As Leis dinamicas da prosperidade - Catherine Ponder

6.183 visualizações

Publicada em

Prosperidade e Riqueza
Saúde e bem-estar
Livro de Auto-Ajuda e Espiritualidade.

Publicada em: Espiritual
0 comentários
16 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
6.183
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
97
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
465
Comentários
0
Gostaram
16
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

As Leis dinamicas da prosperidade - Catherine Ponder

  1. 1. 1 AS LEIS DINÂMICAS DA PROSPERIDADE Como Desenvolver a Força do Pensamento Promissor
  2. 2. 2 Introdução Esse livro é uma consequência das recentes crises de desemprego e de muitos anos de vida difícil. Ninguém gosta de ficar desempregado nem de levar uma vida miserável – na verdade, ninguém gostaria. Durante quinze anos tentei encontrar um livro como este. Durante todos aqueles anos em que vasculhei todas as bibliotecas que passei, e cheguei à conclusão de que existem muitos livros que sugerem várias idéias para se ser bem sucedido, mas em nenhum deles encontrei uma relação de leis simples e concisas que assegurassem o êxito. Depois de enviuvar e com um filho para criar e educar, comecei a procurar um livro como este. Como não tivesse nenhuma especialização e nenhuma renda, eu teria dado o que fosse possível para, naquele tempo, conhecer a verdadeira força do pensamento promissor. Durante algum tempo me senti deprimida, com a saúde debilitada, solidão, falta de dinheiro e uma sensação de fracasso total. Parecia que o mundo todo estava contra mim e que tudo que fazia saía errado. Mas, tendo que assegurar a subsistência de meu filho, eu não podia deixar-me dominar pelo fracasso. Tinha que vencer em benefício dele e de mim próprio. Finalmente, numa época de maiores dificuldades, tanto emocionais, como físicas e financeiras, tomei conhecimento da força do pensamento como um meio de êxito ou fracasso. Aprendi que o fracasso é, basicamente, resultado de um pensamento negativo. Compreendi que o uso adequado da mente poderia ser a solução para uma existência saudável, feliz, próspera e bem sucedida. No momento em que tomei consciência desse maravilhoso segredo para o sucesso, a minha maré começou a mudar drasticamente! A Origem do Pensamento Promissor Ultimamente tem-se ouvido falar muito sobre o pensamento positivo. Em consequência das crises de desemprego e de anos difíceis, outra expressão
  3. 3. 3 apareceu: - “pensamento promissor”. O verbo “prosperar” significa “florescer, ser bem sucedido, prosperar, conseguir bons resultados”. Você é próspero quando está vivendo em paz, com saúde e em fartura. Embora o pensamento promissor possa significar muitas coisas, ele, basicamente, dará a você força para fazer que os seus sonhos se realizem, seja para que você goze de uma melhor saúde, seja para que tenha um crescente êxito financeiro, uma vida pessoal mais feliz, mais instrução, ou faça mais viagens, ou consiga uma vida espiritual mais intensa. Este livro mostra, claramente, como o pensamento promissor tem ajudado as pessoas a conseguirem esses resultados em todas as etapas de suas vidas. Além do mais, ele mostra como o pensamento promissor pode proporcionar essas mesmas coisas para você também! À medida que você ler este livro, capítulo por capítulo, você começará, automaticamente, a desenvolver o pensamento promissor e, quase com a mesma facilidade, começará a colher uma safra de felizes resultados. O Vendedor que Transformava em Ouro tudo o que Tocava Há anos atrás, um vendedor usou a força do pensamento promissor, embora não tivesse consciência disso. Quando lhe perguntavam: “Como vão os negócios?” ele sempre dava a mesma resposta: “Os negócios estão ótimos, porque há partículas de ouro no ar!”. Para ele isso era realmente verdade, ele acreditava totalmente nisso – qualquer contacto que fizesse resultava em venda. Depois de algum tempo, toda vez que seu nome era mencionado, as pessoas sempre diziam: “Sim, tudo o que ele toca vira ouro!”. As Leis para a Prosperidade Durante o meu primeiro ano como pastora, este país sofreu uma das mais sérias crises desde a Segunda Guerra Mundial. Os membros de minha congregação começaram a pedir que se fizessem conferências como medidas para superar aquele período difícil. Foi, então, que essas dinâmicas leis para a prosperidade começaram a tomar forma. E, com incrível rapidez, essas idéias surtiram efeito – para todo o tipo de gente! Como Essas Leis Beneficiaram as Pessoas Eis alguns exemplos, uma semana depois da primeira conferência, as duas secretárias receberam aumento, sendo que uma delas ainda foi promovida para uma nova função. Logo em seguida, um corrector da Bolsa a informou que
  4. 4. 4 estava fazendo muito mais negócios do que esperava, embora a maioria dos seus colegas não estivesse fazendo praticamente nada. Um dos seus clientes, a quem não via há muitos anos, apareceu e deu-lhe um cheque de €200.000 para ser investido! Um mês após ter começado a deliberadamente invocar o pensamento promissor, a sua renda aumentou quatro vezes mais. Um advogado, que tinha como clientes vários industriais que estavam produzindo pouco ou sofrendo os efeitos das greves, relatou que, repentinamente, a crise havia acabado para ele. Sua renda mensal subiu violentamente para €2.000 o que, no momento, lhe pareceu muito, mas que, mais tarde, quando ele fixou um padrão definitivo de pensamento promissor, lhe pareceu apenas normal. O representante de um fabricante de aço, cujos negócios tinham sido afectados pela crise, contou que inesperadamente recebera um pedido no montante de €4.500, embora nada tivesse feito para consegui-lo. Uma vendedora trabalhava numa grande loja de departamentos com mais 100 funcionários, e todos eles só falavam de como a situação estava difícil. No fim do mês, após ter deliberadamente começado a usar o pensamento promissor, ela foi a única a receber uma comissão por ter vendido mais do que sua quota mensal. Os outros funcionários tinham considerado que a situação estava difícil e, por isso mesmo, nada conseguiram. O dono de uma loja de eletricidade tinha a receber contas no valor de €750. Quando ele começou a pensar nos seus devedores como pessoas prósperas, ele recebeu o que lhe era devido sem mais delongas. Um relojoeiro tinha uma conta a receber. Ele tentara cobrá-la por todos os meios, usando mesmo cartas indelicadas, mas tudo saiu sem resultado. Quando ele, também, começou a ter pensamentos promissores, tanto com relação a ele como com relação ao devedor, para seu espanto, a conta foi imediatamente paga. Uma família que almejava ficar livre das dívidas herdou, repentinamente, uma interessante soma em dinheiro. Um funcionário do governo recebeu o aumento que há vários anos estava para ser aprovado pelo Congresso. O empregado de uma companhia telefônica recebeu o aumento que lhe havia sido prometido meses antes. Um engenheiro construtor recebeu logo de imediato, um novo encargo para a construção de uma obra de 15 milhões de euros, após ter terminado uma construção de um milhão e meio de euros. Um casal chegou a ganhar uma viagem ao exterior, totalmente paga. Esses são apenas alguns exemplos da força do pensamento promissor. A Prosperidade Cria “Nova Aparência” e “Saúde Nova” Porém, além dos lucros financeiros que tive, também existem outras recompensas. À medida que eu fazia minhas conferências semanais, comecei a notar que as pessoas que me ouviam começavam a adquirir uma “nova aparência” – uma aparência de paz interior, de postura, de felicidade, de
  5. 5. 5 segurança e de firmeza, que antes não tinham. A expressão de fracasso e desânimo deram lugar a uma expressão de triunfo, de auto-confiança e de felicidade interior. O ar de frustração foi substituído por um ar de dominância, autoridade, e vitória. Essa constatação pessoal, foi maravilhosa. Também, as várias pessoas aparentaram estar com uma nova saúde mental e física. Durante a maior parte de sua vida, um negociante ouvira dizer que sofria de uma grave afeição cardíaca, que precisava estar em constante vigilância. À medida que ele começou a usar a força do pensamento promissor, ficou mais calmo tanto espiritual, quanto fisicamente. A tensão, tanto consciente quando inconsciente, diminuiu gradualmente. Depois de algum tempo, o seu médico lhe disse que o seu antigo problema cardíaco havia desaparecido. Agora, passados vários anos, ele está saudável e mais feliz do que nunca. As várias pessoas que sofriam dos nervos começaram a se sentir mais saudáveis, mais serenas e com maior paz de espírito. Neste grupo havia uma dona de casa que, durante anos, consultara vários médicos que nada de anormal constataram no seu organismo. Quando ela começou a deliberadamente pôr em prática o pensamento promissor, começou a pensar nos outros com mais ternura – inclusive em seu marido! Sua nova disposição de apreço fez com que ele sentisse que estava recebendo de sua mulher uma consideração como há muitos anos não recebia. Isto, por sua vez, aumentou sua auto confiança e contribuiu para que fosse mais bem sucedido em seu trabalho. O êxito que teve em seu trabalho trouxe a esse casal uma felicidade e uma satisfação que há muito não sentiam. A saúde dela melhorou tanto que, em pouco tempo, parecia ser muito mais jovem e, à medida que ela se sentia mais feliz, as suas dores e sofrimentos desapareceram. Toda a sua aparência muda Uma mulher de negócios, solitária e infeliz, que havia tentado suicidar-se várias vezes, ficou tão interessada nas leis para a prosperidade, que começou a sentir interesses por outras coisas, além de si mesma. Isso lhe proporcionou uma vida mais feliz e mais equilibrada. Nunca mais pensou em se suicidar. Umas boas donas de casa, assim como um homem de negócios, que tinha o vício e beber às escondidas causando sérios problemas, começaram a ter novas esperanças quando começaram a usar o pensamento promissor, pois começaram a perceber que seus problemas de alcoolismo podiam ser superados. À medida que ficavam mais confiantes, eles foram sentindo que seriam capazes de resolver seus conflitos e hostilidades interiores. O vício da embriaguez foi pouco a pouco desaparecendo. Vários casamentos foram salvos, depois que ou o marido ou a mulher começou a invocar essas leis para a prosperidade. Uma pessoa que se havia divorciado voltou e se casou novamente. Várias pessoas solteiras e solitárias se casaram, entre elas uma que era viúva há vinte anos. Um negociante que sempre detestara seu trabalho percebeu, à medida que usava esses pensamentos, que começava a ver seu trabalho sob um novo prisma e, em pouco tempo, não o detestava mais.
