Tabela periódica

5.679 visualizações

Publicada em

Aula sobre a Tabela Periódica para o Ensino Médio.

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.679
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
254
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Tabela periódica

  1. 1. TABELA PERIÓDICA C.E. Visconde de Araújo Ensino Médio – 1º ano Noturno Biologia Professor Thiago Benevides
  2. 2. Histórico Em 1789, Antoine Lavoisier foi o primeiro a classificar os elementos em grupo. Antoine Lavoisier Johann Dobereiner Em 1829, Johann Dobereiner foi o segundo a tentar organizar os elementos químicos por Grupos de Tríade. Alexandre de Chancourtois Em 1862, Alexandre de Chancourtois tentou ordená-los segundo o Parafuso Télurico. John Newlands Em 1864, John Newlands realizou a quarta tentativa com a Lei das Oitavas .
  3. 3. O ―pai‖ da Tabela Periódica Dmitri Ivanovich Mendeleev (Tobolsk, 8 de Fevereiro de 1834 — São Petersburgo, 2 de Fevereiro de 1907), foi um químico russo, criador da primeira versão da tabela periódica dos elementos químicos, prevendo as propriedades de elementos que ainda não tinham sido descobertos.
  4. 4. Introdução • Períodos (linhas horizontais) Apresentam regularidade na variação das propriedades físicas dos elementos. • Grupos ou Famílias (linhas verticais) Semelhança nas propriedades químicas dos elementos. • Lei Periódica Quando os elementos químicos são agrupados em ordem crescente de número atômico (Z), observa-se a repetição periódica de suas propriedades.
  5. 5. A Tabela Periódica (http://www.tabelaperiodicacompleta.com/)
  6. 6. Organização da Tabela Periódica • Famílias ou grupos  18 famílias  Propriedades químicas semelhantes  Mesma configuração eletrônica na camada de valência. Ex.: 3Li – 1s2 2s1 11Na – 1s2 2s2 2p6 3s1 Família IA 1 elétron na camada de valência.
  7. 7. Organização da Tabela Periódica • Famílias A  Elementos representativos.  Elétrons mais energéticos em subníveis s ou p.  O número da família indica a quantidade de elétrons na camada de valência. Família Elétrons na camada de valência Distribuição eletrônica Nome IA 1 ns1 Metais alcalinos IIA 2 ns2 Metais alcalinos terrosos IIIA 3 ns2 np1 Família do Boro IVA 4 ns² np² Família do Carbono VA 5 ns² np³ Família do Nitrogênio VIA 6 ns² np4 Calcogênios VIIA 7 ns² np5 Halogênios VIIIA 8 ns² np6 Gases nobres
  8. 8. Organização da Tabela Periódica
  9. 9. Organização da Tabela Periódica Observação: Elementos da mesma família podem substituir uns aos outros nos tecidos vivos. Exemplo: Chernobyl (Ucrânia) Estrôncio (Sr) no lugar do Cálcio (Ca) em ossos e dentes.
  10. 10. Organização da Tabela Periódica • Famílias B  Elementos de transição.  Elétrons mais energéticos em subníveis d ou f. IIIB IVB VB VIB VIIB VIIIB IB IIB d1 d2 d3 d4 d5 d6 d7 d8 d9 d10 • Períodos ou séries  Número do período corresponde à quantidade de camadas (níveis) eletrônicas.
  11. 11. Localização na Tabela Periódica A localização de um elemento na tabela periódica será determinada pela sua distribuição eletrônica. Exemplo: 17Cl 1s2 2s2 2p6 3s2 3p5 (K=2 L=8 M=7)  3 camadas (K, L, M)  7 elétrons na camada de valência 3º período Família VIIA Halogênios
  12. 12. Propriedades Periódicas e Aperiódicas • Propriedades Periódicas: Assumem valores semelhantes em intervalos regulares, a medida em que o número atômico aumenta. Os valores das propriedades periódicas se repetem periodicamente. (Ex.: o número de elétrons na camada de valência) - Raio atômico: Difícil de ser determinado pois o átomo não tem limite definido. Para comparar os raios atômicos devemos levar em conta:  Número de níveis (camadas): Quanto maior o número de níveis, maior será o tamanho do átomo.  Número de prótons: Quanto maior o número de prótons, menor será o tamanho do átomo.
  13. 13. Propriedades Periódicas e Aperiódicas - Raio atômico: Quanto maior o número de prótons, menor será o tamanho do átomo? Por quê???? O átomo que apresenta maior número de prótons exerce maior influência sobre seus elétrons, o que ocasiona uma redução no seu tamanho. Generalizando... • Na mesma família: o raio atômico (tamanho do átomo) aumenta de cima para baixo na tabela. • No mesmo período: o tamanho do átomo aumenta da direita para a esquerda na tabela.
  14. 14. Propriedades Periódicas e Aperiódicas - Raio atômico:
  15. 15. Propriedades Periódicas e Aperiódicas - Raio atômico:
  16. 16. Propriedades Periódicas e Aperiódicas - Energia de ionização: Energia necessária para remover um ou mais elétrons de um átomo isolado, no estado gasoso. Ex.: X0 + energia Quanto maior o tamanho do átomo, menor será a energia de ionização. Formação de íons positivos (cátions) Quanto maior o raio atômico, menor será a atração sobre o elétron Portanto... X+ + 1e
  17. 17. Propriedades Periódicas e Aperiódicas - Energia de ionização:
  18. 18. Propriedades Periódicas e Aperiódicas - Eletronegatividade: É a força de atração exercida sobre os elétrons em uma ligação química. Quanto menor o tamanho do átomo, maior será a eletronegatividade (força de atração sobre elétrons), pois a distância entre o núcleo e o elétron é menor.
  19. 19. Propriedades Periódicas e Aperiódicas - Eletronegatividade:
  20. 20. Propriedades Periódicas e Aperiódicas • Propriedades Aperiódicas: São aquelas cujos valores variam (crescendo ou decrescendo) à medida que o número atômico aumenta e que não se repetem em períodos determinados ou regulares. - Massa atômica: Aumenta de acordo com o número atômico do elemento.
  21. 21. OBRIGADO PELA ATENÇÃO!

×