Estrutura dos ácidos nucleicos. 
Os ácidos nucleicos são polímeros celulares onde as unidades básicas 
(monómeros) são os ...
Reação de síntese de um ácido nucleico 
As bandas laterais da hélice são formadas por grupos fostato, alternando 
com molé...
Na formação de uma molécula de DNA, a adenina liga-se à timina por 2 
ligações de hidrogénio, e a guanina liga-se à citosi...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Estrutura dos ácidos nucleicos

172 visualizações

Publicada em

Biologia 11ºano Ciencias e Tecnologias

Publicada em: Ciências
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
172
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Estrutura dos ácidos nucleicos

  1. 1. Estrutura dos ácidos nucleicos. Os ácidos nucleicos são polímeros celulares onde as unidades básicas (monómeros) são os nucleótidos. Existem 2 tipos de ácidos nucleicos, o DNA (ácido desoxirribonucleico) é constituído por desoxirribonucleótidos e o RNA (ácido ribonucleico) é constituído por ribonucleótidos. Um nucleótido é constituído por um grupo fosfato, uma pentose e uma base azotada:  O grupo fosfato confere à molécula características ácidas.  A pentose é um açúcar constituído por 5 átomos de carbono.  As bases azotadas são a adenina, a timina, a citosina, a guanina e o uracilo. Ácido nucleico Pentose Bases azotadas DNA Desoxirribose A,T,G,C RNA Ribose A,C,G,U As bases azotadas podem ser bases de anel simples/piramidinas ou bases de anel duplo/ purinas:  A citosina, a timina e o uracilo são bases de anel simples/piramidinas.  A adenina e a guanina são bases de anel duplo/purinas. ……………………………………………………………………………………………. Por reacções de condensação, os nucleótidos podem ligar-se sequencialmente e formar uma cadeia polinucleotídica onde cada novo nucleótido liga-se pelo grupo fosfato ao carbono 3 da pentose do último nucleótido da cadeia, repetindo-se o processo na direcção 5-3 e assim o último nucleótido que tem o carbono 3 com o grupo OH livre, pode ligar-se a um novo nucleótido pelo grupo fosfato.
  2. 2. Reação de síntese de um ácido nucleico As bandas laterais da hélice são formadas por grupos fostato, alternando com moléculas de açucar e os ''degraus’’ centrais são pares de bases ligadas entre si.
  3. 3. Na formação de uma molécula de DNA, a adenina liga-se à timina por 2 ligações de hidrogénio, e a guanina liga-se à citosina por 3 ligações de hidrogénio. A especificidade de ligações entre as bases(complementaridade de bases) permite que a partir da sequencia de nucleótidos de uma cadeia, se conheça a sequência de outra cadeia. As cadeias do DNA são antiparalelas, isto é, à extremidade 3 livre de uma cadeia corresponde a extremidade 5 da outra. ……………………………………………………………………………………………………………….. O DNA é o suporte universal da informação genética, pois é nele que estão codificadas todas as características de um indivíduo e é esta molécula que coordena toda a actividade celular. Quimicamente, as moléculas de DNA são invariáveis, mas biologicamente elas variam consoante o tipo celular (procariótico/eucariótico), nº e tamanho, mas acima de tudo a informação que contêm, o que mostra que nenhum DNA é igual. Nos seres procariontes o material genético encontra-se disperso no citoplasma (nucleóide). Nos seres eucariontes o material genético encontra-se encerrado no núcleo, associado a proteínas (histonas) e organizado em cromossomas. O núcleo possuí duas membranas (membrana nuclear interna e membrana nuclear externa), que constituem o invólucro celular, constituído por vários poros nucleares que permitem a comunicação entre o interior do núcleo e o citoplasma. No interior o núcleo contém o nucleoplasma onde se encontram os cromossomas (massas de material facilmente corável, constituídos por filamentos de DNA e proteínas. No núcleo podem existir nucléolos, que são estruturas constituídas por ácidos nucleicos e proteínas.

×