Apostila de Dinâmica de Grupo       Definições Poéticas de Dinâmica de Grupo•   A dinâmica de grupo é um instrumento de co...
•   Se o Homem polui e destroi a Terra é porque não a consideram sua casa e não sabem    conviver nela com os demais.•   O...
economia                   os sindicatos, grupos de influência, família e consequencias                           no merca...
Indivíduos = Pessoas   Qualquer profissional que lida com pessoas e grupos deve entender os fenômenos degrupo para:•   Mel...
MUDANÇAS•   Mudanças sempre ocorrem, é ilimitada a vontade humana de aprender, é Aprender é    transformar. O ser humano d...
Conjunto de pessoas com objetivos comunsO grupo está em constante movimentoComo as pessoas pensam , sente, percebem de man...
Esses papeis são acentuados como um mecanismo de defesa usando a regressão por não seraceito no grupoComportamentos: (meca...
•   Pessoas orientadas para o futuro•   Senso de direção•   Enérgico , porém entusiasmado (exemplo um técnico de futebol)L...
O grande desafio das empresas é conseguir de trabalhar em grupo, encontrar um novoestilo de gerenciamento em que a lideran...
• indivíduos. ajustados• boas relações chefe x subordinado x empresa• lealdade de todas as partes• amor ao trabalho• compr...
•   muitas vezes a pessoa só escuta aquilo que ela quer ouvir e só aprende aquilo que ela    tem interesse.COMO MELHORAR A...
É preciso ter sensibilidade para verbais e não verbais. A linguagem do corpo é importante.  ex. uma pessoa cruza os braços...
Ex: 40% dos trabalhos refeitos são resultados de erros ocasionados pelo contextopsicológico, assim como em sala de aula   ...
Roger, R. Carl - Liberdade para Aprender – Interlivros – Belo Horizonte                                -------------------...
b) Interpessoal        relação com o outro       baixa:solitárias,evitam a convivência ex. pesquisador, explorador       a...
*Conhecimento , imaginação e avaliação“Ser criativo, consiste em olhar o que todo mundo está olhando e pensar em algo dife...
texto:                                     A pequena jaula        Um Zelador, responsável pelos cuidados dos animais do Ja...
E na medida em que aprendia, ia esquecendo as poucas lembranças que lhe restavam dopassado. É sempre assim: todo aprendiza...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Din mica de_grupo__apostila

764 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
764
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
19
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Din mica de_grupo__apostila

  1. 1. Apostila de Dinâmica de Grupo Definições Poéticas de Dinâmica de Grupo• A dinâmica de grupo é um instrumento de conscientização e libertação, como também de manipulação e dominação.• A dinâmica de grupo representa uma estratégia para mudança:( relacionamento, trabalho, comunicação, auto estima.• Através das técnicas, as pessoas podem descobrir-se, na sua identidade e nos seus valores.• Nos grupos acontecem formas mais humanas e construtivas de convivência.• A caminhada humana está muito marcada pela competição de uns contra os outros.• Os homens precisam descobrir que a dialética de sua história não é a da competição, mas a do encontro.• EU e o TU reclamam, como exigência fundamental do homem, a síntese do NÓS.• Se acreditarmos mais em nós mesmos e em nossos grupos, quereremos fazer algo para que pessoas e grupos desenvolvam mais suas potencialidades, sua dinâmica, em todas as dimensões do humano.• E o planeta TERRA talvez venha a ser um pouco melhor…• No mundo agitado em que vivemos, marcados pela massificação, é urgente que se criem espaços para que a pessoa possa desabrochar a caminho de sua plenitude como ser humano, ultrapassando a agressividade, competição e dominação.