É AMANDO QUE SE RECEBE       Márcia Japiassú     www.marciajapiassu.com.br
Copyright@2012 por Márcia JapiassúEditora responsável: Márcia JapiassúRevisão: Márcia Japiassú Amaro (mãe)Capa e diagramaç...
A todos aqueles que são viciados em ler.
Às letras aprouve ouvir-me, aos dedos, ser a minha voz.
SumárioAgradecimentos .................................................................... 13Quem sou euEntre os ‘pré’ e ‘...
Ao que foiPorque os loucos também amam ..................................... 46Eu ...........................................
Agradecimentos.À minha maior inspiração. O autor da vida, cujomesmo me concedeu a dádiva de seguir seus pas-sos, no lindo ...
Quemeu sou
É AMANDO QUE SE RECEBEEntre os ‘pré’ e ‘su’todos fixos em mimEu sou daquelas pessoas, que são lembradas peloprefixo; o mai...
Aoque é
É AMANDO QUE SE RECEBE´ amandoEque se recebeNão irei abandonar o amor que me foi confiado,Ele sequer tinha chegado e já ha...
É AMANDO QUE SE RECEBEDentro de mim existe uma linguagem só minha.A minha linguagem é minha e de mais ninguém.A sua lingua...
É AMANDO QUE SE RECEBESintonia FinaEla, a música, quando ouvida é pura poesia,A poesia, sendo musicada, é a cura da rima.D...
É AMANDO QUE SE RECEBEMais aindaDentre todos ali, avistei os teusEncobri todos os meus temoresViolei outros, inclusive os ...
É AMANDO QUE SE RECEBEComo tantosoutros sozinhosSou eu consumida pela mais louca saudade?Sim! Sem motivos, mas tomada de v...
É AMANDO QUE SE RECEBESem margemFoi procurando que eu me perdi,Falavam que pirada eu era e cria.Fiz- me burra perante os s...
É AMANDO QUE SE RECEBEPela medida da dorFui criada sombreada de amor.Consertei sem saber consertar.Moldada pela medida da ...
É AMANDO QUE SE RECEBESinal de vidaAs falsas luzes que te fazem brilhar,Não ofusca a luz posta a te iluminar.Esta luz que ...
É AMANDO QUE SE RECEBESeja mal, seja bem, seja sempre dita...Quando solta, seu leve veneno intoxica.Se presa, com brandura...
É AMANDO QUE SE RECEBEChocolateDe repente me vem uma sensação de vazio,Surge um ruído que emerge dentro de mim.Dentes entr...
É AMANDO QUE SE RECEBECafezinhoMadrugada a fora, a manhã já sinaliza,O sono, um egoísta, em nada ameniza.Meu desejo, muito...
Aquemdedico
É AMANDO QUE SE RECEBEJapiassuVou começar pelo fim:Tem-se medo de muitos,Muitos têm medo de mimMas se eles o temem,E você ...
É AMANDO QUE SE RECEBEHilarioDe todas as cores, a mais linda;Nascida e regada por tons de cinza,De todos os sonhos, o mais...
É AMANDO QUE SE RECEBEQuando dele perdiQuieta estava ao avistá-lo em minha direção.Era tarde, ele havia ludibriado meu cor...
É AMANDO QUE SE RECEBEIvanProcuro de ti, esconder-me;Do mal que me encobre,Pela amargura de não ter-te.Por muito quis tolh...
É AMANDO QUE SE RECEBEStêEla é parte do meu eixo sobre a corda bamba,Um instrumento divino contra todo engano...Hora mãe, ...
É AMANDO QUE SE RECEBEAlêHoje sei que as coisas efêmeras se vão,Mas os momentos que vivemos ficam.Nosso legado, então, é d...
É AMANDO QUE SE RECEBELilinhaÀs vezes faço uma visitinhanos dias de nossa infância,Cujas pessoas na tenra idadeeram apenas...
É AMANDO QUE SE RECEBETio AdamilsonEu não desejo nada além de paz e muita força,Nada além de muito amor nesta hora;Eu lhe ...
É AMANDO QUE SE RECEBEPapaiAinda que as palavras se cessem,O meu sublime amor lhe ofertei.E se os dias fossem desajeitados...
É AMANDO QUE SE RECEBEEu anseio encontrar as palavras;Eu procuro em códigos e signos;Vasculho pelos sinais e símbolos,Eu q...
Aoquefoi
É AMANDO QUE SE RECEBEPorque os loucostambém amamOuvi por muito tempo, ruídosQue se revelaram sorrisos,Tive cúmplices e nã...
