Estética slide

13.053 visualizações

Publicada em

Apresentação do trabalho do 3º ano do ensino médio da escola Bom Jesus

Publicada em: Turismo, Tecnologia
0 comentários
7 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
13.053
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
81
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
587
Comentários
0
Gostaram
7
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Estética slide

  1. 1. Estética na Antiguidade E Estética na Atualidade
  2. 2. <ul><li>Estética (do grego αισθητική ou aisthésis : percepção , sensação ) é um ramo da filosofia que tem por objeto o estudo da natureza do belo e dos fundamentos da arte . Ela estuda o julgamento e a percepção do que é considerada bela, a produção das emoções pelos fenômenos estéticos, bem como: as diferentes formas de arte e da técnica artística; a idéia de obra de arte e de criação; a relação entre matérias e formas nas artes. Por outro lado, a estética também pode ocupar-se do sublime , ou da privação da beleza, ou seja, o que pode ser considerado feio, ou ate mesmo ridículos. </li></ul>
  3. 8. <ul><li>Especialmente com Platão , Aristóteles e Plotino - a estética era estudada fundida com a lógica e a ética. O belo, o bom e o verdadeiro formavam uma unidade com a obra. A essência do belo seria alcançada identificando-o com o bom, tendo em conta os valores morais. Na Idade Média surgiu à intenção de estudar a estética independente de outros ramos filosóficos. </li></ul>
  4. 11. <ul><li>No âmbito do Belo, dois aspectos fundamentais podem ser particularmente destacados: a estética iniciou-se como teoria que se tornava ciência normativa às custas da lógica e da moral - os valores humanos fundamentais: o verdadeiro, o bom, o belo. Centrava em certo tipo de julgamento de valor que enunciaria as normas gerais do belo; </li></ul><ul><li>a estética assumiu características também de uma metafísica do belo, que se esforçava para desvendar a fonte original de todas as belezas sensíveis: reflexo inteligível na matéria ( Platão ), manifestação sensível da idéia ( Hegel ), o belo natural e o belo arbitrário (humano), etc. </li></ul>
  5. 13. <ul><li>Mas este caráter metafísico e conseqüentemente dogmático da estética transformou-se posteriormente em uma filosofia da arte , onde se procura descobrir as regras da arte na própria ação criadora ( Poética ) e em sua recepção, sob o risco de impor construções a priori sobre o que é o belo. Neste caso, a filosofia da arte se tornou uma reflexão sobre os procedimentos técnicos elaborados pelo homem, e sobre as condições sociais que fazem certo tipo de ação ser considerada artística </li></ul>
  6. 23.   Estética tem como fundamento o estudo e a extrema preocupação com o que existe de belo na natureza. Todo esse estudo de longa data gerou conceitos de beleza e “linhas” a serem seguidas pelas pessoas, para se tornarem mais belas.  Como o próprio conceito da estética nos mostra, o que é belo é bom, como se fosse o único caminho a ser seguido, para qualquer pessoa ser aceita, em qualquer situação. Antigamente era estudado tudo o que existia na natureza e o pouco, comparado aos dias de hoje, que era produzido pelo homem. Mas com o passar do tempo a estética foi fundamental para a atração das pessoas por qualquer coisa que fosse produzida e exposta. As pessoas se envolvem emocionalmente com tudo que acham “belo”, por mais delicado que seja o significado dessa palavra.
  7. 24. Muitas coisas atraem multidões simplesmente por serem agradáveis esteticamente. Beleza em primeiro lugar. Até hoje ainda percebemos e sentimos no nosso dia-a-dia esse “peso” imposto pela visão de beleza, e que só o que é belo presta. Também podemos observar que o que é considerado feio é simplesmente ignorado e menosprezado. Portanto a estética em nossa época é fundamental, podemos dizer até que é o principal meio de atração de qualquer pessoa, gerando mais consumo e crescimento de vendas de qualquer produto.

×