Corte de cana mecanizado com Ancinhona Usina Bom JesusCabo de Santo Agostinhoabril de 2013
Na década de 80 surgiu o ancinho, que foi criado com a finalidade de empurrar a canapara a borda da estrada facilitando co...
Ancinho embolando cana
No final do ano de 2011 e início de 2012 surgiu ao acaso na Usina JB o corte de canamecanizado com o ancinho usado na embo...
A Usina Bom Jesus acreditou na ideia do corte de cana mecanizado com ancinho epassou a testar com diferentes tipos de anci...
Ancinhos usados na Usina Bom Jesus
Lâmina afiada entre os bicos do ancinho
Cana aberta pela lâmina
Tela de proteção
Pensando no conforto, na segurança do tratorista e na qualidade do corte de cana, algumasmodificações foram descartadas.
Ao observar que as canas não eram cortadas e sim quebradas por pressão, retirou-se aslâminas afiadas que existiam entre os...
Ancinho mais eficiente usado no corte de cana na Usina Bom Jesus
Observou-se ao longo do período que um grande vilão docorte mecanizado com ancinho era a grande quantidade depalha (impure...
Pontos realizados para redução da quantidade de palha:•Aplicação de PARAQUAT(dessecante).•Limpeza dos “molhos” na hora do ...
Áreas aplicadas com PARAQUAT (dessecante)
Cana aplicada PARAQUAT e queimada ao meio dia
Cana cortada e tratada pronta para vir para a usina
Corte de cana esteirado
Corte com “molhos” separados
Tivemos algumas áreas que foram cortadas crua e logoapós o corte colocou-se fogo, apresentando resultadosinsatisfatóriosEm...
Área cortada crua
Corte de cana crua com ancinho
Área cortada crua e queimada posteriormente
Queima da cana ideal
Áreas cortadas com ancinho
Rebrota da primeira área cortada mecanizada(safra 11-12 foto com 45 dias de cortada):
Área cortada na safra 2012-2013
Área cortada na safra 11-12 e cortada novamente na safra 12-13.
Vantagens do corte de cana com ancinhoEquipamento de baixo custoFácil operaçãoNão utilização de cortadores de canaRebrota ...
•Diminuição da quantidade de matéria orgânica(palha) que ficaria no soloDesvantagens do corte de cana com ancinho•A umidad...
Base de cálculo dos custos do corte de cana com ancinhoCusto =Hora máquina(R$ 60,00)+ M.O. Bituqueiro ( com Enc. sociais)+...
Quantidadecortada(ton.)Impurezavegetal(manual)Impurezavegetal(mecanizada)Diferença CustoManual(R$)Custo Mecanizado(R$)Safr...
Considerações finais :• Produção média por trator : 250 ton./ dia (MF4299)• O radiador do trator deve ser lavado de duas a...
Agradecimentos!À Diretoria da Usina Bom Jesus por acreditar na ideiaÀ STAB pelo conviteÀ equipe agrícola da Usina Bom Jesus
Seminário stab 2013   agrícola - 14. a colheita com ancinho na usina bom jesus - superando desafios - luiz gonzaga (usina ...
Seminário stab 2013   agrícola - 14. a colheita com ancinho na usina bom jesus - superando desafios - luiz gonzaga (usina ...
Seminário stab 2013   agrícola - 14. a colheita com ancinho na usina bom jesus - superando desafios - luiz gonzaga (usina ...
Seminário stab 2013   agrícola - 14. a colheita com ancinho na usina bom jesus - superando desafios - luiz gonzaga (usina ...
Seminário stab 2013   agrícola - 14. a colheita com ancinho na usina bom jesus - superando desafios - luiz gonzaga (usina ...
Seminário stab 2013   agrícola - 14. a colheita com ancinho na usina bom jesus - superando desafios - luiz gonzaga (usina ...
Seminário stab 2013   agrícola - 14. a colheita com ancinho na usina bom jesus - superando desafios - luiz gonzaga (usina ...
Seminário stab 2013   agrícola - 14. a colheita com ancinho na usina bom jesus - superando desafios - luiz gonzaga (usina ...
Seminário stab 2013   agrícola - 14. a colheita com ancinho na usina bom jesus - superando desafios - luiz gonzaga (usina ...
Seminário stab 2013   agrícola - 14. a colheita com ancinho na usina bom jesus - superando desafios - luiz gonzaga (usina ...
Seminário stab 2013   agrícola - 14. a colheita com ancinho na usina bom jesus - superando desafios - luiz gonzaga (usina ...
Seminário stab 2013   agrícola - 14. a colheita com ancinho na usina bom jesus - superando desafios - luiz gonzaga (usina ...
Seminário stab 2013   agrícola - 14. a colheita com ancinho na usina bom jesus - superando desafios - luiz gonzaga (usina ...
Seminário stab 2013   agrícola - 14. a colheita com ancinho na usina bom jesus - superando desafios - luiz gonzaga (usina ...
Seminário stab 2013   agrícola - 14. a colheita com ancinho na usina bom jesus - superando desafios - luiz gonzaga (usina ...
Seminário stab 2013   agrícola - 14. a colheita com ancinho na usina bom jesus - superando desafios - luiz gonzaga (usina ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Seminário stab 2013 agrícola - 14. a colheita com ancinho na usina bom jesus - superando desafios - luiz gonzaga (usina bom jesus)

853 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
853
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
19
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
13
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Seminário stab 2013 agrícola - 14. a colheita com ancinho na usina bom jesus - superando desafios - luiz gonzaga (usina bom jesus)