É AMANDO QUE SE RECEBEEuEu uso consoantes ao construir vogais.Eu crio verbos não verbais.Eu pinto o sete às escuras.Eu est...
É AMANDO QUE SE RECEBEFizEu extraí do ódio mais selvagemA poesia oriunda do puro amor,Eu desenhei com jatos de águaProvei ...
É AMANDO QUE SE RECEBEEu quem disse:Que a pureza das flores,Não se encontra sobre os espinhos;Que as palavras são escritas...
É AMANDO QUE SE RECEBEEÉ um ser, sem estar e chegar.É um vibrar, sem ecoar e entoar.É um tocar, sem ouvir, nem mover.É um ...
É AMANDO QUE SE RECEBEAmorPosto a súplica que meu peito clama,Nesta alma sempre sábia, agora insana;Nestes dias controlado...
É AMANDO QUE SE RECEBEMEm sua mão tem tatuado...Um M que não é só seu,M de música, movimento,De mistério e de museu.M de m...
É AMANDO QUE SE RECEBETudo que vocêTudo que você lê,É um tiquinho de você;Tudo que você estuda,Um cadinho de aventuraTudo ...
É AMANDO QUE SE RECEBESou filho e o fuiAntes de crescer,Eu era pequeno;Antes de vê-los,Eles me viram.Antes de ensiná-los,A...
É AMANDO QUE SE RECEBECantaCanta o alarido que soa,Os ventos que assopram,No vai e vêm da poesia,Nos contos e nas prosas.N...
É AMANDO QUE SE RECEBEAqui ou acolaNão sei se aqui ou acolá,Se esquerda ou direita;Que caminho devo traçar.Estrada larga o...
É AMANDO QUE SE RECEBEPoetaPoeta ao certo... Não sei se souEntão me calo, tamanho ruborNão juro a você, tão pouco à dor,Am...
É AMANDO QUE SE RECEBEAmarAmar é fonte como raizÉ crer em tudo por um trizÉ a síntese mais perfeitaDe pessoas outrora elei...
É AMANDO QUE SE RECEBECada minutoCada minuto ao seu ladoÉ uma ponte à sabedoriaCada minuto longe de vocêUm insulto para a ...
É AMANDO QUE SE RECEBEEu citeiCitei seu nome ao amorNão levantei esculturas,Mas o gravei no coração;Fiz sonetos, versos e ...
É AMANDO QUE SE RECEBENao sei ao certoNão irei eu dizer ao certo,Se me apaixonei ou amei...Não sei te dizer se saiu...Ou e...
É AMANDO QUE SE RECEBEMaisEu quero poder fazer mais...Amar mais, doar mais...Comportar-me mais.Sentir, eu quero menos!Meno...
É AMANDO QUE SE RECEBEUm PoucoUm pouco de vocêDiz muito sobre mimSei dos seus segredos,E você sabe dos meus;Sei das cores ...
É AMANDO QUE SE RECEBEMil MotivosEu te dou mil motivos para chorar,Se me der um, para não sorrir.Eu sou capaz de me expor,...
É AMANDO QUE SE RECEBEDa tempoFoi pela surpresa que fez acontecer;Pela imaginação que construiu algo;Pela angústia que vei...
Aoúnico
É AMANDO QUE SE RECEBEEleEle estava dentro,Enquanto eu fora.Ele era amor,Eu jazia em dor.Ele tão gente...Eu tão descrente....
É AMANDO QUE SE RECEBEFoi me dada à palavra dada aos lendários profetas,A palavra veio a minha boca quando eu fui a ela.El...
É AMANDO QUE SE RECEBEPara eu vir amarMinha vida dos declives é o mais agudoTeve na palavra a espada, na fé o escudoMeus o...
É AMANDO QUE SE RECEBENo filhoHomem de dores, lapidado em prol do eterno amor...Revelado foi a alguns, quando o céu perdeu...
É AMANDO QUE SE RECEBE          72
E amando que se recebe
E amando que se recebe
E amando que se recebe
E amando que se recebe
E amando que se recebe
E amando que se recebe
E amando que se recebe
E amando que se recebe
E amando que se recebe
E amando que se recebe
E amando que se recebe
E amando que se recebe
E amando que se recebe
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

E amando que se recebe

740 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
740
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
353
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

E amando que se recebe

  1. 1. É AMANDO QUE SE RECEBE Márcia Japiassú www.marciajapiassu.com.br
  2. 2. Copyright@2012 por Márcia JapiassúEditora responsável: Márcia JapiassúRevisão: Márcia Japiassú Amaro (mãe)Capa e diagramação: Diego MonteiroÉ proibida a reprodução total ou parcial da obra, de qualquer forma ou porqualquer meio sem a autorização prévia e por escrito do autor. A violaçãodos Direitos Autorais (Lei nº 9610/98) é crime estabelecido pelo artigo 48 doCódigo Penal.www.marciajapiassu.com.br1º edição - 2012
  3. 3. A todos aqueles que são viciados em ler.
