Getulio Dorneles Vargas

22.109 visualizações

Publicada em

para as aulas de historia.

Publicada em: Educação
3 comentários
10 gostaram
Estatísticas
Notas
  • FOI O MOMENTO EM QUE PODEMOS DIZER, QUE ALGUÉM, TÃO FAMINTO PELO PODER. PASSOU A SE DESPIR DIANTE DE UMA PASSARELA DE LAMA, DEU DIREITO À MULHER VOTAR, CRIOU A CARTEIRA DE TRABALHO, O FGTS, EM FIM FOI POPULISTA E DITADOR. SOMENTE OPTANDO, SE É QUE É VERDADE PELO SUICÍDIO DEIXA A PRESIDÊNCIA COM UMA CARTA, MUITO BEM ELABORADA PARA QUEM SE ENCONTRAVA EMOCIONALMENTE CONFUSO. A CARTA EM SI RETRATA A DÚVIDA: FOI CONSTRUÍDA POR OUTROS(OPOSITORES) DO GOVERNO VARGAS? REALMENTE É POSSÍVEL A AFIRMAÇÃO DE SUA MORTE TER SIDO POR INTERMÉDIO DE UM SUICÍDIO? REFLITA BRASILEIRO!
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
  • meu bisavo era o conselheiro do getulio vargas tem ate foto dele em um museu
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
  • OTIMO
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
22.109
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
57
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
533
Comentários
3
Gostaram
10
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Getulio Dorneles Vargas

  1. 1. Getulio Dorneles Vargas Era Vargas
  2. 2. <ul><li>Getúlio Dornelles Vargas (19/4/1882 - 24/8/1954) foi o presidente que mais tempo governou o Brasil, durante dois mandatos. De origem gaúcha (nasceu na cidade de São Borja), Vargas foi presidente do Brasil entre os anos de 1930 a 1945 e de 1951 a 1954. Entre 1937 e 1945 instalou a fase de ditadura, o chamado Estado Novo. </li></ul>
  3. 3. <ul><li>Getúlio Vargas assumiu o poder em 1930, após comandar a Revolução de 1930, que derrubou o governo de Washington Luís. Seus quinze anos de governo seguintes, caracterizaram-se pelo nacionalismo e populismo. Sob seu governo foi promulgada a Constituição de 1934. Fecha o Congresso Nacional em 1937, instala o Estado Novo e passa a governar com   poderes ditatoriais. Sua forma de governo passa a ser centralizadora e controladora. Criou o DIP ( Departamento de Imprensa e Propaganda ) para controlar e censurar manifestações contrárias ao seu governo. </li></ul>
  4. 4. <ul><li>Perseguiu opositores políticos, principalmente partidários do comunismo. Enviou Olga Benário , esposa do líder comunista Luis Carlos Prestes, para o governo nazista. </li></ul>
  5. 5. Governo Provisório- 1930-1934 <ul><li>Getúlio cria o termo Decreto-lei (similar atualmente à medida provisória), eram assinados pelo presidente e são válidos sem passar pela votação do Congresso Nacional; </li></ul><ul><li>-          Na República Velha os Estados eram governados por pessoas eleitas pelos coronéis, pelo voto de cabresto, voto de currais, fraude e corrupção; </li></ul><ul><li>-          O 1º Decreto-lei estabelecia a demissão de todos os governadores da República Velha e quem governaria a partir daí seriam os interventores nomeados por Getúlio; </li></ul><ul><li>-          O interventor de Goiás foi Pedro Ludovico Teixeira, ele tirou o poder da família Caiado, através da transferência da capital de Goiás para Goiânia; </li></ul><ul><li>-          O 2º Decreto-lei estabeleceu o voto secreto, através do qual seria mais difícil se fazer fraudes; </li></ul>