  6. 6. 6 O Vendedor tinha razão O vendedor tinha razão. Há partículas de ouro no ar para você, para mim, para todo o mundo. Os economistas sabem disso, pois declaram que estamos entrando numa das mais ricas eras que o mundo jamais conheceu e eles denominam “Os Dourados Anos Sessenta”. Os cientistas sabem que há partículas de ouro no ar, pois eles declaram que este universo é composto apenas de energia radiante e de éter, sobre os quais os homens têm um controle ilimitado. Os psicólogos e os metafísicos sabem que as partículas de ouro existem. Eles declaram que o homem constrói o seu mundo com a rica, e ilimitada essência que existe dentro e em torno dele, através dos seus pensamentos, emoções e ações. Assim sendo, continuemos confiantes, sabendo que há partículas de ouro por toda a parte. Ao começar a ler este livro, seja quais forem as suas condições de vida, faça disto a sua profissão de fé: “Há partículas de ouro no ar – para mim! Através do meu pensamento preciso, deliberado, e promissor, começo agora a assimilar as partículas de ouro! Agora mesmo, estou começando a sentir, os resultados daquelas partículas de ouro! Passe logo para as páginas seguintes, as quais lhe revelarão, além de muitos outros, os emocionantes segredos das partículas de ouro. Catherine Ponder ÍNDICE Introdução 1- A surpreendente verdade sobre a prosperidade 2- Lei fundamental para a prosperidade
  7. 7. 7 3- Lei do vácuo para a prosperidade 4- Lei da criatividade para a prosperidade 5- Lei da imaginação para a prosperidade 6- Lei do domínio para a prosperidade 7- Lei da propagação para a prosperidade 8- Atitudes promissoras com relação ao dinheiro 9- Trabalho – o meio poderoso para a prosperidade 10- Você pode conseguir sua independência financeira 11- Lei do amor e da boa vontade para a prosperidade 12- Lei da prece para a prosperidade 13- Lei da autoconfiança para a prosperidade 14- Os poderes de sua capacidade intelectual para a prosperidade 15- Seus poderes excepcionais para a prosperidade 16- Lei da perseverança para a prosperidade 17- E quanto às dívidas 18- A saúde e o pensamento promissor Conclusão Capítulo 1 A Surpreendente Verdade Sobre a Prosperidade A surpreendente verdade sobre a prosperidade é que ela está surpreendentemente certa e não surpreendentemente errada, com relação à
  8. 8. 8 sua prosperidade. Russell H. Conwell salientou isso nas suas famosas conferências “Terra de Diamantes”: “Eu declaro que você tem que ser rico; você não tem o direito de ser pobre. Viver e não ser rico é uma desgraça e será duplamente uma desgraça, porque você tanto pode ser rico como ser pobre...Todos temos a obrigação de ser ricos, porém somente pelos meios honestos e justos, que são os únicos meios que nos impelem impetuosa e rapidamente rumo às riquezas.” Note, porém, que a palavra “rico” significa possuir bens em abundância, ou levar uma vida mais farta e mais prazerosa. Realmente, você é próspero quando estiver se sentindo em paz, com saúde, feliz e vivendo em abundância. Existem meios honestos que podem ajudá-lo a alcançar, rapidamente, aquele objectivo. É muito mais fácil de se conseguir, do que você imagina. Essa também é a surpreendente verdade com relação à prosperidade. Há algumas décadas atrás, um homem de negócios afirmou que os líderes religiosos do futuro teriam que prestar mais atenção em como ajudar os seus fiéis a resolverem os seus problemas econômicos e pessoais do presente, e que teriam que se preocupar menos com o passado ou com o futuro. Estou de pleno acordo com esse negociante e desejo ajudá-los a fazer apenas isto – resolver os seus actuais problemas financeiros e pessoais. À medida que você os resolve, os problemas do seu passado e do seu futuro ficarão, certamente, sob o seu controle. Você Deve Almejar a Prosperidade Uma das maiores emoções que jamais senti foi, talvez, quando comecei a fazer minhas conferências sobre prosperidade. Logo percebi que muitas pessoas que assistiam às conferências estavam lutando para superar o velho dilema se deveriam, ou não, “desejar prosperar”. Elas, sem dúvida, desejavam a prosperidade, como qualquer pessoa normal a deseja. Parecia, porém que elas intimamente duvidavam se deviam, ou não, almejá-la, ambicioná-la, e principalmente sob o ponto de vista espiritual. A maioria dos homens de negócios que assistia as conferências parecia se sentirem culpados por desejar ser próspera embora, sem dúvida, lutasse diariamente por tanto no seu trabalho. Obviamente, eles mentalmente ainda se perguntavam se a pobreza era uma virtude espiritual, ou um simples vício. Esse “entre-choque” mental estava provocando um efeito conflitante em seus negócios, o que neutralizava os seus esforços para serem bem sucedidos, não importando o quão arduamente trabalhassem. Logo se tornou evidente que seria necessário transmitir idéias ousadas ou mesmo até chocantes sobre esse assunto, a fim de destruir as crenças tacanhas, que haviam acorrentado essa gente a uma vida medíocre por anos a fio. Ao perceber isto, usei algumas horas de minhas conferências para explicar em como Deus, o homem e a prosperidade, estão divinamente relacionados entre eles. Depois que o choque inicial dessas idéias passou, essa boa gente ficou bastante reconfortada e muito feliz pois, finalmente, não
  9. 9. 9 precisava mais se sentir culpada por desejar prosperar. Foi, então, que começaram a logo sentir os resultados anteriormente descritos. Desde aquela época, em minhas conferências ao redor do mundo, ao dar conselhos em particular ou por correspondência a inúmeras pessoas sobre o assunto, em entrevistas pelo rádio, televisão, jornais, eu sinto que persiste a mesma idéia. Pessoas realmente formidáveis ficam totalmente confusas se devem ou não considerar a prosperidade como uma bênção espiritual; mas como se sentem tranquilas, quando se demonstra que isso é definitivamente certo. A Pobreza É Um Pecado E eu novamente digo que é surpreendentemente certo, e não errado, você querer prosperar. É lógico que você não pode ser completamente feliz, se você for pobre, e você não precisa ser pobre! É um pecado. A pobreza é uma espécie de inferno causada pela cegueira do homem para com a ilimitada bondade de Deus. A pobreza é uma experiência suja, inconfortável e degradante. Realmente, a pobreza pode ser considerada um tipo de doença, que em suas fases agudas, parece ser uma forma de loucura total. A pobreza faz com que as prisões fiquem cheias de ladrões e assassinos. Ela faz com que homens e mulheres se entreguem à bebida, à prostituição, às drogas, ao suicídio. Ela faz com que excelentes, talentosas e inteligentes crianças sejam compelidas à delinquência e ao crime. Faz com que as pessoas ajam de um modo que, em outras circunstâncias, nunca pensariam fazê-lo. O comunismo, um dos movimentos mais temidos de nossos dias, quase sempre consegue um sustentáculo como consequência directa da pobreza. Os governos que foram dominados pelo regime comunista têm normalmente procedido assim por razões financeiras, acreditando ser este um meio para a estabilidade econômica. Os fins pecaminosos da pobreza não têm limites. Esta é uma das razões por que, como pastora, tenho sido levada a fazer tudo que puder para ajudar as pessoas a aprenderem como erradicar o pecado da pobreza de suas vidas. Um médico que conheço disse que teria poucos pacientes se não houvesse problemas financeiros causando aflições, fadigas e tensões, tudo levando a uma saúde precária. Ele declara que nossos hospitais de doenças mentais estão cheios de pessoas que ficaram doentes devido a tensões financeiras prolongadas, debilitando seus organismos e suas mentes ao ponto de incapacitá-los. Calcula-se que nove décimos das doenças da humanidade são causados pela tensão, angústia e infelicidade da pobreza. Deixemos de pensar na pobreza como virtude. Ela não passa de uma imoralidade. Se você tem vivido em dificuldades e limitações financeiras, você tem praticamente vivido na imoralidade. Mas você não precisa continuar vivendo na imoralidade financeira. Há uma saída.
  10. 10. 1 0 A Prosperidade É Sua Herança Divina A Bíblia está cheia de significativas promessas em relação à sua prosperidade em potencial, como filho de Deus. Você precisa ser próspero, ter de tudo que quer, e possuir riquezas em abundância, porque isso é a sua herança divina! Esta é a surpreendente e agradável verdade acerca da prosperidade. Além do mais, você não pode ser útil a você mesmo, ou a quem quer que seja, a menos que você seja próspero. Quem não deseja ser próspero é anormal, porque sem prosperidade você não vive de maneira normal. No plano físico você não pode viver integralmente sem alimentação adequada, sem roupas confortáveis, sem abrigo seguro, e sem poder ter a liberdade de não precisar trabalhar arduamente. O repouso e as diversões também são necessários para o seu físico. No plano mental, você não pode viver integralmente se não puder satisfazer sua criatividade mental; se não puder ter livros e tempo para apreciá-los; se não tiver tempo para apreciar a música, a arte no geral; se não tiver a oportunidade e o dinheiro para trabalhar e se relacionar com outras pessoas que tenham os mesmos interesses que você. No plano espiritual, para viver integralmente você precisa de tempo para uma serena meditação, para reflexão, para oração, para um exame espiritual, para frequentar igrejas, conferências e para se relacionar de maneira gratificante com outras pessoas. Portanto, é sumamente importante que você seja próspero para o seu aprimoramento e para o seu bem-estar físico, mental e espiritual. Não tente desculpar-se pelo facto de você se conformar com privações, ou pelo facto de aceitá-las como se elas fizessem parte de sua vida. Nem vá ao outro extremo e comece a dizer que você deseja ser próspero pelo bem que possa fazer a outras pessoas. Isso é secundário. Você deve desejar ser próspero, principalmente porque é um direito que você tem. A prosperidade é uma herança divina que você tem por ser filho do Criador, por ser um filho de Deus. O Sucesso é Predestinado Por Deus Não há razão para você pensar que a prosperidade é algo separado de sua vida espiritual ou “fora dos limites” da religião. Você não precisa tentar viver em dois mundos onde, durante seis dias, você delibera o que deve ser feito e no sétimo dia dá a Deus a oportunidade de lhe mostrar o que deve fazer. Em todos os trabalhos que você fizer durante a semana, considere Deus como
  11. 11. 1 1 um Pai rico, amoroso e compreensivo. Implore Sua divina sabedoria e orientação para todos os seus assuntos, financeiros ou não, e você ficará agradavelmente surpreso o quão melhor, se tornará cada fase da sua vida. Todas as coisas são vossas - é a promessa divina (Igor.3:21). Recentemente, um analista me disse que havia constatado que a causa mais comum do fracasso era o pensamento conflitante que as pessoas tinham quanto a ser o sucesso uma predestinação divina ou uma predestinação diabólica. Por exemplo, ele declarou que muitas pessoas lhe haviam assegurado que o fracasso era espiritualmente mais aceito do que o sucesso, citando as palavras de Jesus: Não podeis servir a Deus e às riquezas (mammon) (Mat. 6:24). Ele acrescentou que tinha perdido várias horas tentando explicar às pessoas que não tinham tido a oportunidade de realizar os seus desejos que, pelo fato de quererem ser bem sucedidas não significava que elas eram servas do dinheiro e que deveriam deixar de usar Deus como uma desculpa para os seus fracassos. O dicionário descreve “mammon” como “riquezas consideradas como um objecto e adoração, ou como um falso deus”. Estamos a serviço do dinheiro quando excluímos Deus de nossos assuntos financeiros, ou, então, tentamos obtê-lo sozinhos. Quando você compreender que Deus quer que você seja próspero e que ele, como Criador deste abundante universo, é realmente a Fonte de sua prosperidade, então, você não estará idolatrando o dinheiro. Você não está fazendo da prosperidade um falso Deus. Você estará, simplesmente, reivindicando da Fonte, todas as bênçãos, a herança a que você desde sempre tem direito. Jeová salientou a atitude espiritualmente certa com relação à prosperidade, quando disse a Moisés para lembrar ao Povo de Israel: Mas antes te lembres do Senhor Teu Deus que ele mesmo te deu forças para assim cumprir o seu pacto. (Deut. 8:18). A palavra “prosperidade” quer dizer uma vida esplêndida e é com esse intuito que um pensador próspero deve trabalhar e esperar como um direito espiritual. Nesse momento você estará talvez se recordando de uma máxima, que eu ouvi também quando era criança, quanto a ser a prosperidade uma bênção espiritual. Dizia-se com frequência: “Sou pobre, mas sou um bom cristão”. Embora a minha família tenha dado muitos pastores, eu sempre me arrepio quando ouço aquela máxima. Minha reação imediata é: “Por que os cristãos ou as pessoas de qualquer outra seita têm que ser pobres? Deus não é pobre, e Ele é nosso bem-amado Pai.” Mais ainda, essa máxima parece dizer que todos os ricos estão condenados ao inferno. De qualquer maneira, eu não posso entender por que os ricos têm que ir para o inferno, somente porque são prósperos. Isso me parece inconsistente. A Bíblia É Um Manual para a Prosperidade Quando resolvi ser pastora decidi, a meu modo, estudar o ponto de vista da Bíblia sobre “a Prosperidade VS a Pobreza”. Foi uma agradável surpresa constatar que a Bíblia é o maior manual jamais escrito sobre prosperidade!
