Aula cosmetologia pele

1.843 visualizações

Publicada em

cosmetologia

Publicada em: Saúde
0 comentários
6 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.843
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
298
Comentários
0
Gostaram
6
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula cosmetologia pele

  1. 1. Cosmetologia Maio - 2009
  2. 2.  Beleza e juventude são julgadas pelo que se vê.  A pele é o espelho do interior ou da alma.  Também é o espelho dos órgãos internos e algumas vezes, reflete seus problemas.  O sol é o maior agressor da pele, pode envelhecê-la prematuramente.  Há outros agressores: stress, desnutrição, dieta inadequada, variações rápidas do peso,abuso do álcool, poluição e fumo. Pele
  3. 3.  A pele é o maior órgão do corpo humano (2m² ),corresponde a 16% do peso corporal (4,2 – 5,0Kg ) . Protege e regula a temperatura do corpo. Pele
  4. 4. Proteção: Contra diversos agentes do meio ambiente Água, poluição e Radiação UV. Contra microrganismo Fungos e bactérias.  Contra impactos Tecido Adiposo Funções da Pele Pele
  5. 5.  Responsável pelo Tato  Via de administração de fármacos  Meio de eliminação de toxinas  Forma uma barreira semi-permeável  Produção de vitamina D  Produção de melanina Pele - Funções
  6. 6.  Água : 64%  Proteínas estruturais: 33% Elastina: 0,3% Colágeno: 29% Queratina: 2%  Proteínas não-estruturais: 1,0% (albuminas e globulinas) 0,7% (mucinas e mucóides)  Gorduras: 2%  Outras substâncias: 0,5% (pigmentos) Pele - Composição
  7. 7. ∗ Epiderme ∗ Derme A estrutura da pele compreende 02 camadas: As 02 camadas que diferem na função, na histologia e na origem embriológica. Pele - Camadas
  8. 8.  Abaixo das duas camadas encontramos uma camada de tecido conectivo frouxo, ou hipoderme, que liga a pele aos tecidos inferiores.  Cabelo, unhas, glândulas sebáceas e sudoríparas são chamados de apêndices da pele. Pele
  9. 9. Epiderme
  10. 10. É a camada mais superficial, geralmente muito fina (0.13 mm), podendo alcançar uma espessura maior (0.4 a 1,3 mm) na palma da mão ou planta dos pés.  A epiderme é um estrato queratinizado estratificado escamoso. Protege o corpo contra os agentes agressores externos e da perda de fluidos orgânicos. É nesta camada que a maioria dos cosméticos vai atuar. Não possui vasos sanguíneos e está dividida em 5 estratos ( camadas). Epiderme
  11. 11. JUNÇÃO DERMO-EPIDÉRMICA  Células basais da epiderme repousam sobre a membrana basal.  Função: fornecer ancoragem e adesão da epiderme com a derme.  Filamentos de ancoragem.  Composição da lâmina basal: • Macromoléculas colagênicas tipos IV e VII • Macromoléculas não-colagênicas: laminina, fibronectina, entactina, heparan-sulfato).  Sintetizada pelos queratinócitos basais e/ou fibroblastos dérmicos. Epiderme
  12. 12. 1. CAMADA BASAL  Camada mais profunda da epiderme, também chamada de GERMINATIVA.  Uma única fileira de células com intensa atividade mitótica, responsável pela reprodução de queratinócitos e melanócitos (36:1).  A melanina sintetizada por melanócitos é dispersa para os queratinócitos. Dá cor e protege a pele da radiação UV .  A renovação da epiderme leva cerca de 40 a 60 dias, em média. Epiderme
  13. 13. 2. CAMADA ESPINHOSA (4 a 8 camadas de células)  Formada por células em forma de polígonos irregulares .  São ligadas por DESMOSSOMAS, tonofibrilas que promovem a coesão entre as células = resistência.  Encontram-se nesta camada as Células de Langerhans.  Recebem nutrientes da derme por difusão. Epiderme
  14. 14. CAMADA MALPIGHIANA OU ESPINHOSA Epiderme
  15. 15. 3. CAMADA GRANULOSA (4 camadas de células)  As células desta camada possuem grânulos ricos em precursores de queratina (querato-hialina), são poligonais e achatadas com núcleo .  As células começam a liberar lipídios (50%ceramidas + 25% colesterol + 25 %ácidos graxos livres) que preenchem os espaços intercelulares, até a camada córnea.  Ocorre o início do processo de queratinização que leva as células à morte. Epiderme
  16. 16. CAMADA GRANULOSA  Nesta camada as células começam a perder sua vitalidade. Epiderme
  17. 17. 4. CAMADA LÚCIDA  Consiste de várias camadas de células achatas, desvitalizadas ( queratinizadas). Presente somente nas palmas das mãos e plantas dos pés.  Promove resistência e proteção. Epiderme
  18. 18. CAMADA LÚCIDA  Na camada basal também encontram-se as células de Merkel (presentes nas mãos e pés com função mecanoreceptora). Epiderme
  19. 19. 5. CAMADA CÓRNEA 10 a 15 camadas celulares. (pele afro= até 28 camadas)  É a camada mais externa da pele.  Células achatadas, desvitalizadas e cheias de queratina que são responsáveis pela proteção do organismo. Espaços intercelulares preenchidos com lipídeos que mantém as células levemente coesas por isso estão em constante descamação. Epiderme
  20. 20. CAMADA CÓRNEA  Células desvitalizadas, desidratadas e compactas. Desprendem-se de forma contínua e imperceptível. Quando nos expomos ao sol é essa camada que se desprende visivelmente - Capa descamativa. Epiderme
  21. 21. QUERATINIZAÇÃO OU CORNIFICAÇÃOQUERATINIZAÇÃO OU CORNIFICAÇÃO  É o processo de transformação das células da camada basal até a córnea. Forma uma barreira hidrofóbica, resultando num escudo protetor e na renovação celular. Dura de 21 a 28 dias em média. Epiderme
  22. 22. COMPOSIÇÃO DA SUPERFÍCIE  Película Cutânea ou Emulsão Epicutânea  Flora bacteriana  Capa gasosa (Proveniente da fermentação da emulsão epicutânea pela flora bacteriana, microclima cutâneo, quente, úmido e libera CO2) Epiderme
  23. 23. EMULSÃO EPICUTÂNEA OU MANTO HIDROLIPÍDICO  Emulsão natural que resulta da mistura do suor (água e NMF) e do sebo (lipídeos): 99% de água.  Composição: Triglicérides, Ácidos graxos livres, esqualeno, colesterol, cêras, traços de fosfolipídeos, uréia, aminoácidos, ácido lático e pirúvico, água e sais minerais.  É específico para cada pessoa. Epiderme
  24. 24. TEWL= PERDA DE ÁGUA TRANSEPIDERMAL ÁGUA Quando o manto hidrolipídico sofre algum desequilíbrio, ocorre excesso de TEWL e a pele se desidrata. Um pouco de TEWL é desejável. Água das camadas mais profundas da pele - através de difusão e expressão de canais de aquaporinas - hidratar camadas da epiderme. EMULSÃO EPICUTÂNEA OU MANTO HIDROLIPÍDICO Epiderme
  25. 25. COMPOSIÇÃO DO MANTO-HIDROLIPÍDICO  Sêbo, secreção sebácea pura, produtos de desintegração de adipócitos, TG, AGL, esqualeno e ésteres de cêras,  Água e sais minerais (suor écrino), cloreto de sódio, potássio, cálcio, magnésio, cobre. EMULSÃO EPICUTÂNEA OU MANTO HIDROLIPÍDICO Epiderme
  26. 26. Hidratação das camadas mais profundas do estrato córneo devido à presença dos componentes do NMF. Redução do TEWL. Acidez cutânea - função tampão dos aminoácidos presentes no suor. pH entre 5,0 e 6,0 - inibidor da proliferação de germes patogênicos. Proteção contra substâncias nocivas, raios solares, microorganismos, desidratação. FUNÇÕES DO MANTO-HIDROLIPÍDICO EMULSÃO EPICUTÂNEA OU MANTO HIDROLIPÍDICO Epiderme
  27. 27. FLORA BACTERIANA  Flora bacteriana normal: • Importante para manutenção do pH da pele • Previne a proliferação de m. o. patogênicos • Chamada flora saprofítica  Flora bacteriana transitória: • Patógenos ou não. O ecossistema cutâneo é importante para a defesa da pele, e está em equilíbrio com o sistema imune. Epiderme
