Filosofia uel (2)

2.567 visualizações

Publicada em

segunda parte do resumo sobre os filósofos para o segundo eixo temático do vestibular da UEL 2014

0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.567
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
68
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Filosofia uel (2)

  1. 1. Filosofia UEL Eixos temáticos Platão e Aristóteles
  2. 2. 2º Eixo Temático: Problemas Epistemológicos na Filosofia O problema da ciência, conhecimento e método na Filosofia. • Questões de referência: a questão da sensibilidade, razão e verdade; a questão do método; a questão da ciência e a crítica ao positivismo.
  3. 3. Platão • Acerca da razão, sensibilidade e razão: – O processo que leva à formação dos conceitos não nasce da experiência: de fato, não formamos a idéia de cavalo observando muitos cavalos. A prova é que nada na natureza pode dar origem à idéia abstrata de semelhança, mesmo que haja coisas que julgamos semelhantes. Platão resolve o dilema propondo uma teoria do inatismo: a alma conhece as coisas recuperando a lembrança adormecida daquilo que viu no mundo extraterreno antes de reencarnar. • P.S: Ler sobre o mito da caverna
  4. 4. Método Platônico • A filosofia de Platão se desenvolve em: • Dialética – a origem do conhecimento e a metafísica • Física – o conjunto dos saberes naturais, a physis • Ética – conjunto do comportamento moral
  5. 5. Aristóteles • Da razão, sensibilidade e verdade: – Tudo que está no intelecto necessariamente passou por nossos sentidos. – A razão é a mediadora para tudo aquilo que podemos diferenciar em meio a tudo o que tem definição e a tudo que acontece por acidente. – O papel da razão é organizar, abstrair e separar tudo em critérios
  6. 6. Método Aristotélico • O método de Aristóteles consistia nas formas indutiva e dedutiva de raciocinar. O raciocínio dedutivo consiste em argumentar do geral para o particular. Por exemplo: – Todos os gatos miam (premissa) – Mimi é um gato (premissa) – Logo, mimi mia (conclusão) • O raciocínio indutivo consiste em argumentar do particular para o geral. Por exemplo: – Mimi mia (premissa) – Mimi é um gato (premissa) – Logo, todos os gatos miam. (conclusão)
  7. 7. Continuando... • As dificuldades com o método dedutivo consiste na falta de premissas universalmente verdadeiras, pondo em cheque a eficácia do método de Aristóteles para descobrir a verdade. A conclusão é considerada de modo lógico e válido a partir das premissas. Quando dizemos que a primeira premissa é verdadeira, devemos considerar a existência de argumentos válidos e argumentos sólidos
  8. 8. Ainda sobre método e ciência • Pessoal esse link explica muito bem a questão da ciência e faz algumas menções exemplificando a questão do método em Aristóteles • http://www.brasilescola.com/filosofia/grausconhecimento-as-divisoes-ciencia-segundoaristoteles.htm

×