Centro Integrado de Mobilidade
Urbana
CIMU
AGENDA
• O CONTEXTO ATUAL DE ITS
• POR QUE MUDAR?
• O QUE É?
• QUAIS SÃO OS OBJETIVOS?
• COMO?
• CENTRO DE SERVIÇO ESPECIF...
O CONTEXTO ATUAL DE ITS
POR QUE MUDAR?
• CADA VEZ É MAIS DIFÍCIL E CARO PROVER NOVA
INFRAESTRUTURA
• SISTEMAS ISOLADOS E/OU FECHADOS RESTRINGEM A
...
O QUE É O CIMU?
• Centro Integrado de Mobilidade Urbana
• Base ÚNICA que integra TODAS as
informações de trânsito e transp...
O QUE É O CIMU?
QUAIS SÃO OS OBJETIVOS?
• VISUALIZAR, DE FORMA GLOBAL, AS INFORMAÇÕES DE TODOS OS
COMPONENTES EXISTENTES PARA TOMAR DECISÕ...
COMO?
• COLETA DE DADOS EM CAMPO
• TRANSMISSÃO DE DADOS PARA CENTROS ESPECÍFICOS DE
COORDENAÇÃO E CONTROLE
• CÓPIA DOS DAD...
COMO?
CENTROS DE SERVIÇOS ESPECÍFICOS
Dentre os centros específicos a serem integrados ao
CIMU.
O CENTRO DE CONTROLE OPERACIONAL...
Atributo Condição Atual Com Implantação do CCO
Controle Pulverizado em 54 garagens Comando centralizado
Coordenação Inexis...
—Redução de custos improdutivos
— Horas Extras
— Km Ociosos
— Melhor aproveitamento de veículos e
motoristas
—Licitações m...
Tecnológicos
• Tecnologia Embarcada
• Equipamentos do CCO
• Novo Sistema Central
• Integração SIM
• Integração Bilhetagem
...
CCO
Veículos +
Tripulação
Garagens
Viário e
Ocorrências
Abrigos e
Terminais
Aplicativos
e Meios de
InformaçãoUsuários
INTE...
PROJETOS DE TECNOLOGIA
Sistema Central de
Controle Operacional
do Transporte
EQUIPAMENTOS
EMBARCADOS
DATACENTER
INFRAESTRU...
GPS / Antena
UNIDADE CENTRAL DE
PROCESSAMENTO
VALIDADOR
ELETRÔNICO
Terminal de Dados
Botão de Emergência
Telemetria
CFTV
P...
CCO
SPTRANS
Comunicação
com Usuário
Passageiros
Sistemas e
Equipamentos
de Apoio
Tráfego
Supervisão das
Garagens
Garagens
...
EXEMPLOS DE CCOs
Madrid - ES
EXEMPLOS DE CCOs
Amsterdam - NL
EXEMPLOS DE CCOs
Beijing - CN
Muito obrigado!
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Centro Integrado de Mobilidade Urbana CIMU - 12th CONTECSI

354 visualizações

Publicada em

• O CONTEXTO ATUAL DE ITS
• POR QUE MUDAR?
• O QUE É?
• QUAIS SÃO OS OBJETIVOS?
• COMO?
• CENTRO DE SERVIÇO ESPECIFICO

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
354
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Centro Integrado de Mobilidade Urbana CIMU - 12th CONTECSI

