A multiplicação dos pães e peixes no evangelho segundo marcos

18.037 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
18.037
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
28
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A multiplicação dos pães e peixes no evangelho segundo marcos

  1. 1. A Multiplicaçãodos Pães e Peixes no EvangelhoSegundo Marcos
  2. 2. NARRATIVA EM MARCOS 6, 30-4430.Os apóstolos se reuniram junto de Jesus e lhecontaram tudo o que tinham feito e ensinado.31.Ele disse-lhes: “Vinde, a sós, para um lugardeserto, e descansai um pouco”! Havia, defato, tanta gente chegando e saindo, que nãotinham nem tempo para comer.32.Foram, então, de barco, para um lugardeserto, a sós. 33.Muitos os viram partir eperceberam a intenção; saíram então de todas ascidades e, a pé, correram à frente e chegaram láantes deles.
  3. 3. CONTINUAÇÃO...34.Ao sair do barco, Jesus viu uma grandemultidão e encheu-se de compaixão poreles, porque eram como ovelhas que não têmpastor. E começou, então, a ensinar-lhes muitascoisas.35. Já estava ficando tarde, quando os discípulosse aproximaram de Jesus e disseram: “Este lugar édeserto e já é tarde.36.Despede-os, para que possam ir aos sítios epovoados vizinhos e comprar algo para comer”.
  4. 4. CONTINUAÇÃO...37.Mas ele respondeu: “Vós mesmos, dai-lhes decomer”! Os discípulos perguntaram: “Queres quegastemos duzentos denários para comprar pão edar de comer a toda essa gente?”38.Jesus perguntou: “Quantos pães tendes? Idever”. Eles foram ver e disseram: “Cinco pães edois peixes”.39.Então, Jesus mandou que todos sesentassem, na relva verde, em grupos para arefeição.
  5. 5. CONTINUAÇÃO...40.Todos se sentaram, em grupos de cem e decinquenta.41.Em seguida, Jesus tomou os cinco pães e os doispeixes, ergueu os olhos ao céu, pronunciou abênção, partiu os pães e ia dando-os aosdiscípulos, para que os distribuíssem.Dividiu, também, entre todos, os dois peixes.42.Todos comeram e ficaram saciados,43.e ainda encheram doze cestos de pedaços dos pãese dos peixes.44.Os que comeram dos pães foram cinco milhomens.
  6. 6. CONTEXTO EM MARCOS 6, 7-137.Ele chamou os Doze, começou a enviá-los dois a dois edeu-lhes poder sobre os espíritos impuros. 8.Mandou quenão levassem nada pelo caminho, a não ser um cajado;nem pão, nem sacola, nem dinheiro à cintura, 9.mas quecalçassem sandálias e não usassem duas túnicas.10.Dizia-lhes ainda: “Quando entrardes numacasa, permanecei ali até a vossa partida. 11.Se em algumlugar não vos receberem, nem vos escutarem, saí de lá esacudi a poeira dos vossos pés, para que sirva detestemunho contra eles”. 12.Eles então saíram paraproclamar que o povo se convertesse. 13.Expulsavammuitos demônios, ungiam com óleo numerosos doentes eos curavam.
  7. 7. EXPECTATIVA DO DESCANSO E MINISTÉRIO Jesus reveste seus discípulos com seus poderes apostólicos e os envia em missão (v.7-13). O relato é interrompido pelo apresentação da ideia de Herodes a respeito do Messias, e história de João batista (v.14-29). Retoma o fio narrativo com o retorno dos apóstolos/discípulos que relatam seus feitos e palavras na missão (v.30) para Jesus que os convida a um momento de descanso (v.31-32). A multidão vai atrás de Jesus (v.33). Jesus se compadece (v.34). Ficou tarde, surgiu o problema da fome. Os discípulos são indagados e respondem economicamente. Jesus responde providencialmente (solidariedade). O pão não faltou.
  8. 8. MULTIPLICAÇÃO DAS DÁDIVAS Com o profeta Elias ocorre a multiplicação da farinha e do óleo quando visita a viúva de Sarepta (I Rs 17,8- 24). Também com Eliseu a multiplicação do azeite (II Rs 4,1-7) e dos pães (II Rs 4,42-44). A narrativa da multiplicação dos pães e peixes aparecem nos quatro relatos evangélicos, sendo que se repetem em Mateus e Marcos (Mc 6,30-44; Mt 14,13- 21; Lc 9,10-17; Jo 6,1-13; Mc 8,1-10; Mt 15,32-39).
  9. 9. O PROBLEMA DA FOME E DO PÃO O problema da fome da humanidade deve ter uma solução do Messias. Jesus não o responde materialmente, porque é de Deus que recebemos todos os bens. “O homem não vive somente de pão, mas de tudo que sai da boca de Deus” (Dt 8,3). Os cinco pães podem assim simbolizar a Toráh (Pentateuco) e os dois peixes os livros dos Profetas e os Outros Escritos. O alimento que Jesus Messias multiplica não é somente o pão material, mas sobretudo o pão da palavra divina. Cristo, mesmo, Palavra Eterna do Pai se fará pão para saciar a fome da humanidade (Eucaristia).

×