos como os brâmanes sabiam que, ao concentrar a atenção total, ela estimulava os centros de consciência do corpo e eram curados. Eles sabiam e provaram que o poder consciente da mente sobre o corpo é totalmente imensurável. Não fique tenso com a localização exata dos vários poderes de cura em seu corpo, exibidos na Figura 1-1. Não tente encaixar meticulosamente as suas dores e males com esses poderes mentais. Em vez disso, enquanto obtém tra- tamento médico, quiroprático ou psiquiátrico para aliviar os efeitos imediatos de certos problemas de saúde, dê um passo adiante e comece a buscar as suas causas mentais e emocionais. A localização geral de sua doença no corpo será, normalmente, uma indicação de quais poderes mentais foram mal utilizados. Assim como os filósofos antigos acreditavam que o homem passava pelos doze estágios de iluminação, sugiro que você leia o livro inteiro para aprender sobre os doze poderes da mente e como eles afetam a sua saúde. Esse conhecimento vai ajudá-lo a tratar o homem metafisicamente, como um todo, e não uma doença específica. Depois, você poderá se dirigir aos poderes da mente que lhe interessarem mais e começar a desenvolvê-los tendo em vista a superação dos problemas de saúde aos quais estão ligados. Como funcionam esses poderes da mente Esses doze poderes da mente lidam com forças que operam abaixo e acima do campo de pensamento consciente. Quando você começa a desenvolvê-los, eles podem começar a funcionar de forma inesperada! Em geral, no início, trabalham nas fases subconscientes da mente, limpando, purificando e liberando as emoções e o corpo de seus pensamentos, senti- mentos, lembranças, ressentimentos antigos, ódios e medos que impedem a cura. Na verdade, a purificação da mente é um dos primeiros passos necessários para a cura permanente (estude os Capítulos 2, 3 e 4 de Leis dinâmicas da cura, que abordam esse método).
  9. 9. 28 29 De início, esses poderes da mente podem funcionar nos níveis conscientes da mente, produzindo lampejos de ins- piração e orientações a serem seguidas, mostrando coisas a serem feitas que podem parecer totalmente independentes de sua cura. No entanto, mais tarde você observará como essas fases subconscientes e superconscientes da sua mente tinham de ser ativadas antes que os níveis conscientes de seu ser pudessem responder com uma cura completa. Assim, não fique impaciente e não espere que uma mudança drástica ocorra de repente. Conforme as leis da física, você sabe que a força exercida em um ponto age simul- taneamente em todos os pontos da matéria. A mesma coisa acontece com a doença e a cura: elas nunca estão confinadas a um único órgão; elas afetam o corpo inteiro. Enquanto faz a sua parte, estimulando os seus poderes da mente de forma intencional e construtiva, você pode ficar sossegado, pois os níveis subconscientes da mente que controlam as fun- ções automáticas do seu corpo vão responder a seu próprio tempo e modo. Exatamente como um organismo saudável trabalha normalmente, em silêncio, não é preciso ouvir, sentir e nem mesmo ter consciência do processo de cura que se instala, embora você possa senti-lo em certas circunstâncias. Às vezes, você apenas observa que a normalidade foi restaurada muito tempo depois. A paz de espírito precede a do corpo. A sensação de paz é uma indicação de que a cura está acontecendo. A partir desse ponto, dê graças por estar sendo curado! A palavra “doutor” significa literalmente “professor”. O objetivo deste livro não é substituir o médico, mas ensinar o leitor a usar construtivamente os poderes da mente loca- lizados em várias partes do corpo e ajudá-lo a atingir a causa mental e emocional da doença . Em relação a isso, este livro “medica” enquanto ensina. Enquanto isso, é certo que você deve continuar buscando ajuda médica para aliviar os efeitos físicos acumulados pela ausência de saúde, se quiser. Um segundo segredo da cura Caso você tenha dúvidas quanto ao desenvolvimento dos doze poderes