Dança Moderna - Martha Graham

1.464 visualizações

Publicada em

Dança Moderna. Martha Graham.

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.464
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
48
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Dança Moderna - Martha Graham

  1. 1. Dança Moderna - Martha Graham Prof. Marcos Ramon - marcosramon@gmail.com
  2. 2. 01 Martha Graham (1894-1991) Foi aluna da Denishawnschool e bailarina da companhia de dança Denishawn (1916-1923). Rompeu com Saint-Denis e Ted Shawn por discordar de suas propostas estéticas e teóricas, calcadas no exotismo.
  3. 3. Martha Graham ✤ "Não aguento mais dançar divindades hindus ou ritos astecas. Quero tratar dos problemas atuais" (GRAHAM apud BOURCIER, 2001, p.274). ✤ "Não quero ser árvore, flor, onda ou nuvem. Nós, o público, podemos procurar no corpo do bailarino não a imitação dos gestos cotidianos, nem os espetáculos da natureza, nem seres estranhos vindos de um outro mundo, mas um pouco deste milagre que é o ser humano motivado, disciplinado, concentrado" (GRAHAM apud BOURCIER, 2001, p.274).
  4. 4. 01 Martha Graham ✤ Seu trabalho era expressivo e influenciado pela ideias de Freud e Jung, em relação à percepção dos arquétipos presentes nos mitos. ✤ "Em 'Night Journey' apresentada em 1947, Graham toma como ponto central a temática do mito grego de Édipo e a coreografia se inicia com o suicídio de Jocasta, brilhantemente interpretada por Martha Graham, que dançava sempre os papéis femininos principais" (FRAZÃO, 2014, p.37-38)
  5. 5. ✤ Graham defendia a ideia de que "o movimento nunca mente" (FOSTER, 1986) o que a levava a trabalhar com intensidade em busca de movimentos que expressassem os estados de ânimo associados à dança. ✤ "Em suas peças coreográficas, os movimentos eram geralmente angulosos e fortes com foco no movimento da pelve: a bacia se torna o centro motor, onde o impulso do corpo se inicia nesta região e se projeta com intensidade para outras partes do corpo do bailarino. A polaridade entre contração (ponto alto da tensão e exaltação do ar) e release ou relaxamento (ponto baixo da tensão e inspiração do ar) é a característica dominante na qualidade de movimento de sua técnica" (FRAZÃO, 2014, p.38)
  6. 6. 01 Martha Graham ✤ Graham estudou a técnica delsarte e a utilizou para seus propósitos ampliando as possibilidades expressivas do movimento. ✤ Ao contrário de Isadora Duncan que propunha uma dança lírica e leve, Graham acentua em sua dança movimentos marcados e fortes, dando atenção para a expressividade das formas do corpo.
  7. 7. 01
  8. 8. 01 Martha Graham ✤ A partir da década de 20, iniciou sua companhia em Nova Iorque. ✤ Até 1938, a companhia era constituída somente por mulheres. Em 1938, Erick Hawkins passou a fazer parte de seu trabalho coreográfico e casou-se com Graham.
  9. 9. 01
  10. 10. 01
  11. 11. 01
  12. 12. 01
  13. 13. 01

×