05 cores

1.996 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.996
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
23
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

05 cores

  1. 1. CORES CORES CORES CORES CORES CORES
  2. 2. TEORIA DAS CORESCada cor e seus nuances impõem aos indivíduos uma reação peculiar e cabe, a quem sepropõe a executar trabalhos visuais, o conhecimento desses princípios para provocar nos receptores a reação psicológica necessária ao objetivo proposto.
  3. 3. TEORIA DAS CORESA percepção e o emprego das cores fazem parte do cotidiano do homem, mas a maneira de perceber as cores é muito diferente para cada um de nós. Cada cultura tem sua forma própria de usar a cor e de dar a ela um significado.
  4. 4. TEORIA DAS CORESPsicodinâmica das coresO tratamento dado à corvaria de acordo com asdiferentes linguagens que ohomem tem produzido aolongo da História,dependendo do contextosocial, econômico, político edo nível de desenvolvimentocientífico e tecnológico dasociedade em que vive.
  5. 5. TEORIA DAS CORESSobre o indivíduo que recebe acomunicação visual, a cor exerceuma ação tríplice: a de impressionar,a de expressar e a de construir.• a cor é vista: impressiona a retina.• é sentida: provoca uma emoção.• é construtiva, pois tendo umsignificado próprio, tem valorde símbolo e capacidade,portanto de construir umalinguagem que comuniqueuma idéia.
  6. 6. Psicodinâmica das coresCada cor e seus nuances impõem aos indivíduos uma reação peculiar ecabe, a quem se propõe a executar trabalhos visuais, o conhecimentodesses princípios para provocar nos receptores a reação psicológicanecessária ao objetivo proposto.O estudo do comportamento dos indivíduos relacionado à influência da coré dado o nome de sinestesia.Segue abaixo uma relação de cores, a origem do nome da cor, asrespectivas influências quando utilizadas e as associações materiais eafetivas colhidas em pesquisas com diversas faixas etárias e sexo.
  7. 7. SIGNIFICADO PSICOLÓGICO DASPRETO / NEGRO CORESdo latim “niger” – escuro, preto,negro• Morte, luto, infortúnio.• Elegância e distinção se fortratado com camada brilhante.• Torna-se alegre quandocombinado com outras cores, comoamarelo.Maior visibilidade: letras pretassobre fundo branco; letras amarelassobre fundo preto; letras vermelhassobre fundo preto.Associações materiais• Noite, morte, luto, enterro,hematita, carvãoAssociações afetivas• Morte, assassinato, miséria,depressão, estabilidade, falta de ar
  8. 8. SIGNIFICADO PSICOLÓGICO DASCINZA CORESdo latim “cinicia” ou do germânico“gris”• Cor neutra, não interfirindo junto àscores em geral.• Sozinha traduz tristeza, angústia,desânimo.Maior visibilidade: são legíveis sobrequalquer fundo de cor, mas destaca-se sobre o branco.Associações materiais• Pó, chuva, ratos, neblina, máquinas,mar sob TempestadeAssociações afetivas• Tédio, tristeza, decadência, velhice,desânimo, seriedade, sabedoria,passado, finura.