  4. 4. Às letras aprouve ouvir-me, aos dedos, ser a minha voz.
  5. 5. SumárioAgradecimentos .................................................................... 13Quem sou euEntre os ‘pré’ e ‘su’ todos fixos em mim ........................ 17Ao que éÉ amando que se recebe ...................................................... 21Vícios de linguagem ........................................................... 22Sintonia fina ......................................................................... 23Mais ainda ............................................................................ 24Como tantos outros sozinhos ......................................... 25Sem margem ......................................................................... 26Pela medida da dor .............................................................. 27Sinal de vida ........................................................................... 28Na língua ................................................................................ 29Chocolate ................................................................................ 30Cafezinho ................................................................................ 31A quem dedicoJapiassú ................................................................................... 34Hilário ....................................................................................... 35Quando dele perdi ................................................................. 36Ivan ............................................................................................ 37Stê .............................................................................................. 38Alê .............................................................................................. 39Lilinha ..................................................................................... 40Tio Adamilson ...................................................................... 41Papai ......................................................................................... 42Mamãe ..................................................................................... 43
  6. 6. Ao que foiPorque os loucos também amam ..................................... 46Eu ............................................................................................... 47Fiz .............................................................................................. 48E quem disse ............................................................................ 49É .................................................................................................. 50Amor .......................................................................................... 51M ................................................................................................. 52Tudo que você .......................................................................... 53Sou filho e o fui ...................................................................... 54Canta......................................................................................... 55Aqui ou acolá ........................................................................... 56Poeta .......................................................................................... 57Amar ......................................................................................... 58Cada minuto ............................................................................ 59Eu citei ...................................................................................... 60Não sei ao certo ..................................................................... 61Mais ........................................................................................... 62Um pouco .................................................................................. 63Mil motivos .............................................................................. 64Dá tempo .................................................................................. 65Ao únicoEle .............................................................................................. 68Vítima dos próprios erros .................................................... 69Para eu vir amar ..................................................................... 70No filho ..................................................................................... 71
  7. 7. Agradecimentos.À minha maior inspiração. O autor da vida, cujomesmo me concedeu a dádiva de seguir seus pas-sos, no lindo ofício que é escrever. Louvado seja oSenhor Jesus.Aos amigos: Jorge Honorato, Rodrigo Santana e GraceKelly. Obrigada pela paciência, tempo e dedicaçãoinvestidos. Sou grata a Deus, por cada um de vocês.Aos amigos de toda uma vida, a quem amo muito,vocês são a família que tive o privilégio de escolher.À minha sempre pastora: Irmã Inês. Irmã eu vejo emvocê uma parte do céu refletido aqui... Aos meus com-panheiros de jornada: José Arthur e Thalita Teixeira.Sem palavras pelo carinho e cobertura de vocês.Aos meus pais, eu te amo é pouco perto de um senti-mento assim.À minha igreja... A você.
