Geografia 2013 3ºe 4º bim (4º ano)

183.316 visualizações

Publicada em

1 comentário
23 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
183.316
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
133
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2.533
Comentários
1
Gostaram
23
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Geografia 2013 3ºe 4º bim (4º ano)

  1. 1. GEOGRAFIA - 4ºANO - 3º E 4º BIMESTRE Extrativismo é uma atividade caracterizada pela retirada de recursos do meio ambiente, tais como metais, rochas, petróleo, gás natural, vegetais, entre outros. Essa prática é realizada desde a pré-história, sendo de fundamental importância para a sobrevivência do homem. O extrativismo foi a primeira atividade econômica realizada no Brasil, através da exploração do pau-brasil pelos colonizadores portugueses. Dessa árvore é extraído um pigmento avermelhado, utilizado no tingimento de tecidos.
  2. 2. Existem diferentes tipos de extrativismo, com destaque para o vegetal, mineral e animal: Extrativismo vegetal: consiste na retirada de recursos de origem vegetal. No Brasil, em especial na Região Norte, é muito comum o extrativismo de madeiras, castanhas, açaí e látex (que é uma seiva extraída da seringueira), muito utilizado para a fabricação de borracha. Extrativismo mineral: é caracterizado pela exploração de recursos minerais do subsolo, como o ouro, manganês, diamante, bauxita, minério de ferro, água mineral, petróleo, cobre, cobalto, urânio, prata, entre tantos outros. Extrativismo animal: é uma modalidade de extrativismo na qual ocorre a captura de animais, como a caça (ilegal no Brasil, exceto para as comunidades indígenas) e a pesca, devendo obedecer a determinadas regras – período de reprodução dos peixes e peso. Apesar de muito importante para a sobrevivência do homem e para o desenvolvimento econômico, o extrativismo pode desencadear vários problemas socioambientais: redução da biodiversidade, extinção de espécies animais e vegetais, poluição, modificações do solo, etc.
  3. 3. INDÚSTRIA A indústria é o local (fábrica) onde ocorre a transformação de matérias- primas em produtos elaborados pelo homem para fins comerciais. Nesses estabelecimentos, os funcionários e as máquinas são responsáveis pela produção de diversos objetos, alimentos, roupas, calçados, remédios, carros, etc. A atividade industrial é muito importante, pois através dela vários objetos de grande utilidade para o homem são produzidos. Outro ponto positivo é que ela proporciona emprego para várias pessoas. No entanto, a expansão industrial tem provocado vários problemas ambientais. Os gases emitidos pelas fábricas têm poluído a atmosfera e boa parte dos efluentes (esgoto) é lançada nos rios sem o devido tratamento. Existem indústrias em diversos pontos do planeta, produzindo os mais variados produtos. As indústrias são classificadas de acordo com seu foco de produção.
  4. 4. Sendo assim, temos as indústrias de bens de produção e as indústrias de bens de consumo. Responsáveis pela transformação de matérias-primas brutas em matérias-primas processadas, as indústrias de bens de produção são consideradas a base do segmento industrial. Essas indústrias extraem matéria-prima da natureza (madeira, óleos, plantas, petróleo, etc.), além de transformar e fornecer bens para a estruturação de outras indústrias. São exemplos de indústrias de bens de produção a metalúrgica, siderúrgica e a petroquímica. As indústrias de bens de consumo são aquelas que têm sua produção direcionada para os consumidores. Esse segmento visa fornecer objetos diretamente para o mercado consumidor. Elas podem ser divididas em: Indústrias de bens duráveis: fabricam produtos não perecíveis, tais como carros, eletrodomésticos, mobílias, entre outros. Indústrias de bens não duráveis: produzem mercadorias de primeira necessidade, como, por exemplo, alimentos, bebidas, roupas, sapatos, remédios, etc.
