Português

14.883 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação, Tecnologia
2 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
14.883
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
42
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
356
Comentários
2
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Português

  1. 1. Língua Portuguesa
  2. 2. Índice  Relações de sentido  Relação gráficas e fonéticas  Aspecto Verbal  Voz Activa e Voz Passiva  Coordenação e subordinação  Predicativo do complemento directo
  3. 3. Relações de sentido Sinonímia Antonímia Hiperonímia / Hiponímia Polissemia
  4. 4. Sinonímia Estamos perante sinónimos quando duas ou mais palavras possuem um sentido equivalente, podendo ser utilizadas no mesmo contexto. Ex. Nesta frase é preciso mudar o termo Nesta frase e preciso mudar a palavra Antonímia Estamos perante antónimos quando duas palavras possuem um sentido oposto. Ex. O João é baixo e a Maria é alta Aquele cão e magro e o outro e gordo
  5. 5. Hiperonímia / Hiponímia Quando estamos perante duas palavras em que o sentido de uma é mais geral e inclui o sentido da outra, essa palavra designa-se por hipónimo e a outra por hiperónimo Ex. Animais - hiperónimo Lince, cão, gato, mosca…-hipónimo
  6. 6. Polissemia Quando a mesma palavra admite sentidos diversos, estamos perante uma palavra polissémica. Ex. Quando viu o que tinha acontecido, ficou cego (furioso). Está completamente cego (obcecado) pelos jogos de computador. A faca ficou cega (sem gume) devido à água quente.
  7. 7. Relação gráficas e fonéticas Homonímia Homofonia Homografia Paronímia
  8. 8. Homonímia Quando temos duas palavras graficamente iguais, mas com origem e significado diferentes, estamos perante palavras homónimas Ex:. O rio corre para o mar. Rio porque me contaram uma piada. Homofonia Quando temos duas palavras com significados e grafias diferentes mas foneticamente iguais, estamos perante palavras homófonas. Ex:. Quando soar a campainha saímos da aula. A aula de ed. Física fez-nos suar.
  9. 9. Homografia Quando temos duas palavras com significado e pronúncia diferentes e grafias idênticas, estamos perante palavras homógrafas. Ex:. Ele é uma péssima influência para os outros. O estado do tempo influencia a minha saída de logo a noite. Paronímia Quando temos duas palavras com significados diferentes mas foneticamente muito próximas estamos perante palavras parónimas. Ex:. O armário tem 3 metros de comprimento. No final de uma carta manda-se sempre um cumprimento.
  10. 10. Aspecto Verbal Cada verbo e cada forma verbal pode acrescentar indicações sobre a acção e o seu tempo de realização. Aspecto incoativo (A acção está no início) Anoitece. Aspecto durativo (A acção prolonga-se) Ela andava muito atarefada. Aspecto Frequentativo (A acção repete-se) A mosca esvoaça sobre a minha cabeça Aspecto pontual (a acção e momentânea) O sino deu uma balada Aspecto conclusivo (a acção já terminou) O luís esteve doente
  11. 11. Voz Activa e Voz Passiva  A voz passiva só é possível em verbos transitivos directos.  A forma verbal na voz passiva é formada pelo verbo auxiliar SER + PARTICÍPIO PASSADO do verbo principal.   Também é possível formar uma frase passiva com o pronome pessoal SE e a 3ª pessoa do verbo, concordando com o sujeito, contudo nesta construção o agente da passiva nunca vem expresso. Ex. Voz Activa: O João comeu o bolo. Voz Passiva: O bolo foi comido pelo João.
  12. 12. Coordenação e subordinação  Coordenação Subordinação  Copulativas Causais  Adversativas Temporais Comparativas  Disjuntivas Finais  Conclusivas Condicionais Concessivas Consecutivas Relativas integrantes
  13. 13. Coordenadas Quando as conjunções têm como função ligar orações da mesma natureza chamam-se, orações chamam-se coordenadas. Nome: Copulativas Definição: Estabelecem ligação entre dois termos ou duas orações de idêntica função Algumas conjunções e locuções: e, nem, não só...mas também, tanto...como. Nome: Adversativas Definição: Opõem dois termos ou duas orações de idêntica função Algumas conjunções e locuções: mas, porém, todavia, contudo, apesar disso, no entanto.
  14. 14. Coordenadas ( cont.) Nome: Disjuntivas Definição: O significado de uma frase é posto em alternativa com o da outra Algumas conjunções e locuções: ou, ou...ou, ora...ora, quer...quer, seja...seja. Nome: Conclusivas Definição: O significado da segunda frase é a conclusão da primeira Algumas conjunções e locuções: logo, pois, portanto, por isso, por consequência
  15. 15. Subordinadas As conjunções que introduzem orações que dependem de outra, como uma circunstância chamam-se subordinativas. Portanto, as orações subordinadas só têm sentido porque existe outra oração - a subordinante - que lhes serve como referência. Nome: Causais Definição: Exprimem causa, motivo. Algumas conjunções e locuções: porque, visto que, já que, como, que (= porque). Nome: Condicionais Definição: Exprimem condição. Algumas conjunções e locuções: se, a não ser que, desde que, contanto que, a menos que.
  16. 16. Subordinadas (cont.) Nome: Temporais Definição: Exprimem a ideia de tempo. Algumas conjunções e locuções: quando, enquanto, logo que, tanto que, depois que, antes que, até que, sempre que, à medida que Nome: Finais Definição: Indicam a finalidade da oração principal. Algumas conjunções e locuções: para que, a fim de que, porque [= para que] Nome: Concessivas Definição: Exprimem uma concessão, e a acção da frase subordinante realiza-se mesmo havendo uma oposição. Algumas conjunções e locuções: embora, conquanto, ainda que,
  17. 17. Subordinadas (cont.) Nome: Consecutivas Definição: Exprimem um facto que é consequência de outro Algumas conjunções e locuções: de forma que, de maneira que, de modo que, de sorte que Nome: Comparativas Definição: Exprimem uma comparação. Algumas conjunções e locuções: como, conforme, assim como, tão…com
  18. 18. Subordinadas (cont.) Nome: Relativas Restritivas Definição: Limitam o sentido da frase a que se referem. Não devem ser separadas por vírgulas. Algumas conjunções e locuções: que Nome: Relativas Restritivas Definição: são apenas uma explicação acessória que pode suprimir-se sem alterar o sentido da frase. Costumam escrever-se entre vírgulas. Algumas conjunções e locuções: que
  19. 19. Predicativo do complemento directo Por vezes, os verbos transitivos directos têm que receber um elemento que especifique a acção expressa; é o chamado predicativo do complemento directo. Alguns verbos como quot;elegerquot;, quot;nomearquot; e “considerar” indicam o predicativo do complemento directo. Ex. Os eleitores elegeram Pedro presidente da câmara. NOTA: O predicativo do complemento directo pode ser introduzido pelas preposições como e por.
  20. 20. Trabalho elaborado por: Flávia nº 5 Ricardo nº 16 Sofia nº 18

×