  28. 28. MANTO GASOSO OU CAPA GASOSA São gases provenientes da fermentação pela flora bacteriana da Emulsão Epicutânea. Responsável pela formação do microclima cutâneo. É individual. Quente, úmido e grande quantidade de CO2. Epiderme
  29. 29. ESTRUTURAS DA SUPERFÍCIE  Orifícios  Óstio (saída da glândula sebácea)  Poro (saída da glândula sudorípara)  Depressões  Rugas  Impressões digitais Epiderme
  30. 30. Células da epiderme Melanócito, Célula de Langerhans, Célula de Merkel, Linfócito T, Queratinócito e Neurônios Epiderme
  31. 31. Receptores de Krause Frio Receptores de Ruffini Calor Discos de Merkel Tacto e Pressão Corpúsculos de Vater- Paccini Pressão Corpúsculos de Meissner Tacto Terminações nervosas livres Dor Epiderme
  32. 32. NEURÔNIOS RECEPTORES E OPIÓIDES  A epiderme possui neurônios relacionados às Beta-endorfinas  Regulação de queratinócitos, melanócitos, citoquinas e fibroblastos (derme).  Regulação da função barreira.  Neurocosmética. Epiderme
  33. 33.  Constituída por substâncias gelificadas e pelas células fibroblastos, que produzem: Fibras de colágeno, elastina e reticulina Glicosaminoglicans (GAG’S): ácido hialurônico.  Contém de 18 a 20% da água total do corpo. 15 a 40 vezes mais espessa que a epiderme. Abundante meio extracelular (gel) Irrigada por vasos sanguíneos Possui nervos Anexos (Folículo piloso, glândulas sebáceas e sudoríparas) Derme
  34. 34.  DERME PAPILAR  DERME RETICULAR Derme
  35. 35. Célula Mestre Fibroblasto Célula de Gordura Capilar sanguíneo Reticulina Célula plasmática Neutrófilo Colágeno Linfócito Macrófago Elastina Derme
  36. 36. Fibroblastos produzem: Fibras de colágeno, elastina e reticulina. Glicosaminoglicans (GAG’S): ácido hialurônico. Derme
  37. 37. Colágeno: Sustentação da pele. A diminuição leva a formação de rugas. Elastina: Elasticidade e flexibilidade. O seu rompimento leva às estrias. Reticulina: reforça a organização das fibras de colágeno dando maior sustentação. Derme
  38. 38. Glicosaminoglicanas (GAG’S) São macromoléculas que retêm a água sendo responsáveis pela hidratação e tonicidade da pele. Derme
  39. 39. Folículo piloso: onde se origina o fio de cabelo. Sempre existe uma glândula sebácea junto a ele: Folículo pilossebáceo. A glândula sebácea produz o sebo (gordura) que é excretado pela pele através do canal do folículo piloso. O folículo pilossebáceo que se encontra na derme desemboca na epiderme em um orifício chamado poro. Derme
  40. 40.  Pele normal ou eudérmica  Pele oleosa  Pele seca  Pele acnéica Pele Madura Classificação da Pele
  41. 41. Pele Normal ou Eudérmica Textura uniforme Poros não visíveis. Equilíbrio gordura/suor Classificação da Pele
  42. 42. Pele Oleosa  Brilhante  Excesso de óleo  Poros dilatados  Mais espessa  Tendência a comedões e acne Classificação da Pele
  43. 43. Pele Seca Áspera e sem flexibilidade Descamação Sensível Rugas precoce Classificação da Pele
  44. 44. Pele Acnéica Extremamente oleosa Apresenta diferentes graus de acne. Classificação da Pele
  45. 45. Fatores que interferem na permeabilidade cutânea: Biológicos ou Fisiológicos  Espessura da epiderme  Idade: desidratação dificulta a penetração dos ativos.  Fluxo sanguíneo  Região da pele: mucosas  Peles lipídicas: menor grau de penetração Permeabilidade Cutânea
  46. 46. Fatores que interferem na permeabilidade cutânea: Físico-Químicos  Moléculas grandes  Emulsões  Maior lipossolubilidade do ativo Permeabilidade Cutânea
  47. 47.  Remover as impurezas, respeitando a integridade e acidez natural da pele. Preparar a pele para receber os ativos hidratantes e rejuvenescedores. Higienização Facial
  48. 48. 1º Passo: Remoção de Impureza e/ou maquiagem 2º Passo: Limpeza 3º Passo: Tonificação Higienização Facial
  49. 49. 1º Passo Remoção das Impurezas Emulsiona a Maquiagem, poluição e excesso de gorduras. O produto deve ser aplicado sobre a pele com um algodão e com movimentos circulares. Remover com sabonete líquido. Higienização Facial
  50. 50. Conteúdos indicados:Conteúdos indicados: Alantoína, ajuda a aliviar os efeitos da irritação da pele e auxilia na egeneração epidérmica. Tensoativo suave que remove a sujidade da pele. Metil Glicose Etoxilada, diminui o efeito irritante do tensoativo. Emulsão de Limpeza Higienização Facial
  51. 51. 2º Passo Limpeza Remove as impurezas emulsionadas pelos produtos da primeira fase de higienização. Aplicar o sabonete em movimentos circulares e enxaguar com água abundante. Higienização Facial
  52. 52. Os sabonetes sofreram uma grande evolução. São mais suaves e preservam a integridade da pele. O pH dos sabonetes foi mantido entre 6,2 e 6,9 (pH levemente ácido). Possuem Polímeros Catiônicos que formam um filme sobre a pele, reduzindo a perda de água armazenada na derme. Esses polímeros conferem uma propriedade hidratante. Sabonetes Condicionadores Higienização Facial
  53. 53. Conteúdos indicados •Polímero Catiônico formador de filme. •Óleo de Melaleuca (anti-séptico e antiinflamatório) •Mentha piperita (refrescante) •Extrato de Gerânio (proporciona efeito adstringente) •Extrato de Erva Doce (preserva maciez e suavidade da pele) •Algas Marinhas - Rico em Sais Minerais e açúcares (Forma película protetora) •Vitamina E e F (restauram a barreira cutânea promovendo hidratação e maciez). Sabonete Condicionador Higienização Facial
  54. 54. 3º Passo Remineralização ou Tonificação A Tonificação é a finalização da Higienização, repõe os sais minerais eliminados durante a limpeza e proporciona uma sensação agradável de frescor. Essa fase prepara a pele para a melhor absorção de ativos hidratantes e rejuvenescedores. Higienização Facial
  55. 55. São Formulações com ativos hidratantes, para proporcionar uma pele hidratada, macia e suavemente perfumada. Uso:Uso: Devem ser usados com esponja de banho para proporcionar uma espuma mais abundante. Sabonetes Líquidos Corporal Higienização Corporal
  56. 56. Indicado para esfoliação corporal Polietileno Granulado (esferas macias) que esfolia a pele estimulando a renovação celular. Complexos de Algas, rico em sais minerais e açucares que forma uma película protetora sobre a pele com alto poder hidratante. Higienização Corporal
  57. 57. ENVELHECIMENTO
  58. 58.  Acontece com todos os órgãos do corpo humano  A estrutura e as funções da pele vão se modificando  E por ser o órgão mais extenso, as modificações do processo de envelhecimento são mais perceptíveis Envelhecimento
  59. 59.  Alterações nas diferentes camadas da pele, com diminuição na espessura  Redução da síntese de colágeno  Redução da quantidade de fibras elásticas  Diminuição da retenção hídrica do estrato córneo - ressecamento  Diminuição das secreções endócrinas  Diminuição progressiva dos pêlos  Alteração da pigmentação cutânea e dos cabelos Envelhecimento Cutâneo
  60. 60. Envelhecimento Cutâneo
  61. 61. Estrutura de uma pele jovem Estrutura de uma pele madura
  62. 62. Classificação dos Tipos de Envelhecimento Cutâneo 1- Envelhecimento Intrínseco 2- Envelhecimento Extrínseco e/ou Fotoenvelhedimento Envelhecimento Cutâneo
  63. 63. Intrínsico • Resume no envelhecimento em que todas as transformações conduzem o organismo a perda da vitalidade • O envelhecimento intrínsico ou cronológico é aquele determinado por condições genéticas, o que caracteriza por tornar a pele fina, frágil e inelástica. Envelhecimento Cutâneo