  5. 5. COMÉRCIO O comércio é a atividade que movimenta diferentes produtos, com uma finalidade lucrativa, através da troca, da venda ou da compra de mercadorias. Para que possa funcionar dentro das normas da lei, é importante que o comerciante cadastre sua empresa nos órgãos da prefeitura de sua cidade, onde receberá um número de CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica). Com esse registro sua atividade comercial fica regularizada, devendo cumprir com o pagamento de impostos ao governo. Podemos encontrar vários tipos de estabelecimentos comerciais, como lojas, shoppings, postos de combustíveis, salões de beleza, restaurantes, farmácias, padarias, dentre outros, cada um mantendo um tipo diferente de atividade. Os donos dos comércios são mais conhecidos como comerciantes e os empregados desse ramo são chamados de comerciários.
  6. 6. Existem vários setores que abastecem uns aos outros. A zona rural ou campo abastece a zona urbana (cidades) de produtos agrícolas, como frutas, verduras e vegetais; com produtos da pecuária, como as carnes e os minérios. Por outro lado, os moradores da zona rural compram os produtos industrializados nas cidades como roupas, sapatos, remédios e vários outros. As relações comerciais foram crescendo tanto que hoje em dia podem ser do tipo exportação ou de importação. Exportação é quando vendemos nossas mercadorias para outros países e importação quando adquirimos ou compramos produtos de outras nações. O comércio pode ser também do tipo atacadista, vendendo um mesmo produto em grandes quantidades, nesse caso o comerciante reduz o preço das mercadorias como forma de premiar o comprador, em razão do tamanho da venda. Existe também o comércio varejista, que é onde compramos nossas coisas. Nesse tipo de comércio são vendidos produtos em pequenas quantidades e, portanto, sem a diminuição do preço. Nos bairros podemos encontrar, uma vez por semana, as feiras livres, com barracas e feirantes vendendo vários tipos de alimentos (frutas, verduras, legumes, queijos, doces, salgados, pipocas, carnes defumadas, etc.), outros oferecendo serviços de venda de peças de utensílios domésticos ou consertos de liquidificador, consertos de cabos e tampas de panelas. Nas feiras existem ainda as barraquinhas que vendem roupas, peças de enxoval, enfim, uma grande variedade de produtos.
  7. 7. AGRICULTURA A agricultura, termo de origem latina que significa “arte de cultivar os campos”, é uma atividade desenvolvida há milhares de anos. Seu principal objetivo é a produção de alimentos, tais como verduras, legumes, frutas, cereais, etc.
  8. 8. Muitos alimentos e matérias-primas para a indústria são obtidos através da produção agrícola. Portanto, além de proporcionar alimentos para o homem, ela também fornece produtos para a indústria, como a mamona, que é utilizada na produção de biocombustível. Para a realização da agricultura é necessária a utilização de várias técnicas. Antes do plantio das sementes, o solo deve ser arado e adubado, pois esse processo auxilia no bom desenvolvimento da produção. Também é importante a irrigação (distribuição de água na plantação), ajudando na germinação das sementes. Fatores naturais são determinantes para o bom desempenho dessa atividade. O clima, a quantidade de chuva, o solo, entre outros elementos, interferem nas plantações. A tecnologia também influencia, pois a utilização de máquinas agrícolas realizam o plantio e a colheita de forma mais rápida. A mecanização das atividades agrícolas é cada vez mais comum. Esse fenômeno é responsável pelo aumento na produção. No entanto, muitos trabalhadores rurais estão sendo substituídos por essas máquinas, fato que tem provocado desemprego no campo e intensificado o êxodo rural (migração do campo para a cidade). É importante destacar que a expansão da agricultura tem provocado grandes problemas ambientais, como desmatamento, queimadas, poluição do solo e da água por agrotóxicos, erosões, etc. Portanto, em razão da importância dessa atividade para os seres humanos, é preciso que a agricultura seja praticada com técnicas que evitem os impactos ambientais, garantindo alimentos e preservando o meio ambiente.