da mente, devo avisá-lo que você já os usa ou usa mal, acumulando um resultado construtivo ou destrutivo. Agora você pode começar a usá-los de forma sábia, confiante e definitiva para melhorar a sua saúde continuamente. Isso nos leva a outro grande segredo da cura que é pouco divulgado. Acabamos de falar das atividades conscientes, subconscien- tes e superconscientes que operam por meio dos doze poderes da mente. Esses três níveis de atividade do organismo também estão localizados no interior do seu corpo. Quando descobrir onde essas três atividades da mente estão localizadas, conseguirá entender se é o pensamento consciente ou o subconsciente que provoca as várias doenças. Também perceberá que a liberação de energia das suas atividades mentais superconscientes sobre as duas outras pode ajudar a aliviar as causas metafísicas da doença. Esse conhecimento elimina todo o mistério em torno da doença e o ajuda a ativar a saúde interna imediatamente! Os parágrafos a seguir descrevem detalhadamente os três níveis de atividade que estão dentro de você (Figura 1-2). O local de cura da mente consciente Primeiro. A sua mente consciente — que raciocina, analisa, pondera e pensa conscientemente — está localizada na frente, na testa, e se estende por todos os cinco sentidos. O que você pensa conscientemente e diz intencionalmente afeta todos os poderes da mente localizados a partir da testa até a área da garganta.
  10. 10. 30 31 Figura 1-2. Os três níveis de atividade da sua mente. 1. O poder da mente pela VONTADE, localizado na testa, no centro frontal do cérebro. 2. O poder da mente pela COMPREENSÃO, situado na testa, na parte frontal do cérebro. 3. O poder da mente pela FÉ, no centro do cérebro. 4. O poder da mente pela IMAGINAÇÃO, cujo centro está localizado entre os olhos. 5. O poder da mente pelo ENTUSIASMO, na base do cérebro, na parte de trás do pescoço. 6. A faculdade mental do PODER, localizada na raiz da língua, na garganta. O mau uso de quaisquer poderes da mente provoca uma reação quase imediata naquela parte do corpo. Por exemplo, uma dona de casa brigou com o marido e disse-lhe palavras duras e críticas. Ao fazer o mau uso de seu centro de poder, localizado na garganta, depois de duas horas, ela começou a sentir dor de garganta e outros sintomas de resfriado, e levou duas semanas para se recuperar! Os pensamentos fortes negativos e as palavras dos outros, expressos com sentimento, também podem provocar desconforto nas áreas superiores do corpo, que são fortemente afetadas pela mente consciente — a menos que uma pessoa saiba como se proteger dessa negatividade6 . O conhecimento do fato de que esses poderes da mente estão localizados na área da mente consciente indica que problemas na testa, cérebro, ouvidos, olhos, nariz ou gar- ganta são frequentemente provocados pelos seus mais recentes pensamentos conscientes, palavras duras ou pensamentos 6 Veja o capítulo “As leis da cura pela negação” em Leis dinâmicas da cura e o capítulo sobre a proteção em Pray and Grow Rich, ambos da mesma autora. Eusou CristoFé Imaginação Entusiasmo Eliminação Localdeatividadedamente superconsciente Amor Força Poder Vida Julgamento Vontade Compreensão Ordem Outraformade explicação:O homemintelectual concentra-sena cabeça Localdeatividadeda menteconsciente Ohomemafetivo moranocoração Localdeatividadeda mentesubconscientE Ohomemsensual seexpressapelo abdômen
