Novo trabalho de quimica

2.711 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia, Design
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.711
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
41
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
27
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Novo trabalho de quimica

  1. 1. Separação de Materiais <ul><li>Professor:Édio Mazera-Química </li></ul><ul><li>Equipe:Bruno,Isabela,Katarine e Laira </li></ul><ul><li>Tema:Destilação Simples e fracionada </li></ul><ul><li>Ano 2011 </li></ul>
  2. 2. O que é a Destilação? <ul><ul><li>É um processo caracterizado por uma dupla mudança de estado físico.Na qual uma substância,que está no estado líquido,é aquecida até atingir a temperatura de ebulição,transformando-se em vapor,e novamente resfriada até que toda a massa retorne ao estado líquido.O processo tem cido utilizado desde a antiguidade para a purificação de substâncias e fabricação de essências e óleos.Seus primeiros estudos cientìficos documentados surgiram na Idade Média,por volta do ano 800,com o alquimista Jabir ibn Hayyan. </li></ul></ul>
  3. 3. Destilação Simples <ul><li>Serve para separar uma mistura homogênea, do tipo sólido-líquido, como por exemplo, NaCl e H2O. É importante que os pontos de ebulição das duas substâncias sejam bastante diferentes. A solução é colocada em um balão de destilação, feito de vidro com fundo redondo e plano, que é esquentado por uma chama. A boca do balão é tampada com uma rolha, junto com um termômetro. O balão possui uma saída lateral, inclinada para baixo, na sua parte superior. Nessa saída é acoplado o condensador. </li></ul>
  4. 4. <ul><li>O condensador é formado por um duto interno, onde em volta desse duto passa água fria corrente. Esse duto desemboca em um béquer ou erlenmeyer. A solução no balão é esquentada, até que o líquido com menor ponto de ebulição comece a evaporar. Ao evaporar, ele só tem o condensador como caminho a seguir. As paredes do condensador são frias, pois a sua volta passa água fria. Ao entrar em contato com essas paredes frias, o vapor se condensa, retornando ao estado líquido. Após algum tempo, todo o líquido de menor ponto de ebulição terá passado para o béquer, e sobrará a outra substância, sólida, no balão de vidro. </li></ul>
  5. 5. Destilação Simples
  6. 6. Destilação Fracionada <ul><li>Serve para separar misturas homogêneas, do tipo líquido-líquido. Por exemplo uma simples mistura de água e álcool.Nessa destilação os líquidos são separados através de seus pontos de ebulição, desde que eles não sejam muito próximos. </li></ul><ul><li>Durante o aquecimento da mistura, é separado, primeiramente o líquido de menor ponto de ebulição, depois o líquido de ponto de ponto de ebulição intermediário e sucessivamente até o líquido de maior ponto de ebulição. </li></ul><ul><li>Na destilação fracionada, utilizando uma coluna de fracionamento, é necessário levar alguns fatores em consideração. Nesta aparelhagem só há uma passagem para o vapor passar, quando ele é formado no balão volumétrico, ele passa pelo condensador reto, condensando, ou seja, transformando em líquido que é recolhido no erlenmeyer. </li></ul>
  7. 7. <ul><li>No momento da destilação é necessário observar e anotar a temperatura do sistema de tempo em tempo, isso é feito para saber quando o vapor estiver sendo formado em um ponto de ebulição. No ponto de ebulição a temperatura ficará constante até que aquele líquido todo passe para o estado gasoso, após este ponto a temperatura voltará a aumentar até atingir o segundo ponto de ebulição, onde o segundo líquido passará para o estado gasoso, e assim sucessivamente, até o último componente líquido da mistura passar para o estado gasoso. Como dito, de tempo em tempo é necessário fazer uma leitura de temperatura, assim como é necessário fazer a troca do erlenmeyer receptor do líquido de tempo em tempo, para que a separação não seja frustrada, ou seja, em cada ponto de ebulição teremos um componente líquido se separando da mistura, neste momento, então é necessário trocar o frasco receptor. </li></ul>
  8. 8. Destilação Fracionada
  9. 9. Filtração a vácuo <ul><li>Filtração a vácuo: é um método utilizado para separar misturas heterogêneas do tipo sólido-líquido, a filtração simples não é muito lenta já a filtração a vácuo acelera o processo de filtração. A água que entra pela trompa d’água arrasta o ar do interior do frasco, diminuindo a pressão interna do kitassato, o que torna a filtração mais rápida. </li></ul>
  10. 11. Destilação Atmosférica <ul><li>Serve pra se obter nitrogênio e oxigênio gasosos a partir do ar atmosférico. Nesse processo, o ar atmosférico é resfriado progressivamente até a formação de uma fase líquida rica em oxigênio, que se condensa a uma temperatura superior à do nitrogênio. A seguir, essa fase é levada à ebulição, através de um aquecimento gradual com pressão constante, sendo o vapor assim obtido proporcionalmente mais rico em nitrogênio que a mistura inicial. Se, durante a evaporação da fase líquida, a quantidade de vapor em contato com essa fase for aumentada, impedindo que o equilíbrio entre as duas fases seja atingido, a temperatura de ebulição cresce progressivamente, enquanto o líquido se torna cada vez mais pobre em nitrogênio. Repetindo essa operação algumas vezes, é possível obter-se um resíduo constituído de oxigênio praticamente puro. </li></ul>
  11. 12. Bibliogradia <ul><li>* http://www.quiprocura.net/separa_mistura2.htm * http://www.infoescola.com/quimica/destila%C3%A7ao-simples/ </li></ul><ul><li>* http://www.coladaweb.com/quimica/quimica-geral/destilacao </li></ul>
  12. 13. <ul><li>FIM... </li></ul>

×