Anti Mofo

47.028 visualizações

Publicada em

Dica de como reaproveitar e reutilizar um desumidificador/antimofo. É necessário comprar cloreto de cálcio em escamas em uma loja de produtos químicos.

Publicada em: Educação, Negócios, Tecnologia
9 comentários
5 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
47.028
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
11.236
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
128
Comentários
9
Gostaram
5
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Anti Mofo

  1. 1. Anti-mofo (desumidificador) Dica de como produzir anti-mofo reciclando embalagens antigas, minimizando o impacto ambiental e economizando um bom dinheiro!
  2. 2. O que é o mofo? <ul><li>Chamamos vulgarmente de “Mofo” são diversos tipos de fungos microscópicos. Só para lembrar eles pertencem ao mesmo grupo de seres que os cogumelos. Portanto não são vegetais e precisam encontrar umidade e matéria orgânica para se instalar e proliferar. </li></ul><ul><li>Os esporos e o &quot;corpo&quot; do mofo são microscópicos e , portanto, invisíveis a olho nu. Os Mofos são seres vivos pouco exigente que precisam, contudo, de muita umidades e nutrientes (matéria orgânica que pode ser obtida da madeira, da gordura e resto de células em roupas mal lavadas, louça mal lavada etc). </li></ul><ul><li>O mofo cresce através de pequenos filamentos celulares, que geram em muitos casos aquele aspecto de “algodão”. Muitos dos mofos por serem muito diminutos se manifestam na forma de machas esbranquiçadas. </li></ul><ul><li>Os esporos invisíveis resultantes da reprodução desses seres, são dispersos através do ar, por serem microscópicos. Quando os esporos depositam em superfícies favoráveis, eles se desenvolvem em um novo mofo. Mofos são encontrados em todos os lugares, em ambientes externos e internos. </li></ul>Mofo no fundo de um recipiente de comida! Imagem de microscopia dos filamentos Como prevenir o mofo? Mantenha a umidade baixa. Como prevenir a umidade? Use desumidificadores, ventile locais como banheiros e cozinhas e fique atento a vazamentos. Adaptado do site http://www.airfree.com.br/biblioteca/artigos_view.asp?cod=185
  3. 3. Mas e daí? <ul><li>Existem muitos “anti-mofos” industrializados à venda nos supermercados. Ao lado eu fotografei uma dessas marcas comerciais. Minha mulher sempre lança mão deles nas épocas mais úmidas, como o inverno. </li></ul><ul><li>Se você, como eu, mora em um lugar mais úmido deve ter se visto reclamando do alto preço dos anti-mofos(desumidificadores). Até por que em pouco tempo eles estão cheios de água e precisam ser trocados... </li></ul><ul><li>Em geral eles são colocados em lugares úmidos, como armários, cômodas, banheiros...E por isso são uns dois ou três de cada vez... </li></ul><ul><li>Bom eles funcionam por que eles são excelentes “sequestradores” de umidade... </li></ul><ul><li>Por isso são eficientes no combate aos mofos...(Lembre-se que eles esses seres precisam de muita umidade...) </li></ul><ul><li>Logo temos a equação: ...> Mais umidade = mais mofo (que não desejamos) </li></ul><ul><li>O que queremos é .......... >Menos umidade = menos mofo </li></ul><ul><li>Bom até aí estamos nos entendendo... Mas o que a gente faz para economizar e ao mesmo tempo resolver o problema do mofo????????????? </li></ul>
  4. 4. Entendendo o que são os anti-mofos comerciais... <ul><li>Na verdade esses anti-mofos são apenas um recipiente de plástico comum, com um tipo especial de “Sal”. </li></ul><ul><li>Caso não saiba os “sais” são, na verdade, um grupo de substâncias(com características comuns) e não apenas aquela coisa que a gente coloca na comida... </li></ul><ul><li>Sem novidade? Tudo bem...Você já deve ter percebido o sal de cozinha(cloreto de sódio) é teimoso em absorver umidade, não? </li></ul><ul><li>Por isso o saleiro vive entupido... </li></ul><ul><li>Pois então, os anti-mofos tem na sua composição um outro tipo de sal(cloreto de cálcio) que é muito mais eficiente na absorção da umidade...é isso! </li></ul><ul><li>Assim, mais cloreto de cálcio(CaCl 2 ) significa menos umidade </li></ul><ul><li>Então: </li></ul><ul><li>Mais CaCl 2 = menos umidade = menos mofo </li></ul>