  6. 7. <ul><li>Getúlio criou ainda a Justiça Eleitoral, que era antes comandada pelos coronéis; </li></ul><ul><li>-          Estabeleceu-se ainda o voto feminino, a mulher deveria ser alfabetizada e trabalhar (junção pública); </li></ul><ul><li>-          Getúlio criou a Justiça do Trabalho: </li></ul><ul><li>> leis trabalhistas: </li></ul><ul><li>·         descanso semanal remunerado (domingo); </li></ul><ul><li>·         férias anuais remuneradas; </li></ul><ul><li>·         carga horária de 8 horas; </li></ul><ul><li>·         proibição do trabalho de menores de 14 anos; </li></ul><ul><li>·         outras leis (licença maternidade de 30 dias). </li></ul>
  7. 8.   exceções (leis que Vargas não fez): <ul><li>o FGTS: foi criado em 1967 pelos militares; </li></ul><ul><li>·         licença paternidade de 3 dias: foi criado na Constituição de 1988; </li></ul><ul><li>·         a licença maternidade na Constituição de 1988 foi para 120 dias; </li></ul><ul><li>·         seguro desemprego.   </li></ul>
  8. 9. Revolução Constitucionalista- 1932  <ul><li>Sigla: MMDC ( são as iniciais dos 4 estudantes mortos por forças vargistas); </li></ul><ul><li>-          São Paulo revolta-se contra o governo de Vargas e exige uma Constituição, queria que o governo de Vargas fosse provisório; </li></ul><ul><li>-          O governo provisório de Vargas durou muito tempo, cerca de 4 anos, os paulistas não gostavam da permanência de Vargas no poder e queriam que Vargas convocasse novas eleições; </li></ul><ul><li>-          Vargas não convoca eleições imediatamente e ocorre uma manifestação de estudantes paulistas e ela é reprimida violentamente pelo exército, morrem 4 estudantes paulistas (MMDC), esse foi o estopim para a Guerra Civil, foi o que desencadeou.  </li></ul>
  9. 11. Guerra Civil   <ul><li>São Paulo X Brasil; </li></ul><ul><li>-          Todo Brasil foi contra São Paulo (só teve apoio do Mato Grosso do Sul, mas só apóia não mandou ajuda); </li></ul><ul><li>-          São Paulo é derrotada militarmente, os operários é que lutam, os civis são estimulados a lutar; </li></ul><ul><li>-          Os operários ficaram na dúvida, pois tinham que lutar contra Vargas que fez as leis trabalhistas e os beneficiou, e lutar a favor da oligarquia de São Paulo; </li></ul><ul><li>-          A batalha durou cerca de 3 meses e foi de trincheira, ocorreu em São Paulo; </li></ul><ul><li>-          São Paulo se rende a Vargas; </li></ul><ul><li>-          São Paulo alegava que era a locomotiva e o Brasil os vagões; </li></ul><ul><li>-          São Paulo não tinha tendências separatistas nessa Guerra Civil, mas o Vargas alegava isso; </li></ul><ul><li>-          São Paulo perde militarmente, mas ganha politicamente pois Getúlio Vargas faz as eleições em 1933 para convocar e formar a Assembléia Nacional Constituinte;  </li></ul>
  10. 12. Constituição de 1934   <ul><li>A Constituição de 1934 foi promulgada e estabeleceu os primeiros direitos do voto secreto e o direito de voto as mulheres; </li></ul><ul><li>-          Todas as decisões do Governo Provisório foram incorporados na Constituição de 1934; </li></ul><ul><li>-          Incorporou a liberdade de imprensa, liberdade de pensamento, liberdade religiosa, os três poderes, voto secreto, direito de voto as mulheres, leis trabalhistas entre outras medidas; </li></ul><ul><li>-          Foi uma constituição democrática e também social; </li></ul><ul><li>-          Foi a primeira a incorporar avanços sociais, as outras eram só políticas; </li></ul><ul><li>-          Todas as constituições a partir daí vão ter avanços sociais; </li></ul><ul><li>-          Estabeleceu-se ainda que todos os presidentes seriam eleitos diretamente pelo povo, exceto o 1º que seria indiretamente; </li></ul>
