Plano de ação 2ª unidade

880 visualizações

Publicada em

PLANO DE AÇÃO APÓS CONSELHO DE CLASSE, PROBLEMA, POSSÍVEL SOLUÇÃO E RESPONSÁVEL PELA AÇÃO. ESTE PLANO DE AÇÃO FOI A FORMA QUE ENCONTRAMOS PARA DIMINUIR OS DADOS NEGATIVOS DA ESCOLA;

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
880
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
12
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Plano de ação 2ª unidade

  1. 1. PLANO DE AÇÃO NÚCLEO MUNICIPAL MARIA RIBEIRO DE ANDRADE ESCOLA MARIA RIBEIRO ESCOLA IRALDY MAGALHÃES ESCOLA INGAZEIRA II UNIDADE 2014
  2. 2. Queridos professores, Percorremos toda a I unidade passada e chegamos até aqui com muita garra e perseverança, todos com o intuído de fazer para melhorar a cada dia a nossa prática e que esta resulte nas aprendizagens das crianças. O material aqui elaborado é o resultado final do conselho de classe desenvolvido no dia 09 de maio de 2014 onde toda a equipe escolar reuniu-se para traçar encaminhamentos para a II UNIDADE visando à melhoria no ensino para tentarmos alcançar as expectativas de aprendizagens de nossas crianças e a melhoria da unidade escolar. Espero que façam desse documento um meio de nortear o trabalho a ser desenvolvido. “É preciso compreender a realidade enquanto processo em movimento, enquanto um processo contraditório e dialético em que o todo não se explica fora das partes e as partes não se compreendem fora do todo; portanto, é preciso agir sobre o todo agindo simultaneamente sobre as diferentes partes” (SAVIANI, 1991, p.55).
  3. 3. SÉRIE O que? Como? Quando? Quem? Pré I e Pré II  Cantinhos diversificados.  Biblioteca de Sala.  Base alfabética.  Criar os cantos diversificados que ajudem as crianças a quebrarem certos paradigmas assim utilizando seus comportamentos e atitudes durante o trabalho nos cantinhos como meio de planejamento para futuras aulas.  Estimular os alunos a pensarem sobre o sistema de leitura e escrita, através do brincar na biblioteca de sala.  Iniciar pelos nomes dos alunos escritos em crachás, listados no quadro ou em cartazes;  Identificar o próprio nome e depois o de cada colega, percebendo que nomes maiores podem pertencer às crianças menores e vice-versa;  Classificar os nomes pelo som inicial ou por outros critérios;  Organizar os nomes em  Durante a segunda unidade.  Direção, Coordenação, Professores.
  4. 4. ordem alfabética, ou em “galerias” ilustradas com retratos ou desenhos;  Criar jogos com os nomes (Dominó, memória, boliche, bingo);   1º Ano  Base alfabética, leitura de pequenos textos; Leitura de títulos, Leitura de índice. Produção oral com destino escrito; Trabalhar com atividades diferenciadas em grupos produtivos;  Trabalhar matemática com material concreto.  Planejando situações e tematizando a prática de sala de aula nos momentos de AC.  ACs da II unidade.  Direção, Coordenação, Professores.  2º ANO  Trabalho com projeto de textos informativos; Base alfabética, jogos educativos, produzirem pequenos textos e trechos de  Planejando situações e tematizando a prática de sala de aula nos momentos de AC.  Durante a II unidade.  Coordenação e Professor.
  5. 5. contos entre outros; Produção oral com destino escrito;  3º ANO  Trabalho com projeto de textos informativos; Base alfabética, jogos educativos, produzirem pequenos textos e trechos de contos entre outros; Produção oral com destino escrito;   Planejando situações e tematizando a prática de sala de aula nos momentos de AC.  Durante a II unidade.  Coordenação e Professor.  4º ANO  Leitura com compreensão (Ler para estudar).  Trabalhar matemática com material concreto.  Planejando situações e tematizando a prática de sala de aula nos momentos de AC.  Durante a II unidade.  Coordenação e Professor.  5º ANO  Leitura com compreensão (Ler para estudar).  Trabalhar matemática com material concreto.  Planejando situações e tematizando a prática de sala de aula nos momentos de AC.  Durante a II unidade.  Coordenação e Professor.
  6. 6. DIFICULDADES Ação Como Realizar Período Responsáveis METAS EDUCAÇÃO INFANTIL  Aluno com dificuldade de relacionamento em sala de aula.  Preenchimento das fichas de acompanhamento.  Alunos com dificuldade em desenvolver atividades em sala de aula.  Estudo das fichas de acompanhamento do aluno com supervisão do coordenador pedagógico.  Criar cantinhos diversificados além da biblioteca de sala.  Em AC juntamente com o coordenador pedagógico.  Estruturar o trabalho com os cantinhos diversificados para que fique mais claro a importância do trabalho Durante a 2ª Unidade Professor, Coordenador e Diretor. 01º CICLO  Alunos com dificuldades na leitura e escrita ainda na série final do primeiro ciclo  A maioria dos nossos alunos do primeiro ciclo apresentam ainda dificuldade na leitura e escrita, não conseguem ler texto curtos e nem escrevem.  Analise de bloco de atividades e possíveis ajustes levando-se em consideração o que fora analisado no conselho de classe e nos resultados dos diagnósticos e levando-se em consideração principalmente a necessidade de cada turma.  Nos encontros de ACs. Inserir na rotina do primeiro ciclo sequencias da prática de leitura e escrita com foco em conteúdos de reflexão do sistema de escrita.  Eleger dois dias para por em prática às sequencias de atividades, considerando o 2ª Unidade Direção, Coordenação e Professores.
  7. 7. nível de cada aluno assim formando os agrupamentos produtivos. 02 º CICLO  O não desenvolvimento da leitura e na compreensão vem acarretando a este grupo.  Inserir sequencias de atividades na rotina elegendo dois ou três dias para trabalhar com leitura com autonomia e compreensão leitora.  O coordenador planejará com o professor as etapas dentro do Ac discutindo com eles quais condições devem ser oferecidas. 2ª Unidade Direção, Coordenação e Professores. COORDENAÇÃO  Selecionar material para apoio pedagógico aos professores diante da necessidade apresentada no conselho de classe e mediante os resultados dos diagnósticos.  Pesquisa bibliográfica para apoio pedagógico com apoio da supervisão técnica.  Utilizar material de apoio pedagógico de São Paulo. 2ª Unidade Coordenação
  8. 8.  Revisão dos planos de ensino para a segunda unidade juntamente com o professor.  Construção da ficha com as competências de cada série.  Estudo das fichas de educação infantil em parceria com o professor.  Grupos de estudo em momentos de AC foco Matemática. DIREÇÃO ESCOLAR   Compartilhar com comunidade resultados obtidos em avaliações externas para que a comunidade fique mais  Coletar resultados e montar slides para apresentação para toda a comunidade escolar explicitando os problemas 2º Unidade em reunião de pais e mestres. Direção Escolar
  9. 9. próxima dos resultados reais da escola.  Providenciar material didático pedagógico para realização das atividades em sala de aula.  Apoiar professor na construção dos cantinhos diversificados no que se diz material para montar. detectados e as soluções a serem tomadas.  Solicitar caso aja necessidade da secretaria de educação.  Fazer campanha na escola entre os funcionários para apoio a criação dos cantinhos diversificados.

×