REVOLUÇÃOREVOLUÇÃO
FRANCESAFRANCESA
www.thiagohmlopes.blogspot.comwww.thiagohmlopes.blogspot.com
CONTEXTO PRÉ-REVOLUCIONÁRIO:CONTEXTO PRÉ-REVOLUCIONÁRIO:
⇒ Na segunda metade do século XVIII, a França era um país
basicam...
Mandato de Luís XVI e Maria Antonieta.Mandato de Luís XVI e Maria Antonieta.
⇒ A economia francesa encontrava-se em frangalhos, deixando o
Estado a beira da falência.
⇒ A Grande Seca (1787)Grande Sec...
CLEROCLERO
(1° estado)
Prelados da Igreja Católica, altos e
baixos cargos eclesiásticos. (0,5%(0,5%
da população)da popula...
Visão geral da Assembleia dos Estados em Versalhes.Visão geral da Assembleia dos Estados em Versalhes.
⇒ Para não ceder à Plebe, não prejudicando seus representados,
Clero e Nobreza combinavam seus votos para aplicaremClero e...
Juramento da Péla (início da
Assembleia Nacional)
Sátiras sobre a exploração do 1° e 2° estados sobre o 3°Sátiras sobre a exploração do 1° e 2° estados sobre o 3°
Tomada da Bastilha.Tomada da Bastilha.
⇒ Devido a grande quantidade de membros, o terceiro estado
dividiu-se em três partidos de acordo com a heterogeneidade
dos...
O GrandeO Grande
Medo (1789 -Medo (1789 -
1791)1791)
Setores mais pobres, camponeses principalmente,
saqueiam propriedades...
Sátiras sobre oSátiras sobre o
“Grande Medo”.“Grande Medo”.
⇒ Para consolidar ideais
iluministas entre a
sociedade francesa, os
líderes revolucionários
criaram a Declaração dosDeclar...
PIONEIRISMO FEMINISTA:PIONEIRISMO FEMINISTA:
⇒ Marie Olympe de Gouge,Marie Olympe de Gouge, foi uma
jornalista e autora de...
⇒ Em 1792, aEm 1792, a ““MarselhesaMarselhesa””, cântico militar dos batalhões, cântico militar dos batalhões
milicianos d...
⇒ Instituída em 1794, simboliza os lemas da Revolução:Instituída em 1794, simboliza os lemas da Revolução:
⇒ AZULAZUL: Lib...
A guihotina e sua morte
“humanizada”; Robespierre e a
execução de Luís XVI.
FASE DO TERROR (DITADURA JACOBINA – CONVENÇÃO):FASE DO TERROR (DITADURA JACOBINA – CONVENÇÃO):
⇒ Maximilien RobespierreMax...
⇒ Para apagar qualquer influência do Antigo Regime,
principalmente a cultura católica, a Revolução alterou o calendário
jú...
Charge satirizando o “Período doCharge satirizando o “Período do
Terror”; Reação Termidoriana eTerror”; Reação Termidorian...
REAÇÃO TERMIDORIANA (GOVERNO DO DIRETÓRIO):REAÇÃO TERMIDORIANA (GOVERNO DO DIRETÓRIO):
⇒ 27 de julho de 1794, data conheci...
⇒ Foi resgatado o voto censitáriovoto censitário nas eleições, anulou-se oanulou-se o
sufrágio universalsufrágio universal...
Graco Babeuf e seu artigo sobre Igualdade..
Revolução francesa
Revolução francesa
Revolução francesa
Revolução francesa
Revolução francesa
Revolução francesa
Revolução francesa
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Revolução francesa

4.347 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.347
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2.128
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Revolução francesa

  1. 1. REVOLUÇÃOREVOLUÇÃO FRANCESAFRANCESA www.thiagohmlopes.blogspot.comwww.thiagohmlopes.blogspot.com
  2. 2. CONTEXTO PRÉ-REVOLUCIONÁRIO:CONTEXTO PRÉ-REVOLUCIONÁRIO: ⇒ Na segunda metade do século XVIII, a França era um país basicamente agrário, com 20 milhões de camponeses20 milhões de camponeses. 5 milhões5 milhões de franceses habitavam as cidadescidades, das quais a principal, Paris, com 500 mil habitantes. A população crescera e continuava crescendo, em virtude das novas técnicas de cultivo e da melhoria da alimentação. ⇒ O reirei monopolizava a administração, concedia os privilégios, esbanjava um luxo espetacular e controlava os tribunais, enviando seus opositores ou desafetos para a BastilhaBastilha - a odiada prisão que se tornou um símbolo do Antigo Regime. Mas o rei e o Estado francês não conseguiam gerir a economia. ⇒ A arrecadação de impostos, por exemplo, estava na mão dos particulares (nobresnobres), mas não repassam, nem pagam, o que devem ao rei. ⇒ O cleroclero também era privilegiado pelo Antigo Regime, isento de impostos e legitimando a estrutura do Direito Divino.
