Era uma vez trêsrios que nasceram emEspanha. Chamavam-se Douro, Tejo eGuadiana. Estavamum dia a contemplaras      nuvens  ...
-Do mar - responderam elas. - Ele é o nossopai e o vosso avô.- Onde fica o mar? - perguntaram os rios.- Lá longe, em Portu...
O Guadiana acordou primeiro e lá foicalmamente, contemplando os montes e    as belezas que o espreitavam, e,   escolhendo ...
O segundo foi o Tejo. Quando acordou, já osol ia alto.Começou a andar depressa, quase nãoescolhendo caminho mas, quando en...
O Douro, quando acordou e se viu só, nem esfregou os olhos, partiu à pressa  por desfiladeiros e precipícios, nãoescolhend...
Assim é que os nossos três rios mais importantes –Douro Tejo e Guadiana -    têm caraterísticas       diferentes
A lenda dos três rios
A lenda dos três rios
A lenda dos três rios
A lenda dos três rios
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

A lenda dos três rios

6.738 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
6.738
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
410
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
38
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A lenda dos três rios

  1. 1. Era uma vez trêsrios que nasceram emEspanha. Chamavam-se Douro, Tejo eGuadiana. Estavamum dia a contemplaras nuvens eperguntaram-lhesdonde vinham.
  2. 2. -Do mar - responderam elas. - Ele é o nossopai e o vosso avô.- Onde fica o mar? - perguntaram os rios.- Lá longe, em Portugal. - responderam asnuvens.- É grande?- É, é muito grande.-Havemos de ir ver o mar.-E combinaram que no dia seguinte iriamos três ver o mar. Assim fizeram...
  3. 3. O Guadiana acordou primeiro e lá foicalmamente, contemplando os montes e as belezas que o espreitavam, e, escolhendo os caminhos por ondepassava. Ao chegar a Vila Real de Santo António parou maravilhado.
  4. 4. O segundo foi o Tejo. Quando acordou, já osol ia alto.Começou a andar depressa, quase nãoescolhendo caminho mas, quando entrou emPortugal, pensou lá consigo que já deveriater muito avanço e lembrou-se de gozar ascampinas e os montes, espreguiçando-senas margens planas, antes de se lançar nosbraços do avô.
  5. 5. O Douro, quando acordou e se viu só, nem esfregou os olhos, partiu à pressa por desfiladeiros e precipícios, nãoescolhendo caminho, nem pensando em gozar a Natureza. Assim foi ele que, muito sujo eenlameado, chegou em primeiro lugar.
  6. 6. Assim é que os nossos três rios mais importantes –Douro Tejo e Guadiana - têm caraterísticas diferentes

×