• O sentido da dinâmica de grupo é : que através da experiência do outro, através da vivência grupal , em clima de liberdade, de aceitação , de diálogo , de encontro , de comunicação , de comunhão leve o homem a sua LIBERDADE.• Na verdadeira dinâmica de grupo não há LOCUTORES e OUVINTES, mas apenas INTERLOCUTORES, cada qual em condições iguais de “”dizer a sua palavra”• A dinâmica de grupo se propõe a criar um clima para que as pessoas possam realizar a experiência da auto descoberta e da descoberta dos outros , através da comunicação e da comunhão interpessoal• As incríveis ambições humanas converterão, algum dia, o planeta Terra em um lugar desolado e inabitável. Por isso é preciso chegar a outros planetas virgens, nos quais a mão do homem não tenha deixado pousar o peso de sua destruição( Von Braun)
  2. 2. • Se o Homem polui e destroi a Terra é porque não a consideram sua casa e não sabem conviver nela com os demais.• O Homem precisa jogar, brincar para atingir a sua Liberdade . A criança é livre“Ao brincar a criança, desloca para o exterior seus medos, angústias e problemas internos,dominando-os por meio da ação de brincar.• Em um jogo , em uma brincadeira, se aprende limites, regras e objetivos.• Para a criança o brincar, é demonstrar o mundo interno usando a fantasia.• Eu mudo, meu grupo muda, o mundo pode mudar DINÂMICA DE GRUPOLAURO DE OLIVEIRA LIMA 1969 introduziu a Dinâmica de Grupo no Brasil cursos etreinamento “PARA QUE SERVE A DINÂMICA DE GRUPO”?????IDEOLOGIA POLÍTICA verificar o grau de desempenho e eficácia dos dirigentesCONJUNTO DE TÉCNICAS desempenhos de papeis, interação, com técnicas para trabalho em grupoCAMPO DE PESQUISA natureza dos grupos, as leis que regem, suas relações com seus grupo, outros grupos e c/ a sociedade“”DISCIPLINAS QUE CONTRIBUIRAM PARA DINÂMICA GRUPO“”Psicologia comportamento e sua atuação interpessoalSociologia as relações interpessoaisAntropologia tribos, povos primitivos, favelasCiências Políticas liderança, grupos de pressão, influência eleitoral dos grupos
  3. 3. economia os sindicatos, grupos de influência, família e consequencias no mercado consumidorMarketing / grupo. de consumidores propagandasPublicidadePedagogia nas escolas, grupo de aprendizagem /desenvolvimento do pensamentoEsporte rendimento da equipe, entrosamento, produtividadeMedicina terapia em grupo, comunidades terapêuticas e a vida hospitalar GRUPOS QUE SURGIRAM- sensibilização- orientação de casais- orientação de adolescentes- orientações de gestantes- alcoólatras anônimos- neuróticos anônimos- educação sanitária psicologia institucional- técnicas pedagógicas- sindicatos- associações de bairros , comissões... PROFISSÕES IMPORTANTES PARA DES/ENVOLVIMENTO DA DINÂMICA DE GRUPOPsicólogos psicoterapia de grupoServ. Social orientação em grupoEducação preparo e orientação da criança para a vida sociedadeAdministração (relações humanas) gerenciamento orientação de equipes, relacionamentos de empregados liderança cooperação produtividade
  4. 4. Indivíduos = Pessoas Qualquer profissional que lida com pessoas e grupos deve entender os fenômenos degrupo para:• Melhores condições em constituir equipes e administrar o que possa vir a acontecer no grupo.