  3. 3. Mandato de Luís XVI e Maria Antonieta.Mandato de Luís XVI e Maria Antonieta.
  4. 4. ⇒ A economia francesa encontrava-se em frangalhos, deixando o Estado a beira da falência. ⇒ A Grande Seca (1787)Grande Seca (1787) devastou a safra do trigo, base alimentar da França, provocando fome nas classes baixas. ⇒ A corte ignorava a grave situação social, isolando-se em banquetes fartos e caros no Palácio de VersalhesPalácio de Versalhes, obra de Luís XIV, estratégia de fuga das rebeliões públicas. ⇒ A Guerra dos Sete AnosGuerra dos Sete Anos, e o apoio dado por Luís XVI a GuerraGuerra de Independência dos EUAde Independência dos EUA, contribuíram para a piora da situação geral da economia francesa. ⇒ Para tentar solucionar, amenizar, a crise, o rei convocou os Estados GeraisEstados Gerais (1789), reunião que não ocorria a pelo menos 175 anos.
  5. 5. CLEROCLERO (1° estado) Prelados da Igreja Católica, altos e baixos cargos eclesiásticos. (0,5%(0,5% da população)da população) NOBREZANOBREZA (2° estado) Aristocracia que monopoliza os altos cargos militares (espada) e jurídicos (toga). (1,5% da(1,5% da população)população) PLEBEPLEBE (3° estado) Burguesia, artesãos e camponeses (sans-cullotes). (88% da população)(88% da população) ⇒ A Assembleia dos Estados Gerais funcionava como um Conselho RealConselho Real, representando a sociedade francesa que se encontrava dividida, em uma estrutura estamental inspirada na Idade Média, onde cada estado votava por ordemcada estado votava por ordem (1 voto cada), não por proporçãonão por proporção:
  6. 6. Visão geral da Assembleia dos Estados em Versalhes.Visão geral da Assembleia dos Estados em Versalhes.
  7. 7. ⇒ Para não ceder à Plebe, não prejudicando seus representados, Clero e Nobreza combinavam seus votos para aplicaremClero e Nobreza combinavam seus votos para aplicarem derrotas ao 3° estadoderrotas ao 3° estado, que desejava reformar de fato o Estado francês, cassar privilégios, cobrar impostos dos nobres e da igreja, e limitar o poder real. ⇒ Percebendo a injustiça realizada por aqueles “que não queriam“que não queriam dar os anéis para salvar os dedos“ (Jacques Necker – ministrodar os anéis para salvar os dedos“ (Jacques Necker – ministro das finanças)das finanças), os delegados da Plebe retiraram-se dos Estados Gerais e se isolaram na quadra de péla (espécie de tênis), autoproclamando-se Assembleia Nacional Constituinte,Assembleia Nacional Constituinte, inspirada no Iluminismo. ⇒ Quando Luís XVI tentou fechar a Assembleia, levantes populares estouraram, principalmente em Paris, onde setores populares tomaram armas do Arsenal dos InválidosArsenal dos Inválidos e a BastilhaBastilha.
  8. 8. Juramento da Péla (início da Assembleia Nacional)
  9. 9. Sátiras sobre a exploração do 1° e 2° estados sobre o 3°Sátiras sobre a exploração do 1° e 2° estados sobre o 3°
  10. 10. Tomada da Bastilha.Tomada da Bastilha.
  11. 11. ⇒ Devido a grande quantidade de membros, o terceiro estado dividiu-se em três partidos de acordo com a heterogeneidade dos grupos representados: JACOBINOSJACOBINOS (Esquerda)(Esquerda) Baixa burguesia e setores mais populares (sans-cullotes), ideais mais radicaisradicais. GIRONDINOSGIRONDINOS (Direita)(Direita) Alta burguesia e baixo clero, ideais mais moderadosmoderados. PLANÍCIEPLANÍCIE (Centro)(Centro) Grupo diversificado, sem definiçãosem definição ideológicaideológica, tende seguir quem está no poder.
