Jornal atitude garoto 25 marco 2011

436 visualizações

Publicada em

Publicada em: Notícias e política
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
436
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
20
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Jornal atitude garoto 25 marco 2011

  1. 1. Informativo dos Trabalhadores nas Indústrias de Alimentação do ES - 25 de março de 2011 - Distribuição: Garoto Cuidado!Empresa com defeito Trabalhadora presa no elevador entra em pânico. Responsável: direção da empresa que não soluciona o problema A novela dos elevadores tevenesta quarta-feira mais um capí- Só quem já passou por umatulo. E por pouco não houve um situação de pânico conse-desfecho mais trágico. gue entender o desespero Dois trabalhadores ficaram que essa trabalhadorapresos por aproximadamente deve ter sentido, Sem20 minutos na cabine de um dos contar o trauma que fica,elevadores da Chocolates Garoto. após se passar por umaEsse tempo foi o suficiente para situação dessas. Há caso de trabalhado-que uma trabalhadora se sentisse res que não tem coragemmuito mal por conta da clausura. de entrar na cabine, porqueEm prantos, ela sentiu falta de já ficaram presos por mais de duasar, sensação de pânico e ânsia de horas. Estes deixam a carga na efetivamente o problema é ouvômito. cabine e usam as escadas, para só um atestado de incompetência Dois brigadistas mantiveram depois retirá-la do elevador. administrativa ou puro descasocontato com ela durante todo É inadmissível, uma empresa do pelos trabalhadores que utilizamtempo em que ela estava presa na porte da Nestlé/Garoto flexibilizar os elevadores.cabine, tentando acalmá-la. justamente com a segurança dos O Sindialimentação já propôs, Finalmente, o elevador se ar- trabalhadores e permitir que ele- inúmeras vezes, que a Nestlé/Ga-mou sozinho e desceu para o vadores com defeito nos sensores roto treine seus próprios técnicosprimeiro piso, onde os brigadistas das portas ainda continuem em para que fiquem à disposição emprestaram o socorro. Sem nenhu- atividade. caso de incidentes. Reafirmamosma condição de prosseguir sozi- Além disso, colocar avisos nos nossa proposta, antes que algumnha, a trabalhadora foi conduzida elevadores do tipo “cuidado, sen- desses incidentes se torne umde maca até o serviço médico. sor com defeito’’, e não resolver acidente fatal.Os trabalhadores dizem basta! O que mais será preciso acontecer para que se respeite a vida dos trabalhadores?FILIADO A Sindicalize-se. Participe. Conquiste
  2. 2. . INSUPORTÁVEL Na Macintyre, sensação térmica é infernal Técnico da empresa constatou níveis altíssimos de temperatura O calor excessivo na Macintyre já é caso de polícia. E lá não há a desculpa de que o setor está em obras. O Recheio problema é que falta refrigeração mesmo. Diretores do Incompetência ou Sindicato estiveram no local, constataram o problema e cobraram uma solução imediata. desumanidade? A segurança do trabalho, acompanhada pelo médico A situação da Recheio é simplesmente desumana. do trabalho, foi ao local fazer a medição e constatou ní- Devido a obras, a empresa colocou tapagens no local, veis altíssimos, fora do padrão. O técnico de segurança, eliminando a refrigeração. Com isso, os trabalha- cobrado pelos diretores Denise e Valtair, repassou o dores além do calor, ficam amontoados, fabricando problema para a manutenção. a mesma quantidade em metade do espaço. Isso aumenta o risco de acidente. Ou é uma total falta de eficiência dos gestores da empresa, que não conseguem planejar as obras, dando o minimo de condições para os trabalhadores, ou é total falta de preocupação com o ser humano. ão da o Direç sa nã Crocante re emp re metas Esperando o inverno? cump Até hoje nada foi feito do prometido, para se atenuar o calor. A Empresa em reunião com o Sindicato prometeu melhorias no local. Enquan- to isso os trabalhadores penam. ez presa f cato, a em nar vários o Sindi olucio o. euni ões com etas - para s nada foi feit im as r d om go ra, Nas últ - estabelecen abalho. Até a ssas e trprome as do local d Metas não atingidas A parte verde das bolas indica metas cumpridas m proble Bombom Bola pela empresa. A vermelha, o que falta alcançar: 1) Elevador = 10%. A empresa só colocou telefone para o trabalhador dizer que estáAlmoxarifado Faltam preso, mas não resolveu o problema.As filas continuam trabalhadores Diretores do sindicato es- 2) Empilhadeiras e paleteiras = 5%. Outra promessa que não foi Comprou empilhadeiras novas apenascumprida. A Empresa disse que tiveram no Bombom Bola e constataram o problema da para os finais de linha. Todas as demaistraria uma solução para as lon- continuam quebradas e sucateadas. 