  12. 12. 1 2 A Bíblia mostra claramente que você não está agradando Deus, e muito menos a si mesmo, se você se conformar com as suas privações e limitações. É justamente no primeiro capítulo que o rico universo criado para o homem é descrito e é no último livro da Bíblia que o paraíso é simbolicamente descrito com palavras bastante significativas. A maioria dos grandes homens bíblicos nasceram ricos, tornaram-se ricos ou tiveram acesso a riquezas, toda vez que se fizesse necessário. Entre eles podemos citar Abraão, Jacó, José, Moisés, Davi, Salomão, Isaías, Jeremias, Neemias, Elias e Eliseu, do Velho Testamento; Jesus e Paulo, do Novo Testamento. A vida e os ensinamentos de Jesus apresentam a clara evidência de Sua Compreensão das leis para a prosperidade. Quando criancinha Ele recebeu ricos presentes dos Reis Magos. No entanto, Jesus tem sido descrito como um homem pobre, sem um lugar onde encostar Sua cabeça. Ele e Seus Pais tinham um lar em Nazaré e ele era alegremente bem acolhido, tanto em casas de pobres como em casas de ricos, em toda a Palestina. Durante uma festa de casamento Ele fez seu primeiro milagre produzindo um vinho da mais excelente qualidade, como valioso presente ao Seu anfitrião. Ele não hesitou em usar as leis para a prosperidade, a fim de alimentar milhares de pessoas que estavam no deserto. Sua parábola sobre o Filho Pródigo encerra uma excelente lição sobre a prosperidade. Quando Jesus declarou: Benditos sejam os pobres de espírito, porque deles será o reino dos céus, Ele não se estava referindo aos que vivem na pobreza. “Pobres de espírito” significa aqueles que são humildes e susceptíveis, sem orgulho e sem presunção. Quando o homem rico procurou Jesus para lhe perguntar sobre a vida eterna, está escrito que: E Jesus pondo nele os olhos lhe mostrou agrado. (Marcos 10:21). Jesus lhe disse para vender tudo o que tinha a fim de conseguir a vida eterna, pois ele percebera que o homem, ao invés de controlar a sua fortuna estava sendo dominado por ela. Mais tarde, Jesus comentou compassivamente: Que difícil é entrarem para o Reino de Deus os que confiam nas riquezas. (Marcos 10:24). Seu interesse e Seus contactos com o mundo das finanças levou-O a designar um dos Seus apóstolos como cobrador de impostos, e de nomear outro apóstolo como tesoureiro para tratar de suas finanças e do pagamento dos Seus impostos ao governo romano. Mesmo Seu manto sem costuras era considerado tão valioso, que os soldados, ao pé da cruz, tiraram a sorte para recebê-lo. José de Arimatéia, um homem de posses, foi quem solicitou a Pilatos o corpo de Jesus e quem o enterrou em seu próprio túmulo. Jesus demonstrou interesse pela prosperidade de Seus discípulos, ensinando os pescadores onde encontrar boa pesca, depois que eles tinham fracassado em apanhar qualquer coisa. Porque a Pobreza Não É Espiritual Você pode querer saber porque se fala tanto em sacrifícios, perseguições e tempos difíceis como sendo coisas necessárias para uma vida espiritual. A História revela que os estimulantes e práticos ensinamentos da Bíblia continuaram sendo observados durante os primeiros séculos depois de Cristo. No entanto, logo depois a Religião se secularizou, provocando
  13. 13. 1 3 modificações e divergências nos primitivos ensinamentos de Cristo. Mais tarde, durante a Idade Média, os sistemas feudais asseguraram a fortuna apenas para alguns poucos privilegiados. Naquele tempo, a fim de manter o povo na pobreza e para fazer da privação e da fome uma suposta “virtude cristã”, o ensinamento de “pobreza e penitência” era apresentado às massas como único meio de salvação. Algumas dessas velhas idéias feudais sobre a pobreza como uma virtude espiritual persistem até nossos dias, mas são idéias falsas, feitas pelo homem, e não representam a rica Verdade de Deus para você e para mim. Portanto, não se desculpe e não procure desculpar os outros por desejarem prosperar. Isso é um desejo divino, ao qual se deve dar uma representação divina. Você pode, sem medo, dar graças por a prosperidade ser sua herança divina; por ser o desejo do Pai que você tenha bens ilimitados, e não apenas os meios para uma parca existência. Atitudes Certas Pagarão Suas Dívidas Agora, a fim de ajudar você a ficar seguro quanto às importantes atitudes a tomar para a prosperidade, de que Deus é a Fonte da subsistência do homem como Criador deste rico universo e de que, portanto, ele deseja para você as riquezas do universo, sugiro parafrasear as palavras do Senhor Deus a Moisés: “Eu me lembrarei do Senhor Deus, pois foi ele que me deu a capacidade de descobrir riquezas.” Você pode estar pensando: “Sim, mas será esse um modo prático de pensar?” Poderão, realmente, essas atitudes ajudar a calçar criancinhas, a pôr comida na mesa e a pagar a renda? Sim, elas podem! Há pouco tempo conversei com uma jovem senhora, que parecia ter tudo contra ela. Quando atacada por uma paralisia, seu marido, bêbado, jogador compulsivo, e sem emprego, abandonou-a, deixando-a com vários filhos para sustentar e educar. A casa que tinham estava hipotecada. Por lei, o marido fora obrigado a lhe dar uma pequena pensão mensal para o sustento dos filhos, a qual, no entanto, não chegava para fazer frente às suas necessidades. Apesar disso, todas as vezes que eu visitava essa mulher, que estivera confinada ao leito por muitos meses e que agora estava presa a uma cadeira de rodas, ela alegremente me contava sobre a ajuda que ela estava recebendo de todo mundo. Certa vez ela me contou que tinha ganhado uma enorme quantidade de alimentos enlatados que iria deixá-la suprida por muitos meses; que havia recebido dinheiro de uns parentes que moravam num Estado distante para comprar roupas para as crianças; que as contas de seu médico estavam sendo pagas por uma amiga que estava no Exterior e que, na verdade, eles não estavam passando por nenhuma necessidade. Ela também tinha ganhado tinta para pintar a parte externa de sua casa e um vizinho já estava activamente se ocupando disso.
  14. 14. 1 4 Quando lhe perguntei o seu segredo para conseguir tudo isso e como ela tinha podido pagar pontualmente as suas contas, embora presa a uma cadeira de rodas e sem uma renda boa e segura, ela me respondeu que uma determinada prece tinha sido sua grande fonte de força e de suprimento: todas as vezes que uma necessidade financeira estava iminente ela meditava sem cessar sobre a seguinte promessa do Salmo 45: Cessai, reconhecei que Eu Sou Deus. Certa ocasião, o pagamento da hipoteca da casa, no valor de $ 40,00, estava para vencer. Como ela não tivesse nenhum centavo, começou, mentalmente, a dizer o seguinte: Cessai, reconhecei que Eu Sou Deus. Cessai, reconhecei que Eu Sou Deus e que estou, agora, tentando resolver essa situação embaraçosa. Por volta do meio-dia ela sentiu uma sensação de calma e parou de meditar. Cerca de uma hora depois, enquanto uma parente lhe servia o almoço, entrou um vizinho, que colocou algum dinheiro em sua mão, dizendo: “Estivemos pensando em você na Escola Dominical. Havia um dinheiro extra na tesouraria e decidimos compartilhá-lo com você.” A quantia que ele lhe deram, era $ 40,00 que estava precisando! Essa mulher, tendo reconhecido Deus como a Fonte de seu suprimento, provou que essa fonte nunca a desamparava, mesmo nas piores circunstâncias, seja quanto à sua saúde precária, seja quanto ao seu infeliz casamento ou seja quanto à sua instabilidade financeira. É lógico que seu grande desejo é ser auto-suficiente e financeiramente independente para não precisar dos favores de parentes, vizinhos e amigos. Sem dúvida alguma, ela conseguirá o seu desejo, à medida que perseverar em ter um pensamento promissor. Agora, após muitos anos, ela está recomeçando a andar e, logo estará em condições de também poder trabalhar. Entre mentes, ela está provando que o maravilhoso auxílio divino pode aparecer das mais imprevistas maneiras para fazer frente às necessidades do momento, por mais difíceis que sejam as circunstâncias. O Salmista estava reconhecendo Deus como a Fonte de seu suprimento, quando dizia: O Senhor é meu Pastor, nada me faltará. Esta é uma excelente prece para a prosperidade e para ser repetida inúmeras vezes. Uma dona de casa necessitava de €100,00 para pagar duas contas que iriam vencer no fim de semana. No início da semana, todas as vezes que começava a ficar apreensiva sobre os meios que teria para saldar as contas, ela dizia, repetidas vezes: O Senhor é meu Pastor, nada me faltará. Na sexta-feira pela manhã, no dia do vencimento, chegou um cheque pelo correio no valor de €110,00. Era de uma companhia para a qual seu marido havia trabalhado vários anos. O cheque vinha acompanhado de uma carta explicando que eles tinham acabado de “constatar” na conta de seu marido que eles ainda lhe deviam aquela importância e estavam, portanto, enviando aquele cheque para fechar sua folha de serviços. Um negociante com uma grande família via que o fim do mês se aproximava sem ter dinheiro. Seu pagamento era mensal e ainda faltava uma semana para recebê-lo. Os alimentos estavam acabando. Sua mulher falou sobre isso com ele na sexta-feira, antes das costumeiras compras de sábado de manhã.