  8. 8. Quemeu sou
  9. 9. É AMANDO QUE SE RECEBEEntre os ‘pré’ e ‘su’todos fixos em mimEu sou daquelas pessoas, que são lembradas peloprefixo; o mais usado pelos de meu convívio é o ego,do cêntrico, e do ísta. Vulgo egomelomaníaca, soudaquelas que vive lá no auto seguida de sufixos ruins,leia: auto-estima, autocomiseração, autocontrole.Eu livre toda vida, arrogante por formação. Armei-me até os dentes, de feridas que colecionei.Cada declaração áspera, cada olhar ‘sutil’, as frasesde efeito tão vazias, abraços um tanto quanto hostis.Meus prefixos e sufixos foram sustentados pelos fixosque todos têm. Meu ‘eu’ mais o verbo que diminui‘você’, leva-me a perguntar, “se de fato meu pronomeduas letras menores que o seu, faz-me alguém tãogrande assim?”Eu te digo o quanto sou pedante, ao assumir ‘eu’atrás do t ou s, que sustenta o ‘seu’ ou ‘teu’. Às vezesante ao ‘dade’ que desejo partilhar, você vê o ‘mal’,não o ‘bom’ que desejei. Sem falar quando usa o‘des’ no ‘torcer’ que fiz, mas não creu. Vira e mexe‘sou’ pega pelo ‘é’, mas o ‘é’ esnobe, humilha o ‘sou’,que hora ‘eu’, é para sempre ‘teu’. O ‘nosso’ não oconhece, por causa do ‘vosso’, mas o ‘vosso’ é mais‘deles’ do que ‘meu’.Entre os ‘pré’ e ‘su’ todos fixos em mim, o ‘ego’ quevos fala é consequência do ‘elo’ que faltou; o mesmo‘elo’, utilizado na eloquência, no elogio, mas lemb-rado no duelo que cravou. ‘Elo’ então, deu espaço ao‘ego’, e ele seja ísta, ou cêntrico, fez morada cativano ‘eu’ que é tanto ‘meu’, quanto ‘seu’. 17
  10. 10. Aoque é
  11. 11. É AMANDO QUE SE RECEBE´ amandoEque se recebeNão irei abandonar o amor que me foi confiado,Ele sequer tinha chegado e já havia sido amado.Não te darei outro igual, pois cada amor é único,Mas farei do meu amor privado, por você público.Não vou falar que não temi conhecê-lo, pois temi.Quis refugiar-me, mas não me contive quando o vi.Não o esconderei daqueles que de fato não merece.Mas vou distribuí-lo, pois é amando que se recebe. 21
  12. 12. É AMANDO QUE SE RECEBEDentro de mim existe uma linguagem só minha.A minha linguagem é minha e de mais ninguém.A sua linguagem, flui. Independe das de outrem.A minha, desde sempre é uma dependente lírica.Vive sustentada pelos vícios que todo mundo têm.Entre a abstinência e a overdose, reconheço o medo.Ainda que seja raro quem expõe as suas bagagens.Eu confesso: levo na minha, os vícios de linguagem. 22
  13. 13. É AMANDO QUE SE RECEBESintonia FinaEla, a música, quando ouvida é pura poesia,A poesia, sendo musicada, é a cura da rima.Descompassadas, são apenas letras perdidas.No silencio são como os sons de vassouras...Ziguezagueando como agulhas sobre roupas.Na batida, não mais abatidas, seguem unidas.No ritmo, em conjunto, esbanjam harmonia.De um som louco, que deseja ser sentido,Estão elas, apenas elas. Nessa sintonia fina.. 23
  14. 14. É AMANDO QUE SE RECEBEMais aindaDentre todos ali, avistei os teusEncobri todos os meus temoresViolei outros, inclusive os seusPerdi a vontade de chorar e gritarEu esperei o milagre e não o fizEu cri em Deus e sê-lo não o quisEu aprendi o bom de ser mulherEu não sabia como é ser femininaMas ao ser menina, fui mais ainda 24
  15. 15. É AMANDO QUE SE RECEBEComo tantosoutros sozinhosSou eu consumida pela mais louca saudade?Sim! Sem motivos, mas tomada de verdade.Minhas mãos até suam, minha voz embarga,Minha respiração por pouco quase não para.Vejo muitos casais que se amam, se separando.E eu aqui, nessa luta contra solidão. Tentando.Assim sigo eu na espera por um abraço amigo,Mas as pessoas querem dividir só os conflitos.Aos poucos... Eu como tantos outros sozinhos...Fico louca para repartir, o tão escasso, carinho. 25
  16. 16. É AMANDO QUE SE RECEBESem margemFoi procurando que eu me perdi,Falavam que pirada eu era e cria.Fiz- me burra perante os sábios,E sábia fui aos burros que ouvia.Fui pequena aos olhos grandes,Fui à louca que aos sãos nutria.A vida, toda vida, mal entendida.Qual das culpas que não é minha?Eu não tinha margem, nem linha...Fui luz escrita sem traços de tinta. 26