  9. 9. PECUÁRIA Pecuária, termo de origem latina que significa “criação de gado”, é uma atividade de fundamental importância para a humanidade. Seu objetivo é a criação de animais para fins econômicos e para o consumo. Os rebanhos podem ser bovino (bois e vacas), suíno (porcos), ovino (ovelhas e carneiros), caprino (cabras e bodes), equino (cavalos), muar (mulas), asinino (jumentos) e bufalino (búfalos).
  10. 10. A pecuária pode ser praticada de forma extensiva ou intensiva. A primeira é caracterizada pela utilização de métodos tradicionais, com poucos recursos tecnológicos. O gado é criado solto em grandes extensões de terra. Essa modalidade apresenta baixa produtividade. Já a pecuária intensiva (moderna) utiliza recursos tecnológicos e métodos avançados para aumentar a produtividade. Entre as características dessa modalidade estão o confinamento do rebanho, inseminação artificial, acompanhamento com veterinários, etc. Além do consumo da carne, o homem também se beneficia de outros alimentos fornecidos por esses animais, como, por exemplo, o leite. Esse leite é utilizado na fabricação de queijo, manteiga, iogurte, etc. Outro ponto importante é a obtenção de matérias-primas como o couro e o pelo. Esses produtos são utilizados na fabricação de lã, sapatos, bolsas, carteiras, casacos, cintos, chapéus, entre outros utensílios. A expansão da pecuária tem desencadeado vários problemas ambientais, pois a vegetação original está sendo destruída para dar lugar às pastagens. Esse fato tem intensificado os desmatamentos e as queimadas. Outro ponto negativo é a compactação do solo causada pelo deslocamento de grandes rebanhos.
  11. 11. MEIOS DE TRANSPORTES Os meios de transporte são responsáveis pelo deslocamento de pessoas, animais, matérias-primas e mercadorias, sendo de fundamental importância para a infraestrutura e a economia de um determinado local. Existem quatro modalidades de transporte: terrestre, aquaviário, aéreo e dutoviário. O transporte terrestre é realizado em ônibus, carros, motocicletas e caminhões que se deslocam em ruas, estradas e rodovias. Outro tipo de transporte terrestre é o ferroviário, realizado em trens que se movimentam sobre trilhos.
  12. 12. O transporte aquaviário é caracterizado pelo deslocamento em lagos, rios, mares e oceanos. As pessoas e/ou mercadorias são transportadas em canoas, bancos, navios, etc. Essa é uma alternativa muito utilizada para o transporte de cargas entre países de diferentes continentes (transporte marítimo). O transporte aéreo é considerado o meio de transporte mais rápido e sofisticado do mundo. Ele é extremamente importante para quem deseja realizar viagens em curto tempo, pois o avião atinge velocidades elevadíssimas se comparado aos outros meios de transporte. Além dos aviões, o transporte aéreo também pode ser feito em helicópteros ou balões.
  13. 13. A outra modalidade de transporte é o dutoviário, realizado em tubos ou dutos que transportam substâncias gasosas (gasodutos), líquidas (oleodutos) ou sólidas (minerodutos). O Brasil, juntamente com a Bolívia, possui um gasoduto responsável pelo transporte de gás natural da Bolívia (fonte produtora) para alguns estados brasileiros (consumidores).
  14. 14. MEIOS DE COMUNICAÇÃO Os meios de comunicação são artifícios que permitem a comunicação entre pessoas, contribuindo com o processo de transmissão de informações. Ao longo da história, o homem sempre desenvolveu formas para se comunicar: sinais, desenhos, cartas, criação de alguns objetos, etc. Com o desenvolvimento tecnológico, os meios de comunicação foram se tornando mais eficazes. O telégrafo revolucionou a forma de se comunicar à distância, sendo considerado um dos primeiros sistemas modernos de comunicação. Em seguida, outros meios de comunicação foram inventados, com destaque para o telefone, rádio, televisão, celular e internet. Todos eles são bastante utilizados em várias partes do mundo, proporcionando o diálogo e a troca de informações entre pessoas de diferentes pontos do planeta. A internet, por exemplo, permite que informações sejam obtidas com extrema rapidez e facilidade. Algumas redes sociais possibilitam a comunicação instantânea entre pessoas localizadas em diferentes lugares. Outro avanço é a realização de cursos à distância, que podem ser realizados através de aulas acompanhadas pelo computador. Os meios de comunicação também são essenciais para a realização de atividades econômicas. Alguns negócios financeiros são finalizados através de sites especializados, as cotações das ações de empresas podem ser acompanhadas, transações bancárias, entre outros. Portanto, os meios de comunicação sempre estiveram presentes na vida do homem, sendo essenciais para a difusão das informações (jornais, revistas, televisão, rádio, etc.) e para as atividades econômicas.
