Vidas Secas <br />
Oautor<br />
G<br />r<br />a<br />c<br />i<br />l<br />i<br />a<br />n<br />o<br />R<br />A<br />M<br />O<br />s<br />
Ralação<br />Graciliano – Vidas secas<br />
Graciliano <br />Nascido em: Quebragulho, SERTÃO de Alagoas<br />Filho de: dos sertanejos Sebastião  Ramos de Oliveira e  ...
O primogênito de país rudes que conviveu com a miséria do sertão, que lhe fez alimentar a idéia de que todas as relações h...
Livro escrito por Graciliano, que mostra a história de um povo convivente com a miséria que é trazida pela seca sertaneja ...
Momento <br />Literário<br />
	  A primeira fase modernista (1922-1930) teve como destaque a poesia, com os escritores principais voltados par moderniza...
Até então nesse período todos enredos só se passavam no Rio e em São Paulo, quando o Regionalismo foi fundado por escritor...
Estudo da linguagem<br />
<ul><li>Tipo de discurso: indireto livre.</li></ul>	No qual não relata a quem esta destinado e que não usa a linguagem for...
Baleia - cadela da família, tratado como gente, muito querido pelas crianças.Sinhá Vitória- mulher de Fabiano, sofrida, mã...
Sinhá Vitória<br />Fabiano<br />filhos<br />Família de retirantes<br />
soldado<br />Seu Inácio<br />Outros personagens<br />
A<br />m<br />i<br />g<br />o<br />s<br />Baleia<br />
No caminho<br />
Patrão <br />Opressão <br />
O papel de cada personagem é especificar  a verdadeira história, de um povo que vive oprimido, diante dos superiores, em r...
V<br />Í<br />N<br />C<br />U<br />L<br />O<br />S<br />Os personagens são ligados ao autor pela história de vida, assim c...
E<br />S<br />T<br />R<br />U<br />T<br />U<br />R<br />A<br />	A estrutura familiar mostrada no livro  vidas secas é tota...
Com tanta agressão familiar, conseqüentemente as crianças daquela casa iriam ficar psicologicamente frágeis.elas eram  fre...
Fabiano só por ser menos favorecido era totalmente oprimido por seu patrão, que gostava de ter escravos e não pessoas pra ...
Problemas <br />Atualidade – Época   <br />O problemas mais constante da época que o livro foi escrito era a seca da regiã...
Componentes <br />
Ivanilda<br />
Jamire Borges<br />
Daniela Lima <br />
Tamires  Oliveira<br />
P<br />A<br />U<br />L<br />O<br />
Marcildo <br />
Fim <br />
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Graciliano Ramos

3.390 visualizações

Publicada em

vidas secas
relação obra e autor

Publicada em: Educação, Tecnologia
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.390
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
153
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Graciliano Ramos