  15. 15. 1 5 Ambos concordaram em confiar e pedir o auxílio de Deus, repetindo com devoção: Nossa capacidade vem de Deus. (IICor 3:5). Sábado pela manhã chegou uma carta do departamento fiscal da Receita Pública do Estado com um cheque de restituição de imposto de renda no valor de €60,00. Embora eles estivessem esperando uma restituição de imposto de renda Federal no valor de algumas centenas de euros, eles se tinham esquecido de que também poderiam receber aquela restituição da Receita Estadual. Aquela importância foi suficiente para cobrir suas despesas até o dia do pagamento. Uma vendedora que tinha tido muitos gastos e cujas vendas tinham diminuído, resolveu confiar em Deus como Fonte de sua subsistência e repetiu, várias vezes, o Pai Nosso: O pão nosso de cada dia nos dai hoje. Foi uma verdadeira avalanche. Suas vendas começaram a aumentar consideravelmente e logo ela começou a receber os cheques sobre sua comissão juntamente com o seu salário. Os vizinhos prepararam e lhe levaram vários pratos de comida como prova de sua estima por ela. Uma amiga lhe deu de presente bonitas e variadas peças de roupa. Alguns dos seus clientes lhe trouxeram presentes em retribuição por seus gentis serviços. Ela ficou encantada com vários convites que recebeu para jantar em casas de amigos. Suas preces foram atendidas e ela pôde fazer frente às suas necessidades diárias. Seu pão de cada dia apareceu de muitas maneiras gratificantes. Como Estabilizar Suas Finanças Na verdade, o que há de maravilhoso em se aceitar Deus como a fonte de todas as riquezas, e em pedir ao Seu auxílio para nossos assuntos financeiros e para nossa vida em geral é que, quanto mais assim agirmos, mais estável a nossa vida vai ficar. Em seu devido tempo, não teremos que enfrentar circunstâncias financeiras difíceis, que teriam que ser dramaticamente resolvidas, esperando que, de repente, caiam notas do céu. Pelo contrário, as nossas finanças melhorarão cada vez mais, de modo que sempre teremos recursos para fazer frente às nossas necessidades. O Salmista deu ênfase ao que acontece quando você, sistematicamente, pensa em Deus como a fonte de sua subsistência: “Ditoso o homem que não se deixa levar pelo conselho dos ímpios, mas se compraz na lei do Senhor e a medita dia e noite. É como a árvore plantada à beira das águas correntes que, em tempo próprio, dá o seu fruto e cujas folhas não murcham. Tudo que ele fizer há de medrar”. (1º Salmo) Porém, é bom que você saiba que, até que você tenha uma perfeita compreensão para poder transformar a essência do universo em uma corrente abundante e ininterrupta de suprimentos, as necessidades
  16. 16. 1 6 financeiras do momento poderão ser resolvidas quando você se voltar para a Fonte de todas as riquezas, para um Pai generoso e Celestial. O Elo Entre o Pensamento e a Subsistência Talvez você esteja pensando: “Se minha prosperidade advém basicamente de Deus, e se ele é a Fonte de minha subsistência, então porque falar tanto de “pensamento promissor?” O que o pensamento tem a ver com a minha subsistência?” O generoso suprimento de Deus está espalhado por toda a terra, assim como dentro de você, em forma de aptidões, talentos, capacidade e idéias, ansiando para serem manifestadas. Mas você precisa entrar em contacto e utilizar aquela rica essência e aquele rico suprimento. A sua mente é o elo que une você a eles. As suas atitudes, seus conceitos mentais e sua esperança são o elo que o une e que lhe dá acesso à generosa essência de Deus. Deus pode fazer por você somente aquilo que é feito através de você, por meio dos pensamentos e idéias que são responsáveis por suas reacções. Assim sendo, o pensamento promissor abre o caminho para resultados promissores. Comece a entrar em contacto com a rica e universal essência em volta de você, com a rica essência dentro de você, repetindo muitas vezes: “Vou avivar as bênçãos divinas que tenho dentro de mim e ao meu redor e serei sempre abençoado com felicidade, êxito e realizações constantes.” Apenas com este pensamento você estará começando a avivar as riquezas do universo, atraindo-as para você e expressando-as através de você. O Sucesso Adora Uma Atitude Promissora Uma outra surpreendente verdade sobre prosperidade é que os seus pensamentos fizeram você como você é, e os seus pensamentos farão de você aquilo que você será, daqui por diante. Quanto mais você compreender isso, mais você aprenderá que as pessoas, os lugares, as condições e os acontecimentos não poderão afastar você da prosperidade e do êxito dados a você por Deus, desde que você, deliberadamente, decida usar o pensamento promissor como seu aliado para o êxito. Na verdade, você descobrirá que as coisas, as pessoas e os acontecimentos que anteriormente trabalhavam contra você começarão a trabalhar para você e com você ou, então, desaparecerão de sua vida, e novas pessoas e novos acontecimentos aparecerão para ajudá-lo a ser bem sucedido. Esta é a força do pensamento promissor. Alguns entendidos acreditam que um pensamento promissor é mais forte do que milhares de pensamentos de fracasso e que, se duas atitudes promissoras forem sempre mantidas e expressadas, serão mais fortes do que
  17. 17. 1 7 dez mil atitudes de fracasso! O sucesso adora uma atitude promissora – disto você pode ter certeza. Um Pai amoroso parece também adora uma atitude promissora. Naturalmente, outras pessoas a adoram e são atraídas e trabalham para ela. Mais detalhes sobre isto no próximo capítulo. Entre mentes, lembre-se que Deus é a Fonte de toda sua subsistência e entre, então, em contacto espiritual com Ele, com a Sua Essência e com os Seus Pensamentos generosos, que estão esperando que você tome posse deles: Eu sou o rico filho de um Pai amoroso e devo agora, aceitar e reivindicar Sua imensa riqueza para mim, em casa etapa de minha vida! O meu sucesso, concedido por Deus na forma de pensamentos férteis e ricos resultados, vão se revelar agora! Lembrem-se sempre destas verdades surpreendentes sobre a prosperidade: é surpreendentemente certo e não surpreendentemente errado que você seja próspero. Que Deus criou um universo rico para você e Ele quer que você o desfrute. Que a prosperidade pode surgir imediatamente através do uso deliberado do pensamento promissor, o qual leva à manifestação de pensamentos fecundos, actos fecundos e resultados fecundos. Assim sendo, não tenha receio de pedir, muitas vezes, a orientação de um benevolente, atencioso e amoroso Pai e, como Moisés: Lembrai-vos de Deus Jeová, pois é ele que vos dá força para conseguir as riquezas. Agora, comece com alegria e com esperança a ler as leis dinâmicas para a prosperidade – as leis mentais e espirituais que podem e irão transformar sua vida. Salomão compreendeu a necessidade de explorá-las, quando escreveu: “Aquele que deixa a disciplina experimentará indigência e ignomínia.” (Prova. 13:18) . A partir desta página, você pode começar a se livrar de limitações, privações e fracassos. À medida que você aceita e utiliza os simples, mas poderosos pensamentos dados neste capítulo e nas páginas que se seguem, você perceberá que está no esplêndido caminho para o sucesso. Além do mais, você vai ver que será uma experiência agradável, que produzirá resultados gratificantes. Esta é a surpreendente e agradável verdade que ele encerra. Capítulo 2 Lei Fundamental Para a Prosperidade Aprendi, arduamente, a lei fundamental para a prosperidade. Há muito tempo que estou me empenhando para ter o direito de falar com vocês sobre
  18. 18. 1 8 ela. Há quinze anos atrás, eu não tinha esperanças. Viúva e com um filho pequeno, eu não tinha especialização nenhuma e, portanto, nenhum meio de subsistência. Naquela época, a minha família não me podia ajudar muito financeiramente. Se pudesse me ter visto naquela época, você, sem dúvida teria dito: “Com ou sem o pensamento promissor, eis um caso sem esperanças.” Foi durante aquela época miserável que vim a conhecer a força de nosso pensamento como um meio para o sucesso ou para o fracasso. Logo compreendi que meus fracassos anteriores eram principalmente devidos à maneira como eu interpretava o fracasso e que aquela mesma força de pensamento, quando correctamente dirigida, poderia ser a solução para uma existência saudável, feliz e bem sucedida. Que maravilhosa sensação senti quando li as palavras de Salomão: Porque, como imaginou na sua alma, assim é (Prova. 23:7). E mais tarde, as palavras de Jô: Formarás os teus projectos e terão feliz êxito, e a luz brilhará em teus caminhos. (Jô 22-28). Do filósofo James Allen, aprendi: “Através do pensamento, o homem encontra a solução para todas as situações e encontra, dentro dele, aquela força de transformação e regeneração, por meio da qual pode vir a ser o que deseja ser.” Então concluí, entusiasticamente, que a minha riqueza, saúde e felicidade estavam realmente dentro de mim, esperando para brilhar no meu mundo, na forma de saúde, riqueza e pensamentos ditosos, sentimentos, expectativas e decisões, as quais, por sua vez, iriam trazer idênticas consequências em minha vida. Assim que compreendi esse simples, mas todo poderoso segredo, e comecei a aplicá-lo, a maré mudou e comecei a ganhar dinheiro. Logo tive a oportunidade de, positivamente, ganhar a vida trabalhando em uma escola de comércio. Depois disso, fui secretária de Joe Tally, um jovem advogado que se tornou prefeito na nossa cidade, candidato ao Congresso e que, mais tarde, desenvolveu a firma de advocacia Tally com vários advogados e secretárias que prestavam serviço a diversos clientes influentes. Mais recentemente, o Sr. Tally foi presidente da Kiwanis Internacional. Quando já havia conseguido uma alta posição na forma desse advogado, me senti inclinada a entrar para o serviço pastoral, a fim de ajudar as outras pessoas a compreenderem e a usarem os estímulos mentais e espirituais para uma existência saudável, feliz e próspera, que tanto haviam significado para mim. Ao pensar no tempo que passou compreendo agora que, consciente e inconscientemente eu invocava a lei fundamental de radiação e atracção para a prosperidade em tudo que fazia. Recentemente, ao encontrar velhos amigos que fazia anos que não via, eles exclamavam com espanto: “Catarina, o que aconteceu com você? Você está tão diferente daquela pessoa sisuda, insegura e infeliz que conhecíamos. Você agora aparenta estar feliz e radiante, até mesmo triunfante. Conte-nos o seu segredo, como você conseguiu ficar assim?”
  19. 19. 1 9 Eu então, explicava a eles a lei fundamental da vida, esta que está sendo abordada neste capítulo, assim como em todo este livro. É devido ao uso que eu mesma fiz dessa lei fundamental, que me sinto tão segura dela e, creio firmemente que ela poderá ajudar muito mais a você do que ajudou a mim! Um grande número de pessoas que assistiu às minhas conferências sobre prosperidade a tem usado, resultando um êxito extraordinário. A Lei Das Leis De facto, as leis que governam a prosperidade são tão certas e viáveis como as que governam a gravidade, a matemática, a música, a física e as outras ciências. A Bíblia descreve a lei fundamental para a prosperidade, quando fala de semear e colher, dar e receber. Os cientistas a descrevem como acção e reacção. Alguns a denominam de lei da oferta e da procura. Emerson a descreveu como a lei da compensação, pela qual o semelhante atrai seu semelhante. Ele demonstrou que a lei da compensação é a “lei das leis”. Você Não Consegue Nada De Graça Concordo com Edison de que já é tempo de se salientar que a lei da compensação é a lei fundamental da vida. Prefiro considerar essa lei para a prosperidade como sendo de radiação e atracção: o que você irradia em seus pensamentos, sentimentos, imagens e palavras, você atrai para todas as áreas da sua vida. Mas lembre-se, você não consegue nada de graça. A razão pela qual ainda existe miséria neste universo de exuberante abundância é que muita gente não entendeu esta lei fundamental da vida; ainda não compreendeu que precisa irradiar, a fim de atrair, e que o que irradiamos, invariavelmente, atraímos. Hoje em dia, a maioria das pessoas ainda tem que aprender que não se pode conseguir nada de graça, mas sim temos que dar antes de recebermos, ou temos que semear antes de colhermos. Quando, em termos de prosperidade, não se dá ou não se semeia, não se entra em contacto com a exuberante abundância divina e, portanto, não há meios de comunicação, através dos quais a rica e ilimitada essência do universo possa jorrar as suas riquezas em abundância. Recentemente, ao visitar algumas pessoas de um bairro pobre, essa verdade me ocorreu. Logo compreendi que essa gente queria somente uma “esmola” e não estava interessada em invocar a lei fundamental para a prosperidade, quanto mais, antes dar ou semear. Ao invés disso, elas estavam tentando conseguir alguma coisa de graça, o que de maneira alguma deve ser feito. E é por isso que eles continuam na miséria.
