16 Outubro 2010
Era Uma Vez...
Pessoal
Visual
Coerente
Contar
Média
Redes
Multiplicar
Era Uma Vez...
Mudança
descobrir
contar
multiplicar
manter
rever
Redes e Mudança Social
Uma rede consiste em indivíduos e/ou organizações que desejam
ajudar-se mutuamente ou colaborar com...
Campanhas de Mudança Social
Uma campanha de advocacy é um esforço concertado para
realizar uma mudança social. Desenvolve ...
Comunicação para a mudança social
• P de produto
• P de preço
• P de posicionamento
• P de promoção
MK Social
• P de proce...
Ciclo do Marketing Social
ouvir
planear
testar
fazer
seguir
rever
1 Campanha em 4 Passos - Passo 1 » Informa-te
Aliados
_ olha à tua volta e identifica quem aborda ou abordou o
tema da tua...
Comunicação social e internet.
_é sempre bom teres uma ideia do que se diz na imprensa, pois isso
reflete a opinião públic...
Stakeholders: poder & interesse
satisfazer gerir de perto
ignorar informar
[ - ] INTERESSE [ + ]
[-]PODER[+][-]PODER[+]
1 Campanha em 4 Passos - Passo 2 » Planifica
“Tenho um plano” – é assim que começa uma campanha. Para que
possas dizer “te...
3º Traçar objetivos SMART » Define, de forma realista, objetivos
específicos e fixa etapas para lá chegar. Podes pedir a L...
6º Encontrar uma Base » Ajuda sempre ter um lugar físico para sede da
Campanha – é possível encontrar salas gratuitas para...
8º Divulgar a Campanha » Um meio forte e barato de divulgação é a
internet: correntes de e-mails, redes sociais (FB, twitt...
1 Campanha em 4 Passos - Passo 3 » Atua
Só te vão levar a sério se mostrares que tens um plano – e que estás
organizado pa...
Rede » Mantem uma lista de contactos e liga-te a pessoas,
organizações e coligações cujo trabalho seja complementar ao teu...
Tempo » Estabelece as datas-limite que é “proibido” deixar passar. A
mobilização das pessoas, a divulgação – tudo gira em ...
1 Campanha em 4 Passos - Passo 4 » Avalia
Define momentos de avaliação intermédia e no final da campanha.
Faz um questioná...
Obrigado!
Vítor Simões
vitor@4change.org
4change fermento 15_out2010.ppt
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

4change fermento 15_out2010.ppt

447 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
447
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