  1. 1. Vidas Secas <br />
  2. 2. Oautor<br />
  3. 3. G<br />r<br />a<br />c<br />i<br />l<br />i<br />a<br />n<br />o<br />R<br />A<br />M<br />O<br />s<br />
  4. 4. Ralação<br />Graciliano – Vidas secas<br />
  5. 5. Graciliano <br />Nascido em: Quebragulho, SERTÃO de Alagoas<br />Filho de: dos sertanejos Sebastião Ramos de Oliveira e Maria Amélia Ferro Ramos<br />Onde passou sua infância: Palmeira dos Índios (AL) e Baíque (PE).<br />
  6. 6. O primogênito de país rudes que conviveu com a miséria do sertão, que lhe fez alimentar a idéia de que todas as relações humanas eram de mais pura violência.<br />
  7. 7. Livro escrito por Graciliano, que mostra a história de um povo convivente com a miséria que é trazida pela seca sertaneja .<br /> filhos de pais brutos, que são criados sem amor, carinho e compreensão.<br />Mãe com estrutura psicológica extremamente abalada pela má formação educacional e socio-cutural.<br />Pai, caricatura de si próprio, com as marcas de uma vida que jamais lhe favoreceu em qualquer que fosse o ângulo e o ponto de vista.<br />Vidas Secas <br />
  8. 8. Momento <br />Literário<br />
  9. 9.   A primeira fase modernista (1922-1930) teve como destaque a poesia, com os escritores principais voltados par modernizar a literatura brasileira, colocá-la à altura das mais novas conquistas vividas no ocidente. <br />Modernismo <br />
  10. 10. Até então nesse período todos enredos só se passavam no Rio e em São Paulo, quando o Regionalismo foi fundado por escritores nordestinos todos passaram a conhecer o bom e ruim do Nordeste brasileiro.<br />
  11. 11. Estudo da linguagem<br />
  12. 12. <ul><li>Tipo de discurso: indireto livre.</li></ul> No qual não relata a quem esta destinado e que não usa a linguagem formal na sua escrita, escreve de acordo com a origem dos personagens.<br /><ul><li>Foco narrativo: terceira pessoa.</li></ul>Na qual somente é usado ele ou eles.<br /><ul><li>Adjetivos, figuras de linguagem: metáfora </li></ul>“Você é um bicho, Fabiano” <br /> prosopopéia, compara Baleia como gente.<br />
  13. 13. Baleia - cadela da família, tratado como gente, muito querido pelas crianças.Sinhá Vitória- mulher de Fabiano, sofrida, mãe de 2 filhos, lutadora e inconformada com a miséria em que vivem, trabalha muito na vida.Fabiano - nordestino pobre, ignorante que desesperadamente procura trabalho, bebe muito e perde dinheiro no jogo.Filhos - crianças pobres sofridas e que não tem noção da própria miséria que vivem.Patrão - contratou Fabiano para trabalhar em sua fazenda, era desonesto e explorava os empregados.Outros personagens: o soldado, seu Inácio (dono do bar).<br />C<br />A<br />R<br />A<br />C<br />T<br />E<br />R<br />I<br />Z<br />A<br />Ç<br />Ã<br />o <br />Personagens<br />
  14. 14. Sinhá Vitória<br />Fabiano<br />filhos<br />Família de retirantes<br />
  15. 15. soldado<br />Seu Inácio<br />Outros personagens<br />
  16. 16. A<br />m<br />i<br />g<br />o<br />s<br />Baleia<br />
  17. 17. No caminho<br />
  18. 18. Patrão <br />Opressão <br />
  19. 19. O papel de cada personagem é especificar a verdadeira história, de um povo que vive oprimido, diante dos superiores, em relação Às questões financeiras,políticas e sociais .<br />Importância <br />
  20. 20. V<br />Í<br />N<br />C<br />U<br />L<br />O<br />S<br />Os personagens são ligados ao autor pela história de vida, assim como a maioria do povo nordestino.<br />
  21. 21. E<br />S<br />T<br />R<br />U<br />T<br />U<br />R<br />A<br /> A estrutura familiar mostrada no livro vidas secas é totalmente abalada , pelo fato da família ser desfavorecida socio-economicamente. Trazendo com isso o apelo para violência doméstica, principalmente com os filhos. Ao longo das páginas podemos ver constantemente quando Fabiano e sua família estão de retirada a procura de uma outra fazenda para empregar-se, quando seus filhos se dão por cansados e prostam-se em terra, facilmente Fabiano irrita-se e os agride.<br />FAMILIAR <br />
  22. 22. Com tanta agressão familiar, conseqüentemente as crianças daquela casa iriam ficar psicologicamente frágeis.elas eram freqüentemente tratadas como adultos que até tentavam imitar o pai em alguns aspectos tais como domar animais rústicos.<br />Universo infantil<br />
  23. 23. Fabiano só por ser menos favorecido era totalmente oprimido por seu patrão, que gostava de ter escravos e não pessoas pra que pra ele trabalhasse. <br />Opressões e oprimidos<br />
  24. 24. Problemas <br />Atualidade – Época <br />O problemas mais constante da época que o livro foi escrito era a seca da região menos favorecida e hoje nosso problema é simplesmente a mal distribuição de renda familiar.<br />Comparação <br />
  25. 25. Componentes <br />
  26. 26. Ivanilda<br />
  27. 27. Jamire Borges<br />
  28. 28. Daniela Lima <br />
  29. 29. Tamires Oliveira<br />
  30. 30. P<br />A<br />U<br />L<br />O<br />
  31. 31. Marcildo <br />
  32. 32. Fim <br />

×