  15. 15. ZONA RURAL Zona rural é uma região que não integra o perímetro urbano, ou seja, é uma área do município não classificada como zona urbana ou zona de expansão urbana. A zona rural é de fundamental importância para nossas vidas, pois nela são desenvolvidas as atividades agropecuárias, como o cultivo de vários alimentos (arroz, feijão, frutas, legumes, etc.) e a criação de animais (bois, vacas, porcos, entre outros). Outra característica econômica da zona rural é o ecoturismo, também chamado de turismo rural. Essa é uma atividade realizada de forma consciente e ecologicamente correta, que segue os princípios elementares de desenvolvimento sustentável. Muitas pessoas buscam sair da rotina estressante da zona urbana, e encontram na zona rural uma forma de descanso. Entre as atividades realizadas no campo estão: trilhas ecológicas, cavalgadas, banhos em cachoeiras, etc. A zona rural também tem as importantes funções de preservar a biodiversidade de um determinado local, garantir a qualidade da água e manter as terras indígenas. Nesse sentido, as Unidades de Conservação foram criadas com o intuito de preservar o patrimônio ambiental e cultural do país.
  16. 16. ZONA URBANA O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) define zona urbana como toda sede de município (cidade) e de distrito (vila). Essa classificação, zona urbana, não leva em consideração o tamanho da cidade nem a quantidade de habitantes. Algumas características básicas de uma zona urbana são: edificações contínuas, habitações, meio-fio, calçadas, rede de iluminação, serviços de saúde, educação, saneamento ambiental, lazer, entre outros. Sendo assim, a população urbana tem mais facilidade de acesso a hospitais, escolas, tratamento de esgoto, água encanada e lazer. Outro elemento que atrai milhares de pessoas para as cidades é o processo de industrialização e a mecanização das atividades rurais, desencadeando o êxodo rural (migração do campo para a cidade).
  17. 17. No entanto, a expansão urbana sem o devido planejamento tem gerado uma série de problemas sociais e ambientais. A ocupação de lugares indevidos para a moradia é um deles, pois casas são construídas em encostas de morros, áreas próximas a rios, etc. Outro ponto negativo é a grande produção de lixo e o destino inadequado desses resíduos. Lixões são formados a céu aberto, fato que provoca a poluição do solo, da atmosfera, da água subterrânea, além de gerar muitas doenças. Os congestionamentos no trânsito, a violência, moradias em locais inadequados, desigualdade social e população em situação de rua são outros problemas comuns nos grandes centros urbanos brasileiros.
  18. 18. EFEITO ESTUFA – AQUECIMENTO GLOBAL Envolvendo o planeta Terra, há uma camada de gases que chamamos de atmosfera. Os raios solares a atravessam, aquecendo a superfície terrestre que, quando aquecida, libera calor. Uma parte desse calor é absorvida pela atmosfera e a outra parte se perde no espaço. Quando a atmosfera absorve esse calor, ela não deixa que a Terra esfrie muito e mantém a superfície terrestre aquecida possibilitando a vida na Terra. Se não ocorresse isso, a Terra seria muito fria, em torno de -270C, e seria impossível viver aqui. Isso é o que chamamos de efeito estufa, um processo natural. As queimadas em matas e florestas, as indústrias, fábricas e motores a gasolina e diesel emitem vários gases, dentre eles o CO2 (dióxido de carbono).