• As pessoas vivem sempre sob fortes influências de emoções , sentimentos, desejos, muitas vezes nem têm consciência , que podem estar fazendo parte de seu dia a dia e de seu projeto de vida . São variáveis que atuam no comportamento da pessoa dentro ou fora do trabalho. Sabendo disso é importante que conheçamos essa realidade, que também é a nossarealidade. Nosso papel e nossa obrigação é de compreender, já que lidamos com sereshumanos todos os dias Dinâmica de grupo pode ser utilizada : • Empresas • Escolas • Outras entidades Empresa Seleção, Treinamento e Desenvolvimento, Integração, Avaliação em geral, Seleção: para agilizar o processo de escolha para uma vaga . Treinamento: busca-se mudança de atitude ou comportamento no que se refere a aprender, aperfeiçoar A Dinâmica de Grupo visa também a direcionar esforços para aperfeiçoar os participantes em ações eficazes.Eficiência: EficáciaFazer as coisas bem Fazer as coisas certasSeguir resultados Seguir procedimentosCriar alternativas Resolver problemasEsforço em pts prioritários Esforço em todas as áreasVoltado para o fazer Voltado para o pensarÊnfase em tarefas Ênfase em contribuiçõesNecessária no nível de execução Necessária no nível de decisão
  5. 5. MUDANÇAS• Mudanças sempre ocorrem, é ilimitada a vontade humana de aprender, é Aprender é transformar. O ser humano dá sentido a sua vida, criando, inventando, descobrindo, sonhando, idealizando, realizando, mudando...• O ser humano é movido por ideais de transformação• A época de hoje caracteriza-se pela velocidade das mudanças, provocadas pelo desenvolvimento acelerado da tecnologia Mudanças de paradigmas (modelo, padrão), que nos seguiram durante anos, são questionados e começam dar lugar a novas formas de ver o mundo . Esse período em que vivemos , de substituição de “verdades, nos faz conviver com idéias velhas que ainda insistem em sobreviver e as novas que escandalizam os conservadores . (Período de transição)• Ainda existem empresas burocráticas em velhos paradigmas, enquanto outras empresas se tornam mais competitivas por terem seu ambiente de trabalho mais saudáveis, mais produtivo e com novas idéiasEquipes de trabalho• Facilitam o processo de comunicação interna• Reúnem conhecimentos de várias áreas, aproximando pessoas diferentes, proporcionando a todas crescimento• O conhecimento flui melhor• A participação em equipe desperta o líder que há em cada um, criando a oportunidades de exercitar a liderança• Trabalhar em equipe gera comprometimento, cooperação, aprendizagem e transformaçãoNovo Conceito de Equipe• Liderança compartilhada• O participante se integra à equipe e procura agregar conhecimentos• Produto de trabalhos coletivos• Impõem-se suas próprias metas• Praticam dinâmicas para solução de problemas• Diálogos e decisão em conjuntoGrupo: conceito:
  6. 6. Conjunto de pessoas com objetivos comunsO grupo está em constante movimentoComo as pessoas pensam , sente, percebem de maneira diferente do outro . Essasdiferenças individuais são portanto inevitáveis levando a influências na dinâmicainterpessoal.Algumas vezes essas diferenças trazem benefícios para o grupo e outras vezes prejuízos .O GRUPO ESTÁ EM CONSTANTE MOVIMENTO, EM PROCESSO DE MUDANÇA PELAS FORÇASINTERNAS E EXTERNAS.GRUPO & INDIVÍDUO• grupo é um espaço onde o indivíduo se apoia.• comportamento estável ou instável, vai depender de sua relação com o grupo .Maior participação = EstabilidadeMenor participação = Instabilidade• grupo é um instrumento , que o indivíduo aprende desde cedo a usar para satisfazer suas necessidades , quando adulto status, relações sociais, familiares.....• qualquer mudança, no grupo, afeta o indivíduo, se o grupo está ameaçado o indivíduo também se sentirá ameaçado• maior ou menor prestígio e ou segurança, dependerá da situação em que se encontra o grupo• o indívíduo desenvolve junto com o grupo e o grupo desenvolve com o indivíduoPERSONALIDADES DOS MEMBROS DE UM GRUPO• as pessoas quando ingressam em determinado grupo, já estão com sua personalidade definida, repetem seu comportamento• identifica-se quem tem poder sobre quem ( estrutura de poder)• quem trabalha para quem ( estrutura de trabalho)PAPEIS DESEMPENHADOS• agressivo• colaborador• chorão• resmungão• criança mimada• sonolento• retardado• falante