  20. 20. 2 0 Há Sempre alguma coisa Que Você Pode Dar Talvez você esteja pensando: “O que tal pessoa pode dar, quando tudo indica que ela não tem nada?” Sempre há algo que uma pessoa possa dar, seja material ou não, que poderá pô-la em contacto com o rico suprimento divino. Certa vez, uma viúva cheia de filhos telefonou a uma conselheira. Ela não tinha dinheiro, nem comida para seus filhos. Estava desesperada. Era hora do almoço e as crianças não haviam comido desde a véspera. A conselheira que atendeu o telefone sabia bem o que era passar fome. Ela mesma tinha passado por isso antes, mas com a força do pensamento promissor tinha conseguido o “maná dos céus”, numa época em que estava em desesperada situação financeira. Bastante condoída, ela explicou o poder mágico de se dar algo, o que iria fazer com que a essência fluísse de volta da maneira desejada. Naturalmente, quando ela explicou que a viúva tinha que dar antes de receber, a reação desta foi a mesma que a sua ou a minha sería se nos tivessem dito, pela primeira vez, que precisamos dar para receber. A viúva lamentou-se, dizendo: “Mas é justamente isso – eu não tenho nada para dar”, ao que a conselheira gentilmente respondeu: “Minha cara amiga, lógico que você tem alguma coisa para dar. Sempre temos algo para dar. Na verdade, sempre temos para dar mais do que ao princípio pensavamos.” Ela pediu, então, à desesperada viúva que olhasse ao seu redor e que pedisse a orientação divina para saber o que ela poderia dar. A conselheira assegurou à viúva que iria orar por ela na esperança de que ela seria divinamente guiada para saber como dar e como receber, dali por diante. A conselheira também lhe disse que, depois de começar o fluxo da essência de dar, ela teria que estar preparada para receber, arrumando a mesa para a refeição que ela tanto desejava para os seus filhos e fazendo a lista de compras da mercearia, na certeza de que o dinheiro logo apareceria para aquelas compras. Com fé, a viúva sentou-se e rezou para saber o que poderia ter para dar. De repente, ela se lembrou das flores que estavam crescendo em seu quintal, as quais logo colheu com alegria e ofereceu a um vizinho doente, que ficou extremamente feliz em recebê-las. Em seguida, ela arrumou a mesa com a melhor louça, e jogo de linho que tinha. As crianças ficaram felizes e animadas, aguardando esperançosas uma boa refeição. No momento que ela terminava a lista da mercearia, uma pessoa, que há muito lhe devia dinheiro, apareceu e pagou €30,00 do seu débito! Trinta euros que há muito que ela já tinha perdido a esperança de receber... Se eu pudesse transmitir ao mundo uma só mensagem sobre os segredos da vida, eu diria alto e em bom som: Você não pode conseguir nada de graça, mas você pode conseguir o melhor de tudo, quando você fizer uma avaliação total do bem que deseja receber. Desde que comecei a escrever sobre prosperidade, tenho recebido muitas cartas de pessoas que não entenderam essa lei e que, ainda, estão tentando conseguir alguma coisa de graça. Uma mulher pediu que fossem imediatamente enviados €30.000,00 para pagar dívidas antigas. Ela não escreveu uma mas sim três cartas, antes
  21. 21. 2 1 que se convencesse que deveria usar a lei fundamental para a prosperidade, a fim de receber o que desejava. Irradie e Você Atrairá Emerson poderia estar explicando a lei de dar e receber, de irradiar e atrair, quando escreveu: “Os corações generosos irradiam constantemente as forças misteriosas que, incessantemente, provocam grandes acontecimentos.” E quem são os “corações generosos”? São aqueles que ousam pensar e irradiar grandes pensamentos e expectativas de sucesso e prosperidade, ao invés de fracasso, preocupação e limitações. Não existe nada de grandioso, extraordinário ou louvável no fracasso, na preocupação e nas limitações. Qualquer um pode sentir isso, seguindo a linha do menor esforço e alimentando os costumeiros pensamentos de fracasso, de que se ouve falar tanto todos os dias. Quantas vezes ouvimos esta queixa: “Tudo acontece comigo. Não consigo deixar de perder. Este é um mundo duro. O outro camarada consegue tudo.” Este começo leva, habitualmente, a uma conversa cheia de sensações desagradáveis, de críticas aos empregos, aos colegas, à família, ao governo, aos líderes mundiais, à guerra, ao crime, à doença e aos tempos difíceis. Todos nós empregamos a lei da irradiação e da atracção, quer estejamos conscientes dela, ou não. Mas se você deseja desfrutar de mais prosperidade e de mais sucesso, você precisa consciente, e corajosamente controlar os seus pensamentos e sentimentos, e dirigi-los rumo à prosperidade e sucesso. Cabe a você ter a coragem para escolher e irradiar, através dos seus pensamentos, o que você realmente deseja desfrutar da vida, ao invés de ficar cheio de sensações desagradáveis ou de fracasso. Essas condições podem mudar tão logo que você mudar o seu modo de pensar. Um amigo que trabalha em relações públicas fez, recentemente, uso da lei de irradiação e atracção, com grande êxito. Fazia já algum tempo que ele estava tentando conseguir uma conta difícil, tendo já feito o máximo para obtê-la. Finalmente, ele decidiu que iria, definitivamente, alimentar e mentalmente irradiar seu desejo de maneira decidida, deliberada e ousada, sentindo que, logo, conseguiria aquela conta, ou mesmo uma conta maior. Sentou-se calmamente, e começou a pensar naquela conta como se já a estivesse administrando. Mentalmente examinou cuidadosamente aquela conta, imaginando todos os meios que iria tentar para favorecer os interesses do seu cliente como se estivesse, realmente, administrando os seus negócios. Pensou por muito tempo e com detalhes sobre a conta e sobre as pessoas envolvidas na mesma. Por algum tempo repetiu várias vezes: Sou persistente. Vou continuar. Estou decidido a ser bem sucedido na realização maravilhosa de Deus para comigo. Ao sentir uma sensação de paz, ele deixou de pensar no assunto.
  22. 22. 2 2 Poucas semanas depois, ele compareceu a uma convenção, na qual faziam parte alguns dos seus clientes. Enquanto nadava com alguns deles na piscina de um motel, encontrou casualmente o homem com quem, por vários meses, estava tentando travar conhecimento e, a cargo de quem estava aquela difícil conta. Fecharam o negócio lá mesmo na piscina. Quando ele radiante me relatou o caso, disse: “Sem dúvida foi a lei da prosperidade, de irradiação e atracção que provocou esses resultados tão felizes.” Conversando com centenas de pessoas que foram do fracasso ao sucesso, observei que é o que elas na realidade pensam intensamente a maior parte do tempo, mais do que a “impressão de opulência” que dão aos outros, que inconscientemente atrai tais resultados para elas. Existe um velho adágio que diz: “Estamos onde estamos porque somos o que somos, e somos o que somos de acordo com o que pensamos.” Muita gente trabalha arduamente para conseguir benefícios, mas o fazem de maneira superficial sem, antes, irradiar constantemente o seu equivalente mental. Ficam, depois, amargamente desapontadas quando os seus grandes esforços redundam em fracasso e desapontamento. Certa vez, conversei com uma senhora que sentia que gostaria de se casar. Aconselhei-a a invocar a lei da irradiação e atração. Depois de explicar que ela deveria irradiar para depois atrair, sugeri que ela irradiasse várias vezes este pensamento: O Amor Divino, está expressando-se agora através de mim, me traz tudo que for necessário para me fazer feliz e fazer minha vida completa. Um pouco mais tarde, amigos comuns começaram a me contar que ela estava se esforçando para conquistar alguém, mas que estava recebendo, apenas, convites “óbvios”. Mais tarde ela voltou e me informou que o tipo de prece que eu havia sugerido não tinha dado certo. Lembrei-lhe gentilmente, que ela não havia irradiado o “tipo de prece” sugerido, mas que havia irradiado o “tipo de afugentar”, que eu não havia sugerido. A sua prece havia produzido o efeito contrário, porque ela havia invertido o processo. Há pouco tempo, uma viúva de meia-idade resolveu usar o método de irradiação e atracção, com a mesma finalidade. Enquanto boiava numa piscina, repetia para si mesma: O Amor Divino, expressando-se agora, através de mim, me traz tudo que for necessário para me fazer feliz e tornar minha vida completa. De repente, ela ouviu uma voz masculina que a chamava do outro lado da piscina, perguntando como estava a água, que ela assegurou estar óptima. Em seguida, ele entrou na piscina e, pouco tempo depois, entrava como marido na sua vida. Primeiramente, A Preparação Mental Que emoção é a de se compreender que se pode conseguir tudo, antes de mais nada, em nossas mentes; que a nossa mente tem a força divina para conseguirmos nossa prosperidade. A razão pela qual podemos conseguir tudo o que desejamos, antes de mais nada através das nossas mentes, é que
  23. 23. 2 3 nossa mente é o elo de união entre o mundo organizado e o que ainda em está em construção. Na era maravilhosa em que estamos, depende de você exigir o domínio espiritual do melhor que há e de, também, ter a coragem de subjugar, modificar e mudar a sua vida da maneira que desejar. Sem dúvida alguma, você recebeu essa força para conseguir a prosperidade e somente a prosperidade. Encontramos dificuldades somente quando usamos essa força em sentido inverso. Mas que sensação de liberdade sentimos quando compreendemos que nossa vida depende da maneira como focamos nos nossos pensamentos, sentimentos e esperanças aquilo que desejamos, de maneira constante, firme e deliberada? Quando você compreender isto, sua vida se tornará mais fácil, mais simples e mais gratificante. Você então, não precisará argumentar, implorar, ponderar, pleitear ou apelar a ninguém para conseguir o que você deseja. Pelo contrário, você irá raciocinar calmamente para, mentalmente escolher, aceitar e irradiar o que você deseja conseguir. Isto dará a você uma sensação de vitória, antes mesmo que os magníficos resultados comecem a aparecer. Ser Decidido Traz Riquezas Você precisa irradiar de maneira decidida, a fim de atrair os bens que você deseja, ao contrário que, a sua corrente de pensamentos fica limitada e produzirá resultados limitados. Aquilo que você realmente irradia ou deliberadamente alimenta na sua mente, você ininterruptamente atrai. Pode parecer que isso não seja realmente assim, quando você vê que certas pessoas estão sendo bem sucedidas, embora não o mereçam. Porém, em devido tempo, a saúde delas, as suas riquezas e felicidade terão que desmoronar, caso não sejam sustentadas por uma base firme de pensamentos, sentimentos e crenças adequadas. É apenas uma questão de tempo, pois o castigo pode tardar, mas não falha! Ao invés de se preocupar se a lei de irradiação e atracção está fluindo de maneira certa na vida dos outros, continue calmamente, a usar para você mesmo as leis do pensamento promissor. Um corrector da Bolsa, cujos sócios estavam acompanhando as informações sobre o mercado e comentando como os negócios estavam fracos, entrou sozinho numa sala e procurou se acalmar. Ao mesmo tempo começou a pensar: Tudo e todos vão me fazer prosperar agora. De repente o telefone começou a tocar. Em poucos minutos ele fez, por telefone, muito mais negócios do que há dias não conseguira fazer por outros meios. A loja de um relojoeiro estava quase sem movimento. Um dia de manhãzinha, ao tomar o autocarro, ele também se lembrou da lei da irradiação e atracção, e começou a dizer para si mesmo: Tudo e todos vão me fazer prosperar agora. Nos dias que se seguiram, vários clientes apareceram
  24. 24. 2 4 para consertos de relógios e de jóias, o que o deixou ocupado por muitas semanas. Você É Um Ímãn Todos nós somos ímãns e, como tal, não precisamos forçar para que o êxito e a prosperidade aconteçam. Ao invés disso, devemos desenvolver uma mentalidade forte, esperançosa e próspera, que é o ímãn que faz com que tudo o que é bom venha rapidamente a nós. Se ficarmos tensos, ansiosos, deprimidos, implacáveis e possessivos, iremos atrair toda a espécie de aborrecimento e de fracasso. Desde que você tenha o equivalente tangível e intangível daquilo que você ousou escolher e mentalmente alimentar e irradiar, pare de pensar que não pode alcançá-lo. Pare de pensar que as pessoas, as coisas, as circunstâncias possam ter força para feri-lo ou prejudicá-lo. Comece a imaginar que nada se pode interpor entre você e aquilo que você mentalmente escolheu e deliberou irradiar, através dos seus pensamentos, sentimentos, palavras e ambições. Eis o segredo: “Escolha e irradie mentalmente; escolha e irradie emocionalmente; escolha e irradie constante e persistentemente”. Uma mulher recentemente me contou que, desde que ela havia começado a, deliberadamente, invocar a força do pensamento promissor, todos de sua família haviam recebido coisas maravilhosas: seu marido recebera vários aumentos de salário; seu irmão tinha sido nomeado presidente da firma onde trabalhava; duas das suas irmãs haviam se aposentado com óptimos rendimentos; outra irmã tinha sido promovida a um cargo executivo em sua companhia, lugar jamais alcançado por nenhuma outra mulher; outro irmão tinha conseguido um posto de gerência. Seu estímulo mental favorecera toda a sua família. Você não precisará se esforçar tanto Ao relatar as experiências de toda essa gente, é lógico que não quero dizer que você só precisa alimentar e mentalmente irradiar aquilo que você deseja e, depois não fazer mais nada. Muitas vezes você terá que tomar também,
  25. 25. 2 5 determinadas medidas. Você porém, logo constatará que, se primeiro você deliberar mentalmente o que deseja, as medidas que tiver que tomar se manifestarão facilmente – às vezes quase que automaticamente – sem que você precise se esforçar muito. Quanto mais você pensar nos bens que deseja, menos você terá que se esforçar para consegui-los. Você terá que trabalhar, mas será um trabalho que dará satisfação do que um trabalho para apenas sobreviver. A sua fértil força mental e de irradiação parecem ter uma maneira de produzirem oportunidades, acontecimentos e circunstâncias para a sua prosperidade e para o seu sucesso que farão com que você, quase inconscientemente, as consiga. Liberte a Sua Enclausurada Essência Estamos repletos de energia e capacidade divinas enclausuradas, mas que podem trabalhar para nós, através de nós e em volta de nós. Os psicólogos declaram que uma pessoa normal usa somente ou nem, cerca de 10% de sua força mental total, e autoridades médicas alegam que uma pessoa normal usa apenas 25% de sua força física total. Os psicólogos vão mais além quando declaram que um homem pode liberar mais força positiva em uma hora de concentração mental, do que em 24 horas de trabalho físico. Alguns deles chegam mesmo a acreditar que um homem pode liberar mais força positiva em uma hora de completa concentração, do que em um mês de trabalho físico. Seguramente, existe uma grande força dentro e em torno de cada um de nós para ser usada. Você pode liberar essa essência, energia e força enclausuradas para prosperar se você redireccionar os seus pensamentos, sentimentos e imagens para o êxito, prosperidade e riquezas. À medida que você procede dessa maneira, os seus pensamentos, sentimentos e imagens de riqueza são irradiados para fora, entrando no rico e poderoso espaço celeste deste universo, onde entrarão em contacto com a exuberante e universal essência. Essa exuberante e universal essência está cheia de inteligência e força divina, que então começarão a se movimentar e a trabalhar através das pessoas, das circunstâncias e das oportunidades para atrair as valiosas irradiações que você emitiu para produzir os resultados que você espera. Realmente, este universo maravilhoso é rico e afável para com todos nós. Ele deseja que toda a humanidade seja próspera, saudável e feliz e que tudo que o homem e o mundo façam esteja em paz celestial. A esta altura contudo, não se preocupe muito com a teoria de irradiação e atracção. Comece apenas por aceitá-la e usá-la como se fosse uma maneira misteriosa para conseguir a sua prosperidade. Todas as leis para a prosperidade mencionadas neste livro são apenas algumas das maneiras para se invocar essa lei fundamental de irradiação e atracção. Ao fazer uso delas você sentirá que elas se constituem um método delicioso, excitante, fascinante e ricamente compensador!