3)gas filas que se formam no almo- redução de pessoal no final da linha 4. Onde deveriam existir Fim de hora extra: 50%. A hora extraxarifado onde os trabalhadores acabou na 6x2, mas a empresa deu umrequisitam EPI’S,, uniformes... 5 trabalhadores existiam ape- nas 4, e nas maioria das vezes jeitinho. Muda a jornada repentinamenteÀs vezes o trabalhador fica até para cobrar hora-extra no sábado)25 minutos fora do setor para só ficam 3. A máquina é super automatizada, produzindo um 4) Reposição de mão-de-obra: 0%. Orequisitar o seu material, geran- sindicato cobrou a contratação de maisdo certo desconforto, pois ele sai pálet de bombom a cada 10 mi- nutos. A sobrecarga de trabalho de trabalhadores para repor o quadro deda linha de produção e não fica funcionários e indicou que os higieniza-ninguém em seu lugar, ou seja, é muito grande. dores fossem efetivados como auxiliaressobrecarrega o colega. de produção. Nada ainda. Tudo isso prova como a empresa vive “Tempos Modernos”: massacra o
  3. 3. Caos por toda parte GEM ÁGUA Motocicletas Pressão pelas metas Sujeira nos A empresa criou um quadro públi- Sem vagas? co, com foto do trabalhador afixada Mesmo tendo vagas vazias de bebedouros na parede, em todas as unidades da O Sindicato recebeu várias de- moto no Estacionamento, segurança GEM, para controlar o cumprimento núncias sobre água com sujeira e que trabalha na portaria informa da Programação de Metas. fuligem na Chocolates Garoto. Dois que o mesmo está cheio, fazendo Ao lado do nome do trabalhador diretores checaram o problema. Na o trabalhador colocar sua moto no está um gráfico, em forma de bolo. pastilha, o bebedouro entupiu de estacionamento externo. Ao checar Quando o trabalhador atinge 100% tanta sujeira. em loco, o funcionário constata que das metas, o bolo fica todo verde. É inadmissível! existem muitas vagas vazias. Caso contrário, a parte vermelha indica quanto falta para atingir a meta toda. Para nós, da direção do Sindicato, ACIDENTE essa é uma avaliação pública que ex- põe e humilha o trabalhador. Terceirizado sofre lesão no Artigo de Época Ocorreu nesta quinta-feira, 24 de março, um acidente grave. Segundo relatos de testemunhas, o caso ocorreu no Artigo de Época. Um painel elétrico teria caído sobre um Higienizadores terceirizado que fazia a manutenção do mesmo. O rapaz sofreu frimento no joelho e foi socorrido. Diretores do Sobrecarga e esquecimento O Sindialimentação já cobrou da empresa que, em sindicato ficaram de verificar mais informações sobre caso de contratação, dê oportunidade para quem já tra- o ocorrido. balha na empresa, como os higienizadores. Alguns deles já estão há quase dois anos nesta função, lidando com produtos químicos de limpeza que agridem, e muito, a saúde. Foi verificado também, por nossos diretores, Coletores de ponto que, em alguns setores, como o COBOM, o número de Informações desaparecem higienizadores não corresponde proporcionalmente Os coletores de ponto da empresa que funcionam por ao espaço físico.Ou seja, existem setores bem menores aproximação estão dando dor de cabeça para os trabalha- com três e até 4 higienizadores, e neste setor especi- dores: muitos não funcionam direito e constantemente ficamente só existem dois, o que gera uma sobrecarga falta papel. Além disso, o papel é termo-sensível, ou seja, muito grande na realização das tarefas. as informações simplesmente se apagam após algumas semanas guardado. Qual a finalidade de ser ter essa in- formação se depois de um certo tempo ela se perde? Não Terceirização seria melhor um papel que preservasse a impressão? ISS começa com Máquina de café problemas Já chegou uma denúncia contra Sem açúcar Ônibus a empresa que substituiu a Kaiser. Trabalhadores estão reclamando Atrasos Fomos informados por um e-mail- das novas máquinas de café instala- Um ônibus da empresa Nº 1, que que a ISS está sobrecarregando os das na fábrica. Apesar de ter maior traz os funcionários das 6 horas, tem funcionários. Entraram na última variedade de bebidas, elas não ofe- atrasado constanstemente. Já houve terça-feira e não tiveram a folga que recem a opção de dosagem de açúcar dia em que ele não passou, obrigan- seria domingo. Foram praticamente para que o trabalhador faça sua esco- do os funcionários a buscar formas obrigados a fazer hora extra. lha. Só há uma opção: sem açúcar. próprias de chegar ao trabalho.trabalhador como no filme de Charles Chaplin em 1936 - 75 anos atrás
