Oficina de Formação Continuada do Programa "Vamos Ler"

1.382 visualizações

Publicada em

Oficina de Formação Continuada ministrada aos professores que participam do Programa Jornal e Educação “Vamos Ler”, desenvolvido pelo Jornal da Manhã, em Ponta Grossa-PR. Aconteceu em 22 de março de 2013.

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.382
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
28
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Oficina de Formação Continuada do Programa "Vamos Ler"

  1. 1. Educar para a Mídia & Educar com a Mídia Como utilizar o jornal nosClaudia Re /WAN ambientes de ensino e auxiliar na formação dos jovens Oficina de Formação Continuada ministrada aos professores que participam do Programa Jornal e Educação “Vamos Ler”, desenvolvido pelo Jornal da Manhã, em Ponta Grossa-PR. Aconteceu em 22 de março de 2013.
  2. 2. EDUCOMUNICAÇÃOo A ideia da Educomunicação é colocar os meios de informação a serviço dos interesses e necessidades dos educandos, garantindo a todos o direito à livre expressão e o acesso às tecnologias da informação.o Educomunicação é uma forma de conhecer e compartilhar o conhecimento usando estratégias e produtos de comunicação.o Comunicação é derivada da palavra COMMUNIS = COMUM, que quer dizer “pertencente a todos ou a muitos”, ou seja, quando alguém comunica, troca informações, torna determinado saber comum aos outros.o Jesús Martín-Barbero (1970): “Educomunicação é um processo educativo que permite aos alunos apropriarem-se, criativamente, dos meios de comunicação, integrar a voz dos estudantes ao Ecossistema Comunicativo da escola e, em última instância, melhorar a gestão do ambiente escolar com a participação dos educandos”.o Paulo Freire (1960): “Promover educação é fazer comunicação”.
  3. 3. VÍDEOEducomunicação: O Nascimento(Assista: http://migre.me/dQILj)
  4. 4. POR QUE USAR O JORNAL NA ESCOLA?o Todos os tipos de assuntos estão no jornal: políticos, econômicos, culturais, o que permite um aprendizado em concordância com a diversidade social, econômica, étnica e cultural que se encontra em sala de aula;o Os assuntos estão conectados com as disciplinas curriculares;o Ele revela situações reais e cotidianas, contribuindo na formação do senso crítico de quem o lê;o O jornal também é um registro da história. Com ele, o aluno aprenderá a relacionar o passado com o presente, buscando a origem dos fatos e refletindo sobre eles;o Lendo o jornal o aluno aprenderá a filtrar as informações que recebe diariamente, por diversas fontes;o A mídia tem papel decisivo na formação da opinião pública. É importante levar esse debate para dentro da sala de aula.
  5. 5. COMO TRABALHAR COM O JORNALo Conheça o impresso e permita que os alunos também o conheçam;o Faça um “tour” pelas páginas do jornal mostrando, além do conteúdo, características gráficas. Destaque a forma com que são apresnetado os textos e as imagens;o Esclareça o que são fontes de informação;o Converse com eles sobre o conteúdo publicado no jornal, sobre a seleção das notícias;o Reflitam: o que é NOTÍCIA?;o Faça um planejamento;o Avalie constantemente o trabalho desenvolvido. Considere a opinião dos alunos;o Traga outras fontes de informação para as aulas. Permita que os alunos comparem os veículos e as maneiras de transmitir a mesma informação;o Lembre-se: formar um leitor também passa pelas questões de interesse, responsabilidade, usabilidade e pertinência.
  6. 6. SUGESTÕES DE ATIVIDADES o Uma legenda para a minha foto. o O que dizem nossas casas. o Como o meu bairro aparece na mídia. o Qual a história da nossa rua/escola? o Pedir que escrevam ou desenhem a partir da proposta: “O que eu vejo pela janela”.
  7. 7. Colégio Est. Pe Arnaldo Jansen - 2011 SUGESTÃO DE PRÁTICA SUGESTÃO DE PRÁTICA Caderno Circular de Notícias (http://migre.me/dQJb8)
  8. 8. Colégio Est. Pe Arnaldo Jansen - 2011 SUGESTÃO DE PRÁTICA SUGESTÃO DE PRÁTICA O Carteiro na Escola (http://migre.me/dQJ21)
  9. 9. ELEMENTOS NA CAPA DO JM
  10. 10. ANÁLISE DA IMAGEM o O jornal sempre vai escolher as melhores fotos para serem publicadas; o As fotos mais bonitas e chamativas estarão na capa; o Ler uma imagem é interpretar a mensagem que ela quer transmitir; o Uma fotografia nunca está sozinha, está sempre acompanhada da legenda. Imagem e texto são parceiros; o Um texto pode mudar uma imagem, bem como uma imagem pode mudar a nossa interpretação de um texto.