  9. 9. SIGNIFICADO PSICOLÓGICO DASBRANCO CORESde origem anglo-saxônica(alemã), blanck ou blank (brilhante) – aneve no pico das montanhas• Para os ocidentais simboliza a vida e obem, paraos orientais é a morte, o fim, o nada.Maior visibilidade: letras pretas sobrefundo branco; letras vermelhas sobrefundo branco; letras brancas sobrefundo vermelho; letras brancassobre fundo azul; letras azuis sobrefundo branco.Associações materiaisLírio, cisne, primeiracomunhão, casamento, neve, luzAssociações afetivasPaz, simplicidade, pureza, pensamento,juventude
  10. 10. SIGNIFICADO PSICOLÓGICO DASVERMELHO CORESdo latim “vermiculus” – verme, inseto (acochonilha).Da cochonilha extra-se uma substânciaescalarte, o carmim (do árabe “qirmezi” -vermelho bem vivo)• É a cor que mais se destaca visualmente e amaisrapidamente distinguida pelos olhos.• Quanto mais escuro, mais profundas assensaçõesde suas radiações, quanto mais clara, maisjoviais serão os impulsos transmitidos.Maior visibilidade: letras vermelhas sobrefundo branco; letras brancas sobre fundovermelho; letras vermelhas sobre fundo preto.Associações materiais• Sangue, fogo, guerra, cerimônia, sol, perigo,mulherAssociações afetivas• Paixão, ardor, violência, proibição, excitação,energia, vulgaridade
  11. 11. SIGNIFICADO PSICOLÓGICO DASAMARELO CORESdo latim “amaryllis” e do árabe antigo“amirahah” – homem amarelo (orientais)• É a mais clara das cores. Pouco visível seaplicada sobre o branco. Sobre o fundopreto, ganha força e vibração.• Olhando-o fixamente, o amarelo irradia e seaproxima.Maior visibilidade: letras pretas sobre fundoamarelo; letras amarelas sobre fundo preto.Associações materiais•Ouro, aurora, verão, poente, tangerina, campode palha, incandescênciaAssociações afetivas•Riqueza, divertimento, felicidade, vida, proteção. Quanto mais amarelado, associa-se a forçaativa, quanto mais azulado, maior seriedade.
  12. 12. SIGNIFICADO PSICOLÓGICO DASVERDEdo latim “viridis” – verde CORES• É a mais calma das cores.• Estático e frio, está associado àestabilidade.Quanto mais amarelado, associa-sea força ativa, quanto mais azulado,maior seriedade.Maior visibilidade: letras verdessobre fundo branco.Associações materiais• Vegetação, primavera, mesa dejogo, esmeralda, mar, bosqueAssociações afetivas• Esperança, equilíbrio,adolescência, segurança, paz,tranquilidade, espírito santo
  13. 13. SIGNIFICADO PSICOLÓGICO DASAZULdo árabe antigo “azulaih” e no CORESpersa “iázúrd” – cor dos céus• Introvertida, feminina e discreta,é a cor preferida pelos adultos.• Dá a sensação do movimentopara o infinito.Maior visibilidade: letrasbrancas sobre fundo azul; letrasazuis sobre fundo branco.Associações materiais• Céu, mar, berilo, olhos,montanhas longínquas, águaAssociações afetivas• Viagem, espaço, paz, frescor,meditação, recordação
  14. 14. SIGNIFICADO PSICOLÓGICO DAS CORESsignificado psicológico das cores SENSAÇÕES ASSOCIAÇÃO MATERIAL ASSOCIAÇÃO AFETIVA CROMÁTICAS Batismo, primeira comunhão, nuvens em Ordem, simplicidade, limpeza, bem, pensamento, BRANCO tempo claro, neve, casamento, cisne, lírio, otimismo, piedade, paz, pureza, inocência, dignidade, harmonia, modéstia, alma, divindade. areia clara. Sujeira, sombra, enterro, noite, fim, Mal, miséria, pessimismo, dor, sordidez, tristeza, frigidez, PRETO carvão, fumaça, condolência, morto, coisas desgraça, temor, negação, melancolia, opressão, angústia, renúncia, intriga. escondidas. Rubi, cereja, fogo, guerra, conquista, sol, Dinamismo, força, energia, revolta, movimento, coragem, VERMELHO perigo, vida, lábios, chama, mulher, sangue intensidade, paixão, ira, ação, agressividade, alegria. combate, rocha. Outono, laranja, pôr do sol, chama, calor, Força, luminosidade, dureza, euforia, energia, alegria, LARANJA festa, perigo, fogo, aurora, raios solares. advertência, tentação, prazer, senso de humor. Flor grande, terra argilosa, palha, luz, Iluminação, conforto, alerta, ciúme, orgulho, esperança, AMARELO topázio, verão, limão. Chinês. idealismo, egoísmo, inveja, ódio, euforia, expectativa. VERDE Umidade, folhagem, frescor, águas claras, Bem-estar, paz, saúde, desejo, tranquilidade, equilíbrio, bosque, natureza. esperança, liberalidade. AZUL Aguas tranquilas, céu, gelo, frio, mar. Espaço, verdade, afeto, serenidade, intelectualidade, meditação, confiança.