  19. 19. Esses gases chegam à atmosfera e formam uma camada impedindo que grande parte do calor que está dentro da Terra saia. O que ocorre é um aumento na temperatura da superfície terrestre, o chamado aquecimento global. Como consequência desse aumento na temperatura no interior da Terra, podemos ver o derretimento das calotas polares, provocando um aumento no nível dos oceanos; a diminuição da umidade do ar podendo provocar desertificação em algumas regiões; o aumento de furacões, tufões e tornados e intensas ondas de calor. Podemos evitar que o efeito estufa aumente: • Plantando mais árvores; • Evitando queimadas; • Reciclando o lixo; • Usando a energia solar e a energia eólica (vento) para produzir energia elétrica; • Usando mais transportes públicos; • Colocando filtros nas indústrias e fábricas; • Diminuindo a emissão de CO2 realizada pelos meios de transporte; • Conscientizando a população mundial sobre o aquecimento global.
  20. 20. Encontre no diagrama consequencias do aquecimento global D E S E R T I F I C A Ç Ã O M F G F G F D F E D C V C V C V C V C V C V C A C V C V C E C X E R E N C H E N T E V B V B R H J H J H N H T S R G J K J J K J K J K J K E i i i t N G t I E R G F O M E V B V B V B V M V B V B V U U N R R E P I D E M I A S H J H O H J H J H E J Ç T R F Q R Q R T Y T Y T Y T T H J H J H J U Ã O R G B N B N B N B N B N B O B N N B N B J O S R F D F D F D F D F D F D F D F D F D F J D F U R A C Ã O T X C X M I G R A Ç Õ E S X H E F R G E R R R U A U M E N T O C A L O R L J A F R H R F F F F F F F F F F F F F F F F F H N F R G R F F F Ã F F A L A G A M E N T O o J I F R H T Y T Y O T Y T Y T Y T Y T Y T Y T Y M F R G Y U Y U Y U M A L Á R I A A Y U Y U Y A F R H G H G H G H G H G H G H G H G H G G G I D E R R E T I M E N T O D A S G E L E I R A S ATIVIDADES: Qual a principal consequência da emissão de gases que intensificam o efeito estufa? O que acontecerá se esse aumento da temperatura do planeta continuar? O que intensifica a ação do efeito estufa?
  21. 21. SUSTENTABILIDADE SUSTENTABILIDADE significa melhorar a vida de todos nós que estamos vivos, mas sem piorar a vida das pessoas que ainda vão nascer. Entendeu? Vamos cuidar do mundo agora e lembrar que nossos futuros parentes também vão precisar de um bom lugar pra morar. Cada um precisa fazer a sua parte A Declaração do Milênio pode ajudar. Para quem não sabe a Declaração do Milênio é um acordo feito por vários países, inclusive o Brasil, para melhorar o mundo até 2015. Nesta declaração existem 8 objetivos que precisam ser alcançados. Dá só uma olhada:
  22. 22. 1. ACABAR COM A FOME E A MISÉRIA Para acabar com este problema, a gente pode distribuir alguns tipos de alimentos em algumas regiões pobres ou ensinar algum tipo de trabalho, como artesanato, que ajude estas pessoas a ganhar mais dinheiro; algumas famílias poderiam plantar seus próprios alimentos; os jovens e as crianças precisam estudar para ter bons empregos no futuro e, algo muito importante, os portadores de deficiência também merecem ter oportunidades de trabalho. 2. EDUCAÇÃO BÁSICA DE QUALIDADE PARA TODOS Em todo o mundo, ainda há muitas crianças fora da escola. Isto é um grande problema porque as crianças são o futuro. Toda criança tem que ir para a escola e não trabalhar; precisamos de professores bons e aulas interessantes senão ninguém aguenta ficar na escola; podemos doar livros e materiais escolares para as crianças mais necessitadas do que a gente; é muito legal ter o papai e a mamãe junto com a gente nas festas da escola ou em cursos no fim de semana. Se tudo isso acontecer, a gente cresce bem inteligente e pode ajudar o mundo ficar cada vez melhor.