  64. 64. Representação da mudança celular
  65. 65. Alterações causadas na pele • Alterações morfológicas e funcionais causadas pelo envelhecimento – As fibras de colágeno da derme tornam-se mais grossa e as fibras perdem parte da sua elasticidade • Alterações celulares • A função celular declina com a idade, as células que vão ficando velhas tem menor capacidade de captação de nutrientes e reparos de danos cromossômicos. Envelhecimento Cutâneo
  66. 66. Principais alterações observadas na pele idosa Envelhecimento Cutâneo
  67. 67. Extrínsico • É um processo biológico complexo que afeta várias camadas da pele, principalmente o tecido conectivo da derme. • Esse envelhecimento se manifesta através de alterações visíveis na pele exposta ao sol, com pele áspera, alterações pigmentares e enrugamento profundo. Envelhecimento Cutâneo
  68. 68. Envelhecimento Extrínseco  Atmosfera rica em oxigênio  Poluição  Radiação Ultravioleta Envelhecimento Cutâneo
  69. 69. Fatores Aceleradores: - Radiação UVA e UVB - Álcool e fumo - Níveis aumentados de RL Envelhecimento Cutâneo
  70. 70. • Proteínas envolvidas no envelhecimento cutâneo Envelhecimento Cutâneo
  71. 71. Característica da pele fotoenvelhecida ╬ Perda da elasticidade ╬ Manchas ╬ Alteração pH (5,8 – 6,2) ╬ Rugas ╬ Alteração na superfície da pele ╬ ““A radiação UV do sol, além de alterar o código genéticoA radiação UV do sol, além de alterar o código genético das células, inibe os mecanismos de defesa que nosdas células, inibe os mecanismos de defesa que nos protegem contra o câncer de pele”protegem contra o câncer de pele” Envelhecimento Cutâneo
  72. 72. Intimamente ligados ao processo de envelhecimento Radicais Livres
  73. 73. O que são R.L.? São átomos, moléculas ou íons que possuem na sua órbita externa um elétron "não-pareado", tornando-se altamente reativos e instáveis. Tratam-se de moléculas oxidantes, pois precisam seqüestrar elétrons de moléculas vizinhas, para recuperarem a paridade eletrônica necessária à sua estabilização . Radicais Livres
  74. 74. -Evitar  Excesso de fumo e álcool Exposições solares intensas e repetidas Sedentarismo Dietas mal balanceadas Más condições de trabalho Stress, tristezas e angústias -Cuidados Higiênicos com a pele -Utilização de suplementos (vitaminas e oligoelementos anti-oxidantes) preventivos e reparadores. Prevenção - Envelhecimento
  75. 75. Teoria do desgaste Teoria do erro catastrófico Teorias do Envelhecimento Acumulação de falhas nas partes vitais levaria a morte das células, tecidos e órgãos e finalmente ao organismo como um todo. Com o passar do tempo se produziria uma acumulação de erros na síntese protéica levando prejuízos na função celular
  76. 76. Teoria dos radicais livres Teoria do relógio biológico Teorias do Envelhecimento Defende que o envelhecimento seria resultado de uma inadequada proteção contra os danos produzidos nos tecidos pelos RL. Cada organismo possui um relógio, onde se determina quando se inicia o envelhecimento, e marca as épocas onde suas características são mais visíveis.
  77. 77. Rejuvenescimento
  78. 78. ........ATÉ O PROXIMOATÉ O PROXIMO TRABALHO.TRABALHO.
  79. 79. Hidratação
  80. 80. • Os hidratantes agem sobre a pele, minimizam a perda de água transepidermal, protegendo-a contra ressecamento, descamação e o envelhecimento precoce. • Agem nas camadas mais profundas da epiderme modificando a textura e o brilho da pele. • Os hidratantes devem ser usados a cada 6h e sempre após o banho. Conceito
  81. 81. Aumento da síntese de GAGs Representadas pela Padina Pavônica, silícios orgânicos, vitamina C,F, Fatores de crescimento (EGF, IGF e FGF), ác. Hialurônico, microesponjas ou microcápsulas de Retinol, isoflavonas da soja, que aumentam a síntese de heparan, dermatan, condroitin e keratan sulfato; e ácido hialurônico. Mecanismo de Hidratação 1
  82. 82. Transporte de Água da derme para Epiderme É o conceito mais inovador em hidratação cutânea. Aproveita o grande contingente de água armazenado na derme para suprir as necessidades da epiderme. Representado por Codiavelane e Aquaporines, peptídeos derivados do ácido glutâmico, também conhecidos por proteínas transmembranárias. Acredita-se que uma única Aquaporine possa transportar cerca de 3 milhões de moléculas de água por segundo. Mecanismo de Hidratação 2
  83. 83. Codiavelane e Aquaporine
  84. 84. Fixadores da Água Representados pelas substancias umectantes que são capazes de reter a água nas camadas mais profundas da epiderme. Ex: Açúcares(Glicerina, sorbitol, beta-glucam ) e Uréia. Mecanismo de Hidratação 3
  85. 85. Fixador de Água Água
  86. 86. Afastamento entre os Corneócitos Representado pelos Alfa-Hidroxiácidos (Ácidos Glicólico, Lático) promovem afastamento entre os corneócitos preenchendo este espaço com mais cimento intercelular rico em ceramidas,colesterol, e ácidos graxos livres (ômegas). Mecanismo de Hidratação 4
  87. 87. Célula Célula Célula
  88. 88. Restauração da Barreira Cutânea Representados pelas ceramidas e ômegas (Vit F) esses ativos permeiam a pele minimizando a perda de água transepidermal. Foi demonstrado por Rawlings et al. que a pele de uma mulher de 50 anos tem 50% menos Ceramidas que a pele de uma mulher de 20 anos. Mecanismo de Hidratação 5
  89. 89. Formadores de Filme Representados por emolientes (Silicones, Óleo Vegetais, Manteiga de Karité, vitamina E e F ) e polímeros catiônicos, (Celuloses + )formam um filme contínuo, não oclusivo que minimizam a evaporação da água contida na derme. A pele contem de 18 a 20% de água e 70% encontra-se na derme. Mecanismo de Hidratação 6
  90. 90. Hidratantes
  91. 91. Loção de Ceramidas III HIDRATAÇÃO CORPORAL Reduz as asperezas de peles secas. A Vitamina F e as Ceramidas III reestruturam a barreira cutânea mantendo o nível ideal de hidratação da pele. O Óleo de pêssego, formador de filme, reduz a aspereza da pele proporcionando uma textura macia e aveludada.
  92. 92. Loção Hydravena HIDRATAÇÃO CORPORAL Hidrata intensamente peles que sofreram exposição ao sol O Extrato de Malva é um calmante natural com propriedade antiinflamatória, cicatrizante e refrescante. Forma um filme protetor, proporcionando hidratação, maciez e suavidade à pele. O Extrato de aveia, rico em beta-glucan, açúcar que estimula a resposta imune e possui ação antioxidante sobre a pele. É fonte de aminoácidos e vitaminas. O Germe de trigo é rico em vitamina E, ácido linolêico e fosfolipídios. Retarda o envelhecimento da pele, devolvendo a vitalidade.
  93. 93. Íris Balm HIDRATAÇÃO CORPORAL Hidratação intensa e anti-aging As Isoflavonas da Iris Florentina estimulam a síntese de colágeno e elastina, melhorando a elasticidade e o tônus da e pele. A Manteiga de Karité promove hidratação profunda, deixando a pele com um toque macio e sedoso. A Vitamina E e F possui ação antioxidante, que previne o envelhecimento precoce.
  94. 94. Loção Hidrasoft HIDRATAÇÃO CORPORAL Tratamento diário e intensivo A Uréia, fixador de água, proporciona hidratação profunda. O Óleo de amêndoas doces, formador de filme, proporciona maciez e suavidade, promovendo toque acetinado com rápida absorção.
