Naming Rights no Esporte: Um Novo Olhar | Estádios Brasileiros

21 visualizações

Publicada em

Trabalho apresentado a disciplina de Expressão e Linguagem - Escola de Comunicação da UFRJ - Publicidade e Propaganda. Contextualização; Apresentação Express.

Publicada em: Marketing
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
21
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Naming Rights no Esporte: Um Novo Olhar | Estádios Brasileiros

  1. 1. NO ESPORTE: UM NOVO OLHAR ESTÁDIOS BRASILEIROS
  2. 2. Naming Rights é o direito sobre a propriedade de nome por parte de uma empresa sobre um estabelecimento, espetáculo cultural e/ou esportivo.
  3. 3. HISTÓRICO:  KYOCERA ESTÁDIOS PÓS-COPA:  ALLIANZ PARQUE (SÃO PAULO - SP)  ITAIPAVA FONTE NOVA (SALVADOR - BA) X MÍDIATV | IMPRESSA | RÁDIO | INTERNET
  4. 4. “Conversamos sobre naming rights, não só com o Corinthians, mas com outros donos e estádios também, e entendemos que não vale a pena porque o mercado não entrega o nome que você compra. 19/01/2016 Em entrevista recente ao SporTV, o superintendente Andrés Sanchez chegou a dizer: “A Globo vai falar a Arena que eu vender?, questionou. O problema também é a internet, jornais… é muito difícil. O povo pode falar o nome que quiser, mas o que importa para as empresas é a mídia".
  5. 5. Os direitos de uso do nome vão muito além de simplesmente “imprimir” uma marca de uma determinada empresa em um estádio e passar a chamá-lo por aquela alcunha. NAMING RIGHTS NÃO É OUTDOOR!
  6. 6. 1 - QUANTAS PASSAGENS PARA DUBAI VOCÊ JÁ PENSOU EM COMPRAR AO VER O EMIRATES STADIUM NA TV? 2 - QUANTAS PESSOAS TROCARAM O SEGURO DA FAMÍLIA INTEIRA AO LER ALLIANZ NO ESTÁDIO DO PALMEIRAS? Os Naming Rights não são como patrocínio de camisa ou cartaz de ponto de venda, que reforça a marca e incentiva/lembra uma compra imediata ou o uso de um produto/serviço.
  7. 7. BRANDING|LOVEMARK O que a marca deve querer de verdade é abraçar o local. Querer entrar para a vida do cidadão, com ações de relacionamento, realização de promoções, comunicações diversas associadas a marca e ao empreendimento. NÃO É UTOPIA
  8. 8. É possível criar e desenvolver uma sinergia relevante entre aquilo que a empresa produz com o que o empreendimento pode oferecer. Um pensamento norte-americano no qual o brasileiro ainda não soube como trabalhar. Mas o europeu sim.
  9. 9. Phillips (Iluminação) PESQUISA E DESENVOLVIMENTO (P&D) Ter a melhor iluminação da Europa, apresentando soluções diferenciadas naquele ambiente. Allianz (Seguradora) TRANSMISSÃO DE VALORES Posiciona o estádio como um dos mais seguros do mundo. Phillips Stadion, em Eidhoven – Holanda. Allianz Arena, em Munique – Alemanha. PSV BAYERN DE MUNIQUE
  10. 10. Emirates (Aviação) HOSPITALIDADE CORPORATIVA Um dos melhores camarotes corporativos do mundo do futebol - excelência em serviços. Emirates Stadium, em Londres – Inglaterra. ARSENAL
  11. 11. Contexto Brasil: Problema de violência nos estádios/impedimento para famílias. Allianz Parque: Campanha: ser o estádio mais seguro do Brasil. Allianz Parque, em São Paulo.
  12. 12. Como vimos, a gama de oportunidades que o Naming Rights possibilita para o detentor deste direito é enorme. Sendo assim, é preciso vislumbrar um novo olhar para o tema no Brasil, independente da questão da mídia.
  13. 13. OBRIGADO!

×