  7. 7. Esses papeis são acentuados como um mecanismo de defesa usando a regressão por não seraceito no grupoComportamentos: (mecanismos de defesa) frustração do desejo e do ajustamento a estafrustraçãoQuando existe a aceitação incondicional e recíproca pelo líder, o grupo começa a seintegrar. O líder criará oportunidade para um clima de grupo cooperativo, participativo esolidário.CRESCIMENTO DE GRUPO DE TRABALHO• se desenvolve quando se torna mais eficiente e mais criativo• no desenvolvimento de um grupo há 3 fases: individualista, identificação, integração Individualista: auto afirmação para serem aceitas Identificação: se aceitam mutuamente no grupo Integração: quando os membros se sentirem aceitos e tiverem certeza de que as suas decisões serão levadas em consideração, o grupo começará a integrar-se LIDERANÇA“A liderança não é um cargo , mas um processo”Mitos preconceitos:• Apenas um ou poucos podem exercer liderança:• O líder já nasce líder• Liderança não se adquireVerdades• Cada um de nós pode ser um líder , depende da situação• Cada um de nós tem um potencial que será desenvolvidoO que impede de se exercer a liderança?Insegurança, falta de confiança em si, inibições, timidez, a própria situaçãoO que é ser um Líder?• Criativo• Conhecer o assunto• Integrar a equipe• Motivar a equipe• Desenvolver a equipe
  8. 8. • Pessoas orientadas para o futuro• Senso de direção• Enérgico , porém entusiasmado (exemplo um técnico de futebol)Lider Positivo: agrega valores para o grupoLíder negativo: desagrega valores para o grupoTipos Clássicos de LÍDERLíder Autocrático, mantém o controle , não delega, é autoritárioLíder Paternalista, protege o funcionário, para se sentir protegido, assim não ajuda nocrescimento profissionalLíder Democrático, participa, busca consenso,e também prestígioLíder Liberal (Laissez Fair), delega todas as tarefas, é ausenteCaracterísticas fundamentais de um Líder:Conhecimento do trabalhoConhecimento das responsabilidadesCapacidade de ensinar ou treinarCapacidade de melhorar os métodos de trabalhoCapacidade de dirigirOs 10 compromissos e as 5 práticas da Liderança1- Desafiar o processo Busca oportunidades Experimentar e assumir riscos2- Inspirar uma visão comum Vislumbrar o futuro Recrutar os outros3- Capacitar os outros para agir Fomentar a colaboração Fortalecer os outros4- Modelar o caminho Dar exemplo Planejar pequenas vitórias5- Encorajar o coração Reconhecer contribuições Celebrar realizações( livro “ O Desafio da Liderança “, James M. Kouzes, e Barry Z. Posner, editora Campus)Na verdade um Líder deverá usar todos os estilos, vai depender da maturidade da equipe,do tempo para execução do trabalho e da experiência dos membros da equipe de trabalho
  9. 9. O grande desafio das empresas é conseguir de trabalhar em grupo, encontrar um novoestilo de gerenciamento em que a liderança seja também de qualidade.A liderança deve criar um clima em que todos queiram contribuir para uma produçãoeficiente e eficaz, em que todos tenham interesse em aprender recursos técnicos e teóricospara resolver os problemas e efetuar melhorias no trabalho.Sociometria é o estudo da estrutura interna dos grupos, serve para medir, através de testessociométricos, aspectos como: • interação do grupo • afinidades e rejeições entre os membros do grupo • subgrupos • lideranças do grupo e do subgrupo ----------------------------------- MOTIVAÇÃOTeorias de Maslow e HenzbergMASLOW Auto realização Status Social Segurança BásicaBÁSICA: fome, sede, sono, sexo, abrigo, saúde, empregoSEGURANÇA: preservar o q tem em melhores condições, dormir em cama,alimentos limpos, sexo afetivo, estabilidade no empregoSOCIAL: participação, ser aceito no grupo, pertencer a, amor, afeição, consideração,STATUS: sobressair, ser reconhecido,AUTO REALIZAÇÃO: sentir o prazer do sucesso, sem trocaHENZBERGFatore de Motivação: status, auto realizaçãofatores de higiene: social, segurança, básicasGrupo Motivado maduro chefia desejável