  17. 17. É AMANDO QUE SE RECEBEPela medida da dorFui criada sombreada de amor.Consertei sem saber consertar.Moldada pela medida da dor...Dei tudo, sem sequer ganhar.Ofereci ao não ter o que gastar.Doei-me a quem não merecia...Fiz aquilo o que eu não devia!Só amei quem se deixou amar. 27
  18. 18. É AMANDO QUE SE RECEBESinal de vidaAs falsas luzes que te fazem brilhar,Não ofusca a luz posta a te iluminar.Esta luz que traz a tona seus deleites,Mostra apenas como tu és, um enfeite.Contudo a mentira em que tanto acreditaNão impede que a verdade dê sinal de vida. 28
  19. 19. É AMANDO QUE SE RECEBESeja mal, seja bem, seja sempre dita...Quando solta, seu leve veneno intoxica.Se presa, com brandura, ela até remedia.Mas livre, soberana, a todos ela domina.Onde a morte vive, quando morre a vida,Lá na língua, a palavra entrada, sai sentida. 29
  20. 20. É AMANDO QUE SE RECEBEChocolateDe repente me vem uma sensação de vazio,Surge um ruído que emerge dentro de mim.Dentes entrecerrados apontando um vício...Coisas que se descobre ao degustar algo assim.Valorizado pela mesma etiqueta que o vende...Ele chocolate, objeto de meu desejo, sacia-me. 30
  21. 21. É AMANDO QUE SE RECEBECafezinhoMadrugada a fora, a manhã já sinaliza,O sono, um egoísta, em nada ameniza.Meu desejo, muito escuro, cheira bem.Aos outros, como eu, envolve também.Dos pretinhos que me veste o melhor...Cafezinho jamais ousou deixar-me só. 31
  22. 22. Aquemdedico
  23. 23. É AMANDO QUE SE RECEBEJapiassuVou começar pelo fim:Tem-se medo de muitos,Muitos têm medo de mimMas se eles o temem,E você teme a eles.Não tenho o que temer;E o não, surge no sim.Dedico o meu melhor,Escondo o meu pior;Sussurro aos meus,E grito aos seus:Assim a lenda diz:Japiassú eu nasci,Japiassú eu me fiz. 34
  24. 24. É AMANDO QUE SE RECEBEHilarioDe todas as cores, a mais linda;Nascida e regada por tons de cinza,De todos os sonhos, o mais belo;O ouro extraído de campos singelos.De todas as jóias a mais rara;Toda adornada sobre muralhas!Entre tantas flores semeadas,Foi apoio para as mais calejadasDe todos os rostos mais bonitos,Nada se iguala ao mais belo sorriso;De todas as vergonhas já expostas;Não existe maior que negar a derrota.À Fernanda 35
  25. 25. É AMANDO QUE SE RECEBEQuando dele perdiQuieta estava ao avistá-lo em minha direção.Era tarde, ele havia ludibriado meu coração.Ele dizia ser melhor, eu só queria ser igual.Nessa disputa infame, eu desejava só o final.Toda vida no segue ou não segue, segui-la-ei;Usou a pedra que cantou, quando eu o cantei.Ante a pena que deveras tive ao vê-lo assim,Ganhei ao vê-lo sorrindo quando dele perdi.À Lucas 36
  26. 26. É AMANDO QUE SE RECEBEIvanProcuro de ti, esconder-me;Do mal que me encobre,Pela amargura de não ter-te.Por muito quis tolher-me,De sentimentos mui ternos.Em excesso, mas sinceros.Então, escavo toda a saudade;E encontro somente resquícios,Da nossa nostálgica amizade. 37
  27. 27. É AMANDO QUE SE RECEBEStêEla é parte do meu eixo sobre a corda bamba,Um instrumento divino contra todo engano...Hora mãe, hora amiga, hora irmã, hora toda ela...Às vezes gente, outra anjo, um modelo de mulher.Vez ou outra falha, mas me diz, quem não é?Ela Stê, mesmo errante, reluz mais que diamante. 38
  28. 28. É AMANDO QUE SE RECEBEAlêHoje sei que as coisas efêmeras se vão,Mas os momentos que vivemos ficam.Nosso legado, então, é deixado em vida,A boa e velha amizade à moda antiga.Nossos frutos, em outros como nós estão.Naqueles, cujos amigos se tornaram irmãos. 39
