SEPARAÇÃO DE MATERIAIS Professor ÉdioMazera – Química Equipe: Estefani I. Cucoo, Karina Moreira, Rosangela Inacio, Osmarin...
Cromatografia<br />Cromatografia é uma técnica utilizada para analisar, identificar ou separar os componentes de uma mistu...
	A cromatografia é definida como a separação de dois ou mais compostos diferentes por distribuição entre fases, uma das qu...
<ul><li> A mistura é adsorvida em uma fase fixa, e uma fase móvel "lava" continuamente a mistura adsorvida. Pela escolha a...
                                      <br />   Dependendo da natureza das duas fases envolvidas tem-se diversos tipos de c...
CROMATOGRAFIA EM COLUNA:<br />  A cromatografia em coluna é uma técnica de partição entre duas fases, sólida e líquida, ba...
CROMATOGRAFIA EM PAPEL<br />É uma alternativa da técnica de cromatografia em coluna, utilizando uma folha ou tira de papel...
CROMATOGRAFIA GASOSA<br />Fornece um meio rápido e fácil para: <br />a)     determinar o número de componentes em uma mist...
É um instrumento essencial para a caracterização de compostos covalentes de massa molecular moderada. Utiliza como a fase ...
O hidrogênio deve ser cuidadosamente utilizado por perigo de inflamação e explosão, e apresenta também reatividade em amos...
          FIM.<br />
Trabalho sobre cromatografia   2ª turismo
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Trabalho sobre cromatografia 2ª turismo

1.643 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.643
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
8
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Trabalho sobre cromatografia 2ª turismo

  1. 1. SEPARAÇÃO DE MATERIAIS Professor ÉdioMazera – Química Equipe: Estefani I. Cucoo, Karina Moreira, Rosangela Inacio, OsmarinaTillSérie: 2ª TurismoTema: Cromatografia ANO 2011 <br />
  2. 2. Cromatografia<br />Cromatografia é uma técnica utilizada para analisar, identificar ou separar os componentes de uma mistura. <br />
  3. 3. A cromatografia é definida como a separação de dois ou mais compostos diferentes por distribuição entre fases, uma das quais é estacionária e a outra móvel.<br />
  4. 4. <ul><li> A mistura é adsorvida em uma fase fixa, e uma fase móvel "lava" continuamente a mistura adsorvida. Pela escolha apropriada da fase fixa e da fase móvel, além de outras variáveis, pode-se fazer com que os componentes da mistura sejam arrastados ordenadamente.</li></li></ul><li> Os componentes da mistura adsorvem-se com as partículas de sólido devido a interação de diversas forças intermoleculares. O composto terá uma maior ou menor adsorção, dependendo das forças de interação, que variam na seguinte ordem: formação de sais > coordenação > pontes de hidrogênio > dipolo-dipolo > Van der Waals.<br />
  5. 5.                                       <br />   Dependendo da natureza das duas fases envolvidas tem-se diversos tipos de cromatografia:<br />- sólido-líquido (coluna, camada fina, papel);<br />- líquido-líquido;<br />- gás-líquido.<br />
  6. 6. CROMATOGRAFIA EM COLUNA:<br />  A cromatografia em coluna é uma técnica de partição entre duas fases, sólida e líquida, baseada na capacidade de adsorção e solubilidade.<br />
  7. 7.
  8. 8. CROMATOGRAFIA EM PAPEL<br />É uma alternativa da técnica de cromatografia em coluna, utilizando uma folha ou tira de papel adsorvente. Utiliza-se o papel de filtro de celulose, por ser altamente hidrófilo, mantendo um revestimento de água imperceptível.<br />
  9. 9.
  10. 10. CROMATOGRAFIA GASOSA<br />Fornece um meio rápido e fácil para: <br />a)     determinar o número de componentes em uma mistura;<br />b)      a presença de impurezas em uma substância;<br />c)       esclarecer sobre a identidade de um composto;<br />
  11. 11. É um instrumento essencial para a caracterização de compostos covalentes de massa molecular moderada. Utiliza como a fase móvel um gás de arraste. Os gases hélio e hidrogênio são os mais utilizados, por apresentarem boa condutividade térmica, propriedade exigida pelo detector, e por apresentarem baixa densidade que resultam em alta velocidade de escoamento, reduzindo assim o tempo necessário para a sua separação.<br />
  12. 12. O hidrogênio deve ser cuidadosamente utilizado por perigo de inflamação e explosão, e apresenta também reatividade em amostras com componentes reduzíveis ou insaturados. Outros gases como o argônio ou nitrogênio exige outros tipos de detectores. A cromatografia gasosa se divide em duas subclasses, de acordo com a fase estacionária: cromatografia gasosa-sólida e cromatografia gasosa-líquida.<br />
  13. 13.
  14. 14. FIM.<br />

×