Dança moderna - Ruth Saint-Denis e Ted Shawn

1.169 visualizações

Publicada em

Slide feito para a disciplina História da Dança, da Licenciatura em Dança do Instituto Federal de Brasília - IFB. Nesse slide: Ruth Saint-Denis e Ted Shawn

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.169
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
10
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
20
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Dança moderna - Ruth Saint-Denis e Ted Shawn

  1. 1. Dança Moderna Ruth Saint-Denis e Ted Shawn Prof. Marcos Ramon marcosramon@gmail.com
  2. 2. (1878-1968) Ruth Saint-Denis Criou coreografias baseadas em uma atmosfera exótica. Assim como Isadora Duncan, se inspirava em temáticas de culturas antigas, mas não tinha como interesse fazer uma pesquisa de "reconstrução" destas danças.
  3. 3. Ruth Saint-Denis ❖ The first lady of american dance ❖ "Ela havia retomado a ideia mestra de Isadora Duncan: dançar é exprimir a vida interior. Mas aprofundou esta noção e enriqueceu sua vida interior pela meditação. Sobretudo transformou em doutrina aquilo que em Duncan era impulso pessoal: (...) a dança torna-se um autêntico ato religioso" (BOURCIER, 2001, p. 253). ❖ Sua mãe iniciou-a na dança, como um exercício físico. Sua visão de dança vinha de Steve Mackay, que levou a técnica delsarte para a América. ❖ Aos doze anos vê o seu primeiro espetáculo de dança e faz alguns cursos de dança acadêmica sem frequentá-los com regularidade.
  4. 4. Ruth Saint-Denis ❖ Aos vinte e quatro anos torna-se atriz de um grupo de variedades, viaja pela Europa e assiste Isadora Duncan e Loie Fuller. ❖ Em 1905 acontece o que ela chama de uma "revelação": vê um cartaz publicitário de uma marca de cigarros egípcios. No cartaz está a deusa Ísis. ❖ "Compra o cartaz por um dólar, copia o traje, manda que a fotografem neste pose, depois se informa sobre a civilização egípcia antiga" (BOURCIER, 2001, p. 255).
  5. 5. Ruth Saint-Denis ❖ Passa a "recriar" danças egípcias e indianas, mesmo sem conhecer elementos suficientes sobre essas culturas e suas danças. ❖ É considerada, a princípio, menos como uma verdadeira dançarina e mais como uma "vedete" artística de variedades. ❖ São coreografias desse período: The Cobras, The Incense, Nautch, Radha. ❖ Conhece Ted Shawn em 1911 e se apresenta pela primeira vez com ele em 1915 com The Garden of Kama.
  6. 6. Ruth Saint-Denis ❖ Ted Shawn se torna seu parceiro e marido. Juntos fundam a Denishawnschool, uma importante escola dança com proposta e métodos inovadores para época: almejavam, através da preparação corporal, o conjunto da personalidade, incluindo a inteligência e a sensibilidade. ❖ Utilizam métodos não ortodoxos, como o treinamento da dança acadêmica descalços, reduzindo essa técnica à formação rigorosa do corpo.
  7. 7. Ruth Saint-Denis ❖ A escola gera interesse e, pela primeira vez, a dança entra nas Universidades. No teatro da Universidade da Califórnia apresentam A pageant dance of Egypt, Greece and India. ❖ A partir de 1919, Ruth Saint-Denis começa uma experiência que ela chama de music visualization, onde propõe que cada dançarino siga um instrumento da orquestra. ❖ "Para Ruth Saint-Denis, a origem e a justificativa da dança estão na religião ou, mais exatamente, na emoção religiosa, seja a religião alusiva, referente aos mitos do Egito e da Índia, ou de inspiração cristã." (BOURCIER, 2001, p.259)
  8. 8. Ruth Saint-Denis ❖ No trabalho de music visualization ela coreografava a cadência da música no ritmo dos movimentos, seguindo os tons altos e baixos com movimentos de níveis altos e baixos ou sincronizando instrumentos musicais específicos com dançarinos específicos. ❖ Ao contrário de Isadora Duncan que praticamente não utilizava cenários, Ruth Saint-Denis enaltecia um universo de exotismo espetacular investindo intensamente nos cenários e figurinos de suas coreografias.
  9. 9. Ruth Saint-Denis ❖ Para Ruth Saint-Denis todo o corpo é mobilizado para a dança: tronco, ombros, braços, com preferência por movimentos ondulatórios. ❖ Dois elementos significativos de seus ensinamentos corporais: "a frase ondulante claramente pontuada por paradas, a busca da pose significante que estas paradas sublinham" (BOURCIER, 2001, p.258)
  10. 10. Ruth Saint- Denis
  11. 11. (1891-1972) Ted Shawn Ted Shawn queria ser pastor e iniciou-se na dança para tratar de uma difteria, encontrando na arte a sua vocação. Foi marcado por dois encontros: com Henriette Crane, que lhe ensinou o delsartismo e com Ruth Saint-Denis, de quem foi parceiro e marido, colaborando no Denishawnschool até 1931.
  12. 12. Ted Shawn ❖ Em suas coreografias, Ted Shawn passou a colocar a dança masculina em maior destaque, provocando uma ruptura no pensamento de que a dança era essencialmente feminina, como o era defendido por Isadora Duncan, por exemplo. As coreografias de Ted Shawn evidenciavam a virilidade dos movimentos masculinos com força e precisão, em consonância com um preciso uso do espaço coreográfico elaborado a partir de clara dramaticidade. Bourcier (2001) relata que: ❖ "Era romper com a tendência admitida até aquela época; pareceu de início chocante a dança ser uma atividade de homens manifestamente viris; era destruir o tabu inconsciente, que acarreta uma discriminação sexual na dança; era também liberar a mulher." (BOURCIER, 2001, p. 261)
  13. 13. Ted Shawn ❖ Ted Shawn via a dança como uma obra dramática, com uma ação dinâmica. Suas coreografias eram encaradas como peças de teatro: "progressão da intensidade do movimento que corresponda à progressão da ação, efeitos dramáticos em um quadro, com cenários, roupas e cenografia específicos" (BOURCIER, 2001, p.261)
  14. 14. Ted Shawn ❖ A importância de Ted Shawn está associada tanto ao seu trabalho teórico como didático. ❖ Ted Shawn deu muitas aulas na Denishawscholl, em Universidades e exerceu a atividade de escritor. ❖ Seus livros Every little movement e Dance we must apresentam os fundamentos da dança moderna, promovendo a relação entre o pensamento e o gesto.
  15. 15. Denishawnschool ❖ A Denishawnschool oferecia aulas de anatomia, música, cultura geral e treinamento corporal, promovendo uma formação mais ampla do que apenas a técnica da dança. ❖ A escola promovia a entrada de seus estudantes no palco o mais cedo possível. ❖ Importantes dançarinos que divulgaram a dança moderna estudaram na Denishawnschool: Charles Weidman, Doris Humphrey e Martha Graham.
  16. 16. Ruth Saint-Denis com suas estudantes

×