PAPA
FRANCISCO
CARTA
ENCÍCLICA
SOBRE O
CUIDADO DA
CASA COMUM
CASA COMUM
• O Papa chama a terra de “casa comum”. Casa comum de todos
os homens e mulheres da terra, de hoje e de amanhã....
«CUIDADO DA CASA COMUM»
... diante da nossa casa comum nós temos hoje uma tarefa:
...o cuidado dela...!
“Esta irmã clama c...
NA NOSSA TERRA...
...TUDO ESTÁ ESTREITAMENTE...
...INTERLIGADO! (LS 16)
TUDO ESTÁ INTERLIGADO (Ls 91):
... TAMBÉM ENTRE HOMENS E NATUREZA!
“Hoje, não podemos deixar de reconhecer que uma verdade...
O DESAFIO
No pensamento profético de Papa Francisco a
verdadeira causa desta deterioção global do meio
ambiente é o poder ...
O DESAFIO
A humanidade entrou numa nova era, em que o poder da
tecnologia nos põe diante duma encruzilhada. (Ls 102)
Não p...
O DESAFIO
A verdade é que «o homem moderno não foi educado para o recto
uso do poder», porque o imenso crescimento tecnoló...
O DESAFIO
Então o Papa Francisco fala de:
•“Uma nova era ... Domínio impressionante da
técnica sobre o conjunto do gênero ...
O EXEMPLO DE S. FRANCISCO
Não quero prosseguir esta encíclica sem invocar um modelo belo e
motivador: S. Francisco de Assi...
POR QUE O PAPA ESCOLHEU O EXEMPLO DE
S. FRANCISCO?
Eloi Leclerc - O retorno ao evangelho - Ed Vozes - Cefepal - 1983
No fi...
ELOI LECLERC – O RETORNO AO EVANGELHO - ED VOZES - CEFEPAL
“Francisco encontrou o evangelho nos caminhos da história dos
h...
MUDANÇA DE SOCIEDADE: DO FEUDALISMO ÁS COMUNAS
Há quatro séculos o mundo vivia sob
o regime do feudalismo. A grande
massa ...
A NOVA CLASSE SOCIAL DOS COMERCIANTES
E eis aqui que nasce o mundo
dos COMERCIANTES, cuja
principal necessidade é deslocar...
A CIDADE
Os comerciantes estabelecem-se nos pontos mais favoráveis a seu
tipo de vida: nas proximidades de um porto ou, nu...
EMANCIPAÇÃO das CIDADES: O MOVIMENTO das COMUNAS
Em suas origens, as cidades estão sob o controle dos senhores feudais
no ...
O MOVIMENTO COMUNAL
• A aspiração profunda do movimento comunal é, evidentemente, a da
LIBERDADE: liberdade para que as ci...
O IMPÉRIO DO DINHEIRO
Mas as comunas puderam cumprir as promessas? Não!
O amor pelo dinheiro é a paixão fundamental deste ...
O SOPRO DO EVANGELHO
É neste contexto social, rico em aspirações humanas e cheio de
contradições, que irrompe a figura de ...
... E A VOCAÇÃO DO BRASIL HOJE PELO MEIO
AMBIENTE?
• O Brasil possui a floresta amazônica, a maior floresta tropical do
pl...
...E A VOCAÇÃO DO RIO HOJE PELO MEIO
AMBIENTE?
A conferência das Nações Unidas sobre o meio ambiente, realizada
em junho d...
A VOCAÇÃO DE RIO
HOJE PELO MEIO
AMBIENTE
• Rio de Janeiro possue o maior
parque urbano do mundo.
• É a cidade onde a natur...
E NÓS... HOJE?
Voltando a Eloi leclerc :
“Para reviver a experiência vivida por Francisco é preciso estar em
cumplicidade ...
E NÓS HOJE?
É certo que estamos vivendo um periodo de mutações profundas.
Anuncia-se uma nova sociedade provocada pelo “SA...