  26. 26. 2 6 Convido você agora a continuar a ler esse livro, lembrando-se sempre das seguintes verdades: “Sou um irresistível ímã e tenho forças para atrair para mim tudo o que divinamente desejo, de acordo com os pensamentos, sentimentos e imagens que constantemente alimento e irradio. Sou o centro do meu universo! Tenho força para criar tudo o que desejo. Atraio tudo aquilo que irradio. Atraio tudo aquilo que mentalmente escolho e aceito. Começo por escolher e mentalmente aceitar o que há de mais elevado e melhor na vida. Agora escolho e aceito saúde, amor, abundância, prosperidade, e felicidade. Agora escolho prodigalidade e abundância para mim e para toda a humanidade. Este é um universo rico e afável e eu aceito as suas riquezas e sua hospitalidade, e vou usufruí-las agora!” Capítulo 3 Lei do Vácuo Para a Prosperidade
  27. 27. 2 7 Tem-se ouvido dizer que a natureza abomina de um vácuo. Isso é particularmente verdade no reino da prosperidade. A lei do vácuo para a prosperidade é uma das mais poderosas, embora seja necessária uma fé intrépida e corajosa assim como um sentimento de aventura e expectativa para pô-la em acção, a fim de se poderem alcançar todos os seus benefícios. Quando alguém está genuinamente tentando a ser próspero e pensando de acordo com a prosperidade e, no entanto fracassa, é porque, quase sempre, necessita invocar a lei do vácuo para a prosperidade. Basicamente, a lei do vácuo para a prosperidade é a seguinte: se você deseja grandes bens e maior prosperidade, comece a formar um vácuo para recebê- las. Noutras palavras, livre-se do que você não quer para dar lugar ao que você quer. Se houver roupas no seu armário, ou se houver mobília em sua casa ou em seu escritório que você acha que não servem mais; se houver pessoas das suas relações que deixam de ser agradáveis, comece a eliminar essas coisas materiais ou não, da sua vida, na esperança de que você poderá realmente possuir o que você quer e deseja. Muitas vezes é difícil saber o que você quer, até o momento em que nos livramos daquilo que não queremos. Desista do Menos Importante Sem dúvida você deve ter percebido que, quando você não consegue alcançar o que deseja é, geralmente, porque você precisa se libertar ou desistir de alguma coisa para dar lugar para outra. Novas essências não fluem com facilidade em situações confusas. Se você deseja maiores bens, do que é que você está desistindo ou se livrando para dar lugar ao que você deseja? A Natureza abomina de um vácuo e, quando você começa a eliminar o que não quer, automaticamente está abrindo caminho para o que quer. Desistindo daquilo que é menos importante você estará, automaticamente dando lugar para vir o que você acha melhor para você. Recentemente, um casal usou a lei do vácuo para a prosperidade para terminar a decoração da sua nova casa. De sua antiga casa levaram apenas as mobílias de que realmente gostavam e que achavam apropriadas para o novo ambiente. Sem vacilar, deram grande parte da mobília antiga, deixando lugares vazios na nova casa, visualizando-os preenchidos com o tipo de moveis que realmente desejavam. Por algum tempo nada aconteceu, porém eles continuaram firmes em seu propósito de possuírem moveis bonitos, novos e adequados. Um dia, o marido que trabalha para uma grande firma, foi convidado a trabalhar sob um sistema de contagem de méritos. À medida que ele conseguia óptimos negócios para sua companhia, seus pontos de méritos
  28. 28. 2 8 aumentavam; estes pontos podiam ser convertidos em vários prêmios, um dos quais, numa mobília. Por vários meses, um negociante estava tentando vender a sua casa, pois tinha sido transferido para outro estado. Ele tomou conhecimentos da lei do vácuo para a prosperidade e compreendeu que, embora desejasse ardentemente vender sua casa, já há alguns meses, ele não havia feito qualquer espécie de vácuo, por meio do qual o que desejava pudesse começar a se manifestar. Assim sendo, sentou-se um dia calmamente e começou a imaginar que todos os aposentos da casa estavam vazios e como eles ficariam se ele vendesse a casa e se mudasse. Visualizou verdadeiros vácuos por toda a parte. Fez depois varias anotações sobre a companhia de transporte que ele gostaria que fizesse a mudança e, mentalmente elaborou todos os planos para a mudança, como se a casa já tivesse sido vendida. Poucos dias depois apareceu um comprador que gostou de todos os detalhes da casa e lhe deu um cheque de 2 mil euros para assegurar os seus direitos na compra, assim como um outro de sinal. Forme Um Vácuo Para a Saúde Toda vez que você se propõe a formar um vácuo, a essência do Universo se apresenta para preencher o lugar vago. Isto se aplica aos nossos planos espiritual, mental e físico. Um negociante ficou muito doente, e por várias semanas sob cuidados médicos. Seu médico, excelente profissional, fez tudo que era possível, mas em vão, ele ficava cada vez mais fraco, parecia que seu corpo estava todo intoxicado e que não havia nada que pudesse solucionar o mal. Finalmente, uma noite em que estava suando muito devido á febre alta e também com muita tosse, ele se lembrou da lei do vácuo. Compreendeu então, que deveria haver alguma coisa da qual precisava se libertar. Ele sabia que tanto nossa mente como nossas emoções têm grande influência sobre nossos corpos humanos e, portanto, achou que deveria haver um propósito mental ou um sentimento emocional que deveria desaparecer, a fim de eliminar sua dor, febre e fraqueza. Ele ficou bem calmo e em voz baixa, pediu â Inteligência Divina que lhe revelasse o que ele deveria libertar. De repente, lembrou-se de uma pessoa por quem sentia um forte rancor. Ele havia falado muito mal dessa pessoa e tinha feito todo o possível para magoá-la. Mentalmente fez uma recapitulação dos acontecimentos que haviam causado aquele ódio e do seu desejo de magoar aquela pessoa. À medida que, imparcialmente, pensava sobre o assunto, compreendeu que essa pessoa poderia não se ter dado conta que havia ferido seus sentimentos e que, talvez, não existiam motivos para ele sentir qualquer rancor (pois nunca há!).
  29. 29. 2 9 Enquanto jazia febril, começou a dizer repetidas vezes: De boa vontade eu te perdôo. Eu te liberto e te deixo ir. No que me diz respeito, aquele incidente entre nós terminou para sempre. Não desejo te magoar. Não te desejo nenhum mal. Estás livre e eu estou livre e tudo está bem, outra vez entre nós. Logo depois sentiu uma sensação de paz, de serenidade e de alívio e, pela primeira vez, depois de muitas noites, conseguiu dormir tranquilamente. Na manhã seguinte, não tinha mais febre e o seu médico declarou que o tóxico havia sido completamente eliminado do seu organismo durante essa noite. Pelo perdão, esse homem estava, finalmente, começando a se recuperar. Pelo perdão, ele formou o vácuo necessário para que uma nova força pudesse restaurar sua saúde e deixar sua mente em paz. O Perdão É A Solução Muita gente tem receio da palavra “perdoar”, pensando que ela significa que se precisa fazer alguma coisa desagradável e dramática. A palavra porém, significa apenas “dar para”, ou seja, esquecer os antigos conceitos, sentimentos ou situações e substituí-los por uma coisa melhor. O acto de “perdoar” forma um vácuo e apressadamente, dá lugar para que as coisas melhores aconteçam na nossa vida. Pelas conversas que tenho mantido com centenas de pessoas e pela correspondência que tenho trocado com outras centenas sobre os seus problemas, descobri que inevitavelmente, quando não encontramos solução para um problema é porque há necessidade de um perdão. Descobri ainda mais que, se apenas uma das pessoas começa a se sentir inclinada a perdoar, as outras envolvidas no caso reagirão, serão abençoadas e a reconciliação virá. Por exemplo, uma mulher rica estava enfrentando problemas judiciais com relação a algumas das empresas comerciais de seu falecido marido. Tudo era muito embaraçoso para ela, porque do outro lado era um antigo amigo de sua família. Muito aflita ela, certa noite, tomou parte em uma reunião de preces e relatou aos presentes sua delicada situação. Para seu espanto contudo, os membros do grupo não se comoveram absolutamente com seu problema, e nenhum deles se mostrou particularmente sensibilizado. Ela ficou realmente surpresa quando lhe disseram que seu problema seria resolvido se ela perdoasse o homem a quem estava processando. Consternada ela respondeu: “Perdoá-lo? Eu só queria que vocês orassem para que eu possa ganhar esse processo judicial. Ele tem feito coisas horríveis!” Mas o grupo permaneceu firme. Ela se retirou desgostosa, mas voltou na semana seguinte quando, novamente, lhe asseguraram que o perdão resolveria tudo. Depois disso, e por muitos dias, ela ponderou bastante sobre a força do perdão. Certo dia, enquanto dirigia o seu carro, pensou no antigo amigo da família a quem agora estava processando: “Meu Deus, eu humanamente não posso perdoar aquele homem, porém se Você
  30. 30. 3 0 puder, por favor perdoe-o através de mim.” De repente sentiu uma grande sensação de paz, agradeceu e esqueceu-se do caso. Poucos dias depois, aquele homem veio à cidade e procurou seu advogado para saber se poderia fazer a ela uma visita pessoal. O advogado ficou hesitante e respondeu: “Penso que sim, mas de nada lhe servirá. Se você deseja resolver este caso, terá que tratar comigo, como o seu procurador.” O antigo amigo respondeu: “Ah, mas eu não desejo visitá-la para falar sobre aquele caso que está na justiça. Desejo visitá-la simplesmente porque já fomos amigos e eu sempre admirei seu marido. Gostaria apenas de vê-la como no passado e conversar com ela como antigamente.” Assim, amistosamente, ele fez a sua visita durante a qual abordaram, finalmente, a questão judicial. Amigavelmente e com toda a sinceridade, eles concordaram em entrar em um acordo, fora do tribunal, para uma satisfação de todos. É assim que a vontade de querer abandonar idéias, comportamentos e opiniões arraigadas dá lugar para sensações mais agradáveis. Uma Técnica Para o Perdão Eis uma técnica de perdão que pode formar um vácuo para qualquer coisa de que agora você possa necessitar. Sente-se por meia hora todos os dias e, mentalmente, perdoe a todos com quem você está com relações estremecidas, os que lhe magoaram ou lhe deram preocupações. Se você acusou alguém injustamente, se você discutiu de maneira grosseira com alguém, se criticou ou falou mal de alguém, se você está judicialmente envolvido com alguém, peça mentalmente perdão. Eles subconscientemente reagirão. Da mesma maneira, se você se acusa por fracassos ou erros, perdoe-se. O perdão poderá formar o vácuo para não afectar sua prosperidade e seu êxito. Diga mentalmente aos outros: O amor de remissão divino nos libertou. O Amor Divino agora produzirá resultados perfeitos e tudo está bem agora entre nós. Eu contemplo você com os olhos do amor e eu me orgulho do seu êxito, sua prosperidade e seu completo bem-estar. Para você mesmo será bom que diga: Estou perdoado e sou governado somente pelo Amor de Deus, e tudo está bem. Certa vez conversei com uma senhora que estava tendo sérios problemas na sua vida conjugal. O seu marido estava prestes a perder um óptimo emprego devido à sua instabilidade, e suas bebedeiras. Quando lhe sugeri para não pensar em seu marido daquela maneira e tentar formar um vácuo para que algo de melhor acontecesse através do perdão, ela imediatamente declarou: “Não há razão para que eu tente perdoar. Não há nada para perdoar. Eu amo meu marido.” Eu lhe sugeri, no entanto, que alguma espécie de vácuo tinha que ser formado; de que havia muita coisa em sua vida da qual ela gostaria de se
  31. 31. 3 1 livrar e que, talvez, não fosse seu marido que ela deveria perdoar, mas que todos nós deveríamos, todos os dias, fazer uma prática de perdão devido a muitos sentimentos negativos de nossos subconscientes, dos quais não estamos conscientes. Um tanto quanto relutante, ela finalmente concordou em se sentar por meia hora todos os dias e pôr em prática a técnica do perdão. Mais tarde, ela declarou maravilhada que, durante aqueles momentos, nomes de pessoas que há muito ela havia esquecido, acontecimentos desagradáveis e tristes vinham à sua mente. Para tudo aquilo e para o comportamento actual de seu marido, ela teve palavras e pensamentos de libertação, salvação e perdão. À medida que se sentia aliviada e livre de muitas antigas emoções e atitudes semi-esquecidas e hostis, seu marido deixava de beber. O êxito foi tão grande que ela pode deixar de trabalhar fora, conseguindo assim, se dedicar mais ao lar e ao seu marido, o que, há muito, eles desejavam. Assim é a força do perdão. Renunciar É Atrair Você está tentando saber como conciliar certas situações embaraçosas e como elas poderão ser solucionadas? Então renuncie, acalme-se, esqueça. Dirija-se mentalmente às pessoas e às situações em questão, dizendo: Eu renuncio, me acalmo, esqueço e entrego a Deus. Não tenha qualquer medo de renunciar. Nada jamais se perde através da libertação espiritual. Pelo contrário, o seu bem-estar e o dos outros ficará mais livre para penetrar na sua vida. Através da renúncia, a sua força para atrair os maiores bens aumentará em muito. Uma palavra de cautela, porém, com relação às coisas materiais que você renuncia. Certa vez, resolvi examinar meu guarda-roupa e dar a maior parte do que tinha para minha irmã. Embora as minhas roupas estivessem novas, eu tinha me cansado delas e, como não tivesse comprado outras, achei que passando-as adiante daria lugar para outras novas. Depois que despachei as roupas para minha irmã, fiquei feliz e esperançosa com relação às roupas novas que, tinha a certeza, iriam aparecer. Por várias semanas nada aconteceu. Finalmente, compreendi que eu estava ainda mentalmente agarrada às roupas que havia enviado à minha irmã, pois continuava pensando: “Se eu ainda tivesse aquele vestido, ou aquele conjunto que mandei à mana, poderia vesti-lo hoje!”. Foi necessário então, que eu renunciasse novamente àquilo que eu imaginava já ter renunciado. Pensei em todas as peças de roupa que havia enviado para ela e, para cada uma delas, declarei mentalmente: Eu renuncio a ti completa e integralmente. Eu te liberto e te esqueço completamente. No que me diz respeito fostes útil em meu guarda roupa e agora não preciso mais de ti. Estás agora no lugar que te compete. Daí em diante, as roupas novas e bonitas começaram a tomar lugar no meu guarda-roupa.