  10. 10. • indivíduos. ajustados• boas relações chefe x subordinado x empresa• lealdade de todas as partes• amor ao trabalho• comprometimento com o trabalhoGrupo Desmotivado imaturo chefia inadequada• indivíduos. desajustados• baixa produtividade e qualidade• inquietação• atritos• indisciplina• envolvimento com o trabalhoAs empresas tentam motivar seus funcionários, através de treinamentos, salários melhores,benefícios , bom ambiente de trabalho, etc, para atender as necessidades dos funcionários eassim motivá-los a serem funcionários comprometidos com o trabalho. ------------------------- COMUNICAÇÃOA comunicação é o processo pela qual conduzimos nossas vidasVERBAL (mais usual) Oral conversar, entrevistar, informar alguma coisa Escrita cartas, memorando, relatórios, normas ,etc...SIMBÓLICA as pessoas se cercam de vários símbolos, que pode estar se comunicando a várias outras, a maneira que a pessoa se veste ,o carro, porém há risco de generalizarmos sobre as pessoasNÃO VERBAL Linguagem corporal: movimentos corporais, postura, como se tocam, contato visual, gestos particularesO principal objetivo da comunicação é o entendimento, temos a tendência deconsiderar a comunicação como algo automático e avaliamos antes de ter entendido.BARREIRAS DA COMUNICAÇÃO:• sobrecarga de informações• auto defesa, a pessoa não escuta
  11. 11. • muitas vezes a pessoa só escuta aquilo que ela quer ouvir e só aprende aquilo que ela tem interesse.COMO MELHORAR A COMUNICAÇÃO ?• Habilidade na transmissão ( linguagem correta, informações claras)• Habilidade para escutar ( evitar interferências psicológicas, ouvir antes de interpretar)• Empatia, sensibilidade às pessoas com quem estamos nos comunicando, suas atitude, emoções, sentimentosA comunicação é um processo interativo e didático ( de pessoa a pessoa)Uma equipe deve ser constituída todos os dias.Encontramos numa equipe emoções, sentimentos próprios doser humano.Aliás, tende a ficar para trás aquele pensamento racional doqual as empresas tendem a inibirem emoções no local dotrabalho como se fosse prejudicar à eficácia:“deixe em casa suas emoções, aqui na empresa você tem que serfrio. emoção é coisa de gente fraca. um líder não chora.”Felizmente essas idéias vão ficando cada vez mais longe no meioempresarial.Não há encontro , sem emoção , não existe equipe sem emoçãoEXISTEM 6 BARREIRAS QUE DISTORCEM AS MENSAGENS E DIFICULTAMA EFICIÊNCIA DA COMUNICAÇÃO1)Ouvindo o que você espera ouvir ou seja, ouvindo seletivamente, apenas aquilo que satisfaz nossas expectativas, oresto nós bloqueamos .ex.Os políticos são intencionalmente vagos..., assim satisfaz todomundo.2)Avaliando a FonteSe achamos a fonte não confiável, tudo o que aquela pessoa falar teremos dúvida.Nósavaliamos a fonte de informação para determinar o seu valor ex. TV, Jornal, Político3)Temos percepções diferentes“Nem todo mundo é igual a você “Achamos que as pessoas veêm o mundo como nós, então, provavelmente, vamos estarerrado a maior parte das vezes.4) Tendo intenções diferentesSe você não gosta da maneira como alguém está se comunicando com você, irá supor queo objetivo desta pessoa é exatamente esse, de atingí-lo Ação Intenção5) Ignorando comunicações não verbais