  95. 95. HIDRATAÇÃO CORPORAL GESTANTE Os Ômegas 3, 6 e 9 possuem ação hidratante, regeneradora e estimulam a síntese de colágeno e elastina. Deixa sobre a pele um filme que restaura e mantém a hidratação natural, por reduzir a água transepidermal. Maternus Hidraty Hidratante com ação intensa e prolongada.
  96. 96. HIDRATAÇÃO CORPORAL GESTANTE Os extratos vegetais de arnica, castanha-da-índia e centelha asiática são descongestionanges, vasoconstritores e ativam a microcirculação. Um blend de óleos essenciais de limão, lavanda, menta e Cupressus confere propriedades tônicas, analgésicas com efeitos relaxante e refrescante. Maternus Legs Descongestionante para pernas cansadas
  97. 97. HIDRATAÇÃO CORPORAL GESTANTE Contém altíssimas concentrações de Ômegas 3, 6 e 9 que proporciona excelente melhora nas estrias recentes, com clareamento quase total após três meses de uso. Nas estrias de estágio avançado, promove melhora considerável, com redução do brilho e normalização da coloração da pele. Maternus Prevent É um Bi-gel preventivo de estrias, rico em ácidos graxos essenciais.
  98. 98. Linha HIDRATY Hidratação inteligente para deixar a pele mais bonita em qualquer fase da vida
  99. 99. Hidratação inteligente para deixar a pele mais bonita em qualquer fase da vida Linha Hidraty
  100. 100. HIDRATY AHA Os AHAS infuenciam decisivamente os processos de hidratação e renovação celular. Esses ácidos multifuncionais diminuem a coesão entre os corneócitos permitindo que as camadas superiores da epiderme tornem-se saturadas de água. Exercem efeito tensor, clareador e estimulam a síntese de colágeno. Linha Hidraty
  101. 101. HIDRATY AHA CODIAVELANE - Extraído da alga marinha Codium Tomentosum, é rico em polissacarídeos sulfatados, ácido glicurônico e oligoelementos. Promove efeito osmótico mobilizando água da derme para as camadas mais profundas da epiderme. Cria um reservatório de água na epiderme. Linha Hidraty
  102. 102. HIDRATY SERUM = HIDRATY AQUAPORINE Conceito inovador em hidratação cutânea, Hidraty Serum Aquaporine aproveita o grande contingente de água armazenado na derme para suprir as necessidades da epiderme. Rico em aquaporine-3, silanetriol-trealose e metil silanol, possui Tripla ação. REINVENTAMOS A ÁGUA Linha Hidraty
  103. 103. AQUAPORINE-3 Estimula a síntese de novas aquaporines e promove a entrada de água dentro da célula através de osmorregulação. SILANETRIOL-TREALOSE Retém água intracelular mantendo a epiderme hidratada. SILÍCIO ORGÂNICO Aumenta o conteúdo hídrico da derme por estimular glicosaminoglicanas. Linha Hidraty HIDRATY SERUM = HIDRATY AQUAPORINE
  104. 104. AQUAPORINE-3  São biopeptídeos derivados do ácido glutâmico;  São proteínas transmembranárias;  Permitem o transporte de água através da membrana plasmática das células;  Com isso, acentuam o transporte de água da derme para a epiderme e mantêm o equilíbrio osmótico da pele. * 3 milhões de moléculas de água por segundo. Linha Hidraty HIDRATY SERUM = HIDRATY AQUAPORINE
  105. 105. SILANETRIOL-TREALOSE  Dissacarídeo extraído de planta do deserto;  Altamente umectante;  Retém água intracelular mantendo a epiderme hidratada. HIDRATY SERUM = HIDRATY AQUAPORINE Linha Hidraty
  106. 106. SILÍCIO ORGÂNICO  Estimula o fibroblasto  Biossíntese de GAGs  Aumenta o conteúdo hídrico da derme por estimular glicosaminoglicanas. HIDRATY SERUM = HIDRATY AQUAPORINE Linha Hidraty
  107. 107. Mecanismo de ação do sistema Aquaporine-3 /Silanetriol-trelose/Metil -silanol Aumenta a síntese de novas aquaporines e estimula a atividade daquelas encontradas na pele, incentivando a entrada de água dentro das células. Associadas ao silanetriol-trealose, dissacarídeo extraído de plantas do deserto altamente umectantes, retém a água transportada. O silício orgânico favorece a biossíntese das GAGs aumentando o conteúdo de água na derme. Linha Hidraty
  108. 108. Uma linha nascida da inspiração SPA e com apelo gourmet. Seus produtos foram desenvolvidos com texturas diferenciadas e aromas que inspiram sensação de bem-estar. Cuidam da pele perfumando, com deliciosos e refrescantes aromas que inspiram agradável sensação de bem-estar. Linha Corpo BEM-ESTAR CHÁ VERDE E BROTO DE BAMBÚ Perfume suave e refrescante que inspira sensação de harmonia e bem-estar. BODY SPLASH CARACTERÍSTICAS BENEFÍCIOS FRAGRÂNCIA LEVE E ENVOLVENTE DESODORANTE CORPORAL QUE PERFUMA, PROMOVENDO IMENSO BEM-ESTAR. PROLONGA A SENSAÇÃO DE UM BANHO REFRESCANTE POR TODO DIA. Body Splash Chá Verde e Broto de Bambu
  109. 109. MOUSSE HIDRATANTE CARACTERÍSTICAS BENEFÍCIOS EXTRATO DE CHÁ VERDE E BROTO DE BAMBOO RICO EM FITOESTERÓIS, POSSUI PROPRIEDADES ANTIOXIDANTES E PROMOVE NUTRIÇÃO INTENSA E HIDRATAÇÃO IMEDIATA. MANTEIGA DE KARITE FORMA UM FILME QUE MANTÉM A HIDRATAÇÃO NATURAL DA PELE TOQUE SECO IDEAL PARA O USO DIÁRIO Linha Corpo BEM-ESTAR Mousse Hidratante Chá Verde e Broto de Bambu
  110. 110. NÉVOA HIDRATANTE CARACTERÍSTICAS BENEFÍCIOS PROTEÍNA DE TRIGO FORMA UM FILME COM TEXTURA AVELUDADA QUE PRESERVA A HIDRATAÇÃO NATURAL DA PELE ÓLEO DE AMÊNDOAS DOCE FORMA UM FILME PERFUMADO E HIDRATANTE EXTRATO DE AVELÃ HIDRATAÇÃO LONGA E DURADOURA. PROMOVE MACIEZ E SUAVIDADE. FLUIDO SPRAY HIDRATANTE EM FORMA DE NÉVOA REFRESCANTE, POSSUI TEXTURA SUAVE E DE AGRADÁVEL APLICAÇÃO GELÉIA DE BANHO ESFOLIANTE CARACTERÍSTICAS BENEFÍCIOS ÓLEO DE AMÊNDOAS DOCE FORMA UM FILME PERFUMADO E HIDRATANTE EXTRATO DE AVELÃ HIDRATAÇÃO LONGA E DURADOURA. PROMOVE MACIEZ E SUAVIDADE. CASCA DE NOZES MOÍDA PROMOVE ESFOLIAÇÃO SUAVE E DELICADA DURANTE O BANHO. DEIXA A PELE PERFUMADA, MACIA E LUMINOSA. Linha formulada com delicada e envolvente fragrância, prolonga a sensação de harmonia e bem-estar. Linha Amêdoas e Avelã
  111. 111. Perfume envolvente e sedutor, comemora a alegria e poesia da paixões intensamente vividas. FLAN HIDRATANTE CARACTERÍSTICAS BENEFÍCIOS POOL DE SILICONES FORMA UM FILME HIDRATANTE SOBRE A PELE FRAGRÂNCIA ENVOLVENTE HIDRATA PERFUMANDO O CORPO POR TODO O DIA IOGURTE ESFOLIANTE CARACTERÍSTICAS BENEFÍCIOS ESFERAS ESFOLIANTES PROMOVE RENOVAÇÃO CELULAR, DEVOLVENDO A VITALIDADE DA PELE E PROPROCINANDO MACIEZ E TOQUE AVELUDADO POOL DE SILICONES FORMA PELICULA SOBRE A PELE AJUDANDO A REMOVAÇÃO DAS CELULAS DESVITALIZADAS, DEIXANDO A PELE SUAVE E LUMINOSA FRAGRÂNCIA ENVOLVENTE HIDRATA PERFUMANDO O CORPO POR TODO O DIA Linha Morangos com Champgne
