COMUNIDADE SOLIDÁRIA 
FNA – Núcleo de Rebordões 
Autores: Direcção do Núcleo 
Francisco Pinheiro; João Castro; Hilário Mac...
COMUNIDADE SOLIDÁRIA 
O que é a FNA? 
Associação de Escuteiros Adultos, ex-filiados no 
Corpo Nacional de Escutas. 
Qua...
COMUNIDADE SOLIDÁRIA 
 13 anos de Actividades do Núcleo de Rebordões 
Conjuntas com o CNE 
Para a Igreja 
Comunitárias...
COMUNIDADE SOLIDÁRIA 
Nova Direcção do Núcleo 
Participação activa na vida da FNA nacional 
Participação activa na vida ...
COMUNIDADE SOLIDÁRIA 
Projecto 
COMUNIDADE SOLIDÁRIA 
Porquê? 
Crise socioeconómica e financeira 
Desemprego/perda de re...
COMUNIDADE SOLIDÁRIA 
Projecto Comunidade Solidária 
Implantação de uma loja social em Rebordões 
Enquadrada na rede de ...
COMUNIDADE SOLIDÁRIA Objectivo 
Criar uma loja Social 
Envolver os associados da FNA 
Envolver a comunidade local 
Apr...
COMUNIDADE SOLIDÁRIA Analise Micro Envolvente 
Definição do publico alvo 
Definição da tipologia do mercado 
Comissão S...
COMUNIDADE SOLIDÁRIA Analise Micro Envolvente 
Lojas sociais próximas 
1 loja em Santo Tirso 
1 loja em Vila das Aves
COMUNIDADE SOLIDÁRIA Fundamento da Ideia 
Acção Social 
Voluntariado 
Envolvimento de/na comunidade local 
Melhorar co...
COMUNIDADE SOLIDÁRIA Fundamento da Ideia 
Famílias com bens excedentários 
Empresas com responsabilidade social 
Envolv...
COMUNIDADE SOLIDÁRIA Fundamento da Ideia 
Análise Micro e Macro Envolvente 
Propensão para recorrer a estas lojas 
Prod...
COMUNIDADE SOLIDÁRIA Fundamento da Ideia 
Necessidades 
Actual conjuntura Socioeconómica e Financeira 
Elevada taxa de ...
COMUNIDADE SOLIDÁRIA Fundamento da Ideia 
População rebordoenses - 3416 
População activa – 1.600 aprox. 
Taxa de desem...
COMUNIDADE SOLIDÁRIA Apresentação da proposta 
Obter um espaço por contrato de comodato 
Garantir as boas condições do p...
COMUNIDADE SOLIDÁRIA Apresentação da proposta 
Vender produtos em boas condições de utilização. 
Recuperar bens usados. ...
COMUNIDADE SOLIDÁRIA Produtos 
Móveis e artigos para o lar. 
Electrodomésticos. 
Pronto a vestir e calçado. 
Livros.
COMUNIDADE SOLIDÁRIA Bibliografia 
Instituto Nacional de Estatística 
 www.ine.pt 
Fundação Francisco Manuel dos Santos...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Projecto comunidade solidaria

214 visualizações

Publicada em

Projecto Comunidade Solidária
Núcleo Rebordões da Fraternidade Nuno Alvares

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
214
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Projecto comunidade solidaria

  1. 1. COMUNIDADE SOLIDÁRIA FNA – Núcleo de Rebordões Autores: Direcção do Núcleo Francisco Pinheiro; João Castro; Hilário Machado; Duarte Lopes e Serafim Gonçalves 27/09/2014
  2. 2. COMUNIDADE SOLIDÁRIA O que é a FNA? Associação de Escuteiros Adultos, ex-filiados no Corpo Nacional de Escutas. Quais as finalidades? Trilogia do serviço Servir o ambiente e a natureza Servir o próximo e a comunidade Servir a Igreja e a Deus
  3. 3. COMUNIDADE SOLIDÁRIA  13 anos de Actividades do Núcleo de Rebordões Conjuntas com o CNE Para a Igreja Comunitárias (limpeza do Rosal) Com a FNA Nacional
  4. 4. COMUNIDADE SOLIDÁRIA Nova Direcção do Núcleo Participação activa na vida da FNA nacional Participação activa na vida da Igreja Participação em actividades em defesa do ambiente e da natureza Interacção com a comunidade local
  5. 5. COMUNIDADE SOLIDÁRIA Projecto COMUNIDADE SOLIDÁRIA Porquê? Crise socioeconómica e financeira Desemprego/perda de rendimentos Dificuldades das famílias Depressão/tristeza
  6. 6. COMUNIDADE SOLIDÁRIA Projecto Comunidade Solidária Implantação de uma loja social em Rebordões Enquadrada na rede de acção social Parcerias com outras lojas sociais
  7. 7. COMUNIDADE SOLIDÁRIA Objectivo Criar uma loja Social Envolver os associados da FNA Envolver a comunidade local Aproveitar bens excedentários Reparação, esterilização, higienização Reutilização dos bens – defesa do ambiente Venda dos bens a preços simbólicos
  8. 8. COMUNIDADE SOLIDÁRIA Analise Micro Envolvente Definição do publico alvo Definição da tipologia do mercado Comissão Social Inter Freguesias das Arribas do Vizela
  9. 9. COMUNIDADE SOLIDÁRIA Analise Micro Envolvente Lojas sociais próximas 1 loja em Santo Tirso 1 loja em Vila das Aves
  10. 10. COMUNIDADE SOLIDÁRIA Fundamento da Ideia Acção Social Voluntariado Envolvimento de/na comunidade local Melhorar condições de vida dos Rebordoenses Suprir necessidades imediatas Responsabilização da cidadania
  11. 11. COMUNIDADE SOLIDÁRIA Fundamento da Ideia Famílias com bens excedentários Empresas com responsabilidade social Envolvimento de desempregados/idosos Protecção ambiental
  12. 12. COMUNIDADE SOLIDÁRIA Fundamento da Ideia Análise Micro e Macro Envolvente Propensão para recorrer a estas lojas Produtos de utilização regular Produtos de utilização familiar Produtos de utilização individual Ritmo de aquisição regular
  13. 13. COMUNIDADE SOLIDÁRIA Fundamento da Ideia Necessidades Actual conjuntura Socioeconómica e Financeira Elevada taxa de desemprego Baixo índice de empregabilidade
  14. 14. COMUNIDADE SOLIDÁRIA Fundamento da Ideia População rebordoenses - 3416 População activa – 1.600 aprox. Taxa de desemprego (concelho) – 17,4% aprox.  Potenciais clientes – 320 50% recorreria à Loja Social – 160 pessoas
  15. 15. COMUNIDADE SOLIDÁRIA Apresentação da proposta Obter um espaço por contrato de comodato Garantir as boas condições do prédio Criar um espaço comercial digno e atractivo Criar uma oficina de recuperação/reparação Criar e gerir um armazém e respectivos stocks
  16. 16. COMUNIDADE SOLIDÁRIA Apresentação da proposta Vender produtos em boas condições de utilização. Recuperar bens usados. Manutenção de preços simbólicos. Trabalhar em articulação com a Rede Social.
  17. 17. COMUNIDADE SOLIDÁRIA Produtos Móveis e artigos para o lar. Electrodomésticos. Pronto a vestir e calçado. Livros.
  18. 18. COMUNIDADE SOLIDÁRIA Bibliografia Instituto Nacional de Estatística  www.ine.pt Fundação Francisco Manuel dos Santos  www.pordata.pt

×