  1. 1. Centro Integrado de Mobilidade Urbana CIMU
  2. 2. AGENDA • O CONTEXTO ATUAL DE ITS • POR QUE MUDAR? • O QUE É? • QUAIS SÃO OS OBJETIVOS? • COMO? • CENTRO DE SERVIÇO ESPECIFICO
  3. 3. O CONTEXTO ATUAL DE ITS
  4. 4. POR QUE MUDAR? • CADA VEZ É MAIS DIFÍCIL E CARO PROVER NOVA INFRAESTRUTURA • SISTEMAS ISOLADOS E/OU FECHADOS RESTRINGEM A IMPLEMENTAÇÃO DE NOVAS FUNCIONALIDADES • EXISTE ESPAÇO PARA MELHORAR A COORDENAÇÃO E A OFERTA DE SERVIÇOS EXISTENTES PARA O USUÁRIO DE SP • OS GESTORES NÃO ESTÃO ISOLADOS COMO NO PASSADO
  5. 5. O QUE É O CIMU? • Centro Integrado de Mobilidade Urbana • Base ÚNICA que integra TODAS as informações de trânsito e transporte através de sistema construídos com PROTOCOLOS e PADRÕES ABERTOS
  6. 6. O QUE É O CIMU?
  7. 7. QUAIS SÃO OS OBJETIVOS? • VISUALIZAR, DE FORMA GLOBAL, AS INFORMAÇÕES DE TODOS OS COMPONENTES EXISTENTES PARA TOMAR DECISÕES ESTRATÉGICAS • AUTOMATIZAR PROCESSOS • IMPLEMENTAR NOVAS FUNCIONALIDADES • DISPONIBILIZAR INFORMAÇÕES PARA A SOCIEDADE • COMPARTILHAR RECURSOS • REDUZIR CUSTOS
  8. 8. COMO? • COLETA DE DADOS EM CAMPO • TRANSMISSÃO DE DADOS PARA CENTROS ESPECÍFICOS DE COORDENAÇÃO E CONTROLE • CÓPIA DOS DADOS DOS CENTROS ESPECÍFICOS PARA A CIMU • GERAÇÃO DE INFORMAÇÕES PARA TOMADA DE DECISÃO • COMPARTILHAMENTO DE INFORMAÇÕES E RECURSOS ENTRE CENTRAIS ESPECÍFICAS • ATUAÇÃO EM CASOS ESPECÍFICOS
  9. 9. COMO?
  10. 10. CENTROS DE SERVIÇOS ESPECÍFICOS Dentre os centros específicos a serem integrados ao CIMU. O CENTRO DE CONTROLE OPERACIONAL DO SISTEMA DE TRANSPORTE COLETIVO POR ÔNIBUS DA CIDADE DE SÃO PAULO Novos Conceitos para Operação do Sistema Controle e Gestão do Sistema de Transporte sobre PneusNOVO
  11. 11. Atributo Condição Atual Com Implantação do CCO Controle Pulverizado em 54 garagens Comando centralizado Coordenação Inexistente Coordenação geral Oferta Sobreposição e concorrência pelo passageiro Controle operacional, sem “buracos” na oferta dos serviços Frota Mau aproveitamento Frota operada e ajustada de acordo com a demanda Lotação Alta nas periferias Média / Baixa nas áreas centrais Monitorada e equilibrada Informações aos Usuários Precária e reativa Antecipada, precisa e facilitada em diversos meios (aplicativos, abrigos, terminais) Serviços Descumprimento de parte das viagens programadas ou cumprimento excessivo e antieconômico Autoridade para definir a melhor alocação dos recursos CENÁRIO ATUAL X PROPOSTO
  12. 12. —Redução de custos improdutivos — Horas Extras — Km Ociosos — Melhor aproveitamento de veículos e motoristas —Licitações mais ajustadas —Menor investimento em infraestrutura —Melhor aproveitamento da frota disponível CUSTOS OPERACIONAIS INVESTIMENTO —Aumento da oferta de serviço —Serviço onde é necessário —Menor número de ocorrências —Maior satisfação dos usuários —Pontualidade, tempos de espera —Informações precisas e ágeis aos usuários —Maior organização da equipe operacional —Gestão eficaz dos recursos —Decisões assertivas em menor prazo —Controle total da operação —Maior conhecimento e controle dos custos CONTROLE SATISFAÇÃONÍVEL DE SERVIÇO PRINCIPAIS IMPACTOS DA PROPOSTA
  13. 13. Tecnológicos • Tecnologia Embarcada • Equipamentos do CCO • Novo Sistema Central • Integração SIM • Integração Bilhetagem • Integração CIMU • Integrações Externas (Transporte Metropolitano, Segurança, Saúde) Procedimentais • Normas e procedimentos gerenciais • Treinamentos das equipes operacionais • Treinamentos dos motoristas e fiscais Negociais • Modelos de Contratação • Modelos de Remuneração • Gestão Contratual PRINCIPAIS ASPECTOS DO PROJETO
  14. 14. CCO Veículos + Tripulação Garagens Viário e Ocorrências Abrigos e Terminais Aplicativos e Meios de InformaçãoUsuários INTEGRAÇÕES DE SISTEMAS
  15. 15. PROJETOS DE TECNOLOGIA Sistema Central de Controle Operacional do Transporte EQUIPAMENTOS EMBARCADOS DATACENTER INFRAESTRUTURA DO CCO SISTEMAS OPERACIONAIS
  16. 16. GPS / Antena UNIDADE CENTRAL DE PROCESSAMENTO VALIDADOR ELETRÔNICO Terminal de Dados Botão de Emergência Telemetria CFTV Painel Interno Painel Externo Sistema de Áudio Wi-Fi Contador de Passageiros EQUIPAMENTOS EMBARCADOS
  17. 17. CCO SPTRANS Comunicação com Usuário Passageiros Sistemas e Equipamentos de Apoio Tráfego Supervisão das Garagens Garagens Ocorrências Gestão do Viário Gestão da Qualidade Sala de Situação Planejamento de Eventos Atendimento ao Usuário (0800) CIMU – Centro Integrado de Mobilidade Urbana CENTRO DE CONTROLE OPERACIONAL CET Transp. Metropolitano Segurança Saúde
  18. 18. EXEMPLOS DE CCOs Madrid - ES
  19. 19. EXEMPLOS DE CCOs Amsterdam - NL
  20. 20. EXEMPLOS DE CCOs Beijing - CN
  21. 21. Muito obrigado!

×