  112. 112. A delicada e refrescante fragrância da pêra enriquecida com o doce aroma do chocolate, expressa a alegria e o prazer de estar de bem com a vida. FLAN HIDRATANTE CARACTERÍSTICAS BENEFÍCIOS POOL DE SILICONES FORMA UM FILME HIDRATANTE SOBRE A PELE FRAGRÂNCIA ENVOLVENTE HIDRATA PERFUMANDO O CORPO POR TODO O DIA IOGURTE ESFOLIANTE CARACTERÍSTICAS BENEFÍCIOS ESFERAS ESFOLIANTES PROMOVE RENOVAÇÃO CELULAR, DEVOLVENDO A VITALIDADE DA PELE E PROPROCINANDO MACIEZ E TOQUE AVELUDADO POOL DE SILICONES FORMA PELICULA SOBRE A PELE AJUDANDO A REMOVAÇÃO DAS CELULAS DESVITALIZADAS, DEIXANDO A PELE SUAVE E LUMINOSA FRAGRÂNCIA ENVOLVENTE HIDRATA PERFUMANDO O CORPO POR TODO O DIA Linha Pêra com Chocolate
  113. 113. Ativos de uso tópico Ácido Retinoico Ácido Glicólico Talasferas de Vitamina C Furfuril Adenina Isoflavona da iris Tensine Raffermine Idebenona Extrato de Murta Padina pavonica Extrato de soja DMAE Gluconolactona Densiskin Elastinol Kinetin L Caviar Extract Argireline Epiderfill Gatuline Expression Rigin Coffeeskin Algisium C Retinol Ativos Usados em Rejuvenescimento Rejuvenescimento
  114. 114. Ativos de uso oral Ativos Usados em Rejuvenescimento Exsynutriment Bioarct Vitaminas A, B, C e E Conzima Q10 Carotenóides: Betacaroteno, luteína, zeaxantina Oligoelementos: Zn, Cu, Mn, Se Green tea Picnogenol Polypodium leucotomos Rejuvenescimento
  115. 115. Tratamento que combina propriedades firmadoras e anti-rugas. Atenua linhas finas e de expressão, aumenta em 13% a elasticidade da pele e em 26 % a firmeza Cutânea. DMAEDMAE:: Efeito tensor imediato, promove a contração muscular. Ceramidas e Vitamina FCeramidas e Vitamina F:: Restauradores da barreira cutânea. RaffermineRaffermine:: Fonte de aminoácidos e açucares, com efeito hidratante. IsoflavonasIsoflavonas:: Fito-hormônio com propriedade de retardar a degradação de colágeno e elastina. Emulsão Anti-Sinais Infinito
  116. 116. Tratamento antiidade com alto fator de proteção UVA e UVB Um produto com excelente sensorial, levemente fluido e de fácil aplicação, secagem rápida e um perfume suave e agradável. Com exclusivo diferencial: reduz o brilho excessivo da pele e cobre pequenas imperfeições. Prev-Aging FPS 73 – 99,5% Proteção UVA
  117. 117.  Anti-idade;  Hidratante;  Antioxidante;  Protetor da pele contra o envelhecimento fotoinduzido e do câncer de Pele;  Efeito Tensor; Promove aspecto Mate. Sensorial: Seco e Sedoso, Fácil de espalhar, Secagem Rápida, Textura Leve. Prev-Aging FPS 73 – 99,5% Proteção UVA
  118. 118. 1 . Determinação do Fator de Proteção Solar(FPS) Testes Realizados Por empresa credenciada da ANVISA (Allergisa) 2 . Determinação do Fator de Proteção UVA (In vivo) 3. Estudo da Segurança e Eficácia Percebida do Produto O produto foi Dermatologicamente e Oftalmologicamente testadoO produto foi Dermatologicamente e Oftalmologicamente testado Proteção UVB > FPS 73 99,5% de proteção UVA Enquanto a maioria dos produtos concorrentes apresenta, em média, 95% de proteção UVA – principais causadores de manchas e responsáveis pelo envelhecimento precoce. Prev-Aging FPS 73 – 99,5% Proteção UVA
  119. 119. Resultados Prev-Aging FPS 73 – 99,5% Proteção UVA
  120. 120. Resultados Prev-Aging FPS 73 – 99,5% Proteção UVA
  121. 121. PREV-AGING FPS 73 E 99,5% PROTEÇÃO UVA CARACTERÍSTICAS BENEFÍCIOS 99,5% de Proteção UVA Protege a pele contra o fotoenvelhecimento , aparecimento de manchas e câncer de pele FPS 73 - Proteção UVB Protege contra as queimaduras solares, vermelhidão e cancer de pele Extrato de Chá Verde Efeito antioxidante, previne a formação de radicais livres Vitamina E Efeito antioxidante, previne a formação de radicais livres Pantenol Promove Hidratação Silicones Promove sensorial difereciado e ajuda na hidratação, pois forma filme Lift Line Efeito Tensor Silicone especial Efeito Matificante, reduz o brilho excessivo da pele Prev-Aging FPS 73 – 99,5% Proteção UVA
  122. 122. Azulen Scrub ESFOLIANTE FACIAL TODOS OS TIPOS DE PELE AZULEN SCRUB CARACTERÍSTICAS BENEFÍCIOS POLIETILENO GRANULADO REMOVEM SUAVEMENTE AS CÉLULAS DESVITALIZADAS E EVITAM O ACÚMULO DE REÍSUDO QUE OBSTRUEM OS POROS. PROMOVEM UMA PELE MAIS FINA COM APARÊNCIA RENOVADA ALOE VERA REGENERA E HIDRATA AZULENO PROMOVE MACIEZ, LUMINOSIDADE E ACALMA A PELE Azulen Scrub Esfoliante Facial
  123. 123. PEELING ENZIMÁTICO COM COFFEESKIN CARACTERÍSTICAS BENEFÍCIOS PROTEASE PROMOVE ESFOLIAÇÃO SUPERFICIAL QUE ESTIMULA A RENOVAÇÃOCELULAR, DEIXANDO A PELE MAIS FINA, MACIA E LUMINOSA. PREPARA A PELE PARA RECEBER OUTROS ATIVOS, POTENCILAIZANDO A SUA AÇÃO. COFFEE SKIN AÇÃO ANTIOXADANTE E REJUVENESCEDORA Kit Pré e Pós Peeling REJUVENESCIMENTO Peeling Enzimático com Coffeeskin
  124. 124. Um tratamento em forma de maquiagem que cobre e minimiza bolsas e olheiras. Enriquecido com:Enriquecido com: • Ácido hialurônico - Epiderfill • Complexo enzimático ativo • Proteínas da soja e Peptídeos de arroz. Benefícios:Benefícios: • Promove hidratação prolongada reduzindo as bolsas e olheiras com o uso contínuo. • Sua cor natural e textura extra leve unifica o tom da pele e promove cobertura uniforme • Possui um sensorial seco e sedoso. Corretivo Anti-Olheiras
  125. 125. FOTOPROTEÇÃO
  126. 126. Emite radiação solar que exerce funções: SOL  Benéficas – anti-depressiva, anti-raquitismo, terapêutica  Maléficas – envelhecimento precoce e câncer de pele
  127. 127. Divide-se em: UVA1: 340 a 400nm UVA2: 320 a 340nm UVB: 290 a 320nm UVC: 10 a 290nm · UVA - Mais longos. Atingem áreas mais profundas da pele. Causam alterações que levam a manchas e fotoenvelhecimento e ao câncer. Intensos durante o ano todo. · UVB - Menos longos. Penetram menos na pele. Incidência maior no verão, grandes altitudes e próximos à linha do Equador. Responsáveis pelo eritema solar e câncer de pele. · UVC - Mais perigosos. Bloqueados pela camada de ozônio. RADIAÇÃO ULTRAVIOLETA
  128. 128. UVA e UVB = Câncer de pele e fotoenvelhecimento. UVB = Lesão direta do DNA. UVA 2 = Lesão direta de estruturas celulares. UVA 1 = RL lesam DNA . IV = Calor, danos celulares adicionais. Ação sobre a Pele RADIAÇÃO ULTRAVIOLETA