  12. 12. É preciso ter sensibilidade para verbais e não verbais. A linguagem do corpo é importante. ex. uma pessoa cruza os braços para melhor se concentrar, isso não quer dizer que esteja desligada6) Sendo distraído pelo barulhoÉ difícil se concentrar e se comunicar com eficiência, no meio de barulho. DIFERENÇAS PERCEPTIVASPercebemos o mundo de 3 maneiras.1- Informação selecionadaSomos bombardeados por uma série de atividades e até pelo nosso próprio pensamento.Tornamo-nos seletivos ao que desejamos perceber, de acordo com nossas expectativas,necessidades, desejos.“Desculpe não ouvi você me chamar”2- A Informação é Organizada Após selecionarmos as informações ,a organizamos. Ex. Figura & Fundo Duas pessoas falando da mesma coisa, na realidade os assuntos são diferentes3- A informação é interpretada São afetadas pela Ambigüidade, Zona de Conforto eContexto PsicológicoAmbigüidade A interpretação é feita baseado no que é importante para nós mesmonaquele momento.Atitude Mudamos de humor durante o dia, você sabe qual a sua atitude nomomento, o outro não. Ex. barômetro do humorZona de conforto É conseqüência do lugar onde fomos criados , nossas religiões,educação , profissão herança cultural, preferências sexuais.Sua zona de conforto é única e fazde “você o que você é: diferente”.Para comunicar-se com eficiência. é preciso que você seja sensível a zona de conforto dooutro CONTEXTO PSICOLÓGICOInterpretamos as informações baseados na última informação que estivemos pensando.Quando você se perde em seus pensamentos, não presta atenção no outro, então suainterpretação não é da realidade.
  13. 13. Ex: 40% dos trabalhos refeitos são resultados de erros ocasionados pelo contextopsicológico, assim como em sala de aula DIFERENÇAS DE ESTILO COMPORTAMENTALO que é importante para você pode não ser importante para pessoa com quem está secomunicando.Ninguém está errado, o que existe é diferença de preferência na forma de enviar e receberinformações, ou seja, comunicar-se.Para comunicar-se com eficiência é preciso que:• entenda seu próprio estilo• o assunto ser de igual importância• se faça diagnóstico das necessidades de informação dos outros• comunique-se com os outros de forma sensível e atenda às necessidades de informação delesDiferenças de padrões verbais• Audio ouvir• Visual ler, ver• Cinestésico toque, tato“”Desagrada-me não poder ouvir a ourem, não o compreender. Se é apenas umadeficiência de compreensão, uma falta de atenção ao que me está sendo dito, ou certadificuldade de entender as palavras , então não sinto mais que um ligeiro descontentamentocomigo mesmo.Mas o que me põe realmente desgostoso comigo é não poder escutar outra pessoa porquejá estou, de antemão, tão certo do que ela vai me dizer que não lhe dou ouvido.Só posteriormente verifico não ter prestado atenção senão ao que já decidira que ela ia medizer. Na verdade, deixei de ouvir. Pior que isso, são as vezes em que não posso escutaruma pessoa porque o que está sendo dito constitui ameaça para mim, com risco até demudar minhas opiniões ou meu comportamento. Ou pior ainda, quando me descubro atentar distorcer sua mensagem , a fim de fazê-la dizer o que eu quero que diga, sóescutando isto.Coisa um tanto sutil e é surpreendente a habilidade que tenho quando o faço.Exatamente por deformar um pouco suas palavras, por distorcer um mínimo o que elapretende significar, posso tornar evidente que não só ela diz o que eu queria ouvir, mas quese mostra a pessoa que eu quero que ela seja. É só quando verifico , através do seu protestoou do meu gradual reconhecimento de que estou a manipulá-la, sutilmente, que ficodesgostoso de mim próprio. Sei também por haver estado do outro lado, o quanto édecepcionante ser tido por aquilo que não é, ser ouvido como se estivesse a dizer o que nãose disse ou não se pretendeu significar. Tudo isso cria ódio, desconcerto e desilusão...””