  15. 15. TEORIA DAS CORES cores noções de aplicação das na comunicação visual
  16. 16. TEORIA DAS CORESpercepção visual da cor a natureza da cor é compreendida através de três requisitos fundamentais a sua existência: luz visão anteparo Luiz Fernando Perazzo – Elementos da cor (1999)
  17. 17. CLASSIFICAÇÃO DAS CORESclassificação das coresUma preocupação que vem desde os tempos da antiguidadeé determinar quais são as CORES PRIMÁRIAS. # LEONARDO DA VINCI # JOHANN WOLFGANG VON GOETHE
  18. 18. É importante termos em mente que os estímulos quecausam as sensações cromáticas estão divididos emduas categorias:. CORES-LUZ CORES-PIGMENTO
  19. 19. CLASSIFICAÇÃO DAS CORES• CORES-LUZ é a radiação cores primárias da luzluminosa visível que temcomo síntese (resultado damistura) a luz branca.• Quando trabalhamos síntese aditivacom o Sistema deClassificação da COR-LUZ,as cores primárias são:•VERMELHO, o VERDEe o AZUL-VIOLETADO,que quando misturadosobtém-se o branco. sistema RGB
  20. 20. CLASSIFICAÇÃO DAS CORES• CORES-PIGMENTO cores primárias corantesnão possui o mesmo sistemade classificação que acor-luz, devido o seuprocesso cromáticoser químico e não físicocomo no sistema da cor-luz. síntese subtrativaAs cores primáriasdesse sistemaFÍSICO-QUÍMICO são:MAGENTA;AMARELO;CIANO. sistema CMYK
  21. 21. CLASSIFICAÇÃO DAS CORESsistema CMYK Cores Secundárias São o resultado da mistura de duas cores primárias em proporções iguaismagenta + amarelo = vermelhomagenta + ciano = azul amarelo + ciano = verde
  22. 22. CLASSIFICAÇÃO DAS CORESCores Terciáriassão o resultado damistura de uma corsecundária com umadas duas coresprimárias que aformam
  23. 23. CLASSIFICAÇÃO DAS COREScores complementares Toda cor tem a sua cor complementar, localizada em oposição no circulo cromático.
  24. 24. CLASSIFICAÇÃO DAS CORESAssim sendo temos que:azul e vermelho magenta e verde amarelo e azul sistema CMYK
  25. 25. CLASSIFICAÇÃO DAS CORES
  26. 26. CLASSIFICAÇÃO DAS CORES Tom, Saturação e Luminosidade > luminosidade < luminosidade saturação• Tom - é o que normalmente denominamos de cor• Saturação - quando não sofre influência nem do branco e nem do preto e está exatamente dentro do comprimento de onda que lhe corespondo o espectro solar.• Luminosidade - é a denominação que damos à capacidade que possui qualquer cor de refletir a luz branca que há nela
  27. 27. CLASSIFICAÇÃO DAS CORES• Alto contraste = > Tensão e > relaxamento (impacto emocional)• Mesmos cores expressivas podem pode ter o seu poder diminuído dependendo da composição em que é inserida. Uma série de tons de uma mesma cor colocados juntos pode oferecer uma sensação de harmonia.• Cores Harmônicas - é a combinação entre cores que possuem uma parte básica da cor comum a todas.
  28. 28. As cores e os valores tonais estão colocados diametralmente opostos às suas cores evalores complementares desde os tons saturados até a complementação branco epreto, no centro de cada círculo.