  32. 32. 3 2 Parecia que uma “força magnética” estava trabalhando a meu favor. Uma amiga, que não sabia que eu estava com o guarda-roupa vazio, apareceu e gentilmente e me disse: “Tenho algum dinheiro que gostaria de repartir com você. Quando orei para saber o que fazer com essa quantia, o único pensamento que me veio à mente com persistência era que eu devia dá-la a você, talvez para você comprar algumas roupas. Parece que você tem um bom sortimento, mas como eu não parava de pensar no caso, ei-lo aqui com as minhas bênçãos.” Isto iniciou o fluxo da essência que veio a mim daqui, de lá e de toda a parte. Alguns artigos que eu havia escrito tinham sido recusados e assim, em dúvida mas esperançosa, fiz uma revisão e os apresentei novamente. Agora eles foram aceitos e pagos. Enquanto fazia compras, várias pessoas me contaram que ao ver alguns artigos pensavam: “Isto deve ficar bem na Catarina” e os compravam para me oferecer. Todas as peças de roupa que recebi eu tinha mentalmente desejado de as ter no meu guarda-roupa. Uma minha conterrânea fez uma viagem de compras. Fazia tempo que não nos correspondíamos e, portanto, ela não podia ter sabido de meu guarda-roupa vazio. No entanto, comecei a receber caixas com roupas que ela comprara durante sua viagem. Mais tarde, ela me escreveu: “Eu tinha sempre a impressão que você iria gostar de usar aquelas roupas e, de qualquer maneira, não pude resistir em comprá-las para você. Ficarei muito feliz se você as usar.” Essa experiência me serviu de lição. Nada acontecera enquanto eu não renunciei de livre vontade as roupas que tinha enviado à minha irmã. Um presente que não damos de boa vontade, não é um presente. Se você não puder dar de boa vontade, então não dê. Se você der alguma coisa, esteja certo de que está dando de boa vontade. Se não for assim, você não fez nenhum bem, não se formou nenhum vácuo. Use Os Recursos Que Você Tem Outra maneira de se invocar a lei do vácuo para a prosperidade é a de não se negar em usar os recursos que se têm, abrindo caminho para que as novas riquezas afluam. Contudo, você deve proceder assim com uma determinada postura mental, a fim de produzir resultados fecundos. Se, aparentemente, você não tiver o suficiente para satisfazer às suas necessidades, ou quando você sente que há algo impedindo que você alcance uma situação mais próspera, procure controlar a situação, os seus sentimentos e os seus pensamentos. Ao invés de se sentir desamparado, desprotegido, ou com pena de si mesmo, dirija aos problemas financeiros que você tem o seguinte: Paz, acalmai-vos. Pegue na sua carteira, no seu livro de cheques ou qualquer outra coisa que possa representar sua situação financeira, e diga: Vocês estão cheios da rica generosidade divina que irá agora suprir todas as minhas necessidades. É
  33. 33. 3 3 o momento de você ser intrépido e corajoso e usar todos os recursos que tem no momento. Se tem contas a pagar, não espere até ter “dinheiro suficiente” para saldá-las. Tenha fé, vá em frente e pague aquelas que você pode. Isso fará com que os recursos que você tem se desdobrem e sejam impelidos, a fim de poderem vir multiplicados! Erga Os Olhos! Para a Prosperidade A esta altura, é importante estabelecer e manter uma atitude próspera, como se a generosidade divina já tivesse se manifestado completamente. Agora não é hora de se falar em falta de dinheiro, de não gastar ou de ficar extremamente econômico. Ao contrário, você deve gastar tudo o que você tem até o último tostão, se for necessário. Se agora você quiser economizar, ou falar em falta de dinheiro, isto lhe custará o dobro. Ao contrário, erga mentalmente os olhos e dê graças pelos recursos que você ainda tem agora. Então, corajosamente gaste-os com renovado vigor e com fervorosa acção de graças. Diga, alegremente: Esta é a generosidade divina e eu a deixo fluir com toda sabedoria e alegria. Quando você “ergue os olhos”, sem levar em conta as aparências, você estará sendo sempre protegido. Talvez a pessoa que mais me ensinou a lei do vácuo para a prosperidade, tenha sido uma dona-de-casa que sempre “erguia os olhos”, gastando tudo o que tinha em sua carteira, corajosamente, e ela sempre tem, em abundância em tudo o que necessita. Há alguns anos atrás, ela quis embelezar a igreja a serviço da qual eu, então, estava. Ela veio pacatamente a mim, e deu sugestões para várias melhorias que gostaria de fazer, assegurando-me que tinha “fundos particulares” para tal. Somente meses depois eu soube de que os “fundos particulares” era o dinheiro que ela tinha para comprar mantimentos, o qual ela generosamente usou para comprar lindos objectos para a igreja. Daquela maneira, ela começara a deixar fluir, corajosamente, o dinheiro que tinha. À medida que ela continuava a “erguer os olhos”, ela ia resolvendo os seus problemas financeiros. As novas fontes de renda foram aparecendo para ela e para o seu marido, da maneira mais inesperada possível, tanto é que pela primeira vez na sua vida, ela pode contratar uma empregada, recebeu um carro de presente e uma nova mesada mensal. Em relação à redecoração da igreja, os donativos cresceram como uma “bola de neve”. E muitos outros donativos chegaram, tudo porque uma dona-de- casa teve a coragem de serenamente “erguer os olhos” e usar os recursos que tinha – mesmo sendo aqueles recursos destinados à compra de mantimentos. Às vezes, fico emocionada ao pensar na fé que aquela mulher tinha na lei do vácuo para a prosperidade e dos últimos resultados que ela continua tendo. Ela sempre diz que nunca mais teve dificuldades financeiras. Ostente O Melhor Que Tiver
  34. 34. 3 4 Outra maneira de “erguer os olhos”, sem levar em conta a sua situação financeira, é a de procurar ostentar o melhor que você tiver. Use suas melhores roupas, apresente-se da melhor maneira possível. Lembro-me que, certa vez, precisava de roupas novas para ir a uma conferência, mas não tinha dinheiro para comprá-las. Comecei a orar e logo senti que tinha que usar as melhores roupas que tivesse para poder me sentir rica. Durante toda semana usei o melhor vestido que tinha. Um belo dia recebi uma importância que me era devida por serviços que eu havia prestado há muito tempo. Lógicamente, fui logo comprar as roupas que desejava. No momento em que você liberou, deixou fluir e formou o vácuo para novos bens, você deve fazer tudo o que puder com os recursos que você tem para criar uma sensação de riqueza, uma atmosfera de riqueza e uma aparência de riqueza. Não faça comentários sobre o que você precisa ou sobre o vácuo. Fazer comentários sobre o que nos falta ou sobre as nossas limitações, pode levar muitos a ficar sempre em dificuldades financeiras. Nunca se imagine pobre, ou precisando de ajuda. Não fale sobre os seus tempos difíceis, nem que você tem que estar sempre economizando. Não pense no pouco, mas sim no muito que você tem. Agora é o momento de você usar a sua melhor porcelana e sua melhor prata, de comer á luz de velas, mesmo que a refeição seja apenas “arroz com feijão”. Quando você formar o vácuo e liberar aquilo que você não deseja e à medida que você usar o que tem para fazer frente às suas necessidades imediatas da melhor maneira possível, não fazendo economias, e à medida que você procurar viver da melhor maneira possível com aquilo que tem, os resultados fecundos começarão a aparecer. Quase que milagrosamente novas fontes de rendimentos aparecerão para fazer frente às suas necessidades. Você descobrirá outras fontes de renda com as quais não contava para fazer frente às suas necessidades. Sem se aperceberam, outras pessoas irão, também contribuir para que os seus rendimentos aumentem. O poder que você tem para ser mais próspero está na sua calma e na sua confiança, e em não hesitar ao “erguer os olhos”, abençoar e usar os recursos que tem da melhor maneira possível. Quando as suas necessidades financeiras se avolumarem, peça sempre a orientação Divina sobre que meios materiais e espirituais você deve usar, a fim de forma o vácuo para um maior bem estar. Não entre em pânico. Esta é mais uma oportunidade para você pôr à prova que as imponderáveis leis para a prosperidade podem produzir resultados concretos e satisfatórios. É o começo da sua iniciação na força do pensamento promissor. Se você aprender a formar um vácuo para novas riquezas, logo que começar a conscientemente desenvolver o pensamento promissor, não ficará em pânico quando estiver com necessidades financeiras. Você poderá e resolverá a sua situação de maneira vitoriosa, tornando-se cada vez mais rico, somente por ter aprendido a usar as leis imponderáveis da abastança para fazer frente às suas necessidades. Muitas vezes, quando você formar um vácuo, constatará que o que você possui é suficiente; que você desperdiça ou não faz bom uso do dinheiro que
  35. 35. 3 5 tem e que, embora pudesse parecer pouco ou mesmo insuficiente, é justamente o quanto você necessita, quando você souber usá-lo sem medo. Se você continuar a usá-lo sem medo, você verá que os recursos que você tem são suficientes para o momento e até que você consiga novos recursos. Faça Um Lugar Para A Sua Prosperidade Todos desejamos uma situação financeira melhor, e todo nós a conseguiremos. Eis a maneira como consegui-la: não fale em falta de recursos, mas comece a pensar na rica e exuberante riqueza que existe em toda a parte. Aprenda depois a renunciar e a abandonar certas coisas, a fim de dar lugar para aquelas que você tanto pediu e trabalhou para conseguir. À medida que você renuncia e abandona velhas idéias, atitudes e coisas velhas que você tem, substituindo-as por novas idéias de prosperidade e de progresso, a sua situação melhorará cada vez mais. Sempre desejamos alguma coisa melhor do que a que temos. O progresso e a evolução, assim o exige. Assim como as roupas ficam pequenas à medida que as crianças crescem, assim também você pode abandonar as antigas idéias obsoletas, aumentando os seus horizontes à medida que você prospera. Devemos sempre abrir mão do que é obsoleto para poder acompanhar o progresso. Quando você se apega ao que é obsoleto, você estará impedindo, ou mesmo anulando o seu progresso. Por que hesitar em formar um vácuo agora e atrair a prosperidade e o sucesso que você tanto almejou, e alcançar aquilo que está destinado por Deus a você? Capítulo 4
