4°a

219 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
219
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

4°a

  1. 1. Eliane, Valquiria e Ana Cristina – 4°A
  2. 2. Podemos definir o folclore como um conjuntode mitos e lendas que as pessoas passam degeração para geração. EXEMPLO DE LENDAS FOLCLÓRICAS PisadeiraÉ uma velha de chinelos que aparece nasmadrugadas para pisar na barriga das pessoas,provocando a falta de ar. Dizem que costumaaparecer quando as pessoas vão dormir deestômago muito cheio.
  3. 3. As lendas são histórias contadas por pessoas etransmitidas oralmente através dos tempos.Misturam fatos reais e históricos comacontecimentos que são frutos da fantasia. Aslendas procuraram dar explicação aacontecimentos misteriosos ou sobrenaturais.
  4. 4. As parlendas são versos com rimas que servempara divertir, acalmar, ajudar a decorar osnúmeros ou a escolher quem deve iniciar abrincadeira.Em cada momento que as pessoas vão falar asparlendas, elas falam de uma maneiradiferente porque elas aprendem de maneiradiferente.E para que tornem parlendas elas precisam serdivertidas, ser faladas por muito gente, e temque ser de gerações para gerações
  5. 5. As cantigas de roda, também conhecidas comocirandas são brincadeiras que consistem naformação de uma roda, com a participação decrianças, que cantam músicas de caráterfolclórico, seguindo coreografias. São muitoexecutadas em escolas, parques e outrosespaços frequentados por crianças. As músicase coreografias são criadas por anônimos, queadaptam músicas e melodias. As letras dasmúsicas são simples e trazem temas douniverso infantil.
  6. 6. Capelinha de melãoCapelinha de melãoÉ de São JoãoÉ de cravo, é de rosa,É de manjericãoSão João está dormindoNão acorda, nãoAcordai, acordai,Acordai, João!Escravos de JóEscravos de JóJogavam caxangáTira, bota, deixa o Zé Pereira ficar.Guerreiros com guerreiros fazem zigue zigue záGuerreiros com guerreiros fazem zigue zigue zá.

×