  11. 11. CONSTRUÇÃO DA NOTÍCIA
  12. 12. CONSTRUÇÃO DA NOTÍCIA
  13. 13. CONSTRUÇÃO DA NOTÍCIA
  14. 14. OPINIÃO
  15. 15. VOCABULÁRIO ESPECÍFICO
  16. 16. Leitura é escolha
  17. 17. O educar numa era em que ainformação é densa, móvel e sem barreiras
  18. 18. Fonte: http://www.oitopassos.com/wp-content/uploads/2012/06/Mi-4.jpg. Acesso em 20/07/2012.
  19. 19. Imagem: http://www.being.com.br/userfiles/image/MARKETING_DIGITAL2.jpg. Acesso em 19/07/2012.
  20. 20. REDES SOCIAISo Redes sociais nascem e morrem, elas são móveis;o Redes sociais crescem, no seu tempo, o necessário. Crescimento não precisa estar relacionado a números – pode crescer aumentando sua conectividade e seu grau de distribuição;o Essa ideia de que você tem que se transformar em uma pessoa diferente (que você não é) está errada. Você é a mesma pessoal em qualquer ambiente em que esteja;o A rede social não é uma invenção contemporânea;o Seres humanos que se conectam entre si formam redes. O “social” é isso;o Nos últimos anos fala-se muito de redes digitais e fica-se com a impressão de que são as novas tecnologias de informação e comunicação que representam toda essa novidade organizativa. Mas não é bem assim: As "ferramentas de mídias sociais" são sistemas online projetados para permitir a interação social a partir do compartilhamento e da criação colaborativa de informação nos mais diversos formatos. Eles possibilitaram a publicação de conteúdos por qualquer pessoa. Elas abrangem diversas atividades que integram tecnologia, interação social e a construção de palavras, fotos, vídeos e áudios. Esta interação e a maneira na qual a informação é apresentada dependem nas várias perspectivas da pessoa que compartilhou o conteúdo, visto que este é parte de sua história e entendimento de mundo.
  21. 21. REDES SOCIAIS“É preciso entender que as redesnão são expedientesinstrumentais para pescarpessoas e levá-las a trilhar umdeterminado caminho ou seguiruma determinada orientação. Asredes farão coisas que seusmembros quiserem fazer, oumelhor, só farão coisasconjuntas os membros de umarede que quiserem fazer aquelascoisas.” Fonte: Escola de Redes(escoladeredes.net/profiles/blogs/uma- introducao-as-redes)
  22. 22. REDES SOCIAIS“Não se trata da organização em rede datecnologia, mas da organização em rede dos seres humanos através da tecnologia. Não se trata de uma era de máquinas inteligentes, mas de sereshumanos que, através das redes, podem combinar a sua inteligência”Don Tapscott - Estudioso de mídia, tecnologia e inovação, autor de ‘Growing Up Digital’ e ‘Grown Up Digital’
  23. 23. MAPA MUNDIAL DA REDES SOCIAIS
  24. 24. QUANTO DEMOROU PARA ATINGIR 50 MILHÕES DE USUÁRIOS? TelefoneEletricidade (1876) (1873 ) 30 anos 46 anos Celular Televisã (1983 ) o (1926) 13 Automóvel anos. 26 anos (1886) 35 anos
  25. 25. QUANTO DEMOROU PARA ATINGIR 50 MILHÕES DE USUÁRIOS? INTERNET 1995 a 1999 = “50 milhões” 2002: 561 milhões 2007: 1,08 bilhão
  26. 26. Hoje nós tiramos diploma pela Internet (EAD).Imagem: http://blog.pucsp.br/tmd/files/2012/05/ead-sn.jpg. Acesso em 19/07/2012. E nos comunicamos diariamente com pessoas distantes de nós. Imagem: http://www.epixeldesign.com.br/wp-content/uploads/2012/02/social_media_clutter-men- talking-2.jpg. Acesso em 19/07/2012.