  14. 14. Roger, R. Carl - Liberdade para Aprender – Interlivros – Belo Horizonte ---------------------------------- As Inteligências MúltiplasEscola tradicional linguagem e matemática“a vida é uma escola e o mundo uma sala de aulas que se renova a cada dia”ex: atletas brilhantes, fracasso na escolaGardner 9 inteligências múltiplasLinguística Verbal MusicalLógico Matemática Naturalista.Espacial Corpóreo cinestésicaPictórica Emocionais, Pessoais.As 9 inteligências múltiplas de Gardner1)Linguística Verbal compositores, vendedores2)Lógico Matemática (química/física) engenheiros, matemáticos3)Musical ( som, ritmo) músicos4)Naturalista. (animais, vegetais) botânico, paisagista5)Espacial (constroi mentalmente) escultores, pintores, desenhistas, geógrafo6)Corpóreo cinestésica (movimento) (corpo todo ou parte) atleta, dançarino, cirurgião, artista de circo7)Pictórica/Pictográfica (expressão através do desenho)pintores, Picasso, Portinari, Ziraldo8)Emocionais / Pessoais. a) Intrapessoal alta: auto aceitação, auto estima, - felicidade pessoal ex: otimistas, alegres, carismáticas baixa:desanimada, presa a limitações
  15. 15. b) Interpessoal relação com o outro baixa:solitárias,evitam a convivência ex. pesquisador, explorador alta: sensibilidade com o outro Freud HemisfériosEsquerdo DireitoHomem MulherLógico/matemática PictóricaLinguística / verbal MusicalCinestésico corporal Naturalista / Espacial• Einstein, gênio na lógico matemática e fracasso na interpessoal• Karl Marx, filósofo, pensadortrabalho X riqueza, era gastador doente.• Darwin, naturalista, tinha pavor defalar em público• Gandhi, monstro na intrapessoal e verbal, fracasso na matemática _____________________ Criatividade 3 aspectos são fundamentais para criatividade:1) Bagagem de conhecimento, dedicação, esforço, envolvimento, trabalho prolongado, persistência(Thomas Edson autor de mais de 1000 invenções 98% transpiração e 2% de inspiração)2) Características do ambiente social, o valor que se dá ao criador e a criação3) técnicas para desenvolvimento da criatividade, relaxamento, imaginação Personalidade e Criatividade*Autonomia (independência)*Flexibilidade pessoal ( facilidade em reformular julgamentos ou idéias )*Abertura a experiências novas (ausência de rigidez)*Autoconfiança, iniciativa e persistência*Sensibilidade Emocional, espontaneidade, intuição
  16. 16. *Conhecimento , imaginação e avaliação“Ser criativo, consiste em olhar o que todo mundo está olhando e pensar em algo diferente”O pensamento criativo:• Quantidade de idéias e de detalhes sobre o mesmo assunto• Capacidade de alterar o pensamento com diferentes categorias de idéias, flexibilidade• Processo de decisão , julgamento e seleção de uma ou mais idéiasComo ser criativo?1-Explorador usar a bagagem de conhecimentos em busca de novas respostas, aventurar,soltar a imaginação2-Artista de idéias esculpir as idéias;aumentar, diminuir, comparar e substituir3-Juiz de idéias avaliar e julgar as idéias quanto: custos, utilidade, beleza, tempo,etc... decisão final4-Guerreiro lutar por suas idéias, vencer barreiras “não vai dar certo”“a rejeição à novas idéias tem sido regra e não exceção” Repressão do Potencial CriadorBarreiras externas:(educação, trabalho, sociedade...)Poda nossas emoções, curiosidade, criatividade, “não faz, não pode, não toque nisso,cuidado!!!”‘’isso não dará certo”, “time que está ganhando não se mexe”, etc...Barreiras internas / EmocionaisRisos, muxoxo, expressão facial, alvo de críticas e debochesInsegurança, fracasso, vergonha, medoauto estima baixa, desinteresse“sei que não sou capaz de...”“minhas idéias pouco valem...”