  4. 4. Supervisor conta história para justificar promoção João, Pedro e as laranjasJ oão é um funcionário que foi e perguntou pelo preço da laran- trabalhava na empresa há ja, recebendo a mesma informação. alguns anos. Eis que chega Pedro perguntou, então, quanto seria Pedro e em pouco tempo foi a Kombi toda. E o vendedor disse que promovido. João ficou muito comprando toda a Kombi, poderia fazer triste e reclamou. Certo dia o por 50 centavos a dúzia”. Então, Pedro disse:patrão viu uma Kombi ao longe cheia de laran- “Tá vendo aquele cara lá? É meu patrão. Eleja, chamou o João e disse: João vá lá naquela gosta muito de laranja e se ela for gostosa, eleKombi e veja o preço da laranja para mim comprará a Kombi toda”. O dono da laranja, O Trogloditaporque gosto muito de laranja. João seguiu animado, encheu a sacola e mandou para o rondou oa ordem e retornou dizendo: “Patrão a partão experimentar. Pedro levou a laranja,dúzia da laranja é um real, mas se relatou a negociação e falou: “Patrão, como o Armazém:você comprar 10 dúzias ele faz a senhor gosta muito de laranja e eu gosto mais um80 centavos”. muito do senhor, eu consegui esse saco de laranja pra você chupar”. Aí o patrão ba- caso de Após a resposta de João,o patrão chamou Pedro e fez teu nas costas do João e falou: “Tá vendo assédioo mesmo pedido. O Pedro João porque o Pedro foi promovido?”. moralPuxar saco e enganar os outros. Isso é mérito para promoção? Você sabe quem contou a his- trabalhadores e revelam os valores Essa situação foi sempre denun-tória das laranjas? O fato ocorreu que predominam hoje na empresa. ciada pelo sindicato, que decidiurecentemente, em uma reunião no Ofende os mais velhos, pois insi- ajuizar uma ação cobrando a equi-Armazém, após a promoção dos nua que não mereciam ser promovi- paração dos auxiliares à condiçãotrabalhadores dos auxiliares. O su- dos. Que todo o trabalho realizado de empilhadeiristas. Antes dissopervisor do setor fez a reunião de não foi reconhecido. acontecer, a empresa reconheceu asegurança e disse que iria contar a Ofende os novatos, pois dá a distorção e anunciou a promoção dohistória de João e do Pedro. entender que foram promovidos grupo ao sindicato. Ao terminar o relato, o supervi- por serem “espertos” e puxa sacos, Portanto, não se trata de “adequa-sor disse que no setor havia novatos como o tal Pedro da história. O que ção” e sim de justiça. De cumprir aque foram promovidos antes dos não é verdade. legislação que estabelece que todosvelhos e disse que o último grupo Todos que atuam no setor tra- devem receber de acordo com suassó foi promovido para realizar uma balharam muito como empilhadei- funções. Trata-se de eliminar umaadequação na empresa. ristas, sem receber por isso, para prática de exploração da mão-de- A história e o comentário sobre garantir o cumprimento das metas obra. Os trabalhadores tinham esseas promoções ofendem a todos os do setor. direito e mereceram a promoção.Imposto de Renda Jurídico Coquetel O Sindialimentação ganhou mais Sindicato atende Mais uma vitória Mês da mulheres um dos processos de Turno de Re- Na próxima semana, nossas vezamento. A lista com os nomes associados associadas estão convidadas para o Os associados que precisarem dos beneficiados estará disponível coquetel de lançamento da revistade ajuda técnica para o preenchi- na sede do Sindicato a partir da Mulheres de Atitude, na sede domento da declaração do Imposto segunda-feira da próxima semana. Sindicato. Será uma justa home-de Renda, podem procurar por Caso seu nome esteja na lista, pro- nagem a quem luta e constrói umJaqueline na sede do Sindicato. cure o departamento jurídico. mundo melhor. Sindialimentação. Estrada Jerônimo Monteiro, 1732, Vila Velha, ES. Telefone: 3339.5027. E-mail: comunica.sindi@terra.br. Coordenação da Comunicação: Elifas Nascimento. Jornalista: Paulo Soldatelli

×