  29. 29. É AMANDO QUE SE RECEBELilinhaÀs vezes faço uma visitinhanos dias de nossa infância,Cujas pessoas na tenra idadeeram apenas crianças.É quando encontro registradoem retratos de memória,As conversas na alvoradajunto aos saltos janela a fora...Os conselhos amorosos soma-dos as crises de menina...Uma coleção de risadas, dadasenquanto pequeninas.Houve ainda os conflitosdignos de todo adolescente,Quando consumidas pelasdúvidas vivíamos sorridentes.Hoje vejo vestígios da alegriaque já experimentamos,Na mulher forte que se tornoue como antes muito amo. 40
  30. 30. É AMANDO QUE SE RECEBETio AdamilsonEu não desejo nada além de paz e muita força,Nada além de muito amor nesta hora;Eu lhe desejo em Deus, mais Dele do que seu...Que em vês de dor você sinta poesia e cor,E que mesmo estando fraco, seja muito forte,Para encontrar na fraqueza um bom suporte.Eu desejo que você sinta o abraço de Deus,Aquele que dinheiro algum jamais comprou.Eu desejo que você alegre-se bastante,Que você torça como nunca torceu antes,Que seu alimento além de sabor tenha vida,E que a vida seja eterna do inicio ao fim...Eu desejo o melhor a todos os seus acusadoresQue no dia de amanhã, sejam seus imitadores.Que sua bondade seja o seu maior legado...E que a nossa herança, seja tê-lo sempre aqui. 41
  31. 31. É AMANDO QUE SE RECEBEPapaiAinda que as palavras se cessem,O meu sublime amor lhe ofertei.E se os dias fossem desajeitados;Ao seu lado, finalmente eu repousei.E mesmo nossos sonhos divergindoNo seu sorriso, eu me acalentei,E durante o pranto descomunal;Minhas gargalhadas, o entreguei.Com tudo, sempre terei a certeza;De que, sem sombra de dúvida;Você foi e é o de maior grandeza...Que eu, aprendiz na arte de viver,Fui agraciada pela dádiva divina,De tê-lo como pai, sem merecê-lo ter. 42
  32. 32. É AMANDO QUE SE RECEBEEu anseio encontrar as palavras;Eu procuro em códigos e signos;Vasculho pelos sinais e símbolos,Eu queria poder conseguir dizer.O que meu coração tanto dispara,Mas admito não saber descrever.Eu utilizaria por inteiro o alfabeto,Sabendo, que nada chega perto.Eu bem tento, mas não cabe a mim,Pois ainda que seja de forma lúdica;Parece, contudo não é fácil assim.E eu, sendo sua filha, como eu sou,Não sei me expressar à mulher...Que tanto amo e sempre me amou. 43
  33. 33. Aoquefoi
  34. 34. É AMANDO QUE SE RECEBEPorque os loucostambém amamOuvi por muito tempo, ruídosQue se revelaram sorrisos,Tive cúmplices e não aliados,Eu aproveitei conselhos ao filtrá-los.Vi nos ombros estranhos, um esteio;Guiei meus desejos, sem freio.Cantei os cantos que não encantam,E no cândido silêncio eu aprendi:Porque os loucos também amam! 46
  35. 35. É AMANDO QUE SE RECEBEEuEu uso consoantes ao construir vogais.Eu crio verbos não verbais.Eu pinto o sete às escuras.Eu estilizo a vida em figuras.Eu revelo meu íntimo no que sinto.Eu manuseio as palavras... Não minto!Eu confabulo em simples verdades.Eu odeio os excessos de liberdade.Eu vejo meu reflexo em amigos.Eu ganho prêmios em sacrifícios.Eu esnobo os meus nobres desejos.Eu dilacero as palavras em cortejos.Eu represento sem saber atuar.Eu aplico a minha fé na arte de amar! 47
  36. 36. É AMANDO QUE SE RECEBEFizEu extraí do ódio mais selvagemA poesia oriunda do puro amor,Eu desenhei com jatos de águaProvei todos os cheiros sem sabor.Eu disse coisas, inclusive sem saber;Desafiei todos os meus medos,Realizei todos os meus desejos;Fiz tudo, que sempre ansiei fazer;Fui criança por todo um dia,Adolescente por toda a vida;Mas ser adulta, eu não quis,Pois, não vi graça em crescer 48
  37. 37. É AMANDO QUE SE RECEBEEu quem disse:Que a pureza das flores,Não se encontra sobre os espinhos;Que as palavras são escritas,E não entoadas em hinos;Que o ser espontâneo,É adverso do ser responsável;Que a alegria é complicada o suficiente,Para não ser expressa em um sorriso;Que o estilo é uma influência,E não um instinto;Que a sobriedade de um instante,Se funde ao silêncio;Que a temperatura das cores...Aquece os momentos vividos. 49