• Eloi Leclerc no 1981 disse que “...Estamos vivendo um periodo de
mutações profundas. Anuncia-se uma nova sociedade provo...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Laudato Si'- Introdução

267 visualizações

Publicada em

Sobre o cuidado da casa comum

Publicada em: Design
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
267
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
85
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Laudato Si'- Introdução

  1. 1. PAPA FRANCISCO CARTA ENCÍCLICA SOBRE O CUIDADO DA CASA COMUM
  2. 2. CASA COMUM • O Papa chama a terra de “casa comum”. Casa comum de todos os homens e mulheres da terra, de hoje e de amanhã... casa comum de todos os seres viventes, de hoje e de amanhã. Casa comum... então não é só nossa! Já pertenceu a todos aqueles que foram antes de nós e sobretudo pertence agora também àqueles que chegarão depois de nós.
  3. 3. «CUIDADO DA CASA COMUM» ... diante da nossa casa comum nós temos hoje uma tarefa: ...o cuidado dela...! “Esta irmã clama contra o mal que lhe provocamos por causa do uso irresponsável e do abuso dos bens que Deus nela colocou. Crescemos a pensar que éramos seus proprietários e dominadores, autorizados a saqueá-la”. (Ls 2)
  4. 4. NA NOSSA TERRA... ...TUDO ESTÁ ESTREITAMENTE... ...INTERLIGADO! (LS 16)
  5. 5. TUDO ESTÁ INTERLIGADO (Ls 91): ... TAMBÉM ENTRE HOMENS E NATUREZA! “Hoje, não podemos deixar de reconhecer que uma verdadeira abordagem ecológica sempre se torna uma abordagem social, que deve integrar a justiça nos debates sobre o meio ambiente, para ouvir tanto o clamor da terra como o clamor dos pobres.” (Ls 49) ...numa relação íntima entre os pobres e a fragilidade do planeta, na convicção de que todas as criaturas estão interligadas...” (Ls 42) Ambiente humano e ambiente natural degradam-se em conjunto (Ls 48) Ecologia integral
  6. 6. O DESAFIO No pensamento profético de Papa Francisco a verdadeira causa desta deterioção global do meio ambiente é o poder imenso atingido pela tecnologia... Aquela realdade que o Papa chama de “PARADIGMA TECNOCRÁTICO” que hoje guia com as suas regras até a Economia é a Politica.
  7. 7. O DESAFIO A humanidade entrou numa nova era, em que o poder da tecnologia nos põe diante duma encruzilhada. (Ls 102) Não podemos ignorar que a tecnologia hoje nos dá um poder tremendo. Ou melhor: dá, àqueles que detêm o conhecimento e sobretudo o poder econômico para o desfrutar, um domínio impressionante sobre o conjunto do género humano e do mundo inteiro. (Ls 104)
  8. 8. O DESAFIO A verdade é que «o homem moderno não foi educado para o recto uso do poder», porque o imenso crescimento tecnológico não foi acompanhado por um desenvolvimento do ser humano quanto à responsabilidade, aos valores, à consciência. A humanidade não se dá conta da seriedade dos desafios que se lhe apresentam (Ls 105) O que está a acontecer põe-nos perante a urgência de avançar numa corajosa revolução cultural. (Ls 114)
  9. 9. O DESAFIO Então o Papa Francisco fala de: •“Uma nova era ... Domínio impressionante da técnica sobre o conjunto do gênero humano e do mundo inteiro...” •“... Urgência de avançar numa Corajosa revolução cultural...”
  10. 10. O EXEMPLO DE S. FRANCISCO Não quero prosseguir esta encíclica sem invocar um modelo belo e motivador: S. Francisco de Assis. Tomei o seu nome por guia e inspiração, no momento da minha eleição para bispo de Roma. Acho que Francisco é o exemplo por excelência do cuidado pelo que é frágil e por uma ecologia integral, vivida com alegria e autenticidade... (Ls 10)
  11. 11. POR QUE O PAPA ESCOLHEU O EXEMPLO DE S. FRANCISCO? Eloi Leclerc - O retorno ao evangelho - Ed Vozes - Cefepal - 1983 No final do livro (que ele escreveu no 1981) diz: “Qual é a situação em nossos dias? É certo que estamos vivendo um periodo de mutações profundas. Anuncia-se uma nova sociedade provocada pelo “SALTO TECNOLOGICO”. Toda a humanidade está sendo tocada e se encontra como em gestação...” No 1981 : ...ele fez uma profecia a respeito da tecnologia... ...escreveu um livro interessante sobre o encontro entre Francisco e o seu tempo... Será que Francisco pode nos ajudar na leitura do nosso tempo?