  11. 14. Período Constitucional- 1934-1937 <ul><li>Formam-se aí 2 forças políticas : </li></ul><ul><li>AIB (Ação Integralista Brasileira), que era um grupo de direita. Foi formado por proprietários de terras e comerciantes, grandes empresários de extrema direita. Lema: Deus, pátria e família. Se intitulavam os camisas-verdes. Eram facistas. A oposição os chamavam de galinhas-verdes, por marcharem em passo de ganso. Líder : Plínio Salgado. Apoiavam Vargas pois eram autoritaristas; </li></ul>
  12. 15. <ul><li>ANL (Aliança Nacional Libertadora), era um grupo de esquerda, foi o primeiro grupo de esquerda do Brasil que atrai comoção do povo, eram os aliancistas. Formada por operários, sindicalistas, alguns tenentes. Os comunistas comandavam a ANL. Começou a atrair muita gente. Em 1937 tinha cerca de 400 mil participantes e mais de 1600 focos pelo Brasil. Os integralistas se sentiam ameaçados pelos aliancistas, e o Governo de Vargas também, pois a ANL era oposição; </li></ul>
  13. 16. <ul><li>Vargas cria uma Lei de Segurança Nacional para fechar os focos da ANL, pois Vargas argumentava que a ANL era uma ameaça a ordem nacional; </li></ul><ul><li>-          A ANL se revolta e planejam dar um golpe ao governo, fazem a Intentona Comunista (1935); </li></ul>
  14. 17. <ul><li>Intentona Comunista (1935): foi um movimento feito pela ANL, e feito tirar Vargas do poder e dar um golpe. Era para ser um movimento simultâneo em todo Brasil, mas detonou em Rio Grande do Norte (Natal) antes do tempo marcado, foi antes que Pernambuco e antes do Rio de Janeiro, eles tentaram acompanhar a revolução, mas não conseguiram; </li></ul><ul><li>-          O governo mobiliza o exército, os golpistas foram presos e Luiz Carlos Prestes também; </li></ul><ul><li>A ANL é extinta legalmente e é lançada na clandestinidade; </li></ul><ul><li>-          Tem um aumento do medo do comunismo com a Intentona Comunista em 1935, esse medo do povo em geral dura 40,50,60 e gera o golpe militar; </li></ul><ul><li>-          Em 1937 começou uma discussão sobre eleições. Lançaram um plano, plano Cohen ( Olimpio Mourão escreveu esse plano, ele era chefe da casa civil de Getúlio Vargas, quem fez o plano na verdade foi Vargas); </li></ul><ul><li>-          Getúlio alega que o plano Cohen era um plano comunista que queria fazer atentados, seqüestros, passeatas, manifestações e greves pelos comunistas; </li></ul><ul><li>-          Foi tudo uma grande farsa: Olímpio Mourão era braço direito de Vargas; </li></ul><ul><li>-          Com o apoio do exército (Góis Monteiro, general Dutra) Getúlio Vargas dá um golpe de Estado. Os integralistas (AIB) apoiaram Vargas, Olímpio Mourão era um integralista; </li></ul>
  15. 18. Estado Novo- 1937-1945 <ul><li>Começou a Ditadura facista (os integralistas apoiavam e estavam no poder); </li></ul><ul><li>-          Já existia uma Constituição antes do golpe, mas se criou outra Constituição;  </li></ul><ul><li>> Constituição de 1937   </li></ul><ul><li>-          A Constituição de 1937 foi facista, quem escreveu foi Francisco Campos; </li></ul><ul><li>-          A Constituição de 1937 foi chamada de Polaca (foi baseada, foi a imagem da Constituição da Polônia, que era facista também); </li></ul><ul><li>-          Ela dava plenos poderes ao Executivo; </li></ul><ul><li>-          Os estados seriam governados por interventores nomeados por Vargas, era uma Ditadura; </li></ul><ul><li>-          Vargas faz uma ressalva, proibiu qualquer partido ou agremiação no Brasil, a AIB é lançada na clandestinidade;  </li></ul><ul><li>> Atentado Integralista:   </li></ul><ul><li>-          A AIB foi lançada na clandestinidade, os integralistas se sentiram traídos e tentaram tomar o poder, queriam matar Vargas; </li></ul>