  38. 38. É AMANDO QUE SE RECEBEEÉ um ser, sem estar e chegar.É um vibrar, sem ecoar e entoar.É um tocar, sem ouvir, nem mover.É um cheiro que sinto ao te terÉ uma cantiga dedilhada não sei por quê.É uma armadilha que não sei desarmarÉ um passo de dança falhado ao rebolarÉ a roupa que abotoei pensando em você.É o nosso segredo posto a embalsamar,É a nossa ginga na qual me entreguei,É o embalo do som que a ti dediqueiÉ o soneto da vida que trancafiado estáÉ o usufruto das cores e ausência de dor,É a forma ébria do mais doce amor! 50
  39. 39. É AMANDO QUE SE RECEBEAmorPosto a súplica que meu peito clama,Nesta alma sempre sábia, agora insana;Nestes dias controlados por suspeitos.Calculados por devaneios perfeitos.Na mente vago, tentando encontrar,Sussurros que almejo te mostrar.Uso então minha voz como moldura,Para impedi-lo de uma cruel fuga.Eu, descoberta das clausulas do pudor,Sou pega de surpresa pelo amor!Deixo assim a minha vaga razão;Para ser refém de uma forte emoção.Então ao revelar os suspiros sucumbidos,Ponho livre meu coração outrora partido. 51
  40. 40. É AMANDO QUE SE RECEBEMEm sua mão tem tatuado...Um M que não é só seu,M de música, movimento,De mistério e de museu.M de muvuca e molduraDe mistura e de meuM de menos e de maisDe montanha e de mãeDe mudanças e manhãs. 52
  41. 41. É AMANDO QUE SE RECEBETudo que vocêTudo que você lê,É um tiquinho de você;Tudo que você estuda,Um cadinho de aventuraTudo que você colore,Completa a sua estrutura;Tudo que você conquista,O enobrece como artista.Mas quando corre riscos,Faz do lixo um adorno,Da dúvida um estorvo;E da verdade o seu vício. 53
  42. 42. É AMANDO QUE SE RECEBESou filho e o fuiAntes de crescer,Eu era pequeno;Antes de vê-los,Eles me viram.Antes de ensiná-los,Alguém me ensinou;Antes de eu sonhar,Sonharam comigo.Antes de ter filhos,Sou filho e o fui;E antes de amá-los,Amado eu fui e sou. 54
  43. 43. É AMANDO QUE SE RECEBECantaCanta o alarido que soa,Os ventos que assopram,No vai e vêm da poesia,Nos contos e nas prosas.No fluir da pura ginga,Na pompa e sem magia;Pra embalar só na rima,Quem carece de alegria.Bem aqui, está a sua sina,De ser feliz enquanto dá,E que o dar dure uma vidaPor onde o amor se espalhar. 55
  44. 44. É AMANDO QUE SE RECEBEAqui ou acolaNão sei se aqui ou acolá,Se esquerda ou direita;Que caminho devo traçar.Estrada larga ou estreita;Por baixo, ou por cima,Eu tenho é que chegar.Se vou subir, ou descer,Se vou correr, ou andar;Será que pulo, ou salto?Faço tudo, ou nada faço?Não sei se falo ou se caloEu não vou é ficar parado! 56
  45. 45. É AMANDO QUE SE RECEBEPoetaPoeta ao certo... Não sei se souEntão me calo, tamanho ruborNão juro a você, tão pouco à dor,Amanso aquele, que nunca amouAnuncio sentimentos, com tempoProponho aventuras aos sedentosSe triste não redijo, feliz caprichoAtrevida sou: mulher, meio bichoContadora de histórias e poesias,Costumo fazê-lo sem simetria.Faço labirintos e escondo a fugaDito aos amigos, pura ternura. 57
  46. 46. É AMANDO QUE SE RECEBEAmarAmar é fonte como raizÉ crer em tudo por um trizÉ a síntese mais perfeitaDe pessoas outrora eleitasÉ composto de harmoniaSem migalha com porfiaÉ mistura e não fórmulaÉ um encaixe sem dobraÉ pura soma em fraçãoÉ defeito com conceitosÉ mais jeito que trejeitos.É o sim, o talvez e o não. 58
  47. 47. É AMANDO QUE SE RECEBECada minutoCada minuto ao seu ladoÉ uma ponte à sabedoriaCada minuto longe de vocêUm insulto para a alegriaCada minuto te olhandoUma inspiração para vidaCada minuto te ouvindoUma certeza sem saídaCada minuto que vivemosMinha vida dosada aumentaCada minuto que não te vejoMinha sanidade se ausenta 59
  48. 48. É AMANDO QUE SE RECEBEEu citeiCitei seu nome ao amorNão levantei esculturas,Mas o gravei no coração;Fiz sonetos, versos e prosas...Foi em vida que descanseiO procurei em todos os lugaresPedi abrigo a outros como eu.E apesar tê-lo por instantes......Vivi a espera de um sinal.Então o sepultei num covil,Que para a minha alegria...Ninguém nunca mais o viu! 60