  27. 27. REALIDADEo Hoje, 81% das crianças com média de 2 anos de idade, já têm alguma pegada digital;o Em 1 hora, as pessoas que são muito conectadas, trocam 27 vezes de plataforma;o Estamos vivendo numa época de empresas (incluindo escolas) do século XX e pessoas do século XXI;o Segundo pesquisa da World Economic Forum (Fórum Econômico Mundial):> 47% das pessoas confiam nos anúncios da TV;> 92% confiam mais no boca a boca na rede;o Hoje, vivemos um desemprego tecnológico;o Hoje, nos encontramos por geolocalizaçã.Fonte: Gil Giardelli (Gaia Creative)
  28. 28. VÍDEO E se Nelson Mandelativesse usado o Facebook para lutar contra o Apartheid? (Assista: http://migre.me/dQJLN)
  29. 29. A EDUCAÇÃO, A PAZ E A MÍDIA “Em um diálogo não há atentativa de fazer prevalecer um ponto de vista particular, mas a de ampliar a compreensão de todos os envolvidos” David Bohm, considerado um dosfísicos teóricos mais importantes do século XXCada um de nós dispõe de uma “janela” para ver e sentir o mundo. E tudo aquilo quepercebemos chega até nós “carregado” de nossa história particular e única. Isso é oque nos torna singulares. Porém, às vezes, nossa “janela” fica estreita demais; nãopercebemos realmente o que acontece. (Fonte: NEP-UEPG)
  30. 30. Como o jornal, em minhas aulas,pode estar relacionado com tudo isso?
  31. 31. Publicações do “Vamos Ler”
  32. 32. Publicações do “Vamos Ler”
  33. 33. Publicações do “Vamos Ler”
  34. 34. Publicações do “Vamos Ler”
  35. 35. Publicações do “Vamos Ler”
  36. 36. Publicações do “Vamos Ler”
  37. 37. Publicações do “Vamos Ler”
  38. 38. Publicações do “Vamos Ler”
  39. 39. Publicações do “Vamos Ler”
  40. 40. Publicações do “Vamos Ler”
  41. 41. Publicações do “Vamos Ler”
  42. 42. Publicações do “Vamos Ler”
  43. 43. Publicações do “Vamos Ler”
  44. 44. Produções dos alunos do “Vamos Ler”
  45. 45. Produções dos alunos do “Vamos Ler”
  46. 46. Produções dos alunos do “Vamos Ler”
  47. 47. Produções dos alunos do “Vamos Ler”
  48. 48. Produções dos alunos do “Vamos Ler”
  49. 49. Colégio Est. Linda Bacila - 2012Projeto “Jovem Repórter”
  50. 50. Colégio Est. Linda Bacila - 2012
  51. 51. Colégio Est. Linda Bacila - 2012
  52. 52. Colégio Est. Linda Bacila - 2012
  53. 53. Colégio Est. Linda Bacila - 2012
  54. 54. Colégio Est. Pe Arnaldo Jansen - 2012
  55. 55. Em qual tipo de sala de aula acontece o aprendizado?
  56. 56. JORNAL MURALo É um veículo de comunicação da escola;o Todos podem se envolver na sua criação e manutenção, de acordo com habilidades próprias;o Não impõe regras no uso de texto escrito, imagens, cor e adereços. É permitido abusar da criatividades e da liberdade de expressão;o Quando produzido de maneira estratégica, é valorizado e lido, atingindo com rapidez o público ao qual se destina.
  57. 57. Escola Rural Mun. Cláudio Mascarenhas - 2012
  58. 58. JORNAL FALADOo Todas as turmas, alunos de diferentes idades, crianças, jovens e adultos podem se divertir e aprender muito com um Jornal Falado;o Dicas: Organize os alunos em equipes; Estipule um tempo para a apresentação; Oriente a escolha do conteúdo a ser apresentado; Faça uma avaliação.
  59. 59. JORNAL ESCOLARo NÃO é um Jornal Institucional;o NÃO é um Jornal Estudantil;o JORNAL ESCOLAR é um meio de comunicação produzido pelos alunos, com a orientação dos professores.o NÃO precisa seguir o modelo de um jornal de circulacão de massa.o Um JORNAL ESCOLAR deve permitir a expressão do aluno.