  1. 1. Corte de cana mecanizado com Ancinhona Usina Bom JesusCabo de Santo Agostinhoabril de 2013
  2. 2. Na década de 80 surgiu o ancinho, que foi criado com a finalidade de empurrar a canapara a borda da estrada facilitando com isto o carregamento
  3. 3. Ancinho embolando cana
  4. 4. No final do ano de 2011 e início de 2012 surgiu ao acaso na Usina JB o corte de canamecanizado com o ancinho usado na embolação de cana
  5. 5. A Usina Bom Jesus acreditou na ideia do corte de cana mecanizado com ancinho epassou a testar com diferentes tipos de ancinho em diversas áreas e topografiasdiferentes.
  6. 6. Ancinhos usados na Usina Bom Jesus
  7. 7. Lâmina afiada entre os bicos do ancinho
  8. 8. Cana aberta pela lâmina
  9. 9. Tela de proteção
  10. 10. Pensando no conforto, na segurança do tratorista e na qualidade do corte de cana, algumasmodificações foram descartadas.
  11. 11. Ao observar que as canas não eram cortadas e sim quebradas por pressão, retirou-se aslâminas afiadas que existiam entre os bicos e colocou-se apenas um apoio, para segurar osbicos. As lâminas afiadas rachavam as canas ao meio e traziam maior quantidade deimpurezas e agentes infecciososApoio colocado entreos bicos
  12. 12. Ancinho mais eficiente usado no corte de cana na Usina Bom Jesus
  13. 13. Observou-se ao longo do período que um grande vilão docorte mecanizado com ancinho era a grande quantidade depalha (impureza vegetal) que estava chegando na indústriadaí procurou-se observar o que poderia ser feito pararedução desta impureza.
  14. 14. Pontos realizados para redução da quantidade de palha:•Aplicação de PARAQUAT(dessecante).•Limpeza dos “molhos” na hora do corte•Limpeza dos volumes ao ser carregados•Em algumas situações colocou-se fogo novamente.•Número de pessoas de 12 a 15 pessoas por trator de corte• Colocação de fogo ao meio dia
  15. 15. Áreas aplicadas com PARAQUAT (dessecante)
  16. 16. Cana aplicada PARAQUAT e queimada ao meio dia
  17. 17. Cana cortada e tratada pronta para vir para a usina
  18. 18. Corte de cana esteirado
  19. 19. Corte com “molhos” separados
  20. 20. Tivemos algumas áreas que foram cortadas crua e logoapós o corte colocou-se fogo, apresentando resultadosinsatisfatóriosEm outras áreas foram cortadas crua e deixado semqueimar, só vindo a colocar fogo depois de 4 dias depoisde cortada. Observou-se que os resultados já forammelhores, porém o carregamento ficou dificultado devidoa grande quantidade de cinzas geradas na queima.
  21. 21. Área cortada crua
  22. 22. Corte de cana crua com ancinho
  23. 23. Área cortada crua e queimada posteriormente
  24. 24. Queima da cana ideal
  25. 25. Áreas cortadas com ancinho
  26. 26. Rebrota da primeira área cortada mecanizada(safra 11-12 foto com 45 dias de cortada):
  27. 27. Área cortada na safra 2012-2013
  28. 28. Área cortada na safra 11-12 e cortada novamente na safra 12-13.
  29. 29. Vantagens do corte de cana com ancinhoEquipamento de baixo custoFácil operaçãoNão utilização de cortadores de canaRebrota normalmenteFacilidade no carregamento ( nenhuma modificação no carregamento)Redução no transporte de pessoalRedução do número de bituqueiros no carregamento.Redução do número de trabalhadoresFácil adaptação do pessoal (rurícolas e tratoristas)
  30. 30. •Diminuição da quantidade de matéria orgânica(palha) que ficaria no soloDesvantagens do corte de cana com ancinho•A umidade prejudica a queima e arranca as cepas•Em áreas de cana planta, teria que ter o terreno completamente nivelado•Em áreas onde foi aplicado vinhaça ou torta de filtro não funcionou muito bem
  31. 31. Base de cálculo dos custos do corte de cana com ancinhoCusto =Hora máquina(R$ 60,00)+ M.O. Bituqueiro ( com Enc. sociais)+ aplicação dessecanteQuantidade de toneladas cortadas ( moídas )Nestes custos do corte mecanizado estão inclusos hora máquina a R$ 60,00, mão de obrado bituqueiro (com encargos sociais), arregimentador, transporte de pessoal aplicação dodessecante, administração e diretoria.
  32. 32. Quantidadecortada(ton.)Impurezavegetal(manual)Impurezavegetal(mecanizada)Diferença CustoManual(R$)Custo Mecanizado(R$)Safra11/127.000 3,79% 4,65%¹ 0,86 22,88² **Safra12/1385.800 3,43% 4,07% 0,64 23,08² 11,40Dados comparativo da cana cortada na safra 11/12 e 12/13• Obs.¹: As impurezas vegetais dos cortes mecanizados (safra 11/12), foram estimadas poraproximação por ainda não ser feito separação das áreas.• Obs.²: Nos custos do corte manual estão inclusos mão de obra dos rurícolas (comencargos sociais), transporte de pessoal, administração e diretoria• ** não contabilizado no ano anterior
  33. 33. Considerações finais :• Produção média por trator : 250 ton./ dia (MF4299)• O radiador do trator deve ser lavado de duas a três vezes ao dia.• Na próxima safra todos os tratores envolvidos no corte de cana serãoequipados com cabine com ar condicionado.• Deve ser providenciado proteção para as correias.• Será providenciado área de vivência completa• A cana cortada deverá chegar na usina com até 12 horas após cortada• Deverão serem feitos molhos separados.
  34. 34. Agradecimentos!À Diretoria da Usina Bom Jesus por acreditar na ideiaÀ STAB pelo conviteÀ equipe agrícola da Usina Bom Jesus

×