  49. 49. É AMANDO QUE SE RECEBENao sei ao certoNão irei eu dizer ao certo,Se me apaixonei ou amei...Não sei te dizer se saiu...Ou entrou como planejei.Não sou pura candura,Tão pouco sou só o fel.Não sou odiado como amo,Ou minto debaixo do pano.Não sei lucrar com delírios,Eu sou é contra algo assim.Não conto o início pelo meioJamais inicio o meio pelo fim. 61
  50. 50. É AMANDO QUE SE RECEBEMaisEu quero poder fazer mais...Amar mais, doar mais...Comportar-me mais.Sentir, eu quero menos!Menos vergonha, menos dor......muito menos ingratidão...O que eu almejo mesmo é:Ver olhinhos puxados num sorriso,Braços fechados num abraço...colos vazios preenchidos.Ser aquele que corrige, não adula;A arma ao invés da armadura...Eu espero ser obra, não autor;Fórmula, não a solução...Refletir a palavra que não cabe a tinta;O dicionário que traduz a dúvida;O aroma que refresca a vida...A luz cintilante na noite escura. 62
  51. 51. É AMANDO QUE SE RECEBEUm PoucoUm pouco de vocêDiz muito sobre mimSei dos seus segredos,E você sabe dos meus;Sei das cores e sonsQue fazem você sorrir,Sei das suas histórias,As escritas e as vividas;Sei tanto que esqueciO que de fato é pouco...Comparado a algo assim.E mesmo você sabendo,Muito ao meu respeito...Tudo que sei sobre vocêJamais porei em suspeito. 63
  52. 52. É AMANDO QUE SE RECEBEMil MotivosEu te dou mil motivos para chorar,Se me der um, para não sorrir.Eu sou capaz de me expor,Se confessar que nunca amou.Eu deixo de ser dono da razão,Pra me render a tal emoção.Eu abro mão de todos os acertosSó para apreciar os seus defeitos.Eu me porto como um burguês,Começo tudo com “Era uma vez”.Eu admito não saber de tudo,Que ao ser inteligente, sou burroQue hora sou covarde, hora não,Eu assumo não ter sacrifício em vão. 64
  53. 53. É AMANDO QUE SE RECEBEDa tempoFoi pela surpresa que fez acontecer;Pela imaginação que construiu algo;Pela angústia que veio o conforto;E pelos loucos o mais belo refúgio...Por isso deixem o desejo os desejar;Que sua faceta lírica de fato aflore,Mas que não os incentive a recuar;Então chore, e esqueça os porquêsSeja feliz em você, não nos outros;Creia em quem sempre creu em você;Não faça ser memorável, faça valer.Falta menos de vinte e quatro horas,Eis aí o segredo, dá tempo de viver! 65
  54. 54. Aoúnico
  55. 55. É AMANDO QUE SE RECEBEEleEle estava dentro,Enquanto eu fora.Ele era amor,Eu jazia em dor.Ele tão gente...Eu tão descrente.Ele o tudo, nada foi.Eu nada... Nele eu sou. 68
  56. 56. É AMANDO QUE SE RECEBEFoi me dada à palavra dada aos lendários profetas,A palavra veio a minha boca quando eu fui a ela.Ela revelou-me que o desatino, trouxe o terror.O terror, originado por meio de um amor poluído...Veio sobre quem antigamente transpirava amor.Gerado do homem, que caprichou ao construí-lo...Ele colheu a dor nascida no egoísmo de seus desejos.O homem culposo... Fez-se vitima dos próprios erros 69
  57. 57. É AMANDO QUE SE RECEBEPara eu vir amarMinha vida dos declives é o mais agudoTeve na palavra a espada, na fé o escudoMeus olhos constrangidos rente aos seus.Não se iguala ao amor que teve pelos teus.Preferiu sentir na pele e ficar no meu lugarAmou-me ao dar sua vida, para eu vir amar. 70
  58. 58. É AMANDO QUE SE RECEBENo filhoHomem de dores, lapidado em prol do eterno amor...Revelado foi a alguns, quando o céu perdeu a cor.Abatido pela frialdade, de quem ele tanto amou.Morto por todos aqueles que o Pai lhe confiou...Não fugiu, não voltou atrás, ele sequer desistiu...Não cogitou abandonar sua missão, ele a cumpriu.Ao seu lado, dois bandidos, cujo um se arrependeu.A sua frente, aqueles que em si mesmos se perdeu.Enquanto vivo, ao ser morto, em três dias ressuscitou.Nós mortos, recebemos vida no filho do grande Eu Sou. 71
  59. 59. É AMANDO QUE SE RECEBE 72

×