Curso “Doenças Crônicas nasRedes de Atenção à Saúde”Ministério da SaúdeAlguns conceitos sobre o ProjetoTerapêutico Singular
ATENÇÃO CENTRADA NAPESSOANovo modelo ou um novo paradigma quepossibilita a organização do serviço de saúde deforma a aten...
Projeto Terapêutico Singular Projeto  Esforço temporário para criar umproduto; Terapêutico  tratamento, cuidado; Sing...
Conjunto de propostas decondutas articuladas para umapessoa ou para um coletivo, quepodem ser famílias, grupos oucomunidad...
Ferramenta ou dispositivo construídacoletivamente;Auxilia as equipes de saúde na definição edirecionamento de suas ações...
Projeto Terapêutico Singular Surge da escuta da pessoa: Valores,desejos, vínculos; Discussões em equipe + participação d...
Espaços para construção do PTS na Redede Atenção à Saúde: Reuniões das Equipes de Saúde da Família(ESF), Reuniões de ma...
PARA A CONSTRUÇÃO DE UMPTS... Deve-se conhecer a pessoaenvolvida; Delinear ações coerentes ao seucontexto de vida; Envo...
Projeto Terapêutico SingularÉ importante que a pessoaparticipe ativamente dessaconstrução e assuma tarefasdentro das metas...
Projeto Terapêutico SingularDentro dessa abordagem:É fundamental a participação devários atores; É necessário identific...
Projeto Terapêutico SingularO PTS pode ser dividido em quatromomentos:Diagnóstico;Definição das metas;Divisão de respo...
Projeto Terapêutico SingularMomentos do ProjetoTerapêutico SingularAções do Projeto TerapêuticoSingularDiagnósticoIdentifi...
Projeto Terapêutico SingularMomentos do ProjetoTerapêutico SingularAções do Projeto TerapêuticoSingularDivisão de responsa...
Projeto Terapêutico SingularA definição de um profissional de referênciapara acompanhamento do PTS:Independe da formação...
OPERACIONALIZAÇÃO DOPROJETO TERAPEUTICOSINGULARPrincipais pontos para Discussão de ProjetoTerapêutico Singular:•Identifica...
CONCLUSÃOO Projeto Terapêutico Singular:Ferramenta útil dentro da abordagem centrada napessoa.Objetivo de seu uso: Pro...
REFERÊNCIASBIBLIOGRÁFICAS BRASIL. Ministério da saúde. Secretaria de atenção àsaúde. Departamento de Atenção Básica- dire...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Apresentação 2 alguns conceitos sobre o projeto terapêutico singular

26.459 visualizações

Publicada em

2 comentários
6 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
26.459
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
178
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
522
Comentários
2
Gostaram
6
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação 2 alguns conceitos sobre o projeto terapêutico singular