  60. 60. Escola Rural Mun. Cláudio Mascarenhas - 2012
  61. 61. Escola Rural Mun. Cláudio Mascarenhas - 2012
  62. 62. Escola Rural Mun. Cláudio Mascarenhas - 2012
  63. 63. Colégio Est. Pe Arnaldo Jansen - 2012
  64. 64. Colégio Est. Pe Arnaldo Jansen - 2012
  65. 65. BLOG Dicas para criar um Blog:oEscolha uma plataforma;oDê um nome ao blog;oCrie um endereço para o ambiente;oEscolha um modelo/tema;oPublique;oAtualize periodicamente;oMantenha um bom relacionamento com osleitores.
  66. 66. Colégio Est. Linda Bacila - 2012 Acesse: imprensaaprendiz.com
  67. 67. Colégio Est. Linda Bacila - 2012
  68. 68. REDES SOCIAISSugestões de uso do Facebook com os alunos:oCriar Grupos de Discussão;oFazer enquetes online;oElaborar calendário de eventos;oOrganizar um “plantão” para tirar dúvidas;oOrientar a pesquisa e através da navegação emsites seguros;oDivulgar leituras;oMontar uma galeria de trabalhos artísticos;oAproximar-se dos pais;oInteragir com estudantes já formados;oDestacar datas importantes;oAcompanhar os bate-papos.
  69. 69. REFERÊCIAS BIBLIOGRÁFICAS Fontes utilizadas no desenvolvido do apostla entregue aos participantes da oficina:ALMEIDA, Geraldo Peçanha de. Práticas de Leituras para Neoleitores. 2ª ed. Rio de Janeiro: Wak, 2010.BARTHES, Roland. A Câmara Clara: nota sobre a fotografia. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1984.BRAGA, Maria Regina; SILVESTRE, Maria de Fátima Barros. Construindo o leitor competente: atividades de leitura interativa para a sala de aula. 3. ed. SãoPaulo: Global, 2009.CAVALCANTI, Joana. O jornal como proposta pedagógica. São Paulo: Paulus, 1999.CITELLI, Adílson Odair; COSTA, Maria Cristina Castilho (Orgs.). Educomunicação: construindo uma nova área de conhecimento. São Paulo: Paulinas, 2011.FARIA, Maria Alice. Como usar o jornal na sala de aula. São Paulo: Contexto, 2006.FREINET, Célestin. O Jornal Escolar. Lisboa: Editorial Estampa, 1974.GADOTTI, Moacir. O jornal na escola e a formação de leitores. Brasília: Liber Livro Editora, 2007.JOLY, Martine. Introdução à análise da imagem. Campinas, SP: Papirus, 1996.LAGE, Nilson. Estrutura da Notícia. São Paulo: Ática , 1985.LAGE, Nilson. Linguagem Jornalística. São Paulo: Ática, 1986.SAYAD, Alexandre Le Voci. Idade Mídia – A comunicação reinventada na escola. São Paulo: Aleph, 2011.SEABRA, Carlos. Tecnologias na Escola. Porto Alegre: Telos Empreendimentos Culturais, 2010.SOARES, Ismar de Oliveira. Educomunicação: o conceito, o profissional, a aplicação - Contribuiçõespara a reforma do Ensino Médio. São Paulo: Paulinas, 2011.VOLPI, Mário; PALAZZO, Ludmila (orgs.). Mudando sua escola, mudando sua comunidade,mudando o mundo! – Sistematização da Experiência. Brasília: Unicef, 2010.WAN-IFRA. Reading and Learning with Newspapers (Lendo e Aprendendo com Jornais).Periodismo & Educación (Republic of Argentina).•Reflexões sobre o jornalismo escolar. Boletim O Público na Escola. Jornal O Público. Portugal, Outubro de 2001.•Vamos fazer um jornal. Boletim O Público na Escola. Jornal O Público. Portugal, novembro de 2001. Créditos: Texto e Apresentação: Talita Moretto. | Fotografias - Alunos e Professores: Arquivo do Projeto Vamos Ler ( 2008- 2012). | Ilustrações - Jornal na Escola: Cláudia Re, da publicação: Reading and Learning with Newspapers - WAN-IFRA. | Outras Ilustrações: all-free-download.com (gratuito).
  70. 70. Deixo uma imagem para reflexão. “Educar COM a Mídia, Educar PARA a mídia” Fonte: http://juventudemidiatica.blogspot.com.br201008influencia-da-midia-na-vida-dos-jovens.html Obrigada pela presença! TALITA MORETTOCoordenadora do Vamos Ler vamosler@jmnews.com.br(42)3220-6283 / 8815-9473

×