  12. 12. O GrandeO Grande Medo (1789 -Medo (1789 - 1791)1791) Setores mais pobres, camponeses principalmente, saqueiam propriedades da nobreza indiscriminadamente, roubando e matando. MonarquiaMonarquia ConstitucionalConstitucional (1791 – 1792)(1791 – 1792) Para acalmar as massas, a Assembleia corta os privilégios feudais e impõe uma Constituição ao rei, confisca bens da Igreja. Devido invasões estrangeiras, os monarcas são presos. Convenção –Convenção – Terror (1792 –Terror (1792 – 1795)1795) Os jacobinos assumem o poder apoiados pelas bases militares. Maximilien Robespierre surge como maior líder. Execução dos monarcas e utilização da guilhotina em excesso (cerca de 40 mil mortes). Diretório –Diretório – ReaçãoReação TermidorianaTermidoriana (1795 – 1799)(1795 – 1799) Os girondinos conseguem retirar Robespierre do poder, organizando um governo dividido entre 5 diretores, evitando nova tirania. ConsuladoConsulado Para evitar revoltas populares, os girondinos entregam o poder aos militares. Napoleão Bonaparte assume o governo devido seu prestígio após lutas contra invasores e campanha no Egito.
  13. 13. Sátiras sobre oSátiras sobre o “Grande Medo”.“Grande Medo”.
  14. 14. ⇒ Para consolidar ideais iluministas entre a sociedade francesa, os líderes revolucionários criaram a Declaração dosDeclaração dos Direitos do HomemDireitos do Homem. ⇒ Destaque para a valorização das liberdades individuais e o ecumenismo religioso. ⇒ Serviu de inspiração para a Declaração Universal dosDeclaração Universal dos Direitos Humanos da ONUDireitos Humanos da ONU, base dos DH de vários países.
  15. 15. PIONEIRISMO FEMINISTA:PIONEIRISMO FEMINISTA: ⇒ Marie Olympe de Gouge,Marie Olympe de Gouge, foi uma jornalista e autora de peças teatrais que se opôs ao radicalismo jacobino, inclusive se apresentando como contrária à pena de morte, e questionou o conteúdo machistamachista reinante na Declaração dos Direitos do Homem. ⇒ Escreveu a Declaração dosDeclaração dos Direitos da Mulher e da CidadãDireitos da Mulher e da Cidadã, em setembro de 1792, inspirada em textos de Rousseau, sendo considerada pioneira na luta feminista e anti-escravista. ⇒ Foi condenada à guilhotina pelo governo jacobita em 03/11/1793.
  16. 16. ⇒ Em 1792, aEm 1792, a ““MarselhesaMarselhesa””, cântico militar dos batalhões, cântico militar dos batalhões milicianos de Marselha que enfrentaram as tropas absolutistas quemilicianos de Marselha que enfrentaram as tropas absolutistas que invadiram a França, virouinvadiram a França, virou Hino NacionalHino Nacional, símbolo da luta popular, símbolo da luta popular contra a tirania pela liberdade.contra a tirania pela liberdade. Avante, filhos da Pátria,Avante, filhos da Pátria, O dia da Glória chegou.O dia da Glória chegou. Contra nós, a tiraniaContra nós, a tirania O estandarte encarnado se eleva!O estandarte encarnado se eleva! Ouvis nos campos rugiremOuvis nos campos rugirem Esses ferozes soldados?Esses ferozes soldados? Vêm eles até nósVêm eles até nós Degolar nossos filhos, nossas mulheres.Degolar nossos filhos, nossas mulheres. Às armas cidadãos!Às armas cidadãos! Formai vossos batalhões!Formai vossos batalhões! Marchemos, marchemos!Marchemos, marchemos! Nossa terra do sangue impuro se saciará!Nossa terra do sangue impuro se saciará!