  11. 11. 32 33 negativos. Também indica que os seus pensamentos presentes deliberados e construtivos podem começar a aliviar os proble- mas de saúde nessas áreas do corpo. Observação especial. Embora as atividades conscien- tes, subconscientes e superconscientes da mente funcionem por meio do corpo e estejam definitivamente conectadas a certas porções do cérebro, de acordo com a ciência médica, aqui nós enfatizamos que essas três atividades metafísicas do poder da mente estão localizadas em várias partes do corpo. O local de cura da mente subconsciente Segundo. O local da atividade subconsciente da mente é o coração e a região abdominal, o sítio de nossas emoções fortes e de sentimentos profundos e até secretos. Os seus sentimentos e os pensamentos dos quais você está convicto se tornam um padrão subconsciente que afeta os poderes da mente localizados nessa região abdominal. 1. O poder da mente pela FORÇA, localizado na parte inferior das costas. 2. O poder da mente pelo AMOR, situado atrás do coração. 3. O poder da mente pelo JULGAMENTO, que fica na boca do estômago. 4. O poder da mente pela ORDEM, localizado no umbigo. 5. O poder da mente pela ELIMINAÇÃO, situado nos órgãos de eliminação, também na parte inferior das costas. 6. O poder da mente pela VIDA, situado nos órgãos reprodutores. Quando você tem problemas físicos no coração e na região abdominal, geralmente é resultado de emoções e sentimentos inconscientes: antigas mágoas, preconceitos, ressentimentos, emoções turvas e lembranças do passado que estão armazenadas nessa área subconsciente do corpo, provocando estragos por ali. Por exemplo, as pessoas que sofrem de problemas cardíacos, distúrbios femininos, problemas nos rins e no estô- mago e vários distúrbios de eliminação, geralmente têm pro- fundos ressentimentos subconscientes em relação a pessoas e experiências do passado que devem ser eliminados antes que a saúde possa ser restaurada de forma permanente na região abdominal do corpo. Quando os poderes da mente começam a ser desenvolvidos, especialmente os seis localizados nessa área do organismo, eles trabalharão para purificar essas emo- ções negativas na região abdominal do seu corpo. Da mesma forma, os pensamentos fortes e profundos, talvez secretos, e as emoções dos outros em relação a você — das quais você pode ou não ter ciência — podem afetar a sua saúde nessas áreas do corpo. Como já foi sugerido, use o poder da mente pela negação, por meio de orações de proteção, nesses casos. O local de cura da mente superconsciente Terceiro. A atividade superconsciente da mente funciona a partir do topo da cabeça. Essa atividade mental é descrita como a Mente de Cristo, o “Eu sou” ou o centro da Divina Inteligência e Sabedoria, uma vez que tem acesso direto à vida e à sabedoria universais. Suas inspirações repen- tinas, suas conduções intuitivas, os repentes de percepção, as suposições, os poderes telepáticos ou de percepção extras- sensorial operam nessa área. A energia dinâmica também é liberada dessa área, fluindo a todos os doze poderes da mente e funções físicas do organismo.
  12. 12. 34 35 A atividade superconsciente da mente desperta e ativa a forma mais potente de energia na mente e no corpo do homem! Milagres geralmente acontecem quando a Divina Inteligência é ativada. Ela parece liberar níveis mentais e espi- rituais mais profundos que conseguem reverter as leis naturais do corpo, se necessário, para que o incurável seja então curado. Você ativa o nível superconsciente da mente por meio de estudo espiritual, orações ou afirmações que o despertem na mente. A mística espanhola do século 16, Santa Teresa d’Ávila, descreveu em seu célebre livro, Castelo interior ou moradas7 , como os poderes espirituais foram estimulados na parte superior de seu corpo em consequência de orações. Os personagens do Velho Testamento afirmaram os nomes “Jeová” e “Eu sou”, e as do Novo Testamento declararam os nomes “Jesus Cristo” e “Cristo Jesus” para esse propósito. No primeiro e segundo séculos desta Era, os cristãos também fizeram milagres após asseverarem infinitas vezes a oração do Pai-Nosso, que liberava a consciência de Cristo. Durante dezoito anos, uma dona de casa teve um tipo de fungo no ouvido que corroera por inteiro um tímpano e provocara uma grande perfuração no outro. Os germes per- maneciam latentes, acumulando bastante infecção no ouvido médio. Quando ela espirrava ou entrava água em seus ouvidos, surgiam furúnculos que inchavam os canais do ouvido, deixando- -os totalmente obstruídos e causando extrema dor. Ela já tinha gastado muito dinheiro em tratamentos médicos. Quando os seus médicos fizeram testes de laboratório, informaram que não havia nenhum remédio ou antibiótico que combatesse aquele tipo de fungo. Estavam muito preocupados com a saúde dela, uma vez que a infecção estava muito próxima do cérebro e do ouvido médio. 