  36. 36. 3 6 Lei da Criatividade Para a Prosperidade Vamos agora trabalhar para a prosperidade. Agora que você formou um vácuo, você está preparado para preenchê-lo por novos e valiosos bens, usando a lei da criatividade para a prosperidade. Na verdade, a lei da criatividade para a prosperidade diz respeito às três medidas que serão abordadas neste capítulo e nos dois subsequentes: (1) a de se traçar um plano, anotar detalhadamente o que se deseja com relação àquele plano e ir constantemente aumentando-o; (2) imaginar que esses planos já se realizaram na sua vida; (3) sempre afirmar que eles serão realizados da melhor forma possível. Contudo, a primeira parte da lei da criatividade para a prosperidade, conforme é abordada neste capítulo, é da mais alta importância pois, sem se ter um plano e as devidas anotações sobre ele, as outras duas medidas serão inúteis. Desejo Forte É Força Para O Sucesso A primeira medida na lei da criatividade para a prosperidade é a de se desejar e de se ter a capacidade para fazer algo construtivo com relação àquele desejo. Há pouco tempo, um negociante me disse que havia chegado à conclusão que, quando um freguês expressava um firme desejo de adquirir certos produtos, ele sempre achava melhor vender o que o freguês desejava. Disse ainda que, embora ele achasse que poderia haver outros produtos que pudessem convir mais para seu cliente, se este já tinha resolvido e realmente desejava o que escolhera, ele nunca tentava demovê-lo, pois ele considerava ser o desejo algo de muito forte. Ele declarou que um forte desejo denota fé no produto, o que quase sempre, e na maioria dos casos, dá satisfação. Um verdadeiro desejo não pode ser nem fraco nem indiferente. Ele é intenso e forte. Se um forte desejo se desenvolver e se manifestar de forma adequada, sempre trará consigo a força para o êxito. Quanto mais forte for o seu desejo para seu bem estar, maior será a força que ele trará para produzir aquele bem-estar para você. Ao aconselhar pessoas que me procuravam para resolver os seus problemas, compreendi que um verdadeiro desejo destrói tudo que estiver impedindo sua realização. Um verdadeiro desejo é, sem dúvida, a primeira medida a se tomar para resolver nossos problemas e para que comecemos a trilhar o caminho para a prosperidade. De que maneira poderemos liberar nossos mais entranhados desejos para a prosperidade e para o êxito? Centralizando nossa atenção em um grande objectivo de cada vez. Um grande objectivo sempre traz consigo um certo número de desejos menores, que serão automaticamente satisfeitos, quando
  37. 37. 3 7 o maior for alcançado. Os psicólogos estão de acordo de que influenciamos as pessoas e os acontecimentos, se tivermos grandes desejos e grandes objectivos. É como se todas as pessoas e todas as coisas se sincronizassem subconscientemente com nossos grandes desejos e objectivos, e trabalhassem no sentido de nos ajudar a alcançá-los. O que é surpreendente sobre isso é que há milhões de pessoas que desejam o sucesso, mas são poucas as que realmente sentem um desejo forte e intenso. Estas se contentam em se deixar, preguiçosamente, levar numa correnteza de pequenos acontecimentos e pequenas expectativas. Quando se encontra alguém que está realmente progredindo na vida, é porque ela é uma pessoa que deseja intensamente alcançar o que há de melhor e a mais alta posição na vida. Uma das expressões fundamentais, que sempre peço que seja usada, a fim de aumentar e intensificar a elaboração de nossos desejos é: eu desejo o melhor e o que há de mais importante na vida e agora eu atraio o melhor e o que há de mais importante pra mim! Anote Os Seus Desejos A lei da criatividade para a prosperidade significa que, ao invés de reprimir os seus mais profundos desejos, como se eles fossem inatingíveis, pode-se expressá-los de maneira construtiva decidindo o que você realmente deseja e, depois, fazendo algo muito simples mas bastante eficaz: Anote o que você deseja! Isto quer dizer que você deve fazer uma lista ou planificar o que você deseja, tendo em mente que você pode modificá-los, revisá-los, reformulá- los e reestruturá-los à medida que seus desejos se modifiquem. A idéia de escrever o que se deseja e o que planeja torna a mente mais clara sobre aquilo que você deseja. As nossas mentes só produzem os resultados que esperamos quando damos a elas idéias precisas com as quais ela possa trabalhar. Externamente muita gente se esforça para conseguir a prosperidade, mas não consegue porque tem medo de definir os seus pensamentos e seus desejos. Essa gente quer viver melhor e ter mais dinheiro, porém nunca têm idéias definidas sobre o que quer e como viver melhor, ou de quanto mais dinheiro necessita. Na verdade, muita gente hesita em tomar uma decisão, com receio de que possa estar dizendo a Deus o que deve ser feito. Contudo, como o Dr. Emile Cady escreveu: “O desejo é Deus batendo à porta de nossa mente, tentando nos trazer a maior das prosperidades.” Se você abafa os seus mais profundos desejos, eles não poderão realizar-se de maneira construtiva e, muitas vezes, se fazem sentir da maneira destrutiva, manifestadas por tendências neuróticas, fobias, tensão ou mesmo
  38. 38. 3 8 repressões, dando lugar ao alcoolismo, doenças mentais, uso de drogas, desequilíbrio sexual e outros comportamentos negativos. A força que existe em se anotar nossos desejos e objectivos me foi provada por meu antigo chefe, Joe Tally, há alguns anos atrás. Certa vez, logo após ter sido derrotado num debate no Congresso, em lugar de sentir pena de si mesmo, ele imediatamente tratou de formular um novo plano. Ele expressou o desejo de possuir um maior número de escritórios de advocacia; uma firma com cinco ou seis sócios, ao invés de apenas dois e de aumentar a renda mensal da firma nos próximos cinco anos. Naquela época, eu não sabia que esse era um dos métodos mais poderosos para se alcançar o sucesso! Ele me parecia bastante insignificante. No entanto, o plano que ele traçou por escrito se corporificou e se realizou. A firma de advocacia gradualmente se transformou numa organização com cinco sócios, sendo que cada advogado se especializou num ramo jurídico diferente. Mudaram-se das duas pequenas salas que ocupavam para um novo e espaçoso local, ocupando todo o andar de um moderno edifício. “Nada é tão bem sucedido como o sucesso” foi, sem dúvida, revelado para Joe Tally depois que ele formulou um plano, teve coragem de anotá-lo, começando a se encaminhar na sua direcção. A Prosperidade É Consequência de Um Plano A história que vou relatar de um corrector da Bolsa vem provar, ainda mais, o poder de se formular planos para a prosperidade e para o sucesso. Há alguns anos atrás, o presidente de uma grande corporação morreu. Naquela época a corporação se encontrava em dificuldades financeiras. Seu vice- presidente, até então considerado bastante importante no sector financeiro, tomou a gestão da firma. Imediatamente a firma começou a prosperar e, hoje em dia, as suas acções são as mais cotadas no mercado e as suas vendas ultrapassaram as de todos os seus concorrentes. O segredo para essa prosperidade? Muito bem, esse vice-presidente tinha, durante anos, elaborado um plano que ele julgava prudente para o crescimento e a prosperidade dessa empresa. No dia em que se tornou presidente, ele tirou o seu plano da gaveta da escrivaninha e começou a pô-lo na prática. Hoje em dia, a firma não tem mais as dívidas que a estavam afundando cada vez mais. Pelo contrário, ela é uma das mais prósperas do país! Ele provou que a prosperidade é a consequência de um plano. A prosperidade é a consequência de pensamentos e de acções premeditadas. Uma vida próspera não é feita ao acaso. Assim como a construção de uma ponte ou de um edifício, ela é a consequência de um planejamento. Sem deliberação e sem planejamento, não se poderá conseguir resultados prósperos em bases firmes e permanentes.
  39. 39. 3 9 A lei da criatividade para a prosperidade foi a que os meus alunos das aulas sobre prosperidade melhor assimilaram. Muitos dos homens de negócios que frequentaram essas minhas aulas declararam que apenas com essa lei eles tinham podido fazer que os seus esforços anteriores para a prosperidade produzissem resultados surpreendentes. Por muito tempo eles tinham se esforçado bastante, mas não de maneira explícita e bem definida. Foi então, que eles compreenderam que não deviam ter receio de pedir o que realmente desejavam. A Bíblia promete: Pedi e dar-se-vos-á; buscai e achareis; bateis e abri-se-vos-á (Mat. 7:7). Você talvez esteja pensando que não tem absoluta certeza daquilo que quer; que o que você deseja não está bem definido ainda. Se for assim, comece simplesmente a pensar sobre os seus desejos, sobre que você gosta ou gostaria de fazer, ou então, comece fazendo uma lista de todas as coisas das quais você deseja se livrar. Dirija-se, então, à sua lista, dizendo: Isto também passará ou Que tudo isto se acabe. Um homem que conheço e que trabalha no ramo de material elétrico agiu dessa maneira. O seu sócio havia morrido há alguns meses, deixando a parte que lhe cabia nos negócios das mãos de herdeiros que se negavam a cooperar, mas não queriam vender a parte que lhes coubera, nem comprar a do sócio. Quase em desespero, esse homem começou a pôr em prática o pensamento promissor, pois seu principal desejo era ou de comprar a outra parte do negócio, ou de vender a sua. Ele queria apenas, sair daquela situação que estava dando prejuízos à firma, terminando assim, com uma situação desagradável, confusa e incerta. Um mês depois de ter feito suas anotações para que aquela situação tivesse fim, foi informado pelos advogados que os herdeiros queriam vender a parte deles! A transação foi levada a efeito sem demora. Uma Fórmula Para a Prosperidade Durante uma recente crise, um grupo de homens de negócios que tinha aplicado juntamente comigo, o pensamento promissor, fez o seguinte: Anotaram tudo o que desejavam que acontecesse dentro de um período de seis meses e o que desejavam conseguir em cada um daqueles meses. Todas as semanas, eles aumentavam ou mudavam a relação dos seus desejos, de acordo com as suas inclinações. Em alguns casos, eles mudavam completamente aquela relação, aumentando o número de seus desejos, ou eliminando outros que não mais os interessavam. Todas as semanas eles traziam suas listas para a classe: Casa um deles mantinha sua lista em completo sigilo. Quando começávamos as nossas aulas, cada um segurava a sua lista, e todos declaravam em uníssono: Eu sou o rico filho de um Pai amoroso. Tudo o que o Pai possui é meu para ser compartilhado e desfrutado. A Inteligência Divina me mostra agora como reivindicar a riqueza, a saúde e a felicidade que me foram concedidas por Deus. A Inteligência Divina está, neste momento, abrindo caminho para minhas bênçãos imediatas. Tenho fé que tudo o que é meu pelo direito

×