  129. 129.  Pigmentação  Desidratação  Rugas RADIAÇÃO SOLAR Efeitos da Radiação Solar: Fotossenecência
  130. 130. Queimaduras por exposição solar
  131. 131. Queimaduras por exposição solar
  132. 132. Queimaduras por exposição solar
  133. 133. Pele exposta às radiações solares Microscopia de varredura
  134. 134.  25% dos casos são tumores malignos  Brasil e Austrália maiores registros  Comum acima de 40 anos  Raro casos em crianças e negros  2005 – novos casos homens - 56420 (2755 melanoma) mulheres – 56600 (3065 melanoma) Fonte: Inca Inst Nacional do Câncer Câncer de pele
  135. 135. É possível evitar!!! Câncer de pele
  136. 136. Por que Desenvolver e Usar Fotoprotetores Cada Vez Mais Eficazes • Cada vez mais estudos comprovam os danos das radiações ultravioleta, UVA e UVB • Aumento dos números de câncer de pele • Depleção da camada de ozônio por clorofluorados • Considerações demográficas, lazer fora de casa, novos estilos e vida. Fotoproteção
  137. 137. Fototipos de pele – Tipo 0 Albinos - Não podem tomar sol
  138. 138. Ruivos – Se queimam facilmente, não se bronzeiam e ficam vermelhos Fototipos de pele – Tipo 1
  139. 139. Loiros – Se queimam facilmente, bronzeiam-se pouco Fototipos de pele – Tipo 2
  140. 140. Morenos – Se queimam moderadamente, bronzeiam progressivamente Fototipos de pele – Tipo 3
  141. 141. Latinos – Se queimam pouco, bronzeiam bem Fototipos de pele – Tipo 4
  142. 142. Árabes, mediterrâneos, Mestiços e Asiáticos – Se queimam raramente, sempre são bronzeados Fototipos de pele – Tipo 5
  143. 143. Negros – Nunca se queimam, pele pigmentada Fototipos de pele – Tipo 6
  144. 144. Filtros solares
  145. 145. Função: refletir, dispersar e absorver parte da radiação solar • 82% das pessoas usam filtros solares • 50% usam de maneira errada Filtros Solares
  146. 146.  É o aumento da melanina induzido pela exposição à radiação UV  Mecanismo de defesa  Não protege contra o eritema BRONZEADO = ALERTA Bronzeamento
  147. 147. Parâmetros de Avaliação e Fotoprotetores • Avaliação de Proteção contra UVB • Avaliação da Proteção contra UVA Fotoprotetores
  148. 148. FPS significa fator de proteção solar. É um parâmetro de avaliação da proteção contra os raios UVB. Fator de Proteção Solar
  149. 149. FPS = DEM com protetor DEM sem protetor DEM = dose eritematosa mínima. Avalia apenas o UVB. Ineficaz quando analisado isoladamente. Fator de Proteção Solar
  150. 150. FPS % da Radiação absorvida 2 50 4 75 6 83,4 8 87,5 10 90 12 91,7 15 93,3 20 95 25 95,7 30 96,6 45 97,8 64 98,6 Preço Oleosidade Alergenicidade Absorção X FPS
  151. 151. PROPRIEDADES DE UM FOTOPROTETOR EFETIVO  Boa seleção de filtros orgânicos e inorgânicos  Escolha adequada do veículo  Substantividade  Repelência à água e à areia – uso corporal  Toque seco e sedoso – uso facial Fotoprotetores
  152. 152.  FDA determina o uso de 2 mg/cm² de filtro solar (20 ml/m²) a cada 2 horas  Corpo humano tem 2 m² de pele  2 horas de praia = 40 ml/aplicação  6 horas de praia = 1 frasco de protetor solar Uso correto do fotoprotetor
  153. 153. “Segundo o FDA a quantidade de fotoprotetor necessária para garantir proteção confiável é de 2mg de fotoprotetor por cm2 de pele.” “Estima-se que os indivíduos apliquem 0,7mg/cm2, ou seja, apenas 30% da quantidade mínima necessária.” Uso correto do fotoprotetor
  154. 154. Gel Extra-Seco FPS 30, 50 Loção Fotobloqueadora FPS 30, 50 Linha Anti-Solar Pharmapele
  155. 155.  Aplicação 2,00 mg/cm² (dedeira de látex)  10 voluntários - Fototipo I a III  Após aplicação espera de 0 a 30 minutos, antes da exposição a luz UV.  Duas séries de exposições a luz UV  Média aritmética dos valores de FPS individuais  Resultado - 59,9 ± 6,6 (FPS 66.5) Gel Extra Seco FPS 50 Pharmapele
  156. 156. CUIDADO COM OS CABELOS
  157. 157. “A brasileira é uma das que mais consomem produtos para cabelos. E isso é uma terapia.” (Aida Veiga – Revista Época Brasil: terceiro lugar no mundo do segmento. Só perde para as americanas em consumo anual de produtos per capita. Estudos feitos pela L´Oreal apontam as razões físicas e psicológicas para a paixão: “Cabelo bonito e bem tratado faz com que elas se sintam mais bonitas e sedutoras, o que melhora a auto-estima; e aumenta a autoconfiança”. Cabelos – Paixão Nacional
  158. 158. A brasileira sofre com o sol, o vento e o cloro. Não é à toa que 70% delas reclamam de pontas quebradiças e ressecadas. Para conservar os cabelos saudáveis, consomem em média 3,5 tipos de produto, de um simples shampoo e condicionador à cremes de tratamento e finalizadores. Cabelos – Paixão Nacional
  159. 159. * Ligação RSSR: 4,5% Componente Conteúdo Aprox % Proteína Lipídeos Açúcares Cinzas Melanina Zinco 86 4 1.0 0.5 4 200 ppm Cabelos Componentes Químicos
  160. 160. Oferece proteção ao córtex, está disposta em 5 a 10 camadas. Responsável pelo brilho, maciez e a integridade dos fios. Constituída por aminoácidos, ceramidas, ácidos graxos essenciais e minerais. Cutícula Danificada Cutícula Tratada Cutícula
  161. 161. Cutícula Medula Córtex • Região intermediária, formada por microfibrilas, células espinosas. Contém altas concentrações de queratina, rico em enxofre e melanina. • Responsável pela elasticidade, resistência e cor do fio de cabelo. • As intervenções químicas mais radicais, como coloração, relaxamento e permanente, atuam principalmente nessa região, alterando a sua estrutura. Córtex
  162. 162. O cabelo é constituído, basicamente, de uma proteína: a alfa-queratina. Em cada fio, milhares de cadeias de alfa- queratina estão entrelaçadas em forma espiral, formando um longo "cordão" protéico. Estas proteínas interagem fortemente entre si, resultando na forma característica de cada cabelo: liso, cacheado, ondulado, etc. Queratina
  163. 163.  A queratina é composta principalmente por aminoácidos contendo enxofre (cisteína e cistina).  Na biossíntese da queratina, as moléculas de cisteína e cistina formam ligações disulfídicas.  A possibilidade da interconversão entre as formas oxidadas (RSSR) e reduzidas (RSH) da cisteína é que permite "moldar" o cabelo, ou seja, alisar um cabelo crespo, ou fazer "cachos" e "ondas" em um cabelo liso. Antes e Depois Cistina e Cisteína