  1. 1. Curso “Doenças Crônicas nasRedes de Atenção à Saúde”Ministério da SaúdeAlguns conceitos sobre o ProjetoTerapêutico Singular
  2. 2. ATENÇÃO CENTRADA NAPESSOANovo modelo ou um novo paradigma quepossibilita a organização do serviço de saúde deforma a atender os usuários de maneira integral;Uma nova relação em que profissionais de saúdee usuário participam igualmente da construção docuidado;O Projeto Terapêutico Singular (PTS) é umaferramenta para realizar ações e cuidadoem saúde com base na abordagemcentrada na pessoa.
  3. 3. Projeto Terapêutico Singular Projeto  Esforço temporário para criar umproduto; Terapêutico  tratamento, cuidado; Singular  Contexto único;Dispositivo para disparar processos demudança nas práticas de saúdeO resultado a ser alcançado é a saúdeintegral e a qualidade de vida de umapessoa ou de uma população.
  4. 4. Conjunto de propostas decondutas articuladas para umapessoa ou para um coletivo, quepodem ser famílias, grupos oucomunidades.Projeto Terapêutico Singular
  5. 5. Ferramenta ou dispositivo construídacoletivamente;Auxilia as equipes de saúde na definição edirecionamento de suas ações;Garante ações coerentes com o contexto decada pessoa.Projeto Terapêutico Singular
  6. 6. Projeto Terapêutico Singular Surge da escuta da pessoa: Valores,desejos, vínculos; Discussões em equipe + participação dapessoa; Profissionais participantes: TODOS independe de formação; Elaborados entre diversos níveis deatenção e setores;
  7. 7. Espaços para construção do PTS na Redede Atenção à Saúde: Reuniões das Equipes de Saúde da Família(ESF), Reuniões de matriciamento: Equipe de saúdeMental, NASF, especialistas, outros;Atendimento Compartilhado;Reuniões Intersetoriais;Projeto Terapêutico Singular
  8. 8. PARA A CONSTRUÇÃO DE UMPTS... Deve-se conhecer a pessoaenvolvida; Delinear ações coerentes ao seucontexto de vida; Envolver discussões em equipe;
  9. 9. Projeto Terapêutico SingularÉ importante que a pessoaparticipe ativamente dessaconstrução e assuma tarefasdentro das metas e propostasdefinidas.
  10. 10. Projeto Terapêutico SingularDentro dessa abordagem:É fundamental a participação devários atores; É necessário identificar aspotencialidades e as vulnerabilidades Orgânicas, psíquicas e sociais Elementos essenciais na elaboração doPTS.
  11. 11. Projeto Terapêutico SingularO PTS pode ser dividido em quatromomentos:Diagnóstico;Definição das metas;Divisão de responsabilidades;Reavaliação. Veja as características dessa fase noquadro a seguir.
  12. 12. Projeto Terapêutico SingularMomentos do ProjetoTerapêutico SingularAções do Projeto TerapêuticoSingularDiagnósticoIdentificar: Aspectos orgânicos,psíquicos e sociais; Redes de apoio familiar e dacomunidade; Pessoas e outros setores quepodem contribuir com asmetas definidas; Vulnerabilidades epotencialidades.Definição das metasTraçar metas de curto, médioe longo prazo;Negociar com a pessoa
  13. 13. Projeto Terapêutico SingularMomentos do ProjetoTerapêutico SingularAções do Projeto TerapêuticoSingularDivisão de responsabilidadesDefinir o papel de cadaprofissional dentro do projeto;Responsabilizar a pessoapelo seu PTS;Estabelecer a participaçãodos familiares e comunidade;Definir o profissional dereferência para acompanhar oandamento das ações.ReavaliaçãoIdentificar resultadosalcançados;Avaliar as estratégiasutilizadas;
  14. 14. Projeto Terapêutico SingularA definição de um profissional de referênciapara acompanhamento do PTS:Independe da formação do profissional;Deve considerar o vínculo deste com usuário.Esse profissional pode:Acionar profissionais de outras equipes quandonecessário;Realizar novas negociações com o usuário.
  15. 15. OPERACIONALIZAÇÃO DOPROJETO TERAPEUTICOSINGULARPrincipais pontos para Discussão de ProjetoTerapêutico Singular:•Identificação completa;•Localização territorial e elementos do território relevantes(Ecomapa);•Arranjo Familiar – Representação Gráfica (genograma);•Queixa/Situação/Demanda com histórico relevanteresumido;•Ações clínicas já realizadas;•Avaliação das potencialidades e vulnerabilidades;•Pactuação dos objetivos e metas – ESF e pessoa;•Propostas de intervenção com cronograma eresponsáveis;•Definição do profissional de referência do caso;•Definição de periodicidade para reavaliação.
  16. 16. CONCLUSÃOO Projeto Terapêutico Singular:Ferramenta útil dentro da abordagem centrada napessoa.Objetivo de seu uso: Provocar mudanças na postura dos profissionais edos usuários;Mudar também a maneira de os profissionaistrabalharem (baseados neste Modelo);Adequar os meios e as ferramentas para que istoseja possível.
  17. 17. REFERÊNCIASBIBLIOGRÁFICAS BRASIL. Ministério da saúde. Secretaria de atenção àsaúde. Departamento de Atenção Básica- diretrizesdo NASF/ministério da saúde, secretaria de atençãoá saúde, departamento de atenção básica.-Brasília:ministério da saúde, 2009; CUNHA, G.T.A. A construção da clínica ampliada naatenção básica. São Paulo: Ed. Hucitec, 2005; OLIVEIRA, G.N. de O. O Projeto terapêutico comocontribuição para a mudança das práticas de saúde /Gustavo Nunes de Oliveira. Campinas, SP: [s.n.],2007 (dissertação de mestrado);

×