  23. 23. 3. IGUALDADE ENTRE SEXOS E VALORIZAÇÃO DA MULHER Tem gente que pensa que menino é melhor do que menina. E muita gente por aí acha que menina é melhor do que menino. Meninos e Meninas são apenas diferentes. Cada um tem suas qualidades. Meninos jogam futebol, meninas também. Meninos lutam karatê, meninas também. Meninas dançam, meninos também. Nós devemos ser aquilo que queremos e deixar as outras pessoas serem aquilo que quiserem. 4. REDUZIR A MORTALIDADE INFANTIL A cada ano vários de bebês morrem no mundo por diversos motivos, doenças infecciosas, falta de higiene, etc. Para diminuir a morte dos bebês, todos precisam ter acesso à água potável; todos precisam saber sobre higiene pessoal e sanitária; as mamães precisam saber a importância de amamentar seu bebê; as crianças precisam ter acesso a medicamentos e alimentos para que cresçam saudáveis.
  24. 24. 5. MELHORAR A SAÚDE DAS GESTANTES Muitas mamães morrem durante o parto. Principalmente quando moram no campo, elas não têm acesso ao médico, por isso não podem acompanhar a saúde do bebê dentro da barriga. Além de tudo, elas têm o neném dentro de casa, sem higiene e morrem por causa de alguma infecção. Tudo o que as mamães precisam para não correr risco é de um médico que cuide delas antes, durante e depois do parto. Um médico pode explicar a uma gestante como ter uma boa gravidez, como se prevenir de doenças e como se alimentar bem para ter um bebê lindo e saudável. 6. COMBATER A AIDS, A MALÁRIA E OUTRAS DOENÇAS Existem doenças perigosas que adoram se espalhar por aí. Passa para um que passa para outro, de repente todo mundo fica doente. E o pior é que milhares de pessoas no mundo morrem assim. Evitar que uma doença se espalhe não é difícil. Basta saber se prevenir ou se tratar. Estar sempre limpinho e se alimentar bem direitinho, também ajuda para se proteger dessas doenças. Podemos ajudar outras pessoas a descobrir como ficar longe desses perigos, depois a gente pode ajudar outras pessoas, contando a elas o que a gente aprendeu. É bom espalhar informação!
  25. 25. 7. QUALIDADE DE VIDA E RESPEITO AO MEIO AMBIENTE Você sabia que se um animal entrar em extinção, todo o planeta sofre consequências? É mais ou menos assim. Tudo o que acontece no meio ambiente é muito sério para todo o resto do mundo. Por isso, para que nossos parentes futuros ainda possam viver bem, somos nós que precisamos cuidar de cada pedacinho do nosso planeta. Primeiro, não podemos esquecer de reciclar. É preciso que todos saibam disso. Converse com seus amigos, seus vizinhos… Quanto mais a gente recicla, menos a gente usa o meio ambiente… então ele dura mais tempo! Devemos também economizar. Principalmente a água. Não dá pra ficar tomando banho de 30 minutos. Não dá pra deixar a torneira aberta enquanto escovamos os dentes.Vamos cuidar do meio ambiente antes que seja tarde demais! VAMOS RECLICAR!!!
  26. 26. 8. TODO MUNDO TRABALHANDO PELO DESENVOLVIMENTO Nós sabemos que existem países ricos e países pobres. E sabemos que, por causa disso, ocorre a desigualdade social. Fica assim… quem é rico fica mais rico e quem é pobre fica mais pobre. Mas a última meta para mudar o mundo é acabar com essa história. Se todos os países se ajudarem, o mundo inteiro pode progredir em harmonia. Tudo poderia ser compartilhado. Quem tem mais doa para quem tem menos. Educação, Tecnologia, Medicamentos, Empregos… um jeito de todos terem as mesmas oportunidades. Você já parou para pensar como seria bom se isto acontecesse? Os países fossem unidos, amigos uns dos outros? Referências bibliográficas: www.atividadeseducativas.net.com.br www.educanet.com.br www.escolanova.com.br www.canalkids.com.br www.escolakids.com

×