  164. 164. Shampoos
  165. 165. • Normalmente são volumosos. • Difíceis de pentear e desembaraçar. • Muitas vezes são frágeis, sem brilho e áspero ao toque. • Não precisam ser lavados diariamente com Shampoos. Cabelos Secos
  166. 166. Brilho, Vitalidade e Saúde Shampoo MultiVitaminas Cabelos Secos e Crespos SHAMPOO MULTIVITAMINAS CARACTERÍSTICAS BENEFÍCIOS D-PANTENOL (PRÓ-VITAMINA B5) FORMA UMA PELÍCULA QUE ENVOLVE OS FIOS CONFERINDO BRILHO E EVITANDO FORMAÇÃO DE PONTAS DUPLAS DEIXA OS CABELOS MACIOS, FORTES E SAUDÁVEIS MANTEIGA DE KARITÉ AÇÃO LUBRIFICANTE E PROTETORA VITAMINA E AÇÃO ANTIOXIDANTE - PROTEGE OS CABELOS PROTEÍNA DA SEDA UMECTANTE QUE PROMOVE HIDRATAÇÃO E BRILHO INTENSO
  167. 167. Brilho, Hidratação e Força Shampoo Extra Brilho Cabelos secos e quimicamente tratados SHAMPOO EXTRA BRILHO CARACTERÍSTICAS BENEFÍCIOS D-PANTENOL (PRÓ-VITAMINA B5) FORMA UMA PELÍCULA QUE ENVOLVE OS FIOS CONFERINDO BRILHO E EVITANDO FORMAÇÃO DE PONTAS DUPLAS DEIXA OS CABELOS MACIOS, FORTES E SAUDÁVEIS MANTEIGA DE CUPUAÇU HIDRATA, RENEGERA A FIBRA CAPILAR E PROMOVE BRILHO E MACIEZ INTENSA. SILICONE TERMOPROTETOR PROTEGE OS FIOS DO EFEITO DANOSO DO AR QUENTE DO SECADOR E REDUZ O TEMPO DE SECAGEM
  168. 168. • Têm brilho e maciez • Possui volume adequado. • Geralmente não têm problemas com ressecamento, nem oleosidade excessiva Cabelos Normais
  169. 169. • Tem excesso de oleosidade • Aspecto visual pesado e sem volume • Necessitam de lavagens diárias • Cuidados Especiais para evitar caspas e seborréias Cabelos Oleosos
  170. 170. Limpeza, Proteção e Refrescância Shampoo Limpeza Profunda Cabelos Oleosos SHAMPOO LIMPEZA PROFUNDA CARACTERÍSTICAS BENEFÍCIOS ÓLEO DE MELALEUCA ÓLEO NATURAL COM AÇÃO ANTISSÉPTICA E ANTIINFLAMATÓRIA MENTHA PROPORCIONA SENSAÇÃO DE FRESCOR APÓS A LIMPEZA PROTEÍNA DO TRIGO FORMA UM FILME QUE PROTEGE OS FIOS
  171. 171. Queda de Cabelo
  172. 172. Limpeza, Proteção e Força Shampoo Fortificante Cabelos Frágeis e Quebradiços SHAMPOO FORTIFICANTE CARACTERÍSTICAS BENEFÍCIOS CAPILLISIL Silício ativo ESTIMULA O METABOLISMO CELULAR E REATIVA O CRESCIMENTO DOS FIOS BIORESTORE (Cisteína biofuncionalizada + monômeros naturais) REPARA A FIBRA CAPILAR, CONFERE FORÇA, RESISTÊNCIA AOS FIOS E PREVINE FUTUROS DANOS EXTRATO DE RAIZ FORTE TONIFICA E TRATA OS CABELOS
  173. 173. SHAMPOO PIRITIONATO DE ZINCO CARACTERÍSTICAS BENEFÍCIOS Para eficiência do tratamento da caspa e seborréia é importante a alternância de produtos com substâncias diferentes, pois o uso contínuo do mesmo produto faz com que os fungos criem resistência ao ativo. Por isso, a linha Natusense é composta de 3 diferentes shampoos, com ativos eficazes de ação antifúngica e anti-séptica que ajudam a reduzir a coceira e descamações do couro cabeludo. 3 X1 LIMPA, TRATA E HIDRATA AO MESMO TEMPO PIRITIONATO DE ZINCO PODEROSO ANTIFÚNGICO QUE TRATA COM EFICÁCIA A CASPA E SEBORRÉIA PROTEÍNA DO TRIGO HIDROLIZADA FORMA UM FILME PROTETOR QUE HIDRATA E FORTALECE OS FIOS, AJUDANDO A MANTER OS CABELOS SEDOSOS E MACIOS, SEM RESSECAMENTO Controle da Caspa e Seborréia
  174. 174. SHAMPOO CETOCONAZOL CARACTERÍSTICAS BENEFÍCIOS POOL DE TENSOATIVOS SUAVE LIMPA SEM AGREDIR O COURO CABELUDO E NÃO RESSECA OS FIOS CETOCONAZOL POTENTE AÇÃO ANTIFÚNGICA QUE TRATA COM EFICÁCIA A CASPA E SEBORRÉIA Controle da Caspa e Seborréia SHAMPOO CLIMBAZOL CARACTERÍSTICAS BENEFÍCIOS CLIMBAZOL TRATA A CASPA E SEBORRÉIA REDUZINDO A COCEIRA E A IRRITAÇÃO DO COURO CABELUDO MENTOL PROMOVE SENSAÇÃO REFRESCANTE POOL DE TENSOATIVOS SUAVE LIMPA SEM AGREDIR O COURO CABELUDO E NÃO RESSECA OS FIOS
  175. 175. Condicionadores
  176. 176. Condicionadores & Leave on CONDICIONADOR MULTIVITAMINAS CARACTERÍSTICAS BENEFÍCIOS D-PANTENOL (PRÓ-VITAMINA B5) FORMA UMA PELÍCULA QUE ENVOLVE OS FIOS CONFERINDO BRILHO E EVITANDO FORMAÇÃO DE PONTAS DUPLAS DEIXA OS CABELOS MACIOS, FORTES E SAUDÁVEIS MANTEIGA DE KARITÉ AÇÃO LUBRIFICANTE E PROTETORA VITAMINA E AÇÃO ANTIOXIDANTE PROTEGE OS CABELOS PROTEÍNA DA SEDA UMECTANTE QUE PROMOVE HIDRATAÇÃO E BRILHO INTENSO
  177. 177. Condicionadores & Leave on CONDICIONADOR & LEAVE ON EXTRA BRILHO CARACTERÍSTICAS BENEFÍCIOS D-PANTENOL (PRÓ-VITAMINA B5) FORMA UMA PELÍCULA QUE ENVOLVE OS FIOS CONFERINDO BRILHO E EVITANDO FORMAÇÃO DE PONTAS DUPLAS DEIXA OS CABELOS MACIOS, FORTES E SAUDÁVEIS MANTEIGA DE CUPUAÇU HIDRATA, RENEGERA A FIBRA CAPILAR E PROMOVE BRILHO E MACIEZ INTENSA. SILICONE TERMOPROTETOR PROTEGE OS FIOS DO EFEITO DANOSO DO AR QUENTE DO SECADOR E REDUZ O TEMPO DE SECAGEM
  178. 178. Brasileiras lavam os cabelos cinco vezes por semana. 66% usam secador. Na última década, o número de adeptas das tinturas cresceu 50%. 60% das mulheres pesquisadas usam tinturas. 38% colorem os cabelos para mudar o visual. Danos Capilares
  179. 179. Saúde, Dietas. Tratamentos químicos: Tinturas, Relaxamentos, Permanentes. Meio ambiente: Luz UV (formação de radicais livres), Poluição, Vento. Mar ou Piscina. Tratamentos Diário Lavagens, Escovação, Penteado, Secador, Chapinha. Danos Capilares
  180. 180.  Os ciclos de aquecimento e resfriamento produzem “fissuras”  As altas temperaturas causam bolhas na fibra capilar Secador: Temperatura de 130°C durante 30 segundos nas áreas específicas Baby liss: Faz cachos numa temperatura entre 75°C durante 2 minutos por mecha de cabelo Chapinha: Temperatura de 100°C durante 5 segundos por mecha Relaxamento: Antes de iniciar o tratamento, é aplicada uma solução alcalina de tioglicolato de amônio (pH 9,5). A temperatura chega a 155°C. Danos Capilares
  181. 181. Causados por aquecimento Ref: The World of Hair, P&G Beauty Science. www.pg.com/science/haircare/hair_twh_toc.htm Diminuição das fibras capilares Danos Capilares
  182. 182. Propriedades  São estáveis nas temperaturas de procedimentos térmicos;  Apresentam baixa condutividade térmica;  Melhoram a distribuição do calor nos cabelos;  São filmógenos;  Evitam à perda de água e degradação da queratina;  Possuem efeito desfrizante reconhecido. Produtos preventivos do stress térmico Danos Capilares