  5. 5. Reciclando o anti-mofo <ul><li>Considerando então que é possível “reciclar” o anti-mofo, usando-o como se trocássemos um refil. A seguir coloquei uma seqüência do tipo “passo a passo”...Ilustrando a operação de reciclagem... </li></ul><ul><li>Material: Cloreto de Cálcio em escamas(à venda em loja de produtos químicos em embalagem de 500g), um recipiente usado do anti-mofo e um guardanapo de papel) </li></ul>Primeiro, sempre que acabar um dos anti-mofos comerciais você deve guardar a embalagem, pois é ela que servirá para “trocar o refil”. Nessa embalagem usada você perceberá uma boa quantidade de “água” (umidade que foi absorvida pelo Cloreto de cálcio) no fundo da embalagem... Tudo bem a gente vai começar a reciclagem...
  6. 6. Retire a tampa perfurada <ul><li>A embalagem tem uma tampa perfurada e um lacre de papel poroso de proteção... </li></ul>Corte ou arranque fora o papel branco... Ele é poroso e serve para impedir que as “pedrinhas” de cloreto de cálcio caiam durante o manuseio... Perceba que ele é poroso para permitir a entrada da umidade do ar...
  7. 7. Retire o papel de proteção <ul><li>Você verá que a embalagem contém muita umidade e se tiver no local a muito tempo poderá até ter uma colônia de fungos vivendo naquela umidade...rs </li></ul>Você pode manusear com tranquilidade, mas é sempre bom evitar o contato com a pele...Tire o papel todo...
  8. 8. Descarte a água <ul><li>Retire toda a água.. Você perceberá que no interior tem uma sachê com aroma(é feito de papel absorvente...) </li></ul>Descarte no tanque ou no sanitário..
  9. 9. Aproveitando o sachê <ul><li>O sachê pode ser lavado , posto para secar e reaproveitado... </li></ul>
  10. 10. Lavando o recipiente <ul><li>Lave o recipiente e coloque para secar até estar bem seco... </li></ul>
  11. 11. Trocando o refil <ul><li>Com o pote já seco, vamos colocar o cloreto de cálcio </li></ul><ul><li>O pote de cloreto de cálcio é hermeticamente fechado e não deve ser esquecido aberto em hipótese nenhuma... </li></ul><ul><li>Retirou a quantidade desejada? Feche imediatamente a tampa!(lembra que ele absorve umidade?) </li></ul>
  12. 12. Colocando o cloreto de cálcio <ul><li>Uma três colheres de sopa de cloreto de cálcio são suficientes para o anti-mofo pequeno. Os maiores exigirão o dobro. Eu acho mais eficiente usar vários pequeno no lugar de apenas um grande... </li></ul>Não esqueça de fechar o saco e depois fechar com a tampa hermética..
  13. 13. Fechando a embalagem <ul><li>Pegue um guardanapo de papel(ele é poroso) e divida ao meio e novamente ao meio. Separe apenas uma folha simples bem fina... </li></ul>
  14. 14. Refil pronto <ul><li>Depois recoloque a tampa perfurada novamente no local... </li></ul><ul><li>Com um pote de 500g(como o da foto) dá para trocar o “refil” pelo menos umas 9 vezes. </li></ul>500g de Cloreto de cálcio custam perto de R$8,00. Isso faz com que cada “recarga” saia por R$0,80, ao passo que um novo anti-mofo custa no mínimo..uns R$3,00.
  15. 15. Aos incrédulos <ul><li>Descobri isso simplesmente lendo a formulação e tirando minhas próprias deduções... Mas será que é a mesma coisa que o industrial? </li></ul><ul><li>Bom para aqueles tipo “São Tomé” que só acreditam vendo...e desconhecem a química, seguem provas fotográficas também... </li></ul>Onde eu coloquei o anti-mofo? Ah...está ali atrás das toalhas! Será que funcionou?
  16. 16. Ver para quer... <ul><li>Essas fotos foram feitas quase duas semanas depois da “troca do refil” e já havia alguma umidade no pote provando que o princípio funciona perfeitamente. </li></ul>Ainda tem cloreto de cálcio... E a umidade? Foi absorvida? Olha a umidade no fundo do pote!
  17. 17. Mas para que esse trabalho todo? <ul><li>Em primeiro lugar não é trabalho nenhum... </li></ul><ul><li>Nunca mais discutir por conta do número excessivo de anti-mofos no carrinho do supermercado... </li></ul><ul><li>É uma forma de preservar o descarte de plástico para os aterros sanitários... </li></ul><ul><li>Dá uma sensação de que a gente está “burlando” o sistema...rs </li></ul><ul><li>A gente aprende um pouquinho mais sobre as coisas do cotidiano da nossa vida... </li></ul><ul><li>Aprende a prevenir melhor problemas de umidade e mofo.... </li></ul><ul><li>Economiza uns trocados...(dependendo do consumo...um bom dinheiro...) </li></ul><ul><li>Aprende para que serve a química para o cidadão comum... </li></ul><ul><li>Pode servir para ajudar aqueles que não tem ao seu alcance esse tipo de produto... </li></ul><ul><li>E acima de tudo... Nos torna mais autônomos e conscientes... </li></ul>Espero que essa dica ajude alguém... É um simples contribuição de alguém que gosta de compartilhar as coisas que aprende na vida... Tito Tortori (titotortori@yahoo.com.br)

×