  12. 12. ELOI LECLERC – O RETORNO AO EVANGELHO - ED VOZES - CEFEPAL “Francisco encontrou o evangelho nos caminhos da história dos homens. Francisco leu o evangelho com um olhar novo, á luz dos grandes apelos de seu tempo. Esta leitura do evangelho permitiu-lhe liberar esses apelos de suas impurezas e fazê-los desabrochar numa visão mais completa do homem e de seu destino... O homem da volta ao evangelho é o homem que despertou a humanidade” Ou seja: mais do que condenar o nosso tempo, precisa reconhecer os grandes apelos do nosso tempo!!!
  13. 13. MUDANÇA DE SOCIEDADE: DO FEUDALISMO ÁS COMUNAS Há quatro séculos o mundo vivia sob o regime do feudalismo. A grande massa do povo simples, essencialmente rural, encontrava sua subsistência e segurança na subordinação a “um senhor”, um nobre poderoso, do qual trabalhava as terras e ao qual prestava juramento de dependência economica e social. O centro era o castelo (moradia) do nobre senhor.
  14. 14. A NOVA CLASSE SOCIAL DOS COMERCIANTES E eis aqui que nasce o mundo dos COMERCIANTES, cuja principal necessidade é deslocar- se para enriquecer. Pessoas e mercadorias circulam de um pais para o outro da Europa. Com eles o mundo todo começa a se movimentar e as ideias circulam muito mais: sopra um espírito novo.
  15. 15. A CIDADE Os comerciantes estabelecem-se nos pontos mais favoráveis a seu tipo de vida: nas proximidades de um porto ou, numa importante encruzilhada de estradas. Aí encontram-se com outros comerciantes e começam a se associar: nascem as corporações (cooperativas) e associações agora somente comerciais. Esta concentração de comerciantes em pontos estratégicos será a origem de um mundo novo: o mundo urbano, a CIDADE.
  16. 16. EMANCIPAÇÃO das CIDADES: O MOVIMENTO das COMUNAS Em suas origens, as cidades estão sob o controle dos senhores feudais no território dos quais elas se constroem. Por este motivo devem pagar impostos, taxas, pedágios para as viagens. Sua atividade comercial, que busca desenvolvimento, está em choque com a velha estrutura feudal. A estrutura feudal tornou-se um obstáculo: é considerada opressora, retrógrada. Para serem atendidas suas reivindicações, os habitantes das cidades se reagruparam em associação com própria administração: A COMUNA.
  17. 17. O MOVIMENTO COMUNAL • A aspiração profunda do movimento comunal é, evidentemente, a da LIBERDADE: liberdade para que as cidades se administrem por si próprias, liberdade de circulação de bens e de pessoas. • Quer também IGUALDADE nas relações humanas. Na sociedade feudal os relacionamentos sociais eram por demais hierarquizados. Esta sociedade criava relacionamentos de subordinação e de dependência. • As comunas rejeitam toda esta hierarquia social: relações horizontais de SOLIDARIEDADE devem agora ocupar o lugar das relações verticais de dependência.
  18. 18. O IMPÉRIO DO DINHEIRO Mas as comunas puderam cumprir as promessas? Não! O amor pelo dinheiro é a paixão fundamental deste mundo de comerciantes. O poder do dinheiro foi entregue nas mãos das famílias dos ricos comerciantes e todo o poder econômico e depois todo o poder político das cidades. OS POBRES SÓ MUDARAM DE DONO...