4change fermento 15_out2010.ppt

  1. 1. 16 Outubro 2010
  2. 2. Era Uma Vez... Pessoal Visual Coerente Contar Média Redes Multiplicar
  3. 3. Era Uma Vez... Mudança descobrir contar multiplicar manter rever
  4. 4. Redes e Mudança Social Uma rede consiste em indivíduos e/ou organizações que desejam ajudar-se mutuamente ou colaborar com vista a um objetivo comum. Uma coligação é uma rede que liga indivíduos ou organizações de maneira mais próxima, trabalhando de modo coordenado para alcançar metas ou objectivos. Uma rede ou coligação é eficaz para operar as mudanças desejadas quando consegue lançar uma campanha.
  5. 5. Campanhas de Mudança Social Uma campanha de advocacy é um esforço concertado para realizar uma mudança social. Desenvolve um mix de ações, materiais de informação e de comunicação e ainda eventos, reunidos num plano sequenciado. esforço organizado para, em nome da justiça social, influenciar instituições e sistemas políticos, económicos e sociais no sentido de tomarem decisões que defendam os interesses de grupos desfavorecidos.
  6. 6. Comunicação para a mudança social • P de produto • P de preço • P de posicionamento • P de promoção MK Social • P de processo • P de planeamento • P de participação • P de público(s) CMS
  7. 7. Ciclo do Marketing Social ouvir planear testar fazer seguir rever
  8. 8. 1 Campanha em 4 Passos - Passo 1 » Informa-te Aliados _ olha à tua volta e identifica quem aborda ou abordou o tema da tua causa: pode-se sempre tirar partido do trabalho já realizado. _ pensa global: que organizações fazem o mesmo noutros locais? Que informação e experiências partilham? Há também aliados muito próximos.
  9. 9. Comunicação social e internet. _é sempre bom teres uma ideia do que se diz na imprensa, pois isso reflete a opinião pública. Se não consegues seguir os jornais diários, pelo menos atenta no telejornal e coloca alertas no Google. Decisores políticos _contacta o Município, o Governo ou Grupos Parlamentares para saber o que têm feito pela tua causa.
  10. 10. Stakeholders: poder & interesse satisfazer gerir de perto ignorar informar [ - ] INTERESSE [ + ] [-]PODER[+][-]PODER[+]
  11. 11. 1 Campanha em 4 Passos - Passo 2 » Planifica “Tenho um plano” – é assim que começa uma campanha. Para que possas dizer “tenho um bom plano”, aqui ficam etapas importantes (8 + 1) : 1º Identificar o problema » Pensa na tua causa e como podes fazer com que as pessoas se mobilizem em seu favor. 2º Formar uma equipa » Convida pessoas com interesse comum nestes assuntos. Para além do idealismo, usa argumentos práticos: voluntariado por uma causa fica sempre bem num CV e numa conversa com amigos.
  12. 12. 3º Traçar objetivos SMART » Define, de forma realista, objetivos específicos e fixa etapas para lá chegar. Podes pedir a Lua, mas verifica o equipamento para lá chegar. 4º Atribuir os lugares na equipa » Distribui as funções de cada um por um plano de trabalho calendarizado. 5º Mapear as necessidades » Local da ‘base’ da campanha; equipamento; fontes de financiamento e fontes de recursos humanos (bancos de voluntariado).
  13. 13. 6º Encontrar uma Base » Ajuda sempre ter um lugar físico para sede da Campanha – é possível encontrar salas gratuitas para desenvolver uma causa sem fins lucrativos (as universidades e as câmaras municipais são alvos possíveis). 7º Arranjar dinheiro » Faz um plano de recolha de fundos alinhado com as etapas da campanha. O dinheiro pode ser obtido a curto prazo – coletas, quotizações, donativos – ou a médio prazo – apoios governamentais e da UE.
  14. 14. 8º Divulgar a Campanha » Um meio forte e barato de divulgação é a internet: correntes de e-mails, redes sociais (FB, twitter), blogues. Os folhetos e cartazes podem funcionar, mas pesa bem esta opção, pois tem custos económicos e ambientais. Quando a campanha já tem algum apoio e/ou uma ação espectacular – manif, concerto –, vale a pena contactar a imprensa. (+) Avaliar » Às vezes custa, mas avaliar o que fazemos – durante e no final da campanha – dá muito jeito, sobretudo para não repetir erros. Define de início momentos e alguns critérios de avaliação.
  15. 15. 1 Campanha em 4 Passos - Passo 3 » Atua Só te vão levar a sério se mostrares que tens um plano – e que estás organizado para o colocar em prática superando os obstáculos e imprevistos que forem surgindo. Palavras-chave: Equipa » O líder tem que saber ouvir as opiniões dos outros, gerar consensos e tentar ajustar as tarefas de cada um ao seu perfil e disponibilidade. As decisões devem resultar de consensos mas serem tomadas em tempo útil.
  16. 16. Rede » Mantem uma lista de contactos e liga-te a pessoas, organizações e coligações cujo trabalho seja complementar ao teu. Investigação » Pesquisa os factos e utiliza-os para demonstrar, de modo objetivo, como a tua causa é justa e que medidas defendes para mudar as coisas.
  17. 17. Tempo » Estabelece as datas-limite que é “proibido” deixar passar. A mobilização das pessoas, a divulgação – tudo gira em torno dessas datas. O timing é tudo. Dinheiro » Tempo é dinheiro, tratar de dinheiro é uma seca – mas alguém tem que manter um registo rigoroso dos gastos e das receitas.
  18. 18. 1 Campanha em 4 Passos - Passo 4 » Avalia Define momentos de avaliação intermédia e no final da campanha. Faz um questionário e distribuam-no pela equipa (se possível faz o mesmo com pessoas do público-alvo, através da lista de contactos da campanha). Os resultados da avaliação devem ser partilhados com outros, para que o máximo de pessoas possa aprender e, quem sabe!, sentir-se inspiradas a começar a sua própria campanha.
  19. 19. Obrigado! Vítor Simões vitor@4change.org

×