Aula biomedicina unip 1 semestre

477 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
477
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula biomedicina unip 1 semestre

  1. 1. Processos de separação de misturas
  2. 2. Decantação Processo empregado para separar sólido de líquido ou líquido de líquido.
  3. 3. Centrifugação Processo utilizado para separar misturas de sólidos em suspensão em líquidos.
  4. 4. Peneiramento Processo utilizado para separar sólidos de sólidos ou sólidos de líquidos, quando as partículas do sólido são maiores.
  5. 5. Misturas heterogêneas Filtração Processo empregado para separa misturas de um sólido em um líquido ou um sólido de um gás.
  6. 6. Catação Processo utilizado para separar sólido de sólido com partículas muito grandes.
  7. 7. Separação magnética Processo utilizado para separar misturas onde pelo menos um dos componentes é um metal.
  8. 8. Ventilação Processo para separar materiais sólidos mais densos de outros menos densos.
  9. 9. FLOTAÇÃO TRATA-SE A MISTURA COM UM LIQUÍDO COM DENSIDADE INTERMEDIÁRIA EM RELAÇÃO ÀS DOS COMPONENTES. O COMPONENTE DE DENSIDADE MENOS FLUTUARÁ.
  10. 10. LEVIGAÇÃO É UM MÉTODO QUE SE UTILIZA UMA CORRENTE DE ÁGUA PARA SEPARAR OS COMPONENTES DA MISTURA.
  11. 11. DISSOLUÇÃO FRACIONADA UM DOS COMPONENTES DOLIDOS DA MISTURA É DISSOLVIDO EM UM LÍQUIDO.
  12. 12. Misturas homogêneas Destilação simples Processo utilizado para separar misturas homogêneas entre sólidos e líquidos ou líquido com líquido. O processo consiste em aquecer a mistura para que a separação dos componentes se dê pelos diferentes P.E de cada componente.
  13. 13. Destilação simples
  14. 14. Destilação fracionada
  15. 15. Evaporação Método que consiste em deixar o componente líquido do sistema evaporar.
  16. 16. Estados de agregação da matéria.
  17. 17. SÓLIDO SÓLIDO não varia (é determinado) rígido e resistência à deformação; pequena distância entre as suas moléculas;
  18. 18. LÍQUIDO não tem forma definida. É definida de acordo com o recipiente que o contém. É determinado, pouco compressível e pequena expansibilidade; razoável distância entre as suas moléculas; LÍQUIDO
  19. 19. GASOSO não tem forma própria. É definida de acordo com o recipiente que o contém e apresenta grande distâncias entre as suas moléculas. GASOSO
  20. 20. Forças intermoleculares. 1- LIGAÇÕES DE HIDROGÊNIO 2- FORÇAS TIPO DIPOLO – DIPOLO 3- FORÇAS DE LONDON OU DIPOLO INDUZIDO – DIPOLO INSTÂNEO
  21. 21. LIGAÇÃO DE HIDROGÊNIO Moléculas polares que possuem H ligados com F, O e N
  22. 22. DIPOLO - DIPOLO Moléculas polares
  23. 23. DIPLO INDUZIDO – DIPOLO INDUZIDO Moléculas apolares:
  24. 24. Viscosidade •Viscosidade é a resistência de um líquido em fluir. •Um líquido flui através do deslizamento das moléculas sobre outras. •Quanto mais fortes são as forças intermoleculares, maior é a viscosidade.
  25. 25. Tensão superficial Tensão superficial As moléculas volumosas (no líquido) são igualmente atraídas pelas suas vizinhas. forças de adesão forças de coesão
  26. 26. ... é a proximidade das partículas que a constitui. Essa característica obedece a fatores como: Força de Atração: as moléculas se aproximem umas das outras. Força de Repulsão: as moléculas se afastem umas das outras. O que é que determina o estado físico da matéria?
  27. 27. SÓLIDO LÍQUIDO GASOSO DEPOSIÇÃO FUSÃO VAPORIZAÇÃO CONGELAMENTO CONDENSAÇÃO SUBLIMAÇÃO A vaporização, pode ocorrer: sem bolhas – Evaporação (temp. amb.) com bolhas – Ebulição (fervura) LIQUEFAÇÃO

×