  19. 19. O SOPRO DO EVANGELHO É neste contexto social, rico em aspirações humanas e cheio de contradições, que irrompe a figura de Francisco de Assis. Filho de um grande comerciante, nascido no mundo das comunas, partilha seu ideal de liberdade e igualdade. Ele entrou numa grande crise espiritual e abriu-se ao mundo dos pobres e dos excluidos: o evangelho revela a Francisco o caminho de uma autêntica fraternidade humana. Assumirá espontaneamente as aspirações e as esperanças dos homens de seu tempo, purificando-as e libertando-as. O que a comuna dos comerciantes não conseguiu fazer, devido ao domínio do denaro, ele há de realizar palmilhando o caminho da pobreza. Mais do que condenar o seu tempo, ele reconheceu os grandes apelos do seu tempo!!
  20. 20. ... E A VOCAÇÃO DO BRASIL HOJE PELO MEIO AMBIENTE? • O Brasil possui a floresta amazônica, a maior floresta tropical do planeta, chamada de “pulmão do mundo”, com 3 milhões de km2 de área. • Mas o Brasil também numa pesquisa da universidade de Adelaide, Austrália, e publicada no 19-05-2010 foi considerado o país com o maior impacto ao meio ambiente (que causa os maiores danos ao meio ambiente). Diversos fatores influenciaram a medição da lista, como as taxas de desmatamento, poluição do ar e da água e a perda da biodiversidade, além das taxas de emissão de carbono e o número de espécies em extinção...
  21. 21. ...E A VOCAÇÃO DO RIO HOJE PELO MEIO AMBIENTE? A conferência das Nações Unidas sobre o meio ambiente, realizada em junho de 1992 no Rio de Janeiro, marcou a forma como a humanidade encara sua relação com o planeta. Foi naquele momento que a comunidade política internacional admitiu claramente que era preciso conciliar o desenvolvimento socioeconômico com a utilização dos recursos da natureza. Na reunião — que ficou conhecida como “Rio-92”, “Eco-92” ou “Cúpula da terra” os países reconheceram o conceito de desenvolvimento sustentável e começaram a moldar ações com o objetivo de proteger o meio ambiente. O Papa diz na sua carta que: “Rio-92 marcou um passo na frente e foi verdadeiramente profetica para a sua epoca...” (Ls 167)
  22. 22. A VOCAÇÃO DE RIO HOJE PELO MEIO AMBIENTE • Rio de Janeiro possue o maior parque urbano do mundo. • É a cidade onde a natureza e a civilização ficam mais perto num desafio que pode ensinar muito ao mundo de hoje e às gerações futuras...
  23. 23. E NÓS... HOJE? Voltando a Eloi leclerc : “Para reviver a experiência vivida por Francisco é preciso estar em cumplicidade com o movimento criador da história. Aconteceu, infelizmente, muitas vezes, que os cristãos não souberam discernir os apelos do Espírito nas forças vivas que agem na história dos homens. A Igreja só pode renovar-se em contacto com as aspirações profundas dos homens. Este é o lugar onde opera uma nova leitura do Evangelho.
  24. 24. E NÓS HOJE? É certo que estamos vivendo um periodo de mutações profundas. Anuncia-se uma nova sociedade provocada pelo “SALTO TECNOLOGICO”. Toda a humanidade está sendo tocada e se encontra como em gestação. Nesta mutação gigantesca é novamente colocada a questão dos relacionamentos humanos na sociedade. Neste mundo em mutação elevam-se pungentes apelos. Como no tempo de Francisco estes apelos partem do coração dos pobres e pequenos. Constituem o grito de todos os famintos e dos oprimidos de todo lugar. Homens e mulheres que carregam, em sua carne ferida e em sua dignidade desrespeitada, as verdadeiras ânsias do homem e o segredo do mundo futuro. Eloi Leclerc - 1981
  25. 25. • Eloi Leclerc no 1981 disse que “...Estamos vivendo um periodo de mutações profundas. Anuncia-se uma nova sociedade provocada pelo “...salto tecnologico...” Não cabe aos discipulos do Evangelho desencadear tais transformações. Devem, isto sim, marcar presença junto delas, quando se esboçam no horizonte do mundo...” • Papa Francisco nos fala hoje de: “...nova era...” e “...corajosa revolução cultural...” • A pergunta de S. Francisco hoje seria: «Quais são as aspirações e as esperanças da “humanidade do salto tecnológico”, que vós cristãos têm que assumir purificando-as e libertando-as...?»

×