  183. 183. Stress Térmico e a Proteção dos Silicones Sem Proteção... Protegido com Silicone... Cuticulas tratadas com silicone, o cabelo tem aparência mais suave e menos danificada. Cuticulas tratadas sem silicones, o cabelo tem aparência mais danificada. Danos Capilares
  184. 184.  Os raios UVB causam a degradação de ligações entre aminoácidos (pontes de hidrogênio e salinas) que formam a queratina, provocando danos estruturais aos cabelos.  Diminuição da resistência do fio de cabelo;  Cabelo quebradiço com pontas bi- partidas. Causados pelos raios UV Danos Capilares
  185. 185. Consequência da porosidade:  Perda de água e nutrientes  Perda de brilho  Diminuição da penteabilidade  Textura áspera comprometendo o sensorial  Absorção irregular de tinturas. Causados pelos raios UV Danos Capilares
  186. 186.  A água do mar tem concentração salina maior que a do nosso corpo: Soro fisiológico = 0,9 % Água do mar = 1,33 %  O sal depositado sobre o cabelo pode causar desidratação da fibra capilar depois da secagem.  O cloro da piscina, em contato prolongado com o cabelo ocasiona danos oxidativos às proteínas capilares, alterando a coloração e as pontes dissulfeto.  Os sais dissolvidos na piscina (principalmente Cálcio) podem ocasionar depósitos sobre os cabelos, alterando a espessura. Causados pela água do mar e piscina Danos Capilares
  187. 187.  Ação protetora dos silicones por formação de filme hidrofóbico;  A permeabilidade dos silicones ao vapor de água é alta, mas é baixa para a água no estado líquido.  Restaurador de pontas, leave-on contendo Silicones Ciclometicone e Dimeticonol, Amodimeticone e Feniltrimeticone. Proteção contra a ação da água do mar e piscina Danos Capilares
  188. 188. O processo de coloração dos cabelos ocorre através de reações oxidativas, iônicas ou metálicas.  As tinturas provocam intensa abertura das cutículas para otimizar a absorção dos precursores e acopladores;  Diminuição da maciez, brilho, e aumento do esforço para pentear; Danos químicos causados por tinturas e permanentes Danos Capilares
  189. 189. Principais causas: • Raios UVB • Lavagem • Penteado Perda da cor em cabelos tingidos Danos Capilares
  190. 190. • Silicones Formadores de Filmes  Filtros Solares quaternizados Propriedades  Protegem os corantes depositados no fio de cabelo  Conferem sustantividade dos filtros solares sobre o cabelo Produtos para proteção de cabelos tingidos Danos Capilares
  191. 191. Mudar a aparência é gostoso, mas não podemos esquecer que os processos químicos agridem, deixando os fios opacos e sem vida. Tratamento
  192. 192.  Processo de reposição de aminoácidos da queratina no córtex capilar  A queratinização ou cauterização, devolve o brilho e a maleabilidade perdidos durante processos químicos. Queratinização ou Cauterização
  193. 193. Kit Keratina Progress (4 etapas) Queratinização ou Cauterização SHAMPOO ANTI RESÍDUOS CARACTERÍSTICAS BENEFÍCIOS EXTRATO DE SEMENTE DE MORINGA POSSUI PROPRIEDADES ANTIPOLUENTES QUE REMOVEM AS PARTÍCULAS ADERIDAS AOS FIOS. LIMPA PROFUNDAMENTE OS CABELOS. PH ALCALINO ABRE A CUTÍCULA DOS FIOS PARA FACILITAR A PENETRAÇÃO DOS AMINOÁCIDOS DA QUERATINA PEELING CAPILAR CARACTERÍSTICAS BENEFÍCIOS
  194. 194. CHOQUE DE QUEERATINA CARACTERÍSTICAS BENEFÍCIOS AMINOÁCIDOS DA QUERATINA RECONSTRÓI A FIBRA CAPILAR, AUMENTA A RESISTÊNCIA, EVITA PONTAS DUPLAS E FORTALECE OS CABELOS. DEVOLVE A VITALIDADE, HIDRATA PROFUNDAMENTE, PROMOVENDO SEDOSIDADE E MACIEZ. CREME RECONSTRUTOR CARACTERÍSTICAS BENEFÍCIOS AMINOÁCIDOS DA QUERATINA RECONSTRÓI A FIBRA CAPILAR, AUMENTA A RESISTÊNCIA, EVITA PONTAS DUPLAS E FORTALECE OS CABELOS. DEVOLVE A VITALIDADE, HIDRATA PROFUNDAMENTE, PROMOVENDO SEDOSIDADE E MACIEZ. D-PANTENOL (PRÓ-VITAMINA B5) FORMA UMA PELÍCULA QUE ENVOLVE OS FIOS CONFERINDO BRILHO E EVITANDO FORMAÇÃO DE PONTAS DUPLAS. DEIXA OS CABELOS MACIOS, FORTES E SAUDÁVEIS Queratinização ou Cauterização
  195. 195. Finalizadores Idealizados para dar o toque final aos penteados, os produtos finalizadores para cabelos podem ser considerados “arma secreta de beleza”. Desenvolvidos para finalizar penteados, são considerados a maquiagem dos cabelos. Com silicones especiais podem ser usados para alisar, dar volume, brilho ou realçar os cachos.
  196. 196. BRILHO INTENSO – SERUM LUMINOSO CARACTERÍSTICAS BENEFÍCIOS REPARADOR DE PONTAS CARACTERÍSTICAS BENEFÍCIOS POOL ESPECIAL DE SILICONES FORMA UM FILME PROTETOR QUE TORNA OS FIOS MAIS RESISTENTES E PROTEGE CONTRA O CALOR DO SECADOR, ÁGUA DO MAR E CLORO. RECUPERA O BRILHO E REPARA AS PONTAS DUPLAS POOL DE SILICONES CONFERE BRILHO INSTÂNTANEO, EFEITO ANTI-FRIZZ E PROTEÇÃO TÉRMICA. ÓLEO DE BURITI FORMA UMA PELÍCULA PROTETORA SOBRE O FIO DO CABELO. FRAGRÂNCIA SUAVE MANTÉM O CABELO PERFUMADO DURANTE O DIA TODO. FILTRO UVB PROTEÇÃO DA COR DO CABELO. Finalizadores
  197. 197. LISO PERFEITO CARACTERÍSTICAS BENEFÍCIOS Indicação: Para cabelos secos e/ou muito volumosos; ondulados ou enrolados aos quais se quer alisar e/ou controlar. LUMINI SYSTEM SISTEMA INOVADOR DOADOR DE BRILHO E MANUTENÇÃO DA COR DOS CABELOS. CONFERE BRILHO TRIDIMENSIONAL POOL DE SILICONES CONFERE EFEITO LISS (ALISAMENTO NATURAL); AÇÃO ANTI-FRIZZ E PROTEÇÃO TÉRMICA. FILTRO UVB PROTEÇÃO DA COR DO CABELO. SPRAY FÁCIL DE USAR Finalizadores
  198. 198. CACHOS PERFEITOS CARACTERÍSTICAS BENEFÍCIOS POOL DE SILICONES MODELAGEM DOS CACHOS; CONTROLE DO FRISADO; DIMINUIÇÃO DO VOLUME E PROTEÇÃO TÉRMICA. FILTRO UVB PROTEÇÃO DA COR DO CABELO. PROTEÍNAS DO TRIGO FORMA UM FILME PROTETOR NO CABELO SPRAY FÁCIL DE USAR Indicação Para cabelos secos e/ou muito volumosos; encaracolados onde se deseja manter e/ou definir os cachos. Finalizadores
  199. 199. VOLUME INTENSO CARACTERÍSTICAS BENEFÍCIOS Indicação: Para cabelos finos e poucos volumosos; que apresentam sinais de calvície e em penteados específicos POOL DE SILICONES PROMOVE ONDULAMENTO NATURAL; PROTEÇÃO TÉRMICA E PROTEÇÃO DA COR DOS CABELOS POLIQUATERNIUM 55 MELHORA A RELAÇÃO CORPO/VOLUME DOS CABELOS PROTEÍNA DE TRIGO E D-PANTENOL CONFERE PROTEÇÃO E BRILHO. SPRAY FÁCIIL DE USAR Finalizadores
  200. 200. NINGUÉM É IGUAL A VOCÊ. E NENHUMA FARMÁCIA É IGUAL À PHARMAPELE. Muito Obrigada(o)! deptotecnico@pharmapele.com.br (81) 3366-6019 www.pharmapele.com.br

×