  29. 29. CLASSIFICAÇÃO DAS CORES1 • Contrastesentre preto,branco e cinzasAs cores sofreminfluência quandocolocadas sobreum funco colorido.Vejamos o casodos tons de cinzae das coresprimárias
  30. 30. CLASSIFICAÇÃO DAS CORES2 • ContrastesDe SuperfícieRepare que ocinza neutropassa a assumiro tom da corcomplementar aofundo em que elese encontra
  31. 31. 3 • Contrastes SimultaneoAs cores complementares acentuam o brilho das cores primáriasquando são colocadas próxímas a estas.
  32. 32. CLASSIFICAÇÃO DAS CORES4 • Contrastes De tomÉ conseguido atravéz do uso de tons cromáticos, entre cores primárias gera umresultado muito forte, ja com tons atenuados com o uso de preto ou branco o seuresultado é mais suave
  33. 33. CORES CONTRASTANTES São contrastantes as combinações que se obtém com a justaposição de cores opostas no círculo cromático. Todas as cores que no círculo estão situadas diametralmente se complementam e portanto são harmônicas. No entanto, deve-se tomar cuidado com o uso de cores contrastantes. Uma solução é misturar uma das duas com preto ou com uma pequena parte da complementar.CORES ATENUANTESSão atenuantes as combinações de um mesmo tom –harmonia de cores análogas –, ou também de tonsdiversos, mas que na mistura conservam uma parte da cordos outros.
  34. 34. 5 • Contrastes De Tons Quentes e FrioObserva-se que os tons quentes tem uma característica expansiva enquanto ascores frias dam a impressão de ocupar um espaço menor
  35. 35. cores quentes• são em geral mais luminosas e colocam as áreas por elaspreenchidas num plano mais à frentecores frias• são em geral menos luminosas e colocam as áreas por elaspreenchidas num plano mais atrás.
  36. 36. Cores quentes e cores friasDenominam-se cores quentes as que derivam dovermelho-alaranjado, como o sol e o fogo; e decores frias as que partem do azul-esverdeado, comoa água.As sensações de calor e frio em relação a uma corsão relativas ao indivíduo que a vê e também estãosujeitas às relações em que as cores se situam dentrode uma composição. O magenta parecerá frio juntoa um alaranjado, mas parecerá quente ao lado deum verde. O vermelho e o laranja são as cores maisquentes e o azul e o violeta as mais frias.As cores claras e quentes ampliam a superfície dosuporte, diminuindo psicologicamente a sensaçãode peso. O inverso acontece com as cores frias e escuras,que aumentam a sensação de peso.
  37. 37. Impressão do Sol nascente. Claud Monet
  38. 38. A estação Saint-Lazare Claude Monet
  39. 39. CLASSIFICAÇÃO DAS CORES
  40. 40. CLASSIFICAÇÃO DAS CORES
  41. 41. Ficaria imcompleto qualquer estudo sobre cores senão as relacionássemos com a forma.O amarelo, que tem a propriedade de se espalharpara os lados corresponde ao triângulo.O azul tende a concentrar-se, e por estapropriedade o círculo é a sua representação.O vermelho é o movimento em si mesmo,sem irradiação. Assim, o quadrado é a suarepresentação.
  42. 42. Os três níveis para análise de corPrimário – biologia, físicaA cor como fenômeno natural; a percepção física da cor; quantidade deradiação emitida; ondas.Palavra-chave: NaturalSecundário – Linguístico, escalaO padrão de graduação; a escala de cores; sinais estabelecidos.Palavra-chave: ArtificialTerciário – Cultura, sociedadeA identidade e o significado cultural da cor, num contexto específicoPalavra-chave: Regional
  43. 43. Os três níveis para análise de corPrimário – biologia, física
  44. 44. Os três níveis para análise de corSecundário – Linguístico, escala
  45. 45. Os três níveis para análise de corSecundário – Linguístico, escala
  46. 46. Os três níveis para análise de corTerciário - Cultura
  47. 47. Os três níveis para análise de corTerciário - Cultura
  48. 48. BibliografiaFARINA, Modesto. Psicodinâmica das cores emcomunicação. São Paulo, ed. Edgard Blücher,1999.GUIMARÃES, Luciano. A cor como informação.São Paulo, Annablume, 2000.

×