  17. 17. ⇒ Instituída em 1794, simboliza os lemas da Revolução:Instituída em 1794, simboliza os lemas da Revolução: ⇒ AZULAZUL: Liberdade (Parlamento);: Liberdade (Parlamento); ⇒ BRANCOBRANCO: Igualdade (Poder Executivo);: Igualdade (Poder Executivo); ⇒ VERMELHOVERMELHO: Fraternidade (Povo).: Fraternidade (Povo).
  18. 18. A guihotina e sua morte “humanizada”; Robespierre e a execução de Luís XVI.
  19. 19. FASE DO TERROR (DITADURA JACOBINA – CONVENÇÃO):FASE DO TERROR (DITADURA JACOBINA – CONVENÇÃO): ⇒ Maximilien RobespierreMaximilien Robespierre era um advogado de classe média. Reconhecido como bom orador, assumiu a chefia dos Jacobinos na fundação do grupo (convento de Saint Jacques) e criou o Comitê de Salvação PúblicaComitê de Salvação Pública, para perseguir e executar os “inimigos da Revolução”. ⇒ A guilhotina foi uma invenção do médico Joseph-IgnaceJoseph-Ignace GuillotinGuillotin, que também emprestou o nome à obra. ⇒ Luís XVI e Maria Antonieta foram decapitados após a confirmação de cartas assinadas pelo monarca pedindo ajuda aos países absolutistas europeus (Prússia e Espanha). ⇒ Antes das decapitações, panfletos pornográficospanfletos pornográficos sobre osobre o cotidiano dos monarcas e da nobrezacotidiano dos monarcas e da nobreza eram comuns em toda a França. Foi a forma encontrada pelos líderes mais radicais para conquistar apoio dos mais pobres (analfabetizados) contra a aristocracia.
  20. 20. ⇒ Para apagar qualquer influência do Antigo Regime, principalmente a cultura católica, a Revolução alterou o calendário júlio-gregorianojúlio-gregoriano, como também baniu todos os credos, instituindo o culto ao Ser Supremo da RazãoSer Supremo da Razão.
  21. 21. Charge satirizando o “Período doCharge satirizando o “Período do Terror”; Reação Termidoriana eTerror”; Reação Termidoriana e prisão de Robespierre.prisão de Robespierre.
  22. 22. REAÇÃO TERMIDORIANA (GOVERNO DO DIRETÓRIO):REAÇÃO TERMIDORIANA (GOVERNO DO DIRETÓRIO): ⇒ 27 de julho de 1794, data conhecida como 9 Termidor9 Termidor pelo calendário revolucionário, Robespierre foi derrubado. Para conseguir reverter o quadro, Robespierre apelou para a população pedindo para que ficassem ao seu lado. Porém, o único grupo que poderia ouvi-lo, já tinha sido derrotado e os sans-culottes não atenderam ao seu apelo. Dirigentes do partidoDirigentes do partido jacobino e Robespierre foram guilhotinadosjacobino e Robespierre foram guilhotinados. Desta forma, representantes da alta burguesia tomaram o poder, iniciando um refluxo do movimento revolucionário. ⇒ Iniciou um processo de reativação dos projetos da alta burguesia como anulação de medidas para as classes baixas. Entre tais mudanças, houve o fim da Lei do Preço Máximo e o encerramento da hegemonia da Junta de Salvação Pública. Além disso, dissolveram os clubes políticos, perseguiram os jacobinos e extinguiram as prisões despóticas e julgamentos sumários.
  23. 23. ⇒ Foi resgatado o voto censitáriovoto censitário nas eleições, anulou-se oanulou-se o sufrágio universalsufrágio universal e a maioria da população voltou a ser politicamente marginalizada. A Convenção é substituída pelo DiretórioDiretório, que tinha seu Poder Executivo formado por 5 diretores5 diretores, eleitos por membros do Poder Legislativo. ⇒ ⇒Surgem diversos levantes na França, como a Conspiração dosConspiração dos IguaisIguais (liderado por Graco BabeufGraco Babeuf, considerado um dos precursores do Socialismo/Anarquismo), que foi severamente combatida. Apesar da supremacia política, o Diretório não conseguiu estabelecer uma política de cunho liberal. Com a sucessão de conflitos populares, foi aberto o caminho para que os generais ascendessem politicamente. Em 1793, o exército francês era considerado o maior de toda a Europa, no qual se destacou o general Napoleão BonaparteNapoleão Bonaparte.
  24. 24. Graco Babeuf e seu artigo sobre Igualdade..

×