Richard serra

1.787 visualizações

Publicada em

Publicada em: Negócios, Tecnologia
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.787
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
12
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
17
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Richard serra

  1. 1. Richard Serra
  2. 2. Biografia • Richard Serra, nascido a 2 de Novembro de 1939 em São Francisco, é um escultor americano minimalista e artista de vídeo. É conhecido por trabalhar com enormes peças de metal. • Estudou literatura inglesa na Universidade da Califórnia, Santa Bárbara, entre 1957 e 1961. Estudou também belas artes na Universidade de Yale, entre 1961 e 1964. Enquanto na Costa Oeste, ele ajudou a sustentar-se através do trabalho em fabricas de aço, que teve uma forte influência na sua obra posterior.
  3. 3. Técnica e Equipamento Apesar da maioria do trabalho de Serra ser relativo a esculturas, iremos focar apenas no seu trabalho realizado em video. . Filmes apenas de um take; . Predominio dos filmes sem audio; . Audio e video relacionam-se entre si; . Filmes a preto e branco; . Grande influência no fabrico/uso do seu material preferido: o aço; . Uso de maquinas de 16 mm, principalmente nos seus primeiros trabalhos; . As suas mãos são as “estrelas” de grande parte dos seus filmes.
  4. 4. Portfólio • Hand Catching Lead (1968) 16mm, preto e branco, sem som, 3 min Primeiro filme de Serra, no qual a sua mão direita aparece. Neste video, Serra tenta pegar em pedaços de chumbo. A mão abre e fecha conforme ele tenta agarrar os pedaços que vão caindo cada vez mais e mais.
  5. 5. Portfólio • Hands Tied (1968) Preto e branco, sem som, 6min
  6. 6. Portfólio • Frame (1968) 16mm, preto e branco, 21 Min.
  7. 7. Portfólio • Anxious Automation (1971) 16mm, preto e branco, som, 5 Min O filme concentra-se em duas perspectivas de câmera de Joan Jonas, que realizou uma série de movimentos, enquanto a câmera faz zoom in e out da imagem. Os movimentos do actor e os da câmara relacionam-se por uma trilha sonora de Philip Glass.
  8. 8. Portfólio • Television Delivers People (1973) Cor, sem som, 6 Min. Com texto a passar no ecrã, Serra critica os media televisivos como instrumento de controlo social, que, disfarçado de entretenimento, reforçam o poder daqueles que lucram com ele: as corporações. Uma crítica inteligente do sistema capitalista bastante à frente do seu tempo.
  9. 9. Portfólio • Prisioner’s Dilemma (1974) Preto e branco, som, 40 Min.
  10. 10. Portfólio • Boomerang (1974) Cor, som, 10 Min. Por meio do feedback através de headphones, as palavras da cineasta e escultora americana Nancy Holt podem ser ouvidas, embora o conteúdo do seu discurso seja pouco compreensivel.
  11. 11. Portfólio • Railroad Turnbridge (1976) Treze ângulos distintos gravam o movimento da ponte nas suas funções principais: abertura, encerramento, entre outros. Os movimentos de câmera e da ponte relacionam-se entre si.
  12. 12. Portfólio • Steelmill (1979) 16mm, preto e branco, 28min Richard Serra e o historiador de arte Clara Weyergraf filmaram este filme em Heinrichshütte em Hattingen, onde Serra, até o final deste projeto, em 1987, costumava ter as suas esculturas de aço fabricadas. Um filme mudo, que justapõe as forças violentas das máquinas, e mostra a actividade física dos trabalhadores.
  13. 13. Webgrafia http://www.arsenal-berlin.de/en/arsenal-experimental/films/r.html http://www.answers.com/topic/richard-serra#Video_art http://www.absoluteastronomy.com/topics/Richard_Serra Trabalho realizado por: Tiago Rodrigues – 30315 Comunicação e Multimédia Vila Real, 14 de Outubro, 2010

×