  16. 20. <ul><li>Fazem o Atentado Integralista (1938), o líder foi Plínio Salgado, o movimento fracassou e a maioria das pessoas foi morta ou presa; </li></ul><ul><li>-          Plínio foi exilado em Portugal; </li></ul><ul><li>-          A Ditadura começava de verdade; </li></ul><ul><li>-          O período ditatorial é marcado por uma notória intervenção do Estado em todos os campos, caracterizando um Estado de Tendências totalitárias; </li></ul><ul><li>-          Vargas criou: </li></ul><ul><li>·         DASP (Departamento de Administração Serviço Público): faz a centralização administrativa, cria a burocracia; </li></ul><ul><li>·         DIP (Departamento de Imprensa e Propaganda): foi o primeiro governo “marketeiro”, viu que marketing era bom para o governo, faz Propaganda para o Governo e estabelece a Censura. Cria a Voz do Brasil ( Vargas fala do seu governo para fazer propagandas); </li></ul><ul><li>-          Obs.: Hoje a Voz do Brasil não tem mais a função de antes, pois a informação vem pelos jornais, revistas, televisão, o povo não se interessa mais, as rádios querem acabar com a Voz do Brasil </li></ul>
  17. 21. Economia- 1930-1945  <ul><li>A partir de 1930 o nacionalismo de tendências industrializantes fez-se presente. Investimentos: parte do capital privado era oriundo do café paulista. Contudo, a industrialização brasileira foi dinamizada com capital do Estado, pois a iniciativa privada não tinha condições de investir na indústria de base; </li></ul><ul><li>-          Com a depressão pós-30 (queda da bolsa de 1929), EUA e Europa deixam de comprar café brasileiro. O Governo de Vargas comprava a produção e queimava-a no Porto de Santos. Há destruição de parte da plantação. O dinheiro que o cafeicultor recebe do Governo pelo café é  empregado na indústria; </li></ul><ul><li>  Gradualmente o café foi sendo substituído pela indústria; </li></ul><ul><li>-          Tem-se o início das tendências urbanas; </li></ul><ul><li>-          O Brasil não tinha infra-estrutura, o Estado é obrigado a investir na indústria de base; </li></ul><ul><li>-          Tem ampliação do “leque” econômico do Brasil; </li></ul><ul><li>-          Vargas faz a “marcha para o Oeste” (ligação entre o litoral e interior). Tem a construção de Goiânia.  </li></ul>
  18. 22. Brasil na Segunda Guerra Mundial   <ul><li>Eixo X Aliados; </li></ul><ul><li>-          Eixo (Itália, Alemanha, Japão), tinha tendências totalitaristas, nazifacistas e queriam dominar o mundo; </li></ul><ul><li>-          Aliados (Inglaterra, França, EUA, União Soviética) conta com mais de 52 países; </li></ul><ul><li>-          O Brasil de 1939 a 1943 fica neutro, pois tinha simpatizantes dos dois lados; </li></ul><ul><li>-          O Brasil tinha uma posição geo-estratégica disputada pelos rivais. A Alemanha oferece dinheiro. Os EUA oferecem financiamento para a construção da CSN (Companhia Siderúrgica Nacional); </li></ul><ul><li>-          O Brasil declara, então, apoio aos aliados; </li></ul><ul><li>-           No Rio Grande do Norte é feito uma base naval; </li></ul><ul><li>-          O Brasil oferece comida, roupa, enfim suprimentos para a Europa; </li></ul><ul><li>-          O Brasil é atacado pelos alemães ( 2 navios brasileiros são afundados). Muitos dizem que os EUA afundaram para obrigar o Brasil a entrar na Guerra apoiando os aliados; </li></ul><ul><li>-          O Brasil declara guerra ao Eixo; </li></ul><ul><li>-          De 1943 a 1944 forma-se a Força Expedicionária brasileira ( FEB- são os pracinhas). O maior feito dos pracinhas foi a tomada do Monte Castelo na Itália;  </li></ul>
