Foto novela 03 setembro

116 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
116
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Foto novela 03 setembro

  1. 1. Foto Novela Graciliano Ramos – Vidas Secas
  2. 2. Fabiano é um homem honesto, ignorante, inocente, etc. Sinha Vitória é uma mulher guerreira, esperta (sabe fazer conta), sofrida e sonha em ter uma cama de couro. O menino mais novo sonha em ser igual o pai (Fabiano). O menino mais velho pronunciava constantemente a palavra inferno e era muito apegado com a cachorra Baleia. Baleia era tratada como gente, era dócil e todos gostavam de sua companhia. Papagaio não falava e como a família estava passando fome, tiveram que come-lo.
  3. 3. Retirantes caminham em busca de melhores condições de vida, devido a seca no sertão Nordestino.
  4. 4. A família estava com muita fome, e como o papagaio não falava, Sinhá Vitória teve que matá-lo.
  5. 5. O menino mais velho não resistiu e acabou desmaiando.
  6. 6. Fabiano perde a paciência e acaba sendo obrigado a levar o menino nas costas.
  7. 7. Caminharam mais um pouco e logo encontraram uma casa abandonada e acabaram se instalando.
  8. 8. No dia seguinte apareceu o dono da casa, que expulsou – o, Fabiano decidiu trabalhar para o fazendeiro em troca de moradia.
  9. 9. O dono da fazenda apareceu novamente. Agora teriam dinheiro para sobreviver. Fabiano foi então à feira com o dinheiro emprestado e para vender um porco que matara. Porém, o fiscal do governo exigiu- lhe imposto e o impediu de vender a carne. Na mercearia do seu Inácio, Fabiano acaba se envolvendo em um jogo de cartas com o soldado amarelo. Perdeu o dinheiro. Sentindo-se desolado diante da situação, retirou-se bruscamente do jogo. E perguntou a si mesmo o que irei falar para minha família?
  10. 10. O soldado amarelo considerou aquilo uma ofensa, prendeu Fabiano, surrou-o na cadeia. Fabiano ficou com muita dor, ficou confuso e revoltado.
  11. 11. Dias depois o fazendeiro liberta Fabiano.
  12. 12. Com o inverno chegaram as chuvas no sertão. Sentados ao redor do fogo, a família se aquecia à noite. Conversavam sobre o nordeste sem seca, a caatinga verde, rapadura para comer, o gado gordo. Mas mesmo a época de prosperidade não afastava as preocupações de Sinhá Vitória. Preocupava-se, pois, junto com as chuvas poderiam vir também as enchentes.
  13. 13. Baleia ficou doente. Seus pêlos caíram, as costelas magras, e manchas escuras convertiam-se em pus e sangravam. Fabiano resolveu matá-la, Sinhá Vitória achou precipitado, afinalnão estava louca.
  14. 14. Fabiano foi até a casa do patrão (fazendeiro) para receber o pagamento. O patrão deu dinheiro a menos, e como Sinhá Vitória tinha feito as contas, Fabiano decide reclamar . O patrão disse que era o juros pelos empréstimos. Fabiano aceita a explicação e acaba indo embora.
  15. 15. Passou um ano de sua injusta prisão, Fabiano reencontra-se com o soldado amarelo perdido pela caatinga. Tinha nas mãos a chance de se vingar. Mais como Fabiano era honesto e respeitava as leis, decidiu deixa-ló ir embora.
  16. 16. Com a nova seca, Fabiano e a família tiveram que se retirar em busca de vida melhor. Não tinham escolha, no caminho lembravam da Baleia. Mas mesmo assim não desistiram da vida.
  17. 17. Fim

×