  17. 17. texto: A pequena jaula Um Zelador, responsável pelos cuidados dos animais do Jardim Zoológico,observou que o urso passava os dias dando quatro passos para um lado e quatro passos parao outro lado. Durante meses este comportamento foi observado e o zelador sensibilizado peloreduzido espaço que o urso dispunha para se locomover, passou a sonhar com o espaçoideal para aquele pobre animal: visualizava uma área grande, com árvores, e uma partedescampada onde seria possível ao urso correr, pular, subir em árvores e até darcambalhotas. Depois de muito planejar, o zelador teve a idéia de ir até ao prefeito para pedir-lheas providências necessárias para construir a nova residência para o urso. Ao ouvir o zelador, o prefeito lembrou imediatamente que aquele ano era um anode eleição e que ele poderia tirar proveito daquela situação, para ganhar mais votos. Deuordens ao zelador para escolher um lugar no zoológico que fosse ideal para a novaresidência para urso. Chegou o dia da inauguração, o povo, a banda de música, o prefeito com seudiscurso, etc...Todos atentos para o comportamento do ursoO que aconteceu, entretanto, com o urso?Ao ser transferido para o novo espaço, continuou a dar quatro passos para um lado e quatropassos para o outro lado, repetindo no resto de seus dias este mesmo comportamento.“É fundamental que não cultivemos o hábito de viver em uma pequena jaula”exemplo: “ eu nunca fiz isto antes, por isso eu não vou tentar...”“eu tenho medo de não dar conta, é melhor não experimentar...Textos:A AGUIA QUE QUASE VIROU GALINHA O tempo está chegando quando todas as águias se transformarão emgalinhas Rubens Alves Era uma vez uma águia que foi criada num galinheiro, foi aprendendo sobre o jeitogalináceo de ser, de pensar, de ciscar a terra, de comer milho, de dormir em poleiros…
  18. 18. E na medida em que aprendia, ia esquecendo as poucas lembranças que lhe restavam dopassado. É sempre assim: todo aprendizado exige um esquecimento…E ela desaprendeu o cume das montanhas os vôos nas nuvens o frio das alturas a vista se perdendo no horizonte o delicioso sentimento de dignidade e liberdade… Como não havia ninguém que lhe falasse essas coisas, ela acabou por acreditar queela não passava de uma galinha com perturbação hormonal, tudo grande demais, aquelebico curvo, sinal certo de acromegalia e desejava muito que o seu cocô tivesse o mesmocheiro certo do cocô das galinhas… Um dia apareceu por lá um homem que vivera nas montanhas e vira o vôoorgulhoso das águias.“Que é que você faz aqui?”, ele perguntou.“Este é o meu lugar”, ela respondeu. “Todo mundo sabe que galinhas vivem emgalinheiros, comem milho, ciscam o chão, botam ovos e finalmente viram canja: nada seperde, utilidade total …”“Mas você não é galinha”, ele disse. “’E uma águia”“De jeito nenhum. águia voa alto, eu nem sequer sei voar. Para dizer a verdade, nem quero.A altura me dá vertigens. É mais seguro ir andando de passo a passo…” E não houve argumento que mudasse a cabeça da águia esquecida. Até que ohomem não aguentando mais ver aquela coisa triste, uma águia transformada em galinha,agarrou a águia à força e a levou até o alto da montanha. A pobre águia começou a cacarejar de terror, mas o homem não teve compaixão;jogou-a no vazio do abismo. Foi então que o pavor, misturando com as memórias queainda moravam em seu corpo, fez as asas baterem, a princípio em pânico, mas pouco apouco com tranquila dignidade, até se abrirem confiantes, reconhecendo aquele espaçoimenso que lhe fora roubado. Ela finalmente compreendeu que o seu nome não era galinha,mas águia…

×