  19. 23. A Conseqüência da 2ª Guerra Mundial no Brasil   <ul><li>No Brasil surgem movimentos pró-democracia, impulsionados pela participação do Brasil na 2ª GM do lado dos aliados; </li></ul><ul><li>-          Contradição: Governo Brasileiro Facista- Estado Novo de um lado e de outro Luta contra forças nazifacistas; </li></ul><ul><li>-          O governo brasileiro era de ditadura e tinha tendências pró-facista e lutou na 2ª GM contra nazifacismo; </li></ul><ul><li>-          Surgem movimentos como: </li></ul><ul><li>·         Manifesto Mineiro: foi um documento assinado por intelectuais, políticos, funcionários públicos, o objetivo deles eram as eleições, exigiam a convocação de eleições e queriam o fim do Estado Novo, promovendo a democracia. O movimento foi reprimido pelo governo, foi o primeiro movimento pela democracia; </li></ul><ul><li>-          O governo começou a ser pressionado por todo Brasil, então, Getúlio Vargas marca eleições para o pós-Guerra; </li></ul><ul><li>-          A Guerra termina e ocorre uma manifestação em todo o Brasil, são 100 mil pessoas em São Paulo, tem ainda a volta dos pracinhas e todos pedem Eleições Já; </li></ul><ul><li>-          Os pracinhas tiveram a aproximação com os EUA, passam a adotar idéias democráticas; </li></ul>
  20. 24. <ul><li>Getúlio Vargas convoca finalmente as eleições; </li></ul><ul><li>-          O candidato de Vargas era Dutra. O exército era contra o Governo de Vargas, queria a saída dele; </li></ul><ul><li>-          Getúlio lança o “Querenismo” ( Queremos Getúlio), era o movimento que pedia que Getúlio ficasse. Vargas pagou os manifestantes para que ocorresse esse movimento, eles eram sindicalistas e operários, que viam Getúlio como pai e defensor dos pobres. Esse movimento começa a crescer; </li></ul><ul><li>-          O Exército temendo que Vargas não saísse do poder se precipita e promove um Golpe Preventivo para garantir as eleições; </li></ul><ul><li>-          Promoveu-se um Golpe Preventivo para garantir democracia, dá-se um Golpe para ter democracia, é no mínimo contraditório; </li></ul><ul><li>-          Getúlio foi deposto e torna-se senador nas eleições de 1945 e continua a campanha pró-Dutra, apóia Dutra, que é eleito. </li></ul>
  21. 25. O Segundo Mandato: <ul><li>Em 1950, Vargas voltou ao poder através de eleições democráticas. Neste governo continuou com uma política nacionalista. Criou a campanha do &quot; Petróleo é Nosso&quot; que resultaria na criação da Petrobrás.  </li></ul>
  22. 26. O suicídio de Vargas: <ul><li>Em agosto de 1954, Vargas suicidou-se no Palácio do Catete com um tiro no peito. Deixou uma carta testamento com uma frase que entrou para a história : &quot;Deixo a vida para entrar na História.&quot;   Até hoje o suicídio de Vargas gera polêmicas. O que sabemos é que seus últimos dias de governo foram marcados por forte pressão política por parte da imprensa e dos militares. A situação econômica do país não era positiva o que gerava muito descontentamento entre a população. </li></ul>
  23. 27. Conclusão: <ul><li>Embora tenha sido um ditador e governado com medidas controladoras e populistas, Vargas foi um presidente marcado pelo investimento no Brasil. Além de criar obras de infra-estrutura e desenvolver o parque industrial brasileiro, tomou medidas favoráveis aos trabalhadores. Foi na área do trabalho que deixou sua marca registrada. Sua política econômica gerou empregos no Brasil e suas medidas na área do trabalho favoreceram os trabalhadores brasileiros. </li></ul>

×