7 Santa Teresa de Jesus, Castelo interior ou moradas, São Paulo: Paulus, 1997. Quando soube do poder dinâmico ativado pela fase superconsciente da mente, ela o liberou durante um acesso de dor, emitindo repetidas vezes as palavras Jesus Cristo. Seis horas depois, o inchaço e a dor tinham desapa- recido e não havia mais evidência de infecção. Embora a cura tenha ocorrido há vários anos, essa dona de casa nunca mais teve problemas nos ouvidos.8 Como as três fases da mente se conectam para a cura Você também pode começar a desenvolver a fase superconsciente da mente para a cura ao decretar a DIVINA INTELIGÊNCIA. Parece que esse foi o segredo de Myrtle Fillmore na recuperação de uma doença tida como incurável: A inteligência, assim como a vida, é necessária para formar um corpo [...]. A vida deve ser orientada pela inteligência [...]. A vida é simplesmente uma forma de energia e deve ser guiada e dirigida no corpo do homem por sua inteligência. Como nós nos comunicamos com inteligência? Pensando e conversando, claro. Você pode começar, agora, a liberar a energia dinâmica da fase superconsciente da sua mente ao relaxar diariamente, respirando profundamente e afirmando: Sou a Divina Inteligência. Eu sou. Eu sou. Eu sou. Eu deixo a Divina Inteligência se expressar perfeitamente através de mim agora. Eu sou. Eu sou. Eu sou. 8 Para desenvolver a fase superconsciente da mente em direção à cura, veja os Capítulos 8, “A lei milagrosa da cura”, e 9, “A lei oculta da cura”, em Leis dinâmicas da cura; veja também o capítulo “The Prayers for Miracles” em Pray and Grow Rich e o capítulo sobre a Oração do Pai-Nosso em The Millionaire from Nazareth.
  13. 13. 36 37 Transporte o seu foco vagarosamente do topo da ca- beça até a ponta dos pés enquanto repete essas palavras. Você pode ir ainda mais longe, liberando esse poder miraculoso na sua vida e em suas realizações enquanto afirma diariamente: Sempre me mostram exatamente o que fazer em todas as situações e em todos os momentos. Sou capaz de fazer tudo perfeitamente agora. A afirmação da DIVINA INTELIGÊNCIA desperta o poder de superconsciência no topo da cabeça e depois o une à inteligência da mente consciente na testa. As inteligências com- binadas, tanto das fases conscientes como das superconscientes da mente, são, então, liberadas na atividade subconsciente da mente localizada na região abdominal do corpo. O resultado natural é a circulação ampliada e a vitalidade. Fazendo esse exercício mental diário, logo estará se sentindo melhor, mais vivo, com energia, paz e confiança, e uma inteligência superior passará a operar em sua mente, corpo e ações, mostrando como viver cada fase de sua vida de maneira vitoriosa. Um terceiro segredo da cura — relações entre os lados direito e esquerdo do corpo Ainda há um último segredo da cura que também pode indicar problemas de saúde. Os antigos consideravam o lado direito do corpo masculino e o esquerdo, feminino. Nessas épocas, os homens lutavam com seus braços direitos e se defen- diam com os esquerdos, nos quais portavam o escudo protetor. O simbolismo na cura é este: se você tiver ressentimento de alguém do sexo masculino, poderá ter problemas de saúde repetidas vezes do lado direito do corpo, até que o perdoe e se liberte desse sentimento. O lado direito masculino do corpo simboliza a sabedo- ria. Se esteve usando a sua sabedoria de forma errada, pode se deparar com um resultado destrutivo na parte direita do corpo várias vezes, até que comece a usá-la de forma adequada (as afirmações anteriores sobre a inteligência são úteis para esse propósito). Também, o braço direito é o membro que doa, e pro- blemas de saúde recorrentes do lado direito do corpo indicam uma necessidade de doar-se, oferecer algo de alguma forma. Você retém alguma coisa no plano físico, financeiro, mental, emocional ou espiritual que, ao contrário, deveria dar.9 A ocorrência de problemas de saúde do lado esquerdo feminino do corpo indica ressentimentos contra alguém do mesmo sexo: a mãe, a sogra, a esposa, a filha, a irmã ou alguma vizinha, amiga ou sócia do passado ou do presente. Como o gênero feminino também simboliza o amor, se você estiver usando mal o seu poder da mente pelo amor ou permitindo que seu amor seja mal utilizado por outros, talvez de um modo secreto ou ilícito, poderá ter problemas no lado esquerdo do corpo. O lado esquerdo simboliza, ainda, a capacidade de rece- ber e de usar algo com sabedoria. Se você se recusou a receber algo que lhe foi oferecido ou sente que simplesmente ignorou seu recebimento, pode começar a aliviar os problemas de saúde do lado esquerdo do corpo que reflitam essas atitudes, abrindo a mente para a ideia de receber: Estou recebendo agora. Estou recebendo e usando de forma sábia todo o bem que Deus tem para mim. Ele me oferece o bem ilimitado agora! 9 Veja os capítulos 4, “A lei da cura da libertação”, e 13, “A doação pode curar você”, de Leis dinâmicas da cura.
  14. 14. 38 39 Se você acumulou um vasto conhecimento sobre a Verdade por meio de estudo espiritual intensivo, mas não o usou para solucionar os problemas da sua vida ou para ajudar os outros, sua estagnação pode resultar em problemas de saúde no lado esquerdo do seu corpo. A Verdade demanda expressão. Use a Verdade que você conhece!10 Uma dona de casa relatou como descobriu seus pró- prios problemas de saúde e os relacionou com os fantásticos segredos da cura dos “lados direito e esquerdo”: Meu pai foi uma pessoa que sempre impôs a sua vontade e era muito crítico. Ele me repreendia com firmeza e muitas vezes se aborrecia por causa de trivialidades. Em consequência do meu ressentimento secreto dele, eu sempre me machucava quando criança, geralmente do lado direito. Quase cortei fora o meu dedo direito e, embora o dedo tenha se recuperado, os linfonodos sob a axila direita tornaram-se tão sensíveis que me incomodam até hoje quando estou chateada com alguma coisa. Também sofri várias queimaduras sérias no joelho direito, no lado direito do meu abdômen e em meu pé direito. O apêndice, que se localiza no lado direito, teve de ser retirado após uma infecção crônica. Cortei a minha mão direita seriamente em duas ocasiões logo que o meu irmão veio morar comigo — foi em uma época em que eu sentia não poder ajudá-lo. Em relação aos problemas de saúde no lado esquerdo feminino, certa vez, quando criança, minha mãe ficou muito zangada comigo depois de ter ficado doente 10 Veja o capítulo sobre a Restauração Divina no livro Abra a mente para a pros- peridade, Editora Pensamento, São Paulo, 2003. por vários meses. Por muitos dias ela se recusava a falar comigo. Nesse período, caiu um vidro da janela em meu pé esquerdo, quase deixando o meu dedão inválido. Somente quando minha mãe e eu voltamos às boas, o dedo sarou. Para a cura de problemas recorrentes de saúde no lado direito ou esquerdo, afirme: O poder de perdão do Amor Divino agora me liberta de todo o ressentimento do passado e do presente. Estou livre para ser saudável e feliz. Não tente absorver de uma vez os três segredos da cura mencionados neste capítulo. Em vez disso, comece a se familiarizar com essas Verdades de todos os tempos aos poucos. Mais tarde, quando isso acontecer, você poderá analisar rapida- mente, sob o ponto de vista metafísico, os motivos mentais e emocionais da sobrecarga em várias partes do corpo. A doença não vai mais ser um mistério para você, tampouco os métodos espirituais e mentais para curá-lo11 . 11 O livro aqui referido como Pray and Grow Rich ganhou novo título em uma edição revisada: Leis dinâmicas da oração, Editora Novo Século, 2007.

×